Dez bons motivos para se ler a Bíblia Católica.



POR QUAL MOTIVO EU LERIA A BÍBLIA?


A_Bíblia_eh_um_tesouro_100_2619


          Muitas pessoas não tem o costume de ler a Bíblia, outros tem preguiça mesmo, tem os que preferem ler outras coisas até mesmo com muitas paginas a mais, isto só porque não sabem o que estão perdendo, pois depois que experimentam um pouquinho lamentam o tempo que foi perdido, por isso não perca mais tempo em sua vida, comece a ler a Bíblia agora mesmo, estou passando aqui apenas 10 razões para que você faça isso, porém existem muito mais a encontrar dentro deste tesouro.



1 – Para ter alegria.

Sem a Palavra de Deus, é impossível viver livre da ansiedade e inquietação:

“Vós me ensinareis o caminho da vida, há abundância de alegria junto de vós, e delícias eternas à vossa direita.” (Salmo 15,11).

“Neemias disse-lhes: Ide para as vossas casas, fazei um bom jantar, tomai bebidas doces, e reparti com aqueles que nada têm pronto; porque este dia é um dia de festa consagrado ao nosso Senhor; não haja tristeza, porque a alegria do Senhor será a vossa força. (Neemias 8,10)


2 – Para ter paz.

O Senhor lhe concederá a paz que o mundo não lhe pode dar. Primeiro, porém, você precisa encontra-la na Palavra de Deus:

Grande paz têm aqueles que amam vossa lei: não há para eles nada que os perturbe. (Salmo 118,165).


 3 – Para receber cura & libertação.

Você precisa estudar a Palavra de Deus para descobrir em que áreas necessita de libertação

“Enviou a sua palavra para os curar, para os arrancar da morte.” (Salmo 106,20) 

E Jesus dizia aos judeus que nele creram: Se permanecerdes na minha palavra, sereis meus verdadeiros discípulos; conhecereis a verdade e a verdade vos livrará(João 8,31-32).  


 4 – Para ter sabedoria.

O conhecimento da Palavra de Deus é o ponto de partida para você desenvolver sabedoria

“A lei do Senhor é perfeita, reconforta a alma; a ordem do Senhor é segura, instrui o simples.” (Salmo 18,8)

“Porque meu povo se perde por falta de conhecimento; por teres rejeitado a instrução, excluir-te-ei de meu sacerdócio; já que esqueceste a lei de teu Deus, também eu me esquecerei dos teus filhos.” (Oséias 4,6)


 5 – Para saber aonde você está indo.



Você não tem como prever o futuro nem como saber exatamente para onde está rumando, mas a Palavra de Deus a guiará

“Vossa palavra é um facho que ilumina meus passos, uma luz em meu caminho.” (Salmo 118,105).  

“Eis o que diz o Senhor, teu Redentor, o Santo de Israel: eu sou o Senhor teu Deus, que te dá lições salutares, que te conduz pelo caminho que deves seguir.” (Isaías 58,17)


 6 – Para ter sucesso.

Quando você vive de acordo com os ensinamentos da Bíblia, seus caminhos prosperaram e você é bem-sucedido

“Traze sempre na boca (as palavras) deste livro da lei; medita-o dia e noite, cuidando de fazer tudo o que nele está escrito; assim prosperarás em teus caminhos e serás bem-sucedido.” (Josué 1,8).

“Já sei que o Senhor reservou a vitória para seu ungido, e o ouviu do alto de seu santuário pelo poder de seu braço vencedor.” (Salmo 19,7). 


 7 – Para viver em pureza.

A fim de desfrutar mais da presença de Deus, você precisa viver em santidade e pureza. Para isso, precisa ser purificado por meio da Palavra de Deus

“Como um jovem manterá pura a sua vida? Sendo fiel às vossas palavras.” (Salmo 118,9).

“Lavai-me totalmente de minha falta, e purificai-me de meu pecado. …  Aspergi-me com um ramo de hissope e ficarei puro. Lavai-me e me tornarei mais branco do que a neve. (Salmo 50, 4-9)


 8 – Para obedecer a Deus.

Se você não entender as leis de Deus, não terá como obedecer-Lhe

“Mostrai-me, Senhor, o caminho de vossas leis, para que eu nele permaneça com fidelidade. Ensinai-me a observar a vossa lei e a guardá-la de todo o coração. Conduzi-me pelas sendas de vossas leis, porque nelas estão minhas delícias. Inclinai-me o coração às vossas ordens e não para a avareza. (Salmo 118,33-35).


 9 – Para crescer na fé.

Não é possível crescer na fé sem ler e ouvir a Palavra de Deus

“Logo, a fé provém da pregação e a pregação se exerce em razão da palavra de Cristo.” (Romanos 10,17).

Antes crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. (II Pedro 3,18)


 10 – Para discernir entre o bem e o mal.

Nos tempos de relativismo em que vivemos, precisamos ainda mais da Palavra de Deus para fazer distinção entre o certo e o errado.

“O homem espiritual, ao contrário, julga todas as coisas e não é julgado por ninguém.” (II Coríntios 2,15)

Ora, quem se alimenta de leite não é capaz de compreender uma doutrina profunda, porque é ainda criança. Mas o alimento sólido é para os adultos, para aqueles que a experiência já exercitou na distinção do bem e do mal. (Hebreus 5,13-14)

E temos ainda outras milhares de razões…



Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto” (Isaías 55,6)


“Virão dias – oráculo do Senhor Javé – em que enviarei fome sobre a terra, não uma fome de pão, nem uma sede de água, mas (fome e sede) de ouvir a palavra do Senhor. 12. Andarão errantes de um mar a outro, vaguearão do norte ao oriente; correrão por toda parte buscando a palavra do Senhor, e não a encontrarão. (Amós 8)


ainda+d%25C3%25A1+tempo%2521[1]


“Tu, porém, permanece firme naquilo que aprendeste e creste. Sabes de quem aprendeste.  E desde a infância conheces as Sagradas Escrituras e sabes que elas têm o condão de te proporcionar a sabedoria que conduz à salvação, pela fé em Jesus Cristo.  Toda a Escritura é inspirada por Deus, e útil para ensinar, para repreender, para corrigir e para formar na justiça.  Por ela, o homem de Deus se torna perfeito, capacitado para toda boa obra.” (II Timóteo, 3, 14-17)


Familia_tesouro

MINHA FAMÍLIA, MEU MAIOR TESOURO.

VALORIZE OS TESOUROS DE SUA FAMÍLIA.


O Vaso Rachado

TEMOS UM TESOURO EM VASOS DE BARRO.

O VASO RACHADO.



Biblia_catolica_on_line mes_biblia[1]
Biblia_chave_carro Quem sou faz a diferença Tende_Misericordia_Senhor

BAIXE Os SLAID’s EM POWER POINT PARA VISUALIZAR OS EFEITOS




 Dinâmica do baú do tesouro escondido.

http://coisinhasdajack-coisinhasdajack.blogspot.com.br/2011_12_23_archive.html?view=classic


As tempestades da vida.



As tempestades da vida, como os milagres, podem apresentar desafios terríveis, bem como oportunidades para crescermos. Mas faz grande diferença o tipo de tempestade em que estamos.

Jesus_acalma_tempestade_2

“O texto é baseado no Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 14, 22-33


 Algumas tempestades, embora enviadas pelo diabo podem provar-nos e convidar-nos a usar a revelação, que já temos. Há milagres esperando para acontecer, como nesta passagem de (S. Marcos 4,35-41).

À tarde daquele dia, disse-lhes: Passemos para o outro lado. Deixando o povo, levaram-no consigo na barca, assim como ele estava. Outras embarcações o escoltavam. Nisto surgiu uma grande tormenta e lançava as ondas dentro da barca, de modo que ela já se enchia de água. Jesus achava-se na popa, dormindo sobre um travesseiro. Eles acordaram-no e disseram-lhe: Mestre, não te importa que pereçamos? E ele, despertando, repreendeu o vento e disse ao mar: Silêncio!

Cala-te! E cessou o vento e seguiu-se grande bonança. Ele disse-lhes: Como sois medrosos! Ainda não tendes fé? Eles ficaram penetrados de grande temor e cochichavam entre si: Quem é este, a quem até o vento e o mar obedecem?

Mas há outros tipos de tempestades que Deus envia para mostrar–nos que estamos indo na direção errada, como esta, que conhecemos: O Senhor porém, fez vir sobre o mar um vento impetuoso, e Levantou no mar uma tempestade  tão grande que a embarcação ameaçava espedaçar-se. Aterrorizados, os marinheiros puseram-se a invocar cada qual o seu deus, e atiraram no mar a carga do navio para aliviarem-no. Entretanto, Jonas tinha descido ao porão do navio e, deitando-se a1i, dormia profundamente. Veio o capitão e o despertou: Dorminhoco! Que estás fazendo aqui? Levanta-te, e invoca o teu Deus, para ver se ele se lembra talvez de nós e nos livra da morte. (Jn1, 4-6).

Vemos nestas passagens, duas tempestades, e diferentes objetivos para cada uma. Uma foi enviada por Deus, a outra pelo diabo. Cada situação envolvia um homem dormindo na embarcação. Uma, pela depressão e como fuga para escapar de sua desagradável realidade, e a outra, porque ele estava vivendo a partir do Reino para a terra, e no Reino não há tempestade.

A pergunta é: qual a tempestade em que você está? E você está lidando com ela do modo como Deus quer que você faça? Você deixou os milagres que já presenciou levá-lo a uma posição de fé adequada para seu desafio de agora?

A tempestade dos discípulos foi enviada pelo diabo, para separá-los da vontade de Deus. Algumas pessoas foram enviadas por Deus, para fazê-lo voltar à Sua vontade. Algumas pessoas enfrentam tempestades porque foram para a esquerda quando Deus foi para direita. Em sua misericórdia, Deus traz uma tempestade para levá-los de volta. Outros enfrentam tempestades porque estão no meio da vontade de Deus. Ele não gosta da tempestade, mas quer treiná-los a usar os instrumentos que já lhes deu para acalmar a tempestade.

A maioria de nós encontra-se numa tempestade e logo conclui que o que tem a fazer é clamar a Deus para intervir e mudar as nossas circunstâncias. Mas este não é o propósito da tempestade; se somente gritamos, estamos abdicando de nosso papel num milagre. Deus nunca permite uma tempestade sem primeiro prover os instrumentos para acalmá-la. Ele quer que usemos esses instrumentos para trazer um resultado miraculoso. Pensem no seu maior conflito ou maior crise do ano passado. Eu lhes garanto que, se bem examinarem, poderão identificar os instrumentos que estarão na barca conosco, mas o inimigo soprará ventos de medo para fazer-nos esquecer onde eles estão.

Muitos veem a tempestade, e rezam o que os discípulos rezaram quando viram Jesus dormindo na barca:Não te importas se estamos perecendo? Jesus levantou-se e respondeu à sua oração. Muitos de nós ficamos contentes quando Deus responde a nossas orações. Podemos até aplaudir os discípulos por fazerem a coisa certa naquelas circunstâncias. Mas Jesus voltou-se para eles e disse: Como, ainda não tendes fé? Um momento, podem eles ter pensado, eu tenho bastante fé para vir falar contigo. E fizeste o que pedi! Eu pensei que eu tinha que pedir e tu tinhas que fazer! Não, não é assim. É de nossa responsabilidade ordenar que aquele obstáculo desapareça. A maior parte do ministério de muitos envolve tentar fazer com que Deus resolva problemas na terra, quando nós é que deveríamos estar ordenando às tempestades que se acalmassem. Deveríamos ver as situações da perspectiva do céu e declarar a palavra do Senhor e observar o céu invadir a terra!

Dom Cipriano Chagas  Data: 11/05/2015

http://www.santateresinhago.com.br/


È_O_Senhor_2

É o Senhor



Link’s para outras Mensagens:


O_barco_de_Jesus_na_tempestade_crise Tocar_o_Senhor jesus_rei_senhor
Sou_tua_ovelha_Senhor Salva_me_Senhor Tende_Misericordia_Senhor

Dinâmica – Enfrentando e Vencendo os desafios com Fé.


DINÂMICA SOBRE FÉ.

Objetivo: Despertar no catequizando confiança em Deus para enfrentar e superar os problemas de sua vida.

Mostrar que a nossa fé é a força para a caminhada cristã e só por ela venceremos os obstáculos que dificultam a nossa missão.

VENCENDO OBSTÁCULOS

OBSTACULOS_DIA_A_DIA

1. Material:

Bola pequena não muito leve, De seis a Doze garrafas PET de refrigerante ou água descartáveis, transparentes e com tampa; tinta guache (diversas cores) e etiquetas adesivas.

Primeiramente, vamos encher as garrafas com água. Para dar um colorido a cada uma das garrafas é só misturar um pouco de guache na água. Escreva nas etiquetas de seis a doze obstáculos que dificultem a missão de evangelizar e que nos afastam de Deus, como por exemplo: egoísmo, inveja, etc.

Faz parte da dinâmica colher as sugestões do grupo e escreva as sugestões acolhidas dos participantes do grupo e cole nas garrafas coloridas .

Bola_fe

Na bola você irá afixar uma etiqueta com a palavra FÉ.

Começa o jogo, todos deverão mirar os obstáculos e jogar a bola para tentar derrubá-los.

Imite um jogo de boliche, ou coloque em uma só fileira, Faça uma competição ou apenas revese as jogadas entre as pessoas do grupo para ser mais rápido. 

Ganha quem conseguir derrubar todos os obstáculos. Termine fazendo uma reflexão, mostrando que aqueles que creem em Deus são capazes de superar todos os obstáculos e realizar grandes obras em Seu nome.


Presentepravoce

Presentepravoce


FOI DEUS
O_equilibrista_e_a_Fé Dom_Fé_Milagres



Eu sou a Videira Verdadeira.


Vos sois os Ramos


Eu_sou_a_Videira_Verdadeira


Jesus se identifica aos apóstolos de várias maneiras. Como para os humanos nem sempre é fácil entender as coisas sobrenaturais, usa de parábolas, comparações e alegorias. Depois de se apresentar como o Caminho, Verdade e Vida, de revelar-se como Bom Pastor das ovelhas e porta do redil, se compara à videira da qual fazem parte os ramos e os frutos. Tal comparação é uma consolação para os que nele creem e o amam de verdade, pois ele os inclui na sua própria identidade. “Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo se não permanecer na videira, assim também vós não podeis dar fruto se não permanecerdes em mim” (Jo 15, 4).

São Paulo compara o corpo de Cristo à Igreja (cf I Cor. 12, 12-14). Ela, na verdade, é o corpo místico do Senhor. Somente pertence a ela, quem pertence a Cristo.

A comparação da videira já havia sido utilizada pelos profetas Isaías, Jeremias e Ezequiel referindo-se ao povo de Israel. Porém, o povo de Israel na história se revelou infiel e não produziu os frutos esperados. Eis a razão pela qual o Senhor se apresenta como a Verdadeira Videira. Quem está nele, unido a ele que é o tronco, este necessariamente produz frutos de caridade, de bondade, de justiça, de fraternidade, de humildade, de serviço ao próximo, sobretudo aos sofredores. Inúmeros são os frutos que resultam de uma verdadeira e íntima união com Cristo. A produção de frutos que são as boas obras oriundas do mandamento novo, Amai-vos uns aos outros como eu vos amei” (Jo. 13,34), são indispensáveis para se pertencer a Cristo Jesus, de tal forma que em não produzindo-as, o Pai, que é o agricultor, corta os ramos e os separa definitivamente do tronco. Porém, também o ramo que produz fruto deve ser, de vez em quando, limpo, podado. São os sofrimentos, os problemas que cada um que se decide a ser inteiramente de Cristo tem que enfrentar. Não duvidemos: não há Cristo sem cruz, não há cristianismo sem sacrifícios. O livro dos Atos dos Apóstolos, bem como a história da Igreja, estão cheios de exemplos de provações, tribulações, martírios físicos ou morais que acompanham a todos os que estão legitimamente são inseridos como ramos no tronco da videira que é Cristo.

Lembremo-nos ainda que toda árvore é constituída de tronco, ramos, frutos, mas também de raízes e de seiva. As raízes podem ser comparadas à parte da Igreja que vive no escondimento dos mosteiros ou no silêncio das terras longínquas da missão. Também podem se assemelhar à parte silenciosa em nós mesmos que devemos renunciar a qualquer honraria humana para viver nossa fé e praticar as boas obras. Não foi Jesus que afirmou: “que sua mão esquerda não saiba o que faz a direita”? (cf. Mt 6, 1-4). Na árvore de Cristo não cabem exibições, como na Igreja não se pode suportar o carreirismo e a sede de poder. Certamente os ciúmes são definitivamente artimanhas do inimigo que deseja ver secos os ramos da videira do Senhor.

A seiva, contudo é a vida da árvore. Sem ela os ramos secam e acabam por desaparecer. Permanecer unido a Cristo significa receber de sua seiva continuamente. A seiva é o Espírito Santo, é a força do ressuscitado, é a vida da Igreja e de cada pessoa. Assim como a seiva é praticamente invisível, a maneira de recebê-la em continuidade é a oração que também é algo imaterial e intangível. Quem perdeu a capacidade de rezar, começou a secar e pode se tornar lenha para a fogueira. Sem mim, nada podeis fazer! (Jo.15, 5) afirma Jesus. Contudo, se permanecerdes em mim e minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes e vos será dado (Jo.15,7). Ó, como isso é consolador! Na união com Cristo está a solução para todas as situações, ainda que pareçam humanamente impossíveis. O segredo está em permanecer vivamente enxertados em Cristo, dele recebendo a benfazeja seiva, para produzir abundantes frutos para a glória do Pai.

Por Dom Gil Antônio Moreira – Arcebispo de Juiz de Fora (MG)


Perseverança


Fruto_Espírito SVE-I
Antiga_Aliança_02 Sete_dons
Seminário de Vida no Espirito Seminário de Vida no Espirito Seminário de Vida no Espirito

Dinâmica da caneta dentro da garrafa.



Descrição – A caneta na Garrafa


Caneta_na_garrafa_3


Objetivo: Fortalecimento da união de um grupo e experimentar a importância da cooperação na facilitação da conclusão de uma tarefa ou objetivo comum que foi proposto.

Grau de dificuldade: fácil, médio e ou difícil.

Fase do grupo: indiferente ou Liderança.

Dimensão do grupo: entre 8 e 16 participantes;

Duração: aproximadamente 5 minutos;

Materiais necessários: uma caneta, uma garrafa vazia, um rolo de cordão; Cortar o cordão em tamanhos de mais ou menos três metros amarrando-os no centro com uma caneta pendurada com mais ou menos 20 Cm de cordão.

Obs: o tamanho dos cordões e a distância influem diretamente no grau de dificuldade.

Local: Sala ampla.

Variações de dificuldade: Vide mais abaixo, podendo ser aplicadas em conjunto, uma após a outra ou separadamente.

Desenvolvimento: Os participantes fazem um círculo e no meio será colocada uma garrafa vazia. Cada participante segura na ponta de um cordão que estará ligado a uma caneta no centro e aos outros cordões serão distribuídos em outras direções para os colegas do grupo que irão segurar nas outras pontas opostas.

O objetivo do jogo é colocar a caneta dentro da garrafa apenas segurando nas pontas dos cordões, como está exemplificado nas imagens abaixo.


Caneta_na_garrafa_2 Caneta_na_garrafa_1

Aplicação 1: Apenas como descontração do grupo, escolher apenas o modelo mais fácil que gastará pouco tempo e não precisará de avaliação.

Aplicação 2: Descobrir e treinar lideranças, escolher os modelos mais difíceis e avaliar o desempenho.

Variações de dificuldade:

Fácil: cada um pega na ponta do cordão podendo falar e coordenar a vontade.

Fácil -: Cada um pega na ponta do cordão, mas não podem falar nada, mantendo silêncio.

Médio: Cada um segura o cordão, podem falar, mas ficam de costas.

Médio: Cada um pode amarrar o cordão na cintura.

Difícil (+): Os Participante seguram os cordões, porém ficam andando em círculo enquanto tentam o equilíbrio.

Difícil: (Teste de Liderança) Cada um segura o cordão, mas estarão de olhos vendados e uma pessoa ficará no comando como líder.

Escalar um ou dois candidatos a Líder,

Detalhe: Para facilitar a liderança o candidato a Líder deve conhecer o nome de todos os liderados vendados, isto pode ser exposto antes aos candidatos ou deixar que eles descubram por si mesmos durante a execução da tarefa.

Neste caso o segundo candidato na tentativa sempre levará a vantagem do aprendizado do primeiro.

Complicando: Objetivo de avaliação da rapidez na percepção e solução de problemas:

Na fase fácil você pode combinar com uma, duas ou três pessoas que estarão em lados diferentes e agindo separadamente sem que as outras pessoas saibam, elas irão sabotar a ação do grupo atrapalhando discretamente o equilíbrio da caneta até serem descobertos, aí sim deixará seguirem livremente sem sabotagem a conclusão da tarefa que é muito fácil.




Dinâmica
Sete_dons

Tres_garrafas_2

Dinâmica das três garrafas.


Exemplificar de modo didático o termo “Batismo”, submersão, imersão molhar e permanecer molhado, para se compreender a ação de Deus dentro do coração do homem através dos Sacramentos do Batismo e da Confirmação.


911 – Resolva qualquer problema a qualquer hora.


Ligações de emergência e a qualquer hora


Seja lá qual for a sua necessidade, Deus estará sempre de braços e ouvidos abertos para te atender.



13. Quando eu cerrar os céus, e não houver mais chuva, quando ordenar aos gafanhotos que devorem a terra, ou quando enviar a peste contra meu povo, 14. se meu povo, sobre o qual foi invocado o meu nome, se humilhar, se procurar minha face para orar, se renunciar ao seu mau procedimento, escutarei do alto dos céus e sanarei sua terra. 15. Doravante meus olhos estarão abertos e meus ouvidos atentos às preces feitas neste lugar,     

(II Crônicas, 7, 13 a 16)



Agenda_bíblica


LIGUE AGORA MESMO !


Esses telefones de emergência podem ser discados diretamente. Nenhum operador de assistência faz-se necessário Todas as linhas do céu estão abertas 24 horas por dia!

Basta clicar nos links abaixo:


Quando estiver triste,

ligue João 14

Quando pessoas faltarem com você,

ligue Salmos 27

Se você quer ser frutífero,

ligue João 15 – A Videira Verdadeira

Quando você estiver nervoso,

ligue Salmo 50

Quando você estiver preocupado,

ligue Mateus 6:19-34

Quando você estiver em perigo,

ligue Salmo 90

Quando Deus parecer distante,

ligue Salmo 138

Quando sua fé divina precisar ser ativada,

ligue Hebreus 11 – Um teste de Fé.

Quando você está solitário e com medo,

ligue Salmos 22

Quando você for áspero e crítico,

ligue 1 Corintios 13

Para saber o segredo da felicidade de Paulo,

ligue Colosenses 3:12-17

Para ideia de Cristianismo,

ligue 2 Corintios 5:15-19

Quando você sentir-se triste e sozinho,

ligue Romanos 8:31-39 – Noites Traiçoeiras

Quando você quiser paz e descanso,

ligue Mateus 11:25-30

Quando o mundo parecer maior que Deus,

ligue Salmos 89

Quando você quiser a garantia de Cristo,

ligue Romanos 8:1-30

Quando você deixar a casa para trabalhar ou viajar,

ligue Salmo 120

Quando suas orações forem estreitas ou egoístas,

ligue Salmo 66

Para uma excelente oportunidade ou invenção,

ligue Isaias 55

Quando você quer coragem para fazer uma tarefa, um dever,

ligue Josué 1

Como ficar junto com companheiro,

ligue Romanos 12

Quando você pensa em investimentos / retornos,

ligue Marcos 10

Se seu livrinho de bolso está cheio,

ligue Salmos 37

Se você perdeu a confiança nas pessoas,

ligue 1 Corintios 13

Se as pessoas parecem indelicadas,

ligue João 15

Se você está desencorajado com o trabalho,

ligue Salmos 125

Se você acha que o mundo e você estão crescendo pouco,

ligue Salmos 18



Semeando a cultura de Pentecostes


Biblia_catolica_on_line Oração_abre_as_portas_para_a_presença_de_Deus


Fé nos Reveses da Vida.



Palestra preparada para ser utilizada em encontro de Casais:

“A Fé nos Reveses da Vida”




Objetivo do Tema:

Mostrar o que é a  no seu verdadeiro sentido, o supões a Fé e como o homem de fé enfrenta os problemas difíceis da vida.   Definir fé e testemunhá-la como dom Gratuito de DEUS; adesão pessoal na medida em que nossa abertura permite a ação de Deus em nossa existência.   Fé no Cristo como Salvador e Redentor do Gênero Humano.   Testemunhar como, pela fé, foram vencidos os problemas da vida, ou como pelas provações da vida, foi redescoberta a nossa Fé.


Fundamentação Bíblica:

Mateus 8, 5-13; 8, 23-27; 9, 27-31; 14, 22-36; 17, 19-21; 21, 18-22; Marcos 5, 32-34; 9, 23-24; 11, 20-22; Lucas 17, 5-6; João 1, 13-22; 2, 9-10; Romanos 1, 17; Hebreus 11, 1-39; 1 João 4, 1-5;  E Outros


Conceito:

Substantivo Feminino; Crença em algo que não está ou não pode ser comprovado. Qualidade do devoto religioso; Crença na existência e no poder de Deus; Sentimento de que algo é verdadeiro ou vai acontecer. Crédito, confiança.

(do Latim fides, fidelidade e do Grego pistia[1] ) é a firme opinião de que algo é verdade, sem qualquer tipo de prova ou critério objetivo de verificação, pela absoluta confiança que depositamos nesta idéia ou fonte de transmissão.

A acompanha absoluta abstinência à dúvida pelo antagonismo inerente à natureza destes fenômenos psicológicos e lógica conceitual. Ou seja, é impossível duvidar e ter fé ao mesmo tempo. A expressão se relaciona semanticamente com os verbos crer,

Segundo o Compêndio do Catecismo da Igreja Católica (CCIC), a fé “é a virtude teologal pela qual cremos em Deus e em tudo o que Ele nos revelou e que a Igreja nos propõe para acreditarmos, porque Ele é a própria Verdade. Pela fé, o homem entrega-se a Deus livremente. Por isso, o crente procura conhecer e fazer a vontade de Deus, porque «a fé opera pela caridade»” (Gálatas 5:6).

Definição de Fé: Segundo a carta aos Hebreus,

“A Fé é o fundamento da esperança; É uma certeza a respeito daquilo que não se vê.“

A FÉ é a certeza que vamos receber as coisas que esperamos e a prova que existem coisas que não podemos ver. ( Hb 11,1 ) É pela FÉ que entendemos que o universo foi criado pela palavra de Deus e que aquilo que pode ser visto foi feito daquilo que não se vê. ( Hb 11,3 )

Sem FÉ ninguém pode agradar a Deus porque quem vai a Ele precisa crer que Ele existe e que recompensa os que procuram conhecê-lo melhor. ( Hb 11,6 )

Ou seja, é acreditar com o coração. Muito mais do que uma simples crença racional.

± A Fé é o alimento da alma e sustento para nossa vida.

A FÉ de Abraão

– “O Pai de todos os crentes” a epistola aos Hebreus, no grande elogio à FÉ dos antepassados, insiste particularmente na FÉ de Abraão:

“Foi pela FÉ que Abraão, respondendo o chamado obedeceu e partiu para uma terra que deveria receber como herança, e partiu sem saber para onde ia.” (Hb 11,8 )

Pela FÉ viveu como estrangeiro e como peregrino na Terra Prometida.

Pela FÉ Sara recebeu a graça de conceber o filho da promessa.

Pela FÉ, finalmente, Abraão ofereceu seu filho único em sacrifício. (145)

A Bíblia narra para nós vários exemplos e testemunhos de Fé.

A começar pelo livro do Gênesis que nos convida a crer na criação do universo pela Palavra e pela vontade de Deus, passando pela Fé de Moisés ao ponto de abrir o Mar Vermelho, pela vida de Abraão, pelas experiências de Bartimeu, da mulher hemorrágica, do centurião, do cego de Jericó e culminando com as promessas do livro do Apocalipse.

Em todas as passagens bíblicas vemos que Deus agiu diretamente na vida do homem através da Fé de cada um.   As curas, os milagres e prodígios realizados por Deus e posteriormente pelo seu Filho Jesus, que Ele tudo pode e realiza todas as coisas, eram sempre condicionados ao querer individual do ser humano – em crer ou não que aquela história poderia ter um final diferente.

Sendo assim, a Fé é uma adesão, uma opção pessoal incondicional do homem a Deus.

Para vivermos uma fé verdadeira, precisamos crer incondicionalmente na manifestação de Deus em nossa vida.




Os Reveses da Vida:

            Os Discípulos eram fracos: – Vacilavam na Fé, Dormiam, não oravam, agiam por impulso, eram egoístas, eram medrosos, eram covardes e ficaram em silêncio ao verem Jesus sendo preso, não curavam os enfermos como Jesus, não expulsavam os espíritos maus e etc.

O que nós queremos relembrar e mostrar aqui é uma verdade bem aceita pela Igreja:

Os Discípulos de Jesus assim como cada um de nós, também não eram Santos e Perfeitos, eram sim fracos e pecadores, não conseguiam realizar as obras que Jesus realizava, foram varias as vezes que Jesus censurou a incredulidade e a fraqueza daqueles que o seguiam, não com o objetivo de desanimá-los ou afastá-los de si, mas sim com o objetivo de acordá-los para uma nova realidade que passariam a enfrentar logo após a sua partida, já que sozinhos no mundo iriam passar por tribulações e tempestades e como Ele havia acalmado e vencido as tempestades agora era chegada a hora de colocarem à prova a fé recebida de Jesus.

Qual O Tamanho de sua Fé?

Jesus respondeu-lhes: Por causa de vossa falta de fé. Em verdade vos digo: se tiverdes fé, como um grão de mostarda, direis a esta montanha: Transporta-te daqui para lá, e ela irá; e nada vos será impossível. (São Mateus 17,20)

Você é um Homens de Pouca Fé?

E Jesus perguntou: Por que este medo, gente de pouca fé? Então, levantando-se, deu ordens aos ventos e ao mar, e fez-se uma grande calmaria. (São Mateus 8, 26)

No mesmo instante, Jesus estendeu-lhe a mão, segurou-o e lhe disse: Homem de pouca fé, por que duvidaste? (São Mateus 14, 31)

Vá em paz, a tua Fé te Salvou:

A mulher hemorrágica “Se eu somente tocar na sua vestimenta ficarei curada…”

Jesus virou-se, viu-a e disse-lhe: Tem confiança, minha filha, tua fé te salvou. E a mulher ficou curada instantaneamente. (São Mateus 9,22)

Um Leproso entre 10 retorna para agradecer Jesus por sua cura.

E acrescentou: Levanta-te e vai, tua fé te salvou. (São Lucas 17,19)

A Fé nos liberta dos Pecados e Cura todo Mal:

2. Eis que lhe apresentaram um paralítico estendido numa padiola. Jesus, vendo a fé daquela gente, disse ao paralítico: “Meu filho, coragem! Teus pecados te são perdoados.”

6.  Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem na terra o poder de perdoar os pecados: Levanta-te – disse ele ao paralítico -, toma a tua maca e volta para tua casa.” 7. Levantou-se aquele homem e foi para sua casa.

A Fé age também à distância: (Mateus 8, 5:13)

10. Ouvindo isto, cheio de admiração, disse Jesus aos presentes: Em verdade vos digo: não encontrei semelhante fé em ninguém de Israel. …13. Depois, dirigindo-se ao centurião, disse: Vai, seja-te feito conforme a tua fé. Na mesma hora o servo ficou curado.

O Cego de Jericó: (Marcos 10, 46-52)

51. Jesus, tomando a palavra, perguntou-lhe: “Que queres que te faça? Rabôni, respondeu-lhe o cego, que eu veja! 52. Jesus disse-lhe: Vai, a tua fé te salvou.” No mesmo instante, ele recuperou a vista e foi seguindo Jesus pelo caminho.

A Fé como Luz para nossos Passos:

A Cura da cegueira física em contraposição à falta de visão daqueles que não aceitam a verdade, O pior cego é aquele que não quer ver:

(João 9, 40). Alguns dos fariseus, que estavam com ele, ouviram-no e perguntaram-lhe: Também nós somos, acaso, cegos?…

A Dúvida de Tomé: Quem tem Dúvida não tem Fé.

Pedro Duvidou e por isso afundou no Mar: No mesmo instante, Jesus estendeu-lhe a mão, segurou-o e lhe disse: Homem de pouca fé, por que duvidaste?

(São Mateus 14, 22 – 36)

O Apostolo Pedro ao ver JESUS caminhar sobre as águas pediu que JESUS o fizesse caminhar também.  Pedro ao sentir a forte ventania começou a afundar. Então JESUS disse:

“Como é pequena a sua FÉ! Por que você duvidou?”

Depois disse a Tomé: Introduz aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos. Põe a tua mão no meu lado. Não sejas incrédulo, mas homem de fé. (São João 20,27)

A Fé vem de Ouvir a Palavra de Deus: (Romanos 10, 13-18)

13. porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo (Jl 3,5). 14. Porém, como invocarão aquele em quem não têm fé? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão falar, se não houver quem pregue? …17. Logo, a fé provém da pregação e a pregação se exerce em razão da palavra de Cristo.

A Fé é um Dom de Deus:

Porque é gratuitamente que fostes salvos mediante a fé. Isto não provém de vossos méritos, mas é puro dom de Deus. 9. Não provém das obras, para que ninguém se glorie.  (Efésios 2, 8-9)
Exemplos da Fé verdadeira:

  1. Anunciação do Anjo a Maria.

Faça-se em mim segundo a Vossa Palavra ± Lucas 1, 26-38

Estórias ilustrativas de atitudes de fé.


O Equilibrista !


Banner’s com temas de Fé no Facebook


Ter Fé é aceitar as verdades do evangelho e aderir incondicionalmente a Jesus sem perguntar, duvidar ou pedir prova de qualquer coisa da mesma forma que Bartimeu concordou em seguir a ordem de Jesus e foi ao poço de Siloé se lavar.

“BEM AVENTURADOS AQUELES QUE NÃO VIRAM E CRERAM…”

29. Disse-lhe Jesus: Creste, porque me viste. Felizes aqueles que crêem sem ter visto!

É como está escrito: Coisas que os olhos não viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração humano imaginou (Is 64,4), tais são os bens que Deus tem preparado para aqueles que o amam. (I Coríntios 2,9)

Agora é a nossa vez de testemunhar a nossa Fé no mundo de hoje.

            E para nós, pela nossa experiência do dia-a-dia, o que nós entendemos por Fé e em quais momentos de nossa vida temos nos permitido viver uma Fé verdadeira no Cristo que somos chamados a anunciar a partir deste final de semana?

            Como na época de colégio e faculdade, em que precisávamos passar pelas provas para sermos aprovados, assim acontece também em nossa vida.

            Não que Deus queira nos ver sofrendo para ver até onde acreditamos n’Ele, como muitos dizem por aí, mas para que saibamos experimentar cada momento de nossa vida e aprender com cada um deles, sejam esses momentos bons ou ruins.

            Quantos de nós que estamos aqui hoje neste encontro com Cristo “ECC” neste final de semana já passamos por provações, por dificuldades, por aperto financeiro, por uma crise familiar, pela perda de uma pessoa querida e quantos de nós conseguiu se fortalecer depois disso?

Quantos de nós conseguimos aprender com a dor e no momento mais difícil em que tudo parecia não ser mais favorável, se colocou diante de Deus e ao invés da murmuração ou desespero, agradeceu a Deus não pelo sofrimento, mas pela lição aprendida?

A verdadeira Fé só será EVIDÊNCIADA diante das tempestades Vencidas.  (Marcos 4, 23-27)

SEU TESTEMUNHO PESSOAL É IMPRECINDÍVEL

Ex. Testemunho de Edileusa Moreira

O mundo nos ensina que aquele que agradece diante da experiência da dificuldade é louco – Deus nos ensina que aquele que aprende com a dor e agradece a lição dada é sábio.

Lembrar das experiências de Zaqueu, do servo do centurião, da cura da sogra de Pedro, da ressurreição de Lázaro…

A sabedoria de Deus consiste em estar sempre ao nosso lado.

Deus quer que a gente lute com todas as forças até alcançar a VITÓRIA!!!


38bceab0255f8744[1]

Baixe o texto em Documento – Wold.Doc

04 – Fé nos Reveses da Vida.doc

8836df04d428903f901fe9a769c1c97a_kak-redaktirovat-pdf-dokument-411-414-c[1]

Click e Baixe o Texto em arquivo PDF

04 – Fé nos Reveses da Vida.pdf

04 – Fé nos Reveses da Vida (2)


Musica para  Meditação:

Noites Traiçoeiras.

Pe. Marcelo Rossi


O SENTIDO DA VIDA É RESTAURADO


Fé_na_estrada




Encontro de Casais com Cristo_ECC