O Que é Renovação Carismática Catolica?



A RCC, Nasceu em primeiro lugar no coração de Jesus que a Gerou no Seio da Igreja Católica através da Moção do Espírito Santo.


baner-rcc-3.jpg



A Renovação Carismática Católica, ou o Pentecostalismo Católico, como foi inicialmente conhecida, teve origem com um retiro espiritual realizado nos dias 17-19 de fevereiro de 1967, na Universidade de Duquesne (Pittsburgh, Pensylvania, EUA).(13)Em uma carta enviada dois meses após (29 de abril de 1967), a um professor, Monsenhor Iacovantuno, Patti Gallagher, uma das estudantes que participou do retiro, assim relatou o que aconteceu naqueles dias:

Tivemos um Fim de Semana de Estudos nos dias 17-19 de fevereiro. Preparamo-nos para este encontro, lemos os Atos dos Apóstolos e um livrinho intitulado “A Cruz e o Punhal” de autoria de David Wilkerson. Eu fiquei particularmente impressionada pelo conhecimento do poder do Espírito Santo e, pelo vigor e a coragem com que os apóstolos foram capazes de espalhar a Boa Nova, após o Pentecostes. Eu supunha, naturalmente, que o Fim de Semana me seria proveitoso, mas devo admitir que nunca poderia supor que viria a transformar a minha vida!

Durante os nossos grupos de discussão, um dos líderes colocou em tela o fato de que nós devemos confirmar constantemente os nossos votos de Batismo e de Crisma, assim como devemos ter a alma mais aberta para o Espírito de Deus. Pareceu-me curioso, mas um pouco difícil de acreditar quando me foi dito que os dons carismáticos concedidos aos apóstolos são ainda dados às pessoas nos dias atuais – que ainda existem sinais do poder divino e milagres – e que Deus prometeu emanar o seu Espírito para que se fizesse presença a todos os seus filhos. Decidimos, então, efetuar a renovação dos votos de Batismo e de Crisma como parte do serviço da missa de encerramento, no domingo à noite. Mas, no entanto, o Senhor tinha em mente outras coisas para nós!…

No sábado à noite, tínhamos programado uma festinha de aniversário para alguns dos colegas, mas as coisas foram simplesmente acontecendo sem alternativa. Fomos sendo conduzidos para a capela, um de cada vez, e recebendo a graça que é denominada de Batismo no Espírito Santo, no Novo Testamento. Isto aconteceu de maneiras diversas para cada uma das pessoas. Eu fui atingida por uma forte certeza de que Deus é real e que nos ama. Orações que eu nunca tinha tido coragem de proferir em voz alta, saltavam dos meus lábios. (…) Este não era, pois um simples bom fim de semana, mas, na realidade, uma experiência transformadora de vida que ainda está prosseguindo e se desenvolvendo em crescimento e expansão.

Os dons do Espírito já são hoje manifestados – e isto eu posso testemunhar, porque tenho ouvido pessoas orando em línguas, outras praticam curas, discernimento de espíritos, falam com sabedoria e fé extraordinárias, profetizam e interpretam.

Eu, agora, tenho certeza de que não há nada que tenhamos de suportar sozinhos, nenhuma oração que não seja atendida, nenhuma necessidade que Deus não possa cobrir em sua riqueza! E, no depender dele e louvá-lo com fidelidade, eu sinto uma tremenda sensação de liberdade.

Podemos tentar viver como cristãos, morrendo para nós mesmos e para o pecado, mas esta será uma luta desanimadora se não contarmos com o poder do Espírito. Ainda existem tentações e problemas, mas agora tenho a certeza e a confiança em Deus, agora ele me dá segurança. Realmente, transforma-me a viver nele. É verdade que na Crisma, nós recebemos o Espírito Santo e que nós somos seus templos, mas nós não nos abrimos o suficiente para receber em nossas vidas os seus dons e o seu poder. É certo que o Espírito Santo é o nosso professor: eu dele aprendi tanto e em tão pouco tempo!

As Escrituras vivem! Amém! Eu estou segura de que jamais poderia ter acumulado por minha própria conta tanto conhecimento, apesar de todo o esforço desenvolvido, e com as melhores intenções que tivesse.

(…) Eu me vi, de repente, conversando com as pessoas sobre Cristo, e, vendo desde logo o resultado desse trabalho! Eu jamais teria ousado fazer essas coisas no passado, mas agora, é ao contrário: é impossível deixar de fazê-lo. É como disseram os apóstolos depois de Pentecostes: “Como podemos deixar de falar sobre as coisas que vimos e ouvimos!” (…)(14) .

Estas notícias se divulgaram rapidamente, causando um grande impacto no meio religioso universitário. O “Fim de Semana de Duquesne”, como ficou mundialmente conhecido este retiro, tem sido geralmente aceito como o ponto de partida que deu origem à Renovação Carismática Católica, cuja abrangência estender-se-á, num curto período de tempo, por um grande número de países.

A experiência inicial vivida nestas universidades, caracterizada por um reavivamento espiritual por meio da oração, da vida nova no Espírito, com a manifestação dos seus dons, tomará corpo, transpondo rapidamente o ambiente onde foi originada.

Através das reuniões, seminários e encontros, em breve, aparecerão grupos de oração noutras universidades, paróquias, mosteiros, conventos, etc. Os testemunhos multiplicam-se, vindos dos mais variados grupos de pessoas: operários, ex-presidiários, professores, religiosos das mais diversas ordens.

Kevin e Dorothy Ranaghan ainda registram um aspecto pouco divulgado desta história inicial da Renovação Carismática:

Nossa suspeita de que essa experiência de renovação, que agora estava espalhada, não era nova para os católicos americanos, foi confirmada, quando ouvimos notícias ou recebemos cartas de pessoas ou grupos de católicos ao redor do país. Da Flórida, Califórnia, Texas, Wisconsin, Massachusetts, tivemos notícias do trabalho calmo do Espírito Santo no decorrer dos anos(15) .

Portanto, embora os primeiros momentos da Renovação tenham se dado em torno do retiro de Duquesne e apesar de estarem os americanos igualmente presentes no seu nascimento em diversos outros países, seria falso atribuir a expansão da Renovação Carismática unicamente à sua influência. Como afirma Monique Hébrard, a Renovação Carismática “explodiu quase ao mesmo tempo em todos os cantos da terra e em todas as igrejas cristãs, sem que se saiba muito bem como é que o fogo se ateou”(16) .

Para o Cardeal Suenens isto também despertou uma curiosidade, ou seja, “sem nenhum contato entre si, parece que o Espírito Santo suscitou em vários lugares do mundo experiências que, se não são iguais, certamente são semelhantes”(17)

Fonte: www.rccbrasil.org.br

Retirado: http://www.cancaonova.com/portal/canais/formacao

CNBB – Documento Oficial sobre o direcionamento

Pastoral para a RCC no Brasil.


http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/jesus-te-ama.jpg
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/dons-do-espirito.jpg

//mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/pentecostes-ico.jpg” contém erros e não pode ser exibida. http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/frutos-do-espirito.jpg

sb-rcc-3-2.jpg


13 Respostas

  1. […] um dia de retiro aos seminaristas. Ele falou sobre os dons, os carismas do Espírito Santo, sobre a Renovação Carismática. Na época, não entendi o que significava efusão do Espírito, dons nem carismas na perspectiva […]

    Curtir

  2. […] a palavra de Deus no profundo de seus corações (ex. O Semeador). Geralmente em um encontro da RCC existe um momento reservado para que todos adorem o Santíssimo Sacramento, devidamente acompanhado […]

    Curtir

  3. Thanks for sharing this useful information! Hope that you will continue with the kind of stuff you are doing.

    Curtir

  4. Todos deveriam ler sobre os carismatícos pelo menos uma vez.

    Curtir

  5. Eu como muitos católicos não entendo, e nem entendia muito da história da minha igreja. Questionei-me depois de ver como os mulçumanos defendem e morrem pela sua ideologia. Comecei a estudar mais sobre a minha doutrina, e pelo pouco que já aprendi fiquei fascinado pela história da minha igreja, e triste por ver a divisão que há nela nos dias atuais.

    Sou católico, e de maneira indireta fui um carismático, por freqüentar uma paróquia carismática, e grupos carismáticos. Mas depois de ler alguns livros sobre a santa missa, eu fiquei me questionando se meu comportamento na missa era correto, pesquisei mais e vi que não era. Li sobre o RCC, e fiquei muito chocado com que alguns livros, sites, e documentos, trazem da história da RCC, e da divisão que ocorreu na igreja para que tais movimentos modernistas fossem criados.

    Pela árvore se conhecem os frutos, e vejo como há frutos na rcc, de pessoas que saíram das drogas e de uma vida perdida. Mas percebo que há esses mesmos frutos em comunidades protestantes, espíritas, budistas, entre outras seitas. Vejo que há mais uma preocupação em mostrar um Deus mágico, do que Deus de amor que se dá na cruz, vejo que se preocupa muito mais em agradar os fiéis, do que adorar e viver o sacrifício de Cristo na santa missa vejo que celebram a paixão de Cristo com festas, musicas, e danças que não há respeito algum pelo sacrifício do cordeiro.

    Curtir

  6. […] G.O. é a célula fundamental da Renovação Carismática Católica, é a expressão máxima e principal da RCC, tendo três momentos distintos: núcleo de serviço, […]

    Curtir

  7. […] Grupo de Oração é a célula fundamental da Renovação Carismática Catolica, é a expressão máxima e principal da RCC, tendo três momentos distintos: núcleo de serviço, […]

    Curtir

  8. […] O Que é Renovação Carismática Catolica? […]

    Curtir

  9. […] O Que é Renovação Carismática Catolica? […]

    Curtir

  10. […] os escritos do Sr. Orlano Fedeli! Também, e por último, se referiu à minha vinculação ao Opus e à RCC. Para que fique bem claro: sou vinculado ao Opus, não sou vinculado à RCC (ainda que eu admire esse movimento aprovado pela Igreja)[…]

    Curtir

  11. […] O Grupo de Oração é a célula fundamental da Renovação Carismática Catolica, é a expressão máxima e principal da RCC, tendo três momentos distintos: núcleo de serviço, Oração comunitária e vida de oração pessoal […]

    Curtir

  12. Bom não sei porque e nem como nunca deixou um link do seu blog no meu.

    Porém já te disse uma vez e estou vendo a necessidade de ter que dizer de novo, não aceito que coloque nenhuma crítica sobre o Professor Fedeli no meu blog.

    Primeiramente não estou lá para defendê-lo, e ele nem precisa disso também.

    O último comentário seu não foi aprovado, pois se tiver algo contra a pessoa dele sugiro que procure o mesmo e não a mim que não tenho nada a ver com isso.

    Pois bem, no meu blog disse não ser carismático, porém vejo que seu blog é bem completo sobre o assunto.

    in Corde Jesu et Mariae semper,
    Aline Souza

    +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
    Resposta
    +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
    Aline

    Salve Maria!

    Encontrei um comentário do Carlos “O Leitor Crítico” em um blog dedicado exclusivamente para as cópias efetuadas diretamente do site Montfort do Prof. Orlando Fedeli, como voces também publicam copias do Nobre Professor e eu também, estranhei o fato de que ele tenha reclamado a ausência do nome do responsável e escritor do site luterofedeli.wordpress reinvidicando a responsabilidade do que estava escrito, uma vez que ele já havia colocado uma nota acima dizendo que: tudo aquilo eram apenas cópias sem revisão do site Montfort, com todos os Links para comprovação. Logo o Autor seria unicamente o Nobre Professor.

    Eui não pretendo criticar ou denegrir a pessoa do Sr. Orlando Fedeli, o estranho é alguém ler aquilo que ele mesmo escreveu e entender desta forma, não estou aqui para atacar nem difamar o site Montfort apenas para pedi-lo humildimente que não faça isso com o nome de outras pessoas, principalmente os de minha cidade e de nenhuma outra também.

