Quem Me Segurou Foi Deus.



“Quando já se ia aproximando da descida do monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos, tomada de alegria, começou a louvar a Deus em altas vozes, por todas as maravilhas que tinha visto. E dizia: “Bendito o rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória no mais alto dos céus!”. Nesse momento, alguns fariseus interpelaram a Jesus no meio da multidão: “Mestre, repreende os teus discípulos”. 40.Ele respondeu: “Digo-vos: se estes se calarem, clamarão as pedras!”. Aproximando-se ainda mais, Jesus contemplou Jerusalém e chorou sobre ela, dizendo: “Oh! Se também tu, ao menos neste dia que te é dado, conhecesses o que te pode trazer a paz!… Mas não, isso está oculto aos teus olhos.”
São Lucas, 19, 37-42 – Bíblia Católica Online





Quem me Segurou foi Deus


Nelsinho Corrêa

Quem me segurou foi Deus com seu amor de Pai
Quem me segurou foi Deus
Quem cuidou de mim foi Deus
Com seu amor de Pai
Quem me amparou foi Deus

Eu quis ser fiel, e o pecado como fel
amargurou meu coração
Daí eu quis fugir, da vida desistir
Deus não deixou
E me segurou…
Quem me segurou foi Deus com seu amor de Pai
Quem me segurou foi Deus
Quem me compreendeu foi Deus quando eu chorei demais
Quando se perde alguém parece
que se perde a paz

Ele também chorou quando Lázaro morreu
E se compadeceu, chora comigo a minha dor
Mas ressuscita a alegria e o amor



Versão: Padre Marcelo Rossi




Versão: Nelsinho Correia



Deus consola nossas lágrimas.


Diácono Nelsinho Correia –

Comunidade Canção Nova.





Repouso_no_Espírito_2
Aspirais_aos_Dons_Espirituais Vem_Espirito


O Amor é cego!



bengala-de-cego


O amor é cego, ou pelo menos é o que a grande maioria das pessoas falam quando se referem as histórias de amor que se contam por aí contrariando a nossa lógica de escolha e valores.

A verdade é que todos NÃO conseguem perceber a verdadeira beleza das pessoas, e eles são movidos apenas por aparências, esquecendo-se do que realmente é importante na vida que é o amor verdadeiro.

Assim se explica que o verdadeiro Amor pode ver a verdadeira beleza da alma enquanto os olhos não vêem o que é essencial.

A história desta garota cega mostra esse ponto de vista claramente, eu encontrei esta história em um post na net, porém encontrei diversas outras versões semelhantes a esta mesma estória.

É um pouco triste, mas vai ajudá-lo a apreciar melhor os pequenos detalhes que muitas vezes passam despercebidos por nossos olhos em um bom relacionamento de AMOR VERDADEIRO.


cecita-ev1


A história de amor de uma garota Cega:


Era uma vez uma garota que se odiava por ser cega e não ver o mundo que a rodeava. Por esta razão odiava a todas as pessoas, exceto seu namorado que demonstrava muito amor.

O rapaz estava sempre ao seu lado, apoiando e compartilhando belos momentos de sua vida.

Um dia a menina disse ao namorado ele disse:

– “Se eu pudesse ver o mundo, mesmo se por apenas um dia, eu me casaria com você imediatamente.”

Ele se entusiasmou muito com isso e ficou meditando sobre o assunto.

Depois de alguns meses de repente ela recebeu uma notícia de que alguém havia doado um par de olhos para ela.

A noiva foi operada imediatamente e recebeu novos olhos saudáveis. Seu namorado amoroso, como sempre, se manteve ao seu lado nos momentos de sua recuperação.

Quando finalmente chegou a hora de tirar a venda, a garota foi capaz de ver tudo com clareza e apreciou toda a beleza do mundo por um instante, incluindo seu namorado que ali estava ao seu lado.


o_amor_eh_cego


Naquele momento ao vê-la tão feliz, ele então perguntou:

“Agora que você pode ver o mundo através de seus olhos. Quer se casar comigo, assim como você prometeu?”

A namorada olhou atentamente para o namorado dela e viu que ele também estava com uma venda nos olhos que fora retirada naquele momento e que ele permanecia cego como ela era antes.

A aparência de seu rosto com as pálpebras fechadas a chocou. Ela Não esperava que ele também fosse cego como ela. A ideia de aceitar a proposta se cansando com ele para o resto de sua vida ela não suportaria e recusar-se a casar com ele. Eu não suportaria, ela disse que não e terminou seu relacionamento com ele e nunca mais o procurou.

Com lágrimas nos olhos, o rapaz saiu e foi se embora, alguns dias depois escreveu uma carta para ela dizendo:

“Cuide bem de seus olhos, meu amor, porque antes de serem seus, eles eram muito importantes para mim”.

Esta é a forma como o cérebro humano funciona quando a nossa “mudanças de status” acontece. Apenas uns poucos se lembram de como era a vida anteriormente, e quem foram aqueles que sempre estiveram ao seu lado nas situações mais dolorosas e te fortalecendo com seu amor.

A vida é um verdadeiro presente para nós!

Mas esse presente nem sempre pode ser desfrutado sozinho, necessitamos daqueles que vivem ao nosso lado e principalmente daqueles que nos amam com um amor verdadeiro que não pode ser visto pelos olhos da carne e que portanto ao serem observado apenas por esses olhos  continuam na cegueira total, pois o AMOR vê aquilo que os olhos não vêem, enxerga mesmo na escuridão e é capaz de reconhecer aquele que te ama de verdade.

Por isso a melhor visão desta história é exatamente o sentimento daquele que se doa por seu amor, porque mesmo na escuridão o amor ainda seria para ele a coisa mais importante deste mundo.


Outra versão desta mesma história.




Namorados_Lk Harmonia_conjugal
O primeiro amor Casa_sobre_a_rocha casamento


Viver para o Senhor Jesus!



“É nas dificuldades e nas tribulações que enfrentamos diariamente na vida que entendemos a verdadeira necessidade de realmente VIVER para O SENHOR”



Um acidente aéreo que ficou na história!


December 1972, Chile --- Sixteen survivors of a Uruguayan Fairchild F-227 plane crash survived for 70 days in the Andes, less than 160 km away from Santiago. The plane had been chartered by the rugby team of the Old Christian Catholic school of Montevideo and was carrying players as well as supporters on their way to a game against a Santiago team. --- Image by © Group of Survivors/CorbisSexta feira – 13/10/1972, um avião da Força Aérea Uruguaia estava levando uma equipe de rúgbi da faculdade para jogar uma partida no Chile. Enquanto voava sobre as montanhas dos Andes o piloto relatou sua localização para os controladores de tráfego aéreo e foi liberado para começar sua decida para o pouso no Chile. Devido à cobertura de nuvens, ventos contrários e erros de cálculo o procedimento foi iniciado muito cedo. Como resultado, o avião caiu em um pico sem nome perto Argentina. Doze pessoas morreram no acidente. Os sobreviventes tiveram de suportar a fome, com medo nas montanhas, e as temperaturas de 30 graus abaixo de zero-durante a noite. A maioria dos sobreviventes perderam a esperança quando eles ouviram pelo rádio que as buscas haviam cessado. Eventualmente, dois dos sobreviventes decidiram cruzar as enormes montanhas para chegar ao Chile. Em 22 de dezembro de 1972, depois de terem ficado isolados por 72 dias, o mundo descobriu que ainda restavam 16 sobreviventes que venceram a morte nas montanhas dos Andes. Aquelas poucas pessoas sobreviveram em circunstâncias aparentemente impossíveis para o homem. (fonte: Wikipedia)


tempestade-no-mar[1]


Enquanto você lê este texto eu sei que há algumas pessoas que estão enfrentando tribulações que parecem ser circunstâncias impossíveis de ter solução, sei disso, pois eu mesmo enfrento problemas desta natureza agora. Você pode estar enfrentando uma situação que parece não existir mais esperança de solução. Você olha para as suas circunstâncias atuais e sente que não há nenhuma rota de fuga, nenhuma luz no fim do túnel. Quando você examina suas opções você não sabe como você poderá sobreviver a tudo isso.

Gostaria de trazer-lhe algum incentivo hoje, um alívio constatando algumas verdades. Quando olhamos para a Palavra de Deus vemos que há esperança quando as coisas parecem estar totalmente sem esperança. As coisas podem parecer impossíveis para você, porém para Deus tudo é possível! Quando somos impotentes devemos lembrar que servimos aquele que é todo-poderoso. Mesmo quando não sabemos o que o futuro nos reserva, mas nós sabemos que Ele tem o futuro nas mãos!

Selecionamos um texto onde o Profeta Elias encontrou-se em uma situação difícil. Neste ponto de sua vida, teria sido fácil para ele ficar desanimado. Ele pode ter sido tentado a sentir pena de si mesmo. Quando ele olhou para suas circunstâncias Tenho certeza que ele ponderou o que Deus estava fazendo. Mas o homem de Deus foi fiel em meio à grande dificuldade. E Deus foi fiel para sustentá-lo e protegê-lo.

Se você está no meio de uma grande tempestade… Se você está hoje andando através de um profundo vale escuro…. Eu quero que você veja através da história de Elias apenas como você poderia ainda sobreviver. Vamos examinar estes versos e veja “Como sobreviver nestas circunstâncias”.

O primeiro passo para “Sobreviver na tribulação” é a “Viver para o Senhor”.


jesus-tempestade-07[1]


1 – Viver para o Senhor


Esta é a maneira de sobreviver em qualquer circunstância adversa, mas poderia ser também esta a própria causa de suas atuais dificuldades.

Este foi o caso do Profeta Elias:

Acab foi o sétimo rei de Israel. Sua esposa era Jezabel e ela tinha uma má influência sobre o Rei. Elias era um profeta de Deus nesta mesma época. O Senhor enviou-o a confrontar o Rei. Por causa da maldade de Acab o Senhor iria causar uma grande seca na Terra. Essa seca iria durar 3 anos e meio. O julgamento de Deus afetaria toda a nação. Havia muitas pessoas justas neste tempo (Elias sendo um deles) Mas o justo não seria imune ao impacto desta seca. Nem todas as questões de Elias que foram gravados nestes versos foram infligidas por Acab. Elias não estava sofrendo por causa de seu do pecado em sua vida. A razão que Elias se encontrava nesta situação é porque o Senhor concebeu dessa maneira, mas ele e a viúva de Sarepta foram preservados com o mínimo necessário durante todo este tempo.

Você e eu vivemos em um mundo corrompido pelo pecado e se desviando cada vez mais dos planos de Deus, é realmente uma geração decaída e corrupta. Mesmo que nós sejamos filhos amados de Deus e fieis à sua vontade não estaremos isentos de problemas e aflições. Nesta vida, sofremos as conseqüências devastadoras do pecado do homem, aquecimento global, guerras, enchentes, mudança de clima, crises, poluição, epidemias e tsunamis, tudo isso acaba por atingir tanto os maus como os bons.

Quando vivemos para o Senhor … Quando estamos totalmente entregues à vontade do Senhor… Poderemos enfrentar dificuldade também como um resultado direto de nossa obediência.

Saeed Abedini é um cristão convertido do islamismo que atualmente esta preso no Irã por pregar o evangelho de Cristo. Ele foi condenado a oito anos de prisão, supostamente sob a acusação de atentar contra a segurança nacional através de reuniões religiosas privadas em lares cristãos no Irã. (fonte Wikipedia) Este homem convertido ao cristianismo saindo do islamismo tem dedicado sua vida a promover o Evangelho. Ele não está na prisão por estupro, homicídio ou por traição. Ele está na prisão por ser cristão e assim como ele outros também sofrem o mesmo destino em outros países e ainda muitos são mortos em países na África apenas pelo fato de se declararem Cristãos. (*)Cristofobia

Há algumas pessoas que conheço que se encontram atualmente afastadas de seus Ministérios. Não porque fizeram algo errado, mas porque se recusaram a comprometer a Palavra de Deus! com alguma coisa incorreta e fora da vontade do Pai, desta mesma forma foram muitos os Santos que sofreram perseguições até mesmo de seus companheiros dentro da Igreja.

Alguns de vocês são 100% dedicados, foram comprados pelo sangue do cordeiro para serem autênticos servos de Cristo. Você é fiel no estudo da palavra, ora constantemente, faz caridade, dá testemunho de vida, adora a Deus e o serve. Você é obediente e está no centro da vontade de Deus. Mas você está também enfrentando grandes dificuldades na vida “comum” como descrevemos aqui. Você tem contas que você não consegue pagar. Você recebeu um diagnóstico terminal do médico. Alguns de seus filhos se rebelaram, outros filhos se viciaram em drogas. Seus filhos podem estar na cadeia ou enfrentam processos de prisão. Seus filhos podem ser consumidos pelo alcoolismo. Seus filhos podem estar envolvidos no homossexualismo. Você vive com uma pressão constante sobre a sua situação. Há algumas pessoas cristãs fiéis que leem agora este texto que passam por muitas dificuldades em seus matrimônios que estão falhando ou já ruíram completamente. Alguns de vocês tiveram que enterrar bebês e ou cônjuges. Alguns de vocês estão no meio de uma grande tempestade e você se encontra implorando a misericórdia de Deus… Por quê?

Talvez você tenha chegado ao ponto de culpar a Deus por causa de sua situação atual. Infelizmente, existem alguns que têm ido tão longe como a se rebelar e dar as costas ao Senhor. Caro amigo, a única esperança que você tem para “sobreviver nestas circunstâncias” é viver 100% para o Senhor.

Nós não estamos prometendo que, se vivemos para Ele não iremos enfrentar problemas, uma vez que a cruz é o nosso melhor instrumento de Salvação. Nós não temos nenhuma garantia de que, se vivemos para o Senhor, Ele irá remover o nosso problema. De fato, há prova bíblica que muitas vezes sofremos por causa da nossa posição para com o Senhor. Mas você pode ter certeza que se você viver para Ele, Ele te protegerá… Mesmo no vale das sombras da morte!! Você pode ser tentado a se virar contra o Senhor… Não!!! Não importa o que você esteja enfrentando, se você deseja sobreviver e ser vitorioso sobre estas circunstâncias … Deve viver para o Senhor!!!


– A segunda coisa que você deve fazer para “Sobreviver a estas circunstâncias” é:


cansado-de-ouvir-porcaria[1]


2 – Escutar o Senhor 


2. Em seguida, a palavra do Senhor foi-lhe dirigida nestes termos: 3. Vai-te daqui; retira-te para as bandas do oriente e vai esconder-te na torrente de Carit, que está defronte do Jordão.


Quando você viver para o Senhor, Ele vai falar com você! Ele vai levar você através do vale que você está dentro. O Senhor falou a Elias, e disse-lhe para onde ir e o que fazer. Quando você está enfrentando um momento de grande dificuldade que pode não ser fácil de ouvir o Senhor. Quando Ele fala, você pode até não gostar do que Ele disser!

  1. Ele pode dizer-lhe para ir a algum lugar que você não quer ir:

Deus disse a Elias para “ir e se esconder pelo ribeiro de Carit”. A palavra “Carit” significa “para cortar, cortar”.

– Carit era um lugar escondido. Por natureza, era um lugar de difícil acesso e solitário.

Nas circunstâncias difíceis da vida podemos encontrar-nos sozinhos. Mas tem sido bem dito que “quando Jesus é tudo que você tem, Ele é tudo que você precisa“!

– Todos nós temos sonhos e desejos nesta vida. Há certos lugares que queremos ir e as coisas que queremos fazer. Mas às vezes nossos planos são muito diferentes do plano de Deus.

Como Elias encontrou-se sozinho se acampando por neste riacho murmurante, ele estava em um lugar onde o Senhor poderia ensinar-lhe alguma coisa. Elias aprendeu sobre confiar em Deus. Ele aprendeu que, na pior das circunstâncias Deus ainda estava presente. E quando os recursos eram poucos, ele aprendeu que o Senhor proveria! Se você vai ser fiel e obediente você vai aprender essas mesmas verdades!

Houve uma ocasião na vida dos discípulos que Jesus disse-lhes para entrar no barco e navegar para o outro lado do lago sem Ele e que mais tarde depois de orar ao Pai seguiria ao encontro deles. Assim eles fizeram e acabaram no meio de uma grande tempestade. Jesus até pode nos enviar para o meio de uma tempestade ou para o meio de uma matilha de lobos famintos. Mas lembre-se sempre de que Ele pode andar em cima dos mares tempestuosos, Ele pode saciar a fome e segar os cães que estão à espreita afastando-os das ovelhas indefesas. Ele nunca vai deixar ou abandonar você, e quando Ele escolhe, Ele pode falar a paz esteja convosco e ainda acalmar a tempestade em sua vida. Lembre-se também que, quando Ele envia você dentro de uma tempestade, deve existir uma razão para isso!! Mesmo que nós não possamos compreendê-lo no momento, ele tem um plano para nossas vidas!!

– Não só vemos que o Senhor nos diz para ir para onde não queremos ir…. Nós também vemos que:

  1. Ele pode dizer-lhe para ficar num lugar que você não quer permanecer.

Talvez não tenha sido uma grande luta para Elias ir para o rio Carit, para começar. Mas ele pode ter atingido um ponto em que ele estava pronto para passar para outra coisa. Ele está sozinho, ele não tem posses e foi sobrevivendo com as necessidades básicas. Alguns de vocês têm lutado batalhas por um tempo muito longo. Algumas de suas lutas tem sido sobreviver no meio de circunstâncias difíceis por muitos meses ou mesmo anos. Você está exausto e cansado… Você está frustrado e desanimado… Você está pronto para receber algum alívio e você quer que seus problemas terminem.

São Paulo estava em uma situação similar. Ele foi para o Senhor 3 vezes e pediu a Ele que removesse um “espinho na carne”.  Deus disse a Paulo em – (2 Coríntios 12, 9) … A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza.

– Hoje o Senhor pode estar dizendo para você ficar em algum lugar que você não quer ficar. Você pode reivindicar essa mesma promessa… Deus está lhe dizendo que Sua graça é suficiente para você!!! Você ainda está onde você está porque Ele ainda está trabalhando em você! Ele ainda está ensinando, formando e purificando você! Você pode não gostar, mas Ele pode ter planos para deixar você por nesse riacho um pouco mais. Se você deseja sobreviver nestas circunstâncias você deve estar disposto a ouvir, mesmo quando você não gosta do que Ele esteja falando!


– Vemos também através da história de Elias que, a fim de sobreviver nas tribulações, devemos:


Jesus_crucificado_visao_pe_da_cruz



3. Olhar para o Senhor



– v4 Beberás da torrente, e ordenei aos corvos que te alimentem.


Deus foi fiel em sua promessa. Ele sustentou seu profeta. Todos os dias os Corvos lhe traziam pão e carne e bebeu a água do riacho. Estou certo de que Elias se cansou de pão, carne e água. Eu não ficaria surpreso se ele desejasse uma mudança de cenário. Mas Elias resistiu à tentação de tomar o assunto em suas próprias mãos. Ele não saiu para caçar. Ele não procurou outro riacho. Ele não olhou para outra morada. Se ele tivesse ido a qualquer outro lugar, ele teria morrido de fome. Deus havia ordenado provisões para Elias, mas Ele lhes havia ordenado a ser entregue naquele lugar e não noutro.

Há alguns de vocês que estão bem no centro da vontade de Deus e você está enfrentando circunstâncias difíceis. Mas há alguns de vocês que estão enfrentando circunstâncias desastrosas e a razão é porque você tomou o assunto em suas próprias mãos e você não está onde Deus quer que você estivesse. Se você não está onde Ele quer que você esteja… Você não pode contar com a Sua proteção ou Suas provisões! Se você estiver indo para sobreviver e vencer as dificuldades… você deve olhar para o Senhor e só Ele !!! — Junto com escuta e olhando para o Senhor, devemos também:


Jesus-ajudando-um-menino[1]


4 – Apoiar-se no Senhor 

– v5 – Elias partiu, pois, segundo a palavra do Senhor, e estabeleceu-se junto à torrente de Carit,


Sobreviver com os problemas na dificuldade exigirá muita fé. O Senhor disse a Elias para onde ir e o que fazer e foi exatamente o que ele fez.  

– Essa seca devastou a terra. A água secou. Não houve chuva ou orvalho. Toda a grama morreu. Da mesma forma as plantas e culturas murcharam. Sem dúvida, muitos dos animais morreram de fome. A única esperança que Elias tinha era a de confiar no Senhor.

Meu amigo, não importa o que você está enfrentando, a sua única esperança para sobreviver aos seus problemas é “apoiar-se no Senhor” !!! Como Elias, você pode estar sozinho nesta tempestade. Sua família, não pode ajudar, seus amigos não podem ajudar, o Padre, o pastor ou os irmãos da igreja não podem ajudar. Olhe para a única pessoa que pode ajudá-lo! Renda-se ao Senhor inteiramente, quem sabe por que você está lá! (Ele te colocou ali por um motivo !!) Confie somente n’Ele que irá prover para você o necessário, enquanto você permanecer lá! Confie somente naquele que irá protegê-lo enquanto você está aí!

Confie n’Ele quando as dúvidas sombrias lhe atacarem, Confie n’Ele quando a tua força diminuir, Confie nEle quando simplesmente só lhe restar esta opção, parece ser esta a coisa mais difícil de todas.

Confie nEle, Ele é sempre fiel, Confie nEle, pois sua vontade é o melhor para você, Confie nEle, pois o coração de Jesus é o único lugar de descanso.

Essa seca durou 3 anos e meio em Israel. Deus não deu a Elias uma agenda detalhada do que iria ocorrer. Deus simplesmente disse a Elias para obedecer e foi isso que ele fez. Deus não vai nos contar todo o futuro que esta reservado. Ele não nos dá um cronograma de eventos antes do tempo. Mas Ele nos dá uma direção e se nós estamos indo para sobreviver nas dificuldades, devemos apoiar-se totalmente n’Ele !!


Jesus_ensinando_sinagoga_1800x1200


Há uma verdade final sobre a sobrevivência nas tribulações que eu gostaria de considerar. Nos versos 6-7, vemos que devemos:


  1. Aprender do Senhor

    – v6 E os corvos lhe traziam pão e carne pela manhã, como também pão e carne à tarde; e ele bebia do ribeiro. 7 E aconteceu que depois de um tempo, o ribeiro secou, ​​porque não tinha havido chuva na terra.


Ao longo do tempo a seca piorou, o ribeiro secou. A fonte de vida sustentável ​​de água para Elias tinha ido embora. Mas Elias não se mexeu até que a Palavra do Senhor veio para dizer-lhe o que fazer. Lembre-se disso, Deus não ficou surpreso quando o riacho secou. Era tudo parte de Seu plano. Mesmo antes de o ribeiro secar Deus sabia o próximo passo a ser dado por Elias. E quando as circunstâncias parecem estar sem esperança, ele não foi SURPREENDIDO … Ele tem um plano !!

Você pode não saber o futuro, mas Deus sabe o próximo capítulo na sua história! Alguém disse com razão que “a vontade de Deus nunca irá levá-lo onde a graça de Deus não pode mantê-lo”. Não importa o quão ruim as coisas poçam ficar … se você é um filho de Deus, Ele estará sempre lá com você! E Ele nos deu uma grande promessa em – (Romanos 8,28).  “E sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”

– Essa é uma promessa que nós podemos nos agarrar sempre nela !!

Até este ponto Elias tem sido fiel. Mas há uma mudança em suas circunstâncias aqui no versículo 7. O riacho seca! Se Elias tinha sido um mau cristão Eu acho que é assim que ele teria respondido.

Você até pode ouvi-lo murmurar:?!?!

“Senhor, eu tenho sido fiel a Ti a minha vida toda… como você pôde deixar isso acontecer comigo? Eu fiquei neste riacho murmurante porque você me mandou vir para cá e eu comi carne com mal cheiro entregues a mim por essas aves desagradáveis! Dia após dia eu tenho sofrido frio e calor e comido este pão seco e bebido dessa água impura!! Agora o que aconteceu?!?! Como vou sobreviver?!?! Por que você fez isso comigo Senhor?!?! Onde está o benefício em servi-lo?!?!

Eu desisto, vou cair fora dessa vida !! ..

Eu só vou cuidar de mim mesmo a partir de agora !! “

Isso não vos soa muito familiar? Soa familiar para mim e para alguns de vocês, porque essa era a nossa resposta às nossas dificuldades. E, em vez de aprender com o Senhor, você está agora sofrendo as conseqüências de sua rebelião! Mas Elias não respondeu dessa maneira. A razão é que ele tinha aprendido com o Senhor. Ele tinha visto que Deus foi fiel lhe protegendo e fornecendo o necessário. E embora ele não estivesse comendo bife à milanesa com batata frita e bebendo champagne em taças de cristal, Deus havia sofrido junto com ele até agora e Elias confiava nele para conduzir e prover no futuro.

O que Elias não sabia era que Deus estava o preparando para algo especial. Houve uma grande missão no horizonte para este homem fiel de Deus. Num futuro próximo, Deus voltaria a enviar Elias para confrontar Acab. Há em Mt. Carmel houve um grande confronto. Elias orou e Deus enviou fogo do céu. No final, Elias matou 45 dos profetas de Baal. E, finalmente, por causa da ousadia e fidelidade a Deus, Elias recebeu a glória!

Deus pode ter colocado você em uma situação muito difícil. Você pode ter estado em um vale tenebroso por um longo tempo … … Muito tempo! Você pode ter tido que ir onde você não queria. Você pode ter tido que ficar muito mais tempo do que você queria ficar onde não queria. Você pode ter tido que suportar coisas que você nunca quis suportar. E depois de tudo isso, parece que o seu riacho murmurante está secando de vez. Você não sabe se você pode dar mais um passo. Você não sabe como é que vai passar mais um dia. Sua situação parece sem esperança e você se sente impotente. Você está implorando a Deus: “Como posso sobreviver nestas minhas circunstâncias atuais” ???

A resposta é clara – viver para o Senhor, escutar o Senhor, olhar para o Senhor, Confiar no Senhor e aprender com o Senhor! Quando é o momento certo você vai ver que vale a pena obedecer. E você vai ver que você realmente PODE SOBREVIVER e vencer as TRIBULAÇÕES DO VIVER.

http://www.sermoncentral.com/sermons/how-to-survive-your-circumstances-kevin-l-jones-sermon-on-trials-and-difficulties-196291.asp


http://www.youtube.com/watch?v=iWLRKQyzbQQ


Salva_me_Senhor
Consertar_o_mundo Tende_Misericordia_Senhor

Trocando as Pilhas.

MEDITAÇÃO SOBRE A VIDA HUMANA CADA VEZ MAIS DESCARTÁVEL.

Se você não fizer nada agora,

lamentavelmente este poderá ser o seu futuro.

Trocando_pilhas

Quando você envelhece e alcança uma idade que você mal consegue se mover sozinho(a), tudo que você mais espera é a presença de seus filhos que foram criados com muito sacrifício nos seus anos de vida mais saudáveis e de repente em uma data muito importante para sua vida como um aniversário ou uma noite de natal ao invés da casa cheia de filhos e netos você recebe apenas uma embalagem pelo correio com algumas palavras frias e sem vida de um bilhete lhe informando que o conteúdo desta caixa será sua unica companhia nesta data tão importante.

Me desculpe Mamãe, Este ano não poderei estar ai presente novamente mas mando um pequeno presente para lhe fazer companhia e lhe ajudar em seus afazeres diários.

Assista a esta triste história de animação em 3D de MMU, na Malásia.

O título é “Troca de Pilhas” – Resumo:

Uma senhora solitária ganha de presente de seu filho um robô para lhe fazer companhia e ajudar com as tarefas de casa. Toda vez que o robô para suas atividades é hora de trocar a bateria e está resolvido o problema.  Mas, o ser humano não é uma máquina, a solução de suas necessidades não se resume em uma simples troca de pilhas.

Se você não fizer nada agora, este poderá ser o seu futuro.


Titulo Original: Changing batteries

Ano: 2013 (Melhor animação Digicon Malaysia)

Diretor: Shu Gi, Casandra Ng, JiaHui and Bahareh Darvish.

Personagens: Robo, senhora…

País: Malásia



UMA PEQUENA REFLEXÃO SOBRE O VÍDEO.


Este vídeo faz-nos refletir não apenas sobre o poder da amizade entre duas pessoas, mas da simbologia universal da bateria como representação desta força vital, da energia que nos mantém vivos, nos faz mover, viver e renovar a esperança na vida, no trabalho, na amizade, no amor e tudo mais…

Impossível não pensar no modo de vida atual em que pessoas solitárias se integram nas redes sociais e se relacionam cada vez mais com outra pessoas também “virtuais”. Que muitos perfis falsos nas redes sociais são inclusive computadores robôs que servem para disseminar propagandas ou vírus na rede. Muitas pessoas até reagem como autômatos diante de um telefone celular, um tablet, notebook, quando conectados ao mundo digital. O mais comovente na história é esta sutil ironia da máquina ter a consciência de que todos somos alimentados por baterias e que quando a dele acaba basta uma troca.   A sua amiga idosa sempre lhe trocava a pilha gasta por uma nova permitindo-lhe que viva eternamente. Entretanto, quando a situação se inverte é tocante ver uma máquina colocando suas pilhas novas e usadas no bolso da idosa tentando deliberadamente repor-lhe a vida que se foi. O pequeno robô age como uma ingênua criança descobrindo os mistérios da vida.

Quantas pessoas hoje em dia têm como melhores amigos seus equipamentos eletrônicos? Quantos vivem como robôs, de forma mecânica? Quantos humanizam suas máquinas e objetos, através das trocas – não de bateria, mas – de experiências de vida virtual em rede?

Há que se pensar também na educação mecanizada, quando esta é calcada apenas na distribuição de equipamentos eletrônicos, vídeos, Link’s na rede – babás digitais – para substituir o papel social do educador, seja pai ou professor.   Até prova em contrário, as máquinas não têm alma, mas necessitam da troca ou recarga de baterias para continuarem se movendo e atuando.

As pessoas, que possuem ALMA & VIDA, necessitam muito mais do que simplesmente uma reposição energética como a troca de uma pilha exemplificada na animação.

A Vida é muito mais do que isto, para que se mantenha uma vida plena precisamos muito mais de uma atenção espiritual, de amor, de carinho, da presença de alguém que simplesmente nos toque e satisfaça as necessidades de nossa alma do que simplesmente a reposição das energias corporais que obtemos através da alimentação, por isso a energia do toque físico de alguém próximo nos faz tanta falta e na sua falta caímos em “DEPRESSÃO” que é a falta de esperança na vida futura. Podemos até afirmar com todas as letras que o recém nascido não pode sobreviver sozinho porque o ser Humano não foi criado para viver na solidão e sim em “FAMÍLIA”, como está escrito em (Gênesis 2,18) “Não é bom que o Homem esteja só…”.

Portanto, é um belo vídeo para se refletir sobre o valor da amizade entre as pessoas, a falta de carinho dos filhos para com seus Pais Idosos, a Eutanásia, o abandono dos velhos nos abrigos feito sociedade e governantes e enfim se contentar com a distração que um robozinho infantil acabe por ocupar o espaço de um neto ou de um filho no coração de um idoso abandonado.

Podemos dizer que o mundo caminha para este objetivo e quanto mais confundirmos “VIDA com MOVIMENTO”, “REAL com VIRTUAL”, “PERENE com DESCARTÁVEL, “ETERNO com PASSAGEIRO” estaremos nos condenando a ser infelizes nos momentos em que mais necessitarmos do carinho das pessoas com quem convivemos diariamente em nossas vidas.


Lembre-se:

“O SER HUMANO NÃO É UMA SIMPLES MÁQUINA DESCARTÁVEL QUE SE LIGA, DESLIGA e RELIGA COM O APERTAR DE UM BOTÃO. A VIDA É MUITO MAIS DO QUE UM SIMPLES MOVIMENTO PROGRAMÁVEL OU UMA LUZ QUE PISCA. ESTAR LIGADO NÃO SIGNIFICA ESTAR VIVO E BASTA UMA MINÚSCULA SEMENTINHA INERTE OU UM ÓVULO FECUNDADO NA GELADEIRA PARA CONTER TODO O ESPLENDOR DE UMA VIDA QUE NÃO TERMINA COM A MORTE OU O DESLIGAMENTO, POIS O MAIOR SEGREDO DA VIDA É QUE ELA SE REFAZ E RENASCE REVELANDO SUA ETERNIDADE E NÃO SE LIMITANDO AO PLANO FÍSICO MATERIAL QUE NOS CERCA.   A VIDA VERDADEIRA, ESSA SIM, CONTINUA MESMO APÓS A MORTE POR ISSO É QUE DEVEMOS LEVAR O AMOR QUE É A FONTE DA VIDA A TUDO QUE FAZEMOS E CONTAGIAR  A TODOS QUE NOS CERCAM E ATÉ MESMO OS SERES INANIMADOS QUE NA FICÇÃO DA ESTÓRIA TROUXE VIDA E FELICIDADE AO ROBÔ QUE FICOU SEM BATERIA.”


LIÇÃO DA ESTÓRIA


NÃO ADIANTA COLOCAR PILHA NOVA NA VELHINHA MORTA.


POR QUE ?


“O SER HUMANO NÃO É UM OBJETO DESCARTÁVEL”




Bilhete_Mãe_3 Bilhete_Mãe_3

Descrevendo a Felicidade pela Janela de um Hospital.





A vida nos reserva situações inusitadas e quando pensamos estar na pior condição possível é que descobrimos que nesta posição temos a possibilidade de experimentar um momento tão sublime e surpreendente que jamais poderá ser reproduzido novamente e este momento é capaz de revigorar nossas forças para conseguirmos superar nossa condição atual encontrando a vitória.







A Falta da Visão nos dá a possibilidade de ver o invisível aos olhos da carne.



Dois homens, seriamente doentes, ocupavam o mesmo quarto em um hospital. Um deles ficava sentado em sua cama por uma hora todas as tardes para conseguir drenar o líquido de seus pulmões. Sua cama ficava próxima da única janela existente no quarto. O outro homem era obrigado a ficar deitado de bruços em sua cama por todo o tempo. 

Eles conversavam muito. Falavam sobre suas mulheres e suas famílias, suas casas, seus empregos, seu envolvimento com o serviço militar, onde eles costumavam ir nas ferias. E toda tarde quando o homem perto da janela podia sentar-se ele passava todo o tempo descrevendo ao seu companheiro todas as coisas que ele podia ver através da janela. O homem na outra cama começou a esperar por esse período onde seu mundo era ampliado e animado pelas descrições do companheiro. 

Ele dizia que da janela dava pra ver um parque com um lago bem legal. Patos e cisnes brincavam na água enquanto as crianças navegavam seus pequenos barcos. Jovens namorados andavam de braços dados no meio das flores e estas possuíam todas as cores do arco-íris. Grandes e velhas arvores cheias de elegância na paisagem, e uma fina linha podia ser vista no céu da cidade. Quando o homem perto da janela fazia suas descrições, ele o fazia de modo primoroso e delicado, com detalhes e o outro homem fechava seus olhos e imaginava a cena pitoresca. Uma tarde quente, o homem perto da janela descreveu que havia um desfile na rua e embora ele não pudesse escutar a musica, ele podia ver e descrever tudo. 

Dias e semanas passaram-se. Em uma manhã a enfermeira do dia chegou trazendo água para o banho dos dois homens mas achou um deles morto. O homem que ficava perto da janela morreu pacificamente durante o seu sono a noite. Ela estava entristecida e chamou os atendentes do hospital para levarem o corpo embora. Assim que julgou conveniente, o outro homem pediu a enfermeira que mudasse sua cama para perto da janela. A enfermeira ficou feliz em poder fazer esse favor para o homem e depois de verificar que ele estava confortável o deixou sozinho no quarto. 

Vagarosamente, pacientemente, ele se apoiou em seu cotovelo para conseguir olhar pela primeira vez pela janela. Finalmente, ele poderia ver tudo por si mesmo. Ele se esticou ao máximo, lutando contra a dor para poder olhar através da janela e quando conseguiu faze-lo deparou-se com um muro todo branco. Ele então perguntou a enfermeira o que teria levado seu companheiro a descrever-lhe coisas tão belas, todos os dias se pela janela só dava pra ver um muro branco? 

A enfermeira respondeu que aquele homem era cego e não poderia ver nada mesmo que quisesse. Talvez ele só estivesse pensando em distrai-lo e alegrá-lo um pouco mais com suas historias.



Moral da história: há uma tremenda alegria em fazer outras pessoas felizes, independente de nossa situação atual. Dividir problemas e pesares é ter metade de uma aflição, mas felicidade quando compartilhada é ter o dobro de felicidade. Se você quer se sentir rico, apenas conte todas as coisas que você tem e que o dinheiro não pode comprar. Hoje é um presente e é por isso que é chamado assim.




(Um Desafio Para Mim e para Você)

Todos os dias nos deparamos com situações de vida semelhantes a estas e por mais que trabalhemos neste mundo não conseguimos alcançar tudo que almejamos e talvez como demonstra esta estória seja porque já temos tudo o suficiente para sermos felizes, mas a unica moedinha que nos falte sempre nos impedirá de desfrutar desta Felicidade.   A verdade é que a ultima moeda jamais será a centésima moeda, pois sempre buscaremos algo a mais que nos complete definitivamente, mas este algo jamais poderá ser preenchido por algo material, poses, sexo, dinheiro ou poder, pois este algo que procuramos sem saber o que seria só poderá ser preenchido por Deus que é o que realmente falta na vida de cada um de nós.

A história do homem no paraíso não é apenas uma analogia comparativa para criancinhas ou iniciantes na fé, mas é uma verdade absoluta que principalmente os mais sábios e crescidos na Fé ainda não conseguem compreender totalmente, pois o homem só se sentira plenamente feliz quando estiver na presença de Deus e para isso ele não precisará possuir e nem ter nada em seu nome nesta terra, pois tudo pertence ao Pai e Tudo o que é do Pai me pertence é o que nos afirma Jesus quando compara a busca desenfreada pela felicidade do filho Pródigo nas coisas do mundo e a atitude egoísta do filho mais velho que não tem a capacidade de amar e perdoar o seu irmão.

“Explicou-lhe o pai:

Filho, tu estás sempre comigo, e tudo o que é meu é teu. (São Lucas 15,31)

O Nosso desafio é este mesmo, “Como ser Feliz sem depender das coisas materiais deste mundo?” e “Como usufruir das coisas materiais e Espirituais que pertencem ao Pai sem tomar posse delas tirando a felicidade de nossos irmãos?”.

Quando atingirmos este objetivo seremos plenamente felizes.

Que Deus nos Abençoe

Presentepravoce – Sizenando





EM BUSCA DA FELICIDADE.

Um Filme baseado em fatos reais


Dinâmica da Pipoca

SAL DA TERRA


Padre Paulo Ricardo a Caminho da Reconciliação…

Queridos irmãos,

Após as recentes manifestações ao redor de minha pregação no dia 20 de fevereiro de 2012, durante o 26º Vinde e Vede, pedi ao senhor Arcebispo para me ausentar de Cuiabá durante esta semana e procurar conselho espiritual e assistência jurídica.

Agora que o senhor Arcebispo se manifestou super partes no sentido de paz e de reconciliação, sinto o dever de comunicar o seguinte:

1) Lamento que as minhas palavras tenham sido mal interpretadas;

2) Penso que seja esclarecedor que as pessoas levem em consideração as circunstâncias da pregação. Aquele dia do encontro era voltado para a espiritualidade do Movimento Sacerdotal Mariano, fundado em 1972 pelo Padre Stefano Gobbi. O áudio de toda a pregação foi postado na internet, link aqui, e nele se pode notar o contexto em que aquelas palavras foram pronunciadas. Note-se, por exemplo, que me incluo sempre entre os padres pecadores e que a finalidade daquelas palavras era levar as pessoas à oração pela santificação dos sacerdotes. É sabido que um dos principais carismas do Movimento Sacerdotal Mariano é a oração pela santificação dos sacerdotes;

3) Sem querer acrescentar uma ferida àquelas já abertas, mas também sem dissimular minha posição, devo atestar que não me reconheço na imagem que foi apresentada de minha pessoa, de meu pensamento e de meu ministério;

4) Reconheço que as pessoas têm o direito de questionar a prudência e a oportunidade de uma pregação como aquela. Não tenho pretensão de estar sempre certo em minhas decisões práticas. Mas continua sendo minha opinião, aberta ao questionamento e à revisão, que seja uma verdadeira caridade para com os fiéis adverti-los para o fato de que a Igreja luta atualmente contra uma crise do clero. Sou da posição que, neste caso, o escândalo do silêncio seria muito maior do que a sincera e honesta admissão do problema, por doloroso que isto seja;

5) Que esta crise do clero não atinja todos os padres, com ou sem batina, me parecia uma coisa tão óbvia, que não achei necessário comentar. Mas prometo ser mais cauteloso no futuro. É evidente que eu não tinha pretensão de expor naquela breve palestra toda minha visão a repeito do atual estado do clero católico. Creio que os numerosos fiéis que me acompanharam nestes 20 anos de ministério viram em mim um padre que, reconhecendo os próprios pecados, procura amar a Igreja em geral e o sacerdócio em particular. Foi à formação de irmãos no sacerdócio que dediquei as melhores energias de minha vida;

6) É importante também ressaltar que de minha parte não pretendo divulgar os nomes dos 27 signatários da carta. Cumpre porém ressaltar o seguinte: não é verdade que o clero incardinado em Cuiabá se revoltou em massa contra minhas posições. Para uma mais exata avaliação da realidade divulgo apenas que são 5 padres diocesanos incardinados em Cuiabá, 5 em outras circunscrições e 17 religiosos;

7) Quanto à reconciliação e à restauração da justiça, serão dados passos pastorais e, se necessário, jurídicos. Mas não creio que a internet seja o lugar apropriado para este caminho de reparação. Sei que nos tempos do Big Brother, do Twitter e do Facebook minha visão pode parecer antiquada. Peço, no entanto, que compreendam minha opção de silêncio, ao menos até a solução final que, uma vez alcançada, comunicarei aos amigos;

8) Esta comunicação não seria completa sem que terminasse num agradecimento de coração pelos inúmeros e variados sinais de amizade, confiança e solidariedade que recebi. A todos um sincero e comovido “Deus lhes pague!”

Nestes dias, o nosso site recebeu um número imenso de mensagens oferecendo apoio de toda espécie: orações, jejuns, sacrifícios e provas sinceras de amor e estima. Meu celular não parava de tocar e de receber SMS. Foram literalmente milhares de fiéis, centenas de sacerdotes, alguns bispos e amigos de várias proveniências (um bispo anglicano, vários pastores evangélicos, cristãos em geral e até agnósticos!).

Uma palavra especial para os inúmeros blogs e páginas da internet que manifestaram o seu apoio. Com toda sinceridade não sei como expressar o peso da gratidão a não ser reconhecendo que lhes sou muito obrigado.

Agradeço ao meu Arcebispo pela paciência e o carinho paterno manifestado a ambas as partes envolvidas neste triste episódio.

Quanto a meus pais e minha família… não tenho palavras. No céu vocês verão o meu coração.

Espero poder corresponder, com a graça de Deus, a toda esta expectativa. Asseguro que todos estão muito presentes em minha Eucaristia diária. Continuemos unidos na gratidão a Deus, à Virgem Maria, aos anjos e aos santos de nossa devoção. Continuem a interceder por esta nossa luta e que Deus abençoe a todos.

Várzea Grande, 11 de março de 2012.
Padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior

http://padrepauloricardo.org/blog/comunicado/



Jesus é Misericordioso


Jardim da vida…


sally_swatland_s1038_garden_at_southampton


Uma criança brincava no parque com sua mãe, quando avistou próximo dali um lindo jardim. Flores coloridas, brancas, vermelhas, rosas e amarelas a convidavam a brincar.

A criança, sem pensar, olhou para aquelas belas flores e saiu correndo pelo parque em busca do jardim. Só que, no caminho, tropeçou em uma pedra e caiu, e ao cair chorou, e ao chorar teve socorro.

Um senhor que estava ali, vendo a criança em desespero, aproximou-se e sentou-se carinhosamente ao seu lado.

– Você está bem? – disse o homem.

– Eu caí quando tentava chegar ao jardim. Caí e estou triste, acho que vou desistir de ir para lá.

– Disse a criança chorando.

O homem olhou penalizado e com doçura disse:

– Meu bem, um dia, há muito tempo, eu também caí ao buscar o jardim. Caí, e não mais me levantei, eu desisti.

Desisti do motivo maior que me impulsionava. A chama que havia em meu peito gritava: “Vá, acredite!” Mas eu não fui.

Caí e desisti. Abandonei o que minha alma tanto buscava.

Sofri e aprendi.

Ouça: Ali na frente, você vê um jardim. Você sente que é lá que você prefere estar. Uma voz dentro de você diz: “Seja, vá, acredite!” Mas, lembre-se filho, sempre haverá pedras em seu caminho.

A criança, mais calma, olhou para o homem e perguntou:

– Porque as pedras?

O caminho não poderia estar livre?

O homem olhou nos olhos da criança, um olhar tão sincero e sereno que a criança sentiu-se amparada e protegida, então o homem falou:

– Todos podem chegar ao jardim…

Todos. Mas as flores são sensíveis e delicadas.

Por isso precisam ser protegidas de pessoas despreparadas que poderiam destruí-las.

A natureza colocou pedras no caminho para permitir que só aqueles que tiverem a sensibilidade de entender que as pedras não foram feitas para impedir a chegada, mas para serem contornadas, cheguem até lá!

A criança enxugou as lágrimas, levantou-se e continuou em busca do jardim.

(Autoria por mim desconhecida)