A Misericórdia de Deus é sem fim.



As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não tem fim; renovam-se a cada manhã. Grande e a tua fidelidade.


Jeremias 3:22-23

Pensamento: O que lhe sustentou  noite? O que lhe fara passar por este dia? O que lhe capacitara e fara atingir alvos e metas e mesmo ser bem sucedido nos dias pela frente? As misericórdias do SENHOR. Essas fontes incríveis nunca se esgotam! Cada dia novo traz um estoque novo delas. Deus é fiel em fazer com que a recebamos cada dia. Gloria seja dada a Deus por fazer nosso mundo novo e limpo a cada dia.

Oração: Obrigada, Santo Deus e Pai amoroso, por me sustentar durante a noite , e por me prometer dias sem fim, ao final da minha jornada de vida. Que o Senhor, abençoe meu dia e  que  possa encontrar amor e louvor nos meus lábios e no meu coração em todo o tempo.que eu possa servir a ti nesse dia e que minha vida glorifique a Ti com minha atitudes durante todo o dia  que o Senhor me guarde e me livre de todas as tormentas e que eu viva meu dia com muito louvor certos que em tudo e em todas as coisas estará se manifestando a sua gloria obrigado senhor No nome de Jesus eu oro. Amem.



A Confiança e a Divina Misericórdia

O fundamento da mensagem da Divina Misericórdia é a confiança. Somos como vasos de misericórdia e o quanto de misericórdia estes vasos irão armazenar e distribuir para os outros, depende da nossa confiança. E a confiança requer conversão do nosso coração e de nossa alma para entendermos a Misericórdia de Deus, sermos misericordiosos com os outros, e para deixarmos Deus dirigir nossas vidas.

Em Provérbios 3,5 está escrito, “Tem confiança no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes na tua prudência” . Confiar em Deus é fácil quando as coisas vão bem, contudo, em tempos de provação, sofrimento, dúvida, fraqueza e ansiedade, começamos a imaginar “onde está Deus?” “Ele realmente existe?” Se rezamos e acreditamos que estamos fazendo a Sua vontade, então nós devemos pedir por força e firmeza na fé. Mas estamos tão acostumados a controlar e se encarregar de tudo e somente mais tarde entendermos que Deus estava nos concedendo uma oportunidade de fortalecermos nossa fé.

A confiança é a chave para se viver a mensagem da Divina Misericórdia. Quando nossa fé é testada em tempos de provação e sofrimento, reflitamos no que Jesus falou para Santa Faustina:

“Quanto mais a alma confiar, tanto mais receberá” (Diário da Santa Faustina, 1577).

Certamente haverá momentos em nossas vidas em que o resultado de nossas ações não será como planejado ou do jeito que pedimos em oração. Quando enfrentarmos provações e sofrimentos de alguma maneira, nossa reação normalmente é “o que eu fiz para merecer isto?” ou “se Deus é mesmo misericordioso, como pode Ele permitir que isto aconteça?” Claro que há muitos tipos sofrimentos difíceis de aceitar como doenças, vícios, perda de um ente querido, ofensas – na realidade a lista de sofrimentos é sem fim. Qualquer que seja a causa do problema, dor é sempre dor e nós devemos nos perguntar “o que Deus está tentando me ensinar com esta cruz?” Em cada passo de nossa vida enfrentamos adversidades. Nosso Senhor disse à Santa Faustina “Minha filha, o sofrimento será para ti um sinal de que estou contigo” (Diário, 699) e em outra ocasião disse também, “Minha filha, não tenhas medo dos sofrimentos, Eu estou contigo” (Diário, 151).

Em Mateus 11, 28-30 está escrito: “Vinde a mim todos os que estais fatigados e carregados, e eu os aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração, e achareis descanso para as vossas almas, Porque o meu jugo é suave, e o meu peso é leve”.

Estas provações na vida nos dão oportunidade de rever nossa fé e freqüentemente nos forçam a questionar nossa relação com Deus. Santa Faustina escreveu: “Deus às vezes permite coisas estranhas, mas isso acontece sempre para que se manifeste na alma a virtude” (Diário, 166). Esta é a razão para as provas. O sofrimento tem um sempre um propósito, assim como escreveu São Paulo: “Porque o que presentemente é para nós uma tribulação momentânea e ligeira produz em nós um peso eterno de uma sublime e incomparável glória, não atendendo nós às coisas que se vêem, mas sim às que se não vêem” (2Cor 4, 17-18).

