Santa Missa Diária – OnLine – SantaCarona.





SANTA MISSA DIÁRIA ONLINE


O Santa Carona está disponibilizando em sua página do YOUTUBE  para todos os Católicos nestes tempos de Pandemia do Coronavírus a possibilidade de acompanhar diariamente a Santa Missa através de seu canal.

 VENHA PARTICIPAR CONOSCO

Todos os dias a partir das 19:00 hs iniciando com o Santo Terço e as 19:30 hs a Santa Missa.

Aproveite para ver outras postagens com entrevistas exclusivas com personagens conhecidos no meio Católico como músicos, pregadores, Sacerdotes e outras curiosidades.

Apoie nos se inscrevendo no canal, estamos em campanha para atingir o mais rápido possível os 100.000 inscritos.


NOSSO LINK NO YOUTUBE

https://www.youtube.com/user/santacarona


VEJA OUTROS TEMAS EM NOSSO BLOG




 


Deus é um Deus de Amor – São Francisco.



DEUS É UM DEUS DE AMOR





“Deus é Deus de amor que transforma a semente em árvore, em fruto que alimenta a vida, e, por vezes, o luto!…

Deus é Deus de amor que muda o ninho dos pensamentos em ninho de luz; que muda as idéias em ação que nos conduz, ou deixa que nós caiamos, para compreender Jesus.

Deus é Deus de amor que nos deu os pés, para que haja caminhada, nos ofertou as mãos, para dar trabalho à enxada; mas, se ferirmos o companheiro, erramos a estrada.

Deus é deus de amor que nos deu a cabeça para pensar, que nos premiou com o coração para amar; quem aceita o ódio, não pode cantar.

Deus é Deus de Amor que tudo fez, sem usar o alarde, que tudo faz, mesmo que achemos tarde; que nunca diz: Sois covardes.

Deus é Deus de amor que nos deu o verbo e nos ensina a falar, que nos deu a boca e nos ensina a cantar: que nos deu o coração e nos ensina a amar.”                           


  ( São Francisco de Assis )


“Quem ler e entender o Evangelho em Espírito e Verdade, encontrará nele Deus e o céu, os Anjos e o próprio paraíso, tudo a nos esperar, aguardando que façamos a nossa parte, para recebermos o prêmio da felicidade.” S. Francisco







Quando não há nada mais

a ser dito, silencia.



Quando não há nada mais a ser dito, silencia. Quando não há mais nada a ser feito, permitas apenas ser, apenas estar e fica na companhia do teu coração e este indicará o momento apropriado para agires. Quando a lentidão dos dias acomodar tua vontade, enlaçando-te com os nós da intranquilidade, descansa e refaz tua energia. Não há pressa.

A prioridade é que tu encontres novamente a tua essência para que tenhas presente em ti a alegria de ser e estar. Quando o vazio instalar-se em teu peito, dando-te a sensação de angústia e esgotamento, repara tua atenção e encontra em ti mesmo a compreensão para este estado.

É necessário descobrirmo-nos em tais estados, para que estes não se transformem no desconhecido, no incontrolável. Tudo pode ser mudado, existe sempre uma nova escolha para qualquer opção errada que tenhas feito.

Quando ouvires do teu coração que não há nenhuma necessidade em te preocupares com a vida, saibas que ele apenas quer que compreendas que nada é tão sério a ponto de te perderes para sempre da tua divindade, ficando condenado a não ver mais a luz que é tua por natureza. Não te preocupes. Se estiveres atento a ti mesmo verás que a sabedoria milenar está contigo, conduzindo-te momento a momento àquilo que realmente necessitas viver.

Confia e vai em teu caminho de paz. Nada é mais gratificante que ver alguém submergindo da escuridão apenas por haver acreditado na existência da luz. Ela sempre esteve presente… Era só abrir os olhos…


(Mensagem de São Francisco de Assis)


Oração_abre_as_portas_para_a_presença_de_Deus
Oração_não_eh_uma_Varinha_magica_Papa_Francisco


Novo texto


editando


“.”                           


  ( São Francisco de Assis )



Frases e Ensinamentos de Francisco de Assis.



Os mais Conhecidos e Melhores Ensinamentos e Frases de Francisco de Assis.




Os 12 ensinamentos de São Francisco de Assis


São Francisco de Assis ensinou muito. Falou sobre fé, humildade, amor ao próximo, compaixão. Conheça alguns de seus  ensinamentos mais divulgados, um verdadeiro legado para a humanidade.

Quem foi São Francisco de Assis

Batizado com o nome de Francisco Bernardone e nascido na Itália em 1182, Francisco de Assis foi canonizado pela Igreja Católica em 16 de julho de 1228 devido ao seu estilo de vida, baseado nos ensinamentos da Bíblia: viver humildemente.

Além de ser conhecido pela vida de pobreza e humildade, São Francisco de Assis também é muito conhecido como padroeiro dos animais.

As maiores bençãos de São Francisco de Assis foram os ensinamentos deixados para nós, para que sejamos cada vez mais pessoas melhores para com o próximo e desta forma estar cada vez mais perto dos ensinamentos de Deus.


Francisco de Assis

“Senhor, dai-me força para mudar o que pode ser mudado… Resignação para aceitar o que não pode ser mudado… E sabedoria para distinguir uma coisa da outra.”

― Francisco de Assis


Francisco de Assis

“Onde há amor e sabedoria, não tem temor e nem ignorância.”



Francisco de Assis

“Apenas um raio de sol é suficiente para afastar várias sombras.”


Francisco de Assis

“O que temer? Nada. A quem temer? Ninguém. Por que? Porque aqueles que se unem a Deus obtém três grandes privilégios: onipotência sem poder; embriaguez, sem vinho e vida sem morte.”



Francisco de Assis

“Não te envergonhes se, às vezes, animais estejam mais próximos de ti do que pessoas. Eles também são teus irmãos.”


Francisco de Assis

“Devemos aceitar com serenidade as coisas que não podemos modificar, ter coragem para modificar as que podemos e sabedoria para perceber a diferença.”



Francisco de Assis

“Pregue o Evangelho em todo tempo. Se necessário, use palavras.”
― Francisco de Assis


Francisco de Assis

“Todas as coisas da criação são filhos do Pai e irmãos do homem. Deus quer que ajudemos aos animais, se necessitam de ajuda. Toda criatura em desgraça tem o mesmo direito a ser protegida.”



Francisco de Assis

Enche-se de felicidade aquele que vê, sem inveja, a felicidade dos outros.”
― Francisco de Assis


Francisco de Assis

“Um ser humano vale o que ele é aos olhos de Deus e nada mais.”



Francisco de Assis

“Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível.”


Francisco de Assis

“O homem deveria tremer, o mundo deveria vibrar, o Céu inteiro deveria comover-se profundamente quando o Filho de Deus aparece sobre o altar nas mãos do sacerdote.”



Francisco de Assis

“Já foi o tempo em que acreditei em palavras.”


Francisco de Assis

“Todos os seres são iguais, pela sua origem, seus direitos naturais e divinos e seu objetivo final.”



Francisco de Assis

“Irmãos comecemos, pois até agora pouco ou nada fizemos.”


Francisco de Assis

“Para pregar a Paz, primeiro você deve ter a Paz dentro de você. Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz.”


Francisco de Assis

“Tome cuidado com a sua vida, talvez ela seja o único evangelho que as pessoas leiam.”


Francisco de Assis

“Ninguém é suficientemente perfeito, que não possa aprender com o outro e, ninguém é totalmente destituído de valores que não possa ensinar algo ao seu irmão.”

― Francisco de Assis



Francisco de Assis

“Porque os anjos têm asas como as aves. Porque os homens têm pêlos como os bichos. E todos nós temos alma como Deus!”


Francisco de Assis

“Não vos esforceis pelas honras do mundo, mas honrai o SENHOR.”


Francisco de Assis

“A cortesia é irmã da caridade, que apaga o ódio e fomenta o amor.”


Francisco de Assis

“Meu Deus é meu tudo.”

>― Francisco de Assis



Francisco de Assis

“É, pois uma grande vergonha para nós outros servos de Deus, terem os santos praticados tais obras, e nós querermos receber honra e glória somente por contar e pregar os que eles fizeram.”

>― Francisco de Assis


Francisco de Assis

“Irmão lobo, você prejudica a muitos nestas paragens e faz um grande mal. Todas estas pessoas o acusam e o amaldiçoam. Mas, irmão lobo, eu gostaria de fazer a paz entre você e essas pessoas.”

>― Francisco de Assis


Francisco de Assis

“O que era amargo tornou-se doce.”

>― Francisco de Assis



Francisco de Assis

“Que a paz de Deus esteja com você.”

>― Francisco de Assis


Francisco de Assis

“Quem a tudo renuncia, tudo receberá.”

>― Francisco de Assis


Francisco de Assis

“Irmão Antônio, tu tens muito estudo. Mas jamais te esqueças da oração…”

― Francisco de Assis



Francisco de Assis

“Aprendamos com as pedras…”

― Francisco de Assis


Francisco de Assis

“O céu é que sustenta a Terra.”

>― Francisco de Assis


Francisco de Assis

“… doravante não direi mais pai Bernardone, mas Pai nosso que estás no céu…”

>― Francisco de Assis



Francisco de Assis

“Se algo rouba a paz no meu coração é porque ocupou o lugar de Deus.”

Francisco de Assis


Francisco de Assis

“O bem que espero é tão grande que todo sofrimento é prazer para mim.”

Francisco de Assis


Francisco de Assis

“Choro as dores e humilhações do meu Senhor. O que mais me faz chorar é que os homens, por quem Ele sofreu tanto, vivem esquecidos d’Ele.”

Francisco de Assis


Francisco de Assis

Quando digo Ave Maria, os céus sorriem os anjos se rejubilam, o mundo se alegra, treme o inferno e fogem os demônios. Vos sois ó Maria, a filha do Altíssimo Pai Celestial, a Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo e a esposa do Divino Espírito Santo.

Francisco de Assis


Francisco de Assis

(…) O Amor não é amado! Como é que os homens podem amar uns aos outros se não amam o Amor?

Francisco de Assis


Francisco de Assis

Ler a Sagrada Escritura significa pedir o conselho de Cristo

Francisco de Assis


Francisco de Assis

“”

Francisco de Assis


Francisco de Assis

“”

Francisco de Assis




Semeando a boa semente.



“A Semente caiu em terra boa; tendo crescido, produziu fruto cem por um:”

São Lucas, 8,8




O Semeador, a Semente e a Terra.


Jesus nos contou muitas parábolas, histórias sobre os acontecimentos cotidianos que Ele ilustrava as verdades espirituais. Uma das mais importantes destas parábolas foi registrada em S. Mateus 13,1-23, S. Marcos 4,1-20 e S. Lucas 8,4-15. Esta história fala de um plantador que saiu para plantar, mas neste caso em particular não semeou em uma terra já preparada e sim em vários lugares sem nenhum critério técnico e obteve diferentes resultados, dependendo do tipo do solo. A importância desta parábola é salientada por Jesus em S. Marcos 4,13: “Não entendeis esta parábola e como compreendereis todas as parábolas?” Jesus está dizendo que esta parábola é fundamental para o entendimento das outras também. Esta é uma das três únicas parábolas escritas em mais de dois evangelhos, e também é uma das únicas que Jesus explicou especificamente. Precisamos realmente meditar bem nesta história.

A história em si é muito simples:

“Saiu o semeador a semear a sua semente. E, ao semear, parte da semente caiu à beira do caminho; foi pisada, e as aves do céu a comeram. 6.Outra caiu no pedregulho; e, tendo nascido, secou, por falta de umidade. Outra caiu entre os espinhos; cresceram com ela os espinhos, e sufocaram-na. Outra, porém, caiu em terra boa; tendo crescido, produziu fruto cem por um”. Dito isso, Jesus acrescentou alteando a voz: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!”.”
São Lucas, 8, 5-8

A explicação de Jesus é também fácil de entender: “A semente é a palavra de Deus. A que caiu à beira do caminho são os que a ouviram; vem, a seguir, o diabo e arrebata-lhes do coração a palavra, para não suceder que, crendo, sejam salvos. A que caiu sobre a pedra são os que, ouvindo a palavra, a recebem com alegria; estes não têm raiz, creem apenas por algum tempo e, na hora da provação, se desviam. A que caiu entre espinhos são os que ouviram e, no decorrer dos dias, foram sufocados com os problemas, perseguições, cuidados pessoais, riquezas e outros deleites da vida material; os seus frutos nem chegam a amadurecer. A que caiu na boa terra são os que, tendo ouvido de bom e reto coração retêm a palavra; estes frutificam com perseverança” (S. Lucas 8,11-15). Alguém ensina a Palavra de Deus a várias pessoas diferentes; a resposta de cada uma depende do estado de seus corações, isto é, de sua resposta concreta a Deus.

Consideremos agora separadamente cada componente desta parábola:


O Semeador



– Aquele que planta.

O trabalho do semeador é plantar a semente na terra. Uma vez que se a semente for deixada no celeiro, nunca produzirá uma safra, por isso seu trabalho é importante para a multiplicação da colheita. Mas a identidade pessoal do semeador não é o mais importante. O semeador nunca é chamado pelo nome nesta história. Nada nos é dito sobre sua aparência, sua capacidade, sua personalidade, seu sexo, cor, nacionalidade ou suas realizações pessoais. Ele simplesmente põe a semente em contato com a terra. A colheita dependerá da combinação entre a terra e a semente.

Aplicando-se espiritualmente; Os seguidores de Cristo são os Semeadores que devem ensinar a palavra de Deus. Quanto mais ela é disseminada e espalhada dentro dos corações humanos, maior será a colheita Divina. Mas a identidade pessoal do evangelizador não tem importância.   Como diz São Paulo, “Eu plantei, Apolo regou; mas o crescimento veio de Deus. De modo que nem o que planta é alguma cousa, nem o que rega, mas Deus que dá o crescimento” (1 Coríntios 3,6-7).   Em nossos dias, o semeador tornou-se a figura “PRINCIPAL” e a semente é bastante desmerecida. A mídia das campanhas religiosas eletrônicas e televisivas freqüentemente contém uma grande fotografia do orador e dá grande ênfase ao seu nível teológico, sua capacidade pessoal e o desenvolvimento de sua carreira; o evangelho de Cristo que ele supõe-se estar pregando é mencionado apenas nas letrinhas miúdas, lá no canto inferior. Não devemos exaltar os homens, mas fixarmo-nos completamente na Palavra do Senhor que é o dono de tudo.


A Semente



Como já foi dito, A semente é a Palavra de Deus. Ela mesmo afirma, “A Fé vem de ouvir a palavra de Deus e como crerão se não houver quem pregue?  E Como pregarão se não forem enviados?” (Romanos 10,17).   Cada conversão é o resultado da implantação do evangelho dentro de um coração puro. A palavra gera (S. Tiago 1,18), Salva (S. Tiago 1,21), regenera (1 S. Pedro 1,23), liberta (S. João 8,32), produz fé (Romanos 10,17), santifica (S. João 17,17) e nos atrai a Deus (S. João 6,44-45).

Como o evangelho se espalhava no primeiro século, foi-nos dito muito pouco sobre os homens que o divulgaram, porém muito nos foi dito sobre a mensagem que eles disseminaram (estude o livro de Atos e note que em cada cidade para onde os apóstolos viajaram, os homens eram convertidos como resultado da palavra que era ensinada). A importância das Escrituras deve ser ressaltada ao máximo.

Isto significa que o Semeador ou evangelizador tenha que ensinar a palavra com fidelidade. Não há substitutos permitidos. Freqüentemente, pessoas raciocinam que haveria uma colheita maior se alguma outra coisa fosse plantada em conjunto. Então, igrejas começam a experimentar outros meios, de modo a conseguir mais adeptos. Elas recorrem a divertimentos, festas, esportes, aulas de Inglês, bandas, eventos sociais e muitas outras coisas para tentar atrair as pessoas que não estariam interessadas, se pregassem somente o evangelho. Considere este exemplo: Imagine que meu pai me mandou plantar milho no campo, pois ele estaria ausente da fazenda por alguns meses. Depois que ele saiu, eu decidi experimentar o solo e descobri que não era bom para o plantio do milho, mas daria um estouro de safra de melancias. Então resolvi plantar melancias. Imagine a reação de meu pai quando ele voltar para casa, esperando receber milho, e eu lhe mostrar um caminhão de melancias, em vez disso. Nosso Pai celestial nos disse qual a semente que deve ser semeada: a palavra de Deus. Não é nosso trabalho analisar o solo e decidir plantar alguma outra coisa diferente, esperando receber melhores resultados. A colheita do evangelho pode ser pequena (se o solo for pobre), mas Deus só nos deu permissão para plantar a palavra d’Ele. Somente plantando a Palavra de Deus nos corações dos homens o Senhor receberá o fruto que ele espera. Ou, usando uma figura diferente: as Escrituras são a isca de Deus para atrair o peixe que ele quer salvar. Precisamos aprender a ficar satisfeitos com seu plano que são na verdade bem melhores e maiores do que os nossos (Isaías 55,8-10).



“Pois meus pensamentos não são os vossos, e vosso modo de agir não é o meu, diz o Senhor;* mas tanto quanto o céu domina a terra, tanto é superior à vossa a minha conduta e meus pensamentos ultrapassam os vossos. Tal como a chuva e a neve caem do céu e para lá não volvem sem ter regado a terra, sem a ter fecundado, e feito germinar as plantas, sem dar o grão a semear e o pão a comer,”      (Isaías, 55,8-10)


Aqui há uma boa lição para o ouvinte também. O fruto produzido depende da resposta à Palavra. É decisivamente importante ler, estudar e meditar sobre as Escrituras. A palavra tem que vir habitar em nós (Colossenses 3,16), para ser implantada em nosso coração (S. Tiago 1,21). Temos que permitir que nossas ações, nossas palavras e nossas próprias vidas sejam formadas e moldadas pela palavra de Deus.

Uma boa safra sempre depende da procedência e qualidade da semente, não do tipo da pessoa que a plantou. Um pássaro pode plantar uma castanha: a árvore que nascer será um castanheiro, e não um pássaro. Isto significa que não é necessário tentar traçar uma linhagem ininterrupta de fiéis cristãos, recuando até o primeiro século. Há força e autoridade próprias da palavra para produzir cristãos como aqueles do tempo dos apóstolos. A palavra de Deus contém força vivificante. O que é necessário é homens e mulheres que permitam que a palavra cresça e produza frutos em suas vidas; pessoas com coragem para quebrar as tradições e os padrões religiosos em volta deles, para simplesmente seguir o ensinamento da Palavra de Deus. Hoje em dia, a palavra de Deus tem sido freqüentemente misturada com muita tradição, doutrina e opiniões diversas que descaracteriza a verdadeira palavra de Deus a deixando irreconhecível. Mas se pusermos de lado todas as inovações dos homens e permitirmos que só a palavra trabalhe, podemos tornar-nos fiéis discípulos de Cristo justamente como aqueles que seguiram Jesus a mais de 2000 anos atrás. A continuidade do Reino de Deus depende desta boa semente.


A Terra ou o Solo



É perturbador notar que a mesma semente foi plantada em vários lugares e tipos de solo, mas os resultados foram muito diferentes. A mesma palavra de Deus pode ser plantada em nossos dias; mas os resultados serão determinados pelo coração daquele que a ouve.

Alguns são solo de beira de estrada, duro, impenetrável e impermeável. Eles não têm uma mente aberta e receptiva para permitir que a palavra de Deus penetre em seus corações e os transforme. O evangelho nunca transformará corações como estes porque eles não lhe permitem entrar.

As raízes das plantas, no solo pedregoso, nunca se aprofundam. Durante os tempos fáceis, os brotos podem parecer interessantes, mas abaixo da superfície do terreno, as raízes não estão se desenvolvendo. Como resultado, se vem uma pequena temporada de seca ou um vento forte, a planta murcha e morre. Os cristãos precisam desenvolver suas raízes por meio de fé em Cristo e de estudo da Palavra cada vez mais profundo. Tempos difíceis virão, e somente aqueles que tiverem desenvolvido suas raízes abaixo da superfície sobreviverão. (*As sete verdades do Bambu)

Quando se permite que ervas daninhas e espinheiros cresçam junto com a boa semente, nenhum fruto pode ser produzido. As ervas disputam a água, a luz solar e os nutrientes do solo e, como resultado, sufocam a boa planta. Existe uma grande tentação a permitir que interesses mundanos convivam e até dominem tanto a nossa vida que não nos resta energia para devotar ao crescimento do evangelho em nossas vidas.

Enfim,  há “A terra Boa” ou bom solo fértil e úmido que produzirá o bom fruto a cem por um.

A conclusão desta parábola é deixada por conta de cada um de nós que devemos responder para nós mesmos a pergunta a seguir:


Que espécie de solo é você?


Ensino em parábolas



A parábola é um instrumento pedagógico que usa o quotidiano para mostrar como a vida nos fala de Deus. Torna a realidade transparente e faz o olhar da gente ficar contemplativo. Uma parábola aponta para as coisas da vida e, por isso mesmo, é um ensinamento aberto, pois das coisas da vida todo o mundo tem alguma experiência. O ensinamento por parábolas faz a pessoa partir da experiência que tem: semente, sal, luz, ovelha, flor, passarinho, mulher, criança, pai, rede, peixe, etc. Assim, ele torna a vida quotidiana transparente, reveladora da presença e da ação de Deus. Jesus não costumava explicar as parábolas. Geralmente, terminava com esta frase: “Quem tem ouvidos, ouça!” (Mt 11,15; 13,9.43). Ou seja: “É isso! Vocês ouviram! Agora tratem de entender!” Jesus deixava o sentido da parábola em aberto e não o determinava. Sinal de que acreditava na capacidade do povo de descobrir o sentido da parábola, baseado na sua experiência de vida.

De vez em quando, a pedido dos discípulos, ele explicava o sentido (Mt 13,10.3). Por exemplo, os versículos 36-43 trazem a explicação da parábola do joio e do trigo. Ela mostra como se fazia catequese naquele tempo. As comunidades se reuniam e discutiam as parábolas de Jesus, procurando saber o que ele queria dizer. Assim, pouco a pouco, o ensinamento aberto de Jesus começava a ser afunilado na catequese da comunidade que aceitava apenas uma explicação da parábola. Ela não tinha a mesma confiança de Jesus na capacidade do povo de entender as coisas do Reino.

(Mateus 13,24-30) [Mesters, Lopes e Orofino]

 27 de julho de 2019.



PARÁBOLAS E MENSAGENS EM POWER POINT PARA REFLEXÃO

Peso_da_oração_0


DEUS AMA O PECADOR

MAS ODEIA O PECADO



Você está em dúvida sobre qual é sua vocação?




Outro dia, meu filho de 5 anos me disse: “Mãe, quando eu crescer vou ser veterinário de zoológico, vou casar e ter 5 filhos”. Na hora dei risada e lhe respondi: “Filho, falta muito tempo ainda, você pode mudar de ideia”. Mas, ele foi categórico em afirmar seus planos já pré-estabelecidos.


Jaqueline Moreira
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator



Isto é Vocação ?



Fiquei pensando quantas dúvidas existem acerca da vocação! Quantas vezes nós, já adultos e formados, não temos certeza sobre qual caminho seguir ou se as escolhas que fizemos foram certas.

Por isso, gostaria de lhe propor a ir muito além de uma simples reflexão – caso ou compro uma bicicleta.

Proponho perguntar a Deus: “Quais são os teus planos para mim? O que tu sonhastes para mim?”.

Nesta pergunta, ou antes dela, cabe uma reflexão se alguma vez você perguntou a Deus qual é sua vocação, pois esse é o chamado mais profundo e íntimo que Ele designou para você antes mesmo de nascer.

Sim, Deus te projetou para algo que somente você pode realizar e a vocação é algo a ser decifrado, uma trilha a percorrer, um caminho que só é descoberto quando damos passos nessa direção.

Como uma mata fechada que espera o explorador, nesta exploração é possível perceber coisas jamais vistas, novidades e tesouros impensados, que só quando enveredar por essas matas vai ser capaz de descobrir.

Este é um mistério que somente você pode descobrir! Seu chamado de ser e agir é único e irrepetível.

Talvez você se questione nesse momento: “Que loucura isso, já estou vivido, já escolhi meu estado de vida (matrimônio, sacerdócio ou celibato) e profissão. O que mais preciso descobrir?”.

Alguns acham que o chamado a uma vocação é algo restrito aos padres e religiosos, mas isso é um engano porque cada homem foi criado por Deus a uma vocação específica. A um chamado à liberdade. A vocação cristã diz respeito a todo batizado que quer viver autenticamente e na radicalidade do seu batismo – como leigo, leigo consagrado, sacerdote ou celibatário.

A pergunta deve ser: “Como posso te amar mais, Senhor?”.

Eu, Jaqueline como leiga, esposa e mãe de 3 filhos, assim como os discípulos, perguntei a Jesus: “Onde vives?”. E a resposta foi a mesma que os discípulos receberam: “Vinde e vede!”.  (cf. Jo 1,38-39)

Senti-me impelida a dar a minha vida. Como toda decisão feita na juventude, ela precisou ser regada com uma dose de fé, cuidada e zelada. Como uma plantinha que cresce, precisou mudar de vaso e, muitas vezes, ser adubada.



Hoje vivo como leiga que deu sua vida e sua família pelo Reino, pela Igreja. E isso é possível porque já estava inscrito em minha vida, porque Deus pensou isso para mim e me capacitou a dizer “Sim!”. E, me capacita até hoje.

Deus não nos pede nada que não podemos suportar e, como São João Paulo II disse: “Deus não nos tira nada. Ele nos dá tudo”.

Encontrar a vocação é descobrir para que viemos ao mundo, para que Deus nos criou.  Se descobrirmos isso, descobriremos o sentido do nosso existir e o caminho da nossa mais plena realização.

Vivemos muito tempo frustrados e insatisfeitos, sem sentido para a vida, mas vivemos assim porque ainda não descobrimos nosso chamado mais profundo, onde de fato nos realizaremos plenamente.

Mas, a realização plena, a autorrealização se dá quando descobrimos que existe algo que Deus pensou para nós, uma missão pessoal, um chamado íntimo que Ele fez e pensou para cada um, individualmente. Somente nos realizamos quando o caminho que trilhamos coincide com o projeto de Deus e, aí, podemos nos comprometer com Ele, dando nosso melhor, alcançando a plenitude, um maior grau de santidade.

Como descobrir a vocação?

Na verdade, desde pequenos deveríamos ser estimulados a refletir sobre isso. Deveria fazer parte do desenvolvimento humano desde a infância aspirar a nossa vocação, e isso deveria ser amadurecido gradativamente para que, chegando a juventude, o momento das escolhas, pudéssemos nos questionar com maturidade.

Tendo plena consciência dos limites e fraquezas, também dos dons e capacitações, seria muito mais fácil dizer sim a algo radical, a uma vocação, a um chamado porque seríamos capazes de assumi-lo com responsabilidade e determinação.

A partir do momento que a pessoa faz o discernimento de sua vocação na fase adulta, ela pode definir seu estado de vida, que deve ser coerente com a própria vocação. Assumindo a vocação e o estado de vida, então, ela pode trilhar o caminho que Deus pensou para ela.

Mas, não é esse o caminho natural, não somos educados e nem educamos nossos filhos para se questionarem sobre tem um chamado, uma vocação. Na verdade, educamos para que eles decidam-se por algo que gostem, que lhes dê dinheiro e conforto.

Só que a descoberta da vocação, muitas vezes, não traz conforto. Ela desinstala, exige renúncia e cruz. Afinal, foi assim que Jesus nos ensinou: “Quem quiser me seguir, tome sua cruz e siga-me” (Mt. 16,24).

Exige, muitas vezes, que andemos na contramão dos planos predeterminados para nós; exige que os renunciemos, para que possamos descobrir e ouvir a voz de Deus que nos chama.

Vocação profissional um caminho de santidade

Mesmo dentro da profissão que você tem certeza que é sua vocação, você pode santificar e transformar a maneira de exercê-la, sendo santo no mundo.

Um grande exemplo dessa santidade através da profissão é São José Moscati, médico, que sentiu que seu chamado à medicina ia muito além de um atendimento às pessoas, mas era seu dever amar cada doente e dar a vida por eles.

Mas, isso só é possível descobrir, como disse acima, perguntando para Jesus e, a partir daí, fazer o discernimento vocacional junto com um diretor espiritual, um padre ou leigo amadurecido na fé, que possa lhe ajudar e direcionar.

Isso exige que você tenha fé e intimidade com Deus para escutá-lo. Exige muito mais decisão de seguir aquilo que o Senhor te aponta.

Talvez a pergunta que te inquiete nesse momento seja esta: “Mas, onde e como devo procurar a minha vocação?”. O primeiro passo é a oração e a intimidade com Deus: “Fala, Senhor, que teu Servo escuta”, como nos fala a palavra em 1 Samuel 3,10.

E depois, percebendo os movimentos e carismas que há na Igreja, inspirados pelo Espírito Santo, que são um socorro ao povo de Deus.

Existem inúmeras vocações na Igreja, manifestações, maneiras de dar-se mais a Deus e ao seu povo. Existe um lugar com o qual o teu coração se sentirá unido e perceberá que aquele povo é o teu povo, que aquele carisma, que a missão daquela comunidade te inspira te toca também.

Existe um carisma, movimento ou pastoral que vive daquela maneira que você sempre aspirou e desejou viver. Podemos dizer, de maneira bem simples, que existe um lugar na Igreja que combina com você.

Para a descoberta da vocação é necessário duas vozes: uma que Chama: “Samuel, Samuel” e outra que responde: “Fala, Senhor, que teu servo escuta”.

Deus te chama, Ele tem te chamado a seguir uma vocação! Não tenha medo de escutá-lo, não adie sua felicidade plena, não tenha medo de dizer “sim”, de responder aos apelos do Senhor.



Jaqueline Moreira
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator


Quer Saber Mais sobre Vocação?

Click aqui.





Olha o que Deus fez comigo!

Sem fé é impossível ver a Deus!



“Ora, sem fé é impossível agradar a Deus, pois para se achegar a ele é necessário que se creia primeiro que ele existe e que recompensa os que o procuram.”
Hebreus, 11,6 – Bíblia Católica Online






O QUE É FÉ ?


Muito se fala sobre a fé, ter fé, ter pouca ou muita fé e não ter fé nenhuma, mas como se trata de algo que não se pode ver, pegar, medir ou escutar ela se torna algo muito virtual e no fundo até mesmo os mais crentes vacilam quando precisam dar uma verdadeira prova de fé.   O nosso melhor exemplo é a atitude de São Tomé que disse pela primeira vez a famosa frase “Só acredito vendo.” quando lhe disseram que Jesus estava vivo.

O autor do livro de Hebreus nos diz exatamente o contrário:

Fé é acreditar sem ter visto, “É uma certeza a respeito do que não se vê.*” Hebreus, 11,1pois se você viu deixou de ser fé e tornou-se apenas um testemunho. Jesus também nos diz que Bem aventurados são aqueles que acreditam sem ter visto aquilo que os Apóstolos nos testemunharam.

S. João 20,29.



A Bíblia nos ensina que a fé é fundamental para a vida do cristão. A fé tem muito poder e pode fazer muita diferença na sua vida.

Siga esses passos e veja como a fé pode fazer muito mais sentido para você.

A salvação vem pela fé

1. O que significa ter fé? 

–  Hebreus 11,1

Fé é acreditar em alguma coisa, mesmo quando não podemos ver, ouvir ou segurar. Quando você tem certeza sobre aquilo em que você acredita, você então pode afirmar que tem fé.

2. Por que precisamos de fé?

–   Hebreus 11,6

Se você quer agradar a Deus, você precisa crer que Ele existe! A fé é a base para um bom relacionamento com Deus.

3. Há muitas pessoas com crenças diferentes no mundo.

Será que qualquer tipo de fé é válida?

Qual é a fé que salva?

São João 14,6 e Romanos 10,9

Só há um caminho para Deus: JESUS “Eu sou o CAMINHO, a verdade e a vida.” Ninguém vem ao Pai senão por MIM.

Somente a fé em Jesus como seu salvador, que ressuscitou dos mortos, salva. Isso significa reconhecer que você tem pecado e merece o castigo. (Rom 3,23) Você não consegue se reconciliar com Deus sozinho. Você precisa de um SALVADOR e SENHOR. Se você crê que Jesus morreu na cruz em seu lugar, para pagar o castigo de seus pecados, e ressuscitou para lhe dar a salvação, você será salvo.

O poder da fé

4. De onde vem a fé que salva?
–  Efésios 2,8-9 e Romanos 10,17

A fé é um dom que Deus nos dá. Ela vem quando você ouve a palavra de Deus. Por isso, é importante ler a Bíblia e ir à igreja, onde você ouvirá mais de Cristo e se encherá do Espírito Santo.

5. Como a fé em Jesus afeta sua vida?

S. João 5,4, – Efésios 6,16, – Gálatas 2,20,    S. Lucas 17,6 e S. João 3,36

A Bíblia mostra que a fé:

  • Vence o mundo
  • Ajuda a lutar contra os ataques do diabo
  • Muda a forma como você vive
  • Faz milagres acontecerem
  • É a garantia da vida eterna



6. Como sua fé pode aumentar?

S. Marcos 9,21-24

Nessa história, um homem veio a Jesus para que ele curasse seu filho, que estava endemoninhado. Jesus perguntou se o homem cria e ele admitiu que estava com dificuldades em crer. Por isso, ele pediu ajuda a Jesus para que aumentasse a sua fé e vencer a incredulidade.

Se você sente que tem falta de fé, você também pode pedir fé a Jesus. O próprio ato de pedir ajuda a Jesus é ter fé que ele tem poder para lhe ajudar! Jesus curou o filho do homem que lhe pediu ajuda e também pode lhe ajudar a ter mais fé.

A fé sem obras é morta

– o que isso significa? 

– S. Tiago 2,17

Não basta ter fé, é necessário demonstrar que se tem uma fé viva e eficaz, capaz de suportar as adversidades e frutificar em meio ao joio do mundo sem esmorecer.

A fé verdadeira produz fruto, e fruto de boa qualidade, por isso se diz que é pelo fruto que se conhece a árvore, portanto, aquele que afirma acreditar em Deus e vive no pecado, fazendo o mal ao próximo ao invés de ajudá-lo nas suas dificuldades estará testemunhando a falsidade de sua fé.

Também não podemos julgar um livro apenas pela capa, pois alguém pode aparentemente fazer o bem a alguém quando a sua intenção é mesmo o inverso, sendo assim, não se pode julgar a qualidade de uma árvore apenas por um fruto e sim por todos e pela sua qualidade permanente.

A fé tem muito poder quando é firmada em Cristo. Através da fé, você recebe a salvação e a vida eterna e sua vida é transformada, para ser um verdadeiro homem criado segundo a imagem de Deus e ser seu filho e herdeiro juntamente com  Jesus.



Hoje vivemos tempos difíceis, tempos em que passamos por provações todos os dias, provações de fé nos mais diversos níveis em que muitas das vezes nos vemos encurralados na famosa decisão “Entre a cruz e a espada”, isto porque para conseguirmos algo de bom nesta terra material precisamos desrespeitar a nossa fé espiritual.   É bem verdade que esta proposta nunca vem assim tão claramente explicita, se bem que muitos já perderam a vida por optar radicalmente pela fé e bem sabemos que um dia ainda poderemos passar por esta provação e ter que escolher entre ficar com Jesus ou permanecer vivos.

Falar que acreditamos em Deus e temos uma FÉ firme e forte, mas que esta FÉ não é capaz nem mesmo de doar um copo d’água a um irmão sedento quanto mais seria capaz de perder a vida em defesa desta mesma FÉ ou pelo nome de Jesus.

Por isso é necessário que cada um de nós, aos que não acreditam que conheçam a verdade para poder aceitá-la em beneficio de sua Salvação e para aqueles que já acreditam em Jesus que cuidem para não se afastar de Deus e perder a fé.


Porque sem fé é impossível agradar a Deus e sem Fé é impossível chegar ao nosso destino que é a Salvação.







BAIXE O SLIDE PARA MELHOR VISUALIZAR OS EFEITOS E O SOM




Anúncios

Arcebispo pede que os fiéis não batam palmas na missa!


Isto é verdade?

O arcebispo proibiu mesmo que se batesse palmas na Santa Missa?


Vejamos o texto original:


(AsiaNews) O prelado pede aos católicos que se abstenham de “aplausos inapropriados durante a missa”, lembrando que a Eucaristia é “um memorial do Calvário”. Se isso não for cortado o mais rápido possível, declara o bispo Villegas, o aplauso “pode ​​nos roubar o verdadeiro significado da liturgia e adoração cristã” .



E ele pergunta: “Alguém teria aplaudido enquanto Cristo subisse ao Calvário? Será que a Mãe Santíssima ou João, o favorito dela, teriam feito isso?


Claro!

Não existe novidade neste texto, é o mesmo que já foi divulgado anteriormente usando o nome do Papa Bento XVI.

O motivo também se trata do mesmo.

Ele se refere a APLAUSOS DURANTE a Santa Missa ou após apresentações ou pregações, isto porque, “TALVEZ” o povo esteja abusando deste dispositivo e atrapalhando a concentração no objetivo maior que é a Celebração em si, como não conhecemos o verdadeiro motivo LOCAL pelo qual o Arcebispo se motivou a fazer tal advertência, podemos dizer que, na verdade não se trata de “PALMAS” E SIM DE APLAUSOS que são duas coisas bem diferentes, mas os tradicionalistas usam a tradução errada propositalmente como “PALMAS” NO SENTIDO GENÉRICO para que fique subentendido que se trata de qualquer tipo de Palmas e não somente aplausos como o que teria sido a motivação do texto original.


A VERDADE É QUE SE TRATA DE UMA

MENTIRA DESLAVADA.


A Santa Igreja ou a Santa Sé, nem mesmo o Papa Francisco ou nenhum outro Papa anterior emitiu um documento que proibisse ou impedisse que se usasse palmas ou até mesmo aplausos durante uma celebração litúrgica, apenas se instrui que a usem de maneira moderada e em seu devido lugar.

Já que estamos iniciando mais uma quaresma, que fique bem claro que é de comum acordo que durante a quaresma não se usa nenhum tipo de APLAUSO e nem mesmo PALMAS durante uma celebração Litúrgica, porque é um tempo de PENITÊNCIA.

Gostaria de salientar que:  Se os tradicionalistas de plantão que emitem opiniões e ordens papais e as divulgam pela internet com o intuito de abafar o avanço do movimento de Renovação Carismática na Igreja, digo-lhes que estão perdendo o seu tempo.   Porque não são as palmas que motivam o movimento Carismático e sim é o próprio ESPÍRITO SANTO DE DEUS QUE NOS MOVE E QUER UMA RENOVAÇÃO PLENA NA SUA IGREJA antes que venham os dias do fim “Atos, 2,20”. e as palmas são apenas uma mera demonstração de nossa alegria de viver uma vida nova em Cristo.


As opiniões entre o clero se divergem a este respeito, há quem aceite as palmas e há quem as deteste.    Os leigos ficam cada vez mais confusos a este respeito, eu porém digo o seguinte, repetindo as palavras de “GAMALIEL”.

“38. Agora, pois, eu vos aconselho: não vos metais com estes homens. Deixai-os! Se o seu projeto ou a sua obra provém de homens, por si mesma se destruirá; 39. mas se provier de Deus, não podereis desfazê-la. Vós vos arriscaríeis a entrar em luta contra o próprio Deus”. Aceitaram o seu conselho.”  Atos dos Apóstolos, 5, 38-39

Ou ainda usando as palavras de Jesus quando a população de Jerusalém o aclamou na descida do monte das Oliveiras:

“37. Quando já se ia aproximando da descida do monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos, tomada de alegria, começou a louvar a Deus em altas vozes, por todas as maravilhas que tinha visto. 38. E dizia: “Bendito o rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória no mais alto dos céus!”. 39. Nesse momento, alguns fariseus interpelaram a Jesus no meio da multidão: “Mestre, repreende os teus discípulos”. 40. Ele respondeu:

“Digo-vos: se estes se calarem, clamarão as pedras!”.”          São Lucas, 19,37-40

Para evitar discórdias e discussões eu digo a cada um que siga as instruções de seu Bispo Diocesano e o Sacerdote de sua Paróquia e não daqueles que se declaram doutores de Liturgia na internet.   Mesmo que as opiniões sejam diferentes tanto contra ou a favor das palmas e na medida do possível lute sempre para que a verdade prevaleça, já que o demônio usa das artimanhas da MENTIRA e do engano para iludir os fiéis até mesmo nas coisas mais simples e sem importância COMO ESTA QUESTÃO sobre o uso de palmas.

A Igreja não MENTE e faz parte de toda celebração Litúrgica Católica uma profunda meditação sobre os momentos do CALVÁRIO onde ninguém entre os seguidores de Cristo manifestou qualquer tipo de alegria, porém logo após o Rito da consagração se finaliza com a seguinte frase:


Pres.: Eis o mistério da Fé
Todos.: Anunciamos, Senhor a vossa morte
E proclamamos a vossa ressurreição.
Vinde, Senhor Jesus! Vinde, Senhor Jesus!


PROCLAMAMOS A VOSSA RESSURREIÇÃO:


Eu perguntaria o seguinte:

Qual a diferença que existe entre anunciar e PROCLAMAR?

Por que não PROCLAMAR a MORTE e anunciar a Ressurreição?

Quem dentre os filhos de Deus não estaria alegre com a Ressurreição de Cristo?

Qual destes dois fatos deixa o inimigo mais feliz?

Qual destes dois fatos deixam os Cristão mais alegres?

Quem não bateria PALMAS e APLAUDIRIA a chegada de Jesus como o povo simples de Jerusalém?

Quem não abriria a porta de sua casa para que Jesus entrasse como o pecador Zaqueu fez?

Quem não se alegraria com a notícia de que aquele Jesus que morreu na Cruz e que era a nossa esperança de Salvação na verdade não permaneceu morto mas está vivo ao nosso lado assim como os Discípulos de Emaus?

Jesus Disse:

“20. Em verdade, em verdade vos digo: haveis de lamentar e chorar, mas o mundo se há de alegrar. E haveis de estar tristes, mas a vossa tristeza se há de transformar em alegria. 21. Quando a mulher está para dar à luz, sofre porque veio a sua hora. Mas, depois que deu à luz a criança, já não se lembra da aflição, por causa da alegria que sente de haver nascido um homem no mundo. 22. Assim também vós: sem dúvida, agora estais tristes, mas hei de ver-vos outra vez, e o vosso coração se alegrará e ninguém vos tirará a vossa alegria.”
São João, 16,20-22 – Bíblia Católica Online

Jesus quer. Sempre quis a nossa alegria, portanto não se deve jamais coibir as manifestações de alegria impondo apenas atitudes de tristeza, uma vez que a condição de morte foi transitória e já passou enquanto que a condição de vida de Jesus é PERMANENTE e todo aquele que sente esta presença de Jesus em seu coração será perfeitamente normal que manifeste esta alegria publicamente, pois esta é a vontade de Deus para todos nós seus filhos amados.

Não se esqueça que os verdadeiros responsáveis pela morte de Jesus não foram os pecadores do mundo e nem os Romanos que o pregaram na cruz e sim os traidores do evangelho como Judas e aqueles que o pagaram por esta traição pregando que assim estariam defendendo a tradição judaica e a verdade Divina quando na verdade defendiam sim as suas posições políticas na sociedade e na hierarquia da religião judaica.

A Bíblia não faz menção a nenhum aplauso ou palmas no CALVÁRIO e nem qualquer outro tipo de manifestação de alegria por parte dos fariseus e nem dos soldados Romanos a não ser insultos e injurias contra Jesus na Cruz, logo é incorreto dizer que os Algozes aplaudiram ou bateram palmas durante a crucificação de Cristo, pois apesar de matarem Jesus por interesse próprio e se beneficiarem com isso não trouxe alegria a ninguém nesta terra, nem mesmo ao pior dos pecadores.

A Morte de Jesus foi um fato transitório que durou apenas 39 horas enquanto a Ressurreição de Jesus é um fato permanente e eterno, seu corpo humano morreu sim naquela cruz, porém não se esqueça que o Verdadeiro filho de Deus “JESUS” que é Deus desde o princípio não morre, não morreu e não morrerá eternamente porque Ele é “DEUS” e Deus é eterno.  Hoje celebramos sim não a derrota de Jesus na cruz morto pelo pecado de todos nós, mas a vitória de Cristo sobre a morte e a sua Ressurreição que nos garante a VIDA eterna junto com Ele para sempre ao lado do Pai.   Este sim é o verdadeiro motivo de nossa CELEBRAÇÃO, já que sem a Ressurreição e sem o Pentecostes não existiria Igreja e nem mesmo Santa Missa nesta terra.


Aqui temos divulgado no Youtube uma opinião genérica e simplificada já que os documentos do Vaticano II abrem margem para a Inculturação local do Rito Litúrgico sem especificar para cada país ou língua o que se pode ou não fazer, já que para isso existe o Episcopado local que é dotado de autoridade na Igreja para definir tais procedimentos.



22.831



Oração Para Deixar o Alcoolismo.



oracao para deixar a bebida

Oração Para Deixar de Beber!


Aprenda uma oração para deixar de beber e se liber-te do vício da bebida com a ajuda de Deus e com a sua fé.

Os males que a bebida causam são inúmeros! Não somente para a saúde, mas no relacionamento com as pessoas mais também, em especial nossos próprios familiares!

E esses males são potencializados quando perdemos o controle do ato de beber, ou seja, sem que possamos admitir nos tornamos alcoólatras!

E nesses casos não adianta tapar o sol com a peneira, é necessário buscar ajuda, tanto profissional como do astral, através das simpatias!

Busque aquela coragem do fundo da sua alma, procure atendimento médico ou mesmo de grupos especializados como o “AA” (alcoólicos anônimos) e faça a poderosa oração para deixar de beber!

Essa oração é válida tanto para o caso da intenção de pararmos de beber ou qualquer outra pessoa. Não é algo específico, o que serviria para um, serve para todos nesse caso.


Conteúdo da oração [Mostrar]



Oração para parar de beber


“Jesus, pela devoção às vossas Santas Chagas, dai cura e libertação a estas pessoas.

Jesus, na devoção das Santas Chagas, pelo vosso precioso Sangue derramado na Cruz Redentora, restaurai a vida daqueles que estão aprisionados pelo vício do alcoolismo.

[pense no nome da pessoa que queira livre do alcoolismo]

Jesus pelas vossas Santas Chagas, libertai estes de quem lembramos os nomes e todos que sofrem aprisionados no vício do alcoolismo.

Jesus pelas vossas Santas Chagas, pelos méritos da vossa Paixão, tire o trauma e os registros negativos que ficaram nestas pessoas, quer tenha sido por herança genética, ou má formação familiar.

Senhor Jesus pelas vossas Santas Chagas, pelo vosso precioso Sangue, liberte-os do alcoolismo; santifica-os no Teu amor; regenera-os na Tua misericórdia.

Jesus pelas vossas Santas Chagas, dai-lhes o Espírito Santo, de tal forma que se sintam motivados, fortalecidos na vontade e capazes de vencer a tentação do álcool.

Não permita Senhor, que estes Teus filhos e filhas sejam derrotados e humilhados pela bebida, mas que sejam recolocados na vida.

Pedimos também Senhor, a libertação dos traumas dos familiares por uma história marcada de profunda dor.

Jesus, pelas vossas Santas Chagas, restaurai a vida e a família dos alcoolistas.

Jesus, pelas vossas Santas Chagas, restaurai a vida e a família dos alcoolistas.

Jesus, pelas vossas Santas Chagas, restaurai a vida e a família dos alcoolistas.”



Por que devo fazer essa oração para parar de beber?


Porque obviamente a força de vontade é o elemento fundamental para que possamos abandonar esse terrível vício (ou outra pessoa), mas não é o único motivo que pode estar atuando para que esse mau hábito não tenha um fim.

Muitas vezes temos essa força de vontade, sambemos de todos os problemas decorrentes do uso contínuo de bebidas alcoólicas, até ficamos alguns dias sem beber uma gota, mas basta a primeira ocasião para darmos aquele vexame, e ai não entendemos o por quê! O que aconteceu para nos deixarmos levar e beber se não queríamos?

Não é raro esse tipo de situação ocorrer motivada por alguma situação imaterial, ou seja, decorrente do plano emocional ou espiritual.

E como já falamos aqui em outras oportunidades, só se pode combater o mau, o vício e o Pecado com muita renuncia pessoal e, nesses casos, nada melhor do que uma boa oração para ajudar a colocar tudo no seu devido lugar e restaurar a ordem perdida.

Essa oração realmente funciona?

Sim! É a oração mais poderosa que conhecemos para que alguém deixe de beber! É uma oração muito especial e que se for feita com total devoção, de coração aberto, com a alma inundada de amor, fará tudo dar certo.

Muitos já foram beneficiados por intermédio dessa oração, e você vai ficar ai de braços cruzados ou vai fazer algo pela sua felicidade ou a de um ente querido?

Lembre-se que a fé remove montanhas! E se essa frase é uma verdade milenar, por que não poderá lhe ajudar numa causa tão mais simples?

Se for o caso, comece ainda hoje essa oração e espante de vez essa moléstia do seu ser ou da sua família.

A Palavra de Deus nos ensina que sem fé é impossível agradar a Deus e com a fé até mesmo o impossível podemos conquistar, mas a palavra de Deus também nos alerta que a fé sem ação é morta, neste caso em particular, é preciso muita oração para vencer este inimigo, porém também será necessário atitudes práticas como por exemplo, procurar a ajuda de uma clinica ou casa de recuperação especializada, porque na prática todos nós sabemos que sozinho é muito mais difícil vencer o mal, no entanto com amor e a ajuda de alguns bons Samaritanos se consegue uma vitória bem mais acentuada e permanente.

Procure um grupo (AA) de autoajuda ou se for algo mais grave procure ainda uma clinica de internação para desintoxicação e apoio médico, sempre existe um perto de você.

Que Deus te abençoe.


Garça_sapo_3






O Milagre da Mula, Santo Antônio.



O MILAGRE  DA  MULA


Santo Antônio pregava sobre o Santíssimo Sacramento em Toulouse, sul da França, ano 1227.

– No meio da pregação um senhor se levantou e o desafiou, dizendo que a presença de Cristo na Hóstia Consagrada era uma mentira.

Santo Antônio lhe respondeu:

– Que problema há, no corpo de Cristo estar velado pelas aparências do pão e do vinho, conforme suas próprias palavras.

E o senhor incrédulo fez um desafio:

– Se Cristo está presente nesta Hóstia, sua presença deveria ser sentida por todas as criaturas viventes. Então pegarei minha mula e na próxima missa estaremos aqui, se a mula conseguir ver Cristo na Hóstia, acreditarei no senhor e na sua fé.

Santo Antônio resolveu concordar com o desafio.  Passou-se três dias e uma multidão se aglomerou na praça, muitos pela missa e outros tantos para conferir o resultado do desafio do homem infiel. Enquanto Santo Antônio caminhava com o Santíssimo Sacramento e todos os católicos se colocavam de joelhos rezando. O senhor infiel chega conduzindo sua mula, a qual maliciosamente foi privada de alimento durante os últimos dias. Faminto, o animal estava tão violento que nem o próprio dono conseguia controlar. Contudo, ao se aproximar do Santíssimo, a mula se acalmou, e diante de todos ali presentes, milagrosamente a mula se ajoelhou perante a Hóstia Consagrada ostentada por Santo Antônio. O Milagre gerou gritos e admiração por todos, os católicos entoaram cânticos emocionados. Muitos hereges que ali estavam por curiosidade se converteram ao catolicismo, assim como o senhor dono da mula que reconheceu imediatamente a presença de Cristo e também se ajoelhou.




Outras indicações Semelhantes.







Viva mais intensamente!



AME MAIS, PERDOE MAIS, ABRACE MAIS, VIVA MAIS INTENSAMENTE E…

Papa Francisco



DEIXE O RESTO NAS MÃOS DE DEUS.



“Disse Ele ainda: “Não seles o texto profético deste livro, porque o momento está próximo.* O injusto faça ainda injustiças, o impuro pratique impurezas. Mas o justo faça a justiça e o santo santifique-se ainda mais. Eis que venho em breve, e a minha recompensa está comigo, para dar a cada um conforme as suas obras.”   Apocalipse, 22



Esta vida vai passar rápido, não brigue com as pessoas, não critique tanto seu corpo. Não reclame tanto. Não perca o sono pelas contas. Não deixe de beijar seus amores. Não se preocupe tanto em deixar a casa impecável. Bens e patrimônios devem ser conquistados por cada um, não se dedique a acumular herança. Deixe os cachorros mais por perto. Não fique guardando as taças. Use os talheres novos. Não economize seu perfume predileto, use-o para passear com você mesmo. Gaste seu tênis predileto, repita suas roupas prediletas, e daí? Se não é errado, por que não ser agora? Por que não dar uma fugida? Por que não orar agora ao invés de esperar para orar antes de dormir? Por que não ligar agora? Por que não perdoar agora? Espera-se muito o natal, a sexta-feira, o outro ano, quando tiver dinheiro, quando o amor chegar, quando tudo for perfeito… Olha, não existe o tudo perfeito. O ser humano não consegue atingir isso porque simplesmente não foi feito para se completar aqui. Aqui é uma oportunidade de aprendizado.

Então, aproveite este ensaio de vida e faça-o agora… Ame mais, perdoe mais, abrace mais, viva mais intensamente e deixe o resto nas mão de Deus.



NÃO TEMAS





Veja acima a sutil diferença de uma sabedoria humana que não acredita na vida eterna oferecida por Deus e daquele que tem certeza que tem alguém do outro lado da porta aguardando a nossa entrada para uma VIDA eterna que não terá fim.


Nesta semana que se passou trabalhamos este mesmo tema “Vida eterna” postando a tradução de uma frase amplamente divulgada em inglês e quase desconhecida no Brasil, que era um “Conselho de São Francisco de Assis”, e que coincidiu com o tema da Liturgia da Santa Missa do ultimo domingo.

Mas, assim como Chaplin, na ausência de fatos visíveis e palpáveis da existência Divina, é mais fácil crer que a vida se encerra e que após fechada a cortina nada mais existe.  Comparando com uma peça teatral normal e comum, todos sabem que após o final da peça a cortina se fecha, porém pouco tempo depois todo o elenco se reúne e se apresentam ao publico esperando o grande aplauso.  Logo, normalmente e praticamente nenhuma peça termina exatamente quando a cortina se fecha, sem contar que depois do aplauso e O FECHAR DA CORTINA, todos os atores retornam à sua VIDA REAL sendo que os momentos da peça em ação é que eram uma pequena pausa da VIDA REAL, portanto, nunca se deve dar mais valor à vida de ficção do que à VIDA VERDADEIRA.

Isto não nos impede de concordar com ele no que tange em viver bem a vida que possuímos, já que entregar os pontos ao desânimo, aos vícios, ao pecado é o mesmo que não dar Valor à sua vida e não aproveitarmos na verdade o tempo que Deus nos deu para desfrutarmos desta vida e aprendermos que VIVER é muito mais do que passar um tempo com as cortinas abertas onde mostramos ao publico algo que na verdade não somos.

Assim repito novamente:

Então, aproveite este ensaio de vida e faça-o agora… Ame mais, perdoe mais, abrace mais, viva mais intensamente e deixe o resto nas mão de Deus.



OUTRAS INDICAÇÕES SEMELHANTES




VIDA


UM POEMA DE AUGUSTO BRANCO




Não Temas!



NO MEIO DA TEMPESTADE


tempestade-no-mar[1]


NADA TEMAS


“Entretanto, já a boa distância da margem, a barca era agitada pelas ondas, pois o vento era contrário. Pela quarta vigília da noite, Jesus veio a eles, caminhando sobre o mar.* Quando os discípulos o perceberam caminhando sobre as águas, ficaram com medo: “É um fantasma!” – disseram eles –, soltando gritos de terror. Mas Jesus logo lhes disse: “Tranquilizai-vos, sou eu. Não tenhais medo!”. Pedro tomou a palavra e falou: “Senhor, se és tu, manda-me ir sobre as águas até junto de ti!”. Ele disse-lhe: “Vem!”. Pedro saiu da barca e caminhava sobre as águas ao encontro de Jesus. Mas, redobrando a violência do vento, TEVE MEDO e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me!”. No mesmo instante, Jesus estendeu-lhe a mão, segurou-o e lhe disse: “Homem de pouca fé, por que duvidaste?”. Apenas tinham subido para a barca, o vento cessou. Então, aqueles que estavam na barca prostraram-se diante dele e disseram: “Tu és verdadeiramente o Filho de Deus.”      São Mateus, 14,24a33 – Bíblia Católica Online

Esta passagem Já é bem conhecida por todos nós, mas gostaríamos de evidenciar o motivo pelo qual São Pedro não foi feliz em completar a sua missão de chegar até Jesus, Jesus mesmo o reprova por sua falta de Fé, mas o texto nos evidencia o fato de que ele “TEVE MEDO“, mas teve medo de que?

Teve medo do mar, das ondas e do vento…  Bem sabemos que Pedro era um pescador profissional e sair ao mar era uma coisa que fazia todas as noites, bem sabemos que deve ter enfrentado diversas tempestades sozinho e sempre voltou inteiro para casa, se era o fato de correr o risco de estar caminhando no mar, mesmo que se fosse preciso nadar para voltar ao barco, isto não seria nada difícil de se realizar, no entanto, o que está em cheque não eram as habilidades humanas de Pedro e nem sua capacidade de lidar com situações semelhantes e sim a sua coragem de abdicar de toda sua capacidade e habilidades humanas se jogando inteiramente nas mãos de Jesus, foi neste ponto que Pedro TEVE MEDO, exatamente o ponto onde o seu lado Espiritual desafia seu lado físico a ponto de fazer aquilo que era impossível fisicamente e caminhar por cima de todas as dificuldades como se elas não existissem, assim como Jesus fazia.  Foi neste ponto que a Fé de Pedro vacilou e sua força espiritual cedeu ao poder da força das tribulações matérias que o cercavam o que acaba acontecendo com qualquer um de nós, é exatamente isto que JESUS quis mostrar, pois “Quando tudo nos falhou, foi mesmo a mão de Cristo que nos Resgatou.”



NÃO TEMAS


Foram essas as palavras de Jesus Cristo a Jairo no momento em que ele recebeu a trágica notícia da morte de sua filha. O Senhor sabia que aquela hora era decisiva e que a insegurança ou a dúvida poderiam abrir as portas para que o espírito de medo possuísse a alma daquele homem.

Jesus foi claro: “Não temas. A menina não morreu, mas dorme” (Mc 5.39).    Sabemos que são muitas as vozes que querem ser ouvidas, por isso temos que provar os espíritos para sabermos de onde eles procedem.

O medo é o principal inimigo da por isso temos que aprender um princípio importante de vida vitoriosa. Depois de ouvir o que diz a situação, ouça o que Deus tem a dizer a respeito do assunto. Nada termina até que Ele diga que acabou. O que vai definir a vitória ou o fracasso é o que você vai dizer segundo a sua fé. Em quem, de fato, você acredita: na circunstância ou em Deus?

Diante do que você está vivendo e do que Deus lhe prometeu, qual é a sua confissão. “Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos” (Rm 10.8).

Sabendo que a fé vem pelo ouvir, a quem você tem ouvido? Com quem você tem concordado? Com a situação, o diabo, o mundo, os incrédulos ou com Deus? Faça da sua confissão de fé uma oportunidade para Deus operar milagres em sua vida.


Crê somente!



OUTRAS INDICAÇÕES SEMELHANTES



Marca, Preço, Grife, qual seria o Verdadeiro Valor das coisas?



O homem tem a tendência de de pagar um alto preço por coisas descartáveis e sem valor só porque estão fora de seu alcance imediato e desvalorizar sem usufruir dos maiores tesouros que estão bem ao alcance de suas mãos. 

Isto não é apenas uma teoria absurda e para comprová-la em 2007 foi publicado o resultado de uma experiência em publico que vai lhe deixar de queijo caído, veja o texto a seguir:



Pêmio pulitzer para o Jornal Washington Post:


Uma Experiência foi Realizada pelo Jornal Washington Post numa estação do Metrô de Nova York, tudo foi gravado em vídeo e está disponível no YouTube.  Após a experiência o resultado se tornou a matéria de capa no jornal e foi amplamente debatida por especialistas e na internet, o que acabou rendendo um Pêmio pulitzer para o Jornal.

A matéria iniciava da seguinte forma:

Aquela poderia ser mais uma manhã como outra qualquer.

Recebi este texto por e_mail, mas já está amplamente divulgado na internet desde Abril de 2007.

A informação é verdadeira. No link do YouTube há menção a um jornalista do Washington Post, e no sítio do jornal encontrei estaesta menção ao fato, o texto original foi escrito “Por Gene Weingarten Escritor do Jornal Washington Post e divulgado no Domingo, 8 de abril de 2007”, é um texto enorme, temos menção ao fato também na pagina do próprio artista Joshua Bell, que rendeu mais de 4 milhões de visitas no Youtube, muita discussão e um prêmio Pulitzer.


Veja a descrição da experiência e a sua conclusão: Click no Link do YouTube e desfrute da Musica de Joshua Bell enquanto você lê o texto:




Aquela poderia ser mais uma manhã como outra qualquer.



Eis que o sujeito desce na estação do metrô: vestindo jeans, camiseta e boné, encosta-se próximo à entrada, tira o violino da caixa e começa a tocar com entusiasmo para a multidão que passa por ali, bem na hora do rush matinal. Mesmo assim, durante os 45 minutos que tocou, foi praticamente ignorado pelos passantes.

Ninguém sabia, mas o músico era Joshua Bell, um dos maiores violinistas do mundo, executando peças musicais consagradas num instrumento raríssimo, um Stradivarius de 1713, estimado em mais de 3 milhões de dólares.

Alguns dias antes Bell havia tocado no Symphony Hall de Boston, onde os melhores lugares custaram a bagatela de 1000 dólares.

A experiência, gravada em vídeo (veja abaixo), mostra homens e mulheres de andar ligeiro, copo de café na mão, celular no ouvido, crachá balançando no pescoço, indiferentes ao som do violino.

A iniciativa realizada pelo jornal The Washington Post era a de lançar um debate sobre valor, contexto e arte.

A conclusão: estamos acostumados a dar valor às coisas quando estão num contexto. Bell era uma obra de arte sem moldura. Um artefato de luxo sem etiqueta de grife.

Esse é um exemplo daquelas tantas situações que acontecem em nossa vida que são únicas, singulares, e a que não damos a menor bola porque não vêm com a etiqueta de seu preço.

O que tem valor real para nós, independentemente de marcas, preços e grifes? É o que o mercado diz que você deve ter, sentir, vestir ou ser? Essa experiência mostra como, na sociedade em que vivemos, nossos sentimentos e nossa apreciação de beleza são manipulados pelo mercado, pela mídia e pelas instituições que detém o poder financeiro. Mostra-nos como estamos condicionados a nos mover quando estamos no meio do rebanho ou a “massa humana”.



Afinal, o que tem valor real para nós, independentemente de marcas, preços e grifes?

É o que o mercado diz que podemos ter, sentir, vestir ou ser?

Será que os nossos sentimentos e a nossa apreciação de beleza são manipulados pelo mercado, pela mídia e pelas instituições que detêm o poder financeiro?

Será que estamos valorizando somente aquilo que está com etiqueta de preço?

Uma empresa de cartões de crédito vem investindo, há algum tempo, em propaganda onde, depois de mostrar vários itens, com seus respectivos preços, apresenta uma cena de afeto, de alegria e informa: Não tem preço.

E é isso que precisamos aprender a valorizar. Aquilo que não tem preço, porque não se compra.

Não se compra a amizade, o amor, a afeição. Não se compra carinho, dedicação, abraços e beijos.

Não se compra raio de sol, nem gotas de chuva.

Usufruamos dos momentos de ternura que os amores nos ofertam, intensamente, entendendo que sempre a manifestação do afeto é única, extraordinária, especial.

Fiquemos mais atentos ao que nos cerca, sejamos gratos pelo que nos é ofertado e sejamos felizes, desde hoje, enquanto o dia nos sorri e o sol despeja luz em nosso coração apaixonado pela vida.



Hoje eu posso ter em minhas mãos o maior diamante do mundo, mas prefiro o TESOURO que sempre sonhei!

Você ficaria impressionado ao saber o que uma pessoa seria capaz de fazer por uns poucos trocados!

E pela própria VIDA?


Dinâmica

Demostra que o verdadeiro valor nunca se perde.



15.000.000 de acessos em Presentepravoce.



Atingimos 15.000.000 de Acessos.

+ 36.000 curtidas no Facebook em baixa

Mais de 6.000.000 no Slidshare.

1500 Seguidores no Pinterest Em alta

Youtube, Tumblr e Twitter


SIGA NOSSOS CANAIS



                    Neste dia 18/08/2019 atingimos a marca de Quinze Milhões de acessos em nosso Blog do WordPress mais uma vez próximo à data de nosso aniversário pessoal.  Assim consideramos esta marca como um grande presente para todos nós, eu mesmo, nossos amigos e companheiros de caminhada e a todos vocês que nos visitam frequentemente.

É uma marca importante, um numero simbólico, desejamos nesta data fazer um pequeno bolo e reunir alguns amigos em comemoração e desejando a todos muitas alegrias, paz e principalmente que recebam hoje esta grande graça do Espírito Santo que é o melhor presente que o Pai nos doou com seu imenso amor.




A caminhada pode ser longa, mas com a ajuda de todos já percorremos uma boa parte do caminho. 

Vamos em frente, pois nosso objetivo é o céu.

“Nas corridas de um estádio, todos correm, mas bem sabeis que um só recebe o prêmio. Correi, pois, de tal maneira que o consigais.” I Coríntios, 9″

“O Céu é para quem sonha grande, pensa grande, ama grande e tem a coragem de viver pequeno”.

Padre Léo


Relembrando uma frase de nosso saudoso Pe. Leo, inclusive a frase que lhe inspirou o nome de um de seus melhores livros “Buscai as Coisas do Alto”, queremos exatamente mostrar que é este mesmo o nosso caminho e nosso objetivo, afinal, foi este o caminho proposto por Jesus e o caminho que todos nós um dia decidimos seguir. 

Sabemos que o pecado e as distrações deste mundo nos propõe exatamente o oposto e tentam nos dissuadir de nosso propósito, é por isso que muitos companheiros cristãos se perdem na caminhada, traem seus objetivos e afastando-se do caminho se perdem nas trevas e por fim acabam perdendo a própria Salvação.   Todos nós estamos sujeitos a estes mesmos desvios e obstáculos que tentam nos impedir de seguir rumo ao céu, porém também temos diversos meios de nos reencontrarmos e reascender a chama revigorando nossas forças para que possamos vencer este desafio.  Nossa proposta aqui é justamente esta, dar um subsídio a todos aqueles que estão conosco nesta caminhada, tanto num sentido pessoal como no sentido de auxílio àqueles que também juntamente conosco foram chamados a serem “Pescadores de Homens”.   

É verdade sim que corremos nesta corrida como em busca de um prêmio, porem apesar de ser um bom prêmio pessoal, quem ganha este premio não é aquele que chega sozinho no céu e sim aquele que consegue chegar lá com o maior numero de irmãos ao seu lado, neste caso eu corro sim, pretendo chegar e ganhar este premio, mas nunca quis ganha-lo somente para mim, por isso além de meus irmãos, amigos, filhos, pessoas próximas a mim desejo ganhar também irmãos que moram bem longe daqui e estão em lugares onde jamais sonhei, porque sei que lá nos confins da terra, alguém que nem fala a minha língua pode estar precisando de uma mãozinha, de um empurrãozinho para vencer os obstáculos e seguir em frente.   Sei também que como qualquer homem desta terra também posso cair e me perder no caminho e é por isso que conto com cada um de vocês para me empurrarem quando for preciso, para me puxarem quando eu estiver caído e assim sei que não chegarei ao céu sozinho porque todos nós chegaremos juntos com Jesus. 

15.000.000 de views não são nada se comparado aos bilhões de pessoas neste mundo que até hoje no século XXI ainda nem sequer ouviram falar que existe um Deus Criador, Um Cristo Salvador que morreu por nossos pecados foi sepultado e ressurgiu no terceiro dia, tudo isto só para ter uma ideia do quanto ainda temos a trabalhar e a quantidade de irmãos que precisamos reunir para de braços dados chegarmos ao nosso alvo final.

Paz para todos, que Deus nos abençoe.

Sizenando




Que Deus nos abençoe sempre


VEJA A NOSSA APRESENTAÇÃO DO BLOG.


Presente_Apresentação


Comemorações de Aniversário Anteriores:


Bolo_sete_anos_presentepravoce Presentepravoce_bolo_oito_anos_10000000

Outras marcações e Comemorações Anteriores:


250000-lk Primeiro_milhao Presentepravoce_6000000
Presentepravoce_9000000_capa_1 10000000_goodyear

12000000


É um prazer estar com todos vocês!


OS QUE MAIS SE DESTACARAM

NOS ÚLTIMOS 1000.000 de acesos



OS MAIS VISITADOS

ATÉ O DIA DE HOJE



Dados Atualizados em 19/08/2019 – 00:00 hs – 15.006.500



Oração_ao_espirito_santo palestras_para_encontro_de_casais_ecc
O-papagaio_marrom_padre_leo
Wallpapers_maria_mae_de_jesus
sao-miguel-1024x768-300x225[1] Pascoa_vida_nova_em_Cristo Imagens_arvores_de_Natal
Tende_Misericordia_Senhor cartoes-virtuais-lk
Dinâmica Canticos para o advento
apocalypto_film_mel_gibson JESUS é o mesmo
Moldura_sonho_de_valsa_te_amo
Dinamica_do_sonrisal
Pascoa_vida_nova_em_Cristo
O_Sentido_da_Vida Repouso_no_espirito_santo
Jesus é o Mesmo
a_paixao_de_cristo_mel_gibson

Em Todo o Tempo decorrido Os 50 Post’s mais Visitados.


RELAÇÃO DOS POST’S MAIS VISITADOS DESDE SEMPRE
3530 TITULO – DATA  20/08/2019
TOTAL DE VISITAS NO BLOG NESTA DATA

15.006.500

N Página inicial / Arquivos 1.565.681
1 Orações ao Espírito Santo. 707.385
2 Novas Imagens Para Mensagens de Natal. 418.450
3 Temas para palestras de Encontro para Casais. 262.292
4 Frases para mensagens em Lembrancinhas de Encontro para Casais. 248.960
5 Mensagens de Natal. 233.663
6 Padre Leo Conta a estória do Papagaio Marrom. 202.669
7 Molduras para fotos e Cartões com temas Natalinos. 202.614
8 Dinâmica da Pipoca sem Sal. 199.434
9 WALLPAPER’S DE MARIA SANTÍSSIMA, PARA SUA COLEÇÃO. 199.298
10 Oração de São Miguel Arcanjo. 189.668
11 Foto Mensagem da Páscoa. 187.027
12 Imagens para usar em cartões e mensagens de Natal. 183.042
13 ORAÇÃO PEDINDO A MISERICÓRDIA DE DEUS!!! 180.215
14 Cartões de Natal para montagens personalizadas. 178.273
15 Reflexões, Parábolas e Mensagens. 171.479
16 Dinâmica para Meditação. 167.425
17 O Casal Cristão no Mundo de Hoje. 160.303
18 Cantos para o Advento. 159.320
19 Apocalipto, Filme de Mel Gibson Retrata Civilização Maya e Asteca. 132.717
20 Mensagens Cristãs em Power Point. 131.195
21 Wallpapers – Mensagens de Jesus. 131.052
22 A Família Segundo a Bíblia. 130.052
23 Molduras para montagens de Cartões e Fotos. 126.256
24 Dinâmica – O Espírito Santo sopra onde quer. 124.077
25 Jesus Misericordioso. 119.401
26 Dinâmica do Sonrisal. 118.764
27 O Plano de Deus. 116.767
28 Temas relacionados à Família 107.360
29 Oração de Natal. 104.440
30 Imagens de Presépios Natalinos. 97.726
31 Dinâmica – A Oração. 93.879
32 Dia Das Mães. 91.435
33 Feliz Páscoa. 89.422
34 O Sentido da Vida. 86.189
35 O que é Repouso no Espírito ? 84.799
36 Semana Nacional da Família. 83.847
37 Poema a Nossa Senhora Aparecida. 83.376
38 Com Deus não se Brinca. 81.005
39 Esclarecimento sobre a Polêmica ocorrida na Missa de Paulo Goulart. 75.006
40 Harmonia Conjugal. 73.445
41 Terceira Idade, Ser Idoso ou ser apenas um Velho ? 72.672
42 Sentindo a Presença de Deus! 72.351
43 Diálogo Com os Filhos. 71.671
44 Dinâmica e Apresentação em homenagem ao dia dos Pais. 67.084
45 Jesus é o mesmo ontem hoje e sempre, inconfudível e Imutável. 65.801
46 Um Milagre Eucarístico que ficou oculto 12 anos! 63.975
47 Deus Criou uma Mãe Com Coração de Mãe. 62.087
48 PEGADAS NA AREIA. 60.900
49 Vinho, muito vinho, O primeiro Milagre de Jesus foi totalmente dedicado ao Matrimônio. 60.863
50 A Paixão de Cristo, o filme mais polêmico de Mel Gibson. 58.446


A Lição do Passarinho.


JOELHOS DOBRADOS





A Lição do Pássarinho em Power Point . PPT



  1. 1. A LIÇÃO DO PÁSSARO

  2. 2. Você já viu um passarinho dormindo num galho ou num fio, sem cair?

  3. 3. Como é que ele consegue isso?

  4. 4. Se nós tentássemos dormir assim, iríamos cair e quebrar o pescoço.

  5. 5. O segredo está nos tendões das pernas do passarinho.

  6. 6. Eles são construídos de forma que, quando o joelho está dobrado, o pezinho segura firmemente qualquer coisa.

  7. 7. Os pés não irão soltar o galho até que ele desdobre o joelho para voar.

  8. 8. O joelho dobrado é o que dá ao passarinho a força para segurar qualquer coisa.

  9. 9. É uma maravilha, não é?

  10. 10. Que desenho incrível que o Criador fez para segurar o passarinho! Mas, não é tão diferente em nós.

  11. 11. Quando nosso “galho” na vida fica precário, quando tudo está ameaçado de cair, a maior segurança, a maior estabilidade nos vem de um joelho dobrado, dobrado em oração.

  12. 12. Se você algumas vezes, se vê num emaranhado de problemas que o fazem perder a paz e a alegria, não se entregue ao desânimo, faça de Jesus o seu melhor amigo, Ele está ansioso por isso, Ele quer fortalecê-lo e abençoá-lo!

  13. 13. É Ele quem renova suas forças e sua Fé.

  14. 14. “Olhai para os Lírios do campo como eles crescem; não trabalham nem fiam; E Eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua Glória, se vestiu como qualquer um deles”.

  15. 15. “Olhai as aves do céu: não semeiam nem ceifam, nem recolhem nos celeiros e vosso Pai celeste as alimenta. Não valeis vós muito mais que elas? ”. Mateus 6: 26

  16. 16. E se Ele cuida de um passarinho, imagina o que não fará por você, que é seu filho amado?! Basta você CRER!

  17. 17. “Lançai sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós” 1 Pedro 5:7

  18. 18. E jamais se esqueça: Tudo o que nasce de joelhos nasce para ficar em pé!

  19. 19. Uma abençoada vida para você! Você é a coisa mais linda que Deus tem neste mundo!

  20. 20. Presentepravoce.wordpress.com.br

  21. Um grande abraço e que DEUS te ABENÇOE!!

  22. Link’s para outras Mensagens



Semeando a cultura de Pentecostes




A lição do Pássaro – Slideshare



Não arrancar o joio do meio do Trigo!


O Reino dos Céus é semelhante a um homem que tinha semeado boa semente em seu campo. Na hora, porém, em que os homens repousavam, veio o seu inimigo, semeou joio no meio do trigo e partiu.   O trigo cresceu e deu fruto, mas apareceu também o joio. Os servidores do pai de família vieram e disseram-lhe: ‘Senhor, não semeaste bom trigo em teu campo? Donde vem, pois, o joio?’. Disse-lhes ele: ‘Foi um inimigo que fez isto!’. Replicaram-lhe: ‘Queres que vamos e o arranquemos?’. ‘Não’ – disse ele –; arrancando o joio, arriscais tirar também o trigo. Deixai-os crescer juntos até a colheita. No tempo da colheita, direi aos ceifadores: arrancai primeiro o joio e atai-o em feixes para o queimar. Recolhei depois o trigo no meu celeiro’.”” 
São Mateus, 13 – Bíblia Católica Online

27 de julho de 2019.



O evangelho para a liturgia deste domingo nos leva a meditar sobre a parábola do joio e do trigo. Tanto na sociedade como na comunidade e na vida de todos nós, existe tudo misturado: qualidades boas e incoerências, limites e falhas. Nas nossas comunidades, reúnem-se pessoas que vêm dos vários cantos do Brasil, cada uma com a sua história, com a sua vivência, a sua opinião, os seus anseios, as suas diferenças. Existem pessoas que não sabem conviver com as diferenças. Querem ser juízes dos outros. Acham que só elas estão certas, e os outros errados. A parábola do joio e do trigo ajuda a não cair na tentação de querer excluir da comunidade os que não pensam como nós.

Os empregados que aparecem na parábola representam certos membros da comunidade. O dono da terra representa Deus. Prestemos atenção nas atitudes dos empregados e na reação do dono da terra.

A parábola no Sermão das Parábolas

O capítulo 13 traz o Sermão das Parábolas. Seguindo o texto de Marcos (Mc 4,1-34), Mateus omitiu a parábola da semente que germina sozinha (Mc 4,26-29), ampliou a discussão sobre o porquê das parábolas (Mt 13,10-17) e acrescentou as parábolas do joio e do trigo (Mt 13,24-30), do fermento (Mt 13,33), do tesouro (Mt 13,44), da pérola (Mt 13,45-46) e da rede (Mt 13,47-50). Com as do semeador (Mt 13,4-11) e do grão de mostarda (Mt 13,31-32), são ao todo sete parábolas. Estamos aqui no centro do Evangelho de Mateus. O coração deste centro é a parábola do joio e do trigo. É nela que aparece a recomendação mais importante para as comunidades da época.



Durante séculos, por causa da observância das leis de pureza, os judeus tinham vivido separados das outras nações. Este isolamento marcou a vida deles. Mesmo depois de convertidos, alguns continuavam nesta mesma observância que os separava dos outros. Eles queriam a pureza total. Qualquer sinal de impureza devia ser extirpado em nome de Deus. “Não pode haver tolerância com o pecado”, diziam eles. Mas outros, como Paulo, ensinavam que a Nova Lei de Deus, trazida por Jesus, pedia o contrário. Eles diziam: “Não pode haver tolerância com o pecado, mas deve haver tolerância com o pecador!” A comunidade deve vencer a tentação de querer excluir os que pensam de modo diferente. Este é o pano de fundo da parábola do joio e do trigo.

1. Mt 13,24-26:

A situação: joio e trigo crescem juntos

A palavra de Deus que faz nascer a comunidade é semente boa, mas nas comunidades sempre aparecem coisas que são contrárias à palavra de Deus. De onde vêm? Essa era a discussão.

2. Mt 13,27-28a:

A causa da mistura que existe na vida

Um inimigo fez isso. Quem é este inimigo? O inimigo, o adversário, Satanás ou diabo (Mt 13,39), é aquele que divide, que desvia. A tendência de divisão existe dentro de cada um de nós. O desejo de dominar, de se aproveitar da comunidade para subir e tantos outros desejos interesseiros são divisionistas, são do inimigo que dorme dentro de cada um de nós.

3. Mt 13,28b-30:

A reação diferente diante da ambiguidade

Diante dessa mistura do bem e do mal, alguns queriam arrancar o joio. Pensavam: “Se deixarmos todo o mundo na comunidade, perdemos nossa razão de ser! Perdemos a identidade!” Queriam expulsar os que pensavam de modo diferente. Mas esta não é a decisão do Dono da terra. Ele diz: “Deixa-os crescerem juntos até a colheita!” O que vai decidir não é o que cada um fala e diz, e sim o que cada um vive e faz. É pelo fruto produzido que Deus nos julgará. A força e o dinamismo do Reino se manifestam na comunidade. Mesmo sendo pequena e cheia de contradições, ela é um sinal do Reino. Mas ela não é dona do Reino, nem pode considerar-se justa. A parábola do joio e do trigo explica a maneira como a força do Reino age na história. É preciso ter paciência e aprender a conviver com as contradições e as diferenças, mesmo tendo uma opção clara pela justiça do Reino.


Ensino em parábolas



A parábola é um instrumento pedagógico que usa o quotidiano para mostrar como a vida nos fala de Deus. Torna a realidade transparente e faz o olhar da gente ficar contemplativo. Uma parábola aponta para as coisas da vida e, por isso mesmo, é um ensinamento aberto, pois das coisas da vida todo o mundo tem alguma experiência. O ensinamento por parábolas faz a pessoa partir da experiência que tem: semente, sal, luz, ovelha, flor, passarinho, mulher, criança, pai, rede, peixe, etc. Assim, ele torna a vida quotidiana transparente, reveladora da presença e da ação de Deus. Jesus não costumava explicar as parábolas. Geralmente, terminava com esta frase: “Quem tem ouvidos, ouça!” (Mt 11,15; 13,9.43). Ou seja: “É isso! Vocês ouviram! Agora tratem de entender!” Jesus deixava o sentido da parábola em aberto e não o determinava. Sinal de que acreditava na capacidade do povo de descobrir o sentido da parábola, baseado na sua experiência de vida.

De vez em quando, a pedido dos discípulos, ele explicava o sentido (Mt 13,10.3). Por exemplo, os versículos 36-43 trazem a explicação da parábola do joio e do trigo. Ela mostra como se fazia catequese naquele tempo. As comunidades se reuniam e discutiam as parábolas de Jesus, procurando saber o que ele queria dizer. Assim, pouco a pouco, o ensinamento aberto de Jesus começava a ser afunilado na catequese da comunidade que aceitava apenas uma explicação da parábola. Ela não tinha a mesma confiança de Jesus na capacidade do povo de entender as coisas do Reino.

(Mateus 13,24-30) [Mesters, Lopes e Orofino]

 27 de julho de 2019.


 

PARÁBOLAS E MENSAGENS EM POWER POINT PARA REFLEXÃO

Peso_da_oração_0
Rezar o Terço


DEUS AMA O PECADOR

MAS ODEIA O PECADO



Pessoas felizes e Pessoas Tristes



Ser Feliz ou continuar Sendo Triste.



As Pessoas Felizes:

São Autor responsáveis;
Sentem Gratidão;
Perdoam sempre;
Validam;
Conversam sobre Ideias;
Querem que os outros vençam;
Partilham informação;
Pensam Positivo…

As Pessoas Tristes:

Culpam os outros;
São os donos da verdade;
Guardam rancor;
Criticam;
Fofocam;
Sentem Inveja;
Escondem informação;
Pensam Negativo…




E Quando falo para meus pacientes sobre a autor responsabilidade, sempre é um choque, pois assumir toda a culpa do que nos acontece pode ser pesado. Até percebermos que culpar o outro ou se vitimizar, não faz com que diminua os danos e nem vai mudar a situação, já quando assumimos o controle, temos a percepção de que podemos sempre fazer diferente e mudar a partir de agora!

“O meu casamento não seria esse fracasso se meu marido fosse diferente”

“Eu chego atrasado porque moro longe e pego muito trânsito até aqui”

“Eu não fiz o relatório porque ninguém me mandou o modelo”

“Eu sou assim porque meus pais não me incentivaram”

👉Repare que em todos os discursos, transferir a culpa não resolve a questão.

A culpa é do governo, a culpa é do meu chefe, a culpa é…  …

Cruzar os braços e apenas apontar o dedo para encontrar culpados para os problemas é muito mais prático e reconfortante.

Se responsabilizar, se informar, questionar valores e atitudes pode ser incômodo e trabalhoso, mas é também libertador, porque assim você assume o controle da sua vida.😌

A autorresponsabilidade é uma habilidade que pode ser aprendida.

Seja protagonista da sua história. 🤔

“Qual a sua responsabilidade na desordem da qual você se queixa?”


FREUD. 🌹Psicóloga Clínica
Tatiani Cassula
@psicologatatianicassula
CRP 06/137111 – Franca, Brazil




.



Foto Mensagem – Perdão


salmos_32_1_feliz_aquele_transgressoes_perdoadas_pecados_apagados Coracao_partido_perdao_cura o-que-e-blasfemia-contra-o-espirito-santo-por-que-o-pecado-contra-o-espirito-santo-nao-tem-perdao-5a4798b698432
O_Perdao_traz_alegria perdoe O_Perdao_eh_a-faxina_da_alma

Link’s para outras mensagens





MENSAGEM EM POWER POINT SLAIDSHARE


Para melhor aproveitar os efeitos, baixe o slaid.



[slideshare id=121475101&doc=omeninoeosacodecarvaopresentepravoce-181101

SVE I. – Primeira Experiência de Oração.


O que é o Seminário de Vida no Espírito?


A Renovação Carismática Católica apresenta o S.V.E. como “O Querigma”, ou seja uma iniciação básica ao conhecimento a respeito da presença do Espírito Santo na Igreja de ontem como deveria ser também na mesma Igreja hoje.

Nada mudou nas Promessas Divinas, de tal forma que, o que no início da RCC parecia ser uma novidade para os Católicos nada mais é do que os primeiros passos dados pelos Apóstolos de Cristo quando iniciaram a Igreja a partir do cumprimento da Promessa Divina que se resume em enviar seu Espírito Santo para habitar os nossos corações (Jer. 31,31). Fato que foi concretizado no dia de Pentecostes com a presença de 120 pessoas entre os Discípulos e Maria mãe de Jesus e que de acordo com as profecias se estende a todos aqueles que acreditarem nesta promessa e que não será alterada até que venha a sua plenitude antes que todo olho testemunhe a segunda vinda de Cristo à terra.




A finalidade do Seminário de Vida no Espírito é ajudar os participantes a encontrarem uma vida mais rica e melhor. É o momento de se encontrarem com Cristo e viver as verdades mais fundamentais acerca do Amor de Deus, do Pecado, da Salvação, da Fé, da pessoa de Jesus Cristo, da Efusão e Carismas do Espírito Santo.

Sem dúvida, os Seminários de Vida no Espírito Santo constituem-se um dos momentos mais expressivos do trabalho de evangelização da Renovação Carismática Católica em todo o Brasil. Trata-se de encontros abençoados que, a partir de pregações querigmáticas e de momentos fortes de fraternidade e de oração, proporcionam experiência singular com o amor de Deus Pai, o encontro pessoal com Jesus Cristo, Senhor e Salvador, bem como a graça do batismo no Espírito Santo. Reconhecendo a relevância destes encontros, nosso blog disponibilizará, semanalmente, textos que abordam os temas específicos dos Seminários de Vida no Espírito Santos, rogando ao Bom Deus que nos favoreça com um conhecimento crescente de Sua Palavra e desperte em nós a docilidade às moções do Espírito Santo…




O Semeador

(introdução ao Seminário de Vida no Espírito Santo)

“A que caiu na terra boa são os que ouvem a palavra com coração reto e bom, retêm-na e dão fruto pela perseverança.” (Lc 8, 15)

O centro da pregação dos apóstolos na Igreja Primitiva consistia em anunciar Jesus Cristo, o Messias esperado, que foi morto pelos pecados da humanidade, ressuscitou ao terceiro dia e foi constituído, por Deus Pai, o Senhor e Salvador do mundo inteiro: “O Deus de nossos pais ressuscitou Jesus, que vós matastes, suspendendo-o num madeiro. Deus elevou-o pela Sua mão direita, como príncipe e salvador; a fim de dar a Israel o arrependimento e a remissão dos pecados.” (At 5, 30 – 31).

Contudo, para entendermos melhor o que é a salvação, precisamos compreender qual é o plano de Deus para a criação, o que é o pecado e, afinal, do que fomos salvos. Para com Deus a nossa resposta deve ser de gratidão: amá-lo, entregar-se a Ele, cumprir em tudo a Sua santa vontade, o que implica numa atitude de fé e de mudança de vida. é o Espírito Santo, comunicado a nós por Jesus, que muda os nossos corações para vivermos esta nova vida. A isto se propõe o Seminário de Vida no Espírito Santo.

Durante todo o Seminário, alimentamos a certeza de que, assim como a semente é lançada no campo, a Palavara de Deus é semeada em cada coração (Lc 8, 4 – 8). Jesus é o grande semeador; a semente é a Palavra de Deus; cada participante é o solo que acolhe a semente. Se formos terra boa, isto é, se o coração abrir, frutos, de até cem por um, brotarão.

Assim, adotando uma postura de discípulos, sentados aos pés do Mestre e com ouvidos abertos e corações atentos àquilo que Ele mesmo nos fala, poderemos descobrir a presença amorosa de Deus Pai em nossas vidas, tomar posse da riqueza que é a salvação alcançada pelo Senhor Jesus, e experimentar a ação renovadora do Espírito Santo.


Fonte: RCC CAMOCIM CEARÁ

A Partir de agora estaremos disponibilizando temas sobre o SVE I, material escrito, em video e esquemas básicos para ensinos em grupos de oração ou encontros fechados, alguns dos quais já estão disponíveis em outros site’s. Estaremos apenas organizando de uma forma que outras pessoas também possam se usufruir destes textos e videos para nossa formação pessoal e auxiliar outras pessoas a encontrar-se com Jesus e conhecer melhor o Espírito Santo de Deus.

Seminário de Vida no Espírito Santo SVE-COMPLETO



Seminário de Vida no Espirito

ESTE TEMA

PRÓXIMO

TEMA

Livro

RCC – Shop





Link’s para outros post’s




A estrela de Belém.


Já está em cartaz o filme “A Estrela de Belém”

Aproveite o final de ano para assistir em família o filme sobre a história do Natal!



menino jesus 2


Com a chegada do Natal e as férias escolares, o novo filme cinema apresenta uma ótima opção de lazer e formação para toda família. Muitos filmes já foram produzidos com o intuito de contarem a história do Natal, contudo “a Estrela de Belém” é a primeira animação produzida com esse fim. O longa da Sony relata o nascimento do menino Jesus desde uma outra perspectiva: dos animais que compõe o presépio.

A história é conduzida por um burrinho chamado Bo, que sente-se sozinho e entediado com sua vida e resolve se aventurar em algo grande e tentar participar do desfile real. Com seu melhor amigo, Dave, uma pomba, Bo consegue fugir e ir atrás do que é grandioso.

Enquanto isso, o filme mostra Nossa Senhora em Nazaré, quando recebe a mensagem do anjo Gabriel de que daria à luz ao filho de Deus. Em seguida, aparece José, que recebe uma revelação do anjo em sonho sobre os grandes planos que Deus tem para eles. Maria então encontra Bo perdido e decide cuidar dele, apesar de ele preferir seguir seu objetivo inicial de participar da parada real.

José e Maria partem para Belém, para cumprir o censo determinado pelo Rei Herodes, deixando Bo em Nazaré. Enquanto isso, o burrinho presencia os soldados romanos invadirem a casa de José e Maria, decide ir atrás deles para avisar sobre o perigo que estão correndo. Nessa aventura até Belém, Dove e Bo fazem novos amigos, os camelos Felix, Cyrus e Deborah, cujos donos são os três reis magos.

Além de contar a “história mais bonita do mundo” de um modo divertido e acessível para as crianças, as cenas revelam a importância da oração, da reverência e da Graça para enfrentarmos as dificuldades que possam aparecer em nossa vida. Há cenas, por exemplo, que até os animais aprendem a rezar.

Apesar de não ser completamente fiel à história Bíblica, o filme é desenvolvido com muitas lições de vida, destaca virtudes de Nossa Senhora e São José e dá o devido destaque ao acontecimento que mudou o rumo da História, a chegada do Menino Deus.


star




Por Equipe Reginas



Link’s para outras mensagens




.

Fundos de tela com enfeites e temas decorativos de Natal.



Feliz Natal e Boas Festas.


Imagens motivacionais com fundos de tela decorativas para mensagens de Natal, Cartões de Natal.


Para ampliar é só clicar na foto.


OBS. As amostras de imagens não estão posicionadas de acordo com a miniatura proporcional à foto original, mas ao clicar e abrir a imagem original ela abrirá nas suas dimensões originais.




Outras indicações




Fundo_papel_carta_enfeites_natal_vermelho_ (3) Papel_carta_Laço_sino_natal


Moldura_foto_natal_enfeites (1)

HD-Christmas-Eve-Vector-Images-2014

Moldura_foto_natal_enfeites (2)


Enfeites de natal (14) 360824-svetik Presentes_enfeites_de_natal


361296-blackangel


Champagne_vela_rosas_presente_fim_de_ano
Christmas-Background-Picture-1920-1080-493006

Moldura_natal_papel_carta`pergaminho




Semeando a cultura de Pentecostes


Qual o Melhor presente de Natal

OUTROS TEMAS RELACIONADOS




Deus acima de tudo e de todos.



Os fariseus concordaram em pôr Jesus à prova. Um deles, um doutor da lei, dirige-lhe a seguinte pergunta:

«Mestre, qual é o maior mandamento da lei?»

“S Mateus 22,34”


 




PAPA FRANCISCO

ANGELUS

Praça de São Pedro
Domingo, 26 de Outubro de 2014

Vídeo

Amados irmãos e irmãs, bom dia!

O Evangelho de hoje recorda-nos que toda a Lei divina se resume no amor a Deus e ao próximo. O Evangelista Mateus narra que alguns fariseus concordaram em pôr Jesus à prova (cf. 22, 34-35). Um deles, um doutor da lei, dirige-lhe a seguinte pergunta: «Mestre, qual é o maior mandamento da lei?» (v. 36). Citando o Livro do Deuteronómio, Jesus responde: «Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração, toda a tua alma e todo o teu espírito. Este é o maior e o primeiro mandamento» (vv. 37-38). E teria podido parar aqui. Ao contrário, Jesus acrescenta algo que não tinha sido questionado pelo doutor da lei. Com efeito, diz: «E o segundo, semelhante a este, é: amarás o teu próximo como a ti mesmo» (v. 39). Também Jesus não inventa este segundo mandamento, mas tira-o do Livro do Levítico. A sua novidade consiste precisamente em unir estes dois mandamentos — o amor a Deus e o amor ao próximo — revelando que eles são inseparáveis e complementares, constituem os dois lados de uma mesma medalha. Não se pode amar a Deus sem amar o próximo, e não se pode amar o próximo sem amar a Deus. A este propósito, o Papa Bento XVI deixou-nos um comentário muito bonito na sua primeira Encíclica, Deus caritas est (nn. 16-18).

Com efeito, o sinal visível que o cristão pode manifestar para testemunhar o amor de Deus ao mundo, aos outros e à sua família é o amor pelos irmãos. O mandamento do amor a Deus e ao próximo é o primeiro, mas não porque está no início do elenco dos mandamentos. Jesus não o coloca no vértice, mas no centro, porque é o coração do qual tudo deve começar, para o qual tudo deve voltar e ao qual tudo deve fazer referência.

Já no Antigo Testamento a exigência de ser santo, à imagem de Deus que é Santo, incluía também o dever de cuidar das pessoas mais frágeis, como o estrangeiro, o órfão e a viúva (cf. Êx 22, 20-26). Jesus cumpre esta lei de aliança, Ele que resume em Si mesmo, na sua carne, a divindade e a humanidade, num único mistério de amor.

À luz desta palavra de Jesus, o amor já é a medida da fé, e a fé constitui a alma do amor. Não podemos mais separar a vida religiosa, a existência de piedade do serviço aos irmãos, àqueles irmãos concretos com os quais nos encontramos. Já não podemos dividir a oração, o encontro com Deus nos Sacramentos, da escuta do outro e da proximidade à sua vida, de forma especial às suas feridas. Recordai-vos disto: o amor é a medida da fé! E tu, quanto amas? Cada um responda pessoalmente. Como é a tua fé? A minha fé é como eu amo. E a fé é a alma do amor.

No meio da densa selva de preceitos e prescrições — dos legalismos de ontem e de hoje — Jesus faz uma abertura que permite vislumbrar dois semblantes: o rosto do Pai e a face do irmão. Não nos confia duas fórmulas ou preceitos: não se trata de preceitos e fórmulas; Ele confia-nos dois semblantes, aliás, um único rosto, o rosto de Deus que se reflete em numerosos outros rostos, porque na face de cada irmão, especialmente do mais pequenino, frágil, indefeso e necessitado está presente a imagem do próprio Deus. E deveríamos interrogar-nos, quando encontramos um destes irmãos, se somos capazes de reconhecer nele o rosto de Deus: somos capazes disto?

Deste modo, Jesus oferece a cada homem o critério fundamental sobre o qual devemos delinear a nossa própria vida. Mas, sobretudo, Ele concedeu-nos o Espírito Santo, que nos permite amar a Deus e o próximo como Ele, com o coração livre e generoso. Por intercessão de Maria, nossa Mãe, abramo-nos ao acolhimento desta dádiva do amor, para caminhar sempre nesta lei dos dois semblantes, que constituem um só: a lei do amor.


Palavras do Papa para a Igreja.


https://w2.vatican.va/content/francesco/pt/angelus/2014/documents/papa-francesco_angelus_20141026.html




OUTROS TEXTOS EM DESTAQUE DE PAPA FRANCISCO

CLICK E AMPLIE


Oração_não_eh_uma_Varinha_magica_Papa_Francisco Pope Francis leads a mass of Assumption of Mary from the papal summer residence in Castelgandolfo south of Rome Papa_Francisco_no_pentecostes_2015_cheios_do_Espírito_Santo

Jesus Jesus

Os Papas Falam à Renovação Carismática Católica.