Milagre de Sant’Ana em Anápolis – Goiás.

Imagem Original de Sant'Ana - Foto Sizenando - 17/08/08

História de Anápolis

Cidade de Ana

Cidade de Sant’Ana

Em 1870, Dona Anna das Dores, filha do Alferes Antonio Gomes de Souza e de Dona Anna Victória, partiu de Jaraguá, onde residia, para Bonfim, hoje Silvânia, numa viagem de tropa de burros.

Um dos burros levava as jóias da família e uma imagem de Sant’Ana, de quem ela era devota e dela não se separava.

Nesta região havia a fazenda do Sr. Joaquim Rodrigues dos Santos, que era pouso de tropas.

Dona Anna das Dores e sua comitiva passaram a noite aqui e, de manhã, ao reunirem a tropa para continuar a viagem, os tropeiros deram pela falta de um dos burros; era justamente o que conduzia a imagem de Sant’Ana.

Depois de muito procurar, os tropeiros encontraram o burro deitado; ele estava

empacado e não queria se levantar. Tiveram, então, a idéia de tirar a carga para ver se ele se levantava. Mas qual não foi a surpresa: a carga pesava tanto, que nenhum dos homens conseguia levantá la.

Intrigados com o que estava acontecendo, foram até a casa da fazenda e chamaram Dona Anna e o Sr. Joaquim com sua família.
Dona Anna, ao chegar, abriu a bagagem e viu que era a que continha a imagem de Sant’Ana. Atribuíram ao fato o desejo da Santa de permanecer neste lugar.

Ajoelhando se, em voz alta ela prometeu construir aqui uma Igreja dedicada à Sant’Ana.

No mesmo instante, a carga voltou ao seu peso normal e o burro se levantou.

Foi um momento de grande emoção e todos que ali se encontravam ajoelharam-se e rezaram com a piedosa senhora, admitindo que um grande milagre havia acontecido.

Emocionado e muito comovido com o fato, o fazendeiro prometeu doar parte de suas terras á Senhora Sant’Ana.

Voltando a Jaraguá, Dona Anna das Dores enviou para aqui o seu filho, Gomes de Souza Ramos, com a incumbência de construir a Igreja prometida.

A fundação da cidade de Anápolis se confunde com a construção da Igreja de Sant’Ana, pois começou com o povoado que se formou em volta dela.

No ato de inauguração da Igreja, Dona Anna das Dores doou a imagem de Sant’Ana, onde ela permanece e é venerada até hoje.

Fonte do Texto acima: Site Oficial da Diocese de Anápolis.



Comprovação de um Milágre.

Esta mesma Imagem de Sant’Ana, que fora roubada e permaneceu alguns anos desaparecida, foi recuperada e restaurada.

Foi entronizada na Procição de entrada da Missa de encerramento da Semana Nacional da Famíla no Ginásio Carlos de Pina em Anápolis, hoje dia 17/08/2008.

A Imagem da Mãe de Maria, foi entronizada pelas mãos de uma Trineta da Sra Anna das Dores, e eu tive o prazer de segura-la em minhas mãos, assegurando a todos que, esta pequena Imagem esculpida em madeira pesa menos do que 500 grs, no entanto quando ela  passava pelos caminhos nesta região em 1870, o burrinho empacou porque não conseguiu levar a carga devido ao enorme peso que uma simples imagenzinha de madeira provocava sem a menor explicação.

A solução foi deixar a Imagem no local para que a comitiva seguisse viagem.  Sem explicação humana mas por vontade Divina, naquele lugar se ergueu uma pequena capela que se tornou uma Igreja e se formou uma pequena vila em torno dela e mais tarde foi fundada esta Cidade, que em homenagem à avó de Jesus recebeu o nome de Anápolis ou seja, Cidade de Ana.

Finalizando esta história, não que eu tenha pedido ou desejado algum dia ter que comprovar este Milagre tão incomum, mas assim como Deus um dia quis que esta Imagem ficasse em Anápolis, hoje Ele colocou esta mesma imagem  em minhas mãos sem que eu soubesse do que se tratava com a seguinte pergunta:

– “Quanto pesa esta Imagem ?”

– E eu respondi…

– Não mais que trezentas gramas !

A Trineta de Dona Anna das Dores então me revelou ser esta a mesma imagem responsável pelo milagre acima descrito em 1870.

No Ano Passado, mais precisamente no dia 28/07/2007 quando a Cidade comemorava seu centésimo aniversário, foi divulgado em um Jornal local uma nova versão da história de nossa Cidade, onde se omite propositadamente este fato que justificou a criação de uma Capela Católica para se abrigar uma pequena Estátua de Sant’Ana, que mesmo não pesando mais do que meio quilo não conseguiam tirá-la do lugar onde permanece até hoje.

Algumas pessoas se sentem ofendidas ao conhecer esta verdade que faz parte da historia da fundação de nossa Cidade e alguns até alardeiam campanha para se omitir este detalhe insignificante de uma verdade que jamais será mudada mesmo que seja camuflada, consideram este fato como uma simples lenda, depois apagam-no dos livros de história afirmando que uma ação Divina como esta não tem importância relevante na historia econômica de uma Cidade como a nossa, sem dizer que as mesmas pessoas que hoje detém a maioria na política local, tanto na Prefeitura como na Câmara Municipal, retiraram um crucifixo que estava na parede da Câmara relembrando a pessoa de Cristo e o respeito que a Ele deveriam prestar os nossos digníssimos Vereadores fazendo leis mais justas de acordo com a vontade de nosso Senhor Jesus.

Alguns até pretendem mudar o nome da Cidade para não ter que justificar que moram numa Cidade que se iniciou do fato de uma mula ter empacado com o peso de uma Santa Católica esculpida em madeira comum.

Hoje, dia 29/08/2008 entendi porque aquela imagem veio parar em minhas mãos, que apesar de ter sido batizado, crismado e ter recebido o Sacramento do Matrimônio debaixo de seu olhar de avó, jamais havia percebido sua presença ali naquele lugar e posso dizer agora com toda certeza que Santa’Ana não quer que esta história seja simplesmente esquecida, principalmente por aqueles que vivem e moram nesta cidade e agora também por aqueles que se sentirem atraídos a vir conhecer os motivos pelos quais Deus quis criar uma Cidade neste lugar e se utilizou de uma bobagemzinha tão insignificante como esta.

Naquele Dia eu estava muito preocupado com o peso de minhas aflições e problemas particulares, naquele momento em que segurava a Imagem de Sant’Ana sem o menor esforço físico, ela me revelou ser aquela, a imagem que pesava tanto que as mulas acostumadas a carregar um peso superior a 150 Kg não conseguiram carregar o seu ínfimo peso e eu alí a estava segurando sem a menor dificuldade, senti que se tratava de um enorme puxão de orelha como minha avó costumava fazer quando eu era criança e percebi que era uma mensagem de fé muito valiosa para minha vida em relação aos meus problemas que eu julgava insuportáveis até aquele instante.

Esta Imagem de Sant’Ana que é a mesma retratada em nossa imagem, mostra a Mãe de Maria lhe ensinando as coisas mais importantes da vida, principalmente como ser fiel a Deus Pai, ensinamento este que Maria seguiu tão bem que foi digna de ser a Virgem escolhida para ser a Mãe de Nosso Senhor Jesus.

Sizenando

Dia 26/07 dia de Sant’Ana

Obs. A Pag. Da diosece só aceita entrada na pag. principal, busque o Link do lado esquerdo superior “Dados Gerais” depois a opção “Breve histórico”.

1. Breve histórico da Diocese de Anápolis

2. Anápolis, cidade de Ana – cidade de Sant’Ana

3. Jubileu dos 40 Anos de Criação

Outros temas Relacionados:

São Joaquim e Santa Ana.

A Avó de Jesus é a nossa Padroeira!


Construção da Nova Matriz de Sant'Ana - Anápolis

Construção da Nova Matriz de Sant’Ana – Anápolis



Por Flickr – Trabalhos Carmen San Thiago – CAIXADOOLHO


cidade de SAnt´Ana - uma homenagem a Anápolis



aeroporto_anapolis_go[1]

WALLPAPERS

Anapolis
Anápolis
Mirage

Logotipo do Flickr. Se clicar nele, você vai para a página inicial



Mirage

Logotipo do Flickr. Se clicar nele, você vai para a página inicial

Anapolis
Mirage

WALLPAPERS

Minhas Fotos

Anapolis
Anápolis
Mirage

header-logo.v1[1]

Outras Fotos

Anapolis
Anápolis
Mirage

 


NOSSA SENHORA DE FÁTIMA
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/dons-do-espirito.jpg?w=130&h=120

.

header-logo.v1[1]

33 Respostas

  1. […] das Antas, hoje, a nossa querida Anápolis. Fontes: Prefeitura de Anápolis, Anápolis Melhor, Presente Pra Você e Diocese de […]

    Curtir

  2. […] Prefeitura de Anápolis, Anápolis Melhor, Presente Pra Você e Diocese de […]

    Curtir

  3. Gostei do seu blog. Lembro muito bem do Londe, da Nenzinha, da Écia, todos da Traíra. Meu nome é Élison. Sou filho de Maria de Souza Ramos, neto de Augusto e de Júlia. Aprendí a ler pelas mãos de Dona Zefinha, nossa parente. Também sei do milagre, por ouvir as histórias dos meus antepassados. Religião à parte, pois cada um tem a sua, li todos os comentários, sempre com muito respeito. Fizeram bem para minha alma. Estudei no Antensina Santana (Madre Estevânia), no São Chico (Frei Silvestre, Frei João Batista Vogel) no Ateneu Dom Bosco (Padre Zezinho, Berlarmino Zambon) no Anchieta (Padres Cleto e Leandro Caliman). Muito obrigado.
    elison@netsite.com.br
    Batatais/São Paulo

    Curtir

  4. […] Chrystian Shankar esteve em Anápolis-Go para realizar o XXV Festival de Jesus em 2012.   Este é um encontro anual da Renovação […]

    Curtir

  5. Sou Francisco, hoje vivo em Manaus Am, mas dos cinco aos 25 anos vivi em Anápolis, Pude definir a religião orientadora dos ensinamentos contidos no Evangelho, pelo livre arbitrio, optei pelo catolicismo, conheço outras denominaçoes religiosas e sei que suas diferenças estão no limite da capacidade de cada individuo e ou membro de interpretar o evangelho do Senhor. As confusões, intrigas, ódio, a intolerância origina-se da nossa incapacidade de aceitar o outro, o nosso proximo, como diferente; não medimos nossas palavras em respeito e em aceitação as opções alheias, só seremos felizes se de fato nos convencer de que só alcansaremos o status definido no limite do projeto de nosso pai celestial. Devemos aprender a forjar nossa historia e de nossas instituições sem inibir, segregar ou aniquilar ao do outro que chamamos nossos irmãos(ãs). Sou Catolico com todas as minhas forças e sei que voce é Protestante com todas as suas forças e é isso que nos faz serem unicos e especiais ao nosso Pai Celestial, Jesus. QUE NOSSO PAI NOS MANTENHA UNIDOS E NOS FORTALEÇA NA FÉ.

    PAZ, UNIÃO, FÉ E AMOR A TODOS.

    Resposta do Blog:

    Concordo com você, mas a quem em especial você direcionou suas palavras ?

    Ao comentário anterior?