 Na Primeira Carta de São Pedro (1Pdr 4, 12-13) lemos, “Caríssimos, não vos perturbeis com o fogo que se acendeu no meio de vós para vos provar, como se vos acontecesse alguma coisa de extraordinário; mas alegrai-vos de serdes participantes dos sofrimentos de Cristo, para que vos alegreis também e exulteis, quando se manifestar a sua glória”. Se entendermos e aceitarmos isso, nosso sofrimento abrirá a porta para o crescimento espiritual e para a realização da total confiança em Deus. Por exemplo, a pessoa com um vício provavelmente irá negar o problema até chegar ao fundo do poço. A cura somente irá acontecer pela aceitação do problema e o reconhecimento de que ela precisa de Deus.

Quando nós oferecemos nossos sofrimentos e cruzes para Jesus, nós vivemos as palavras de São Paulo aos Gálatas: … “Estou pregado com Cristo na cruz, e vivo, mas já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim. E a vida com que eu vivo agora na carne, vivo-a da fé do Filho de Deus, que me amou e se entregou a si mesmo por mim” (Gal 2, 20).

Vamos lutar pela paz interior, pela paz que somente Ele pode nos dar. Quando enfrentarmos adversidades, vamos rezar pedindo forças para fazermos a vontade de Deus e para responder a estas provações com amor. Vamos pedir a Nosso Misericordioso Senhor para inundar nossas almas com Seu amor e misericórdia. E, vamos refletir sobre a chaga do Coração de Jesus e clamar por Sua Misericórdia por todos os pecadores, dizendo: Ó Sangue e Água que jorrastes do Coração de Jesus, como fonte de misericórdia para nós, eu confio em Vós!

Fonte:

http://www.recadosaarao.com.br/ebooks/livro_diario_santa_faustina.pdf



AGORA É O TEMPO DE MISERICÓRDIA

As revelações de Nosso Senhor a Irmã Faustina falam de agora como tempo de misericórdia.

Existe uma urgência especial nessa mensagem.

Repetidamente Nosso Senhor enfatizou que agora é o dia da misericórdia, antes da vinda do dia do julgamento. Agora é o tempo da preparação para a vinda do Senhor. “Escreva isto” – disse Nosso Senhor a ela:

Antes de vir como justo Juiz, venho como Rei da Misericórdia… agora prolongo-lhes o tempo da Misericórdia, mas ai deles, se não reconhecerem o tempo da Minha visita… (Diário 83, 1160).

Confiamos na promessa de Jesus:

Coloquem a esperança na Minha misericórdia os maiores pecadores. Eles têm mais direito do que outros à confiança no abismo da Minha misericórdia. (…) A estas almas concedo
graças que excedem os seus pedidos. (Diário, 1146)

Todas as sextas-feiras na Hora da Misericórdia – 15 horas – rezamos por todos os devotos e divulgadores da Divina Misericórdia no Santuário aqui em Curitiba. Se possível, una-se conosco nesta oração, mesmo que espiritualmente.
Três horas da tarde tem especial significado, porque foi a hora em que Nosso Senhor morreu por nós. Enquanto refletia nesta hora, o centurião romano Logino se deu conta de quem era Jesus.

Logino foi aquele que atirou a lança no lado de Nosso Senhor Jesus Cristo. O Apóstolo São João escreveu em seu Evangelho : “Chegando a JESUS e vendo-O morto, não lhe quebraram as
pernas, mas um dos soldados transpassou-Lhe o lado com a lança e imediatamente saiu sangue e água”. (Jo 19,33-34)
Conta uma lenda que ele tinha um problema na vista, e que pegou um pouco do sangue e água que saíram do lado aberto de Jesus e esfregou em seus olhos e ficou curado. Ele se converteu ao cristianismo, foi martirizado, e mais tarde foi declarado santo pela Igreja.

Ajude a divulgar a Divina Misericórdia, Você encontrará em nosso Blog outros temas a este respeito com muitas outras fotos e Banners para divulgação da Grande Misericórdia de Deus.

Fonte:

http://www.recadosaarao.com.br/ebooks/livro_diario_santa_faustina.pdf



.

(Um Desafio Para Mim e para Você)

Presentepravoce – Sizenando





Jesus é Misericordioso

Festa da Divina Misericórdia


FESTA DA DIVINA

MISERICÓRDIA


Deixar um Comentério aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: