Sua Zona de Conforto é o maior inimigo do seu Sucesso.




O SUCESSO na vida é o que todos querem alcançar, mas a grande e imensa maioria se contenta apenas com um pouquinho dele se estacionando em um determinado degrau desta escada.  Pode ser por muitos motivos; por preguiça, cansaço, obstáculos, derrotas consecutivas ou etc. A verdade é que este degrau do caminho tem um nome bem conhecido, não importa por qual nome você o chame, a verdade é que ele se chama mesmo é de “ZONA DE CONFORTO”, um local onde preferimos permanecer em segurança do que continuar a jornada degraus acima.

Nunca é fácil abandonarmos pessoas, lugares e coisas com as quais estamos acostumados e sentimos que nos fazem felizes.

Abandonar a sensação de segurança do conhecido nos faz sentir medo e indecisão. Dessa maneira, muitas vezes preferimos ficar com o mal conhecido do que com o bem que ainda se está para conhecer. No entanto, se sempre nos conformarmos com nossas realidades do jeito que está, nunca poderemos seguir em frente e encontrar melhores caminhos para nossas vidas.

A falta de atitude frente à vida pode nos deixar presos em realidades negativas, que não nos fazem felizes. Portanto, se você sente que precisa fazer uma mudança em sua vida para conquistar novas oportunidades, mas está preso pelo medo e insegurança, a história dos andarilhos e da vaquinha pode ajudá-lo a entender a importância de sair de sua zona de conforto.

A história dos andarilhos e da vaquinha

É uma parábola da antiga Sabedoria Oriental Chinesa.

O Mestre Taoísta e seu Discípulo numa jornada em busca da sabedoria.


A Família Pobre e sua Acomodação


Casebre_familia_pobre


Um sábio mestre Taoísta e seu discípulo andavam pelo interior da China há muitos dias e procuravam um lugar para descansar durante a noite. Avistaram, então, um casebre no alto de uma colina e resolveram pedir abrigo àquela noite. Ao chegarem no casebre, foram recebidos pelo dono, um senhor maltrapilho e cansado. Ele os convidou a entrar e apresentou sua esposa e seus três filhos. Durante o jantar, o discípulo percebeu que a comida era escassa até mesmo para somente os quatro membros da família e ficou penalizado com a situação. Olhando para aqueles rostos cansados e subnutridos, perguntou ao dono como eles se sustentavam.


Vaquinha_magra


O senhor respondeu – “Está vendo àquela vaquinha lá fora? Dela tiramos o leite que consumimos e fazemos queijo. O pouco de leite que sobra, trocamos por outras mercadorias na cidade. Ela é nossa fonte de renda e de vida. Conseguimos viver com o que ela nos fornece” – O discípulo olhou para o mestre que jantava de cabeça baixa e terminou de jantar em silêncio. Pela manhã, o mestre e seu discípulo levantaram antes que a família acordasse e preparavam-se para ir embora quando o discípulo disse – “Mestre, como podemos ajudar essa pobre família a sair dessa situação de miséria?” – O mestre então falou – “Quer ajudar essa família? Pegue a vaquinha deles e empurre precipício abaixo” – O discípulo espantado falou – “Mas aquela vaca é a única fonte de renda da família, se a matarmos eles ficarão mais miseráveis e morrerão de fome!” – O mestre calmamente repetiu a ordem – “Pegue a vaca e empurre-a precipício abaixo!”. O discípulo muito indignado ainda assim seguiu as ordens do mestre e jogou a vaca no precipício e ela morreu.


Vaquinha_magra


Alguns anos mais tarde, o discípulo ainda sentia remorso pelo que havia feito e decidiu abandonar seu mestre e visitar àquela família. Voltando a região, avistou de longe a colina onde ficava o casebre, e olhou espantado para uma bela casa que havia em seu lugar. Ele pensou – “De certo, após a morte da vaca, ficaram tão pobres e desesperados que tiveram que vender a propriedade para alguém mais rico” -Aproximou-se da casa e, entrando pelo portão, viu um criado e lhe perguntou – “Você sabe para onde foi à família que vivia no casebre que havia aqui antigamente?” – O criado respondeu – “Sim, claro! Eles ainda moram aqui, estão ali nos jardins” –  e apontou para a frente da casa. O discípulo caminhou na direção da casa e pode ver um senhor altivo, brincando com três jovens bem vestidos, e junto uma linda mulher. A família que estava ali não lembrava em nada os miseráveis que conhecera tempos atrás.

Quando o senhor avistou o discípulo, reconheceu-o de imediato e o convidou para entrar em sua casa. O discípulo quis saber como tudo havia mudado tanto desde a última vez que os viu. O senhor então explicou – “Depois daquela noite que vocês estiveram aqui, nossa vaquinha caiu no precipício e morreu… Como não tínhamos mais nossa fonte de renda e sustento, fomos obrigados a procurar outras formas de sobreviver. Descobrimos os outros recursos de nossa terra e muitas outras formas de ganhar dinheiro e desenvolvemos habilidades que nem sequer sabíamos que éramos capazes de fazer” – O discípulo não podia acreditar no que estava ouvindo  – Ele continuou – “Perder aquela vaquinha foi terrível, mas aprendemos a não sermos dependentes, acomodados e conformados com a situação que estávamos. Às vezes precisamos perder um pouco agora para ganhar mais logo adiante” – Só então o discípulo entendeu a profundidade do que o seu mestre tinha percebido e o mandou executar sem nenhuma explicação.

Credito: Parábola Budista, ou Taoísta popular no extremo oriente, autor desconhecido.


A morte daquela vaquinha magricela era só o que faltava para aquela família sair de sua “ZONA DE CONFORTO” e descobrir todas as suas “POTENCIALIDADES OCULTAS”,  que lhes deu tudo que possuem agora.


Podemos associar essa história com nossas vidas. Assim como aquela família, todos nós temos nossa própria vaquinha, a qual nos apegamos, que nos fornece uma segurança, mas não nos leva para frente. Pode ser um relacionamento romântico, uma amizade, um trabalho, um comportamento, estilo de vida, etc.

Pare e reflita um pouco sobre sua vida: O que você faria se amanhã aquela vaquinha fosse pró brejo ou simplesmente caísse de um precipício? O que aconteceria com sua vida se aquilo que lhe dá segurança simplesmente terminasse sem aviso prévio?

Pode ter a certeza de que não será nada fácil, porque mudanças costumam ser difíceis e dolorosas, entretanto, podem nos trazer uma realidade muito melhor, tudo depende de como encaramos as coisas.

Se você precisar fazer uma mudança drásticas em sua vida, faça hoje mesmo, não espere que sua vaquinha caia no precipício!




O_rico_e_o_pobre O_equilibrista_e_a_Fé

O tempo de Deus tem seus mistérios.



O tempo de Deus tem seus mistérios…



O tempo de Deus


_”O tempo de Deus tem seus mistérios, porém não nos cabe entender, mas confiar. O nosso tempo tem pressa, o dele tem perfeição. Esperar nele pode ser a mais difícil das escolhas, mas Deus é o dono do tempo e como tal determina o nosso hoje e escreve o nosso amanhã. Quem nele espera jamais será decepcionado, mas surpreendido.”_




O tempo de Deus tem seus mistérios, mas não cabe a nós entender, mas confiar. Tempo é necessário para que as coisas se arrumem, os planos se construam e os caminhos surjam a nossa frente. Não é bom questionar a Deus pelo tempo e as esperas, isso não adiantará o tempo, mas só provará que não estamos preparados para que esse tempo acabe. O coração tem que entender que para tudo existe um tempo e que o tempo de Deus tem seus mistérios que não nos cabe entender, mas confiar. Quando o nosso coração começa a confiar em Deus passa a entender que quem espera não espera em vão, jamais será decepcionado ou esquecido. Quem confia n’Ele tem sustento, amor e cuidado. Ele nos dá a certeza que sempre valera a pena esperar em Deus, e quem assim fizer por Ele será sempre honrado.

Yla Fernandes



 ” FOCO,  FORÇA  &  FÊ “


Qual o tamanho 

Qual é o Tamanho de Deus?




Link’s para outras Mensagens:


Kairós_pr3 placa+Jesus+te+ama+na+estrada[1]

Kairós, O tempo Oportuno de Deus.


KAIRÓS: É o tempo determinado, nem antes e nem depois, o tempo, a hora, o minuto e o segundo certo para a ação de Deus, podemos dizer que não seria antes e nem depois, pois é o exato momento reservado por Deus.

SALVAÇÃO: “Muitas pessoas criticam este termo, principalmente no que tange à Salvação proposta por Jesus na Cruz, sendo que: aqueles que vivem tranquilos e sem dificuldade sem conhecer Jesus e não acreditando em Deus, se referem à Salvação como algo desnecessário.”

MEDITAÇÃO EM POWER POINT

Kairos_tempo_de_Deus
Kairós_pr3

Kairós, O Tempo de Deus!

Post sobre o mesmo assunto, pois o texto abaixo é a transcrição do slaid que acompanha o post postado no Slaidshare – São complementares.

Visualização Slaid’s:

2.  “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu:” (Eclesiastes 3,1)-15

3. Texto completo: (3.1) “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu: 2 há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou; 3 tempo de matar e tempo de curar; tempo de derribar e tempo de edificar; 4 tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar de alegria; 5 tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar e tempo de afastar-se de abraçar; 6 tempo de buscar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de deitar fora; 7 tempo de rasgar e tempo de coser; tempo de estar calado e tempo de falar; 8 tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz. 9 Que proveito tem o trabalhador naquilo com que se afadiga? 10 Vi o trabalho que Deus impôs aos filhos dos homens, para com ele os afligir. 11 Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras que Deus fez desde o princípio até ao fim. 12 Sei que nada há melhor para o homem do que regozijar-se e levar vida regalada; 13 e também que é dom de Deus que possa o homem comer, beber e desfrutar o bem de todo o seu trabalho 14 Sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe pode acrescentar e nada lhe tirar; e isto faz Deus para que os homens temam diante dele. 15 O que é já foi, e o que há de ser também já foi; Deus fará renovar-se o que se passou.” (Eclesiastes 3:1-15)

4. Uma pequena definição dos termos usados para definir o tempo na Bíblia:

Obs: Os gregos antigos possuíam duas palavras básicas para a moderna noção de “tempo”:

Chronos & Kairós

5. – Aion:  Indicava o tempo de prazo longuíssimo, um período muitíssimo distante, que não temos conta nem como medir. O apóstolo Paulo usa esse termo quando diz que Jesus é Senhor não apenas neste século, ou nesta era, isto é, aion, como também no tempo vindouro – inclui aí milênios,   SEMPRE.

6. Chronos: Na Mitologia Grega era um deus dominador que destruía e consumia tudo que criava. Comia os próprios filhos dando uma idéia de fim inevitável assim como o tempo consome e deteriora tudo que nasce ou é criado pela natureza. Sendo que seria impossível escapar deste fim assim como todos nós estamos fadados inevitavelmente à morte levados pelo efeito do tempo em nosso próprio corpo que tornará ao pó tudo aquilo que um dia viera deste mesmo pó da terra.

7. Kairós: Na Mitologia Grega Kairós era filho do deus Chronos que escapou da morte e que ao contrário de seu Pai dava uma oportunidade de Salvação desta inevitável destruição. Era rápido e imprevisível e assim escapava das armadilhas de seu pai. Porém era careca na parte de traz da cabeça e assim não podia ser agarrado por traz pelos cabelos ao passar, a única chance era agarrá-lo de frente de imediato sem hesitação.

8. Chronos:  Está relacionado com a ideia de tempo cronológico “Tempo linear, corrente e finito” Tempo físico mensurável e definido como os minutos, as horas, os dias, meses, anos e etc. Isto é. “Cronologia”

9. Kairós: É um tempo imensurável e imprevisível, está sempre no presente, mas eminentemente no passado, é um instante como um piscar de olhos. É descrito como “O tempo Oportuno”, “O Tempo de Deus”. É um tempo determinado e imediato em que podemos conseguir uma definição permanente para o futuro.

10. Kairós: – indica um período de tempo, uma ocasião adequada ou uma oportunidade. O tempo da oportunidade, o tempo de uma visitação, o tempo de uma estação, a época da adolescência, o período das chuvas, ou o tempo de casamento. Por exemplo: Jesus veio ao mundo no tempo certo de Deus, ou seja, no kairós de Deus. Isto significa que tudo estava preparado para Cristo nascer.

11. “Completou-se o tempo e o Reino de Deus está próximo; fazei penitência e crede no Evangelho.“ (São Marcos, 1,15) 

Jesus Inaugura assim o  Kairós.

12. O tempo da Graça, O tempo da Salvação.

“ É agora o momento favorável, É agora o dia da salvação ”. (II Cor. 6,2b)

13. O Que é SALVAÇÃO: É evitar o inevitável; É realizar o impossível; É receber o perdão De uma dívida impagável; É retornar à vida depois de perder até a ultima gota de sangue!  É escapar da morte recebendo mais uma chance e uma nova VIDA …

Muitas pessoas acham que não precisam de Salvação.

13. Porque rezam e vão à Igreja; Porque não cometem pecados graves; Porque não são pobres e dependentes; Porque são ricas e abastadas; Porque não estão doentes; Porque são pessoas boas E não cometem o mal; Porque não correm perigo; Porque não se vê nenhuma tempestade com chuvas, Raios, trovões, ventanias, furacões, tsunamis e terremotos a caminho… logo está tudo bem e sem problemas.

14. O Apocalipse (3,17) diz:

“Pois dizes: Sou rico, faço bons negócios, de nada necessito – e não sabes que és infeliz, miserável, pobre, cego e nu. 18. Aconselho-te que compres de mim ouro provado ao fogo, para ficares rico; roupas alvas para te vestires, a fim de que não apareça a vergonha de tua nudez; e um colírio para ungir os olhos, de modo que possas ver claramente.”

14. Surpresa … (S. Mateus 24,35). O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não passarão. 36. Quanto àquele dia e àquela hora, ninguém o sabe, nem mesmo os anjos do céu, mas somente o Pai. 37. Assim como foi nos tempos de Noé, assim acontecerá na vinda do Filho do Homem. 38. Nos dias que precederam o dilúvio, comiam, bebiam, casavam-se e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. Surpresa … 2. Pois vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como um ladrão de noite. 3. Quando os homens disserem: Paz e segurança!, então repentinamente lhes sobrevirá a destruição, como as dores à mulher grávida. E não escaparão.

15. Como um ladrão: 2. Pois vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como um ladrão de noite. 3. Quando os homens disserem: Paz e segurança!, então repentinamente lhes sobrevirá a destruição, como as dores à mulher grávida. E não escaparão.

16. A Salvação é um Presente de Deus. (Efésios 2,8-9) Mas muitos ainda não a encontraram e nem perceberam o seu grande VALOR!

17. São Paulo escreve aos (Romanos 13,11). Isso é tanto mais importante porque sabeis em que tempo vivemos. Já é hora de despertardes do sono. A salvação está mais perto do que quando abraçamos a fé. 12. A noite vai adiantada, e o dia vem chegando. Despojemo- nos das obras das trevas e vistamo-nos das armas da luz. São Pulo nos fala:

18. Não percebemos esta realidade espiritual e andamos perdidos no tempo! Mesmo cristãos andam afirmando que seu tempo não dá para nada e que seu dia teria que ter o dobro das horas para possibilitar o cumprimento de sua agenda! O que isto significa? O que a Palavra de Deus tem a nos dizer acerca disto?

19. A Palavra nos afirma que TUDO tem o seu tempo DETERMINADO: O nascer, o adolescer, o amadurecer, casar, envelhecer, morrer e etc. Quando tentamos fazer as coisas ou viver a vida fora do tempo determinado por Deus ou atropelando o “ciclo da vida”, corremos sérios riscos.

20. O tempo EXISTE para tudo aquilo que na vida se converte em um PROPÓSITO! O que é um propósito? 21. Um PROPÓSITO é uma determinação (atitude) interior, fruto de análise e reflexão, que gera e nutre uma AÇÃO exterior! A questão das Prioridades da Vida, claramente estabelecidas por Deus em Sua Palavra – (Efésios 5 e 6)

22. Conclusão … Nosso propósito, nossas prioridades, nossos planos e metas determinam como gastamos o nosso tempo. Por sua vez, a maneira como gastamos o nosso tempo determina quem e o que somos. O SEGREDO é começar a ouvir à Deus antes de decidir – uma decisão tomada é quase impossível de ser mudada.

23. Devemos participar efetivamente dos PLANOS DE DEUS para NOSSA VIDA.

Analise sua vida agora!

24. Quem quer hoje converter o seu tempo, entregar sua agenda ao Pai? Quem anda estressado, exausto, por estar vivendo um estilo de vida não compatível com a direção de Deus, conformando-se as imposições de uma sociedade que perdeu o rumo? É possível estar desgastado também por tentar fazer o Que Deus não mandou ou Tentar fazer mais do que ele requer.

25. (S. Mateus 25) – Os convites já foram enviados  Vinde benditos de meu Pai

26. O banquete está pronto, mas os convidados não foram dignos e não compareceram! (S. Mateus 22,8) E Você ? Também foi convidado! Não virá para a Festa?

27. O Tempo da graça está conosco agora, mas seu fim está próximo. O tempo de tomar a decisão está se esgotando e em breve as portas para o grande banquete serão fechadas e ninguém mais poderá entrar, não perca sua oportunidade.

Tome sua decisão agora!

28. “Vigiai, pois, com cuidado sobre a vossa conduta: que ela não seja conduta de insensatos, mas de sábios 16. que aproveitam ciosamente o tempo, pois os dias são maus. 17. Não sejais imprudentes, mas procurai compreender qual seja a vontade de Deus.18.Não vos embriagueis com vinho, que é uma fonte de devassidão, mas enchei-vos do Espírito.” (Efésios 5, 15).

Kairós_pr3 Mensagens_Power_Point
Salvação_boia Quem sou faz a diferença livro_de_capa_preta


Salvação no Tempo de Deus.



SALVAÇÃO: “Muitas pessoas criticam este termo, principalmente no que tange à Salvação proposta por Jesus na Cruz, sendo que: aqueles que vivem tranquilos e sem dificuldade sem conhecer Jesus e não acreditando em Deus, se referem à Salvação como algo desnecessário.”

KAIRÓS: É o tempo determinado, nem antes e nem depois, o tempo, a hora, o minuto e o segundo certo para a ação de Deus, podemos dizer que não seria antes e nem depois, pois é o exato momento reservado por Deus.

Este texto se trata de um testemunho pessoal de uma pessoa onde a ação de Deus aconteceu num instante determinado quando nosso personagem menos esperava, porém, esta ação fez a diferença entre sua vida e sua morte.


MEDITAÇÃO EM POWER POINT


A Imagem da Cruz

Visualização Slaid’s :

2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19.


Um excelente nadador tinha o costume de correr até a água e de molhar somente o dedão do pé antes de qualquer mergulho.

Algum intrigado com aquele comportamento, lhe perguntou qual a razão daquele hábito.

O nadador sorriu respondeu: Há alguns anos eu era um simples professor de natação.

Eu os ensinava a nadar e a saltar do trampolim. Certa noite, eu não conseguia dormir, e fui até a piscina para nadar um pouco. Não acendi a luz, pois a lua brilhava através do teto de vidro do clube.  Quando eu estava no trampolim, vi minha sombra na parede da frente. Com os braços abertos, minha imagem formava uma magnífica cruz.

Em vez de saltar, fiquei ali parado, contemplando minha imagem. Nesse momento pensei na cruz de Jesus Cristo e em seu significado.  Eu não era um cristão, mas quando criança aprendi que Jesus tinha morrido na cruz para nos salvar pelo seu precioso sangue.

Naquele momento as palavras daquele ensinamento me vieram a mente e me fizeram recordar do que eu havia aprendido sobre a morte de Jesus.

Não sei quanto tempo fiquei ali parado com os braços estendidos. Finalmente desci do trampolim e fui até a escada para mergulhar na água. Desci a escada e meus pés tocaram o piso duro e liso do fundo da piscina.  Haviam esvaziado a piscina e eu não tinha percebido. Tremi todo, e senti um calafrio na espinha. Se eu tivesse saltado seria meu último salto.

Naquela noite a imagem da cruz na parede salvou a minha vida.

* Foto ilustrativa Link: abaixo

Fiquei tão agradecido a Deus, que ajoelhei na beira da piscina, confessei os meus pecados e me entreguei a Ele, consciente de que foi exatamente em uma cruz que Jesus morreu para me salvar.

Naquela noite fui salvo duas vezes e, para nunca mais me esquecer, …  Sempre que vou até piscina molho o dedão do pé antes. Deus tem um plano na vida de cada um de nós e não adianta querermos apressar, ou retardar as coisas, pois, tudo acontecerá no seu devido tempo e esse tempo é o tempo Dele e não o nosso…

“De tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” (S. João, 3,16)

(*) Foto 14 Link da foto original :


“Mato Grosso” Homem bêbado pula em uma piscina vazia e morre…

  Clique para ampliar a foto

Kairós_pr3 Mensagens_Power_Point
Salvação_boia Quem sou faz a diferença livro_de_capa_preta

BAIXE O SLIDE PARA DESFRUTAR DOS EFEITOS



Deus tarda, mas não falha!




É muito comum ouvir alguém dizer, “Deus tarda, mas não falha” quando quer justificar a alguém um pedido de oração ainda não atendido, passando a ideia de que, mesmo que Deus demore em fazer algo ou dar uma resposta, Ele em algum momento o fará. Não seria correto fazer tal afirmação, nem mesmo por brincadeira, Não é algo que está escrito na palavra de Deus como se faz pensar.

Alguém pode perguntar “mas que mal há nisto?”.

Resposta: Dizer que Deus “demora” é a mesma coisa que colocar o “nós”, seres humanos, como o centro do universo e que, se Deus não fizer o que nós queremos no momento “X ou Y ”, significa que Ele “retardou”.

Mas quem disse que somos nós que determinaremos a hora certa? (mistérios)

Nós somos mortais, Deus não. Nós somos limitados, e Ele não. E em 99% dos casos temos uma agenda própria que não se encaixa com os planos de Deus. Por isso temos a impressão de que Ele está demorando em realizar algo, quando na verdade somos nós que estamos com uma pressa exagerada; além disso, também não vemos o mundo como o Senhor Vê. “Os caminhos de Deus são mais altos do que os caminhos dos homens…”

Isso é um mal da nossa geração: Achar que a coisa tem que ser no momento em que NÓS achamos melhor. O que é isso, senão que é o nosso orgulho e a ilusão de que somos os donos do universo?

Deus é soberanamente sábio e, além disso, conhece tudo melhor do que nós (inclusive nós mesmos), que somos pó.

“Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.” Salmos 89,12

Portanto a atitude mais sábia que podemos tomar é não achar que Deus está demorando, mas que o tempo dele É O CERTO e que os errados somos nós. Percebe que isto muda totalmente o foco do centro do Universo de nós para Deus?

E assim aprendermos a esperar n’Ele e depositar toda nossa confiança n’Ele. Afinal, esse é exatamente um dos motivos de precisarmos esperar: Aprender a confiar na mão Poderosa do Senhor e descansar n’Ele.

“O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.”   2 S. Pedro 3,9



FOI DEUS