Respostas sobre Repouso no Espírito.



Recebemos diariamente muitas indagações sobre Repouso no Espírito, já temos divulgações sobre o assunto que é bastante amplo com muitas considerações a fazer, porém as respostas podem ser específicas para cada duvida específica.



Moises_na_presença_de_Deus_sarça_ardente Resposta a diversas perguntas sobre sintomas e sentimentos que ocorrem nos momentos de oração e louvor! click aqui ==>


Repousar_em_verdes_prados_salmo_22

Pergunta:

Quem recebe o Espírito Santo é só quem repousa?

Não, porque!

Batismo no Espírito x Repouso no Espírito.

Podemos dizer sem sombra de dúvida que em ambos os casos são ações do Espírito Santo, logo onde está o Espírito Santo aí está presente todo o seu ser, sendo assim, quando o Espírito Santo age Ele necessariamente BATIZA a pessoa, pois considera-se que a pessoa precisa estar envolvida “plenamente Cheia” do Espírito Santo para sentir qualquer uma de suas manifestações, isto implica em afirmar que qualquer pessoa que estiver repousando no Espírito estará Batizada, cheia, mergulhada no Espírito, mas uma pessoa que estiver cheia, mergulhada e repleta do Espírito Santo não necessariamente ou obrigatoriamente deverá estar repousando no Espírito.

Existe um distinção entre uma coisa e outra:

Estar cheio do Espírito é ser Batismo no Espírito Santo.

Repousar no Espírito é apenas uma manifestação distinta de quem se enche do Espírito, Quem profetiza ou fala em línguas também está cheio do Espírito, quem faz milagres ou cura os enfermos também estará cheio do Espírito, porém quem se enche do Espírito não estará em repouso todas as vezes ou então não existiria nenhuma história que contasse os Milagres que Deus realizou através de seus Profetas e Santos no passado, isto porque, quem está em repouso, não está em ação e o repouso tem o objetivo de descansar e curar as pessoas, restabelecer as forças de cada um e não de agir, sendo assim podemos dizer que o Espírito nos enche para podermos agir, trabalhar em sua obra; pregar, anunciar, curar enfermos e etc.  Pois juntamente com o Batismo o Espírito nos enche com seus Dons de Trabalho em benefício do crescimento da Igreja, mas quando Ele nos dá o Repouso, simplesmente estaremos descansando e renovando as nossas forças nos preparando para uma ação futura.

Quando pregamos um SVE I temos o objetivo de realizar uma oração de Efusão no final do encontro para que as pessoas experimentem em seu coração o sabor da Presença do Espírito Santo, ou seja, se encham do Espírito ou com o termo mais conhecido, sejam “Batizadas no Espírito Santo”.

Este é o objetivo, porém dependendo do encontro, da abertura de cada pessoa que participa esta efusão pode atingir maior ou menor grau de eficiência, pois existem muitos fatores que ajudam ou atrapalham um bom resultado na Efusão.  

O que esperamos de uma boa Efusão é a verdadeira transformação e conversão dos corações, pois quando este coração se abre de verdade haverá sempre uma transformação interior que implicará em uma entrega total possibilitando a ação completa do Espírito Santo que se manifestará externamente através de louvor, lágrimas de conversão, dons de línguas, calor no corpo e outros diversos sintomas entre eles está também o repouso no Espírito, porém para quem auxilia uma Efusão não temos como observar o grau de ação do Espírito Santo em quem esteja apenas repousando, ou seja, esta ação é interior e somente a pessoa pode depois testemunhar o que sentiu, porém não manifestará exteriormente nenhum dos outros sintomas exteriores que possamos observar, sendo assim, esta efusão para ele pode se tornar apenas uma cura que é uma ação de libertação que é apenas um pré-requisito para a verdadeira transformação, isto porque, mesmo quando reservamos um momento para curar e libertar as pessoas antes da Efusão, são muitas as pessoas que chegam naquele momento sem estar plenamente curadas e assim a sensibilidade da pessoa em questão se limitara à uma cura, pois nem sempre se repete ou dá sequencia ao ato de oração após esta Efusão e que no caso deveria ser retornado para estas pessoas que apenas repousaram.   O que eu estranho neste fato que hoje ocorre é que no inicio das atividades da RCC este fato não ocorria, mas hoje quando oramos pela Efusão, a metade das pessoas caem em repouso, para mim nada mais é do que uma tendência de imitação, pois as pessoas aprendem que Repouso seria um SINÔNIMO de Batismo no Espírito e na verdade NÃO É, É SIM APENAS UM EFEITO.



So-em_deus_repousa_minha_alma_salmo_60



Pergunta:

O que de fato acontece quando repousamos no Espirito Santo?

Pode acontecer muita coisa, depende de cada pessoa em particular!

Como já foi descrito anteriormente com mais detalhes, seremos diretos nesta resposta.

Repouso é Repouso “*” a própria palavra e descrição da manifestação está dizendo do que se trata.  Analisando diversos testemunhos pessoais e comentários que foram descritos aqui neste Blog podemos dizer que se trata de um descanso e uma cura interior mais profunda.

  Deus não teria nenhum interesse em nos imobilizar sem nenhum motivo aparente, não teria motivo para nos por para dormir se não tiver uma razão para isso.  Sendo assim, quando repousamos entramos em um estado de descanso físico e mesmo que nossos sentidos permaneçam ligados acompanhando o que acontece em nossa volta podemos sentir também uma paz que nos invade o interior, sentimos alívio de problemas, mágoas mal perdoadas, dores de físicas etc.  

Podemos dizer que quando o Homem está bem acordado, ou totalmente consciente ele de certa forma coíbe com sua razão esta ação mais profunda de Deus, pois nós fazemos intervenções na vontade Divina e de certa forma direcionamos o que queremos que Ele faça e onde deva curar, mas nem sempre sabemos qual é a real razão de nossas dores.    Quando entramos em estado de repouso esta intervenção humana cessa por um instante e Deus começa a curar coisas que muitas vezes nem nos lembramos, cura traumas, pecados, mágoas, dores crônicas sem motivo causadas por Stress e preocupação, etc.

Em casos mais raros acontece também um Batismo no Espírito mais profundo atingindo áreas que anteriormente não foram atingidas.

A sensibilidade ao Repouso, a quantidade, o tempo e o grau de consciência durante o repouso pode variar de pessoa para pessoa, mas geralmente o Repouso não é muito longo a não ser em casos acompanhados de cura interior com pessoas com traumas mais profundos e reincidentes.

A queda: Não é um fator preponderante ou obrigatório, muitas vezes pensamos que todos somos obrigados a repousar, e que necessariamente seria preciso cair no chão de qualquer jeito e por isso muitas pessoas não se abrem ao Repouso, porém ninguém seria obrigado a Repousar no Espírito, principalmente porque via de regra a pessoa não precisa ser curada todos os dias, se bem que todos nós sempre precisamos de um bom descanso nos braços do Pai.   Ultimamente o Repouso no Espírito está mais conhecido e por este motivo está sendo mais utilizado se bem que existe uma restrição à promoção de Repouso no Espírito entre multidões, principalmente se não existir uma equipe preparada para o atendimento de cura interior no local.


Leia mais sobre Repouso no Espírito neste Blog: Click Aqui



Repouso_no_Espírito_2 colo-de-jesus

Armadura_do_Cristão_Efe_6

.



Pergunta:


Por que algumas pessoas choram e outras não quando recebem o Espírito Santo ?

Chorar ! Por que ?



Chorar é uma emoção humana muito comum!


jesus_consala_mulher_chorando


Mas por que as pessoas choram?

O texto ficou um pouco longo e foi transferido para um post particular.

Siga o Link Abaixo

Por que as pessoas choram ?




Extase_cume_da_oracao Alimento_Espiritual_Autêntico o-maior-tesouro-do-mundo
Experiência_com_Deus Aspirais_aos_Dons_Espirituais Vem_Espirito


Repouso no Espírito e Renovação Carismática.


Repouso_no_Espírito_2


Na Renovação Carismática, encontram-se várias manifestações do poder do Espírito Santo, que de início espantaram grandemente, mas que são agora mais facilmente admitidas como autênticas; é assim com o dom das línguas, das curas, a Efusão do Espírito, a imposição das mãos.

Mas há um fenômeno sobrenatural menos conhecido, que se torna cada vez mais frequente na Renovação Carismática: é o repouso no Espírito. Depois de um estudo atento sobressai, sem equívoco possível, que esta experiência encontra o seu fundamento na teologia.

Com efeito, o repouso no Espírito reveste-se das características do arrebatamento (que é uma espécie de êxtase) salvo na sua causa imediata, que é o pedido feito a Deus, numa oração apropriada.

Convém lembrar que se encontra uma situação semelhante no Batismo do Espírito. Com efeito, este favor espiritual era normalmente concedido àqueles que faziam progressos notáveis na vida espiritual, enquanto que agora é recebido até pelos pecadores, por vezes de um modo instantâneo, na seqüência de uma oração feita por outros para esse fim. É assim, também, para o repouso no Espírito. Outrora, apenas se encontrava (pelo menos na maior parte das vezes) nas pessoas avançadas na vida espiritual; pelo contrário, nos nossos dias, a oração ao Espírito Santo obtém-no até para os pecadores.

Como é um arrebatamento, o repouso no Espírito é da mesma família da ordem extática, mas não arrasta consigo a santificação da pessoa nalguns instantes. Esta experiência mística é destinada a favorecer uma vida cristã mais fervorosa ou uma conversão do coração.

Habitualmente, o arrebatamento verifica-se em pessoas avançadas na vida espiritual, ou, como dizia Santa Teresa d’Ávila, que atingiram as sextas moradas do castelo interior. Não se chega, portanto, de um pulo, ao período do êxtase ou do arrebatamento; em geral este é precedido de uma série de etapas de contemplação infusa, das quais a menos elevada é chamada por Santa Teresa d’Ávila “oração de contemplação”.

Lembremo-nos de que há três graus no êxtase:
1) O êxtase simples, quando este se produz lentamente, ou se não é muito forte;
2) O deslumbramento, quando o êxtase é súbito e violento;
3) O voo do espírito, quando, como diz Santa Teresa d’Ávila, “age de tal maneira que o espírito parece verdadeiramente sair do corpo”.

Ora, as características do deslumbramento encontram-se no repouso no Espírito, salvo, evidentemente, o grau avançado de vida espiritual. Com efeito, acontece que Deus concede uma tal experiência espiritual a pessoas de virtude vulgar, ou a principiantes na vida espiritual, a fim de os atrair a Si.

O repouso no Espírito resulta, mais freqüentemente, da imposição das mãos, ou pelo menos de um toque da mão na cabeça, embora esse gesto não seja sempre necessário. A pessoa começa a vacilar, para finalmente cair devagarzinho para trás. Esta queda é causada por uma graça tão poderosa do Espírito Santo que o corpo já não pode suportá-la e, então, as suas forças abandonam-no. Contudo, é preciso esclarecer que a queda não é obrigatória e não condiciona, necessariamente, a recepção da graça. Por outro lado, aqueles que não “caem” são afetados por uma vertigem não desagradável, tremuras ou pernas debilitadas, mas estas manifestações físicas são impregnadas de doçura e de paz. A sensação interior de repouso no Espírito parece existir também nas pessoas que não caem.


Repouso no Espírito e Missão Divina


Missões_Ide_e_evangelizai


O repouso no Espírito supõe uma nova efusão do Espírito Santo ou, mais precisamente, como se chama em teologia, uma nova missão deste Espírito Divino. Lembremos que as Missões Divinas, quer dizer, o envio das Pessoas do Filho e do Espírito Santo, podem ser visíveis ou invisíveis. Estas últimas constituem as principais modalidades da ação santificadora da Trindade Santa nas nossas almas.

Quanto ao repouso no Espírito, não é uma nova vinda da Pessoa do Espírito Santo, já recebida no Batismo; pelo contrário, consiste numa nova efusão das suas graças e das suas manifestações. Esta nova efusão do Espírito Santo realiza, então, uma renovação real da relação da pessoa com o Espírito Santo que já a habita e uma experiência de Deus mais íntima, que se abre num conhecimento amoroso mais ardente.

O repouso no Espírito é, portanto, o efeito de uma missão divina, porque comporta o progresso na vida espiritual e porque constitui um novo estado de graça santificante.


Repouso e Batismo no Espírito.


Batismo_Espírito


O repouso no Espírito resulta, portanto, de uma nova efusão do Espírito Santo, mas de um gênero diferente da que o Batismo no Espírito provoca. Com efeito, a experiência espiritual do repouso no Espírito parece realizar-se, sobretudo, ao nível da inteligência. Pelo contrário, o Batismo no Espírito verifica-se, em especial, ao nível da afetividade.

O repouso no Espírito desenvolve consideravelmente a acuidade intelectual, no sentido em que a atenção é mais levada para a experiência atual da intimidade divina. A consciência é amplificada, mas é desviada das realidades exteriores e é mais centrada na realidade sobrenatural. Por outro lado, os limites pessoais podem, também, tornarem-se mais manifestos. Há, portanto, um engrandecimento da lucidez interior sobre Deus e sobre si próprio.

O repouso no Espírito é um arrebatamento que interrompe o conhecimento que se pode adquirir por si próprio. O Espírito Santo não faz, portanto, um vazio na inteligência, mas suspende temporariamente a sua atividade, fixando-a em Deus. É isto que se chama, em teologia mística, a “ligação das faculdades”.

Tudo o que a alma conhece pelas suas próprias forças não é nada, em comparação com os conhecimentos abundantes e rápidos que lhe são comunicados durante os arrebatamentos. O repouso no Espírito é freqüentemente acompanhado de luzes especiais e novas, que se dirigem para Deus, para o Cristo, para a sua misericórdia, para o valor da vida cristã, para os pecados, para os defeitos, os insucessos, etc. Estas luzes não acontecem sempre explicitamente durante o repouso no Espírito, mas a sua compreensão desenvolve-se ao longo das horas ou dos dias que se seguem à experiência.

Durante os arrebatamentos e, portanto, durante o repouso no Espírito, Deus revela segredos de ordem sobrenatural; habitualmente, sente-se que a inteligência cresce, que há um aumento das faculdades superiores. Acodem ao espírito idéias profundas, mas é impossível explicá-las com detalhe e com precisão. Isto advém do fato não de que a inteligência estivesse como que adormecida, mas de que foi elevada a verdades que ultrapassam a capacidade do espírito humano.

Enquanto a inteligência conhece uma dilatação prodigiosa, a atividade da imaginação está suspensa durante os períodos culminantes. Quanto mais a luz é forte, mais a alma se sente encandeada, cega. Por outro lado, se ficarmos somente pelas aparências, o repouso no Espírito pode apresentar algumas semelhanças com os estados parapsicológicos, como os estados hipnóticos, histéricos, mediúnicos, magnéticos, letárgicos, cataléticos… Contudo, a semelhança é apenas exterior; apresenta-se somente nos fenômenos corporais, que têm relativamente pouca importância no repouso no Espírito. Quanto à sugestibilidade, pode, por vezes, contribuir para provocar o repouso no Espírito; contudo, não se deve exagerar a sua importância. De qualquer maneira, é impossível que a sugestão, por si própria, possa provocar uma reação tão violenta e tão súbita como o repouso no Espírito.


Repouso no Espírito e incapacidade corporal


Sao_Paulo_caiu_por_terra_reposo_no_Espírito


O repouso no Espírito traduz-se, habitualmente, por uma incapacidade corporal. A pessoa começa por vacilar, para finalmente cair suavemente para trás; a energia física desvanece-se. A pessoa está como que ofuscada pela intensidade da presença interior do Espírito Santo. Há, então, incapacidade de adaptar o psiquismo e os sentidos a uma experiência espiritual tão intensa.

Em termos técnicos, pode dizer-se que, no decurso do repouso no Espírito, só o “Pneuma” se liberta para se “aquecer” no seio do Pai, enquanto que a “psique” está como que ligada desde que se deu a “invasão” do corpo pelo Espírito Santo. Enquanto a pessoa “repousa” no chão, parece estar num meio-sono, banhada numa grande paz. Terá, por vezes, a impressão de estar como num outro mundo, ou ainda, como do lado de fora do seu corpo. Saboreia uma grande alegria interior, um amor de Deus muito intenso, a que se junta por vezes uma cura física ou interior, ou opera-se uma conversão profunda. O repouso no Espírito dá, freqüentemente, forças novas ao corpo e ao espírito, tal como o sono natural regenera as forças corporais. O repouso no Espírito é uma inibição reparadora.

Quanto à duração, vai de alguns segundos até algumas horas. Quanto mais tempo dura, mais a influência divina é susceptível de ser profunda. A maior parte das pessoas deseja não ser incomodada, a fim de saborear esta presença invulgar de Deus.


Como recebê-lo


Dele_emana_todo_o_poder


De uma maneira geral, pode dizer-se que uma pessoa que está habitualmente aberta às inspirações do Espírito Santo, esteja ou não avançada na vida espiritual, está mais disposta ao repouso no Espírito. Pode notar-se, contudo, uma diferença: é que a pessoa avançada continuará tranquila e sossegada, enquanto que a outra estará sujeita à emoção.

Se o repouso no Espírito não se produz, a pessoa poderá, até mesmo, ser santa e habituada à influência do Espírito. De qualquer maneira, é preciso evitar fazer um julgamento geral sobre as pessoas que recebem o repouso no Espírito e as que não recebem. Mas, em poucas palavras, pode dizer-se que apenas não se recebe o repouso no Espírito porque se resiste, recusando-o, ou então porque se está habituado à ação do Espírito em si próprio.

Por outro lado, o repouso no Espírito sobrevém, a maior parte das vezes, na oração. Pode tratar-se de um grupo de pessoas, mais ou menos considerável, reunido para uma oração comum, seja litúrgica, seja carismática; mas uma ocasião muito favorável é a celebração eucarística, especialmente depois da santa comunhão. Quanto mais a atmosfera está impregnada de oração, mais o repouso no Espírito se manifesta, por vezes mesmo sem as que as pessoas sejam tocadas por outras. A oração de louvor é uma causa particularmente eficaz do repouso no Espírito. Este repouso também se produz, muitas vezes, a seguir a um ministério de pregação, confinante a orações de cura. Convém assegurar um clima tranqüilo na assembléia e evitar a exaltação da assistência e toda a procura de espetáculo.



Pe. O. Melançon, CSC


RCC Brasil

Repouso no Espírito e Renovação Carismática


Armadura_do_Cristão_Efe_6

Há Poder De Deus !

DVD Há poder de Deus

No dia 13 de Outubro de 2009, aconteceu a gravação do DVD Há poder de Deus com Ironi Spuldaro e Ministério Há poder de Deus, todos servos do Grupo de Oração Caminhando Com Jesus e Maria do Santuário Nossa Senhora Aparecida em Guarapuava a gravação do DVD aconteceu na cidade de Maringá.
O Lançamento oficial do DVD de Ironi Spuldaro e o Ministério Há Poder de Deus será em Dezembro pela TV Século.

Fonte:Vanusa Frigeri MCC Diocese de Guarapuava. Mais novidades em http://www.ironispuldaro.com.br”


IRONI   SPULDARO


13

O que é Repouso no Espírito ?


Repouso2

Jesus Repousa tranquilamente enquanto os anjos o assistem.



Repousar no Espírito é

Descansar nos Braços do Pai.


 “Só em Deus repousa minha alma, só dele me vem a salvação.”

(Salmos 61,2)

“Por isso meu coração se alegra e minha alma exulta, até meu corpo descansará seguro,”

(Salmos 15,9)


O Encontro:

Renovação Carismática:



Resposta sobre um comentário repetitivo que algumas pessoas insistem em copiar aqui neste Blog, provenientes de outros Blog’s ligados ao tradicionalismo que não aceitam a RCC como ela é, mesmo sendo totalmente aceita e recomendada pelo Santo Papa Bento XVI e seus antecessores ultimamente também sendo totalmente aceita pelo Papa Francisco, usam de acusações sem fundamento e adjetivos que não cabem ao que foi proposto.

O texto completo recebido em um comentário será dividido, porque se tratam de assuntos diferentes, sob aspectos diferentes e serão subdivididos em Post’s separados.


Moises_na_presença_de_Deus_sarça_ardente Resposta a diversas perguntas sobre sintomas e sentimentos que ocorrem nos momentos de oração e louvor! click aqui ==>


Jesus_Madalena

Repouso no Espírito Repouso no Espírito Ordenação Sacerdotal

Repouso no Espírito.

I Parte.

A fotografia (foto-1) & (foto-2) foram divulgadas por um outro Blog e usadas como exemplo de Repouso no Espírito, afirmando que isto seria uma manifestação Espiritual inventada pela RCC ou simplesmente um fator psicológico refletindo uma variação de acontecimentos advindos de outras religiões.

Devemos analisar os fatos cuidadosamente de acordo com a palavra de Deus e o Magistério oficial da Igreja Católica. (Obs.1).

Click nos Link’s e comprove diretamente na

Bíblia Católica Ave Maria on Line:

Estas fotos foram tiradas em um certo momento de um encontro Carismático em que se realizava louvor, cura interior e libertação conduzida por um Sacerdote, provavelmente na presença do Santíssimo Sacramento exposto (*1).

Todo o poder pertence a Jesus e d’Ele emana irradiando sobre todos nós, curando, libertando e transformando nossos corações.  Esta sempre foi a vontade de Deus, curar e libertar os cativos, este ministério ocupou a maior parte do tempo de Jesus quando esteve presente entre nós, ao enviar os 72 discípulos para preparar o seu caminho, instruiu-os como deveriam curar os enfermos e expulsar os demônios em seu nome (Lucas 9), vimos também que assim aconteceu conforme a sua palavra, depois ao se elevar para o céu reafirmou esta ordem a todos aqueles que creem no seu nome, deveríamos continuar a sua missão, de acolher e curar os oprimidos, tanto no corpo como na alma. (Marcos. 16, 15).

Podemos experimentar a sua presença e as suas graças sendo derramadas sobre nossos corações, cada pessoa pode ter seu próprio momento individual com Deus, mesmo que estejamos em comunidade ou em um grande Ginásio de esportes. Este poder se manifesta  das mais diferentes formas possíveis, depende da necessidade e da abertura interior de cada um.

Nós ainda mal conhecemos todas as maneiras que Jesus utiliza para curar os corações.   A RCC reconhece que estamos aprendendo conforme vamos caminhando, mas não podemos impedir o Espírito de agir só porque alguma coisa que esteja acontecendo pareça incomum aos nossos olhos.

Neste momento em particular, podemos ver pessoas de joelhos em adoração, algumas de pé meditando em seus problemas interiores e outras repousando no Espírito, demonstrando sua confiança e entrega total nas mãos de Jesus, sendo que em relação à maneira correta de se “Repousar no Espírito” ninguém pode garantir como seria, isto pode ocorrer de diversas formas diferentes, até mesmo em público e inesperadamente, tanto pela pessoa que ministra o evento como pela pessoa que recebe a manifestação, por outro lado, outras pessoas acabam imitando o verdadeiro Repouso no Espírito, pensando ser uma prova exterior de que Deus esteja manifestando em si mesma e por isso seria obrigatório deitar-se no chão, como uma prova de que Deus está agindo, quando na verdade isto não é necessário, já que Deus também pode nos curar sem ser preciso acontecer o “Repousar no Espírito”.


Jesus_Madalena Jesus_Madalena Aos Pés do Mestre

Na cura interior:

É normal ocorrer algum Repouso no Espírito, principalmente quando fazemos uma oração particular e individual visando a cura de traumas mais profundos, se bem que isso não é uma regra geral, muito menos obrigatório, mas não podemos impedir que alguém sinta um toque especial de Jesus em seu coração e venha a repousar em nossa presença, “em particular ou em público”, mesmo quando não a induzimos à esta manifestação, já que pode ser esta a maneira que Cristo deseje usar para tocar em seu coração curando-a e libertando-a de todas as suas dores e traumas interiores.

Salientamos que, a fotografia retrata um exato momento no tempo e no espaço, nem um minuto antes e nem um minuto após, isto implica que “00:01 mm”, um minuto em um encontro Carismático não pode caracterizar três dias de evento repleto de outras ATIVIDADES, onde sempre se coloca em primeiro lugar a Santa Missa e a pregação da Palavra de Deus através de testemunhos e ensinamentos Querigmáticos e Catequéticos.

Os momentos de louvor, cura interior e oração com músicas são complementos necessários preparando o terreno para ouvir e acolher a palavra de Deus no profundo de seus corações (ex. O Semeador). Geralmente em um encontro da RCC existe um momento reservado para que todos adorem o Santíssimo Sacramento, devidamente acompanhado por um sacerdote que personifica a pessoa de Cristo na terra sem se referir à exposição do Santíssimo em uma capela reservada que durante todo o encontro os “lideres ou servos” permanecem no CERCO DE JERICÓ em revezamento e interseção a Deus pelo evento em si, pelos pregadores, pela ação de Deus nos corações e famílias ali representadas e por todos os pecadores deste mundo.


MISSA CARISMÁTICA Missa Carismática MISSA CARISMÁTICA

Encontro Aberto:

Em um encontro Carismático aberto “padrão” recebemos pessoas dos diversos níveis da sociedade e diversos níveis de participação na Igreja, desde os mais atuantes como os que nunca entraram em uma Igreja. 

Direcionamos o encontro especialmente para as pessoas mais afastadas que necessitam de mais conhecimento, que são como ovelhas feridas ser Pastor, com o objetivo de atingir e restaurar a vida dos filhos  de Deus afastados da Igreja, ou seja, “Evangelizar os Batizados”, neste caso recebemos pessoas feridas pelo pecado, pela droga, pelas mágoas, pelas enfermidades, pelo desprezo, pelo ressentimento, pela discriminação, em fim, o rebanho está cheio de OVELHAS feridas a serem curadas antes de efetivamente receberem um bom alimento sólido para suas almas. De que adianta alimentar uma ovelha que está morrendo, sangrando ou envenenada por uma serpente maligna, antes de tudo precisamos tratar suas feridas e curar suas dores, este era o método de Jesus, foi assim que Ele nos ensinou, foi assim que Ele nos mandou fazer quando fossemos evangelizar o mundo que não o conhecia.

Isto é arar a terra e preparar o terreno para receber a boa semente,  isto é abrir os corações para receber Jesus no Sacramento da Eucaristia e o alimento da Palavra de Deus na “Santa Missa” ponto central e máximo de um encontro da RCC, nós apenas preparamos o caminho para que Ele “JESUS” receba todos os méritos, e será Ele mesmo quem realizará a sua obra perfeita em cada um de nós.

Críticas mais Frequentes:

1 – Repouso no Espírito.

Dizem que as pessoas ficam aparentemente fora de si descontroladas se estrebuchando no chão:

Não é verdade, as pessoas ficam como que dormindo por um curto espaço de tempo, mas mantendo o completo domínio de si mesmas  sem perder os sentidos e não só podem como devem controlar esta manifestação, podendo se levantar quando bem entenderem ou se forem chamadas a se levantar.

2 – Grau de Consciência:

É comum ouvirmos testemunhos que confirmam o fato de que continuamos ouvindo e sentindo as coisas que acontecem em volta de nós, semelhante quando estamos sonhando e o sono termina e começamos a perceber os acontecimentos em volta porém ainda permanecemos dormindo e tentando se levantar ou se mover, mas o corpo não responde por isso o repouso no Espírito não se assemelha em nada à um desmaio, sendo mais semelhante a um cochilo no sofá enquanto assistimos tv.

3 – Entrega incondicional:

Só repousa no Espírito quem se permite e tem coragem de se entregar de corpo e alma a Jesus.  O repouso é uma entrega total aos braços do Pai onde até mesmo seríamos capazes de saltar de um prédio em chamas na direção e guiados pelo som de sua voz.

4 – Queda no chão:

Há quem coloque como uma característica padrão uma queda instantânea como um desligamento pontual, mas podemos perceber que na grande maioria das vezes as pessoas dão sinais de que estão prestes a repousar, pois começam a perder as forças e vão desfalecendo aos poucos dando tempo para que as pessoas ao seu redor percebam a iminência do acontecimento e a auxiliem em uma queda suave ou até mesmo sentando a em uma cadeira para que não caia com insegurança no chão ou em cima de outra pessoa ou seja, deitar as pessoas no chão não pode ser seguido como uma regra ou obrigatoriedade já que este tipo de ação já acontecia a muito tempo antes mesmo do termo Repouso se tornar mais conhecido.

É comum ouvirmos testemunhos de que pessoas caíram de repente e não se machucaram, porém este não seria um testemunho comum ou de regra geral, pois aqueles que não caem de repente também estão repousando no Espírito e se beneficiam com os mesmos efeitos de cura interior e alívio que o Pai propõe para todos.

Portanto, Repouso no Espírito não implica em cair no chão ou sobre qualquer coisa como se fosse um fruto maduro despencando de uma árvore “ISTO NÃO É UMA REGRA GERAL MUITO MENOS OBRIGATÓRIO” que deve acontecer a qualquer custo para provar que Jesus tocou em mim:


Repouso2

SVE I – Encontro de Jovens – Diocese Santo André.


“EU SENTI JESUS EM MEU CORAÇÃO”

“VEJAM COMO JESUS ME TOCOU”.

Mas se por acaso alguma pessoa não for capaz de se controlar e começar realmente a demonstrar reações de descontrole físico e emocional, isto não será um “Repouso no Espírito” e sim uma manifestação de possessão ou ainda uma crise epilética.(*2)

Esta pessoa deverá ser retirada do ambiente para não causar transtorno aos demais e ser atendida por uma equipe preparada em um ambiente reservado, salientamos que isto pode ocorrer e que devemos estar preparados para tal acontecimento, porém geralmente não ocorre com freqüência  principalmente quando o encontro é voltado à um nível de participantes mais crescidos na fé, por outro lado quando o evento é voltado para a cura e libertação e aberto para pessoas enfermas e problemáticas, podemos estar preparados que isto poderá acontecer com muitas pessoas.

A Própria Igreja mantém um Sacerdote preparado para o “Exorcismo”, reservado para esse tipo de atendimento quando necessário, mostrando que nada disso é anormal em nosso meio, porque o próprio Jesus assim sempre atuou além de mandar que seus discípulos fizessem o mesmo que Ele.

Leia sobre “Cura e Libertação“.

Uma crítica referente à manifestações demoníacas não pode ser imputada ao movimento Carismático, uma vez que a Bíblia e a história dos Santos está repleta de relatos mostrando que possessão demoníaca existe independentemente da existência de Carismáticos e que os Cristãos deveriam expulsar os demônios seguindo os conselhos e exemplos de Jesus.


Ordenação Sacerdotal Aos pés de Jesus Ordenação Sacerdotal

2 – O fato de estar deitado no chão:

E outros sintomas: a desenvolver

Que problema existe no fato de se deitar no chão quando se está sendo curado por Jesus,?

Qual é problema em descansar no colo do Pai.?

Qual é o problema de se confiar em Deus despojando-se completamente em suas mãos e confiando inteiramente na sua Misericórdia eterna ?

Vejam estas fotos acima, várias pessoas deitadas no chão, você saberia me dizer o que significa isso ?

E se eu lhe dissesse que estão todos loucos de amor por Jesus a ponto de se prostrarem a seus pés entregando toda sua vida a Ele ?

Talvez há quem considere apenas como parte de um ritual na ordenação Sacerdotal !

Sei que você não está pensando nenhum mal destes jovens deitados no chão, porque sabes que este é um ato de entrega total a Jesus e de consagração ao Sacerdócio no serviço da evangelização do mundo, então porque estranhar o fato de alguém que não é Sacerdote, mas neste ato de entrega total de confiança a Deus se coloca na mesma posição destes Jovens que visivelmente praticam um ato consciente na presença de Deus e da comunidade ?

Hoje estamos bem acostumados a nos colocar de joelhos na presença do Santíssimo Sacramento, quando entramos numa Igreja fazemos a nossa reverência a Ele e quando entramos em oração nos colocamos nesta condição para expressar nosso respeito e nossa total submissão, se bem que a maioria das pessoas não sabe nada sobre isso, mas podemos relembrar que no passado do povo Judeu a expressão física externa de respeito ao Senhor Deus era um pouco mais do que apenas se colocar de joelhos e sim era um ato de total prostração e como diz os mais entendidos, “Colocar a boca no pó da terra” para demonstrar que não somos nada a não ser pó.  Um ato de total humildade, é este ato observado nas fotos de Ordenação Sacerdotal onde o Jovem candidato se doa a Jesus demonstrando o sentimento de seu coração neste ato externo de seu corpo físico, portanto a fato de alguém estar prostrado na presença de Deus nada mais é do que uma entrega total a Deus, que pode ser de maneira voluntária e consciente e as vezes acontece de maneira involuntária guiada e conduzida pela ação do Divino Espírito Santo de Deus.

Enfim, Repouso no Espírito Nada mais é do que um momento em que uma pessoa cheia de problemas interiores se entrega totalmente e incondicionalmente nas mãos de Jesus para que Ele trabalhe em seu interior livremente, arrancando todas as dores e enfermidades e assim ela descansa em Deus como se escreve no (Salmo 15,9):

“Por isso meu coração se alegra e minha alma exulta, até meu corpo descansará seguro,”

(Salmos 15,9)

“Só em Deus repousa minha alma, só dele me vem a salvação.”

(Salmos 61,2)




Pergunta:

Quem recebe o Espírito Santo é só quem repousa?

Não, porque!



Respostas sobre Repouso no Espírito.

Transferido para outro post.




Pergunta:

O que de fato acontece quando repousamos no Espirito Santo?

Pode acontecer muita coisa, depende de cada pessoa em particular!



Respostas sobre Repouso no Espírito.

Transferido para outro post.




Pergunta:


Por que algumas pessoas choram e outras não quando recebem o Espírito Santo ?

Chorar ! Por que ?



Chorar é uma emoção humana muito comum!


jesus_consala_mulher_chorando


Mas por que as pessoas choram?

O texto ficou um pouco longo e foi transferido para um post particular.

Siga o Link Abaixo

Por que as pessoas choram ?


.


Leia mais sobre Repouso no Espírito neste Blog: Click Aqui




Armadura_do_Cristão_Efe_6

Oração_portas_abertas_para_a_presença_de_Deus

Muitas pessoas estão procurando aqui respostas sobre alguns sintomas que normalmente ocorrem nos momentos de oração e louvor intensos, tais como, arrepios, queimor nas mãos e no peito, mãos e pernas trêmulas, língua presa, Dom de Línguas e outros.   Procuramos dar algumas respostas simples a estes sintomas em outro Post:  click aqui ==>


Extase_cume_da_oracao


Encontro Nacional de Jovens da RCC – ENJ 2009.

Olá juventude Santa!

O Ministério jovens já está preparando o encontro nacional de Jovens, especialmente pra você com muito carinho, você não pode ficar fora dessa !

Este ano teremos como tema: “Jovens sentinelas da manhã: Apóstolo da Efusão do Espírito Santo”.

E o Lema: “Jesus Cristo é o Senhor.” (Fl2,11)

O encontro acontecerá nos dias 30, 31 de outubro e 01 de novembro de 2009 no Pavilhão de Carapina – SERRA / E.S

Esse ano a estimativa de público é de 15.000 jovens, pela honra e glória do nosso senhor Jesus Cristo!!!!

Não perca tempo, traga sua galera para participar do encontro que vai marcar a história da juventude do Brasil.

.

Queridos sentinelas, estamos nos aproximando do ENJ 2009 e é uma alegria sentir que a hora de estarmos juntos está se aproximando.

Creio que estamos vivendo a primavera de Deus em nosso ministério e na RCC. Mas, quero pedir a Deus que este tempo se estenda às nossas vidas. Convido a todos a levantar um grande clamor ao Senhor pedindo esta graça as nossas vidas e sonhos.

Irmãos, passei este fim de semana em casa e foi providencial poder parar e rever algumas coisas, pessoais e também do ministério. Percebo a necessidade e a importância de, como discípulos, estarmos unidos. Mas para que esta unidade aconteça, temos que abrir mão muitas vezes de interesses pessoais. É o Amor de Deus que gera unidade em nós. Esse amor se esvazia de si mesmo. Para vivermos esta primavera de Deus em nossa vida, temos que nos esvaziar de nós mesmos.

A missão que Deus nos concedeu está em nosso coração. Não é tempo de descansarmos e deixarmos de lado. Clamemos ao Senhor Jesus a graça do verdadeiro amor, para que a unidade aconteça no Ministério Jovem!

Quero partilhar esse conteúdo abaixo com vocês e pedir que esse conteúdo sirva de reflexão, oração e estudo em preparação do ENJ 2009.

Temos muitos questionamentos quando falamos de juventude carismática, e uma delas é “Como um jovem vive a Cultura de Pentecostes?”. Creio que esse texto vai nos ajudar a entender o chamado de Deus para cada um de nós e, é claro, a dimensão de nosso sim, para que vivamos plenamente o Apostolado do Espírito Santo.

Toda semana, vamos enviar um texto em preparação ao Encontro Nacional de Jovens 2009. Também teremos algumas ações que, durante esta semana, vamos partilhar para nos prepararmos espiritualmente para o ENJ 2009.

Abraço fraterno!

Márcio Zolin
Coordenador nacional do Ministério Jovem

.


.Click Aqui e saiba mais.

.


.

O ENJ 2009
Presenças
O que vai Rolar
Notícias
Vídeos e Áudios
Inscrições
Alimentação
Alojamento
Como Chegar
Galeria de Imagens
Mural de Recados
Divulgue o ENJ
Patrocinadores
Fale Conosco

// <![CDATA[
function MM_preloadImages() { //v3.0
var d=document; if(d.images){ if(!d.MM_p) d.MM_p=new Array();
var i,j=d.MM_p.length,a=MM_preloadImages.arguments; for(i=0; i

Goiânia sediará encontro com Frei Raniero Cantalamessa.

Pregador Apostólico do Vaticano

Frei Raniero Cantalamessa, o pregador apostólico do Vaticano esteve em Goiânia  nesta ultima semana de 09 a 14 de Setembro, Como Pregador do Encontro Regional de Servos de Goiás, trazendo um pouco de seus conhecimentos e experiências nos diversos encontros por ele presididos em todo o mundo.

CLICK NA FOTO

E Veja as fotos e as pregações

No Site RCC Goiás.

http://www.rccgoias.org.br/regional/

Home page de Frei Raniero Cantalamessa

Fr. Raniero Cantalamessa

Desde o final de 1980 Frei Raniero Cantalamessa, da Província das Marcas, é Pregador Apostólico. Como tal, todas as sextas-feiras do Advento e da Quaresma, ele propõe uma meditação na presença do Papa, dos cardeais, bispos, prelados e superiores gerais de ordens religiosas. O título e o serviço do Pregador Apostólico remontam a Paulo IV (1555-1559). Até aquele tempo os Procuradores Gerais das quatro ordens mendicantes (Pregadores ou Dominicanos, Menores ou Franciscanos, Eremitas de Santo Agostinho e Carmelitas) pregavam por turno nos domingos do Advento e da Quaresma. De Paulo IV em diante, os pregadores apostólicos foram estáveis, escolhidos das diversas ordens religiosas. E, em 1743, o Sumo Pontífice Bento XIV, com o breve Inclytum Fratrum Minorum, reservou esse encargo exclusivamente à Ordem dos Frades Menores Capuchinhos.

Atualmente as pregações acontecem na capela Redemptoris Mater. O Pregador Apostólico habita na Cúria Geral dos Frades Menores Capuchinhos.

francisco_e_clara

Texto de Frei Raniero Cantalamessa no Site RCC-Goiás

Francisco e Clara – Dois enamorados, mas de quem?

“A túnica era sem costura” Homilia da ultima Sexta Feira Santa.

Radicais Tradicionalis criticam a Pregação de Frei Raniero Cantalamessa em Roma.

XI ENCONTRO DE SERVOS

Click no Link abaixo e Confira.

Image


CHÁCARA JEUS CURA


Principais Temas Abordados no encontro.


Pregação Ironi Spuldaro, exercer os carismas

Reaviva os encontristas nesta manhã de sábado.

“É necessário exercer os carismas dentro do grupo de oração, carismatizar a igreja”

A primeira pregação do XI Encontro de Servos da Renovação Carismática Católica de Goiás teve como rhema a passagem de Jeremias 33,3 ” Invoca-me e te responderei, revelando-te grandes coisas misteriosoas que ignoras”.

Ironi Spuldaro da RCC do Estado do Paraná exortou logo no inicio da sua pregação que cabe a cada um de nós ser “carismático” e não esperar só do coordenador do grupo, da liderança da RCC que ela seja carismática, que ela exerça os carismas.
“É necessário exercer os carismas dentro do grupo, levar a graça do Espírito Santo à toda igreja. Os carismas do Espírito Santo não é um privilégio somente da RCC mas de toda a igreja desde o seu ínicio com Pedro e os apóstolos como nos é relatado por São Lucas no livro dos Atos dos Apóstolos. Invocar o Espírito Santo na igreja é pedir ao dono da graça que é Deus nosso Pai que nos capacite com seus dons é ele que dá a todos cristãos independente de movimento, pastoral ou igreja cristã.

Ironi também falou do “ser carismático” dentro da igreja e da responsabilidade de cada membro do grupo de oração para o exercício dos carismas dentro do grupo de oração e sobre tudo ter uma vida verdadeiramente carismática. Quando os membros da RCC se omitem no exercício dos carismas muitas pessoas perdem a oportunidade de também serem batizadas no Espírito Santo. Não falta dom algum aos cristãos o que falta é uma verdadeira vida carismática.

” Quando Deus nos dá esses dons não temos o direito de não usarmos os carismas em favor dos irmãos”. concluiu.

Raquel Mecenas _ Ministério de Comunicação da RCC Goiânia-Go
Image

Jesus está vivo

Roberto Ricardo, coordenador Estadual de Formação, inicia a pregação pedindo a cada um para abrirem o coração à graça de Deus. E conta a boa nova: “Jesus está vivo e é o Senhor” E muitas vezes escuta-se pessoas reclamando sobre suas vidas, dificuldades e problemas. Muitas pessoas buscam apenas o mundo, esquecem de buscar quem está vivo. A maioria delas vivem do mundo como se Jesus ainda estivesse no sepulcro, como se Jesus estivesse morto, puramente por medo de toda transformação que Jesus é capaz de fazer ou siplesmente por não acreditar na transformação, na libertação que o Senhor pode fazer.

Quantas pessoas já falaram que o sepulcro está vazio, mas Jesus está vivo. É difícil acreditar sem ver. E o mundo vive em meio a muitas dificuldades, muitos momentos difíceis. Acredite que Jesus está vivo e isso deve sair do coração, não pode ter dúvidas, todos devem ser testemunhas vivas de Jesus.

E se sua vida está cheia de problemas, é porque está rezando pouco. O que falta em sua vida é oração, pois Jesus vive. Ele pode resolver todos os problemas. É importante entender que a Cruz não pode ser pessoas. A cruz são os problemas que as pessoas possuem, e as pessoas necessiam ser amadas. Pois só através do amor de Deus é que cada um conseguirá testemunhar esse Jesus Vivo que habita no meio do povo. “Tem que nascer da água e do Espírito de Deus, tem que nascer do Senhor.Tem que nascer do Amor”.

Carla Rodrigues – Ministério de Comunicação Social – GO

geral

Sede Anunciadores da Palavra de Deus

Pregação Marcos Volcan

Anunciar a palavra de Deus é apoderar do poder do Espírito Santo dado por nós

A tarde deste sábado trouxe a presença viva de Deus Pai. Marcos Volcan, presidente do Conselho Nacional da Renovação Carismática Católica, fez o chamado de promover a cultura de Pentecostes no mundo. E como promover esta cultura? O mundo muitas vezes tenta tirar dos cristãos a unção dada pelo Espírito Santo.

Mas a palavra de Deu é alimento para a alma e fortifica o cristão. A cultura de Pentecostes é um modo de vida, em que homens e mulheres devem buscar sem cessar esse dom. Essa é a vontade de Deus; ser anunciador da palavra. E ser anunciador é apoderar-se do poder do Espírito Santo.

A partir do momento que todos tomarem posse dessa autoridade dada a cada cristão muitas bençãos serão derramadas, curas e milagres anunciados, porque esses são os sinais verdadeiros da presença do Espírito Santo. Portanto, sede santos, busquem a unção de Deus. Estejam sempre à frente, ungidos pelo poder do Espírito Santo, porque uma nova direção será dada a todos os servos.

E esta é a hora. Hora de ser Renovação Carismática Católica. Essa preciosidade que foi dada á Igreja de Cristo. Igreja que cresce em todos os lugares. Católicos, renovem seus dons. Tomem posse, tomem a decisão de falar de Deus pelo mundo, pois a expectativa é de que nos próximos anos a Renovação Carismática do Brasil acolha novos missionários para serem anuciadores da palavra de Deus.

Juliana Barros – Ministério de Comunicação Social – GO

Image

MILAGRES EXISTEM, BASTA SOMENTE CRÊR

“Se pegarem cobras ou beberem algum veneno, não sofrerão nenhum mal; quando colocarem as mãos sobre os doentes, estes ficarão curados.” (Marcos 16,18)

O pregador Ironi Spuldaro – coordenador do Projeto Celebrando Pentecostes iniciou a pregação cantando: “Caminhando pela estrada eu vou, de prova em prova, vitória após vitória, caminhando pela estrada eu vou, orando pela estrada eu vou. Busquem através da oração, autoridade, nova unção e poder no Espírito Santo por meio da intimidade com Deus.

Ironi se apresenta como Ironi Spuldaro Carismático e diz que os servos devem ser reconhecidos por onde passarem como carismáticos, pois sendo todos carismáticos, todos serão irmãos. Todos os servos devem ser instrumentos de cura, de milagres e do poder de Deus. E o chamado que Deus faz é que cada servo seja discípulo do Senhor, pois Jesus deu a autoridade de expulsar demônios, da mesma forma, que todos recebem a graça do Senhor, cada um deve dar e passar aos outros a graça do Espírito Santo.

E se esse poder não está sendo passado é porque existem muitos irmãos que ainda não abandonaram o homem velho, e vivem apenas por fachada, como falsos carismáticos. Mas se cada um conhecer a verdade serão legítimos carismáticos, porque Jesus fala: “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. E a verdade, a autoridade não está nas pessoas, mas sim em Deus e ela é conferida por Deus. Não dá pra ser carismático desanimado, que vive reclamando da vida. Por isso, busquem o entusiasmo para serem usados por Deus. O poder não está nas pessoas, mas ele é conferido pelo sangue de Jesus. E Deus não volta atrás em suas promessas.

Segundo Ironi quando Deus batiza, cada um recebe a unção do Senhor. Não é necessário que o anjo toque na água, mas é missão dos servos derrubar pessoas na água e acreditar que elas sairão de lá curadas. E se isso não aconteceu, nossos grupos estarão vazios, nossos grupos de orações não proclamarão a glória de Deus. E a palavra diz: “Á tarde, levaram a Jesus muitas pessoas que estavam possuídas pelo demônio. Jesus, com a sua palavra, expulsou os espíritos e curou todos os doentes.” (Mateus 8,16) Não precisa de gritaria, não precisa de escândalo é preciso unção.

E o Senhor deu uma ordem e ela é irrevogável. A palvra de Deus fala que imporão as mãos sobre os doentes e estes, serão curados. E durante toda a oração muitas curas o Senhor concedeu, dentre elas: problemas de intestino, surdez, cegueira, câncer, paralisia. Impossível deescrever o imenso amor de Deus derramado nesse Encontro, porque o amor de Deus é infinito e ele alcança a todos.

Carla Rodrigues _ Ministério Estadual de Comunicação Social

geral

Pregação Ziad, Retorna às tuas primeiras obras

A pregação do Ziad, coordenador estadual da RCC-GO, começou chamando todos os servos a escolherem um personagem do Novo Testamento e que colocasse cinco qualidades para este personagem. Essas qualidades no final da pregação foram destacadas sendo da própria pessoa que as escreveu. Além disso, proclamou com muita fé que a maior verdade que existe é de que a Igreja Católica não se perderá. Isso é promessa de Deus. E Deus chama cada um a trazer a Igreja de volta para o caminho. E como dizia Tereza: “prefiro errar com a Igreja do que errar sozinha”. E o que Deus escolheu para a Igreja é a RCC. A presença de Deus é o reeger de Jesus Cristo na vida de cada cristão.

Em Goiás há muito tempo Deus derrama fogo para a Renovação. Várias histórias e testemunhos de servos que hoje estão servindo a Deus. E o povo carismáticos é maluco, mas precisa de força, coragem e ousadia, porque quando isso acontece Deus faz milagres na vida dos cristãos. Muitas vezes os carismático deixam a graça passar. E só basta acreditar. E para pedir o Espírito é só ser sincero nas palavras: “Meu Deus eu não te conhecia eu quero sentir isso também. Eu quero estar lá”. Essa é a frase para começar a sentir o mover do Espírito Santo. E Jesus Cristo muda a vida para melhor, basta você pedir, porque assim a experiência do Espírito Santo vem para cada um de maneira diferente.

Nessa tarde estiveram presentes mais de 3000 pessoas e o Espírito Santo agiu em cada uma delas. E Deus vê muitas qualidades para ser um grande evangelizador. Cada servo é escolhido para ser um grande anunciador. E a época é agora, porque cada grupo de oração tem um ministério. Diversos dons são dados, e hoje a RCC lotou o auditório do Centro de Convenções. Hoje vários pregadores viajam pelo mundo todo. O futuro da RCC é de cada um dos servos.

A Igreja abre as portas e a RCC vem para evangelizar, já que o mundo precisa ouvir a palavra de Deus. Quando ela é proclamada tudo se transfoma. E os escolhidos têm autoridade para falar em nome de Deus. Portanto, proclamem a glória do Senhor. A graça de Deus é renovar o Pentecostes dia-a-dia. Sede evangelizador da palavra de Deus.

Juliana Barros – Ministério de Comunicação Social – GO

Image

Pregação Ironi Spuldaro, Grupo de Oração

Os carismas no Grupo de Oração

Todo Grupo de Oração tem o dever de inundar o coração das pessoas com o profundo amor de Deus.

São com essas palavras que Ironi Spuldaro inicia essa pregação que tem como tema os Grupos de Orações. E com muita unção e autoridade nos diz:“ Deus é Bom a todo momento, a todo o momento Deus é Bom”.Essa bondade de Deus deve ser expressa a todo momento, se você não for apaixonado pelo seu grupo de oração, você não passa de um “tranca rua”, expressão usada por ele para expressar que uma pessoa que recebe o Espírito Santo, se chama de carismático e não frequenta o grupo de oração está trancando a graça.

Muita gente discute religião, coisas que não tem o que discutir, porque ser cristão é ser outro Cristo! E o grupo de oração não é uma catequese, é batismo no Espírito Santo. Se no Grupo de Oração não estiver recebendo fogo do Espírito Santo descido do céu, tem muita gente descendo para o inferno.

As pessoas devem ir ao Grupo de Oração e sairem de lá com testemunhos sobre a presença, sobre o toque do Espírito Santo, mas para isso os servos devem ser fiéis ao grupo de oração, devem participar do núcleo, devem adorar a Jesus. “ Não se embriaguem com vinho, que leva para a libertagem, mas busquem a plenitude do Espírito.” (Efésios 5,18) Devemos estar cheios do Espírito Santo, devemos orar em conjunto, orar em unidade.

Ironi nos fala com muita clareza que não existe RCC sem Grupo de Oração.

Não devemos nos preocupar com os carismas, não devemos nos preocupar se o padre ou a comunidade não nos deixam exercitar os carismas, pois onde houver Grupo de Oração o Espírito Santo deve ser derramado, e se isso não está acontecendo, a culpa é toda nossa, nos exorta o pregador.

Devemos ser fiéis ao grupo de oração. Devemos ser fiéis à Igreja. Devemos ser fiéis onde quer que estivemos servindo, ser fiel até o fim, devemos ser fiéis, como Deus é fiel a nós! Devemos ser fiéis à vontade de Deus, não devemos mais fingir, mas servir com mais fidelidade.

Milagres não são só para congressos, milagres são para todos os momentos, milagres são para os Grupos de Orações.

Carla Rodrigues– Ministério de Comunicação Social – GO

geral



//mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/pentecostes-ico.jpg” contém erros e não pode ser exibida.
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/dons-do-espirito.jpg
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/frutos-do-espirito.jpg

https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/03/sagrada-familia-jmj.jpg
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/paixao-de-jesus.jpg
https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/05/terco.jpg