Como será Amanhã?


A POLUIÇÃO AVANÇA A PASSOS LARGOS EM TODO O PLANETA E NÃO ENCONTRA NENHUM INIMIGO CAPAZ DE IMPEDIR O SEU AVANÇO DESASTROSO.








o_monstro_do_lixo_


o_fedor_do_lixo_ amwacas_do_lixo_2
amwacas_do_lixo_1 pasto_vaca_no_lixo2

biquine_garrafas_pet_lixo_maldivas


pasto_vaca_no_lixo nuvem_negra_queima_pneus_lixo
onda-de-lixo lixo_boiando

.


monte_cheio_lixo lago_cheio_lixo
tilafushi-maldivas tilafushi-maldivas

Dia dos avós.




Dia dos avós – 26 de julho


Dia-dos-avós-desenho[1]


26 de julho, comemora-se o Dia dos Avôs e Avós. E esse dia foi escolhido para a comemoração porque é o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.

A data da festa de São Joaquim sofreu várias alterações ao longo dos tempos. Inicialmente era celebrada no dia 20 de março, associada à de São José, tendo sido depois transferida para o dia 16 de agosto, para associar-lhe ao triunfo da filha na celebração da Assunção, no dia precedente.

Em 1879, o papa Leão XIII, cujo nome de batismo era Gioacchino (versão italiana de Joaquim), estendeu sua festa a toda Igreja. Finalmente, o Papa Paulo VI associou num único dia, 26 de julho, a celebração dos pais de Maria Santíssima.


fonte: www.amiguinhosdedeus.com





SÃO JOAQUIM E SANT’ANA


 postal-santos-joaquim-e-ana_tia-Adelita[1]

Os avós queridos de Jesus

Eles se chamavam Joaquim e Ana. Ana, ou “Hannâ” em hebraico, que significa “graça”. Ela pertencia à família do sacerdote Aarão.Joaquim, “Yônâkhîr”, em hebraico significa “Deus prepara”, ele pertencia à família real de Davi.

Tem um livro que não está na Bíblia, muito antigo e dizem que foi São Tiago quem escreveu, com essa linda história:

Os dois moravam em Jerusalém, ao lado da piscina de Betesda, onde hoje se ergue a Basílica de Santana. São Joaquim e Santa Ana não tinham filhos e já eram idosos. Mesmo assim, Joaquim não desistia de pedir um filho para Deus, pois sabia que Ele pode tudo. Um dia, retirou-se ao deserto para rezar e fazer penitência por essa intenção. Ali, um anjo do Senhor lhe apareceu, dizendo que Deus havia ouvido suas preces. Algum tempo depois, Ana ficou grávida. Nasceu uma menina a quem chamaram Maria, “Miriam” em hebraico, que significa “Senhora da Luz”. E quem é essa menina? Nada mais, nada menos que… Tharááám: a Mãe de Jesus!

Olha que lindo o que o Papa Francisco falou sobre os avós no Angelus, aqui no Brasil na Jornada da juventude…


blog.cancaonova.com/amigosdoceu



santana-lk dia-idoso-1024x1024[1]


MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO AOS AVÓS E IDOSOS



Mães nunca Morrem.


Velha Rabugenta

Mensagem em Power Point


O Mundo terá o Futuro que você plantar hoje.



Deixaremos aqui algumas fotografias que nos fazem pensar sobre o nosso futuro no planeta Terra e que o mesmo começa hoje, se nada fizermos agora para evitar o pior certamente ele virá muito mais rápido que imaginamos, pois ele já se faz presente entre nós.


Canal de Meio Ambiente

Saiba porque a crise econômica do mundo só tem uma solução:

A mudança de pensamento, comportamento e hábitos de consumo de cada um de nós.



Lixo1


Nossos antepassados consideravam que Todo produto era um patrimônio e iria durar para sempre.


