Trocando as Pilhas.

MEDITAÇÃO SOBRE A VIDA HUMANA CADA VEZ MAIS DESCARTÁVEL.

Se você não fizer nada agora,

lamentavelmente este poderá ser o seu futuro.

Trocando_pilhas

Quando você envelhece e alcança uma idade que você mal consegue se mover sozinho(a), tudo que você mais espera é a presença de seus filhos que foram criados com muito sacrifício nos seus anos de vida mais saudáveis e de repente em uma data muito importante para sua vida como um aniversário ou uma noite de natal ao invés da casa cheia de filhos e netos você recebe apenas uma embalagem pelo correio com algumas palavras frias e sem vida de um bilhete lhe informando que o conteúdo desta caixa será sua unica companhia nesta data tão importante.

Me desculpe Mamãe, Este ano não poderei estar ai presente novamente mas mando um pequeno presente para lhe fazer companhia e lhe ajudar em seus afazeres diários.

Assista a esta triste história de animação em 3D de MMU, na Malásia.

O título é “Troca de Pilhas” – Resumo:

Uma senhora solitária ganha de presente de seu filho um robô para lhe fazer companhia e ajudar com as tarefas de casa. Toda vez que o robô para suas atividades é hora de trocar a bateria e está resolvido o problema.  Mas, o ser humano não é uma máquina, a solução de suas necessidades não se resume em uma simples troca de pilhas.

Se você não fizer nada agora, este poderá ser o seu futuro.


Titulo Original: Changing batteries

Ano: 2013 (Melhor animação Digicon Malaysia)

Diretor: Shu Gi, Casandra Ng, JiaHui and Bahareh Darvish.

Personagens: Robo, senhora…

País: Malásia



UMA PEQUENA REFLEXÃO SOBRE O VÍDEO.


Este vídeo faz-nos refletir não apenas sobre o poder da amizade entre duas pessoas, mas da simbologia universal da bateria como representação desta força vital, da energia que nos mantém vivos, nos faz mover, viver e renovar a esperança na vida, no trabalho, na amizade, no amor e tudo mais…

Impossível não pensar no modo de vida atual em que pessoas solitárias se integram nas redes sociais e se relacionam cada vez mais com outra pessoas também “virtuais”. Que muitos perfis falsos nas redes sociais são inclusive computadores robôs que servem para disseminar propagandas ou vírus na rede. Muitas pessoas até reagem como autômatos diante de um telefone celular, um tablet, notebook, quando conectados ao mundo digital. O mais comovente na história é esta sutil ironia da máquina ter a consciência de que todos somos alimentados por baterias e que quando a dele acaba basta uma troca.   A sua amiga idosa sempre lhe trocava a pilha gasta por uma nova permitindo-lhe que viva eternamente. Entretanto, quando a situação se inverte é tocante ver uma máquina colocando suas pilhas novas e usadas no bolso da idosa tentando deliberadamente repor-lhe a vida que se foi. O pequeno robô age como uma ingênua criança descobrindo os mistérios da vida.

Quantas pessoas hoje em dia têm como melhores amigos seus equipamentos eletrônicos? Quantos vivem como robôs, de forma mecânica? Quantos humanizam suas máquinas e objetos, através das trocas – não de bateria, mas – de experiências de vida virtual em rede?

Há que se pensar também na educação mecanizada, quando esta é calcada apenas na distribuição de equipamentos eletrônicos, vídeos, Link’s na rede – babás digitais – para substituir o papel social do educador, seja pai ou professor.   Até prova em contrário, as máquinas não têm alma, mas necessitam da troca ou recarga de baterias para continuarem se movendo e atuando.

As pessoas, que possuem ALMA & VIDA, necessitam muito mais do que simplesmente uma reposição energética como a troca de uma pilha exemplificada na animação.

A Vida é muito mais do que isto, para que se mantenha uma vida plena precisamos muito mais de uma atenção espiritual, de amor, de carinho, da presença de alguém que simplesmente nos toque e satisfaça as necessidades de nossa alma do que simplesmente a reposição das energias corporais que obtemos através da alimentação, por isso a energia do toque físico de alguém próximo nos faz tanta falta e na sua falta caímos em “DEPRESSÃO” que é a falta de esperança na vida futura. Podemos até afirmar com todas as letras que o recém nascido não pode sobreviver sozinho porque o ser Humano não foi criado para viver na solidão e sim em “FAMÍLIA”, como está escrito em (Gênesis 2,18) “Não é bom que o Homem esteja só…”.

Portanto, é um belo vídeo para se refletir sobre o valor da amizade entre as pessoas, a falta de carinho dos filhos para com seus Pais Idosos, a Eutanásia, o abandono dos velhos nos abrigos feito sociedade e governantes e enfim se contentar com a distração que um robozinho infantil acabe por ocupar o espaço de um neto ou de um filho no coração de um idoso abandonado.

Podemos dizer que o mundo caminha para este objetivo e quanto mais confundirmos “VIDA com MOVIMENTO”, “REAL com VIRTUAL”, “PERENE com DESCARTÁVEL, “ETERNO com PASSAGEIRO” estaremos nos condenando a ser infelizes nos momentos em que mais necessitarmos do carinho das pessoas com quem convivemos diariamente em nossas vidas.


Lembre-se:

“O SER HUMANO NÃO É UMA SIMPLES MÁQUINA DESCARTÁVEL QUE SE LIGA, DESLIGA e RELIGA COM O APERTAR DE UM BOTÃO. A VIDA É MUITO MAIS DO QUE UM SIMPLES MOVIMENTO PROGRAMÁVEL OU UMA LUZ QUE PISCA. ESTAR LIGADO NÃO SIGNIFICA ESTAR VIVO E BASTA UMA MINÚSCULA SEMENTINHA INERTE OU UM ÓVULO FECUNDADO NA GELADEIRA PARA CONTER TODO O ESPLENDOR DE UMA VIDA QUE NÃO TERMINA COM A MORTE OU O DESLIGAMENTO, POIS O MAIOR SEGREDO DA VIDA É QUE ELA SE REFAZ E RENASCE REVELANDO SUA ETERNIDADE E NÃO SE LIMITANDO AO PLANO FÍSICO MATERIAL QUE NOS CERCA.   A VIDA VERDADEIRA, ESSA SIM, CONTINUA MESMO APÓS A MORTE POR ISSO É QUE DEVEMOS LEVAR O AMOR QUE É A FONTE DA VIDA A TUDO QUE FAZEMOS E CONTAGIAR  A TODOS QUE NOS CERCAM E ATÉ MESMO OS SERES INANIMADOS QUE NA FICÇÃO DA ESTÓRIA TROUXE VIDA E FELICIDADE AO ROBÔ QUE FICOU SEM BATERIA.”


LIÇÃO DA ESTÓRIA


NÃO ADIANTA COLOCAR PILHA NOVA NA VELHINHA MORTA.


POR QUE ?


“O SER HUMANO NÃO É UM OBJETO DESCARTÁVEL”




Bilhete_Mãe_3 Bilhete_Mãe_3

4 Respostas

Deixar um Comentério aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: