Benefícios de uma Missa de Cura e Libertação.



Toda Santa Missa pode ser chamada de Missa de Cura & Libertação, sempre foi assim e sempre será, pois Deus enviou o seu Filho ao mundo não para condená-lo e sim para Salvar e resgatar as pessoas feridas e necessitadas de libertação.


(São João 3,17) – (São Lucas, 19,10)



missa_de_cura_e_libertacao


Até pouco tempo atrás não era comum ouvir este termo “MISSA DE CURA & LIBERTAÇÃO” ou esta especificação para uma simples Santa Missa que participamos todos os Domingos, porém nesses últimos anos tem ficado cada vez mais comum encontrarmos convites e cartazes que anunciam o dia e hora que será celebrada uma Santa Missa especial direcionada ao objetivo de curar e libertar as pessoas apesar de ser VERDADE o fato de que toda Santa Missa teria sempre esse mesmo objetivo.


Missa por Cura e Libertação – 19/02



Missa de cura por libertação missa

Como dissemos anteriormente, Jesus tinha como parte de sua missão neste mundo libertar as pessoas da opressão do inimigo de Deus e em muitas passagens bíblicas fica demonstrado claramente que foi assim que Ele agiu quando curou diversos enfermos, perdoou pecados imperdoáveis e expulsou o demônio de diversos oprimidos pelo mal.   Faz parte da missão de seus Discípulos e de nós que também cremos em suas palavras “expulsar os demônios em nome de Jesus, falar novas línguas, manusear serpentes e, se imporem as mãos nos enfermos eles ficarão curados.” (São Marcos 16,17-18), logo não seria nenhuma novidade falar e celebrar uma Santa Missa que teria por objetivo Curar os enfermos e Libertar os oprimidos pelo mal que nos leva ao pecado e à morte.


Toda ação provoca uma reação:


Não é comum em nossos dias encontrarmos pessoas que possuam o Dom de curar os enfermos também não é fácil exercer o ministério de orar  por Libertação tanto que para isso Jesus escolheu e preparou seus Discípulos durante três anos e meio.

Quando Jesus curava e libertava as pessoas também não era comum, aliás era muito mais estranho do que hoje, pois hoje sabemos que “TUDO É POSSÍVEL AO QUE CRÊ NO NOME DE JESUS”  (São Marcos 9,23São João 11,25-26), pois assim Jesus nos garantiu com sua palavra.

Naquele tempo muitos enfermos, doentes do corpo e da alma iam atrás de Jesus por toda parte buscando solução para seus problemas, foi de onde surgiu a conhecida frase “Quem não vem a Jesus por AMOR virá pela dor!”, afinal é a maior verdade que quase 100% daquela multidão que seguia Jesus não o seguiam pelo amor que tinham a Deus e sim pela necessidade do seu próprio corpo físico, seja por dor física ou peso na consciência.

Quando alguém recebia curas milagrosas também não era difícil encontrar incrédulos mesmo que tal cura tenha ocorrido em publico com diversas testemunhas (São João 9), mesmo quando os olhos enxergavam e presenciavam os milagres de Cura Divina, mesmo assim preferiam duvidar que realmente teriam acontecido buscando justificativas alternativas para explicarem o inexplicável, por isso Jesus lhes disse que “Os Piores cegos são aqueles que preferem não ver fechando seus olhos para a verdade” (São João 9).

A vontade de Deus e seu AMOR por nós não alteraram apesar de tantos anos terem se passado e como Jesus curava e Libertava as pessoas em nome de Deus Ele espera que nós façamos o mesmo ao seguir sua vontade e seus planos nos dias de hoje.

Assim também sabemos que toda ação neste sentido de fazer esta vontade de Deus causará a mesma reação nas pessoas neste tempo de hoje.

Haverão aqueles que não acreditam, duvidam e até combateriam as ações de Cura e Libertação seja particularmente, nas praças e ruas da cidade, em um encontro CARISMÁTICO e ou em uma Santa Missa de Cura & Libertação, porém o inverso também se faz real e as pessoas vão em massa ao encontro dos momentos e lugares onde Deus age curando e libertando as pessoas e é por isso que as Missa de Cura e Libertação permanecem sempre lotadas, porque não existe ninguém nesta terra que não necessite do grande Amor de Deus e de sua graça em suas vidas.


fachada_banner_missa_de_cura1


“Pois o Filho do Homem veio procurar e salvar

o que estava perdido.”   (São Lucas 19,10)


Duvidas, perguntas & Respostas!


Devido ao fato de ser novidade para muitos estas palavras podem ocorrer muitas dúvidas principalmente quando participarmos de uma Santa Missa de Cura e Libertação e sermos testemunhas oculares dos milagres que Deus opera também nos dias de hoje, isto porque a reação das pessoas podem ser diversas e estranhas aos nossos olhos, porém para cada pergunta existe uma resposta e não tenham medo de buscar a verdade em Deus para que Ele possa agir cada vez melhor em sua vida e resgatar tantos enfermos neste mundo que ainda não experimentaram o grande amor de Deus.


Uma resposta:


Por que pessoas se sentem mal, sentem dores estranhas e até vomitam quando participam de Missas de Cura e Libertação ?


A resposta correta para esta pergunta pode ser longa, pois teria que observar diversos aspectos da vida íntima, presente e passada da pessoa em questão, sendo assim precisaria de um acompanhamento particular em cada caso auxiliado por pessoas conhecedoras do assunto, porém sabemos que o Ministério de Cura & Libertação tanto dentro da RCC como fora dela ainda esta em plena formação e nem sempre encontramos pessoas totalmente aptas para acompanhar esses casos em todos os lugares.

Com o surgimento das Missas de Cura & Libertação abertas ao público Católico, principalmente para pessoas que nunca tiveram acesso à graça de Deus anteriormente causa efeitos novos que exigem a formação de pessoas para atuarem nestas Missas assim como Jesus tinha seus Discípulos que o auxiliavam em suas pregações acolhendo as pessoas que se sentiam mal levando-as até a presença de Jesus que as curava integralmente.


Sintomas:


Podem ser diversos os sintomas que ocorrem em pessoas com problemas sejam eles simples dores de cabeça comuns, peso na consciência provenientes de pecados não confessados e ou opressão do inimigo em seu grau de maior ou menor gravidade.

Cabe a esta equipe preparada discernir em cada caso e dar prosseguimento à cura em cada um deles, porém o que mais ocorre são pessoas esconderem seus sintomas e não os manifestar naquele momento ou então as pessoas que estão à sua volta perceberem naquele momento e não participarem da solução daquele caso e assim surgem dúvidas que merecem a nossa atenção.

É comum acontecer em momentos de cura a exteriorização e manifestação do problema que está sendo curado ou seja, se alguém tem uma dor de cabeça crônica aquela dor se manifesta e desaparece para que fique demonstrado que aquela dor não existirá mais, por outro lado se o problema é espiritual e não físico pode ocorrer sintomas de expulsão física  “expulsão para fora do corpo de algo que está lhe prejudicando” mesmo que este algo não seja físico, assim é comum ter ânsia de vômito, pois o vômito é uma reação automática de expulsão de seu corpo de alguma coisa que lhe faz mal e em casos mais graves não só ocorre ânsia de vômito como o mesmo pode ser real e até apresentar coisas físicas que jamais foram ingeridas pela pessoa, isto explica que a pessoa está se libertando de algo que lhe faz mal e prejudica ou seja aquela coisa que é física ou não agora não está mais dentro de você e não pode mais lhe atingir ou fazer qualquer mal.

Neste caso podemos dizer que aquele que expele de dentro de si algo que lhe faz mal, agora está livre da causa  de seu mal e neste caso as pessoas precisam e devem ter acompanhamento para que permaneçam libertas daquele mal e não venham a reingerir o seu próprio vômito assim como São Pedro nos relembrou certa vez.

“Melhor fora não terem conhecido o caminho da justiça do que, depois de tê-lo conhecido, tornarem atrás, abandonando a lei santa que lhes foi ensinada. 22. Aconteceu-lhes o que diz com razão o provérbio: O cão voltou ao seu vômito (Pr 26,11); e: A porca lavada volta a revolver-se no lamaçal.” (2 Pedro 2,21-22).


Se você tem alguma dúvida diferente desta, deixe aqui nos comentários abaixo e procuraremos dar uma resposta.



https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/05/terco.jpg?w=130&h=120
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/dons-do-espirito.jpg?w=130&h=120 Miguél Arcanjo

 


Deus consola nossas lágrimas.


Jesus nos consolou e nos deixou o Espírito Santo como um consolador eterno.


“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique eternamente convosco.” (S. João 14,16)



São Paulo nos diz em :

Bendito seja Deus, o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, O Pai das misericórdias, Deus de toda a consolação, que nos conforta em todas as nossas tribulações, para que, pela consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus, possamos consolar os que estão em qualquer angústia! 

(2 Coríntios 1,3-4)



jesus_consolador


Muitas vezes, num momento de dor, dificuldade, por uma enfermidade, perda, sofrimento, nós acabamos chorando. Alguns choram de alegria, outros de tristeza ou num momento de fraqueza. São muitas as situações em que lágrimas brotam de nossos olhos.

Jesus também chorou (João 11-35). E é Ele quem vem nos consolar diante de nossas lágrimas. As vezes, choramos escondidos, nos sentindo arrependidos, culpados por alguma coisa. Quando o mundo nos abandona, nosso Pai fica conosco, para enxugar nossas lágrimas e nos dar a alegria do Seu amor. Bem aventurados os que choram, pois serão consolados (Mateus 5,4).

Choramos de dores físicas, de depressão, por carência, por medo, por insegurança, dificuldades, saudade, tristeza, arrependimento e por muitos outros motivos. Mas seja qual for a razão dessas lágrimas, o Senhor está ao nosso lado. Chore e entregue suas lágrimas e sua vida a Deus. Ele é nossa força na tribulação.

Lágrimas de Curam.

Quando choramos colocamos para fora as angústias, os medos e tudo que está nos afligindo. O choro é uma forma de dizer o que estamos sentindo e revelar nossa fraqueza. Porem em Cristo não paramos na fraqueza. Como nos ensina Paulo, “quando sou fraco é que sou forte”.

No romper da nossa fraqueza, Deus cura nosso coração. As lagrimas muitas vezes são reflexo da cura que está acontecendo dentro de nós. Quando contemplamos a ação de Deus e só as lágrimas podem explicar o alívio de ser curado. Quando choramos lágrimas de cura, não choramos de dor, mas de alívio. A dor ja foi vencida, mas precisa sair para fora. Libertar o que está dentro de nós e permitir que o vazio seja preenchido por Deus.

Pela ação do Espírito Santo, o consolador, o Senhor vem nos curar interiormente. Quantas vezes diante de Deus, sentimos o arrependimento de nossos erros, de nosso passado e pedimos ao Senhor que nos cure de nossas fraquezas, nos ajude em nossas dificuldades e nos liberte.

A perda de alguém que amamos também nos faz chorar.

É inevitável as lagrimas diante da morte de uma pessoa especial para nossa vida. Choramos diante da perplexidade da perda e de saudade de quem partiu assim como Jesus chorou por Lázaro. Nos momentos em que o mundo parece desabar, o Senhor esta ao nosso lado. Quem partiu vai ao encontro de Deus e Deus vem nos dar forças para superar esses momentos.

Nós cremos na vida eterna. Por isso, certos de que quem partiu foi para junto de Deus, só cabe a saudade pois sabemos que ao final da caminhada de quem morre, este está na eternidade, contemplando a face de Deus. Com o coração apertado pela ausência, precisamos ser fiéis e seguir caminhando para também irmos para junto de Deus.

O Pai sabe a razão de cada lágrimas de seus filhos.

Deus vem nos acalmar, trazer a paz e o amor, a cura e o perdão. Deus quer nos ver felizes, sorrindo. Mas por muitas vezes o mundo nos faz sofrer. Precisamos segurar firmes na mão de Deus. O Senhor vai nos consolar, Ele não nos abandona em nenhum momento.

Sempre que chorarmos, devemos louvar o Senhor. Jesus é o consolo dos aflitos. Quem chora e espera em Deus, logo verá suas lagrimas de tristeza serem transformadas em lágrimas  de alegria. É o Amor de Deus que vem trazer a felicidade e a paz ao nosso coração.


“O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.”
(Salmo 30,5) ou (Salmo 29,6).


Num momento muito difícil da minha vida, o salmo acima foi a voz de Deus me acalmando. Este belíssimo versículo da Bíblia mostra a certeza e a confiança de que o sofrimento vai passar. É uma oração de confiança, onde não se pede para sair do sofrimento, todavia, já temos a certeza que Deus nos faz vencedor. É uma questão de tempo – no caso o tempo é ilustrado pela noite e manhã – mas na prática, significa que precisamos esperar em Deus, fortes e fiéis. Não se trata de tempo cronológico, mas a esperança de que vai chegar a vitória ! Que assim como o salmista tenhamos a graça de num momento de lagrimas de ir alem da súplica e com serenidade ter a  convicção de logo a alegria será plena, por pior que seja a situação.


Quem Me Segurou Foi Deus


Diacono Nelsinho Correia – Comunidade Canção Nova.







Extase_cume_da_oracao Alimento_Espiritual_Autêntico Repouso_no_Espírito_2
Experiência_com_Deus Aspirais_aos_Dons_Espirituais Vem_Espirito

Por que as pessoas choram ?


deus_enxugara_toda_lagrima_2



Pergunta:

Por que algumas pessoas choram e outras não quando recebem o Espírito Santo ?

Chorar ! Por que ?



Chorar é uma emoção humana muito comum!


Veja detalhes em:

Sentindo a Presença de Deus!


deus_enxugara_toda_lagrima


Mas por que as pessoas choram?


Um bebê recém nascido chora quando está com fome, com dor ou com alguma necessidade e não sabe expressar o que seria, logo a sua única saída é chorar e chorando ganha a atenção de sua mãe que certamente resolverá o seu problema seja ele qual for.    Com o tempo, o aprendizado da linguagem e a maturação de sua capacidade de se expressar este choro será substituído pela COMUNICAÇÃO verbal, porém os motivos que provocavam o choro ainda persistirá.

A pessoa adulta não chora por qualquer motivo, nem mesmo quando está com uma dor muito forte, porém muitos destes motivos que não são expressos fisicamente serão armazenados no subconsciente e são conhecidos como “TRAUMAS”, ou seja “Uma dor que não foi curada e permanece oculta”.

As coisas que nos machucam causam dor física ou psicológica, medo e apreensão.  Quando somos crianças ou mesmo quando adultos elas podem causar choro (Lágrimas) e ao mesmo tempo geram também uma marca na memória como uma cicatriz que é um trauma de maior ou menor intensidade que ficará gravado em nosso ser para sempre.

Como por exemplo: A minha lembrança mais antiga, não sei nem quantos anos eu teria, foi quando saindo de um carro segurei na barra que estava a dobradiça da porta e antes que retirasse a mão a porta foi fechada e fiquei com a mão prensada e esta dor foi tão forte que se tornou uma marca inesquecível sendo que muitas outras coisas que aconteceram não ficaram gravadas na memória de minha infância e assim acontece com todas as pessoas, geralmente os momentos de dor e tristeza ficam gravados e não se apagam.

Esses traumas muitas vezes são conscientes e sempre nos lembramos deles, mas muitas vezes o trauma é tão forte que a pessoa não consegue se lembrar do fato, mas continua sempre sofrendo os efeitos daquele trauma mesmo sem o seu conhecimento.

Os psiquiatras já bateram o martelo confirmando que 90% dos males que o corpo humano sofre fisicamente como “Doenças e dores crônicas” tem sua origem em traumas remanescentes do passado, com lembrança ou não da pessoa e muitas doenças podem ser curadas com uma simples cura desses traumas interiores.

Esta ação de cura sempre será acompanhada de uma manifestação externa da pessoa, pois o corpo humano sempre manifestará as suas reações em tempo real através de uma emoção, seja ela de alegria ou de tristeza que no caso serão as lágrimas.

Quando uma pessoa chora podemos dizer que ela está sentindo uma dor naquele momento, porém é correto também dizer que quando recordamos de um fato triste que nos causou muita dor no passado também iremos chorar como da primeira vez, isto é até uma técnica que os atores de TV se utilizam para externar emoções enquanto representam seus personagens, neste caso todas as vezes que passarmos por um processo de cura interior em que seja necessário relembrar fatos tristes, traumas e dores do passado, esta cura sempre será acompanhado de lágrimas que serão mais ou menos abundantes de acordo com a capacidade de expressão de cada um, pois existem pessoas que se abrem de forma escandalosa e gritam (*), enquanto que outras sentem a mesma dor de forma mais comedida e sem expressões escandalosas.  O fato é que mais ou menos visíveis aquela dor que ficou armazenada em nós no passado para ser curada precisa ser exposta na lembrança e quando isso acontece as lágrimas são inevitáveis.


PESSOAS QUE NÃO CHORAM:


Muitas vezes, porém podemos notar que muitas pessoas não choram de maneira nenhuma.


Existem três motivos para esta atitude:


Sair_na_chuva


– As pessoas não sintonizaram com o momento de cura e não foram tocadas por Deus em seu coração, explicamos isto com a Dinâmica do Sonrisal embalado dentro do copo com água.

– Elas não sentem dor nenhuma, não possuem traumas no passado ou já foram libertas e curadas em outra ação anteriormente. A Pessoa saudável, não precisa de médico.

– Elas são duronas e não expressam exteriormente as suas emoções em publico, porém as pessoas mais duronas são aquelas que armazenam muitos traumas não curados, ou seja, nem sempre são curadas plenamente e um dia acaba explodindo em lágrimas sem se preocupar com o vexame que provocará.

Constatamos que quando esta pessoa não chora isto não significa que ela não possua problemas e nem que não sentiu o toque de Deus em seu coração e sim que na verdade jogou a sujeira debaixo do tapete e adiou a sua cura mais uma vez.


coracao_bomba

 A Abertura do coração é muito importante! 2525


Temos que nos abrir para evitar acumular motivos para uma explosão descontrolada que é como uma bomba que explode no final da queima do pavio.

Nós que realizamos diversos encontros em diversos lugares tanto para jovens, homens, mulheres ou casais testemunhamos diversos tipos de explosão emocional ou contenção de emoções, mas podemos dizer que aqueles que mais se abrem e expressam suas emoções sem medo dos outros ao seu redor mesmo que não seja em gritos e prantos (*) são aqueles que mais se libertam de seus traumas e suas dores e podem testemunhar depois que sentiram muita paz e alegria, pois é o caso de entregar o peso de sua cruz a Jesus.  As dores, enfermidades e traumas se equivalem ao peso da cruz e sem elas sentimos um grande alívio já que a nossa cruz ficou bem mais leve.


“Vinde a mim todos vós que estais cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei” (S. Mateus 5)


“Tomai sobre vós o meu jugo, […] Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.”
(S. Mateus 11,3o)


“Fomos curados graças às suas chagas”   (Isaías 53,5)

“Carregando a sua cruz”  –  (Post power point)


curados_pelas_chagas_de_cristo


“O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.” ( Salmos 30:5)  “Pela tarde, vem o pranto, mas, de manhã, volta a alegria. (Salmo 29,6)


… Geralmente o choro ocorre quando as pessoas são libertas de seus males e em um encontro fechado criamos momentos para que esta libertação seja facilitada e aconteça, chamamos de momento de cura “Interior” e costumamos realizar este momento na presença de Jesus Sacramentado, pois Se é Jesus quem nos cura, na sua presença então será muito mais fácil que isto aconteça realmente.

Jesus na verdade sempre poderá nos tocar e nos curar a qualquer tempo e em qualquer lugar, desde que o nosso coração esteja aberto para que isso aconteça, porém nos momentos em que exaltamos o Espírito Santo e invocamos a sua presença em nós, momento este em que somos Batizados no Espírito, mergulhados na sua presença e nos abrimos para que Ele penetre em nós ocorre o cumprimento daquela profecia de Ezequiel:



“Dar-vos-ei um coração novo e em vós porei um espírito novo; tirar-vos-ei do peito o coração de pedra e dar-vos-ei um coração de carne.”

(Ezequiel 36,26)



Coração de pedra 3


Este é o exato momento que as lágrimas correm, pois é o exato momento da transformação onde morre o homem velho cheio de traumas e pecados que foram lavados e perdoados nascendo o novo homem segundo a imagem de Cristo ressuscitado como um novo ser pronto para viver uma nova vida.


Observações:

(*) Escândalos, gritos e prantos:


Como dissemos antes, derramar lágrimas e chorar são emoções normais e fazem parte do ser humano, essas emoções não devem ser contidas, interrompidas e nem desprezadas e sim devem ser expostas sem ressentimentos e constrangimento, no entanto existem aqueles que exageram e fazem um verdadeiro espetáculo de vexame publicamente sem a menor necessidade.

Deus derrama suas graças em medidas sobre cada um de nós e não justifica que alguns explodam e outros não, mas ocorre que algumas pessoas não conseguem controlar suas emoções e outras porque gostam de fazer um teatro e aparecer em publico mesmo.

As equipes do Ministério de cura estão preparadas para enfrentar essas diversas atitudes e reconhecer as suas diferenças e atender essas pessoas imediatamente quando elas explodem em publico exatamente para evitar que as outras pessoas se escandalizem e interrompam o seu processo de cura.   Para que isso aconteça, caso a pessoa não se contenha com o atendimento in loco é recomendado que a mesma seja retirada do recinto publico para um local onde ela possa ser atendida em particular, é uma recomendação que não pode ser desprezada sendo até indicado que não se promova momentos de cura e repouso quando não se tenha uma equipe de atendimento preparada no local, porém esses fatos podem ocorrer em outros momentos não previstos e muitas vezes não há pessoas preparadas para o atendimento particular.


pessoa_chorando_sendo-atendida_oracao


Finalizando:


Lágrimas são sinônimos de cura & libertação é um ato de entrega e arrependimento que leva à transformação plena da pessoa, portanto devem ser bem recebidas e não reprimidas para incentivar a abertura do coração das pessoas para que elas encontrem essa experiência pessoal com Jesus que podem até trazer lágrimas em um primeiro momento, mas que finalizam com muita paz e alegria.


Outros temas a serem ponderados:


ARREPENDIMENTO: 

CONFISSÃO e PENITÊNCIA:

CONVERSÃO:



Extase_cume_da_oracao Alimento_Espiritual_Autêntico Repouso_no_Espírito_2
Experiência_com_Deus Aspirais_aos_Dons_Espirituais Vem_Espirito

Oração de Cura e Perdão – Pe. Robert DeGrandis, SSJ.



Oração de Cura e Perdão

Pe. Robert DeGrandis, SSJ


perd%25c3%25a3o-141

“É Ele quem perdoa as tuas faltas e sara as tuas enfermidades”(Sl 102, 3).

Senhor Jesus Cristo, hoje quero perdoar a mim mesmo por todos os meus pecados, faltas e tudo que há de mau em mim por tudo que acho que é mau. Senhor, perdoa-me por qualquer especulação no ocultismo, por ter recorrido à prancheta ouija, horóscopos, práticas espíritas, por ter procurado cartomantes, por ter acreditado em amuletos, por ter usado o Teu nome em vão, por não Te adorar, por ter ofendido meus pais, por ter-me embriagado, usado drogas, cometido pecados contra a castidade, adultério, abortos, roubos, mentiras. Eu me perdoo verdadeiramente. Senhor, quero ser curado por qualquer rancor, mágoa e ressentimento para contigo nas ocasiões em que achei que Tu enviavas mortes, doenças, desgostos e dificuldades financeiras à minha família e eu imaginava que fossem castigos. Perdoa-me, Jesus. Cura-me! Senhor, eu perdoo minha mãe pelas vezes que ela me magoou, me deixou ressentido, zangou-se comigo, castigou-me, deu-me preferência a meus irmãos e irmãs em meu prejuízo , chamou-me de pasmado, feio, estúpido ou acusou-me de dar muitas despesas à família, ou quando me disse que eu não havia sido desejado, que nasci por acaso, por engano ou não correspondera ao que ela esperava. Perdoo meu pai por todas as vezes em que não me deu apoio, pela sua falta de amor, falta de afeto, falta de atenção, falta de tempo, falta de companheirismo; pelas suas bebedeiras, pelas suas brigas, especialmente com minha mãe ou com os outros filhos, pela severidade de seus castigos, pelo abandono em que nos deixou, saindo de casa, divorciando-se de minha mãe, por suas ausências. Senhor, perdoo meus irmãos e minhas irmãs por me rejeitarem, por mentirem a meu respeito, por terem raiva de mim, por me magoarem, por disputarem comigo o amor meus pais, por me agredirem fisicamente ou fazerem minha vida desagradável de qualquer maneira. Eu os perdoo, querido Senhor. Senhor, perdoo meu marido (ou minha mulher) por sua falta de amor, falta de afeto, falta de consideração, falta de apoio, falta de comunicação, pelas tensões, pelas falhas, desgostos ou quaisquer outros atos ou palavras que me ofendem ou perturbam. Senhor, perdoo meus filhos por sua falta de respeito, de obediência, de amor, de atenção, de apoio, de compreensão, pelos seus maus hábitos, por quaisquer más ações que possam perturbar-me. Senhor, perdoo minha avó, meu avô, tios, tias, primos e primas que interferiram em nossa família e causaram confusão, voltando um pai contra o outro. Senhor, perdoo meus parentes por parte de meu casamento, especialmente minha sogra. Perdoo também meu sogro, cunhados e cunhadas.


curados_pelas_chagas_de_cristo


Senhor, rezo hoje, especialmente pela graça de perdoar meus genros e noras e outros parentes por afinidade que tratam meus filhos com falta de amor. Jesus, ajuda-me perdoar meus companheiros de trabalho que são agradáveis ou infelicitam minha vida. Aqueles que me empurram serviço, que falam mal de mim, que não querem cooperar comigo ou tentam tirar o meu emprego. Eu os perdoo hoje. Meus vizinhos precisam ser perdoados, Senhor. Por todo o barulho que fazem, por não cuidarem de sua propriedade, não prenderem seus cães e deixarem-nos passar para o meu quintal, por não recolherem suas latas de lixo, por nos prejudicarem e abusarem de nós, eu os perdoo. E agora perdoo meu pároco, a minha congregação e a minha Igreja por toda a falta de apoio, mesquinharia, falta de amizade, seus sermões, por não me afirmarem como deveriam, por não me proporcionarem inspiração, por não me usarem numa posição chave, por não me convidarem para servir em setores que exigem maior capacidade e por quaisquer outras ofensas que me tenham feito. Eu os perdoo hoje. Senhor, eu perdoo todos os profissionais que de alguma forma me tenham prejudicado – médicos, enfermeiras, advogados, policiais, funcionários de hospitais. Por qualquer coisa que me tenham feito, eu realmente os perdoo hoje. Senhor, perdoo o meu patrão por não me pagar um salário suficiente, por não valorizar o meu trabalho, por ser indelicado e injusto comigo, por irritar-se e por não se mostrar meu amigo, por não me promover e não fazer nenhum elogio ao meu trabalho. Senhor, perdoo meus professores e instrutores de meus tempos de estudante bem como os de agora. Perdoo aqueles que me castigaram, me humilharam, em insultaram, me trataram injustamente, caçoaram de mim, chamaram-me de bobo ou de estúpido ou me retiveram na escola depois das aulas. Senhor, perdoo meus amigos que me abandonaram, que perderam contato comigo, que não me apoiam, que não se mostram disponíveis quando preciso de ajuda, que me pediram dinheiro emprestado e não me pagaram, que falaram mal de mim. Senhor, Jesus, peço especialmente a graça do perdão para aquela determinada pessoa, em minha vida, que mais me ofendeu. Peço-Te que me ajudes a perdoar qualquer pessoa a quem eu considere como meu maior inimigo, aquela que me seja mais difícil perdoar ou aquela outra que eu jurei que jamais perdoaria. Obrigado, Jesus, por me estares libertando do mal da falta de perdão e eu Te suplico que me perdoes por todas as pessoas que foram ofendidas por mim. Obrigado, Senhor, pelo amor que através de mim veio para elas. Amém