Lixo_3


Quando consideramos tudo como lixo e jogamos fora, na verdade não estamos jogando fora e sim acumulando na lata de lixo que é o nosso planeta até que irá transbordar.


Lixo_2


Estamos alimentando um monstro que já nasceu e já está causando grandes transtornos nos países de menor área geográfica disponível para ocupação.   Você pode não vê-lo, mas ele não é tão invisível assim, basta observar um pouco mais…


Lixo_4


O Maior problema é que temos a tendência de acostumar com a situação e achar que está tudo muito bonito.


Lixo_5


 O Maior problema é que temos a tendência de acostumar com a situação e achar que o mal de uns é benefício para outros.


Lixo_6


Que tipo de mundo deixaremos para nossos filhos e netos ?


Lixo_7


O que será de nossas crianças ?


Lixo_8


O que será de nossas crianças ?


Lixo_9


O que será de nossos Idosos ?


Lixo_10


O que será de nós MESMOS ?


Lixo_11


EIS O FUTURO QUE NOS ESPERA …!


Lixo_12


PRESERVE O SEU PLANETA

576978main_361073054_full[1]


preview002[1]

ELE É A

SUA CASA



Dia do Idoso.




(01 de Outubro, dia do Idoso)


dia-idoso-1024x1024[1]


Em comemoração ao Dia Nacional do Idoso (01/10), segue um artigo direcionado a todos os idosos brasileiros: homens e mulheres; negros, brancos, pardos, indígenas e orientais; menos ou mais velhos; ativos ou dependentes; solteiros, casados, separados e viúvos!

Vocês, ao longo de suas vidas, fizeram e continuam fazendo parte da história do nosso país! Tenho certeza de que, direta ou indiretamente, esta população de idosos contribuiu com a formação moral, cívica e profissional de muitas outras pessoas, as quais aprenderam com seu exemplo de cidadãos!

Parece desnecessário falar que temos que respeitar todos esses idosos, porém, infelizmente parece que muitas pessoas esquecem este pressuposto básico. Acredito que muitos de nós aprendemos com os nossos pais a importância de se respeitar os mais velhos, porém, parece que isto tem ficado esquecido, já que muitas ações revelam o contrário. E não falo em respeitarmos apenas os idosos que já conhecemos, é nosso dever respeitar a todos eles.

Desrespeitamos um idoso cada vez que sentamos nos assentos destinados a eles nos ônibus; quando entramos nas filas destinadas a eles; sempre que excluímos um parente ou amigo idoso de uma conversa informal; quando rimos de alguma coisa que um idoso portador de demência fale ou faça; sempre que ignoramos o que o idoso fala, pensa ou sente; nas vezes em que permitimos que o idoso se isole da família e da comunidade; quando generalizamos todos como ranzinzas, chatos, rabugentos ou ultrapassados; sempre que não permitimos que o idoso participe das atividades domésticas; nas vezes em que acabamos por tratar o idoso como criança; dentre outras situações que configuram desrespeito ao idoso.

Noutras situações, bem mais graves, não estamos apenas desrespeitando, como também podemos estar violentando ou violando os direitos do idoso. Exemplo disso são a violência física (bater, empurrar, machucar, fazer movimentos bruscos, como publicado no site G1); a violência psicológica (chantagens, extorsão, xingamentos, agressão – neste mesmo link, achei pejorativo o filho referir-se ao pai como “o velho”); a negligência (como, por exemplo, a pessoa saber que um idoso está sendo vítima de violência e não denunciar o agressor, ou deixar de oferecer cuidados a um idoso que tem algum tipo de necessidade especial), dentre outras formas de violência, algumas destas passíveis de serem penalizadas, como no caso deste auxiliar de enfermagem que poderá responder criminalmente enquanto pessoa e enquanto profissional.

