Trocando as Pilhas.

MEDITAÇÃO SOBRE A VIDA HUMANA CADA VEZ MAIS DESCARTÁVEL.

Se você não fizer nada agora,

lamentavelmente este poderá ser o seu futuro.

Trocando_pilhas

Quando você envelhece e alcança uma idade que você mal consegue se mover sozinho(a), tudo que você mais espera é a presença de seus filhos que foram criados com muito sacrifício nos seus anos de vida mais saudáveis e de repente em uma data muito importante para sua vida como um aniversário ou uma noite de natal ao invés da casa cheia de filhos e netos você recebe apenas uma embalagem pelo correio com algumas palavras frias e sem vida de um bilhete lhe informando que o conteúdo desta caixa será sua unica companhia nesta data tão importante.

Me desculpe Mamãe, Este ano não poderei estar ai presente novamente mas mando um pequeno presente para lhe fazer companhia e lhe ajudar em seus afazeres diários.

Assista a esta triste história de animação em 3D de MMU, na Malásia.

O título é “Troca de Pilhas” – uma história sobre uma mulher idosa que vive sozinha com um robô. O final é muito triste ver …

Se você não fizer nada agora, este poderá ser o seu futuro.

Publicado em 22/05/2013





São Miguel Arcanjo.


Sao Miguel


Oração Milagrosa de São Miguel Arcanjo


Jesus amado, Jesus Crucificado, contemplo hoje as tuas Santas Chagas e peço-vos perdão pelos meus pecados.  Sei que são muitos, sei que muitos deles o feriram profundamente.  Mas, peço-vos também hoje a graça de conhecê-los todos, de arrepender-me e não voltar a pecar.

Perdão por toda falta de amor com que tratei o Vosso Sagrado Coração por tanto tempo da minha vida.  Perdão pela minha falta de confiança em teu poder, perdão por que tantas vezes esta falta de confiança levou-me a agir desesperadamente.  Perdão pela minha falta de fé em Sua Presença real na Eucaristia.  Perdão pela minha falta de esperança que tantas vezes levou-me a atropelar os teus planos para comigo.  Enfim, perdão Senhor por tantas vezes que eu não soube perdoar e conservei em mim o ódio e o rancor que tanto me afastam de ti.

Quero hoje reparar todas as maldades que cometi contra o Teu Sagrado Corpo. Maldades estas que te abriram de tão profundas chagas. Senhor Jesus, pelas tuas Santas Chagas, ensinai-me o Caminho da Santidade.Amém.

Oração a São Miguel

São Miguel Arcanjo, protegei-nos no combate.
Cobri-nos com o vosso escudo contra os embustes e ciladas do demônio. Subjugue-o Deus instantemente o pedimos e vós príncipe da milícia celeste, pelos divinos poderes, precipitai no inferno a satanás e a outros espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas.

Jaculatórias e Antífonas

São Miguel Arcanjo, nosso intercessor junto de Jesus e Maria, vinde socorrer-nos nas nossas enfermidades do corpo e da alma.

Oh! Luminares radiosos do Céu, Exército triunfante da Corte Celeste, assisti a Santa Igreja e dai-lhe vitória sobre todos os seus inimigos.

Oh! Coros admiráveis da Hierarquia Celeste, que servis a Deus no Céu e na Terra oponde-vos ao mal e fazei com que o bem triunfe em todos os países da Terra.

São Miguel Arcanjo, conforto dos Apóstolos de Cristo, obtende-nos alegria e constância na missão de levar o Evangelho às almas.

São Miguel Arcanjo, amigo, protetor e mestre da virtude que santifica os vossos devotos, obtende-nos a graça da santidade.

Oh! glorioso São Miguel Arcanjo, Príncipe dos Anjos, Guarda da Santa Igreja, defensor as almas, rogo-vos humildemente que o vosso auxílio nos ampare, a vossa fortaleza nos defenda, a vossa virtude nos fortifique, para que, quando sairmos desta vida, sejamos defendidos por Vós, do dragão infernal e das suas astúcias e aparecermos limpos de toda a culpa perante a Divina Majestade.Amém.

Enquanto o São Miguel Arcanjo combatia com o dragão, ouviu-se a voz dos que diziam:

Viva o nosso Deus, Aleluia.

Arcanjo Miguel, Deus te constituiu Príncipe de todas as almas que se devem salvar.

Anjos do Senhor, bendizei ao Senhor para sempre.

Anjos e Arcanjos, Tronos e Dominações, Principados, Virtudes dos Céus, louvai ao Senhor das alturas, Aleluia.

Enquanto João contemplava o sagrado mistério, o Arcanjo Miguel tocou a trombeta:

Perdoai, Senhor e nosso Deus, vós que abris o Livro e lhe desatais os selos, Aleluia.
Cantarei, ó meu Deus, os Vossos louvores na presença dos Anjos.

Adorar-Vos-ei no Vosso Templo e louvarei o Vosso Nome.

Gloriosíssimo Príncipe, Arcanjo Miguel, lembrai-vos de nós.

Aqui e em toda parte, rogai por nós ao Filho de Deus, Aleluia, Aleluia.

Agitou-se o mar e a terra tremeu, quando o Arcanjo Miguel desceu das alturas.

Louvemos o Senhor, a quem os Anjos louvam, os Querubins e os Serafins cantam:

Santo, Santo, Santo! Deus Santo, Senhor, os Anjos vos louvam nas alturas, dizendo a uma só voz:

“A Vós, Deus, o Louvor”
São Miguel um dos que estão mais próximos de Deus, acudiu em meu socorro.
Clevinho Maia (Combatentes de São Miguel Arcanjo)
BLOGS
https://saomiguelarcanjo.wordpress.com – http://novecoros.blogspot.com.br

leia mais em:http://www.arcanjomiguel.net/oracao-milagrosa-sao-miguel.html#ixzz3AW9PRo6x


Gabriela Carvalho – Df


“DEFENDEI-NOS NO COMBATE”


angel-michael-slaying-satan[1]


São Miguel Arcanjo

COMO PARTICIPAR DA

QUARESMA DE

SÃO MIGUEL ARCANJO ?


FRANCISCO E CLARA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

O Magnífico Templo de Salomão!



Foi inaugurado em São Paulo o Grande Templo do Rei Salomão, Símbolo do auge e esplendor do judaísmo, Construído nos moldes, formatos e dimensões daquele que foi ordenado pelo grande Senhor do Universo a Salomão filho de Davi.  Este templo original era o orgulho do povo Judeu e que após ter sido destruído antes mesmo da vinda do Messias jamais foi reconstruído até os dias de hoje apesar de ser um objetivo prioritário para os Judeus.


(II Coríntios 3, 3 a 11) – 3. Não há dúvida de que vós sois uma carta de Cristo, redigida por nosso ministério e escrita, não com tinta, mas com o Espírito de Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de carne, isto é, em vossos corações. 4. Tal é a convicção que temos em Deus por Cristo. 5. Não que sejamos capazes por nós mesmos de ter algum pensamento, como de nós mesmos. Nossa capacidade vem de Deus. 6. Ele é que nos fez aptos para ser ministros da Nova Aliança, não a da letra, e sim a do Espírito. Porque a letra mata, mas o Espírito vivifica. 7. Ora, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, se revestiu de tal glória que os filhos de Israel não podiam fitar os olhos no rosto de Moisés, por causa do resplendor de sua face (embora transitório), 8. quanto mais glorioso não será o ministério do Espírito! 9. Se o ministério da condenação já foi glorioso, muito mais o há de sobrepujar em glória o ministério da justificação ! 10. Aliás, sob esse aspecto e em comparação desta glória eminentemente superior, empalidece a glória do primeiro ministério. 11. Se o transitório era glorioso, muito mais glorioso é o que permanece!  

“AS ULTIMAS PALAVRAS DE JESUS CRISTO PRONUNCIADAS NA CRUZ TRAÇARAM A DIVISÓRIA ENTRE O FIM DA VIGÊNCIA DA ANTIGA ALIANÇA E A INAUGURAÇÃO DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, ISTO É O QUE FOI ANUNCIADO E PROCLAMADO DESDE O INÍCIO E JAMAIS FOI PROPOSTO UM RETORNO AO PASSADO TANTO PARA OS JUDEUS COMO PARA OS CRISTÃOS.


Jesus_José_carpintaria


Esclarecimento aos Católicos sobre a Inauguração do Templo de Salomão no Brasil.


Sua Excelência Reverendíssima DOM HENRIQUE SOARES, Bispo Católico de Palmares, Estado de Pernambuco, escreveu uma breve reflexão em seu Facebook sobre o “Templo de Salomão” inaugurado em São Paulo. O bispo faz um alerta importante para compreendermos o que o templo de Jerusalém representou para os Judeus e como ele não guarda em si nenhuma referência atual para o cristianismo, uma vez que Nosso Senhor Jesus Cristo mesmo se referiu a si próprio como o verdadeiro Templo.


Como lhe chamassem a atenção para a construção do templo feito de belas pedras e recamado de ricos donativos, Jesus disse: 6. Dias virão em que destas coisas que vedes não ficará pedra sobre pedra: tudo será destruído.”  (Lucas 21, 5 e 6)



“Só para esclarecer aos católicos, a respeito desse “templo de Salomão” inaugurado em São Paulo, mais uma farsa religiosa do nosso tempo e mais uma punhalada no cristianismo, já tão deturpado pelas seitas…

1. Não existe nem poderá existir “Templo de Salomão” algum desde 587 aC, quando o Templo do Senhor, construído pelo Rei Salomão, foi incendiado pelos babilônios. Este era o chamado Primeiro Templo dos judeus.

2. Nem mesmo no tempo de Jesus havia um “Templo de Salomão”. Havia sim, o Segundo Templo, construído pelos judeus que voltaram do Exílio de Babilônia entre 537-515 aC. Foi nesse Templo, reformado, ampliado e embelezado por Herodes Magno, que Jesus nosso Senhor pregou. Foi sobre esse Templo que Ele afirmou tratar-se de uma imagem Dele próprio, morto e ressuscitado: “Destruí este Templo e em três dias Eu o edificarei!”.

3. O Templo de Salomão em si não tem significado algum para o cristianismo. Também não pode ser reconstruído, pois já não seria o Templo “de Salomão”, mas de outra qualquer pessoa! O que se construiu em São Paulo foi um “Edifício do Edir Macedo”, nem mais nem menos…

4. Quanto ao Templo dos judeus, somente pode ser construído sobre o Monte do Templo, chamado Monte Moriá, em Jerusalém. Os judeus nunca reconstruíram o seu Templo por isso: porque ali já estão erguidas duas mesquitas muçulmanas…

5. Os cristãos jamais poderão ou deverão reconstruir Templo judaico algum! Isto é negar Nosso Senhor Jesus Cristo, é voltar ao Antigo Testamento! O Segundo Templo era imagem do Corpo do Senhor. Ele mesmo o declarou. Aqui coloco de modo explicado o que Jesus quis dizer: “Vós estais destruindo este Templo! Podeis destruí-lo; ele já cumpriu sua função de figura, de lugar de encontro de Deus com os homens! O verdadeiro Templo é Meu corpo imolado e ressuscitado! Vós destruireis o Meu corpo como estais destruindo este Templo! Mas, dentro de três dias Eu o ressuscitarei, edificando o verdadeiro Templo, lugar de encontro entre Deus e o homem: o Meu corpo, que é a Igreja!”

6. Arca, sacrifícios antigos, utensílios do antigo Templo, já não têm sentido algum no cristianismo. Mais ainda: não passam de pura e vazia falsificação que ofendem a resta consciência cristã e desrespeitam os judeus, imitando de modo grosseiro e falseando de modo superficial o real significado dos seus símbolos religiosos.

Retirado da pagina no Facebook: Kerigma,scj


Jesus_José_carpintaria

Homenagem a Padre Léo – Foto-mensagens no Facebook






Padre_Leo_e_sua_Familia

FAMÍLIAS

RESTAURADAS

Disk Shop



Jesus_disfarçado

Jesus mora

disfarçado dentro

de sua casa (teatro) 


Restaurando a Vida familiar. – Padre Léo.



Nesta Pregação, Padre Léo, vai falar para cada pessoa, para cada casal, para cada um de nos, que precisamos assumir quem somos, assumir nossa identidade de pessoas que conhece Jesus, por que só assim, iremos ser, quem verdadeiramente somos no coração de Deus.


“CRISTO TAMBÉM TEVE UMA FAMÍLIA


Jesus_José_carpintaria


Restaurar a Vida Familiar.


Por esta causa dobro os joelhos em presença do Pai, ao qual deve a sua existência toda família no céu e na terra, (Efésios 3, 14 e 15)


Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua família (casa). (Atos 16, 31)



Conteudo da Pregação

Celebramos hoje, São Barnabé, esse Homem que muito provavelmente pertence ao grupo dos 72 discípulos, primo de são João, o Evangelho de São Marcosnos diz, que ele diante da palavra de Deus, desapegou-se de tudo, os atos dos apóstolos diz que ele era repleto do Espírito Santo, nós Padres e todos vocês, precisamos ser repletos, socados do Espirito Santo, são Barnabé, deveria ser um santo padroeiro dos casais, Barnabé diante das dificuldades, procurou Saulo, e trouxe consigo para fazer tendas, foi graças a ele e a Saulo, que fomos chamados pela primeira vez de cristãos, se você quer ser cristão, deve ser seguidor de Barnabé e Saulo.

O processo de restauração do Homem e da Mulher, já começa no primeiro versículo onde diz, muitas pessoas se converteram ao senhor e acreditaram no Evangelho, o processo de conversão tem que começar na minha cabeça e partir para todo o nosso corpo, ontem Jesus dizia na sua palavra, basta olhar para o Homem e a mulher com segundas intenções, para se cometer adultério.

Antes de mais nada na nossa vida, é preciso acreditar no Evangelho, muitos de vocês precisam acreditar no evangelho, assim como você acredita no batismo do seu filho, quando você foi batiza-lo, em quê evangelho você acredita? em qual evangelho? Na hora da dificuldade, em qual evangelho, na prática, no dia a dia, você acredita? Os vizinhos ao olharem para você, irão dizer em qual evangelho você acredita? Barnabé vendeu os seus bens e deu para os apóstolos, esse foi um testemunho verdadeiro de .

O Pedro tinha o Dom do Padre João Batista, rezava por uma pessoa e a abençoava, tempo depois ela morria(risos), Aliás, se você quiser uma benção do Padre João Batista, é só fazer um bilhetinho, não se preocupe, eu não vou contar no show da Eliana ribeiro hoje a noite!

Só teremos famílias nova, a partir de Homens novos, o Evangelho de quinta feira, o sermão das Bem Aventuranças, vós sois a luz da terra.

O Papa João Paulo II, dizia para nós na jornada no Canadá, está na hora de vocês se tornarem sal da terra e luz do mundo, o mesmo eu digo para as famílias que estão aqui, famílias que estão ferida e machucadas, por que o evangelho que governa a sua casa é o evangelho do ter e do prazer, o consumismo invade sua casa, saiba que você nunca vai conseguir comprar tudo o que esse mundo propõe.

Uma vez uma mulher me falou, padre, o meu marido me chama de desequilibrada, por que eu tenho 200 pares de sapato, eu disse para ela, o seu marido foi muito caridoso, a senhora é destrambelhada por completo, esse tipo de pessoa, no shopping, o marido segura na mão dela, por que se ele soltar, ela compra tudo, quem quiser que o marido segure na mão, é só ir no shopping.

Igual a mulher que estava muito chateada, e falaram para ela comprar um bichinho de estimação, ela viu um cachorro e outros bichos, dai viu um Papagaio( Padre Léo conta uma longa História de uma mulher que comprou um Papagaio). A História desse papagaio, eu inventei baseada na sua história, na sua vida, você dá tudo para o seu filho, e não dar para ele o alimento do amor! Quantas famílias querem uma mansão, apartamento de milhões de reais, mas não tem com quem conversar, hoje para muitos, não basta a gaiola, quer também a escada para subir no status.

A gaiola tem que está mobiliada, eu preciso do meu conforto, da minha cadeira de balanço, quero descanso, sossego, um colchão alto, pois não foi fácil construir essa Gaiola.

O espelho é a sua aparência, os aplausos, a sociedade do espelho, o silicone, a cirurgia Plástica etc. Na hora que está tudo pronto, o papagaio é seu marido, ele tem tudo, mas vive repetindo a mesma coisa, pode ser o seu filho de 50 anos, que vive repetindo a mesma coisa, coitado, aquela loja não tem comida, precisamos nos alimentar com a palavra do evangelho, quem é muito vazio, precisa de muita coisa, assim como aquela mulher dos 200 sapatos.

Sabe o que o seu filho precisa? Ele precisa do essencial, roupa ele cresce e compra, herança filho nenhum precisa, isso corre o risco de estragar ele, se ele for um bom filho, ele constrói sua vida, se for um mal filho, ele não merece, se for bom, ele não precisa, amanhã vou falar das funções delegadas na família.

Quando vou pregar no estrangeiro, é a mesma coisa, lá ganham dinheiro para voltar para o Brasil, o Brasil não será mais o mesmo, hoje os filhos choram quando a empregada vai embora, pois ele não sabe mais quem é a sua mãe.

Quem é o papagaio na sua casa? Talvez seja você! Tem pai que não sabe qual é o time que seu filho torce, tem mãe que não sabe qual é a comida que se filho gosta. Hoje as crianças com cinco anos de idade, é uma belezinha, ele acorda sozinho, e esquenta o leite no micro-ondas, e vai para a escola, ele não é mais seu filho, pois perdeu o seu cheiro, é isso que o encardido está fazendo em nome da segurança, do bem estar, você está embelezando a sua Gaiola.

Eu quero um curso que ensine a ser gente, eu sei qual é o curso, um final de semana como este, só que não dá diploma, o diploma você receberá no céu.

Detalhes

  • São Barnabé deveria ser um santo protetor, padroeiro das Famílias, era um homem muito rico, ele renunciou os bens materiais para seguir Jesus, provavelmente fazia parte do grupo dos doze.
  • Barnabé, era primo de São Marcos, diante da pregação da palavra, deu tudo, despojou-se de tudo, e tornou-se um discípulo do Espírito Santo. Barnabé, deixou-se ser conduzido pelo o Espirito Santo.
  • Fala que barnabé foi a tarso, a procura de paulo, la encontrou paulo fazendo tendas.
  • No processo da restauração das Famílias, nos precisamos de homens e mulheres restaurados.
  • Uma Família restaurada será conseqüência de um casal restaurado.
  • Atos 11, 21 parece que tem um erro, a ordem dos fatores: Muitas pessoas acreditaram no evangelho, e se converteram ao senhor. Talvez aqui esteja o segredo, pelo qual muitos de nós, não sejamos convertidos ao senhor.
  • Antes de ser convertidos ao senhor, antes de fazer uma experiência pessoal de Jesus, como senhor da nossa vida, eu preciso passar por um processo que tem que partir da cabeça para o coração.
  • Fala que não existe nada de concreto nessa vida, que antes não seja planejado no coração e na cabeça.
  • Converter é, voltar-se para, olhar para, precisa que acreditemos no Evangelho.
  • Você acredita no evangelho, todos responderia, acreditamos. Na pratica não se acredita, da boca para fora, se acredita em qualquer coisa.
  • Os vizinhos quando olha para você, descobre que você acredita em qual Evangelho.
  • Barnabé vendeu tudo e entregou aos apóstolos. Ananias vendeu, mas não entregou tudo aos apóstolos.
  • Fala do Padre João Batista, quando era Diácono, quando abençoava uma pessoa, a pessoa falecia num prazo de umas (22) Vinte e duas horas. Pedro tinha esse Dom, rezou por Ananias, morreu, safira também morreu, por mentir também. Fala do Padre João batista.
  • Se não tivermos casais evangelizados, não teremos casais evangelizadores.
  • Só teremos de fato uma sociedade nova, a partir de Famílias novas, a partir de homens novos.
  • Vós sois sal da terra, é um imperativo categórico.
  • Disse João paulo II, la no Canada, na jornada mundial da Juventude, Vocês precisam se tornar, aquilo que vocês são. Hoje é hora de dizer isso para os casais cristãos.
  • Hoje temos Famílias destruídas pelo encardido, por que não acreditamos no Evangelho.
  • Hoje o Evangelho da sua casa é o ter, do poder e do prazer, ai entra um grande inimigo da família, o Consumismo.
  • Padre Léo Fala que uma mulher lhe procurou, por que o seu marido lhe chamou de desequilibrada, e ela ficou muito chateada, então ele veio até mim, buscar um aval, ela tinha uns(200) duzentos pares de sapato, eu mesmo disse que ela era louca.
  • Fala que lugar que tem mais casal de mãos dadas é no shopping Center.
  • Hoje se quer tudo, mas se esquece de Deus.
  • Fala da mulher que o marido morreu, e não tinha com quem conversar, ela foi a um Pet Shop comprar um papagaio.
  • Conta a história do papagaio, da gaiola, da escada, do balançador, do espelho. A mulher comprou tudo, mas esqueceu a comida do papagaio e ele morreu.
  • Que pena, preocupada com a gaiola, com a escada, com o balanço, com o Espelho, esqueceu da comida.
  • Fala que o Exito profissional, não compensa o fracasso de uma Família.
  • Gaiola, e o apartamento grande.
  • Escada, é a ascensão na vida profissional.
  • Balançador, é o conforto da casa.
  • Espelho, e a sua alto Imagem diante dos Outros, as pessoas não me ama, mas se ama em mim.
  • O papagaio é o seu marido, seu filho.
  • Pode até seja que aquele carro do ano lhe der Status, mas não preenche o vazio do seu coração.
  • Quem não se converte ao senhor, precisa de muita coisa por fora, exterior.
  • Fala que pai, nunca devia deixar herança para o seu filho.
  • Fala que cada vez mais, as pessoas se desesperam mais pelo econômico.
  • Muitas vezes tem filho que chama a babá de mãe.
  • Amor não vem por botão, Amor é conquista. O Amor é oscilante.
  • Diante de quem você mostra o seu fracasso, diante de quem você tira as suas mascaras.

Padre Léo Fala que torcia pelo vasco por causa do seu pai. Tem pai, que não sabe, nem que time torce o seu filho.

  • Tem pessoas que enche um currículo, mas esquece do essencial.

Veja mais

Palestras Família

Padre Léo – 11/06/2005 – código CD 25.02778 DVD 26.02778

Local: Rincão do Meu Senhor. / Cachoeira Paulista.

Horário: 16:00 Hs. / Acampamento Para Famílias.



Homenagem a Padre Léo – Foto-mensagens no Facebook



Veja o Texto no Vídeo com Pe. Léo


P a d r e   L é o




Padre_Leo_e_sua_Familia

FAMÍLIAS

RESTAURADAS

Disk Shop



Jesus_disfarçado

Jesus mora

disfarçado dentro

de sua casa (teatro) 


Família Restaurada. – Palestra de Padre Léo.



Padre Léo fala nesta Pregação sobre o por que:

De muitas Famílias hoje, não serem tão fortes, como deveriam ser; por que a grande maioria dos casais só se preocupam somente consigo mesmo e buscam somente o interesse individual de cada um, pois esqueceram que casando, foram chamados a viver uma profunda intimidade entre si, onde já não pode prevalecer o eu, mas prevalecer o nós.


“CRISTO TAMBÉM TEVE UMA FAMÍLIA


Familias_restauradas


Família Restaurada.


Por esta causa dobro os joelhos em presença do Pai, ao qual deve a sua existência toda família no céu e na terra, (Efésios 3, 14 e 15)


Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua família (casa). (Atos 16, 31)



Detalhes

O Salário do pecado é a feiura.

Mesmo no pecado ainda parecemos com Jesus cristo. A primeira raiva do encardido, é que somos Imagem e semelhança de Deus.

O verbo honrar é um verbo que só pode ser usado para Deus. Na tentação de Jesus, o demônio fala para Jesus, se você se prostrar e me adorar, eu te darei tudo.

A Bíblia equivale a família a divindade. A meta da nova era é destruir a Família.

A nova era prega o ser humano no sucesso total. Por isso, todo mundo trabalha, e não tem tempo de partilhar vida Junto, vão virando um grupo de Família ilhas.

Na luta contra a família, começou já faz tempo, a primeira coisa que ele tem tentado passar, tem que diminuir o número de filhos. Ele incutiu na cabeça das pessoas o ter.

Hoje se cria necessidade para tudo, e não se cria tempo para dar amor.

Hoje está se criando a uma religião do Eu. Saiba que cristianismo é a religião do nós. Hoje a pessoa só quer saber do eu!

Toda a oração feita no singular, Deus não escuta, eu, eu, eu, tudo é eu, hoje não existe mais o nós. A oração quando ela é feita no singular, Deus não escuta, pois Deus não ouviu a oração do próprio Cristo. Nem Jesus quando rezou na primeira pessoa do singular, Deus não ouviu. Pai, afasta de mim este cálice.

(Pai nosso)A oração que Jesus ensinou é uma oração plural, nosso. Só quem podia falar meu pai era Jesus, mas ele ensinou a falar nosso pai. Tem católico que fala que diz que é católico do seu Jeito.

Não podemos falar meu pai, mas devemos falar pai nosso. Hoje esquecemos do pai nosso.

Quando morava la no biguá, era menino, uma das coisas que mais gostava, era quando se matava porco na sua casa, pois ia levar os emborná de carne para dar para os tios. Os melhores pedaços era dado para os tios. Para ficar em casa, só ficava tripa, rabo, tripa. Por isso que se criou feijoada.

Hoje tem uma fome de Deus, que é a maior fome que uma pessoa pode ter. Uma pessoa contaminada, não consegue rezar o pai nosso.

Conta a história da mulher que viveu a guerra, ela rezava e não caia nenhuma bomba. A bomba caia na vizinha, mas não caia na casa que ela morava.

A União não faz só açúcar não, a União faz a vida mais doce.

A nova era é a religião do encardido. O encardido foi descobrindo meios de destruir de uma vez a Família. Os dois grades meios que ele encontrou foi, leis injustas, e meios de comunicação corrompidos, as duas grandes armas que ele usa.

Leis contrárias a Família, hoje só se basta transar, que as leis dizem que já é uma família. Os meios de comunicação estragado, inverte os valores. As novelas ensina com viver tudo errado, como uma novela que Dina esfatie fez.

Hoje tem gente sendo curada pela Canção Nova, nos recantos do Brasil. Hoje a televisão mostra os jovens que só sabem transar. Mas não mostra aquele jovem que luta, que acorda sedo.

As novelas não mostra ninguém que reza, só mostra os grupos que tem aquelas mulheres de bunda de fora. Hoje tem mãe que se diz católica, que tem coragem de comprar a mascara da Tiazinha e da para a filha, isso tem espirito de prostituição.

Nas novelas só mostram padres frustrados, e as moças que vão para convento, são moças que é desequilibrado. Hoje as mães fazem uma roupinha para sua filha, com tudo de fora.

Fala de um aniversário que as crianças dançavam na boquinha da garrafa. O encardido tem ódio da palavra honrar pai e mãe.

Fala de uma deputada que mandou uma lei para o congresso nacional, para aprovar o casamento homossexual.

Quem tem a doença do homossexualismo, sofre, pois não aguenta a si mesmo. Lei para defender o casamento de homem com homem, e mulher com mulher, isso é palhaçada.

Conta uma história: Um rapaz chega para sua mãe e fala, mãe vou me casar, que bom meu filho, até que em fim! Quem é a menina? A senhora se lembra daquela menina morena la na padaria, sim, é uma morena linda, não mãe, é o irmão dela, é feio demais.

Fala da lei do aborto que são feitos no hospital. Colete salva vidas. O governo quando vem fazer a propaganda de camisinha, esta dizendo, o salário do pecado é a morte.

Um dia lá em Bethânia viu uma cena que lhe marcou o coração. Foi fazer uma caminhada, sentou em um pedaço de pau, viu então uma ovelha que chorava, por que o seu filhote tinha morrido.

Em Bethânia, as minhas galinhas protegem seus filhinhos, mas hoje a mulher faz aborto. Fala que em sua casa morre o filhote de uma vaca, se tira o couro do filhote e põe em cima dela para poder tirar leite, ela só deixava tirar o leite por que sentia o cheiro de seu filho.

Fala sobre as experiências nas viagens de Jack custou, que descobriu os gorilas que davam seu sangue para os seus filhotes.

No Brasil acontece de três a cinco milhões de abortos por ano.

Uma moça procurou o padre Léo, estava gravida e já tinha um filho de três, dizendo ela que ia fazer o aborto, então sugeriu padre Léo que não matasse a criança na barriga, mas que matasse o de três anos, por que o de Três anos podia ainda se defender, e o que estava na barriga, não podia. Então ela começou a chorar.

Os filhos de uniões ilegitimas, serão juízes do seu pai, no juízo final. Não se esqueça que macho, é a primeira parte da palavra machucado. Não tem pior crime que o aborto, dá uma injeção o menino morre e sai com mais facilidades. Fala do livro bebes para queimar.

O ser humano pelo aborto, está destruindo, por que não sabe a gravidade.

Como que hoje a Família vive? Um casal que reza um terço todo dia, não tem desquite. Nós damos para Deus o pior hoje.

O menino disse para a mãe, mãe, o rapaz da padaria disse que esse dinheiro não vale mais, disse o pai, guarde, domingo vamos a missa, damos no ofertório da missa.

Hoje não há lugar para a presença de Deus nas Famílias. Fala que na sua casa, antes de dormir todos diziam, a benção pai, a benção mãe.

Vocês pais cuidem bem dos seus filhos, pois um dia vai ser eles que irão escolher o seu asilo. Tem pessoas que dizem xuxa eu te amo, mas não tem coragem de dizer, pai eu amo você.

Fala que Bethânia, lhe ensinou a abraçar e a beijar, tem se transformado em um beijoqueiro de primeira.

Hoje só se ver os defeitos um dos outros.

Conta a História do Monge. (Monge)Conta a história de um pai de Família que foi procurar um monge santo, no alto do monte, esse tinha o dom da cura, o dom das visões. Disse que na sua Família tava tudo errado. Dentro da sua casa, tudo vai mal, na sua casa é preciso reconhecer Jesus. Jesus veio disfarçado em um membro de sua família, de sua casa.

Finaliza cantando utopia

Padre Léo – 15/09/1999 – código CD 25.00162

Local: Canção Nova Rincão do Meu Senhor. / Cachoeira Paulista.

Horário: XX:XX Hs. / Acampamento para Jovens P H N.



Homenagem a Padre Léo – Foto-mensagens no Facebook



Veja o Texto no Vídeo com Pe. Léo


P a d r e   L é o




Padre_Leo_e_sua_Familia

FAMÍLIAS

RESTAURADAS

Disk Shop



Jesus_disfarçado

Jesus mora

disfarçado dentro

de sua casa (teatro) 


Jesus mora dentro de sua casa.



Uma verdade Bíblica que deveria ser bem conhecida por todos, é recebida com surpresa por uma família que representa caracteristicamente uma família atual e que busca solução para seus problemas sem encontra-los.

Padre Léo faz a abertura de seu livro “Famílias Restauradas” com esta estória bastante comum:

Muitas vezes não encontramos respostas para resolver os nossos problemas pessoais e precisamos buscar auxílio naqueles que podem nos ajudar.  Esta estorinha de Pe. Léo serve para demonstrar que muitas vezes a solução de nossos problemas é muito mais simples do que podemos imaginar, basta encontrar:


“O CRISTO DISFARÇADO

EM MINHA CASA.”


Padre_Leo_Familia


Como Salvar minha Família.


Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua família (casa). (Atos 16, 31)


Não sabeis que sois o templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?  (I Cor. 3, 16)



Irmão Bento era um monge muito Santo. Além de Santo, tinha a fama de ser excelente conselheiro matrimonial. Sua fama se espalhava por toda a região.
Segundo diziam, este Santo monge tinha o dom da palavra de ciência e da palavra de sabedoria, e esses dons sempre se manifestavam em forma de visões.
Sr. Alfredo, numa duvidosa tarde, foi procura-lo e descreveu o grande drama que estava vivendo:

- Irmão Bento, eu estou vivendo mergulhado em grandes problemas. Estamos passando por uma séria crise financeira. Tudo em nossa casa dá errado. De uns tempos pra cá, nada dá certo em nossa vida. Minha família vive um pequeno inferno. Minha mulher está sempre doente. Ela só sabe reclamar da vida e dos problemas. Eu, de vez em quando, acabo exagerando na bebida. Meu filho mais velho cheira cocaína, fuma maconha, tem o corpo todo cheio de tatuagens, não faz a barba, toca saxofone e flauta nos botecos por aí. Bebe que é uma coisa medonha e tem um cabelo tão longo que mais parece uma moça. Minha filha é terrível. Cada dia ela aparece com um namorado diferente. E, o pior, usa umas roupas que o senhor nem pode imaginar. Meu filho caçula, de 12 anos, já foi expulso de três colégios. Só quer saber de andar de bicicleta e ver televisão. E, o pior, hoje faz seis meses, três dias e quatro horas que minha sogra esta morando lá em casa. Para o senhor ver, tudo esta errado em minha vida e eu preciso de sua ajuda. O que devo fazer? Porque tudo esta dando errado em nossa família? Nós já fizemos de tudo que nos ensinaram. Fomos até a uma benzedeira e ela pediu que levássemos umas velas, uma galinha, uma garrafa de cachaça e ainda cobrou mais duzentos reais. Mas parece que até ficou pior do que estava. Já queimamos incenso, compramos uma pirâmide, fizemos mapa astral e nada mudou. Então eu resolvi procurar o senhor. Já que o senhor é um homem tão Santo e tem visões, será que o senhor não poderia me dizer a causa de todos este problemas? Eu já não estou mais aquentando esta vida. Por favor, me ensine uma reza, ou faça uma oração por nós. Pelo amor de Deus, nos ajude.