    Quando dirigi um comentário cumprimentado à pessoa dele como meu grande amigo em seu Blog, eu sabia que seria bloqueado, mas a minha intenção era lhe mostrar que voce se torna responsável pelas palavras dele como se fossem suas, tanto é que voce se ofendeu “Por ele” ao ler meu comentário e principalmente porque logo em seguida elogiei em separado a você fazendo a distinção entre as duas pessoas.

    Um exemplo claro disso seria, se voce atirar em alguem com a arma e a munição de outra pessoa, quem vai para a cadeia é voce e o outro não teria nenhuma responsabilidade, quando exemplifico assim me chamam de nervoso ou mercenário, mas é facil de entender e é verdade, pode ser dura e doer um pouco mas é a verdade, é justamente isso que o mestre Orlando Fedeli faz, usa as cartas de outras pessoas para dizer o que ele quer e apaga as que ele não quer, facil não, eu não disse nada! quem disse foi a carta do leitor! Quem ? O Leitor ? se todas as cartas ficassem publicadas como nos Blog’s eu até concordaria com ele, outro exemplo, escrevi uma carta dura para ele, e ela sumiu! escrevi uma outra elogiando, e ela foi publicada em tres dias, veja que incrível! e tinha 4463 cartas na fila, que fila é esta? creio eu que são 4463 cartas de pessoas contrariadas com o que ele escreve em seu site já que tais “4463” cartas jamais serão publicadas, sendo que, a minha elogiosa cartinha furou uma fila de 4463 outras cartas anteriores.

    Lá no blog do Professor Felipe de Aquino, os comentários maudosos ficam todos explícitos, até já encontrei comentários do Carlos lá também, veja que legal, lá ele tem direito de se expressar livremente, só que os outros também dizem o que querem e vira debate, por isso eu evitei escrever novamente em seu Blog, pois o debate estava claro e voce parecia não estar gostando.

    Em relação ao debate, eu me cansei de ler em silêncio pessoas fugindo de algumas verdades e se refugiando atras de outras verdades como se fossem únicas e absolutas, defender o Batismo no Espírito Santo para mim é uma honra e uma necessidade, pois é uma verdade biblica e não dá para tapar o sol com a peneira.

    A RCC sobreviveu 40 anos sendo atacada e desacreditada, mas ganhou seu espaço até prejudicando a si mesma para isso, hoje é publico e notório que a RCC atua obdecendo a vontade de Deus, Temos erros? Sim temos! lutamos para corrigí-los dia a dia, jamais matarimos uma criança doente, mas a medicamos para que ela sare e fique boa, portanto quando um velho adoecer “assim como o …” deveriamos recomendar-lhe a eutanásia já que não pretendemos conviver com um velho enfermo e doente, na verdade não seria assim, mesmo velho e doente devemos acolhê-lo, amá-lo, orar por ele, medicá-lo para que fique bom o mais rápido possível, porque cremos que é possivel curá-lo e restabelecé-lo, sendo que, ainda cremos que, Deus pode realizar Milágres e ressuscitar até mesmo quem já esteja Morto.

    Quem defende a Vida e Luta contra a Eutanásia como o Sr. Fedeli sabe muito bem do que eu estou falando aqui, como poderia ele então recomendar a extinção da RCC esta criancinha tão pequena e carente de amor de Mãe, já que ele defende eterna juventude para aquilo que muitos consideram velho e ultrapassado, temos que ser coerentes com o ciclo da vida, afinal de contas Deus nos criou assim, não se poe vinho novo em odres velhos, ele quebra o vaso velho e faz um vaso novo com o mesmo barro e anuncia no apocalipse, eis que tudo se fez novo…

    Em verdade, em verdade te digo, quem não renascer da agua e do Espírito não poderá ver o reino de Deus. … Em verdade, em verdade te digo quem não tornar-se a ser criança não entrará no reino dos céus… Se o nosso objetivo é o céu, antes de chegar lá de fato, deveremos renascer do Espírito uma vez que da agua já nascemos, queres arriscar e deixar para o ultimo instante como o ladrão no alto da cruz implorando apenas por apenas uma lembrança.

    Não se pode esconder uma cidade cituada em cima de uma montaha…
    in Corde Jesu et Mariae semper,

    Curtir

Deixar um Comentério aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: