Dinâmica das três garrafas.



Esta dinâmica demonstra por meios técnicos na prática como compreender o mecanismo do Batismo ou o efeito de um mergulho dentro d’água, comparação usada por Deus e por Jesus para ministrar o Batismo Sacramental “Novo Nascimento como filhos de Deus” e o Batismo no Espírito “A Recepção da graça plena e o poder da presença constante do Espírito Santo “PENTECOSTES” em nossos corações.

(I Cor, 3,16)



Tres_garrafas_1 Tres_garrafas_2

MATERIAIS:

Foto 1 – Pegamos uma vasilha grande transparente cheia de água, mais ou menos 30 l e colocamos em cima de uma mesa.

Foto 2 – Pegamos três garrafas pet transparentes de 600 ml ou mais:

a – Uma garrafa que esteja vazia, com tampa e com furos na parte inferior para que deixe vazar o líquido de seu interior num tempo médio de 2” mim.

b – Uma garrafa que esteja cheia de líquido escuro simbolizando uma água suja e contaminada, pode estar suja com borra de café que fica preta para que ao ser esvaziada permaneça ainda um pouco suja para se efetuar uma limpeza posterior.

c – Uma garrafa com água levemente tingida com corante simbolizando uma garrafa cheia de algo que seja útil ou alimento “algo bom”, porém demonstrando que a garrafa está cheia e ocupada com alguma coisa boa, no exemplo acima utilizamos uma garrafa de Coca Cola.


Explicando o Batismo como um mergulhar nas águas do Espírito.


Tres_garrafas_3 Tres_garrafas_4

Foto 3 – Se mergulharmos as 3 garrafas obteremos:

A – Uma garrafa fica boiando na superfície.

A garrafa vazia não mergulha e se molha muito pouco secando rapidamente.

1 – A garrafa vazia será comparada com uma pessoa que não se interessa por nada e não se compromete, passa pela vida e nada sente, não vive o evangelho e nem se toca porque está fechada em si mesma.

2 – A solução – abrir a tampa e mergulhar totalmente a garrafa para que se encha plenamente, mesmo sabendo que a garrafa tem vários furos em baixo.

B – Foto 7 – Retirando a garrafa da água veremos a garrafa cheia, porém irá se esvaziar aos poucos através dos furos até ficar totalmente vazia novamente.


Tres_garrafas_5 Tres_garrafas_6
Tres_garrafas_7 Tres_garrafas_8

Usando o exemplo (foto 5) podemos afirmar que quando mergulhamos na graça de Deus nos enchemos completamente (foto 6), porém ao sair para a vida (foto 7) comum no mundo, os problemas, as aflições do dia a dia irão gradativamente nos esvaziar desta graça até que ficaremos vazios novamente sendo assim necessário uma nova imersão para completar o nosso vazio, percebendo assim que teremos sempre a necessidade de retornar à fonte desta água viva (foto 5).

Usando o exemplo do filho pródigo:

Ao sair da casa de seu Pai com sua herança, ele carregou as mulas com tudo o que possuía, pegou mantimentos, água e levou joias e todo seu dinheiro para a viagem que não previa ter que voltar.

Pelo caminho ele foi comendo a comida, bebendo a água e gastando todo o dinheiro, vendeu seu tesouro, porém seu estoque não era renovado e não possuía nenhuma fonte de renda de mantimentos ou de água.  Com o passar do tempo seu tesouro se esgotou e ele ficou sem nada, totalmente vazio (foto 7) e foi neste ponto que aprendeu que precisava da fonte que existia na casa de seu Pai (foto 5), uma fonte inesgotável de riqueza.

Também poderemos comparar com um veículo que irá viajar uma distância de mais de 1500 Km, sua autonomia é de apenas 400 Km e assim precisará ser reabastecido no caminho por mais de uma vez ou não conseguirá alcançar o seu destino.

Conclusão: Não basta nos enchermos uma única vez da graça de Deus (f.6), pois a caminhada no mundo nos esvazia (f.7) e precisamos ser reabastecidos constantemente das graças de Deus (f.5) e assim atingimos o resultado ideal (Foto 8).

B – Duas garrafas ficam mergulhadas porém permanecendo com seu líquido interior intocável.


 foto 2  foto 4  foto 13
Tres_garrafas_2 Tres_garrafas_4 Tres_garrafas_13

Obs. 2: (Foto 4) – As garrafas fechadas ao serem retiradas da água ficam levemente molhadas exteriormente, porém secaram rapidamente, praticamente nem se nota que foram mergulhadas na água em comparação com a (Foto 2).

Obs. 3: (foto 13) Com tampa ou sem tampa, as duas garrafas que estavam cheias permanecerão intocadas e mesmo que se derrame água limpa sobre elas fará muito pouca diferença.

Comparação:

1 – A Garrafa com líquido escuro (água suja) será comparada com o homem pecador cheio de pecado e bloqueado que não se abre para a graça Divina e mesmo recebendo um pouco da graça permanecerá ainda sujo e no pecado.

Solução: (RENUNCIA) Abra a garrafa e despeje o líquido de seu interior em uma outra vasilha dizendo que está se esvaziando de si mesmo e renunciando a todo o mal e todo pecado, não basta esvaziar só um pouco (50%), Não basta esvaziar (99%) permanecendo ainda uma contaminação de impureza, é preciso se lavar e se limpar completamente. (Batismo de São João na água simbolizando o renascimento de um novo homem).


 foto 9 e 12  foto 10 e 14  foto 11 e 15
Tres_garrafas_9 Tres_garrafas_10 Tres_garrafas_11
Tres_garrafas_12 Tres_garrafas_14 Tres_garrafas_15

Depois encha a garrafa esvaziada na água limpa e perceba que ainda permaneceu um pouco de sujeira, repita a operação e demonstre que a conversão do coração muitas vezes não é 100% imediata como costumam dizer por aí e que precisamos rever muitas de nossas atitudes de erro (pecadão) e (pecadinhos), atitudes que muitas vezes podem não parecer pecado mas conduzem ao erro e ao pecado, sendo assim, precisamos fazer uma limpeza constante para nos santificarmos ainda mais.

2 – A Garrafa que estava cheia de um líquido bom será comparada a “SAULO” ou ao “JOVEM RICO” ou ainda ao irmão do filho pródigo que eram boas pessoas, mas apesar de estar perto de Deus e imbuídos de boa vontade estavam cheios de si mesmos e não da água viva oferecida por Deus, a comparação é clara:

Solução: (ENTREGA TOTAL)

(Filipenses 2,9) Jesus nos dá o melhor exemplo.

“Jesus aniquilou-se a si mesmo”…

O Jovem Rico apesar de fazer o bem sua vida toda e seguir a lei passo a passo, preferiu seus bens materiais a ter que seguir Jesus o filho de Deus.

O Filho não pródigo apesar de servir o seu pai todos os dias não refletia a sua imagem e nem as atitudes dele, tinha ódio e falta de perdão no coração e preferiu ficar de fora da grande festa preparada por seu Pai para o seu irmão que se converteu.

Saulo que estava tão cheio de fé e zelo pelas coisas de Deus que não enxergava o que era mais obvio bem na sua frente que Jesus é verdadeiramente o Filho de DEUS  e que veio fazer uma nova aliança com seu povo e eles o negaram pois estavam muito ocupados fazendo sua própria vontade e nem sequer se tocaram que Deus não queria nada daquilo que faziam e queria sim outra coisa muito diferente.  Neste caso a comparação é uma luz tão forte que chega a cegar Saulo e que depois ao se converter e voltar a enxergar torna-se “SÃO PAULO”.

Podemos ficar sem visão por dois motivos, por falta de luz e também por excesso de luz, no caso dos cegos era a falta de luz e no caso de São Paulo foi o excesso de luz que o impedia de ver a verdade.

Solução: Esvaziar-se de si mesmo e tornar a ser criança como Jesus disse a Nicodemos, pois quem não nascer de novo, não poderá entrar no reino de Deus.


Tres_garrafas_2

O NASCIMENTO DE UM NOVO SER!


Conclusão: Esta atitude não vale apenas para os pecadores, mas também para todos aqueles que se acham santos e não precisam desta graça pois já estão na Igreja servindo a Deus, a verdade é que todos nós precisamos desta água viva todos os dias e não somente uma unica vez na vida, precisamos renovar nossas forças e buscar a presença de Deus, buscar estar sempre cheios de seu Espírito Santo como nos recomenda São Paulo:



“Não sejais imprudentes, mas procurai compreender qual seja a vontade de Deus. Não vos embriagueis com vinho, que é uma fonte de devassidão, mas enchei-vos do Espírito. Recitai entre vós salmos, hinos e cânticos espirituais. Cantai e celebrai de todo o coração os louvores do Senhor. Rendei graças, sem cessar e por todas as coisas, a Deus Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!” (Efésios 5, 17 a 20) 



Uma pergunta que sempre fazemos e as pessoas sempre erram a resposta:


Lampada_apagada 
O Que precisamos para acender uma lâmpada?

Ligar o interruptor?

Ligar a energia?

Sim, mas o essencial é que ela esteja APAGADA, pois se já estiver acesa não precisará aceder novamente.   Assim entendemos que precisamos esvaziar de nós mesmos para nos revestirmos do novo Homem segundo a vontade de Deus e por melhor que sejamos podemos ter certeza de que a “IMAGEM” “O MOLDE de DEUS” será sempre melhor ainda, é como comparar com a formatação de um “HD” de computador, pois o sistema a ser instalado será original e livre de qualquer imperfeição, vírus ou defeitos causados pelo uso.



“Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não renascer da água e do Espírito não poderá entrar no Reino de Deus. O que nasceu da carne é carne, e o que nasceu do Espírito é espírito.”        (São João 3, 5 e 6)



Nascer_da_agua_e_do_espirito


http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/dons-do-espirito.jpg?w=130&h=120&h=120
Sete_dons
Seminário de Vida no Espirito Seminário de Vida no Espirito Seminário de Vida no Espirito

 DINÂMICA EXPLICADA EM POWER POINT.




14 Respostas

  1. Boa tarde.Quero agradecer pelas dinâmicas.Elas me ajudaram a motivar meus catequizados a entender os temas aplicados.Fiquem com Deus e Maria. Amém

    Curtir

  2. […] Efeitos da Efusão e… em Dinâmica das três garrafa… […]

    Curtir

  3. Achei muito boa essa dinâmica, Recentemente fui convidado para participar dos Casais Dirigentes do ECC, estou como Casal Montagem gostaria de algumas informações sobre o que o casal deve fazer.

    Curtir

  4. Aleluia que dinamica maravilhosa.
    É uma verdadeira lição de vida a toda humanidade.
    Parabéns a todos.

    Curtir

  5. […] mas nem todos estão cheios do Espírito, daí que devamos ser “batizados” no Espírito Santo periodicamente. Todo o Católico deve portanto ter esta experiência da Efusão do Espírito Santo. Em resumo, uma […]

    Curtir

  6. […] DINÂMICA DAS GARRFAS – COMO FICAR CHEIO DO ESPÍRITO SANTO […]

    Curtir

  7. Olá, a paz em Cristo!Gosto muito de ler o material enviado, me ajuda em todos os sentidos.Sou Ministra da Eucaristia, atuo na Pastoral Familiar “como palestrante”, sou do Caminho Neocatecumenal, enfim, graças a Deus temos muitas tarefas na Igreja, eu e o meu esposo. Agradeço muito por receber os emails, gostaria de saber que material pode me enviar com o tema, Quem sou eu? Fiquem com Deus.Marilene

    Date: Sun, 12 Apr 2015 22:02:56 +0000 To: marileneresende_1@hotmail.com

    Curtir

Deixar um Comentério aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: