Anuncie em nosso Blog.


Anuncio_pare


AINDA EM EDIÇÃO !

texto não definitivo:


Estaremos disponibilizando espaço para anuncio do lado direito de nosso Blog onde já anunciamos para a “Camisetas Ágape” e alguns dados do próprio blog. Como ainda não temos uma ideia de como efetuar anúncios em (gif) e a procura que teremos, queremos iniciar com anúncios fixos de no máximo (150 x 150) que é um pouco maior que o tamanho de nosso anuncio.   Já fomos procurados anteriormente sobre essa possibilidade, mas na época preferimos continuar sem anúncios.   Agora a nossa audiência cresce a cada dia e o custo “tempo” de manutenção nos pede um pouco mais de dedicação específica ao Blog, sendo assim pretendemos criar este espaço de anúncios vinculados à uma página que fará a ponte para um Link de envio desejado como já realizamos com a Ágape para assim podermos monitorar o retorno e a audiência de cada anúncio.   Como a “Ágape” já está conosco desde o princípio deste Blog, seu poste se encontra entre os 30 mais visitados mesmo se tratando apenas de um anúncio e não de uma pagina como as outras.

Não efetuamos vendas e sim apenas redirecionamos os Link’s para onde o anunciante desejar.

Nosso Blog é de cunho evangelístico, religioso Católico, logo os nossos anúncios devem estar na mesma grade, sendo assim podemos anunciar livros, camisetas, CD’s, bijuterias religiosas, terços etc.


Caso você se interesse, deixe aqui seu comentário e lhe responderemos.

Se quiser ter uma ideia de nossa audiência, dê uma olhada nos nossos post’s onde marcamos as datas de aniversário e  as marcas de hit’s mais destacados.

Você poderá também visitar os sites de contagem que anexamos em nosso Blog nas laterais que funcionam de maneira diferenciada e em pontos diferentes de fuso horário no planeta e nem sempre marcam os mesmos resultados, o “HIT” MAIS CONFIÁVEL é o do próprio WordPress, mas não será visível ao usuário comum, se não somente o total de visitas em paginas desde a abertura do Blog até o dia de hoje que equivale mais ou menos em média à 1,5 paginas vistas por visitante único por dia, se o mesmo visitante entrar mais de uma vez no mesmo dia é considerado apenas uma visita e somado apenas as paginas vistas.

  • web counter
  • Servicio de tráfico web
  •  contador

 

  • Nestes últimos meses temos alcançado uma média diária superior a 3.500 paginas vistas por dia sugerindo uma média de 3.000 visitantes diários, sendo que em épocas especiais como; páscoa, dia das Mães, dia dos namorados, dia dos Pais e principalmente Natal a audiência aumenta consideravelmente sem dizer que estamos melhorando muito a nossa audiência na área de Família e casais, pois como trabalhamos neste ministério temos disponibilizado muitos temas práticos que usamos em nossos encontros.

 

  • Dê uma olhadinha e comunique conosco, mesmo que seja apenas para nos dar alguma sugestão.

  • Aguardamos seu contato, obrigado.

  • Paz de Cristo a todos.



Comemorações de Aniversário Anteriores:



Nosso ultimo aniversário com 7.600.000 Hit’s.


Bolo_sete_anos_presentepravoce


Nossos principais assuntos apresentados neste Blog.


Espirito_Santo Familia_cristã Parábolas
maria-temas Dinâmica SVE-I

.


.


.


.

Ajude nosso Ministério a se manter forte.


Ajude-nos_com_orações


Ore por este Ministério!


Nosso Blog já completou seus sete anos de idade e ultrapassou a marca dos 7.500.000 de visualizações por pagina até esta data.

Ultrapassou em muito as nossas expectativas do princípio, mas como todo trabalho e principalmente um Ministério executado mediante uma vocação e um chamado Divinos passamos por momentos difíceis, porém não insuperáveis para aquele que confia na Misericórdia de nosso Deus.


Pedimos as vossas orações, para que Deus derrame sua graça sobre nós e principalmente sobre este Ministério Presentepravoce.

ainda retornaremos, a bateria esgotou …


Jesus, eu confio em vós.



“Confiança! Não temas!”

Este texto vai aumentar a SUA confiança em Deus


Christ Walking on the WaterAmedee Varin, 19th Century



gr_266055_3278575_470451[1] jesus-misericordioso-lk

DEPOIMENTO


Jesus Cristo nos convida à Confiança.

Voz de Cristo, voz misteriosa da graça que ressoais no silêncio dos corações, vós murmurais no fundo de nossas consciências palavras de doçura e de paz. Às nossas misérias presentes repetis o conselho que o Mestre dava, frequentemente, durante sua vida mortal:

Confiança, confiança!”.

À alma culpada, oprimida sob o peso de suas faltas, Jesus dizia: “Confiança, filha, teus pecados te serão perdoados!”. “Confiança”, dizia à doente abandonada que só dEle espera a cura, “tua fé te salvou”.

Quando os apóstolos tremiam de pavor vendo-O caminhar, de noite, sobre o lago de Genesaré, Ele os tranquilizava por esta expressão pacificadora: “Tende confiança! Sou Eu, nada temais!”.

E na noite da Ceia, conhecendo os frutos infinitos do seu Sacrifício, lançava Ele, ao partir para a morte, o brado de triunfo: “Confiança! Confiança! Eu venci o mundo!…”.

Esta palavra divina, ao cair de seus lábios adoráveis, vibrante de ternura e de piedade, operava nas almas uma transformação maravilhosa.

Um orvalho sobrenatural lhes fecundava aridez, clarões de esperança lhes dissipavam as trevas, uma calma serenidade delas afugentava a angústia. Pois as palavras do Senhor são “espírito e vida”. Bem aventurados os que a ouvem e a põe em prática.

Como outrora aos seus discípulos, é a nós, agora, que Nosso Senhor convida à confiança. Por que recusaríamos atender à sua voz?

Muitas almas têm medo de Deus

Poucos cristãos, mesmo entre os fervorosos, possuem essa confiança que exclui toda ansiedade e toda hesitação. Várias são as causas desta deficiência.

O Evangelho narra que a pesca miraculosa aterrou São Pedro. Com impetuosidade habitual, ele mediu de relance a distância infinita que separava da sua própria pequenez a grandeza do Mestre. Tremeu de terror sagrado, e prosternando-se a face contra a terra: “Afastai-vos de mim, Senhor, exclamou, que sou um pecador!”.

Certas almas têm, como o Apóstolo, esse terror. Elas sentem tão vivamente a própria indigência e as próprias misérias, que mal ousam aproximar-se da Divina Santidade.

Parece-lhes que um Deus assim puro deveria sentir repulsão ao inclinar-Se para elas. Triste impressão, que lhes dá a vida interior uma atitude contrafeita, e, por vezes, a paralisa completamente.

Como se enganam essas almas!

Logo aproximou-Se Jesus do Apóstolo assustado: “Não temas!” disse-lhe, e o fez levantar-se…

Vós também, cristãos, que do seu amor tantas provas recebestes, nada temais! Nosso Senhor receia acima de tudo que tenhais medo dEle.

Vossas imperfeições, vossas fraquezas, vossas faltas mesmo graves, vossas reincidências tão frequentes, nada O desanimará, contanto que desejeis sinceramente converter-vos. Quanto mais miseráveis sois, mais Ele tem compaixão de vossa miséria, mais deseja cumprir, junto a vós, sua missão de Salvador…

Não foi sobretudo para os pecadores que Ele veio à terra?


Leão e Menina

A outras almas falta a fé…

A outras almas falta a fé. Elas têm certamente essa fé comum, sem a qual trairiam a graça do Batismo. Creem que Nosso Senhor é todo-poderoso, bom e fiel a suas promessas; mas não sabem aplicar essa crença às suas necessidades particulares.

Não são dominadas pela convicção irresistível de que Deus, atento às suas provações, para elas Se volve a fim de socorrê-las.

Jesus Cristo pede-nos, no entanto, essa fé especial e concreta. Ele a exigia outrora como condição indispensável dos seus milagres; espera-a ainda de nós, antes de nos conceder os seus benefícios…

Se podes crer, tudo é possível àquele que crê”, dizia ao pai do pequenino possesso. E, no convento de Paray-le-Monial, empregando quase os mesmos termos, repetia a Santa Margarida Maria: “Se puderes crer, verás o poder do meu Coração na magnificência do meu amor…”.

Podeis crer? Podereis chegar a esta certeza tão forte que nada a abala, tão clara que equivale à evidência? Isso é tudo. Quando chegardes a esse grau de confiança vereis maravilhas realizaram-se em vós…

Pedi ao Mestre Divino que aumente a vossa fé. Repeti-Lhe com frequência a prece do Evangelho: “Eu creio, Senhor, mas ajudai a minha incredulidade”…

Esta desconfiança de Deus lhes é muito prejudicial.

A desconfiança, sejam quais forem suas causas, nos traz prejuízo, privando-nos de grandes bens.

Quando São Pedro, saltando da barca, se lançou ao encontro do Salvador, caminhou, a princípio, com firmeza sobre as ondas. Soprava o vento com violência. As vagas ora levantam-se em turbilhões furiosos ora cavavam no mar abismos profundos…

A voragem abria-se diante do Apóstolo. Pedro tremeu… hesitou um segundo, e, logo, começou a afundar…

Homem de pouca fé, disse-lhe Jesus, por que duvidaste?”

Eis a nossa história. Nos momentos de fervor, ficarmos tranquilos e recolhidos ao pé do Mestre. Vindo a tempestade, o perigo absorve a nossa atenção. Desviamos então os olhares de Nosso Senhor para fitá-los ansiosamente sobre os nossos sofrimentos e perigos. Hesitamos… e afundamos logo!

Assalta-nos a tentação. O dever se nos torna enfadonho, a sua austeridade nos repugna, o seu peso nos oprime. Imaginações perturbadoras nos perseguem. A tormenta ruge na inteligência, na sensibilidade, na carne…

E perdemos pé; caímos no pecado, caímos no desânimo, mais pernicioso do que a própria falta. Almas sem confiança, por que duvidamos?

A provação nos assalta de mil maneiras. Ora os negócios temporais periclitam, o futuro material nos inquieta. Ora a maldade ataca-nos a reputação.

A morte quebra os laços de afeições das mais legítimas e carinhosas. Esquecemos, então, o cuidado maternal que tem para nós a Providência… Murmuramos, revoltamo-nos, aumentamos assim as dificuldades e o travo doloroso do nosso infortúnio.

Almas sem confiança, por que duvidamos?

Se nos tivéssemos apegado ao divino Mestre com uma confiança tanto maior quanto mais desesperada parecesse a situação, nenhum mal desta nos adviria…

Teríamos caminhado calmamente sobre as ondas; teríamos chegado, sem tropeços, ao golfo tranquilo e seguro, e, breve, teríamos achado a plaga hospitaleira que a luz do Céu ilumina…

Os santos lutaram com as mesmas dificuldades… muitos dentre eles cometeram as mesmas faltas. Mas estes, ao menos, não duvidaram…

Ergueram-se sem tardanças, mais humildes após a queda, não contando, desde então, senão com o socorro do Alto…

Conservaram no coração a certeza absoluta de que, apoiados em Deus, tudo poderiam. Não foram iludidos nessa confiança!

Tornais-vos, pois, almas confiantes. Nosso Senhor a isso vos convida; e o vosso interesse assim o exige. Tornar-vos-eis, ao mesmo tempo, almas iluminadas, almas de paz.

*   *   *

Fonte: retirado do “Livro da Confiança” do Rev. Pe. Thomas de Saint-Laurent.


CONFIAR-EM-DEUS3[1]


Aqueles_que_Confiam


terco-da-misericordia-11[1]


Jesus_misericórdioso_Rosto


Repouso_no_Espírito_2


      Atualizado em 20/09/2014





Estoria em 3D

Trocando as Pilhas


Parábolas

& Reflexões


Repouso no Espírito e Renovação Carismática.


Repouso_no_Espírito_2


Na Renovação Carismática, encontram-se várias manifestações do poder do Espírito Santo, que de início espantaram grandemente, mas que são agora mais facilmente admitidas como autênticas; é assim com o dom das línguas, das curas, a Efusão do Espírito, a imposição das mãos.

Mas há um fenômeno sobrenatural menos conhecido, que se torna cada vez mais frequente na Renovação Carismática: é o repouso no Espírito. Depois de um estudo atento sobressai, sem equívoco possível, que esta experiência encontra o seu fundamento na teologia.

Com efeito, o repouso no Espírito reveste-se das características do arrebatamento (que é uma espécie de êxtase) salvo na sua causa imediata, que é o pedido feito a Deus, numa oração apropriada.

Convém lembrar que se encontra uma situação semelhante no Batismo do Espírito. Com efeito, este favor espiritual era normalmente concedido àqueles que faziam progressos notáveis na vida espiritual, enquanto que agora é recebido até pelos pecadores, por vezes de um modo instantâneo, na seqüência de uma oração feita por outros para esse fim. É assim, também, para o repouso no Espírito. Outrora, apenas se encontrava (pelo menos na maior parte das vezes) nas pessoas avançadas na vida espiritual; pelo contrário, nos nossos dias, a oração ao Espírito Santo obtém-no até para os pecadores.

Como é um arrebatamento, o repouso no Espírito é da mesma família da ordem extática, mas não arrasta consigo a santificação da pessoa nalguns instantes. Esta experiência mística é destinada a favorecer uma vida cristã mais fervorosa ou uma conversão do coração.

Habitualmente, o arrebatamento verifica-se em pessoas avançadas na vida espiritual, ou, como dizia Santa Teresa d’Ávila, que atingiram as sextas moradas do castelo interior. Não se chega, portanto, de um pulo, ao período do êxtase ou do arrebatamento; em geral este é precedido de uma série de etapas de contemplação infusa, das quais a menos elevada é chamada por Santa Teresa d’Ávila “oração de contemplação”.

Lembremo-nos de que há três graus no êxtase:
1) O êxtase simples, quando este se produz lentamente, ou se não é muito forte;
2) O deslumbramento, quando o êxtase é súbito e violento;
3) O voo do espírito, quando, como diz Santa Teresa d’Ávila, “age de tal maneira que o espírito parece verdadeiramente sair do corpo”.

Ora, as características do deslumbramento encontram-se no repouso no Espírito, salvo, evidentemente, o grau avançado de vida espiritual. Com efeito, acontece que Deus concede uma tal experiência espiritual a pessoas de virtude vulgar, ou a principiantes na vida espiritual, a fim de os atrair a Si.

O repouso no Espírito resulta, mais freqüentemente, da imposição das mãos, ou pelo menos de um toque da mão na cabeça, embora esse gesto não seja sempre necessário. A pessoa começa a vacilar, para finalmente cair devagarzinho para trás. Esta queda é causada por uma graça tão poderosa do Espírito Santo que o corpo já não pode suportá-la e, então, as suas forças abandonam-no. Contudo, é preciso esclarecer que a queda não é obrigatória e não condiciona, necessariamente, a recepção da graça. Por outro lado, aqueles que não “caem” são afetados por uma vertigem não desagradável, tremuras ou pernas debilitadas, mas estas manifestações físicas são impregnadas de doçura e de paz. A sensação interior de repouso no Espírito parece existir também nas pessoas que não caem.


Repouso no Espírito e Missão Divina


Missões_Ide_e_evangelizai


O repouso no Espírito supõe uma nova efusão do Espírito Santo ou, mais precisamente, como se chama em teologia, uma nova missão deste Espírito Divino. Lembremos que as Missões Divinas, quer dizer, o envio das Pessoas do Filho e do Espírito Santo, podem ser visíveis ou invisíveis. Estas últimas constituem as principais modalidades da ação santificadora da Trindade Santa nas nossas almas.

Quanto ao repouso no Espírito, não é uma nova vinda da Pessoa do Espírito Santo, já recebida no Batismo; pelo contrário, consiste numa nova efusão das suas graças e das suas manifestações. Esta nova efusão do Espírito Santo realiza, então, uma renovação real da relação da pessoa com o Espírito Santo que já a habita e uma experiência de Deus mais íntima, que se abre num conhecimento amoroso mais ardente.

O repouso no Espírito é, portanto, o efeito de uma missão divina, porque comporta o progresso na vida espiritual e porque constitui um novo estado de graça santificante.


Repouso e Batismo no Espírito.


Batismo_Espírito


O repouso no Espírito resulta, portanto, de uma nova efusão do Espírito Santo, mas de um gênero diferente da que o Batismo no Espírito provoca. Com efeito, a experiência espiritual do repouso no Espírito parece realizar-se, sobretudo, ao nível da inteligência. Pelo contrário, o Batismo no Espírito verifica-se, em especial, ao nível da afetividade.

O repouso no Espírito desenvolve consideravelmente a acuidade intelectual, no sentido em que a atenção é mais levada para a experiência atual da intimidade divina. A consciência é amplificada, mas é desviada das realidades exteriores e é mais centrada na realidade sobrenatural. Por outro lado, os limites pessoais podem, também, tornarem-se mais manifestos. Há, portanto, um engrandecimento da lucidez interior sobre Deus e sobre si próprio.

O repouso no Espírito é um arrebatamento que interrompe o conhecimento que se pode adquirir por si próprio. O Espírito Santo não faz, portanto, um vazio na inteligência, mas suspende temporariamente a sua atividade, fixando-a em Deus. É isto que se chama, em teologia mística, a “ligação das faculdades”.

Tudo o que a alma conhece pelas suas próprias forças não é nada, em comparação com os conhecimentos abundantes e rápidos que lhe são comunicados durante os arrebatamentos. O repouso no Espírito é freqüentemente acompanhado de luzes especiais e novas, que se dirigem para Deus, para o Cristo, para a sua misericórdia, para o valor da vida cristã, para os pecados, para os defeitos, os insucessos, etc. Estas luzes não acontecem sempre explicitamente durante o repouso no Espírito, mas a sua compreensão desenvolve-se ao longo das horas ou dos dias que se seguem à experiência.

Durante os arrebatamentos e, portanto, durante o repouso no Espírito, Deus revela segredos de ordem sobrenatural; habitualmente, sente-se que a inteligência cresce, que há um aumento das faculdades superiores. Acodem ao espírito idéias profundas, mas é impossível explicá-las com detalhe e com precisão. Isto advém do fato não de que a inteligência estivesse como que adormecida, mas de que foi elevada a verdades que ultrapassam a capacidade do espírito humano.

Enquanto a inteligência conhece uma dilatação prodigiosa, a atividade da imaginação está suspensa durante os períodos culminantes. Quanto mais a luz é forte, mais a alma se sente encandeada, cega. Por outro lado, se ficarmos somente pelas aparências, o repouso no Espírito pode apresentar algumas semelhanças com os estados parapsicológicos, como os estados hipnóticos, histéricos, mediúnicos, magnéticos, letárgicos, cataléticos… Contudo, a semelhança é apenas exterior; apresenta-se somente nos fenômenos corporais, que têm relativamente pouca importância no repouso no Espírito. Quanto à sugestibilidade, pode, por vezes, contribuir para provocar o repouso no Espírito; contudo, não se deve exagerar a sua importância. De qualquer maneira, é impossível que a sugestão, por si própria, possa provocar uma reação tão violenta e tão súbita como o repouso no Espírito.


Repouso no Espírito e incapacidade corporal


Sao_Paulo_caiu_por_terra_reposo_no_Espírito


O repouso no Espírito traduz-se, habitualmente, por uma incapacidade corporal. A pessoa começa por vacilar, para finalmente cair suavemente para trás; a energia física desvanece-se. A pessoa está como que ofuscada pela intensidade da presença interior do Espírito Santo. Há, então, incapacidade de adaptar o psiquismo e os sentidos a uma experiência espiritual tão intensa.

Em termos técnicos, pode dizer-se que, no decurso do repouso no Espírito, só o “Pneuma” se liberta para se “aquecer” no seio do Pai, enquanto que a “psique” está como que ligada desde que se deu a “invasão” do corpo pelo Espírito Santo. Enquanto a pessoa “repousa” no chão, parece estar num meio-sono, banhada numa grande paz. Terá, por vezes, a impressão de estar como num outro mundo, ou ainda, como do lado de fora do seu corpo. Saboreia uma grande alegria interior, um amor de Deus muito intenso, a que se junta por vezes uma cura física ou interior, ou opera-se uma conversão profunda. O repouso no Espírito dá, freqüentemente, forças novas ao corpo e ao espírito, tal como o sono natural regenera as forças corporais. O repouso no Espírito é uma inibição reparadora.

Quanto à duração, vai de alguns segundos até algumas horas. Quanto mais tempo dura, mais a influência divina é susceptível de ser profunda. A maior parte das pessoas deseja não ser incomodada, a fim de saborear esta presença invulgar de Deus.


Como recebê-lo


Dele_emana_todo_o_poder


De uma maneira geral, pode dizer-se que uma pessoa que está habitualmente aberta às inspirações do Espírito Santo, esteja ou não avançada na vida espiritual, está mais disposta ao repouso no Espírito. Pode notar-se, contudo, uma diferença: é que a pessoa avançada continuará tranquila e sossegada, enquanto que a outra estará sujeita à emoção.

Se o repouso no Espírito não se produz, a pessoa poderá, até mesmo, ser santa e habituada à influência do Espírito. De qualquer maneira, é preciso evitar fazer um julgamento geral sobre as pessoas que recebem o repouso no Espírito e as que não recebem. Mas, em poucas palavras, pode dizer-se que apenas não se recebe o repouso no Espírito porque se resiste, recusando-o, ou então porque se está habituado à ação do Espírito em si próprio.

Por outro lado, o repouso no Espírito sobrevém, a maior parte das vezes, na oração. Pode tratar-se de um grupo de pessoas, mais ou menos considerável, reunido para uma oração comum, seja litúrgica, seja carismática; mas uma ocasião muito favorável é a celebração eucarística, especialmente depois da santa comunhão. Quanto mais a atmosfera está impregnada de oração, mais o repouso no Espírito se manifesta, por vezes mesmo sem as que as pessoas sejam tocadas por outras. A oração de louvor é uma causa particularmente eficaz do repouso no Espírito. Este repouso também se produz, muitas vezes, a seguir a um ministério de pregação, confinante a orações de cura. Convém assegurar um clima tranqüilo na assembléia e evitar a exaltação da assistência e toda a procura de espetáculo.



Pe. O. Melançon, CSC


RCC Brasil

Repouso no Espírito e Renovação Carismática


Armadura_do_Cristão_Efe_6

Comemoramos nosso sétimo aniversário.


Bolo_sete_anos_presentepravoce


Dia 28/02/15 completamos 7 anos de atividades no WordPress com 7.600.000 acessos e mais 38.200 curtidas na pagina do Facebook.


Nestes sete anos de Blog Presentepravocê e 4 anos da pagina no Facebook só temos o que lhes agradecer pela sua presença, por isso o aniversário é nosso, mas a alegria é de todos por saber que muitas pessoas encontram a oportunidade de conhecer o grande amor de Deus por nós.


Haverá sete anos de grande abundância para todo o Egito.

(Gênesis, 41,29)

Nestes sete anos que estamos presentes na rede pudemos observar que no início parecia uma calmaria e quase não havia audiência em nossos textos, mas com o passar do tempo e a presença de novos textos a audiência foi aumentando e hoje temos uma média diária de 3.000 acessos, as vezes menos e as vezes bem mais do que isso.

Temos percebido também que muitos outros entraram na rede para divulgar o evangelho e a palavra de Deus e realmente tem surtido muito efeito na vida de muitas pessoas que buscam a palavra de Deus.  

Vamos meditar um pouco sobre o texto em destaque:

Ele diz que haverá muita abundância de alimento na terra do Egito, porém este texto é parte do sonho do Faraó que foi interpretado por José filho de Jacó e segundo o mesmo sonho haveria também depois dos sete anos de fartura outros sete anos de penúria e com o aviso de Deus através do sonho e instruído pela sabedoria de José o Faraó soube armazenar o alimento excedente dos sete anos de fartura para suprir a população na época da escassez. Comparando essa menagem com outros textos Bíblicos sabemos que antes que venha o grande dia do Senhor “A segunda vinda de Jesus” haverão dias em que a palavra de Deus se multiplicará sobre a terra e depois ela será perseguida e muitos procurarão por ela e não a encontrarão.

Para nós hoje parece impossível que isso ocorra já que a palavra de Deus é bem aceita e bem difundida em nosso país, porém cabe nos lembrar que em muitos outros lugares a palavra de Deus já esta sendo perseguida e muitos Cristão morrem como mártires por não negarem o evangelho, com isso se configura o cumprimento das profecias e nos mostra que precisamos difundir o evangelho o máximo possível nesta terra aproveitando os meios de comunicação disponíveis antes que venha a grande perseguição para que as pessoas possam se preparar armazenando esta palavra em seus corações e suas mentes para que possam vencer a escassez de amor na face da terra e serem vitoriosos frente a todas as batalhas a serem enfrentadas.

 

Deixamos aqui o nosso alerta, sei que hoje ainda estamos passando por dias bons apesar de todas as dificuldades, mas podemos identificar em vários lugares que as tribulações estão aumentando e configurando assim o principio das dores, cabe a cada um de nós estar sempre alertas e preparados para enfrentar dias difíceis, não só no contexto “material” como também e principalmente no contexto “Espiritual”.

Reserve seu óleo, guarde a palavra de Deus em seu coração para que sua lâmpada não se apague no meio da escuridão da noite que virá. 


ainda+d%25C3%25A1+tempo%2521[1]


“A vitoria virá para aquele que perseverar até o fim.”



VEJA A NOSSA APRESENTAÇÃO DO BLOG.


Presente_Apresentação


Comemorações de Aniversário Anteriores:



Outras marcações e Comemorações Anteriores:


250000-lk Carregar_Milhão_1 Presentepravoce_5500000_Acessos
CURTA_PRESENTEPRAVOCE


É um prazer estar com todos vocês!

Ajude-nos_com_orações


OS MAIS VISITADOS

ATÉ O DIA DE HOJE


O Papagaio Marrom. Arcanjo Miguel
JESUS é o mesmo
APOCALYPITO
Jesus é o Mesmo Homenagem_mães_presentepravoce
Presentepravoce
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/frutos-do-espirito.jpg
Só Jesus Gloria Pollo
Dons Maria_passa_na_frente_lk

Statistica_2_141016_7000000


Em Todo o Tempo decorrido Os 50 Post’s mais Visitados.


Título

Visualizações

Página inicial / Arquivos    726.850
Orações ao Espírito Santo. 398.620
Novas Imagens Para Mensagens de Natal. 363.570
WALLPAPER’S DE MARIA SANTÍSSIMA, PARA SUA COLEÇÃO.  173.190
Foto Mensagem da Páscoa. 167.430
Padre Leo Conta a estória do Papagaio Marrom. 166.210
Oração de São Miguel Arcanjo. 150.090
Mensagens de Natal. 142.360
Wallpapers – Mensagens de Jesus. 120.640
MENSAGENS EM PPS. 115.910
Molduras para fotos e Cartões com temas Natalinos. 102.680
Jesus Misericordioso. 93.730
Molduras para montagens de Cartões e Fotos. 93.540
Apocalipto, Filme de Mel Gibson Retrata Civilização Maya e Asteca. 89.860
Cantos para o Advento. 83.060
Dinâmica da Pipoca sem Sal.  77.620
O Casal Cristão no Mundo de Hoje. (ECC) 71.340
Imagens para usar em cartões e mensagens de Natal.  65.240
A Família Segundo a Bíblia. 65.220
Esclarecimento sobre a Polêmica ocorrida na Missa de Paulo Goulart.  64.200
Jesus é o mesmo ontem hoje e sempre, inconfudível e Imutável. 64.020
Dia Das Mães. 63.710
Oração de Natal. 60.180
Semana Nacional da Família.  57.150
Poema a Nossa Senhora Aparecida. 56.040
Um Milagre Eucarístico que ficou oculto 12 anos! 54.520
Imagens de Presépios. 54.290
Feliz Páscoa. 48.180
NATAL … 47.800
PEGADAS NA AREIA. 46.940
Aqueles que Confiam no Senhor… 46.230
Reflexões, Parábolas e Mensagens. subir 2 45.820
Terceira Idade, Ser Idoso ou ser apenas um Velho ? 45.320
Jesus Te Ama – Presentepravoce 44.700
O Plano de Deus. 42.720
Ultimos Milagres de Santos da Igreja Católica. 42.080
Camisetas Ágape e livraria. 40.710
Vinho, muito vinho, O primeiro Milagre de Jesus foi totalmente dedicado ao Matrimônio. 40.110
Padre Léo estava totalmente curado, afirma Padre Joãozinho. 39.840
Nossa Senhora Aparecida.  39.770
A Paixão de Cristo, o filme mais polêmico de Mel Gibson. 39.750
MARIA PASSA NA FRENTE. 39.550
Dinâmica do Sonrisal. 38.390
Padre Robson Oliveira. 37.200
Deus Criou uma Mãe Com Coração de Mãe. 36.400
Novena de Natal – CNBB. 36.220
O Milagre de um Embrião. 35.950
Semana Santa. 35.150
Pentecostes a Festa do Espírito Santo.  35.230
Civilizações precolombianas na América. 33.810
Amor sempre Amor, Mensagens e Cartões para. 33.650
RCC. 32.890
Carta a Nicodemos. 32.540
O Sentido da Vida. 30.380
O que é Grupo de Oração Carismático? 30.230
Pirâmide de Chichén Itzá, Capital do Império Maya. 30.180
O que é Repouso no Espírito ? 29.850
Vós Sereis Batizados no Espírito Santo Dentro de Poucos Dias… 29.780
Os Frutos do Espírito Santo 28.920
Apresentação. 28.660

EVOLUÇÃO ANUAL DAS ESTATÍSTICAS DE VISITAS TOTAIS


Stats_Hist_Presentepravoce_130205 Stats_Hist_Presentepravoce_130205 Stats_Hist_Presentepravoce_130205 Stats_Hist_Presentepravoce_130205

Evolução media 7500000


INDICAÇÕES DE POST’S MAIS RECENTES


Sete_dons Amalgama Familia_obama_Cristo
Kairós_pr3 terco-da-misericordia-11[1] Mais_uma_chance

MAIS UMA CHANCE!



Esta é uma frase muito comum, todos nós mais cedo ou mais tarde acabaremos por pedir mais uma chance.

Seja uma chance de vida nova mais feliz ou seja uma nova oportunidade para salvar aquilo que se perdeu no tempo que não dá prá voltar atrás.   Um dilema que sempre está presente em nossas vidas é a impossibilidade de retornar ao passado e mudar uma atitude mal dada ou uma decisão errada.  O jeito é aceitar a ditadura do cronômetro irredutível e rezar para que no próximo segundo possamos ter novamente aquela oportunidade perdida.



12. Não pretendo dizer que já alcancei (esta meta) e que cheguei à perfeição. Não. Mas eu me empenho em conquistá-la, uma vez que também eu fui conquistado por Jesus Cristo.

13. Consciente de não tê-la ainda conquistado, só procuro isto: prescindindo do passado e atirando-me ao que resta para a frente,

14. persigo o alvo, rumo ao prêmio celeste, ao qual Deus nos chama, em Jesus Cristo.



A Palavra de São Paulo nos leva à aceitação de uma verdade absoluta em relação ao tempo e espaço, mas nos abre uma nova perspectiva em relação ao plano espiritual, pois se o mundo nos negará mais uma chance, Deus jamais deixará de nos dar esta oportunidade, pois para Ele o passado não é definitivo e o futuro não será decisivo e sim o presente, o agora, este sim é o momento oportuno, este é o momento decisivo e definitivo, o momento da sua Salvação que definirá a sua eternidade, agarre esta oportunidade com suas mãos, agarre com suas unhas e dentes porque valerá a pena.

Leia o texto abaixo e tente sentir na pele o que este homem sentiu, quem sabe, este também seja o seu momento oportuno.




MAIS UMA CHANCE!


rcc-kairos


Kairós_pr3


Esta é a história de um homem:

Não vou lhes dizer seu nome, mas sei que lhe será bastante semelhante à alguém que você conhece.

Bem nascido e criado em uma boa família não muito abastada, teve boas chances na vida e cresceu com boa saúde.   Estudou e se formou.  Um dia conheceu uma jovem e se apaixonou, casou-se e constituiu uma família que por assim dizer podia ser considerada exemplar.

Quando tudo parecia estar muito bem e estabilizado, de repente este homem resolveu a aceitar as ofertas que o mundo lhe oferecia e aproveitar a “vida”, a vida de devaneios e caminhos incertos que o mundo sempre nos oferece, mas que muitos de nós nem chegou a experimentar sem saber que nada daquilo nos faria a menor falta.

Abandonou sua casa, sua esposa e seus filhos.   Sem entender o que havia acontecido, todos de sua família vieram em seu auxílio, mas ele insultou sua esposa e envergonhou seus filhos, a seu pai disse que sempre se envergonhou dele e sua posição sócio-educacional, desprezou os conselhos de sua mãe lhe dando as costas a deixando falar sozinha.

Assim ele começou seu caminho de farras, bebedeiras e nem se importava com o dia de amanhã, se mantinha afastado de seus familiares apesar de sentir um grande vazio interior se atirando cada vez mais às desilusões que o mundo lhe oferecia.

Certo dia ele acorda no meio da noite e se depara à sua frente com um ser magnífico e iluminado semelhante a um anjo.

Anjo de luz

- Ele então lhe pergunta.

- O que você faz aqui no meu quarto?

- O Anjo lhe responde:  – Não, Não estou em seu quarto, é você que está em outro lugar…

- Chegou o seu dia, você morreu esta noite enquanto dormia.

- Como assim?  Como morri?  Não havia nada de errado comigo, como isso aconteceu?

Demonstrando estar muito apavorado com a situação inusitada e por estar em debito com seus familiares, disse ao anjo:

- Não!  – Não posso morrer assim.  – Não posso morrer agora, preciso antes falar com meu pai, lhe pedir perdão, tenho que dar explicações à minha mãe, preciso alertar meus filhos sobre a vida, preciso ainda cumprir alguns compromissos urgentes no trabalho e ainda tem a minha esposa que eu tanto decepcionei, preciso falar com ela e lhe pedir seu perdão.

- Você precisa pelo menos me dar mais um tempo e mais uma chance!

- Esta bom, eu concedo seu pedido. Você terá a sua chance.

- Há que bom… Quanto tempo eu terei? Mais um ano?

- Eu lhe concedo mais 24 Hs, um dia, amanhã à meia noite eu retornarei.

- Mediante seu pouco tempo, ele imediatamente começa a ligar para a casa de sua mãe, liga varias vezes sem que ninguém lhe atenda.  Dirige-se até sua casa e não encontra ninguém lá.

Ninguém lhe atende até que amanhece o dia e ele descobre que seus pais viajaram, descobre então um telefone de contato de onde seus pais estão e liga imediatamente:

- Alo mãe?  – Sim, quem fala? – Sou eu mãe! – O Que aconteceu? – Ofegante e inquieto ele diz:  Você me perdoa? E insiste na pergunta… Perdoa-me ?  – A mãe diz… calma meu filho… Precisamos conversar… – Não mãe, não dá tempo, mas diz que me perdoa… – Por que filho?… Precisamos conversar… – Sim, mãe… Estou indo até aí ou você virá até aqui? – Não meu filho… Estou muito longe, estou em outro estado e em trânsito. – Mas mãe, eu preciso resolver isso agora… – Filho, eu estou longe e quando eu chegar aí em casa nós nos falamos. – Está bom mãe, mas fala que me perdoa!  Esta certo filho, eu te perdôo, mas precisamos conversar sério ouviu… Sim mãe, obrigado! Preciso também falar com meu pai agora, me chama ele aí…  – Filho, seu pai saiu numa canoa e foi pescar com uns amigos, só retornará a noite… – Bem apavorado ele diz – Como assim mãe, eu preciso falar com ele agora… – Só retornará aqui à noite… – Mãe, tenta aí um jeito, é urgente… – Não dá meu filho, quando retornarmos, a gente se fala, está ok?  – Mas mãe…. – Não adianta ficar ansioso, quando chegarmos aí em casa te procuramos.

Ele então liga para sua filha e diz:

- Filha, Preciso falar com você agora.

- Pai, não dá, não estou em casa, estou na casa de uma amiga…

-Não está em casa?…   Como não?  Por que isso agora?

- Estamos estudando para o vestibular pai, já estou dois anos nesta luta e aqui é bem perto do local da prova que teremos amanhã bem cedo e temos muito que estudar ainda hoje!

- Mas filha é só um instante…

- Pai, não vai dá… hoje não, depois das provas a gente se fala, segura a barra aí uns três dias pelo menos! E desliga!

- Mais ofegante e apressado ele liga para o filho e diz…

Filho preciso lhe falar agora, quero lhe pedir perdão…

- O filho lhe interrompe e diz…

Sim, pai, pode ser, mas agora não, primeiro você precisa mostrar que mudou mesmo…

Mostrar que você é outro cara, outro homem…

Até agora eu conheço aquele homem que sacaneou a todos nós, então eu preciso acreditar em sua mudança e conhecer este novo homem…

- Filho, mas eu mudei e por isso eu quero seu perdão…

- Não pai… Já ouvi isto antes e não foi verdade, você não se arrependeu e continuou errado, por isso dá um tempo e a gente conversa depois.

- Ele liga então para sua ex. esposa e diz, preciso falar com você agora…

- Para quê, para me xingar e humilhar de novo?  Não, não vai dá não.

- Não, não é para isso não, preciso pedir o seu perdão, sua compreensão, quero ser um novo homem, me dê uma chance para explicar os meus motivos, eu errei muito e quero me redimir…

- Para por aí, não diga mais nada… Quando você melhorar mesmo… Quando seus Pais lhe aceitarem e seus filhos te perdoarem, aí sim, posso até pensar em rever o assunto e conversar com você.

Fim de conversa, o dia se passou e ele nada conseguiu, volta então para aquele quarto e o dia termina se aproximando o momento do encontro com o anjo do Senhor.

Chronos_tempo_passa

24 hs a mais ou 24 hs a menos não mudará coisas que precisam de tempo para serem compensadas e aprovadas.   A nossa Salvação foi conquistada pela morte de Cristo na cruz, mas para que sejamos Salvos definitivamente é preciso estar lá no lugar e na hora certa onde a porta se abrirá.  Para chegar lá e estar preparados temos à nossa disposição todo o tempo que nos resta, o tempo exato de uma decisão verdadeira e definitiva, o tempo favorável é agora, não deixe para a ultima hora o que você já poderia ter feito, pois quando a porta se abrir e as virgens entrarem com as suas lâmpadas acesas não haverá tempo para as outras virgens descuidadas correrem atrás de óleo para acender suas lâmpadas sem o risco de encontrarem as portas fechadas.

Todos os dias temos à nossa disposição estas 24 hs definitivas e o que fazemos com elas?

Deus nos tem dispensado as suas graças todos os dias, hoje, ontem, anteontem e o que temos aproveitado de bom, temos buscado o perdão por nossos erros? Temos buscado a nossa Salvação? Temos buscado uma vida nova?

Não seja como este homem que viveu despreocupadamente e deixou para se redimir no ultimo instante, pois pode ser que o mundo não nos ofereça um tempo hábil para corrigir muitos erros do passado, é bom estar sempre pronto vivendo uma vida reta e digna sem arestas a serem aparadas na ultima hora, nem digo que a morte seja o ultimo estágio, porque na verdade não é a morte o momento decisivo, pois este momento é agora e sempre será agora porque este é o momento da sua decisão, o momento da sua Salvação.

Não deixe para amanhã aquilo que você pode fazer agora, não deixe para depois a decisão que você pode tomar agora.

24 horas jamais serão suficientes para reparar uma vida inteira de erros, porém podemos sempre contar com a eterna Misericórdia do Pai que nos perdoa até mesmo no ultimo “Tic Tac” do cronometro.

Diga sim a Jesus agora mesmo!


 

Agora_tempo_oportuno


Kairós: O Momento Oportuno:


“NÃO DEIXE PARA AMANHÃ AQUILO QUE VOCÊ PODE FAZER HOJE, NÃO DEIXE PARA DAQUI A POUCO AQUILO QUE VOCÊ PODE FAZER AGORA”


id=”fb-root” style=”text-align: center;”> 



Seminário de Vida no Espirito bRAÇOS DO pAI

Seminário de Vida no Espirito seminario[1]


Uma Experiência com deus e com DEUS!


manzana[1]

Experimente você Mesmo!


TERÇO DA DIVINA MISERICÓRDIA MEDITADO.


Como rezar o Terço da Misericórdia Divina Meditado


“Através desta novena concederei às almas toda espécie de graças” (Diário 796).

(O DIÁRIO de Santa Irmã Faustina)


terco-da-misericordia-11[1]



(veja Festa da Misericórdia).

(veja o Terço da Divina Misericórdia)


Como rezar o Terço da Misericórdia Divina Meditado


Vós morrestes, Jesus, mas uma fonte de vida jorrou para as almas e abriu-se um mar de misericórdia para o mundo. Ó fonte de vida, insondável misericórdia de Deus, envolvei o mundo todo e derramai-Vos sobre nós. (Diário no. 1319)

Repita 3 vezes:

Ó Sangue e Água que jorrastes do Coração de Jesus como fonte de misericórdia para nós, eu confio em Vós!


Reza-se um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Creio.

1º mistério: Oração e agonia de Nosso Senhor Jesus Cristo no Horto

Nesse momento, a minha mente foi estranhamente iluminada. Surgiu diante dos olhos da minha alma uma visão que era como a de Nosso Senhor no Jardim das Oliveiras. Primeiramente, os sofrimentos físicos e todas as circunstâncias que os agravavam; em seguida os sofrimentos espirituais em toda a sua extensão e ainda aqueles dos quais ninguém saberá. Essa visão englobava tudo: julgamentos injustos, difamações. O que escrevo é um resumo, mas esse conhecimento era tão claro que, o que mais tarde passei em nada era diferente daquilo que experimentei nesse momento. O meu nome devia ser “vítima”. Quando terminou a visão, um suor frio me cobria a testa. (Diário no 135)

Fazei de mim, Jesus, um sacrifício agradável e puro ao olhar de Vosso Pai. Jesus, transformai-me a mim, miserável pecadora, em Vós, pois Vós tudo podeis, e entregai-me ao Vosso Eterno Pai. Desejo tornar-me uma hóstia de expiação diante de Vós… (Diário, no. 483)
Na conta do Pai-Nosso:
Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro.
Nas contas da Ave-Maria:
Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

2º mistério: Flagelação de Nosso Senhor Jesus Cristo

Quando cheguei para a adoração, logo me envolveu o recolhimento interior, e vi Nosso Senhor amarrado ao tronco e logo sobreveio a flagelação. Vi quatro homens que se revezavam a açoitar o Senhor com azorragues. O meu coração parava só de olhar para esses suplícios; então, o Senhor me disse estas palavras: “Sofro uma dor ainda maior do que a que estás vendo.”
E Jesus deu-me a conhecer por quais pecados submeteu-se à flagelação: foram os pecados da impureza. Oh! por que terríveis sofrimentos morais passou Jesus quando se submeteu à flagelação! Então, Jesus me disse: “Olha e repara bem o gênero humano na presente condição.”
E imediatamente, vi coisas horríveis: afastaram-se os algozes de Nosso Senhor e vieram flagelá-Lo outras pessoas que seguravam nas suas mãos os chicotes e castigaram sem piedade o Senhor. Eram sacerdotes, religiosos e religiosas e os mais altos dignitários da Igreja, o que muito me admirou. Havia leigos de diversas idades e classes; todos descarregavam sua maldade sobre o inocente Jesus. Ao ver isto, meu coração entrou numa espécie de agonia. E, quando o flagelavam os carrascos, Jesus se calava e olhava para o longe, mas quando o flagelavam essas almas que mencionei acima, Jesus cerrava os olhos e um gemido surdo, mas terrivelmente doloroso, escapava-Lhe do Coração. E o Senhor deu-me a conhecer, detalhadamente, a gravidade da maldade dessas almas ingratas: “Estás vendo, este é o sofrimento maior que a Minha Morte.”
Então, calaram-se também os meus lábios e comecei a sentir em mim a agonia e senti que ninguém me consolaria nem arrancaria desse estado a não ser Aquele que me introduziu nele. Então, o Senhor me disse: “Estou vendo a dor sincera do teu coração, que trouxe enorme alívio ao Meu Coração. Olha e consola-te.”(Diário no. 445)
Na conta do Pai-Nosso:
Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro.
Nas contas da Ave-Maria:
Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

3º mistério: A coroação de espinhos

Quando me concentro na Paixão do Senhor, freqüentemente vejo Nosso Senhor na adoração, da seguinte maneira: após a flagelação, os carrascos levaram-No e tiraram-Lhe as vestes, que já se tinham colado às feridas; ao tirarem Suas vestes renovaram-se Suas Chagas. Em seguida, cobriram o Senhor com um manto de púrpura, sujo e rasgado, jogando-o sobre as Chagas renovadas. Esse manto, apenas em alguns pontos, atingia os joelhos. Mandaram, então que o Senhor se sentasse num tronco; fizeram uma coroa de espinhos e a colocaram na Sua Santa Cabeça, pondo-Lhe ainda um caniço nas Suas mãos e zombando d’Ele. Inclinavam-se diante d’Ele como diante de um rei, cuspiam no Seu rosto, enquanto outros pegavam o caniço e batiam na cabeça, outros infligiam-lhe dores esbofeteando-O, ou cobrindo-Lhe o rosto, davam-Lhe murros. Jesus suportava tudo em silêncio. Quem compreenderá Sua dor? Jesus olhava para o chão, e eu senti o que então estava acontecendo no Dulcíssimo Coração de Jesus. Que toda alma reflita sobre o que Jesus sofreu nesse momento. Rivalizavam uns com os outros em insultos ao Senhor. Eu ficava refletindo: de onde vinha tanta maldade no homem? E no entanto, é o pecado que causa isso – encontrou-se o amor com o pecado. (Diário no. 408)
Na conta do Pai-Nosso:
Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro.
Nas contas da Ave-Maria:
Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

4º mistério:

Jesus carrega a cruz para o Calvário

Jesus surgiu, de repente, diante de mim, despido de Suas vestes, coberto de chagas por todo o corpo, os olhos cheios de sangue e lágrimas, o rosto todo desfigurado, coberto de escarros. Então o Senhor me disse: “A esposa deve ser semelhante ao seu esposo.”
Compreendi a fundo essas palavras. Aqui não havia lugar para qualquer tipo de dúvidas. A minha semelhança com Jesus deve ser pelo sofrimento e pela humildade. “Olha o que fez de Mim o amor pelas almas humanas. Minha filha, no teu coração encontro tudo que Me nega um tão grande número de almas. O teu coração é o Meu repouso; muitas vezes, guardo grandes graças para o final da oração.”
Cristo sofredor, saio ao Vosso encontro; como esposa Vossa, tenho que ser semelhante a Vós. O Vosso manto de ultrajes deve cobrir também a mim. Ó Cristo, Vós sabeis como desejo ardentemente assemelhar-me a Vós. Fazei que participe de toda a Vossa Paixão, que toda a Vossa dor se entorne no meu coração. Confio que completareis isso em mim, da maneira que julgardes apropriada. (Diário no. 1418)
Na conta do Pai-Nosso:
Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro.
Nas contas da Ave-Maria:
Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro

5º mistério: Jesus morre na cruz

Durante a Santa Missa, vi Jesus pregado à cruz (em) grandes tormentos. Um imperceptível gemido saía do Seu Coração; a seguir disse: “Tenho sede. Estou sedento pela salvação das almas. Ajuda-Me, Minha filha a salvar as almas. Une teus sofrimentos à Minha Paixão e oferece-os ao Pai Celestial pelos pecadores” (Diário no. 1932)
À noite, vi Nosso Senhor crucificado. Das mãos, dos pés e do lado corria o Preciosíssimo Sangue. A seguir, Jesus me disse: “Tudo isto é pela salvação das almas. Reflete, Minha filha, sobre o que tu estás fazendo pela salvação delas.”
Respondi: “Jesus, quando olho para a Vossa Paixão, vejo que eu quase nada faço pela salvação das almas.” E o Senhor me disse: “Fica sabendo, Minha filha, que o teu silencioso martírio de todos os dias, na total submissão à Minha vontade, leva muitas almas ao Céu. Quando te parecer que o sofrimento ultrapassa as tuas forças, olha para as Minhas Chagas, e te elevarás acima do desprezo e do juízo dos homens. A meditação sobre a Minha Paixão te ajudará a te elevares acima de tudo.”
Compreendi muitas coisas que antes não era capaz de entender. (Diário no. 1184)
Na conta do Pai-Nosso:
Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro.
Nas contas da Ave-Maria:
Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

No final do terço:

Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro
Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro
Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro

Ó Deus eterno, em quem a misericórdia é insondável e o tesouro da compaixão é inesgotável, olhai propício para nós e multiplicai em nós a Vossa misericórdia, para que não desesperemos nos momentos difíceis, nem esmoreçamos, mas nos submetamos com grande confiança à Vossa Santa Vontade, que é Amor e a própria Misericórdia.INDULGÊNCIA PLENÁRIA PELA RECITAÇÃO DO TERÇO DA MISERICÓRDIA DIVINA


OUTRA – NOVENA


Jesus_misericordioso




Jesus é Misericordioso

http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/oracao.jpg?w=130&h=120

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 67.984 outros seguidores