Respeitamos o idoso quando o reconhecemos seu papel enquanto pessoa, garantindo a ele sua dignidade, moradia, alimentação, condições de saúde e qualidade de vida. Quando respeitamos seus direitos adquiridos com o avanço da idade e cuidamos para que os outros também os respeitem. Quando respeitamos sua condição de idoso, seu estado demencial e ensinamos as crianças a fazerem o mesmo. Quando o tratamos como idoso – não como criança ou adolescente – mas enquanto um cidadão com direitos, deveres e ampla carga de experiência. Quando incluímo-nos em atividades sociais, educacionais, laborais e familiares, respeitando seu ponto de vista, dando espaço para que ele também dialogue.

E você? O que faz para demonstrar seu respeito aos idosos? Conte-nos.

Luciene C. Miranda  – Psicóloga – lucienecm@yahoo.com.br

– Veja Mais em: Cuidar de idosos

(A família verdadeiramente cristã é capaz de mudar o mundo em que vivemos da água para o vinho).

Abandonar_idoso_é_pecado_papa_francisco

  Atualizado em 01/10/2014


postal-santos-joaquim-e-ana_tia-Adelita[1]


Papa_Francisco_aos_Idosos_jmj_2013


Mães nunca Morrem.


Velha Rabugenta

Mensagem em Power Point


Os dois grandes lobos.



A sabedoria de como viver a vida se adquire com o tempo, antigamente se aprendia muito com os mais velhos, Pais e avós.    Se muito valorizava a sabedoria dos antepassados, hoje o comodismo e a massificação consumista nos imprime novos valores, ou melhor dizendo, reprime nossos verdadeiros valores familiares e até mesmo do ser humano para que sejamos facilmente massificados e nos tornemos apenas consumidores descartáveis, mas isso nem sempre foi assim:

Esta é uma antiga história dos índios cherokee sobre o cacique de uma grande aldeia.

Veja o Texto:



Luta_Dois_lobos_Branco_preto



Existe uma antiga história dos índios cherokee sobre o cacique de uma grande aldeia. Um dia, o cacique decidiu que era hora de orientar o seu neto favorito sobre a vida. Ele o levou para o meio da floresta, fez com que se sentasse sob uma velha árvore e explicou, “Filho, existe uma batalha sendo travada dentro da mente e do coração de todo ser humano que vive hoje. Embora eu seja um velho e sábio cacique, o líder da nossa tribo, essa mesma batalha é travada dentro de mim. Se você não souber dessa batalha, ela o fará perder o juízo. Você nunca saberá que direção tomar. As vezes vencerá na vida e, depois, sem entender o porquê, perceberá que está perdido, confuso, com medo, arriscado a perder tudo o que trabalhou tanto para ganhar. Você muitas vezes achará que está fazendo a coisa certa e depois descobrirá que fez as escolhas erradas. Se você não entender as forças do bem e do mal, a vida individual e a vida coletiva, o verdadeiro eu e o falso eu, você viverá a vida todo num grande tumulto.

“E como se existissem dois grandes lobos vivendo dentro de mim; um é branco e o outro é preto. O lobo branco é bom, gentil e não faz mal a ninguém. Ele vive em harmonia com tudo à sua volta e não se ofende se a intenção não era ofender. O lobo bom, sensato e certo de quem ele é e do que é capaz, briga apenas quando essa é a coisa certa a fazer e quando precisa se proteger ou à sua família, e mesmo então ele faz isso da maneira certa. Ele toma conta de todos os outros lobos da matilha e nunca se desvia da sua natureza.

“Mas existe o lobo preto também, que vive dentro de mim, e esse lobo é bem diferente. Ele é ruidoso, zangado, descontente, ciumento e medroso. Basta uma coisinha para que ele se encha de fúria. Ele briga com todo mundo, o tempo todo, sem nenhuma razão. Ele não consegue pensar com clareza, porque a sua ganância para ter sempre mais e a sua raiva e a sua ira são grandes demais. Mas trata-se de uma raiva infrutífera, filho, porque ela não muda nada. Esse lobo só procura confusão aonde quer que vá, e por isso sempre acaba achando. Ele não confia em ninguém, por isso não tem amigos de verdade.”

O velho cacique ficou sentado em silêncio durante alguns minutos, deixando que a história dos dois lobos penetrasse na mente do jovem neto. Então ele lentamente se curvou, olhou fixamente nos olhos do menino e confessou, “As vezes, é difícil viver com esses dois lobos dentro de mim, pois eles brigam muito para dominar o meu espírito”

Cativado pela história do ancião sobre essa grande batalha interior, o menino puxou a tanga do avô e perguntou, ansioso, “Qual dos dois lobos vence, vovô?” E com um sorriso cheio de sabedoria e uma voz firme e forte, o cacique diz, “Os dois, filho. Veja, se eu escolho alimentar só o lobo branco, o preto ficará à espreita, esperando o momento em que eu sair do equilíbrio ou ficar ocupado demais para prestar atenção às minhas responsabilidades, e então atacará o lobo branco e causará muitos problemas para mim e nossa tribo. Ele viverá sempre com raiva e brigará para atrair a atenção pela qual tanto anseia. Mas, se eu prestar um pouquinho de atenção no lobo preto, compreendendo a sua natureza, se reconhecê-lo como a força poderosa que ele é e deixá-lo saber que eu o respeito pelo seu caráter e o usarei para me ajudar se um dia eu ou a tribo estivermos em apuros, ele ficará feliz, e o lobo branco ficará feliz também, e ambos vencerão. Todos venceremos”.

Sem entender direito, o menino perguntou, “Não entendi, vovô. Como os dois lobos podem ganhar?” O cacique continuou a explicação: “Veja, filho, o lobo preto tem muitas qualidades importantes de que eu posso precisar, dependendo das circunstâncias. Ele é feroz, determinado, e não se deixará subjugar nem por um segundo. Ele é inteligente, astuto e capaz dos pensamentos e estratégias mais tortuosos, o que é importante em tempos de guerra. Ele tem os sentidos aguçados e superiores que só aqueles que olham através da escuridão podem apreciar. Em meio a um ataque, ele poderia ser o nosso maior aliado”. O cacique então tirou da sua bolsa alguns pedaços de carne defumada e colocou-os no chão, um à direita e o outro à esquerda. Ele apontou para a carne e disse, “À minha esquerda está a comida para o lobo branco e à minha direita está a comida para o lobo preto. Se eu optar por alimentar os dois, eles não brigarão mais pela minha atenção, e eu poderei utilizar cada um deles como precisar. E como não haverá guerra entre eles, poderei ouvir a voz da minha sabedoria profunda e escolher qual dos dois pode me ajudar melhor em cada circunstância. Se a sua avó quer uma carne para fazer uma refeição especial e eu não cuidei disso como deveria, posso pedir para o lobo branco me emprestar a sua magia e consolar o lobo preto da sua avó, que estará zangada e faminta. O lobo branco sempre sabe o que dizer e me ajudará a ser mais sensível às necessidades dela. Veja, filho, se você compreender que existem duas grandes forças dentro de você e respeitar a ambas igualmente, as duas sairão ganhando e haverá paz. A paz, meu filho, é a missão dos cherokees – o propósito supremo da vida. Um homem que tem paz dentro de si tem tudo. Um homem dividido pela guerra em seu íntimo não tem nada. Você é um jovem que precisa escolher como vai lidar com as forças opostas que vivem no seu interior. A sua decisão determinará a qualidade do resto da sua vida. E quando um dos lobos precisar de atenção especial, o que acontecerá às vezes, você não terá do que se envergonhar; poderá simplesmente admitir isso para os anciãos e conseguirá a ajuda de que precisa. Quando isso for de conhecimento público, aqueles que já travaram essa mesma batalha podem oferecer-lhe a sua sabedoria”.


Dois_grandes_lobos


Essa história simples e pungente explica como é a experiência humana. Cada um de nós está em meio a uma batalha contínua, em que as forças da luz e da escuridão competem pela nossa atenção e pela nossa submissão. Tanto a luz quanto a escuridão habitam dentro de nós ao mesmo tempo. Verdade seja dita: existe uma matilha inteira de lobos dentro de nós – o lobo amoroso, o lobo bondoso, o lobo esperto, o lobo sensível, o lobo forte, o lobo altruísta, o lobo generoso e o lobo criativo. Junto com esses aspectos positivos existem o lobo insatisfeito, o lobo ingrato, o lobo autoritário, o lobo desagradável, o lobo egoísta, o lobo indecente, o lobo mentiroso e o lobo destrutivo. Todo dia temos a oportunidade de reconhecer todos esses lobos, todas essas partes de nós mesmos, e escolher como iremos nos relacionar com cada um deles. Será que continuaremos condenando alguns e fingindo que eles não existem ou vamos tomar posse de toda a matilha?

Por que sentimos a necessidade de negar a matilha de lobos que vive em nós? A resposta é fácil. Ou achamos que ela não existe ou que não deveria existir. Tememos que, se admitirmos todos os diferentes eus que ocupam espaço na nossa psique, de algum modo seremos rotulados de esquisitos, diferentes, prejudiciais ou psicologicamente fragmentados. Achamos que devemos ser pessoas boas e “normais”, dentro das quais só mora um único eu. Mas existem muitos eus e a recusa em entrar em acordo com eles é um grave erro – que nos levará a cometer atos estúpidos e temerários de autossabotagem.

Eis o grande segredo: existem muitos eus contidos dentro do nosso “eu”, pois dentro de cada um de nós existem todas as qualidades possíveis. Não há nada que possamos ver e nada que possamos julgar que não exista dentro de nós. Todos somos luz e escuridão, santos e pecadores, pessoas adoráveis e abomináveis. Somos todos gentis e calorosos, mas também frios e cruéis. Dentro de você e dentro de mim existem todas as qualidades conhecidas pela espécie humana. Embora possamos não estar conscientes de todas as qualidades que possuímos, elas estão adormecidas dentro e nós e podem despertar a qualquer momento, em qualquer lugar. A compreensão disso nos permite entender por que todos nós, que somos “bons”, somos capazes de fazer coisas ruins e, mais importante, por que às vezes nos tornamos os nossos piores inimigos.

Baseado em: “Como entender o efeito sombra em sua vida” de Debbie Ford.



a historia dos lobos

editando aguarde




45 lições que a vida me ensinou …


O Tempo que passa em nossas vidas não deveria apenas envelhecer nossa aparência física, mas sim, nos ensinar a Viver melhor e ser feliz.

Presentepravoce


Senhora idosa_o_tempo



regina-bret1[1] regina-bret1[1]

“Para celebrar o meu envelhecimento, certo dia eu escrevi as 45 lições que a vida me ensinou.

É a coluna mais solicitada que eu já escrevi.” “Meu hodômetro passou dos 90 em agosto, portanto aqui vai a coluna mais uma vez:

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.

2. Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo, pequeno .

3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.

4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.

5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.

6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.

7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.

8. Pode ficar bravo com Deus. Ele suporta isso.

9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.

10. Quanto a chocolate, é inútil resistir.

11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.

12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.

13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.

14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.

15. Tudo pode mudar num piscar de olhos Mas não se preocupe; Deus nunca pisca.

16. Respire fundo. Isso acalma a mente.

17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.

18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.

19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.

20. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.

21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chic. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.

22. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.

23. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.

24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.

25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você..

26. Enquadre todos os assim chamados “desastres” com estas palavras ‘Em cinco anos, isto importará?’

27. Sempre escolha a vida. 28. Perdoe tudo de todo mundo.

29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.

30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo..

31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.

32. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.

33. Acredite em milagres.

34. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.

35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.

36. Envelhecer ganha da alternativa — morrer jovem.

37. Suas crianças têm apenas uma infância.

38. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.

39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.

40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de volta.

41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa. 42. O melhor ainda está por vir.

43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.

44. Produza!

45. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente.”

Escrito por Regina Brett, com apenas 90 (*) anos de idade, assina uma coluna no The Plain Dealer, Cleveland, Ohio.

(*) – mantive o texto original de um viral na web, mas segundo fontes corrigidas na na rede web atual, a idade de Regina Brett 59 quando publicou o texto e atualmente seria ainda em torno de 64 anos.

(A Opção de por em prática em sua vida estas 45 lições e ser feliz ainda hoje é toda sua).

      Atualizado em 20/09/2014





Estoria em 3D

Trocando as Pilhas


Parábolas

& Reflexões


Trocando as Pilhas.

MEDITAÇÃO SOBRE A VIDA HUMANA CADA VEZ MAIS DESCARTÁVEL.

Se você não fizer nada agora,

lamentavelmente este poderá ser o seu futuro.

Trocando_pilhas

Quando você envelhece e alcança uma idade que você mal consegue se mover sozinho(a), tudo que você mais espera é a presença de seus filhos que foram criados com muito sacrifício nos seus anos de vida mais saudáveis e de repente em uma data muito importante para sua vida como um aniversário ou uma noite de natal ao invés da casa cheia de filhos e netos você recebe apenas uma embalagem pelo correio com algumas palavras frias e sem vida de um bilhete lhe informando que o conteúdo desta caixa será sua unica companhia nesta data tão importante.

Me desculpe Mamãe, Este ano não poderei estar ai presente novamente mas mando um pequeno presente para lhe fazer companhia e lhe ajudar em seus afazeres diários.

Assista a esta triste história de animação em 3D de MMU, na Malásia.

O título é “Troca de Pilhas” – Resumo:

Uma senhora solitária ganha de presente de seu filho um robô para lhe fazer companhia e ajudar com as tarefas de casa. Toda vez que o robô para suas atividades é hora de trocar a bateria e está resolvido o problema.  Mas, o ser humano não é uma máquina, a solução de suas necessidades não se resume em uma simples troca de pilhas.

Se você não fizer nada agora, este poderá ser o seu futuro.


Titulo Original: Changing batteries

Ano: 2013 (Melhor animação Digicon Malaysia)

Diretor: Shu Gi, Casandra Ng, JiaHui and Bahareh Darvish.

Personagens: Robo, senhora…

País: Malásia



UMA PEQUENA REFLEXÃO SOBRE O VÍDEO.


Este vídeo faz-nos refletir não apenas sobre o poder da amizade entre duas pessoas, mas da simbologia universal da bateria como representação desta força vital, da energia que nos mantém vivos, nos faz mover, viver e renovar a esperança na vida, no trabalho, na amizade, no amor e tudo mais…

Impossível não pensar no modo de vida atual em que pessoas solitárias se integram nas redes sociais e se relacionam cada vez mais com outra pessoas também “virtuais”. Que muitos perfis falsos nas redes sociais são inclusive computadores robôs que servem para disseminar propagandas ou vírus na rede. Muitas pessoas até reagem como autômatos diante de um telefone celular, um tablet, notebook, quando conectados ao mundo digital. O mais comovente na história é esta sutil ironia da máquina ter a consciência de que todos somos alimentados por baterias e que quando a dele acaba basta uma troca.   A sua amiga idosa sempre lhe trocava a pilha gasta por uma nova permitindo-lhe que viva eternamente. Entretanto, quando a situação se inverte é tocante ver uma máquina colocando suas pilhas novas e usadas no bolso da idosa tentando deliberadamente repor-lhe a vida que se foi. O pequeno robô age como uma ingênua criança descobrindo os mistérios da vida.

Quantas pessoas hoje em dia têm como melhores amigos seus equipamentos eletrônicos? Quantos vivem como robôs, de forma mecânica? Quantos humanizam suas máquinas e objetos, através das trocas – não de bateria, mas – de experiências de vida virtual em rede?

Há que se pensar também na educação mecanizada, quando esta é calcada apenas na distribuição de equipamentos eletrônicos, vídeos, Link’s na rede – babás digitais – para substituir o papel social do educador, seja pai ou professor.   Até prova em contrário, as máquinas não têm alma, mas necessitam da troca ou recarga de baterias para continuarem se movendo e atuando.

As pessoas, que possuem ALMA & VIDA, necessitam muito mais do que simplesmente uma reposição energética como a troca de uma pilha exemplificada na animação.

A Vida é muito mais do que isto, para que se mantenha uma vida plena precisamos muito mais de uma atenção espiritual, de amor, de carinho, da presença de alguém que simplesmente nos toque e satisfaça as necessidades de nossa alma do que simplesmente a reposição das energias corporais que obtemos através da alimentação, por isso a energia do toque físico de alguém próximo nos faz tanta falta e na sua falta caímos em “DEPRESSÃO” que é a falta de esperança na vida futura. Podemos até afirmar com todas as letras que o recém nascido não pode sobreviver sozinho porque o ser Humano não foi criado para viver na solidão e sim em “FAMÍLIA”, como está escrito em (Gênesis 2,18) “Não é bom que o Homem esteja só…”.

Portanto, é um belo vídeo para se refletir sobre o valor da amizade entre as pessoas, a falta de carinho dos filhos para com seus Pais Idosos, a Eutanásia, o abandono dos velhos nos abrigos feito sociedade e governantes e enfim se contentar com a distração que um robozinho infantil acabe por ocupar o espaço de um neto ou de um filho no coração de um idoso abandonado.

Podemos dizer que o mundo caminha para este objetivo e quanto mais confundirmos “VIDA com MOVIMENTO”, “REAL com VIRTUAL”, “PERENE com DESCARTÁVEL, “ETERNO com PASSAGEIRO” estaremos nos condenando a ser infelizes nos momentos em que mais necessitarmos do carinho das pessoas com quem convivemos diariamente em nossas vidas.


Lembre-se:

“O SER HUMANO NÃO É UMA SIMPLES MÁQUINA DESCARTÁVEL QUE SE LIGA, DESLIGA e RELIGA COM O APERTAR DE UM BOTÃO. A VIDA É MUITO MAIS DO QUE UM SIMPLES MOVIMENTO PROGRAMÁVEL OU UMA LUZ QUE PISCA. ESTAR LIGADO NÃO SIGNIFICA ESTAR VIVO E BASTA UMA MINÚSCULA SEMENTINHA INERTE OU UM ÓVULO FECUNDADO NA GELADEIRA PARA CONTER TODO O ESPLENDOR DE UMA VIDA QUE NÃO TERMINA COM A MORTE OU O DESLIGAMENTO, POIS O MAIOR SEGREDO DA VIDA É QUE ELA SE REFAZ E RENASCE REVELANDO SUA ETERNIDADE E NÃO SE LIMITANDO AO PLANO FÍSICO MATERIAL QUE NOS CERCA.   A VIDA VERDADEIRA, ESSA SIM, CONTINUA MESMO APÓS A MORTE POR ISSO É QUE DEVEMOS LEVAR O AMOR QUE É A FONTE DA VIDA A TUDO QUE FAZEMOS E CONTAGIAR  A TODOS QUE NOS CERCAM E ATÉ MESMO OS SERES INANIMADOS QUE NA FICÇÃO DA ESTÓRIA TROUXE VIDA E FELICIDADE AO ROBÔ QUE FICOU SEM BATERIA.”


LIÇÃO DA ESTÓRIA


NÃO ADIANTA COLOCAR PILHA NOVA NA VELHINHA MORTA.


POR QUE ?


“O SER HUMANO NÃO É UM OBJETO DESCARTÁVEL”




Bilhete_Mãe_3 Bilhete_Mãe_3