O Santo homem de Deus colocou a mão sobre a cabeça do senhor Alfredo e fez uma silenciosa oração. Depois lhe disse:

- Sr. Alfredo. Estou tendo uma visão. O Senhor está me mostrando uma coisa muito grave! Deus está me revelando que dentro de sua casa tudo vai mal, e tudo vai mal porque vocês estão cometendo um dos mais medonhos pecados da face da terra. É algo muito sério. Mas, não sei se posso revela-lo ao senhor.

O homem arregalou os olhos e falou:

- Por favor, Irmão Bento ! foi para isso que eu vim até aqui. O que esta acontecendo?

- Sabe, meu senhor, o problema é que dentro de sua casa vocês estão cometendo o pior pecado do mundo. Nem tenho coragem de falar sobre isso…

- Mas, homem de Deus – interrompeu seu Alfredo -, por favor. O senhor pode falar sem medo. Quem esta cometendo este pecado? Eu já estava mesmo desconfiado de minha mulher ! o senhor pode me contar que eu acabo com a vida do sujeito. Por favor…

- Não é nada disso Alfredo!
– O pecado que vocês estão cometendo é o pio de todos, disse o Irmão Bento.
– Mas que pecado tão terrível é este? Pelo amor de Deus, seu monge, pode falar que estou preparado para ouvir.
– Bem, meu filho. O senhor sabe que Deus é amor. E que Deus amou tanto o mundo que mandou seu filho único para que todos que nele cressem fossem salvos (S. João 3, 16). Jesus veio e nós o matamos. Então Deus o mandou novamente para a Terra, só que Ele não poderia vir com o mesmo rosto de antes, senão o mundo o mataria mais rápido ainda, e diante das câmeras de televisão. Então Jesus voltou, só que Ele veio disfarçado. E a verdade é que um dos membros de sua família é o próprio Cristo, disfarçado.



- O senhor está falando que lá em casa mora o próprio Senhor Jesus Cristo, disfarçado ? É melhor o senhor conferir aí na sua Bíblia, porque acho isso impossível. Se o senhor conhecesse minha família jamais falaria uma barbaridade dessas… É que o senhor não faz idéia de como é a nossa família…
– É isto mesmo! Não é nenhum engano ! Jesus esta disfarçado em um dos membros de sua família e, como vocês não o reconhecem, tudo vai mal. Afinal de contas, sem saber quem é o Cristo disfarçado, vocês ficam tratando mal um ao outro. E, como vocês estão se tratando muito mal, estão ofendendo a Jesus Cristo dentro de sua casa. E é este o grande pecado de vocês. Aliás, esse é o maior pecado que alguém pode cometer. Enquanto vocês não descobrirem quem é o cristo, nada irá mudar na vida de vocês.
– Sério mesmo? Ah, mas eu vou resolver isso, ou não me chamo Alfredo.

Sr. Alfredo saiu daquele encontro cheio de preocupação. Quem em sua casa poderia ser o Cristo disfarçado? Antes de chegar em casa, para não perder o costume, passou no barzinho e tomou logo umas três doses da “Branquinha”. Ele gostava tanto disso, que ao dar um gole, sempre tapava o nariz, pois, gostava dela bem pura, só em sentir o cheiro já ficava com a boca cheia d’água. Logo para não estragar o sabor, tapava o nariz para não correr o risco de salivar. Tomou seus tragos e foi rapidamente para casa, onde reuniu toda a família. Diante de todos falou com seu encontro particular com Irmão Bento, o homem de Deus já conhecido por todos. Disse lhes claramente, sem rodeios, que ali vivia o Cristo disfarçado e que era preciso descobri-lo imediatamente, já que enquanto não se detectasse quem era o Cristo disfarçado, nada melhoraria naquela casa. Sem muita cerimônia perguntou:
– Quem de vocês é o Cristo disfarçado? Que se apresente, agora!
Todos se entreolharam admirados. Será que o sr. Alfredo tinha bebido além da medida? Que história é essa mais sem cabimento. Os filhos chegaram a esboçar um risos disfarçado. Mas sr. Alfredo insistiu:
– quem é o Cristo disfarçado?
Como ninguém se apresentou, sr. Alfredo voltou a falar com o Irmão Bento.
Olha aqui é o Alfredo, eu estive aí ontem a tarde. O senhor me disse que o Cristo disfarçado estava morando em minha casa. Queria pedir que o senhor conferisse melhor o endereço, pois fiz uma ampla pesquisa em minha casa e chegamos à conclusão que lá ele não mora mesmo.

O monge continuou irredutível.
– pois, lhe digo com certeza sr. Alfredo, um deles é o Cristo disfarçado!
Outra reunião com a família, e agora, com mais veemência ainda, disse sr. Alfredo:
– olha gente, o monge é um homem Santo. Tudo que ele falou até hoje deu certo. Ele não iria inventar uma história dessas. Uma aqui nesta casa, é mesmo o Cristo disfarçado, e é melhor que se mostre logo.
Juninho, o mais novo, arriscou um palpite:
– Pai, quem sabe seja a vovó!
– Sr. Alfredo ficou enfurecido:
– Meu filho, não fale uma bobagem dessas, nem por brincadeira. Cale essa boca. Onde já se viu você falar uma coisas destas! Oh, meu Deus, perdoa meu filho por esta blasfêmia. Filho, olhe bem para sua avó. Como é que Cristo poderia se disfarçar num trambolho desse? Meu filho, eu quero que você aprenda uma coisa, desde pequeno, para nunca mais esquecer: sogra a gente deve gostar, igualzinho eu gosto de cerveja, ou seja, geladinha em cima da mesa.
– Então deve ser o papai – disse a filha Juliana, fofa e linda, como sempre!
– Aí foi a vez da sogra externar seu direito de opinar, cheia de uma fúria que ela guardava a anos:
– Ah, deve ser mesmo! Eu fico olhando para a cara desse homem e imaginando Cristo disfarçado de anta bêbada. Você já ouviu falar que Cristo era um alcoólatra, mal-educado, bruto e sem escrúpulos? Agora é que estamos pecando mesmo de verdade. Este homem é um jumento em forma humana. Nunca vi uma pessoa mais ignorante. Como é que pode ele ser o Cristo?
D. Matilde, a esposa, até então em completo silêncio, completou:
– Alfredo ser o Cristo disfarçado? Isso seria uma grande piada. Ele é um homem da pior espécie possível. Vive deixando roupa espalhada pelo chão do banheiro. Quando falo com ele, esta sempre bocejando. Fuma no quarto. Assiste a tv sempre com o controle remoto na mão. Chega suado da rua e com os pés sujos do jogo de futebol e vai direto para a cama. Bebe feito um condenado. Não corta e nem limpa as unhas dos pés. Chega a esquecer o nome dos próprios filhos e fica perguntando baixinho, como se chama aquele menorzinho? E você Juliana vem me dizer que ele poderia ser o Cristo disfarçado ? tenha dó, minha filha.
Caíque o filho mais velho, que até então estava só observando o furdunço, deu o seu palpite:
– Talvez então seja a mamãe!
Sr. Alfredo mais uma vez se enfureceu:
– meu filho, isto seria uma outra bobagem sem tamanho. Sua mãe só sabe reclamar da vida. Basta a gente pegar um jornal para ler e ela já vem puxando conversa fiada, e quando a gente esta morrendo de sono ela vem querendo ter uma conversa séria. Enche a casa de plantas e ainda coloca uma samambaia bem em cima do DVD. Quando eu quero ir a uma festa, ela faz cara feia, mostra desânimo e faz tudo para que eu desista. Erra sempre quando me compra uma roupa de presente, sempre fica pequeno. Quando lhe dou um presente, logo ela repassa para a empregada. Vive falando mal da minha mãe. Chorou a gravidez inteira e tudo que vocês fazem de errado ela logo diz que a culpa é minha. Basta um erro e ela já diz que puxou o pai. Meu filho, como ela poderia ser o Cristo? Olha, a Bíblia diz que Jesus curava todas as doenças. A sua mãe tem todas as doenças. Ela é absolutamente o contrario de Jesus! Depois, se sua mãe fosse o Cristo disfarçado, a cruz de Jesus deveria ser de aço ou ferro fundido. Que outra cruz suportaria tanto peso assim? Sua mãe só sabe comer e reclamar…
Juliana então disse:
– Talvez seja o Caíque!
Foi então a vez do Juninho reclamar:
– Como o Caíque? Jesus por acaso fumava maconha? Olhe bem para a cara do Caíque: um cabelo horroroso. Ele lava os cabelos. E aquela caveira que ele tem tatuada nas costas? Como pode ser o Cristo?
D. Matilde exclamou:
– pode ser o Juninho: ele é o mais novo da casa!
Foi a vez de Juliana retrucar:
– Mamãe, que absurdo! Jesus era um menino muito inteligente. A Bíblia diz que aos doze anos Ele se perdeu e quando sua mãe o encontrou estava no meio de doutores, explicando-lhes as escrituras. O Juninho é um burrinho em forma de gente. Já foi expulso de três escolas, e este ano, pelo jeito que está, vai ser reprovado de novo!
– E se for a Juliana?
– Perguntou a avó com os olhos cheios de ternura.
Caíque não se conteve:
– o que? A Juliana ser Jesus? Isto sim é que é uma blasfêmia! Olhe bem, para as roupas que ela usa. E os namorados esquisitos? A senhora sabia que ela é chamada a vassourinha da nossa rua? Já varreu todos os rapazes. Namorou e ficou com a maioria deles. A única coisa em que a Juliana é parecida com Jesus é a roupa. Ela se veste igualzinho o Cristo quando foi pregado na cruz. Nunca poderia ser o Cristo disfarçado!
A discussão continuou por longo tempo. Cada um só se recordava dos defeitos do outro. Sr. Alfredo voltou a procurar o Irmão Bento, dizendo-lhe que talvez tivesse se enganado. No entanto o monge continuava afirmando que um deles era o Cristo disfarçado! Alfredo voltou desanimado para casa. Disse para todos que o monge continuava afirmando que Jesus estava disfarçado em um deles ali. Cansado sentou-se, como sempre, diante da tv. No entanto, os filhos continuaram pensando na idéia. Juninho então falou:
– talvez seja mesmo a vovó. Ela até que gosta muito de rezar. E depois é a mais velha da família! Acho que precisamos tratá-la um pouco melhor!
Os irmãos concordaram com a idéia. E até o sr. Alfredo ficou pensando na possibilidade. Por mais triste e terrível, a possibilidade, segundo a palavra firme e certa do monge, era real. E se a sogra fosse, de fato, o Cristo disfarçado?

Mudaram o tratamento com a velha. Passaram a dialogar com ela, fazer-lhe um carinho, trata-la com mais respeito e atenção.
Alfredo, tentando superar todos os conflitos que tinha com a sogra, resolveu até lhe fazer um agrado, levando uma xícara de café na cama. Quando bateu na porta, já sentiu que a acolhida não seria das melhores:
– quem é ?
– sou eu, minha sogrinha querida.
– Entre.
– Bom dia… vim trazer um cafezinho quentinho para a senhora.
– Para mim ? Tem certeza ?
A sogra chegou a pensar que tina veneno no café. Mas acabou aceitando o agrado do genro e passou a trata-lo melhor também.
Mas, como ninguém tinha certeza acerca de que quem pudesse ser o Cristo disfarçado, a dúvida então persistia. Poderia muito bem ser qualquer um. E se fosse o Pai? Talvez a mãe? Ou um dos filhos? Como o monge havia falado, cada um ali era um possível candidato.
Acabaram melhorando o tratamento em relação aos outros membros da família. D. Matilde parecia muito mais feliz. Já não reclamava tanto de doenças, e sr. Alfredo já não parava mais no barzinho para tomar seu trago de sempre. Cada um começou a tratar o outro com a possibilidade de ser o Cristo disfarçado. Marido e mulher se olhavam com mais carinho e respeito.

Os filhos começaram a perceber os valores dos pais. Os pais passaram a reservar um tempo para o diálogo, para o carinho entre si e para com os filhos. Genro e sogra já não se estranhavam. E as coisas começaram a mudar naquela casa. Algum tempo depois , tudo havia mudado. As coisas se acertaram como que por um milagre. Juninho conseguiu melhorar muito seu rendimento na escola. Caíque chegou a ajuda-lo em muitas lições, e Juliana já não saia tanto pelas lanchonetes e boates. O clima daquela casa parecia outro!



Aquela família, que dizia viver num pequeno inferno, agora começou a experimentar algumas mudanças consideráveis. Já não tinha tanta divida, porque se uniram para pagar o que deviam. O pai, pela vontade de chegar logo em casa, já não parava mais nos botecos do caminho. Era tão bom quando Juliana vinha deitar-se no colo do sr. Alfredo!

A família foi também descobrindo o valor da oração. E foi com grande alegria que o Irmão Bento viu todos eles na missa das dez horas daquele domingo.
Na terceira fila de bancos do lado esquerdo, toda a família, um do lado do outro, participando da Santa Missa. Ele ficou tão emocionado que ao final da celebração foi procura-los para um abraço muito sincero, e disse lhes:
– que bom! Vocês descobriram o segredo! Na medida que começaram a tratar o outro como se fosse o próprio Cristo, vocês aprenderam a ver Jesus um no outro. Com isso, descobriram algo maravilhoso: vocês estão enxergando um ao outro com os olhos do próprio Cristo. Vocês descobriram o grande segredo. Tentando ver Cristo disfarçado, descobriram o Cristo que existe, de fato, no coração e na vida do outro, e em cada um. E este segredo foi Jesus mesmo quem nos ensinou: “todas as vezes que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim que o fizestes”(Mat. 25,40). É isto mesmo meus irmãos. Quem não for capaz de ver Jesus na pessoa do outro, jamais vai ser capaz de ver a pessoa do próprio Jesus.
Esse é o grande segredo para a vida familiar!
Esse é o grande segredo para a restauração de nossas famílias.
Talvez você também se encontre, hoje, como o sr. Alfredo, naquela tarde em que foi ao encontro de Irmão Bento. E porque as coisas não vão bem em sua casa? Jesus deve também estar disfarçado em algum dos membros de sua família… enquanto não se conseguir enxergar cada um com os olhos do próprio Cristo, nada melhorará na vida familiar.
A maior graça que um casal precisa para si e para seus filhos é enxergar cada um com os olhos de Jesus. Quando isso acontece, passam a enxergar Jesus em cada um.
Não tenhas medo de transformar suas necessidades familiares numa oração sincera e verdadeira:

Senhor,
Dá-nos a graça de enxergar com teus olhos, do jeito que tu Senhor, enxergas.
Sonda-nos hoje e tem compaixão de cada um de nós. Tu, Senhor, que nos teceste no seio materno, dá-nos a graça de perceber-nos segundo seu amor misericordioso.



Veja o Texto no Vídeo com Pe. Léo


P a d r e   L é o


P a d r e   L é o


Parábola transcrita do livro “Famílias Restauradas”.

Este texto é abertura do Livro, que tratará das questões que foram apresentadas nesta pequena estória de uma família que não por acaso pode ser um retrato de uma família que conhecemos muito bem.

A sua família também poderá se encontrar com este Cristo, que na verdade não está disfarçado como na estória, mas está vivo e presente em sua casa  podendo ser encontrado facilmente a qualquer momento, porque Ele se deixa encontrar.    Conheça o Livro, leia-o, e depois testemunhe como realmente CRISTO restaurou sua família também.


Famílias Restauradas

A restauração da família é uma obra contínua, constante. Cada dia damos um passo. Não é algo mágico. É uma longa caminhada. E uma longa caminhada se faz com pequenos passos, na firmeza, na renúncia, no sacrifício, na luta, na garra.

Autor: Padre Léo

Disk Shop



Buscai as coisas do alto

“É preciso ter uma meta, e a nossa meta é muito grande. Quem se acostuma com coisa pequena não pode ir para o céu. O céu é para quem sonha grande, pensa grande, ama grande e tem a coragem de viver pequeno. Isso é o céu.”

Autor: Padre Léo Ano: 2006

Editora: Canção Nova



Click na Foto acima e baixe o texto em .doc


Exemplos de apresentações já realizadas





CHEGOU A HORA DA FAMÍLIA.


Família, torna-te o que és!


.nas_Mãos_de_Deus


     Torna-te o que és! Foi o que disse, certa vez, o poeta pagão Píndaro acerca do homem. Do ponto de vista lógico, a afirmação de nosso poeta seria uma contradição, porque ninguém pode vir a ser o que já é. Se já sou um ser humano, não posso vir a sê-lo.

Na verdade, a percepção refinada do poeta traduz algo mais profundo. Mesmo que sejamos seres humanos desde o nascimento, podemos admitir que, aos nascermos, ainda não somos seres humanos em plenitude, pois, não temos uma identidade. Somos apenas seres abertos ao vir-a-ser humano. Este era o conselho do poeta: construa sua identidade, ou seja, torna-te de fato o que já és como possibilidade.

O fenômeno da família, no qual se insere o homem, decorre do fato de que o ser humano surge para a vida numa situação de desamparo e, por isso, está necessariamente referido a outro. Existem seres vivos que são autônomos desde os primeiros momentos de sua existência, o que pode ser observado fartamente na natureza animal. Ao contrário, um ser humano recém-nascido demanda uma série de cuidados para poder sobreviver e levar adiante seu próprio desenvolvimento até a maturidade.

Surge assim uma relação entre uma nova vida, que ainda não tem a consciência de sua própria existência, e uma outra em andamento, representada pelos pais, cuja função é a de facilitar o advento das capacidades que resultem necessárias das circunstâncias vitais e históricas, as quais estão delimitadas por um arco de tempo que, normalmente, encerra-se no momento em que aquela nova vida alcança sua independência existencial.
Essa independência costuma surgir com a conquista de uma profissão. Mesmo assim, o processo familiar não cessa, porque o elemento de potencialidade interior no ser humano é essencialmente maior do que nos animais irracionais: nestes seres, os limites de possibilidade e de realidade alcançam rapidamente sua descoberta, causando a impressão de já estarem predispostos em sua própria natureza. No ser humano, a situação é completamente diversa.

Como resultante da importância dessa dimensão familiar, nós, como homens e mulheres, devemos nos debruçar sobre o estado da arte familiar nos dias atuais. Há algumas décadas, pude escutar dos lábios de João Paulo II, que havia chegado para toda civilização ocidental a “hora da família”. Mais do que assinalar as respostas que a ideia contemporânea de família — na maioria das vezes, endossada normativamente pelo Direito — nos propõe como solução para o período de transição da modernidade para a pós-modernidade em que vivemos, é imprescindível demonstrar como a família pode ser uma primordial e insubstituível protagonista das mudanças radicais que nossa sociedade reclama no alvorecer do século XXI.

Ao analisarmos as relações entre a família, como ente social, e seu atual entorno histórico-existencial, esboça-se uma atitude defensiva, porque a instituição familiar vem sendo submetida a um progressivo processo de deterioração de suas bases ontológicas a partir de vários campos do saber. A família está cercada em seus últimos redutos, por todos os lados, com pouca munição, pessoal e moral abalados.

Não nos estranha, pois, essa postura defensiva, muito semelhante à dos Aliados no cerco a Bastogne, a fase mais aguda da famosa batalha das Ardenas, travada no teatro europeu da última guerra mundial. Entretanto, agora, é a hora da família. É a vez de sair de sua postura defensiva para um protagonismo amavelmente ofensivo, em virtude, justamente, dos bens e deveres em jogo para o futuro da humanidade.

E, também, porque o verdadeiros aventureiros das trilhas de nosso confuso e belo mundo são os pais de família. Tudo no mundo moderno está organizado contra esses loucos que se atrevem a ter filhos. Os pais de família estão abertos ao mundo de seus filhos. Só eles sofrem pela prole e esgotam o sofrimento temporal. Aqueles que nunca tiveram um filho enfermo não sabem o que é a enfermidade. Aqueles que nunca perderam um filho não sabem o que é a dor. E tampouco sabem o que é a morte.

A família constitui, ao cabo, a fonte da civilização do amor, na feliz expressão cunhada por Paulo V. A família como motor de uma verdadeira e fecunda revolução social é a missão que nos incumbe diante das portas do terceiro milênio de nossa história. Afinal, como já lembrava João Paulo II, “tal é a família, tal é a nação, porque tais são seus membros”. Então, parafraseando nosso poeta pagão, se a família deve ser o centro e o coração da civilização do amor, família, torna-te o que és! Com respeito à divergência, é o que penso.

André Fernandes



      Atualizado em 22/07/2014





Semana Nacional da Família – 2014.


Meditações sobre os temas do livrinho da

Campanha Nacional da Família de 2014

Tema central:

“A Espiritualidade cristã na Família:

um casamento que dá certo”.

De 10 a 16 de Agosto de 2014


Familia_401


Click nos Link’s em azul para abrir outro post:


 1º Encontro:

A Espiritualidade cristã na Família.

Indicações para estudo:

O Link Acima fala de uma visão geral sobre o tema incluindo parágrafos sobre os outros temas abaixo:


2º Encontro:

“A Prática espiritual do casal/família:”

Comunhão e Fidelidade

Indicações:

1 – Matrimônio no desígnio de Deus.

 2 – O primeiro Milagre de Jesus foi totalmente dedicado ao Matrimônio.


 3º Encontro:

“Família de Nazaré” ,

Modelo de Espiritualidade pela Confiança e Obediência

Indicações complementares:

1 – Fé nos Revezes da Vida.

2 – O Plano de Deus.

3 – A Família Segundo a Bíblia.

A Graça da Família.

A proposta de Deus para as Famílias de Hoje.


4º Encontro:

“A Eucaristia Dominical”: Expressão maior de Espiritualidade.

Indicações:

1 – A Paróquia e a Formação de Valores na Família.

A Família Conduzida pelo Espírito Santo.


 5º Encontro:

“A Religiosidade e Piedade populares

no exercício da espiritualidade Cristã”

Indicações:


6º Encontro:

Família, Igreja Doméstica:

Lugar especial de Espiritualidade Cristã”

Indicações:

1 – ESPIRITUALIDADE CONJUGAL E FAMILIAR. COMO VIVÊ-LA?

2 – A ORAÇÃO EM FAMÍLIA

3 – Reflexões para a Semana Nacional da Família.

4 – Família e Virtudes Sociais.

A família que reza unida, permanece unida.

Em 2013 – “família Geradora de Uma Sociedade Justa e Fraterna


 7º Encontro:

Desafios para a Espiritualidade Cristã na Família pela Comunhão”

Indicações:

DIFICULDADES E OBSTÁCULOS PARA UMA VIDA DE ORAÇÃO EM FAMÍLIA

ESPIRITUALIDADE CONJUGAL E FAMILIAR. COMO VIVÊ-LA?

1 – Manifesto para criação do ministério da família.


110

 A Espiritualidade

Cristã na Família.

Texto completo


Hora_da_família_2_2014


1_1_20140205201456[1]

Semana Nacional da Família.


Hora da Família 18 – 2014

“A Espiritualidade cristã na Família: .     .um casamento que dá certo”.


Jesus Jesus



Seis Milhões e meio de Acessos.


CURTA_PRESENTEPRAVOCE


Atingimos 6.500.000 de Acessos.

+ 37.200 curtidas no Facebook


Nestes cinco anos quase completando seis anos de Blog Presentepravocê  e três anos da pagina no Facebook só temos que agradecer a presença de cada um de nossos leitores e companheiros nesta árdua jornada da evangelização.

Sabemos que não é fácil falar de Jesus neste mundo de hoje e é ainda mais difícil testemunhar com a própria vida aquilo que evangelizamos nos encontros e aqui na rede, mas quando a nossa vida é o testemunho que se prega se torna bem mais fácil, por isso São Paulo assim dizia “Já não sou eu quem vive, é Cristo que vive em mim”, sei que este é o nosso maior objetivo, pois deixar que Cristo viva em nós é a verdadeira “SANTIDADE” e temos muito ainda que trabalhar para atingirmos esta meta.   Cabe a nós a proposta de cada dia darmos um passo a mais nesta direção e mesmo que cairmos ou afundarmos neste mar tempestuoso, teremos a certeza de que Jesus nos estenderá a mão quando por Ele suplicarmos a Salvação.

Desejo a todos um feliz dia e que Deus multiplique as graças derramadas em cada coração daqueles que permanecem conosco ou daqueles que hoje nos viram pela primeira vez, espero que ainda tenhamos muitos anos para caminhar juntos e que possamos compartilhar a vida eterna ao lado de Cristo Jesus.

Em Breve estaremos publicando outro post comemorando nosso sexto aniversário.

Sejam bem vindos e Parabém a todos.


Presentepravoce_6500000_37000


Comemorações Anteriores:

Hoje é Nosso Primeiro Aniversário.

Presentepravoce atinge dois Milhões de acessos.


VEJA A NOSSA APRESENTAÇÃO DO BLOG.


http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/frutos-do-espirito.jpg?w=100&h=93 http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/frutos-do-espirito.jpg?w=100&h=93


É um prazer estar com todos vocês!


OS MAIS VISITADOS

ATÉ O DIA DE HOJE


O Papagaio Marrom. Arcanjo Miguel
APOCALYPITO JESUS é o mesmo
APOCALYPITO
JESUS é o mesmo
Só Jesus
http://presentepravoce.files.wordpress.com/2012/12/presc3a9pios.jpg http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/frutos-do-espirito.jpg Presentepravoce
Dons Gloria Pollo
Fabio de Melo

Estatísticas ao completar 5.500000 de acessos


Em Todo o Tempo decorrido Os 50 Post’s mais Visitados.


Título

Visualizações

Página inicial / Arquivos 585.084
Novas Imagens Para Mensagens de Natal. 332.004
Orações ao Espírito Santo. 326.580
Foto Mensagem da Páscoa. 167.090
WALLPAPER’S DE MARIA SANTÍSSIMA, PARA SUA COLEÇÃO. 166.112
Padre Leo Conta a estória do Papagaio Marrom. 148.197
Oração de São Miguel Arcanjo. 142.803
Wallpapers – Mensagens de Jesus. 118.481
Mensagens de Natal. 115.281
MENSAGENS EM PPS. 109.658
Jesus Misericordioso. 88.072
Molduras para montagens de Cartões e Fotos. 83.449
Apocalipto, Filme de Mel Gibson Retrata Civilização Maya e Asteca. 82.147
Molduras para fotos e Cartões com temas Natalinos. 68.890
Cantos para o Advento. 68.117
Jesus é o mesmo ontem hoje e sempre, inconfudível e Imutável. 63.274
Dia Das Mães. 62.841
Esclarecimento sobre a Polêmica ocorrida na Missa de Paulo Goulart. 54.177
O Casal Cristão no Mundo de Hoje. (ECC) 53.968
Um Milagre Eucarístico que ficou oculto 12 anos! 51.980
Oração de Natal. 51.359
A Família Segundo a Bíblia. 49.846
Poema a Nossa Senhora Aparecida. 48.207
Semana Nacional da Família. 48.120
Feliz Páscoa. 47.780
NATAL … 44.779
Dinâmica da Pipoca sem Sal. 44.383
Aqueles que Confiam no Senhor… 43.074
PEGADAS NA AREIA. 42.686
Presépios. 41.331
Ultimos Milagres de Santos da Igreja Católica. 39.781
Jesus Te Ama – Presentepravoce 39.665
Terceira Idade, Ser Idoso ou ser apenas um Velho ? 38.978
Camisetas Ágape e livraria. 37.306
A Paixão de Cristo, o filme mais polêmico de Mel Gibson. 37.125
Nossa Senhora Aparecida. 35.908
O Milagre de um Embrião. 35.476
Deus Criou uma Mãe Com Coração de Mãe. 35.295
Padre Léo estava totalmente curado, afirma Padre Joãozinho. 35.057
Vinho, muito vinho, O primeiro Milagre de Jesus foi totalmente dedicado ao Matrimônio. 34.971
Semana Santa. 34.957
MARIA PASSA NA FRENTE. 34.726
Padre Robson Oliveira. 34.676
Amor sempre Amor, Mensagens e Cartões para. 33.137
Civilizações precolombianas na América. 32.083
Pentecostes a Festa do Espírito Santo. 31.353
O Plano de Deus. (ECC) 31.106
Novena de Natal – CNBB. 29.659
Pirâmide de Chichén Itzá, Capital do Império Maya. 29.064
Carta a Nicodemos. 28.299
Imagens para usar em cartões e mensagens de Natal. 27.515
Vós Sereis Batizados no Espírito Santo Dentro de Poucos Dias… 27.216
RCC. 27.107
Mensagens para dia das Mães. 26.353
Os Frutos do Espírito Santo 26.199
O que é Grupo de Oração Carismático? 26.089

Stats_Hist_Presentepravoce_130205


INDICAÇÕES DE POST’S MAIS RECENTES


O ALPINISTA EXTRAORDINÁRIO. COMO UMA BOMBA
Lançai a Palavra

ACEITAR O SENHORIO DE JESUS!


jesus_rei_senhor


Por Cássio José
Membro da Rcc e da Catequese
Grupo de Oração: Renascer

Email: cassiojoseufc@gmail.com


No mundo atual as pessoas andam totalmente desnorteadas, sem rumo. Muitos colocam o seu referencial em ideologias, facções, pessoas, falsas doutrinas e seitas diabólicas e até mesmo, há aqueles que declaradamente, cultuam os demônios, tratando-os como seus senhores. Além disso, está diante dos nossos olhos uma verdadeira adesão de muitas pessoas em colocarem as drogas, prostituição, sexo anti-bíblico, dinheiro, fama, entre muitas outras diversas coisas como senhores na modernidade. A Bíblia nos diz que “as pessoas se perdem por falta de conhecimento” (Os 4,6) e que “Ninguém pode servir a dois senhores” (Mt 6,24).

A NOÇÃO DE SENHOR

O SENHOR é aquele que tem direito e autoridade sobre tudo. Ele é o dono! Quando se estuda, por exemplo, a historia dos senhores feudais, sabe-se que esses senhores eram DONOS de espaços de terras. Eles tinham domínio e autoridade sobre as terras e propriedades dessas terras, com seus bens materiais, plantações e seus escravos. Eles mandavam e desmandavam em tudo. Eram eles que ditavam as regras da vida dos escravos. A própria eleição do rei, na época, antes deste absolutizar o poder para si, era feita entre os senhores feudais. Geralmente, as características dos senhores do mundo terrestre são essas: abuso de poder, autoritarismo, não-compreensão e comprometimento com o que se passa com a vida de seus escravos…

JESUS É O SENHOR!

Inúmeras passagens bíblicas comprovam que Jesus é o SENHOR! Isso já é suficientemente necessário para que não se diga ou se pregue o contrário. Porém, diante dos senhores do mundo, as características do senhorio de Jesus são bem diferentes: justiça, verdade e amor.

Devemos, por tanto, declarar esse senhorio de Jesus nas nossas vidas para que Ele possa nos orientar de que forma podemos proceder corretamente para bem adorá-lo. Para fins de estudo, queremos deixar bem claro que JESUS É O SENHOR, pelo menos por 3 motivos: 1. Jesus é o Senhor pela natureza de sua divindade; 2. Jesus é o Senhor pela natureza de sua missão; 3. Jesus é o Senhor pela concretização de sua missão.

O Catecismo da Igreja Católica assim expressa: “Desde o princípio da historia cristã, a afirmação do senhorio de Jesus Cristo sobre o mundo e sobre a história significa o reconhecimento de que o homem não deve submeter sua liberdade pessoal, de maneira absoluta, a nenhum poder terrestre, mas somente a Deus Pai e ao Senhor Jesus Cristo. “(CIC, n. 450).

1.A NATUREZA DA DIVINDADE DE JESUS: JESUS É 100% HOMEM E 100% DEUS

A Igreja Católica, fundamentada na Palavra de Deus, já declarou desde os seus primórdios que Jesus Cristo é Deus! Vejamos algumas passagens bíblicas para tal comprovação:

João 1,1-3: “No princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus. No princípio, ele estava com Deus. Tudo foi feito por meio dele e nada foi feito sem ele.”

Colossenses 1,15-17: “Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação, pois é nele que foram criadas todas as coisas, no céu e na terra, os seres visíveis e invisíveis, tronos, dominações, potestades; tudo foi criado por ele e para ele. Ele existe antes de todas as coisas e nele todas as coisas têm consistência.”

João 14, 8-10 (.10): “Eu estou no Pai e o Pai está em mim.”

João 20,28: “Tomé respondeu: Meu Senhor e meu DEUS!”

João 10,30;14,9: “Eu e o Pai somos um. Quem me vê, vê o Pai

João 9,35 “Creio, Senhor, confessou o ceguinho curado, caindo em adoração.”

2.JESUS É O SENHOR PELA NATUREZA DE SUA MISSÃO

Jesus tinha autoridade de pregar em nome de Deus, não por ser formado em Teologia, mas pela unção que lhe foi dada pelo Espírito Santo, como seu próprio nome indica: Cristo vem da tradução grega do termo hebraico Messias, que quer dizer Ungido de Deus.

Nos Evangelhos, várias pessoas se dirigem a Jesus chamando-o de “Senhor” por causa do conhecimento que tinha da Palavra, bem como pela autoridade com que pregava, exprimindo o respeito e a confiança dos que a Ele se achegavam e d’Ele esperavam a cura e a ajuda (Mt 14,30;15,22). O próprio Jesus, dirigindo-se aos seus apóstolos declarou explicitamente ser o Senhor(Jo 13,13). Quando observamos os quatro Evangelhos, de ponta a ponta, notamos de maneira muito clara no ministério de Jesus, que Ele tem DOMÍNIO e AUTORIDADE sobre tudo. Enumeramos, pelo menos, 5 coisas das quais Jesus tem o seu total controle:

1.NATUREZA E MATÉRIA: Quando lemos a Palavra de Deus vemos que Jesus acalmou a tempestade(Mt 8,23-27), andou sobre o mar (Mc 45-52), fez uma multidão se alimentar com apenas 2 pães e 5 peixes (Jo 6,1-15), transformou 600 litros de água em vinho (Jo 2,1-12). A natureza e a matéria são subordinadas e submissas ao Senhor Jesus. 

2.DOENÇAS: Não existe nenhuma doença da qual Jesus não tenha o poder e a capacidade de curar. Ele curou: lepra (Mt 8,1-4); paralisia (Mc 2,1-12; Jo 5,1-9); hemorragia (Mt 9,18-25); mão atrofiada (Mt 12,9-14); febre (Lc 4,38-39); proclamou a libertação aos presos, recuperou a vista aos cegos, liberdade aos oprimidos (Lc 4,18); pessoas à beira da morte(Lc 7,1-10); epilepsia (Lc 9,37-42); mulher encurvada (Lc 13,10-17); dez leprosos (Lc 17,11-19); cegueira (Mc 10,46-52;Lc 18,35-43; Jo 9,1-12);surdo-mudo(Mc 7, 31-37).

Além de podermos enymerar várias doenças específicas, percebemos que os Evangelhos mostram que Jesus curava todo tipo de doença e enfermidade ao amanhecer (Mc 6,53-56) e no pôr-do-sol (Mt 8,16-17; Lc 4, 40). Isso se deixar de esquecer o que João relatou em seu Evangelho quando disse que, se todos os milagres, curas e sinais “fossem escritos em livros não haveria livro suficiente no mundo para registrar tais fatos” (João 21,25)

3. PECADO: Não há nenhuma possibilidade de algum pecado ser impedimento pra que nós nos aproximemos de Jesus, por que JesusPERDOOU TODOS OS PECADOS AO MORER NA CRUZ, REMINDO-OS COM SEU SANGUE PURO E SEM MANCHA (I Pd 1,18-21; I Jo 2,1-2).

No seu ministério Jesus perdoou, por exemplo, Zaquel, que era chefe dos cobradores de impostos (Lc 19,1-10); A pecadora que estava na casa do fariseu Simão quando Jesus o visitou ( Lc 7,36-50); A mulher adúltera (João 8,1-11); O paralítico (Marcos 2,1-12).

Os meus e os seus pecados já foram redimidos, perdoados por Jesus na cruz do Calvário. Ao aderirmos o senhorio de Jesus na nossa vida, não devemos mais NADA ao inimigo que tem como finilidade roubar, matar e destruir (Jo 10,10), e nem temos mais gosto pelas coisas do mundo, por percebemos que elas não nos satisfazem (I Cor 6,12), por que desejamos o céu, que nos foi preparado (Jo 14,2) e que é o lugar dos santos (Hb 12,14). 4.DEMÔNIO E MUNDO DAS TREVAS: Todos os demônios se tremiam diante de Jesus por que sabiam e sabem quem Ele É. Vemos, por exemplo, que Jesus expulsou um demônio mudo(Lc 11,14); Um homem endemoninhado numa sinagoga de Cafarnaum (Mc 1,21-28); O possesso de Gerasa, da qual 2 mil porcos morreram quando Jesus ordenou que os demônios fossem pros porcos (Mc 5,1-20); Os sete demônios de Maria Madalena(Lc 8,1-3); O demônio da filha da mulher pagã Siro-fenícia (Mc 7,24-30), dentre muitos outros.

Ele sabe que lhe resta pouco tempo (Ap 12,12), mas sabe mais ainda, que dele não somos e que o inferno é o seu dele e de seus outros demônios (Mt 25,41) por que fomos lavados e emidos pelo sangue do Cordeiro! É hora de transportarmos d mundo das trevas para uma vida de ressuscitados para Deus: Emigração espiritual!

5.MORTE: Nos Evangelhos temos pelo menos, 3 pessoas que Jesus ressuscitou: O filho da viúva de Naim (Lc 7,11-17); Lázaro(11) e a filha de Jairo (Lc 8,40-56).

A morte foi, assim, destruída quando Jesus morreu na cruz. Apocalipse 1,18 nos diz está em Jesus está com “as chaves da morte e da mansão dos mortos”, tendo assim autoridade e domínio até mesmo sobre a morte. Em I Cor 15,55 está escrito: “A morte foi absorvida na vitória. Morte, onde está a tua vitória? Morte, onde está o teu aguilhão?”

A nossa vitória veio a partir do momento que Jesus ressuscitou dentre os mortos, estando assentando a direita do Pai, como o nosso advogado supremo e virá como justo juiz para julgar os vivos e os mortos.

Percebemos dessa maneira que TUDO ESTÁ NO CONTROLE DE JESUS. Ele demonstrou sua SOBERANIA, ATORIDADE e DIREITO sobre TUDO.

3. JESUS É O SENHOR PELA CONCRETIZAÇÃO DE SUA MISSÃO

Em atenção à entrega de Jesus pela Salvação dos homens, o Pai lhe entrega todas as coisas (Fl 2, 5 – 11). Por vencer a morte, ser o primeiro a ressuscitar dentre os mortos e estar sentado a direita de Deus Pai, enfim, por sua obediência ao plano de Salvação do Pai, Jesus Cristo é o Senhor, Pai e o Rei do Universo. Pedro, afirmou no dia de Pentecostes, quando se levantou para fazer uma pregação: “Por tanto, que todo o povo de Israel reconheça que Deus outorgou como SENHOR e CRISTO a esse Jesus que vocês crucificaram.”(Atos 2, 36). Quando Jesus ressuscita, Ele afirma pros discípulos:

“TODA A AUTORIDADE ME FOI DADA NO CÉU E SOBRE A TERRA” (Mt 28,18)

ENTREGAR-SE TOTALMENTE A JESUS É QUERER QUE ELE FAÇA EM NÓS O QUE ELE QUISER, e não querer ser o centro da própria vida. E deixar Jesus ser o centro, entregando a Ele a direção de nossas vidas, tudo o que somos: família, amizades, estudos, profissão, corpo, alma, sexualidade, emotividade, bens materiais, esperanças, medos, imaginação, memórias, maneira de agir, pensar e falar. É entregar a Jesus as “rédeas” de todas as áreas de nossa vida.

Somos convidados a colocar nesse dia de hoje, Jesus como o Senhor da nossa vida, o nosso absoluto e definitivo Senhor, renunciando assim todos os falsos senhores que subsistem em nosso meio e as falsas doutrinas que procuram nos desviar do senhorio de Jesus para que a nossa vida seja verdadeiramente uma vida de aceitamento a Jesus de Nazaré como aquele que tem domínio e autoridade sobre a nossa vida.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Meu irmão, é hora de, mesmo em meio a uma modernidade ou contemporaneidade tão ateia e cheia de achismo, aceitarmos o senhorio de Jesus. A verdade é que antes, isso era pregação da Renovação Carismática Católica, nos Grupos de Oração, nos Seminários de Vida no Espírito Santo, ou nos Congressos Paroquiais, Estaduais, Nacionais… muito embora que o Magistério da Igreja tenha isso como prioridade. Hoje, a Igreja prega isso sem medo e sem reservas. Aceite Jesus como o teu Senhor e Salvador. Dê um “adeus” a tua vida de pecado e seja um novo santo neste mundo de trevas para levar a luz de Jesus em meio aos lugares e pessoas que não a tem. Se achar necessário, hoje mesmo procure um padre para se confessar e não falte as Missas, além de participar de algum movimento ou pastoral da Igreja Católica. Que Deus te abençoe Poderosamente, no Nome do Senhor Jesus!

Oração Pedindo os Dons do Espírito Santo.



É Lícito pedir ao Pai os Dons do Espírito Santo?

(Disse Jesus).

E eu vos digo: pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á.  Pois todo aquele que pede, recebe; aquele que procura, acha; e ao que bater, se lhe abrirá. Se um filho pedir um pão, qual o pai entre vós que lhe dará uma pedra? Se ele pedir um peixe, acaso lhe dará uma serpente? Ou se lhe pedir um ovo, dar-lhe-á porventura um escorpião? Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai celestial dará o Espírito Santo aos que lho pedirem.

(São Lucas 11, 9 a 13)


Vinde ó Espírito Criador,

visitai os corações dos teus seguidores, preenchei-os com a Graça do Alto: estes corações que Vós criastes. Sois o Espírito Consolador,

a Dádiva de Deus Todo Poderoso, a Fonte da Água Viva, o Fogo Divino, a Caridade, a Unção Invisível das Almas.

Vinde, então,

com vossos Sete Dons Preciosos, Vós que sois o Dedo de Deus. Vós que sois o conteúdo da Promessa do Pai, Vós que colocais o Verbo do Pai em nossos lábios.

Iluminai os nossos espíritos

com vossa Luz, abrasai os nossos corações com vosso Amor e santificai, em todos os tempos, nossa frágil carne!

Bani de nós o espírito de tentação,

preenchei-nos com vossa Paz Infalível, sede Vós mesmo o nosso guia, de modo que possamos evitar tudo o que possa ser prejudicial à nossa Salvação.

Ensinai-nos a compreender o Pai,

ensinai-nos a compreender o Filho e a Vós mesmo, que sois o Espírito do Pai e do Filho, sede sempre o objeto de nossa Fé!

Por isso seja a Glória,

em todos os tempos, para Deus Pai, para o Filho, ressuscitado de entre os mortos, e para o Espírito Santo. Que assim seja!

 

AMEM


Jesus Jesus

Oração para pedir os dons do Espírito Santo


Vinde Espírito Santo

E dai-nos o Dom da Sabedoria

Para que possamos avaliar todas as coisas à luz do Evangelho  E ler nos acontecimentos da vida os projetos de amor do Pai

Dai-nos o Entendimento

Uma compreensão mais profunda da verdade a fim de anunciar a salvação com maior firmeza e convicção

Dai-nos o Dom do Conselho

Que ilumina a nossa vida e orientai a nossa ação segundo vossa Divina Providência

Dai-nos o Dom da Fortaleza

Sustentai-nos no meio de tantas dificuldades com vossa coragem para que possamos anunciar o Evangelho

Dai-nos  o Dom da Ciência

Para distinguir o Único Necessário das coisas meramente importantes

Dai-nos Piedade

Para reanimar sempre mais nossa íntima comunhão convosco E, finalmente, dai-nos vosso santo Temor

Para que, conscientes de nossas fragilidades, Reconhecermos a força da vossa graça.

Vinde Espírito Santo

E dai-nos um novo coração. Amém.

Pe. Joãozinho – Oração inspirada na Carta de João Paulo II aos sacerdotes do mundo inteiro por ocasião da quinta-feira santa de 1998.


Jesus Jesus


Oração para pedir

Os Dons do Espírito Santo

Senhor, enviai Vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a Face da Terra!


Senhor, que perscrutais todos os corações e conheceis todos os problemas, Espírito de Luz e de Amor, derramai sobre mim, eu vos suplico, a plenitude de vossos Dons.

Dai-me o Espírito de Sabedoria, que me faz ver as coisas, não de acordo com o julgamento deste mundo, mas de acordo com o Vosso.

Ó Senhor, que eu possa repetir, como Salomão: “Desde a minha infância eu amei a Sabedoria e a escolhi para minha companheira na vida.

Eu a preferi acima de tudo o que é mais esplêndido no mundo, e pensei que as riquezas nada eram comparadas com o preço de tamanha joia.

As coisas boas vieram por intermédio dela, e em todas as minhas dores e sofrimentos, ela sempre foi o meu consolo e a minha alegria”. (Prov. 8).

Dai-me também o Espírito de Inteligência, que me ilumina no conhecimento das Escrituras e das grandes Verdades Eternas.

A Fé e a Humildade são as virtudes que atraem o Espírito de Inteligência para a alma.

A Fé que nos submete para melhor compreendermos; a Humildade prontamente nos faz reconhecer nossa ignorância.

Dai-me o Espírito de Conselho, que ilumina o caminho para os Céus e evita que me perca como um viajante tolo que pega um caminho desconhecido sem um guia.

Dai-me o Espírito de Ciência, que me ensina que a ciência da Salvação é a única necessária, a única sem a qual nenhuma ciência humana se pode realizar.

Dai-me o Espírito de Força, que não me deixa tão fraco após o mínimo esforço, tão débil quando tenho que obedecer ao invés de fazer o que desejo, ou trabalhar quando não tenho o menor desejo de fazê-lo, que me dá força para conquistar a mim mesmo quando a Lei de Deus assim me ordena!

Dai-me o Espírito de Piedade, que dá ao meu coração uma atração filial para com o Pai e que me faz servi-lo com alegria e tranquilidade!

Dai-me o Espírito de Temor, temor filial que, combinado com o respeito e o amor, me faz evitar cuidadosamente tudo aquilo que possa desagradar a Deus, nosso Pai!

Ó Dons Preciosos, cuja excelência aprendi a conhecer, vede como minha alma clama por Vós com confiança e se Vos abre com Amor.

Santos Apóstolos, que no Dia de Pentecostes recebestes os Dons do Espírito Santo, concedei-nos, com algumas das mesmas graças, uma fidelidade similar à que era vossa, de modo que, acreditando naquilo que recebestes e transmitistes, praticando os vossos trabalhos, vivendo e morrendo com a Igreja que vós fundastes, possamos compartilhar convosco,   Ó Santos Apóstolos, a regozijadora recompensa dos Céus!

Que assim seja!                                      


Quero ser Batizado

no Espírito Santo?


Ele Vos Batizará com Fogo

E no Espírito Santo!

PEDINDO A LUZ DO ESPÍRITO SANTO

Amado Deus, tu que enviaste o Espírito Santo aos discípulos, dando-lhes coragem para levar a mensagem de Cristo a todos os lugares, iluminando vidas, criando a primeira comunidade cristã, nós te pedimos: concede constantemente o vigor e o poder desse Espírito, para que possamos ser luz e anunciar a tua vontade. Ilumina nosso coração e nossa mente para reconhecermos tua Palavra orientadora em meio a tantas vozes e espíritos que nos iludem. Isto nós pedimos por Jesus Cristo, teu Filho amado, que contigo e com o Espírito Santo vive e reina eternamente. Amém.



Em PPS/PPT – Power Point

As mais conhecidas Orações e

Invocações do Divino Espírito Santo.






Oração Pela Efusão do Espírito Santo

Vem, Espírito Santo, e renova em mim a chama do Teu amor.

Enche-me Senhor de fé, e revela com Tua luz todos os meus pecados e traumas.

Liberta-me, Espírito Santo, e faz de mim uma nova criatura.

Santifica também o meu espírito, renovando todo o meu ser, emoções, mente, ouvidos, olhos, lábios e atos.

Capacita-me a viver a Palavra de Nosso Senhor Jesus Cristo em toda sua profundidade.

E agora, Santo Espírito, dá-me os Teus dons para que eu possa melhor servir o reino de Deus, amando, indistintamente, todos os meus irmãos.

Mas, acima de tudo, derrama o dom do louvor, para que, em tudo e por tudo, eu glorifique o Senhor Nosso Deus. Em nome de Jesus,

Vós que sois o Dedo de Deus. Vós que sois o conteúdo da Promessa do Pai, Vós que colocais o Verbo do Pai em nossos lábios.

AMEM


Um Novo Pentecostes.