Fonte: http://www.areajesus.com/perdao.htm
http://www.pmmi.com.br/

fomos-comprados-pelo-sangue-de-jesus


es_precioso_alto_preco o_que_dara_o_homem_em_troca_de_sua_alma calice_de_sangue_jesus_salvador


Dom_Cura_libertação

DOM DE CURA E LIBERTAÇÃO


Revesti-vos_da_armadura_de_Deus Tende_Misericordia_Senhor
Revesti-vos da Armadura de Deus perd%25C3%25A3o[1] Pecado_involuntario

Respostas sobre Repouso no Espírito.



Recebemos diariamente muitas indagações sobre Repouso no Espírito, já temos divulgações sobre o assunto que é bastante amplo com muitas considerações a fazer, porém as respostas podem ser específicas para cada duvida específica.



Moises_na_presença_de_Deus_sarça_ardente Resposta a diversas perguntas sobre sintomas e sentimentos que ocorrem nos momentos de oração e louvor! click aqui ==>


Repousar_em_verdes_prados_salmo_22

Pergunta:

Quem recebe o Espírito Santo é só quem repousa?

Não, porque!

Batismo no Espírito x Repouso no Espírito.

Podemos dizer sem sombra de dúvida que em ambos os casos são ações do Espírito Santo, logo onde está o Espírito Santo aí está presente todo o seu ser, sendo assim, quando o Espírito Santo age Ele necessariamente BATIZA a pessoa, pois considera-se que a pessoa precisa estar envolvida “plenamente Cheia” do Espírito Santo para sentir qualquer uma de suas manifestações, isto implica em afirmar que qualquer pessoa que estiver repousando no Espírito estará Batizada, cheia, mergulhada no Espírito, mas uma pessoa que estiver cheia, mergulhada e repleta do Espírito Santo não necessariamente ou obrigatoriamente deverá estar repousando no Espírito.

Existe um distinção entre uma coisa e outra:

Estar cheio do Espírito é ser Batismo no Espírito Santo.

Repousar no Espírito é apenas uma manifestação distinta de quem se enche do Espírito, Quem profetiza ou fala em línguas também está cheio do Espírito, quem faz milagres ou cura os enfermos também estará cheio do Espírito, porém quem se enche do Espírito não estará em repouso todas as vezes ou então não existiria nenhuma história que contasse os Milagres que Deus realizou através de seus Profetas e Santos no passado, isto porque, quem está em repouso, não está em ação e o repouso tem o objetivo de descansar e curar as pessoas, restabelecer as forças de cada um e não de agir, sendo assim podemos dizer que o Espírito nos enche para podermos agir, trabalhar em sua obra; pregar, anunciar, curar enfermos e etc.  Pois juntamente com o Batismo o Espírito nos enche com seus Dons de Trabalho em benefício do crescimento da Igreja, mas quando Ele nos dá o Repouso, simplesmente estaremos descansando e renovando as nossas forças nos preparando para uma ação futura.

Quando pregamos um SVE I temos o objetivo de realizar uma oração de Efusão no final do encontro para que as pessoas experimentem em seu coração o sabor da Presença do Espírito Santo, ou seja, se encham do Espírito ou com o termo mais conhecido, sejam “Batizadas no Espírito Santo”.

Este é o objetivo, porém dependendo do encontro, da abertura de cada pessoa que participa esta efusão pode atingir maior ou menor grau de eficiência, pois existem muitos fatores que ajudam ou atrapalham um bom resultado na Efusão.  

O que esperamos de uma boa Efusão é a verdadeira transformação e conversão dos corações, pois quando este coração se abre de verdade haverá sempre uma transformação interior que implicará em uma entrega total possibilitando a ação completa do Espírito Santo que se manifestará externamente através de louvor, lágrimas de conversão, dons de línguas, calor no corpo e outros diversos sintomas entre eles está também o repouso no Espírito, porém para quem auxilia uma Efusão não temos como observar o grau de ação do Espírito Santo em quem esteja apenas repousando, ou seja, esta ação é interior e somente a pessoa pode depois testemunhar o que sentiu, porém não manifestará exteriormente nenhum dos outros sintomas exteriores que possamos observar, sendo assim, esta efusão para ele pode se tornar apenas uma cura que é uma ação de libertação que é apenas um pré-requisito para a verdadeira transformação, isto porque, mesmo quando reservamos um momento para curar e libertar as pessoas antes da Efusão, são muitas as pessoas que chegam naquele momento sem estar plenamente curadas e assim a sensibilidade da pessoa em questão se limitara à uma cura, pois nem sempre se repete ou dá sequencia ao ato de oração após esta Efusão e que no caso deveria ser retornado para estas pessoas que apenas repousaram.   O que eu estranho neste fato que hoje ocorre é que no inicio das atividades da RCC este fato não ocorria, mas hoje quando oramos pela Efusão, a metade das pessoas caem em repouso, para mim nada mais é do que uma tendência de imitação, pois as pessoas aprendem que Repouso seria um SINÔNIMO de Batismo no Espírito e na verdade NÃO É, É SIM APENAS UM EFEITO.



So-em_deus_repousa_minha_alma_salmo_60



Pergunta:

O que de fato acontece quando repousamos no Espirito Santo?

Pode acontecer muita coisa, depende de cada pessoa em particular!

Como já foi descrito anteriormente com mais detalhes, seremos diretos nesta resposta.

Repouso é Repouso “*” a própria palavra e descrição da manifestação está dizendo do que se trata.  Analisando diversos testemunhos pessoais e comentários que foram descritos aqui neste Blog podemos dizer que se trata de um descanso e uma cura interior mais profunda.

  Deus não teria nenhum interesse em nos imobilizar sem nenhum motivo aparente, não teria motivo para nos por para dormir se não tiver uma razão para isso.  Sendo assim, quando repousamos entramos em um estado de descanso físico e mesmo que nossos sentidos permaneçam ligados acompanhando o que acontece em nossa volta podemos sentir também uma paz que nos invade o interior, sentimos alívio de problemas, mágoas mal perdoadas, dores de físicas etc.  

Podemos dizer que quando o Homem está bem acordado, ou totalmente consciente ele de certa forma coíbe com sua razão esta ação mais profunda de Deus, pois nós fazemos intervenções na vontade Divina e de certa forma direcionamos o que queremos que Ele faça e onde deva curar, mas nem sempre sabemos qual é a real razão de nossas dores.    Quando entramos em estado de repouso esta intervenção humana cessa por um instante e Deus começa a curar coisas que muitas vezes nem nos lembramos, cura traumas, pecados, mágoas, dores crônicas sem motivo causadas por Stress e preocupação, etc.

Em casos mais raros acontece também um Batismo no Espírito mais profundo atingindo áreas que anteriormente não foram atingidas.

A sensibilidade ao Repouso, a quantidade, o tempo e o grau de consciência durante o repouso pode variar de pessoa para pessoa, mas geralmente o Repouso não é muito longo a não ser em casos acompanhados de cura interior com pessoas com traumas mais profundos e reincidentes.

A queda: Não é um fator preponderante ou obrigatório, muitas vezes pensamos que todos somos obrigados a repousar, e que necessariamente seria preciso cair no chão de qualquer jeito e por isso muitas pessoas não se abrem ao Repouso, porém ninguém seria obrigado a Repousar no Espírito, principalmente porque via de regra a pessoa não precisa ser curada todos os dias, se bem que todos nós sempre precisamos de um bom descanso nos braços do Pai.   Ultimamente o Repouso no Espírito está mais conhecido e por este motivo está sendo mais utilizado se bem que existe uma restrição à promoção de Repouso no Espírito entre multidões, principalmente se não existir uma equipe preparada para o atendimento de cura interior no local.


Leia mais sobre Repouso no Espírito neste Blog: Click Aqui



Repouso_no_Espírito_2 colo-de-jesus

Armadura_do_Cristão_Efe_6

.



Pergunta:


Por que algumas pessoas choram e outras não quando recebem o Espírito Santo ?

Chorar ! Por que ?



Chorar é uma emoção humana muito comum!


jesus_consala_mulher_chorando


Mas por que as pessoas choram?

O texto ficou um pouco longo e foi transferido para um post particular.

Siga o Link Abaixo

Por que as pessoas choram ?




Extase_cume_da_oracao Alimento_Espiritual_Autêntico o-maior-tesouro-do-mundo
Experiência_com_Deus Aspirais_aos_Dons_Espirituais Vem_Espirito


Perdão e Reconciliação.



Perdoar

libertar a si mesmo para dar paz a mente e ao coração


Perdoar-para-ser-perdoado[1]



Perdoar e pedir perdão são atos de generosidade e humildade. Mas só se pede perdão ou se perdoa de verdade, quando houver sinceridade e abertura de coração.

Quem nunca cometeu um erro? Nunca precisou de um perdão por faltar com respeito com alguém, por mentir, decepcionar, enganar, omitir, machucar, por se exceder? Estamos cercados de sentimentos negativos, rancor, raiva, mágoa e que se não soubermos nos defender desses sentimentos, eles têm grande capacidade de destruição. Quem convive com esses sentimentos negativos sofre muito, pois acaba se privando de momentos de felicidade e paz interior. E não podemos nos esquecer dos malefícios que causam à saúde. Ao viver angustiado por um problema ou situação mal resolvida prejudicamos diretamente nossa saúde física, causando estresse, ansiedade, problemas com coração e pressão arterial. É o que chamamos de ‘somatização’. É o corpo assumindo a dor e o peso da alma.


19-marc3a7o-crianc3a7as-se-abrac3a7ando-copy[1]

Perdoar é um processo de libertação do ressentimento e de certa forma é uma doação sem esperar nada em troca.


O perdão é sincero e verdadeiro, quando dado e recebido não apenas em palavras e sim nos gestos. Você não precisa necessariamente perdoar para a sociedade, mas sim para você mesmo, pois é algo interno e individual. Perdoar é conseguir deixar para trás o passado e dar novas oportunidades ao presente, poder viver livre, leve e solto, sem essa preocupação.

Tão importante quanto perdoar é tomar a iniciativa de pedir perdão, algo que muitos não fazem por questão de orgulho. Assim como somos capazes de dar o perdão, quando erramos, devemos saber também tomar a iniciativa de pedir desculpas e ter recursos para reconquistar a confiança e respeito alheio. Reconhecer os próprios erros e ser capaz de mudar é sinal de amadurecimento e evolução.


Portrait of young man kissing his pretty young woman on forehead - outdoor


Na prática:

– Saiba exatamente como você se sente sobre o que aconteceu e seja capaz de expressar o que há de errado na situação.

– Não espere pedidos de desculpas dos outros nem da vida. Faça o que for preciso para se sentir melhor. O ato de perdoar é para você e para ninguém mais.

– Perdoar não significa necessariamente reconciliar-se com a pessoa que o feriu, nem tornar-se cúmplice dela. O que você deve buscar é a sua paz. O perdão é um poder pessoal.

– Em vez de concentrar-se nas suas mágoas, concentre suas energias na busca do amor e da bondade ao seu redor.

– Lembre-se sempre: “A maior vingança contra o inimigo é perdoá-lo. Ao perdoá-lo nos livramos dele, pois ele deixa de ser nosso inimigo. Já o ódio e a mágoa cultivam o inimigo dentro de nós” (Augusto Cury).  Perdoar é uma questão de escolha, é preferível ser feliz, saudável e livre.

Livros recomendados:

Perdão Restaurador (Josadak Lima) – O livro Perdão Restaurador (Josadak Lima) da Editora AD Santos mostra a importância do perdão e como perdoar de maneira verdadeira. “Serão oito estudos sérios extraídos da Palavra de Deus, tendo como base Mateus 18, que lhe darão subsídios para que você cresça e seja aperfeiçoado nesta área da vida cristã.” Certamente você experimentará mudanças significativas em seu próprio caráter durante e depois de estudar este tema.

Perdoa-nos Assim Como Nós Perdoamos (Daniel Alves Pena) – O livro Perdoa-nos Assim Como Nós Perdoamos (Daniel Alves Pena), mostra como perdoar é necessário em nossa vida de cristão. Muitos sentimentos estão prejudicando as pessoas por causa da falta de perdão. Perdoar não é fácil, mas é algo necessário. Em nosso processo de santificação também é necessário haver perdão, pois guardar rancor ou querer fazer justiça será um grande impedimento.


Texto: Cintia Cucco.

fonte: http://www.terapiasfontedevida.com.br

1ª fonte: www.minhavida.com.br



São Miguel Arcanjo Semana_da_Familia Tende_Misericordia_Senhor
250a2-obras_misericordia Familia_tesouro cartaz_familia_1-610x380[1]
Oração_ao_espirito_santo Presépio criança O_pai_das_misericordias_CN

POWER POINT – Oração pela família_padre_zezinho



Os bêbados e a canoa.



A Embriaguez deixa a pessoa fora de si e a confunde sobre a realidade, não seria apenas uma questão de PECADO ou não PECADO e sim de um facilitador ao PECADO, mas o pior de tudo não é que provoca a morte daquele que se embriaga, mas coloca em risco a vida dos inocentes que estão próximos ou que possam cruzar o caminho desta pessoa, por isso esta estorinha nos mostra claramente a situação ridícula que os ébrios enfrentam cotidianamente, mas que podem se livrar delas quando reconhecem seu erro e o entregam nas mãos de JESUS.

Estoria: Conteúdo do Livro “Ide e evangelizai os Batizados – Prado Flores” como exemplo da cegueira espiritual que o Pecado causa no homem.



2_bebados_na_canoa


Dois compadres muito amigos e companheiros de noitada, certa vez, foram a um bar, como de costume. O bar ficava do outro lado da margem do rio. Como o rio era largo, foram de canoa.

No bar, os dois tomaram todas e encheram a cara. Já tarde da noite, resolveram voltar para casa.

Foram para a beira do rio, entraram na canoa e um disse ao outro: “Você dorme um pouco e eu fico remando; depois a gente troca e você rema o restante”.

E assim fizeram: Um remava um pouco, depois trocava com outro e remaram a canoa a noite toda até ficarem exaustos e acabaram dormindo os dois.

Quando o dia amanheceu e já havia passado um pouco o efeito da cachaça, eles perceberam que estavam no mesmo lugar, começaram então a discutir entre eles acusando um ao outro de não ter remado o barco na sua vez, mas ambos se defendiam dizendo que haviam remado até se cansar.

Então por que motivo não conseguiram atingir o objetivo que era o outro lado do rio?

Quando resolveram retomar a empreitada da travessia perceberam que o barco não se movia mesmo com os dois amigos remando o barco ao mesmo tempo.

Foram ver o motivo: A canoa estava amarrada na beira do cais, haviam se esquecido de desamarrar a canoa!

É por isso que se diz:

” Se for dirigir, não beba e se for beber não dirija.”

… o mesmo vale para quem vai remar a canoa na travessia do rio.

Reflexão:

O Pecado é como uma corda que nos amarra e nos impede de ser verdadeiramente livres, quem vive no pecado é como se estivesse embriagado, pensa que é livre e não percebe que é escravo do pecado, pensa que faz a sua vontade quando quer, mas na verdade faz a vontade do pecado quando não quer. O pecado é como as trevas que nos cegam e nos impedem de ver o caminho a seguir com clareza, por isso é imprescindível desamarrar a corda do pecado antes de começar a remar o seu barco rumo a Deus. 

Quem vive no pecado faz exatamente como os bêbados:

“Cuidado para que vossos corações não fiquem pesados por causa dos excessos, da embriaguez e das preocupações da vida. E assim o Dia do Senhor vos pegará de surpresa” (S. Lucas 21,34).

Não sejais imprudentes, mas procurai compreender qual seja a vontade de Deus. Não vos embriagueis com vinho, que é uma fonte de devassidão, mas enchei-vos do Espírito. Recitai entre vós salmos, hinos e cânticos espirituais. Cantai e celebrai de todo o coração os louvores do Senhor. (Efésios 5, 17-19)



Pecado_maça_Serpente_Rom_3_23

Presépio criança