  • 1. Permaneçam Em Jerusalém Porque dentro de poucos dias Eu vos enviarei O Espírito Santo. Cumprindo assim … Atos 1, 4
  • 2. Atos, 1, 14 Todos eles perseveravam unanimemente na oração, juntamente com as mulheres, entre elas Maria, mãe de Jesus, e os irmãos dele. Ao todo eram umas 120 pessoas …
  • 3. Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados.
  • 4. Estavam, pois, todos atônitos e, sem saber o que pensar, perguntavam uns aos outros: O que significam estas coisas? Outros, porém, escarnecendo, diziam: Estão todos embriagados de vinho doce.
  • 5. Pedro então, pondo-se de pé em companhia dos Onze, com voz forte lhes disse: Estes homens não estão embriagados, como vós pensais. Mas cumpre-se o que foi dito pelo profeta Joel:, Acontecerá nos últimos dias – É Deus quem fala -, Que derramarei do meu Espírito sobre todo ser vivo:
  • 6. Naquele Dia se cumpriu a promessa do Pai feita através dos Profetas no passado. Nenhuma daquelas 120 pessoas havia previsto o que lhes aconteceria naquele momento,
  • 7. mas aceitaram o PRESENTE de Deus como crianças com o coração totalmente aberto
  • 8. São Pedro declarou a todos que as promessas de Deus e de Jesus acabaram de ser totalmente cumpridas naquele momento. Disse Mais: Arrependei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o DOM do Espírito Santo. Pois a promessa também é para vós, para vossos filhos e para todos os que ouvirem de longe o apelo do Senhor, nosso Deus.
  • 9. O que teríamos mais a dizer sobre estes acontecimentos que já não teriam sido narrados por varias testemunhas que lá estavam, apenas que com o passar dos anos este verdadeiro Pentecostes foi ficando tão esquecido que as pessoas nem conheciam este anúncio básico feito por São Pedro… Pois a promessa é para vós … Para Vossos filhos e filhas … Convertei-vos e sejais Batizados em nome de Jesus e Recebereis o Dom do Espírito Santo. Eu vos Batizo com água para Remissão dos pecados, mas JESUS vos batizará com o Fogo e o Poder do Espírito Santo de Deus conforme Deus nos prometeu nas Sagradas Escrituras.
  • 10. Saulo não foi discípulo de Jesus, não esteve presente em Pentecostes e não foi Batizado no Espírito Santo naquele dia… Como um bom Fariseu ele foi o primeiro que se colocou a serviço dos Romanos para dizimar com o Cristianismo que se espalhava por todo o Israel.
  • 11. Paulo escreve aos Coríntios … A respeito dos dons espirituais, irmãos, não quero que vivais na ignorância. Capítulo 12, 1 Não sabeis que sois o templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Capítulo 3, 16 Estas cartas confirmam exatamente que os fatos narrados sobre Pentecostes e as palavras proclamadas por São Pedro aconteceram de forma permanente e eterno, mas no entanto nem todos possuem o conhecimento pleno sobre esta verdade.
  • 12. O século XX foi considerado o século do “ESPÍRITO SANTO”, quando a Igreja redescobriu a força e o poder do Espírito Santo em seu interior. Será que neste século XXI ainda existirá alguém que não conheça estas verdades ? Acontecerá nos últimos dias – é Deus quem fala -, que derramarei do meu Espírito sobre todo ser vivo: profetizarão os vossos filhos e as vossas filhas. Os vossos jovens terão visões, e os vossos anciãos sonharão. …?
  • 13. Estes fatos comprovam que Jesus Cumpriu sua Palavra, Ele enviou mesmo o Espírito Santo e todos o receberam. Quem não recebeu porque não estava lá iria receber assim que se entregasse a Jesus de todo coração como Saulo. Este foi o primeiro passo Da Igreja, mas não foi o último e como antes continuamos necessitados do Espírito Santo em nós…
  • 14. Presentepravoce.wordpress.com.br quinta-feira, 22 de maio de 2014quinta-feira, 22 de maio de 2014 07:51:29 PM07:51:29 PM


Jesus Jesus


Pentecostes_Banner


Jesus Jesus


Presente pra você, mamãe.


.

A professora se aproximou dos alunos e disse que naquele ano eles fariam seu próprio cartão para presentear suas mães no dia especial delas.


Todas as crianças se empolgaram com a ideia e começaram a dizer o que comprariam para enfeitar seus cartões, mas uma pequena menina que se sentava ao fundo da sala não ficou tão empolgada quanto as outras crianças, a professora notando isso se aproxima e pergunta para ela.

-Por que você esta tão triste pequena?

–A menina olha para sua professora e fala.
-Eu não tenho tanto dinheiro para comprar coisas para enfeitar meu cartão professora…

–Ela abaixa a cabeça e fica mais triste

–Não sei se vou fazer algo tão bonito para minha mãe…

–A professora se sentiu penalizada com a menina, mas nada fez sobre isso.

Voltando para casa, ela foi em uma papelaria comprar o que poderia para fazer o cartão de sua mãe, o vendedor viu a pequena menina escolhendo o papel mais simples e alguns lápis de cera para fazer o cartão.

Intrigado, o vendedor se aproxima e pergunta para a menina.

-Por que você não compra mais algumas coisas para seu cartão pequena menina?

–A menina ainda mais tristonha repete o mesmo que disse para sua professora, o vendedor fica entristecido, mas nada faz.

No próximo dia, os alunos começaram a fazer os cartões, muitos alunos trouxeram muitos materiais para um simples cartão e vendo a quantidade de coisas que os outros alunos trouxeram para fazerem os cartões, a pequena menina se entristece ainda mais, mas mesmo assim se mantém quieta e faz seu cartão.

Mais tarde a professora chega com uma surpresa, as mães dos alunos estavam ali para receber os cartões dos filhos, a pequena menina encara o cartão simples que tinha criado comparando com os magníficos cartões que os outros alunos fizeram e fica caladinha esperando ser chamada para entregar seu cartão para a sua mãe que tinha um sorriso para ela.

Cada aluno que entregava os cartões para suas mães, recebia um sorriso e um abraço de sua mãe então voltavam para a sua mesa, enfim a mãe da pequena menina foi chamada, esta entrega o cartão simples ao que as outras mães olhavam um tanto superiores por estarem com cartões tão bem feitos pelos filhos e o dela ser um simples cartão escrito a mão.

Cartão_minha_mamãe

Mas mesmo assim a mãe da menina sorri para a filha e lê o cartão.

“Querida mamãe, eu fiz este cartão com o dinheirinho que você me deu para o lanche da escola, queria fazer algo especial para você… Mas só pude fazer este simples cartão… Meu cartão não e bonito ou brilhante como dos outros, mas nele tem meu amor por você… Te amo mamãe”.

A senhora sorri de forma encantadora para a filha e a abraça com todo carinho e amor que tinha no coração deixando escorrer uma pequena lágrima em seus olhos e retorna para seu lugar radiante de alegria.



As vezes passamos pela vida tentando fazer o melhor para trazer felicidade para a mulher que nos deu a vida, mas as vezes um simples te amo, brilha mais que o sol no coração das nossas mães.

Para as mães, um simples te amo mamãe, tenha um feliz dia das mães.


.

(Uma Mensagem de Amor)


Mais Mensagens no Facebook

Presentepravoce – Sizenando




Modelo de Mãe Super Top 2000.

UMA SUPER MÃE A TODA PROVA.



Quem vai pagar o Pato?


.

(Tudo tem seu preço, mas as vezes acabamos pagando muito caro por algo sem o minimo valor.  Mas por que isso acontece?)


Havia dois irmãos que visitavam seus avós no sítio, nas férias.

- Felipe, o menino, ganhou um estilingue para brincar no mato.

Praticava sempre, mas nunca conseguia acertar o alvo.



Certa tarde viu o pato de estimação da vovó…

Em um impulso atirou e acabou acertando o pato na cabeça e o matou. Ele ficou chocado e triste!



Entrou em pânico e escondeu o pato morto no meio do mato!

Beatriz, a sua irmã viu tudo mas não disse nada aos avós.



Após o almoço no dia seguinte, a avó disse: “Beatriz, vamos lavar a louça”

Mas ela disse: ” Vovó, o Filipe me disse que queria ajudar na cozinha”. E olhando para ele sussurrou: “Lembra do pato?” Então o Felipe lavou os pratos.



Mais tarde o vovô perguntou se as crianças queriam pescar e a vovó disse: “Desculpe, mas eu preciso que a Beatriz me ajude a fazer o jantar.”

Beatriz apenas sorriu e disse, “Está bem, mas o Filipe me disse que queria ajudar hoje”, e sussurrou novamente para ele, “Lembra do pato?”

Então a Beatriz foi pescar e Filipe ficou para ajudar.


Após vários dias o Filipe sempre ficava fazendo o trabalho da Beatriz até que ele, finalmente não aguentando mais, confessou para a avó que tinha matado o pato.


Neto e Avó


A vovó o abraçou e disse: “Querido, eu sei… eu estava na janela e vi tudo, mas porque eu te amo, eu te perdoei. Eu só estava me perguntando quanto tempo você iria deixar a Beatriz fazer você de escravo!”



Qualquer que seja o seu passado, ou o que você tenha feito… (mentir, enganar, seus maus hábitos, ódio, raiva, amargura, etc )…. seja o que for… você precisa saber que Deus estava na janela e viu tudo como aconteceu.

Ele conhece toda a sua vida … Ele quer que você saiba que Ele te ama e que você já está perdoado.Ele está apenas querendo saber quanto tempo você vai deixar o diabo fazer de você um escravo.



Deus só está esperando você pedir perdão, Ele não só perdoa, mas Ele se esquece.

É pela graça e misericórdia de Deus que somos salvos. Vá em frente e faça a diferença na vida de alguém hoje.


Compartilhe esta mensagem com um amigo e lembre-se sempre: Deus está na janela e sabe de tudo!



“A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus

não irá protegê-lo.”


.

(Um Desafio Para Mim e para Você)


SER FIEL ACIMA DE TUDO

Presentepravoce – Sizenando




EM BUSCA DA FELICIDADE.

Um Filme baseado em fatos reais



Novena de Nossa Senhora de Guadalupe.



Novena de Nossa Senhora de Guadalupe

Oração do primeiro dia
Ó Santíssima Virgem Maria de Guadalupe! Essa auréola que envolve o vosso sagrado vulto proclama que sois Rainha do Universo, Senhora, e, como Filha, Mãe e Esposa do Altíssimo, tendes absoluto poder e justo direito sobre todas as criaturas. Assim sendo, eu também sou vosso; eu quero ser vosso não por dever, mas por vontade própria. Ponho em vossas mãos os meus trabalhos, minhas obras, minhas orações, meu coração, para que deles cuideis. Confio em vossa beneficência; tudo o que fazeis é para o bem da minha alma e para maior honra e glória do vosso Filho, Jesus.
Rezar Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.
Oração do segundo dia
Ó Santíssima Virgem Maria de Guadalupe! Sois advogada nossa no tribunal de Deus. Estendei sobre nós as vossas mãos harmoniosas, que jamais deixam desamparado quem suplica e quem pede com fé, e concedei-nos a graça de saber que, do vosso trono de glória, como Rainha dos Anjos e dos homens, fazeis o papel de intercessora e advogada. A vós recorro, amável Mãe, para me enriquecerdes com os dons preciosos de uma caridade ardente e fervorosa, com uma humildade profunda e com uma obediência imediata ao Senhor.
Rezar Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.
Oração do terceiro dia
Ó Santíssima Virgem Maria de Guadalupe! Como não posso crer, ao ver-vos cercada de raios de sol, sabendo que estais intimamente unida ao Sol da Divindade, que não há, em vossa casa, coisa alguma que não seja luz, que não seja graça e que não seja santidade? Fazei que eu me lembre sempre de que vivo para Deus, que me empenhe em amar-vos e em amar a Deus: fazei que eu me lembre sempre, quando fizer algo, de amar a Deus e de amá-Lo em Vós.
Rezar Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.
Oração do quarto dia
Ó Santíssima Virgem Maria de Guadalupe! Se um anjo do céu, por grande honra, pode estar aos vossos pés, e, como prova de amor e reconhecimento, abre os braços e as asas para formar com elas um trono para a vossa majestade, que deverei fazer eu para manifestar minha veneração a vossa tão grande majestade? Fazei de meu coração um trono que não se deteriore, e não permitais que nele entre o pecado. Nele vivam e reinem absolutos Jesus e Maria. Amém.
Rezar Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.
Oração do quinto dia
Ó Santíssima Virgem Maria de Guadalupe! Que outro vestido poderia corresponder a quem é um céu, devido à sua formosura, se não um céu cheio de estrelas? Bendita mil vezes a mão de Deus, que pôde nos unir em Vós, harmoniosa peregrina, tamanha pureza e gala tão brilhante e rica a uma humildade tão acentuada! Eu fico, Senhora, submerso em tão amável ternura, e quisera que meus olhos se fixassem em Vós para o meu coração não se deixar levar por outro afeto que não o meu amor por Vós.
Rezar Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.
Oração do sexto dia
Ó Santíssima Virgem Maria de Guadalupe! Como descreve bem a vossa soberania esse tapete que a lua forma sob os vossos pés! Desprezastes com firmeza as vaidades do mundo e, superior a tudo o que foi criado, jamais tivestes mancha de pecado, nem sinal de imperfeição. Desde a vossa concepção, sois cheia de graça. Fazei-me estar sempre ao vosso lado, e que cresça em mim o amor por vosso Filho Jesus. Que O conhecendo e amando, eu lute com mais força contra o pecado e procure, todo dia, amar mais a Deus. Amém.
Rezar Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.
Oração do sétimo dia
Ó Santíssima Virgem Maria de Guadalupe! Nada vejo, neste famoso retrato, que não me leve a conhecer a mais alta perfeição com que Deus dotou a vossa alma puríssima. Esse tecido grosseiro e desprezível, em que se vê estampada a vossa singular beleza, nos permite conhecer a tão profunda humildade que serviu de fundamento para a vossa santidade. Ofereço-vos o pano do meu coração. Tomai-o, Senhora, pois meus desejos são de me empenhar de todo em vos amar e amar a Deus.
Rezar Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.
Oração do oitavo dia
Ó Santíssima Virgem Maria de Guadalupe! Quão misteriosa e certa foi a mão do Artífice Supremo, bordando o vosso vestido com essa orla de ouro finíssimo que lhe serve de adorno! Ele se referiu ao ouro da caridade e do amor, com que foram enriquecidas as vossas ações perante Deus. Abri vossos braços piedosos a quem é tão miserável! Dai a mão a quem, caído, implora por se levantar. Alegro-me de ter achado em mim uma miséria que será aliviada pela vossa compaixão e misericórdia.
Rezar Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.
Oração do nono dia
Ó Santíssima Virgem Maria de Guadalupe! Que coisa é impossível a Vós se, multiplicando os prodígios, nem a rusticidade, nem a rudeza do tecido vos impedem de formar tão primoroso, delicado e perfeito retrato, que nem a ação constante do tempo, em mais de quatro séculos, foi capaz de apagar ou destruir? Com vossa piedade, não olheis para as minhas falhas e vícios, e minha alma se encha de esperança e confiança, já que, depois de Jesus, sois Vós a minha única esperança.

<style=”text-align: justify;”>Rezar Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.


Presentepravoce – Sizenando






Modelo de Mãe Super Top 2000.



UMA SUPER MÃE A TODA PROVA.


Antes que Deus formasse a mulher da costela do homem Ele fez alguns planos e modelos até chegar ao modelo Perfeito de Mãe que agradasse plenamente o seu coração, afinal a mulher não seria apenas uma companheira para o homem e sim a mãe de todos os filhos de Deus que viriam a encher a terra.

Sobre um desses modelos, o Super Top 2000, que seriam um modelo ultra sofisticado, Deus resolveu tirar algumas duvidas pedindo a opinião para um de seus anjos que estava ali observando seu trabalho e sua preocupação.

Conta-se então que:



MODELO DE MÃE SUPER TOP 2000


Deus chamou o seu anjo mais querido, e lhe apresentou o modelo de mãe.

O anjo não gostou do que viu:

O Senhor tem trabalhado muitas horas extras, já não sabe mais o que esta fazendo

– disse o anjo

– Olhe só !

Beijo especial que cura qualquer doença, seis pares de mãos para cozinhar, lavar, passar, acariciar, segurar, limpar:

isso não vai dar certo!

- O problema não são as mãos

– Respondeu Deus.

- São os três pares de olhos que precisei colocar:

um que permita ver seu filho através de portas fechadas, e protege-lo de janelas abertas. Outro para mostrar severidade na hora de dar uma educação sólida. E o terceiro para ficar constantemente demonstrando amor, ternura, apesar de todo o trabalho que ela terá.

O anjo examinou o modelo de mãe com mais cuidado:

- E isso aqui. O que é?

- Um dispositivo de auto cura. Ela não terá tempo de ficar doente,vai ter que cuidar do marido, dos filhos, da casa.

- Acho melhor o Senhor descansar um pouco – disse o anjo – E voltar para o modelo normal, com dois braços, um par de olhos etc.

Deus deu razão ao anjo.

Depois de descansar,transformou a mãe

numa mulher normal mas alertou o anjo:

- Precisei colocar nela uma vontade tão grande, que se sentirá com seis braços, três pares de olhos, sistema de auto-cura. Ou não será capaz de dar conta da tarefa.

O Anjo examinou-a de perto. Desta vez, em sua opinião, Deus tinha acertado.

De repente notou uma falha:

- Ela está vazando. Acho que o Senhor, de novo colocou muita coisa neste modelo.

- Não é vazamento. Chama-se lágrima.

- Serve pra que?

- Para alegria tristeza, desapontamento, dor, orgulho, entusiasmo.

- O Senhor é um gênio

– disse o anjo

– Era justamente o que estava faltando para o modelo completo.

Deus, com ar sombrio, respondeu:

- Não fui eu quem colocou. Quando eu juntei as peças, a lágrima apareceu.

Mesmo assim o anjo deu parabéns ao todo-Poderoso, e as mães foram criadas.

MÃE É UM PEDAÇO DO PARAÍSO QUE DEUS DEIXOU NA TERRA PARA SUAVIZAR A CAMINHADA DO SER HUMANO


Mamãe parabéns pelo seu dia.


Padre Leo Conta a estória do Papagaio Marrom. A historia é sobre o 80ºDe uma Mãe muito dedicada.


Qual deveria ser

O Melhor Presente?


Sobre um menino de 12 anos  que compra  um Presentinho  para sua tão querida Mãe.



http://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/05/terco.jpg?w=130&h=120
photo

 https://www.facebook.com/CamisetasAgape/photos_stream





Papa Francisco Canoniza os Papas João XXIII e João Paulo II.



Quatro Papas reunidos num só dia unidos num só objetivo, proporcionar para a Igreja mais Amor, Bondade, e Fraternidade, sobretudo mostrar ao mundo que Santidade não é coisa do passado e sim que pode ser alcançada ainda hoje por todo aquele que se entregar a Deus de todo coração.




De acordo com informações da agência de notícias do Vaticano, VIS, aproximadamente 500 mil pessoas assistiram hoje, 27, na Praça de São Pedro, à cerimônia de canonização dos papas João XXIII e João Paulo II, e cerca de 300 mil acompanharam o evento pela telas gigantes distribuídas na cidade de Roma.

Estiveram presentes na cerimônia delegações oficiais de mais de cem países, mais de vinte chefes de Estado e personalidades do mundo da política e da cultura.

O papa emérito Bento XVI concelebrou com o papa Francisco, que antes de proceder ao rito da proclamação dos novos santos, dirigiu-se a Bento XVI para abraçá-lo.

Logo após, acompanhado do prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, cardeal Angelo Amato, e dos postuladores das causas, o papa Francisco pronunciou a fórmula de canonização: “Em honra à Santíssima Trindade para exaltação da fé católica e crescimento da vida cristã, com a autoridade de Nosso Senhor Jesus Cristo, dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo e a nossa, Depois de haver refletido profundamente, invocando muitas vezes a ajuda divina e ouvido o parecer de numerosos irmãos no episcopado, declaramos e definimos santos os beatos João XXIII e João Paulo II e os inscrevemos no Catálogo dos Santos, e estabelecemos que em toda a Igreja sejam devotamente honrados entre os Santos. Em nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo”.

Após a leitura do Evangelho, Francisco proferiu a homilia, que segue abaixo, na íntegra:

HOMILIA DO PAPA FRANCISCO

II Domingo de Páscoa (ou da Divina Misericórdia), 27 de abril de 2014
No centro deste domingo, que encerra a Oitava de Páscoa e que São João Paulo II quis dedicar à Misericórdia Divina, encontramos as chagas gloriosas de Jesus ressuscitado.

Já as mostrara quando apareceu pela primeira vez aos Apóstolos, ao anoitecer do dia depois do sábado, o dia da Ressurreição. Mas, naquela noite – como ouvimos –, Tomé não estava; e quando os outros lhe disseram que tinham visto o Senhor, respondeu que, se não visse e tocasse aquelas feridas, não acreditaria. Oito dias depois, Jesus apareceu de novo no meio dos discípulos, no Cenáculo, encontrando-se presente também Tomé; dirigindo-Se a ele, convidou-o a tocar as suas chagas. E então aquele homem sincero, aquele homem habituado a verificar tudo pessoalmente, ajoelhou-se diante de Jesus e disse: «Meu Senhor e meu Deus!» (Jo 20, 28).

Se as chagas de Jesus podem servir de escândalo para a fé, são também a verificação da fé. Por isso, no corpo de Cristo ressuscitado, as chagas não desapareceram, continuam presentes, porque aquelas chagas são o sinal permanente do amor de Deus por nós, sendo indispensáveis para crer em Deus: não para crer que Deus existe, mas sim que Deus é amor, misericórdia e fidelidade. Citando Isaías, São Pedro escreve aos cristãos: «pelas suas chagas, fostes curados» (1 Ped 2, 24; cf. Is 53, 5).

São João XXIII e São João Paulo II tiveram a coragem de contemplar as feridas de Jesus, tocar as suas mãos chagadas e o seu lado trespassado. Não tiveram vergonha da carne de Cristo, não se escandalizaram d’Ele, da sua cruz; não tiveram vergonha da carne do irmão (cf. Is 58, 7), porque em cada pessoa atribulada viam Jesus. Foram dois homens corajosos, cheios da parresia do Espírito Santo, e deram testemunho da bondade de Deus, da sua misericórdia, à Igreja e ao mundo.

Foram sacerdotes, bispos e papas do século XX. Conheceram as suas tragédias, mas não foram vencidos por elas. Mais forte, neles, era Deus; mais forte era a fé em Jesus Cristo, Redentor do homem e Senhor da história; mais forte, neles, era a misericórdia de Deus que se manifesta nestas cinco chagas; mais forte era a proximidade materna de Maria.

Nestes dois homens contemplativos das chagas de Cristo e testemunhas da sua misericórdia, habitava «uma esperança viva», juntamente com «uma alegria indescritível e irradiante» (1 Ped 1, 3.8). A esperança e a alegria que Cristo ressuscitado dá aos seus discípulos, e de que nada e ninguém os pode privar. A esperança e a alegria pascais, passadas pelo crisol do despojamento, do aniquilamento, da proximidade aos pecadores levada até ao extremo, até à náusea pela amargura daquele cálice. Estas são a esperança e a alegria que os dois santos Papas receberam como dom do Senhor ressuscitado, tendo-as, por sua vez, doado em abundância ao Povo de Deus, recebendo sua eterna gratidão.

Esta esperança e esta alegria respiravam-se na primeira comunidade dos crentes, em Jerusalém, de que falam os Atos dos Apóstolos (cf. 2, 42-47), que ouvimos na segunda Leitura. É uma comunidade onde se vive o essencial do Evangelho, isto é, o amor, a misericórdia, com simplicidade e fraternidade.

E esta é a imagem de Igreja que o Concílio Vaticano II teve diante de si. João XXIII e João Paulo II colaboraram com o Espírito Santo para restabelecer e atualizar a Igreja segundo a sua fisionomia originária, a fisionomia que lhe deram os santos ao longo dos séculos. Não esqueçamos que são precisamente os santos que levam avante e fazem crescer a Igreja. Na convocação do Concílio, São João XXIII demonstrou uma delicada docilidade ao Espírito Santo, deixou-se conduzir e foi para a Igreja um pastor, um guia-guiado, guiado pelo Espírito. Este foi o seu grande serviço à Igreja; por isso gosto de pensar nele como o Papa da docilidade ao Espírito Santo.

Neste serviço ao Povo de Deus, São João Paulo II foi o Papa da família. Ele mesmo disse uma vez que assim gostaria de ser lembrado: como o Papa da família. Apraz-me sublinhá-lo no momento em que estamos a viver um caminho sinodal sobre a família e com as famílias, um caminho que ele seguramente acompanha e sustenta do Céu.

Que estes dois novos santos Pastores do Povo de Deus intercedam pela Igreja para que, durante estes dois anos de caminho sinodal, seja dócil ao Espírito Santo no serviço pastoral à família. Que ambos nos ensinem a não nos escandalizarmos das chagas de Cristo, a penetrarmos no mistério da misericórdia divina que sempre espera, sempre perdoa, porque sempre ama.



A Bondade e Misericórdia de Deus

Para a Igreja e todos nós.






http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/frutos-do-espirito.jpg?w=100&h=93

O Bom Fruto

Do Espírito Santo.


CHÁCARA JEUS CURA

Bem aventurado

sois vós…


Eu era “católica” e Deus me converteu verdadeiramente.



Conheça a história da jovem L.B., cuja vida foi transformada pela infinita misericórdia do Senhor.


Sim, Eu era “católica”, mas me converti e agora sou Católica.

No mês de setembro completei meu primeiro ano de conversão. Se eu era ateia, protestante ou budista? Definitivamente não, talvez fosse o tipo mais difícil de converter: eu era católica. Fiz uma experiência muito forte do amor de Deus. Quero contar o que me aconteceu e especialmente destacar o papel do Padre Paulo Ricardo em tudo isso.

Em 2012, fui morar no Rio de Janeiro: o emprego dos sonhos, lá teria a minha casa, muitos ideais na cabeça, coração batendo forte e desejoso de aventuras e novas histórias… Quando lá cheguei foi tudo BEM diferente. O dono do escritório começou a rivalizar pesado comigo e me demitiu exatamente um mês depois, sem conseguir apontar meio motivo razoável. Ao mesmo tempo meu namoradinho carioca, lindo, inteligente, que tocava violão erudito pra mim em noites de lua cheia com vista para o Pão de Açúcar também resolveu me chutar.

De alegrias tropicais minha vida passou a um inferno dos mais dantescos. Fui para casa, comprei os acessórios, enchi a despensa, posicionei as plantas… Aquela cena que se ensaia mil vezes desde a infância, mas eu pensava que teria um gosto diferente, que estaria em segurança, tudo daria certo e eu seria feliz. Mas o gosto era TÃO AMARGO… Não se parecia em nada com a doçura que essas ideias românticas de felicidade prometem.

Então, o vazio tomou conta de mim de forma avassaladora.

Meu coração ardia de vontade de me confessar. Procurei o pároco da linda Igreja de São José, o Revmo. Padre André, sacerdote jovem que tinha acabado de voltar dos estudos em Roma. Sentei-me no banco, nem o conhecia, e comecei a contar meus pecados de estimação. Só que dessa vez, irritada por tantas coisas impalatáveis e que eu já não entendia, disse ao Padre num surto de sinceridade que eu não me arrependia porque “eu não concordava”. O Padre calmamente me disse: “Minha filha, então eu não posso te absolver. Sem o arrependimento sincero e o compromisso de não buscar mais esses caminhos de nada vale a confissão. Quer um conselho? Pare de sofrer. Saia da Igreja já que ela não te satisfaz, mas não selecione apenas as partes que te agradam e ainda diga que é católica. Não existe isso de não concordar e fazer o que se quer, seja honesta e saia. Outra opção é você buscar a respostas de suas dúvidas no Catecismo e obedecer ao Papa. Desta forma você vai ser de fato uma católica. Como está você não o é“. Eu fiquei atônita. NUNCA tinha ouvido UM Padre sequer dizer aquilo. Ele disse mais outras coisas específicas pra cada pecado que eu havia cometido e especialmente para aqueles dos quais que eu não me arrependia.

Foi TÃO CLARO que não teve jeito de eu defender minhas ideias, era óbvio que eu havia construído um muro de retórica pra me defender e legitimar minhas más escolhas e vícios.Até aquele ponto havia vivido como a maioria, de um jeito muito simplista: se eu extinguisse a culpa, o erro não seria meu. De um jeito que eu não sei explicar eu disse ao Padre que eu me arrependia. E eu disse isso com toda a minha alma e entendimento. Recebi ali uma cura incrível que jamais vou conseguir explicar. Passei a amar o Papa com TODAS AS MINHAS FORÇAS e fiquei muito curiosa em relação ao Catecismo e aos Evangelhos, parecia que havia passado muito tempo exilada, sentia saudade da Vida porque estando tão distante de Deus eu tinha me afastado de mim mesma e esquartejado corpo, alma e espírito em pequenas e indecifráveis partes que não faziam sentido por elas mesmas ou em conjunto. Eu tinha desenvolvido um soberbo exoesqueleto de pretensa “razão” e por ele me sustentava. Meu corpo físico e místico estava em frangalhos dentro daquela dura casca de superficialidade.

Depois disso voltei aos Sacramentos, às Missas Dominicais, à Adoração… Mas, quase não conseguia levantar da cama, fiquei doente e sem forças por muitas semanas. Eu só me levantava pra comprar comida às vezes e pra ir até a Igreja. Levantar um braço doía muito. Eu não quis contar pra minha família ou amigos o que tinha acontecido. Sentia uma mistura de choque, medo, raiva, tristeza, indignação, revolta, pânico, culpa, vergonha…

Tive anorexia. Anemia. Problemas estomacais. Infecções alimentares. Dores fortes no corpo todo. Depois de uns dois meses consegui sair de casa pra fazer esportes. E adquiri o hábito de caminhar na Lagoa rezando o Rosário. As pessoas olhavam curiosas achando engraçado uma moça com visual moderninho de roupa de ginástica caminhando com o Terço nas mãos. Eu queria lembrar as pessoas de que sempre há tempo para o Rosário. Não existe desculpa.



Então passei a participar do dia-a-dia da Igreja e fiz novos amigos, já que os primeiros, do escritório, jamais me ligaram nem pra saber se eu estava viva ou precisando de alguma coisa. E o tal namoradinho ainda fez questão de me esfregar outra garota na cara o mais que pôde. De que tinha valido tanta lua cheia, violão e romance? Nem respeito por mim ele conseguia ter! Naquela solidão radical eu fiquei pensando no que eu tinha por valores, quanto tempo eu gastava dando satisfações às outras pessoas, por que eu superestimava ser a “fofa, querida, gracinha” na boca dos outros e de que isso me valia no final das contas… Qual era o sentido da minha vida, afinal? Meu dinheiro estava no limite. Às vezes eu tinha de racionar pão. Tudo estava muito estranho… Tudo em que eu acreditava tinha se transformado em fumaça. Nenhuma das minhas velhas teorias poderia explicar ou me socorrer naquela nova situação.

Mas eu fiquei doente por mais muito tempo, sempre alternando “estiagens” e vontade de fazer as coisas. Nessas minhas temporadas na cama eu buscava coisas pra ver, pra me encorajar… Já que eu não queria conversar com as pessoas e ter de explicar o que nem eu mesma compreendia. Foi numa dessas, naqueles vídeos relacionados que eu achei o Padre Paulo Ricardo. Vi um vídeo, gostei, mesmo que ele me parecesse “duro demais” e até mesmo fanático. Mas existia algo diferente naquele Padre: ele tinha AUTORIDADE. Digo isso não somente pelo incrível domínio teórico e por citar as fontes e documentos oficiais com precisão, mas era outro tipo de autoridade, aquilo só poderia ter sido dado pelo próprio Deus. Eu entendi isso com a alma, mais que apenas com a razão, por isso ele me convenceu. Em pouco tempo via playlists inteiras e aquela musiquinha inicial já me aquecia o coração. Sou muito grata a Deus também por ter enviado o Padre Paulo para ajudar a mim e a muitos como eu. Nós só amamos verdadeiramente aquilo que conhecemos, então este Padre tem o carisma de alimentar nossa fé através do conhecimento. Muita gente se prende apenas ao plano teórico e continua a ser um descrente com muitas informações. Discutem, se posicionam, mas não amam ou vivem aquilo de que falam. É importante usar o conhecimento como uma poderosa ferramenta vivificadora da fé. Às vezes é preciso ver uma foto para entendermos uma determinada situação, o Padre Paulo nos revela através de “imagens teóricas” aquilo que vemos com pouca definição. Hoje rezo com mais fé porque entendo que isso tem real importância e valor, mesmo com meus limites. Também sinto mais paz e segurança porque esse conhecimento otimizou meu tempo de oração: entendo o que devo temer e o que não, isso muda muito o foco.

Passei cinco meses sem trabalho, e finalmente voltei pra minha casa. Vivi um tipo de retiro espiritual onde eu menos poderia imaginar… Voltei outra, menos ruidosa, mais obediente, estudiosa, centrada, de olho nas necessidades alheias e sobretudo FELIZ! Eu entendi que o Amor é a origem da própria vida, ou seja, é a alma do próprio Deus. O amor humano é sua imagem e semelhança. Felicidade é uma escolha definitiva pelo Amor. E a alegria é a consequência de tudo isso!

Hoje eu consigo trabalhar melhor que antes, viver minha vida e sonhos com a certeza de que Deus sonha e realiza tudo comigo. Ajudo e amparo muitas pessoas com essas coisas que aprendi estudando, sofrendo e rezando. Aprendi o valor da penitência, intercessão, fé e, sobretudo, da obediência.

Pra ser livre é preciso ter regras. Se não as tem você é escravo dos seus sentidos e ignorância. A santa obediência ensina muito aos que buscam a humildade e a ela se submetem. Vejo que muitos dos meus amigos inteligentíssimos não compreendem a Deus porque seus ricos vasos estão sempre cheios, e dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço. Deus espera que nos esvaziemos de nós mesmos pra poder entrar. Ele não nos invadiria nem para nos salvar. Este é o verdadeiro sentido da liberdade que Ele nos deu.

Uma profunda fé em Deus coloca TUDO em justa perspectiva. Depois que o centro se alinha as coisas tomam seus devidos lugares e proporções.

L.B.

Fonte: padrepauloricardo.org


O BONITO DE SER CATÓLICO



Há poucos dias alguém que me perguntava o que havia de bonito em ser católico. Comecei pelo “Senhor tem piedade” e terminei pelo “Cordeiro que tiras o pecado!” Acentuei a doutrina do perdão, dos bem aventurados e salvos, dos perdoados e perdoadores, a universalidade, a busca permanente da unidade, o desejo sincero de auto-superação, os sacramentos e a eucaristia. Listei pelo menos cinqüenta valores!

Posso imaginar o bonito de ser judeu, islâmico, ortodoxo ou evangélico. Se acho bonito ser católico, porque não seria bonito para eles ser membros das religiões e igrejas nas quais se sentem mais próximos de Deus? Um ex crente afirmava, num artigo recente, que, agora, sua vida era mais livre e mais bonita. O ateísmo o libertara! Como não estou na pele dele, não o julgo. Sei de crentes e ateus felizes e de crentes e ateus infelizes. Ele parecia estar feliz! Bom para ele e bom para mim, que também sou feliz!

Mas não é tudo assim tão automático! Não é por comprar novos aros e novas lentes que enxergarei melhor. Não é por ir ao culto e sentir emoções que me torno automaticamente bom católico. Mas se as lentes me ajudarem a sair da minha miopia e, se a intervenção a laser me corrigir as distorções, certamente verei melhor e se tiver uma boa visão de mundo e de pessoa serei mais feliz. Isto de ser feliz tem muito a ver com as visões e abrangências do coração.

A religião pode ajudar oferecendo serenidade, posto que os serenos costumam ser mais felizes. Minha igreja me oferece isto! Sinto pelos outros que não acham pedagogia e perdão no catolicismo. Eu acho!

Aqui entram as religiões e igrejas bonitas! Vão além da estética de seus cultos e da ousadia de suas promessas e milagres. Jesus caracteriza isso com os conceitos de mansidão, coragem, abertura de coração, defesa firme da vida em todos os seus estágios! Chega-se ao céu através do que se faz pela vida na Terra! Corre o risco de perder o céu quem brinca de ser dono da vida e da verdade!

Proclamo que é bonito ser católico não apenas por ver o que Deus fez e faz por meio dos seus santos, nem apenas pelos santos que ele fez e faz. Os santos são corolários. Essencial é a busca da justiça e da paz! Proclamo que é bonito ser católico não apenas pelas nossas doutrinas, que acho elevadas e exigentes e até difíceis de cumprir, mas pela compaixão e misericórdia implícitas nos cultos e nos sacramentos que celebramos. Proclamo, ainda, que é bonito ser católico quando olho para o Vaticano com suas enormes colunas em curva que parecem dois braços abertos e sem portões. Entra quem quer e sai quem quer para ouvir nossa mensagem proclamada nas quartas feiras, pelo Sumo Fazedor de Pontes, o Papa.

Em cima daquelas colunas há inúmeras imagens de santos de ontem a lembrar aos de baixo, candidatos de hoje à santidade de sempre, que sem abertura de coração e de mente não vai dar certo! Não, num mundo carente de diálogo e cada dia mais distante dele!

Mais: gosto da coragem dos papas e dos bispos que não têm medo de dizer o que deve ser dito e conseguem dizê-lo de um jeito diplomático e humano. Diria muito mais, mas foi um pouco do que eu disse!

Fonte: Padre Zezinho


 

(Um Desafio Para Mim e para Você)

Presentepravoce Facebbok – Sizenando





FESTA DA DIVINA

MISERICÓRDIA


A Misericórdia de Deus é sem fim.



As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não tem fim; renovam-se a cada manhã. Grande e a tua fidelidade.


Jeremias 3:22-23

Pensamento: O que lhe sustentou  noite? O que lhe fara passar por este dia? O que lhe capacitara e fara atingir alvos e metas� mesmo ser bem sucedido nos dias pela frente? As misericórdias do SENHOR. Essas fontes incríveis nunca se esgotam! Cada dia novo traz um estoque novo delas. Deus e fiel em fazer com que a recebamos cada dia. Gloria seja dada a Deus por fazer nosso mundo novo e limpo a cada dia.

Oração: Obrigada, Santo Deus e Pai amoroso, por me sustentar durante a noite , e por me prometer dias sem fim, ao final da minha jornada de vida. Que o Senhor, abençoe meu dia e  que  possa encontrar amor e louvor nos meus lábios e no meu coração em todo o tempo.que eu possa servir a ti nesse dia e que minha vida glorifique a Ti com minha atitudes durante todo o dia  que o Senhor me guarde e me livre de todas as tormentas e que eu viva meu dia com muito louvor certos que em tudo e em todas as coisas estará se manifestando a sua gloria obrigado senhor No nome de Jesus eu oro. Amem.



A Confiança e a Divina Misericórdia

O fundamento da mensagem da Divina Misericórdia é a confiança. Somos como vasos de misericórdia e o quanto de misericórdia estes vasos irão armazenar e distribuir para os outros, depende da nossa confiança. E a confiança requer conversão do nosso coração e de nossa alma para entendermos a Misericórdia de Deus, sermos misericordiosos com os outros, e para deixarmos Deus dirigir nossas vidas.

Em Provérbios 3,5 está escrito, “Tem confiança no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes na tua prudência” . Confiar em Deus é fácil quando as coisas vão bem, contudo, em tempos de provação, sofrimento, dúvida, fraqueza e ansiedade, começamos a imaginar “onde está Deus?” “Ele realmente existe?” Se rezamos e acreditamos que estamos fazendo a Sua vontade, então nós devemos pedir por força e firmeza na fé. Mas estamos tão acostumados a controlar e se encarregar de tudo e somente mais tarde entendermos que Deus estava nos concedendo uma oportunidade de fortalecermos nossa fé.

A confiança é a chave para se viver a mensagem da Divina Misericórdia. Quando nossa fé é testada em tempos de provação e sofrimento, reflitamos no que Jesus falou para Santa Faustina:

“Quanto mais a alma confiar, tanto mais receberá” (Diário da Santa Faustina, 1577).

Certamente haverá momentos em nossas vidas em que o resultado de nossas ações não será como planejado ou do jeito que pedimos em oração. Quando enfrentarmos provações e sofrimentos de alguma maneira, nossa reação normalmente é “o que eu fiz para merecer isto?” ou “se Deus é mesmo misericordioso, como pode Ele permitir que isto aconteça?” Claro que há muitos tipos sofrimentos difíceis de aceitar como doenças, vícios, perda de um ente querido, ofensas – na realidade a lista de sofrimentos é sem fim. Qualquer que seja a causa do problema, dor é sempre dor e nós devemos nos perguntar “o que Deus está tentando me ensinar com esta cruz?” Em cada passo de nossa vida enfrentamos adversidades. Nosso Senhor disse à Santa Faustina “Minha filha, o sofrimento será para ti um sinal de que estou contigo” (Diário, 699) e em outra ocasião disse também, “Minha filha, não tenhas medo dos sofrimentos, Eu estou contigo” (Diário, 151).

Em Mateus 11, 28-30 está escrito: “Vinde a mim todos os que estais fatigados e carregados, e eu os aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração, e achareis descanso para as vossas almas, Porque o meu jugo é suave, e o meu peso é leve”.

Estas provações na vida nos dão oportunidade de rever nossa fé e freqüentemente nos forçam a questionar nossa relação com Deus. Santa Faustina escreveu: “Deus às vezes permite coisas estranhas, mas isso acontece sempre para que se manifeste na alma a virtude” (Diário, 166). Esta é a razão para as provas. O sofrimento tem um sempre um propósito, assim como escreveu São Paulo: “Porque o que presentemente é para nós uma tribulação momentânea e ligeira produz em nós um peso eterno de uma sublime e incomparável glória, não atendendo nós às coisas que se vêem, mas sim às que se não vêem” (2Cor 4, 17-18).

 Na Primeira Carta de São Pedro (1Pdr 4, 12-13) lemos, “Caríssimos, não vos perturbeis com o fogo que se acendeu no meio de vós para vos provar, como se vos acontecesse alguma coisa de extraordinário; mas alegrai-vos de serdes participantes dos sofrimentos de Cristo, para que vos alegreis também e exulteis, quando se manifestar a sua glória”. Se entendermos e aceitarmos isso, nosso sofrimento abrirá a porta para o crescimento espiritual e para a realização da total confiança em Deus. Por exemplo, a pessoa com um vício provavelmente irá negar o problema até chegar ao fundo do poço. A cura somente irá acontecer pela aceitação do problema e o reconhecimento de que ela precisa de Deus.

Quando nós oferecemos nossos sofrimentos e cruzes para Jesus, nós vivemos as palavras de São Paulo aos Gálatas: … “Estou pregado com Cristo na cruz, e vivo, mas já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim. E a vida com que eu vivo agora na carne, vivo-a da fé do Filho de Deus, que me amou e se entregou a si mesmo por mim” (Gal 2, 20).

Vamos lutar pela paz interior, pela paz que somente Ele pode nos dar. Quando enfrentarmos adversidades, vamos rezar pedindo forças para fazermos a vontade de Deus e para responder a estas provações com amor. Vamos pedir a Nosso Misericordioso Senhor para inundar nossas almas com Seu amor e misericórdia. E, vamos refletir sobre a chaga do Coração de Jesus e clamar por Sua Misericórdia por todos os pecadores, dizendo: Ó Sangue e Água que jorrastes do Coração de Jesus, como fonte de misericórdia para nós, eu confio em Vós!

Fonte:

http://www.recadosaarao.com.br/ebooks/livro_diario_santa_faustina.pdf



AGORA É O TEMPO DE MISERICÓRDIA

As revelações de Nosso Senhor a Irmã Faustina falam de agora como tempo de misericórdia.

Existe uma urgência especial nessa mensagem.

Repetidamente Nosso Senhor enfatizou que agora é o dia da misericórdia, antes da vinda do dia do julgamento. Agora é o tempo da preparação para a vinda do Senhor. “Escreva isto” – disse Nosso Senhor a ela:

Antes de vir como justo Juiz, venho como Rei da Misericórdia… agora prolongo-lhes o tempo da Misericórdia, mas ai deles, se não reconhecerem o tempo da Minha visita… (Diário 83, 1160).

Confiamos na promessa de Jesus:

Coloquem a esperança na Minha misericórdia os maiores pecadores. Eles têm mais direito do que outros à confiança no abismo da Minha misericórdia. (…) A estas almas concedo
graças que excedem os seus pedidos. (Diário, 1146)

Todas as sextas-feiras na Hora da Misericórdia – 15 horas – rezamos por todos os devotos e divulgadores da Divina Misericórdia no Santuário aqui em Curitiba. Se possível, una-se conosco nesta oração, mesmo que espiritualmente.
Três horas da tarde tem especial significado, porque foi a hora em que Nosso Senhor morreu por nós. Enquanto refletia nesta hora, o centurião romano Logino se deu conta de quem era Jesus.

Logino foi aquele que atirou a lança no lado de Nosso Senhor Jesus Cristo. O Apóstolo São João escreveu em seu Evangelho : “Chegando a JESUS e vendo-O morto, não lhe quebraram as
pernas, mas um dos soldados transpassou-Lhe o lado com a lança e imediatamente saiu sangue e água”. (Jo 19,33-34)
Conta uma lenda que ele tinha um problema na vista, e que pegou um pouco do sangue e água que saíram do lado aberto de Jesus e esfregou em seus olhos e ficou curado. Ele se converteu ao cristianismo, foi martirizado, e mais tarde foi declarado santo pela Igreja.

Ajude a divulgar a Divina Misericórdia, Você encontrará em nosso Blog outros temas a este respeito com muitas outras fotos e Banners para divulgação da Grande Misericórdia de Deus.

Fonte:

http://www.recadosaarao.com.br/ebooks/livro_diario_santa_faustina.pdf



.

(Um Desafio Para Mim e para Você)

Presentepravoce – Sizenando





Jesus é Misericordioso

Festa da Divina Misericórdia


FESTA DA DIVINA

MISERICÓRDIA


Descrevendo a Felicidade pela Janela de um Hospital.


.


A vida nos reserva situações inusitadas e quando pensamos estar na pior condição possível é que descobrimos que nesta posição temos a possibilidade de experimentar um momento tão sublime e surpreendente que jamais poderá ser reproduzido novamente e este momento é capaz de revigorar nossas forças para conseguirmos superar nossa condição atual encontrando a vitória.


A Falta da Visão nos dá a possibilidade de ver o invisível aos olhos da carne.

Dois homens, seriamente doentes, ocupavam o mesmo quarto em um hospital. Um deles ficava sentado em sua cama por uma hora todas as tardes para conseguir drenar o líquido de seus pulmões. Sua cama ficava próxima da única janela existente no quarto. O outro homem era obrigado a ficar deitado de bruços em sua cama por todo o tempo. 

Eles conversavam muito. Falavam sobre suas mulheres e suas famílias, suas casas, seus empregos, seu envolvimento com o serviço militar, onde eles costumavam ir nas ferias. E toda tarde quando o homem perto da janela podia sentar-se ele passava todo o tempo descrevendo ao seu companheiro todas as coisas que ele podia ver através da janela. O homem na outra cama começou a esperar por esse período onde seu mundo era ampliado e animado pelas descrições do companheiro. 

Ele dizia que da janela dava pra ver um parque com um lago bem legal. Patos e cisnes brincavam na água enquanto as crianças navegavam seus pequenos barcos. Jovens namorados andavam de braços dados no meio das flores e estas possuíam todas as cores do arco-íris. Grandes e velhas arvores cheias de elegância na paisagem, e uma fina linha podia ser vista no céu da cidade. Quando o homem perto da janela fazia suas descrições, ele o fazia de modo primoroso e delicado, com detalhes e o outro homem fechava seus olhos e imaginava a cena pitoresca. Uma tarde quente, o homem perto da janela descreveu que havia um desfile na rua e embora ele não pudesse escutar a musica, ele podia ver e descrever tudo. 

Dias e semanas passaram-se. Em uma manhã a enfermeira do dia chegou trazendo água para o banho dos dois homens mas achou um deles morto. O homem que ficava perto da janela morreu pacificamente durante o seu sono a noite. Ela estava entristecida e chamou os atendentes do hospital para levarem o corpo embora. Assim que julgou conveniente, o outro homem pediu a enfermeira que mudasse sua cama para perto da janela. A enfermeira ficou feliz em poder fazer esse favor para o homem e depois de verificar que ele estava confortável o deixou sozinho no quarto. 

Vagarosamente, pacientemente, ele se apoiou em seu cotovelo para conseguir olhar pela primeira vez pela janela. Finalmente, ele poderia ver tudo por si mesmo. Ele se esticou ao máximo, lutando contra a dor para poder olhar através da janela e quando conseguiu faze-lo deparou-se com um muro todo branco. Ele então perguntou a enfermeira o que teria levado seu companheiro a descrever-lhe coisas tão belas, todos os dias se pela janela só dava pra ver um muro branco? 

A enfermeira respondeu que aquele homem era cego e não poderia ver nada mesmo que quisesse. Talvez ele só estivesse pensando em distrai-lo e alegrá-lo um pouco mais com suas historias.

Moral da história: há uma tremenda alegria em fazer outras pessoas felizes, independente de nossa situação atual. Dividir problemas e pesares é ter metade de uma aflição, mas felicidade quando compartilhada é ter o dobro de felicidade. Se você quer se sentir rico, apenas conte todas as coisas que você tem e que o dinheiro não pode comprar. Hoje é um presente e é por isso que é chamado assim.

(Um Desafio Para Mim e para Você)

Todos os dias nos deparamos com situações de vida semelhantes a estas e por mais que trabalhemos neste mundo não conseguimos alcançar tudo que almejamos e talvez como demonstra esta estória seja porque já temos tudo o suficiente para sermos felizes, mas a unica moedinha que nos falte sempre nos impedirá de desfrutar desta Felicidade.   A verdade é que a ultima moeda jamais será a centésima moeda, pois sempre buscaremos algo a mais que nos complete definitivamente, mas este algo jamais poderá ser preenchido por algo material, poses, sexo, dinheiro ou poder, pois este algo que procuramos sem saber o que seria só poderá ser preenchido por Deus que é o que realmente falta na vida de cada um de nós.

A história do homem no paraíso não é apenas uma analogia comparativa para criancinhas ou iniciantes na fé, mas é uma verdade absoluta que principalmente os mais sábios e crescidos na Fé ainda não conseguem compreender totalmente, pois o homem só se sentira plenamente feliz quando estiver na presença de Deus e para isso ele não precisará possuir e nem ter nada em seu nome nesta terra, pois tudo pertence ao Pai e Tudo o que é do Pai me pertence é o que nos afirma Jesus quando compara a busca desenfreada pela felicidade do filho Pródigo nas coisas do mundo e a atitude egoísta do filho mais velho que não tem a capacidade de amar e perdoar o seu irmão.

“Explicou-lhe o pai:

Filho, tu estás sempre comigo, e tudo o que é meu é teu. (São Lucas 15,31)

O Nosso desafio é este mesmo, “Como ser Feliz sem depender das coisas materiais deste mundo?” e “Como usufruir das coisas materiais e Espirituais que pertencem ao Pai sem tomar posse delas tirando a felicidade de nossos irmãos?”.

Quando atingirmos este objetivo seremos plenamente felizes.

Que Deus nos Abençoe

Presentepravoce – Sizenando





EM BUSCA DA FELICIDADE.

Um Filme baseado em fatos reais


Dinâmica da Pipoca

SAL DA TERRA


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 69.282 outros seguidores