    Paz de Cristo

    Curtir

  6. […] presentepravoce on Milagre de Sant’Ana em A…marlene gomes lacerd… on Padre Léo estava totalmente cu…Camila on Milagre de […]

    Curtir

  7. Bom dia! Sou natural de Anápolis e aprecio muito minha cidade, principalmente por vê-la em pleno crescimento. Por uma pesquisa acadêmica em que cito o histórico de Anápolis, fui remetida ao site e sinto-me decepionada ao ler que a INTOLERÂNCIA religiosa da Igreja ainda prepondera…. não tenho nada contra os católicos, inclusive tenho amigos que o são…. mas ao ler as palavras acima, tenho lembranças das inquisições e dos atos desumanos que a chamada “verdadeira igreja”, ao longo de toda a história da humanidade, realizou. Quero deixar claro que a religião é uma invenção humana… Jesus e Deus (que são a mesma pessoa, juntamente com o Espírito Santo) não fundaram uma religião, mas simplesmente estipularam um modo de vida que deveria ser seguido, baseado na fé que Jesus Cristo veio para morrer em nosso lugar e nos dar a salvação pela graça, da qual ninguém é merecedor…. e essa graça é para TODOS, sem excessão, pois sendo imerecida, não observa raça, credo, cor, idade, sexo, classe social…. Deus nos escolhe para que vivamos em paz com ele e com nosso próximo, para que vivamos na plena dependência Dele, pois sem Ele, não somos nada. Ofensas e críticas a outras pessoas não revelam o verdadeiro amor de Deus. Jesus foi exemplo vivo de piedade e amor ao próximo, um amor que não enxerga defeitos, mas que é incondicional e isto pode ser observado na Bíblia, onde Ele acolhe pessoas mal vistas pela sociedade, como prostitutas, adúlteros, mendigos, leprosos, publicanos, cobradores de impostos, dentre outros… Acredito que Deus deseja que amemos aos outros, não que o difamemos ou tenhamos preconceito devido a opiniões divergentes do que a nossa, afinal, o único juiz é Ele e não podemos julgar as pessoas. Da forma como explicitado pelo blog, a impressão que tenho é que isso realmente não é vivido pelo autor. E se o objetivo é ganhar mais seguidores doutrinários, é neste quesito que os afastam. Deus se importa com a nossa vida, com o nosso coração, com as nossas atitudes para com ele e para com o próximo e não com o local feito de alvenaria – igreja – que você frequenta habitualmente. Deixo claro que sou membro de uma igreja protestante da cidade e me envergonho com palavras como as que li… acredito sim que Deus possa ter usado a Sra. Ana das Dores e seus animais para querer que uma cidade fosse criada… o poder de Deus é infinito e Ele pode usar qualquer coisa para fazer a sua vontade. O amor, a bondade, o perdão, a vida são atributos que só Deus pode dar e isso está aberto a todos que crerem que Ele é Senhor…. Peço que Ele tenha misericórdia de nossas vidas, que derrame suas bênçãos sobre nós e nos ajude a caminhar da maneira correta diante dele e dos homens.

    Curtir

    • Cara Camila

      A Paz de Cristo

      Gostaria em primeiro lugar de lhe pedir perdão, se por acaso minhas palavras lhe imprimiram uma má interpretação a meu respeito, mas quero de ati-mão lhe explicar que este texto foi escrito em resposta a um texto escrito por um Professor de História da Unievangêlica que na época do centenário de nossa cidade foi publicado neste jornal citado acima no texto e que fora publicado também na pagina oficial da Prefeitura de Anápolis cujo prefeito na época era o Sr. Pedro Sahium que todos sabem que é Pastor evangélico de longa data, porém estes textos foram retirados de ambos os sites, mas o que ficou bem claro é que os evangélicos que moram em Anápolis sente-se incomodados ao ler a verdadeira história desta cidade, que sem dúvida alguma deu-se início em torno do nome da mãe de Maria “ANA” que é uma das avós de Jesus, a prova disto é que mesmo você uma pessoa que exprime muita aceitação e compreenção me julgou estar promovendo ou acirrando divergências religiosas.

      Você não é a primeira que me dirige estas palavras e não será a ultima, mas em todos os casos anteriores, ninguém me ofereceu razões plausíveis para que eu deva retirar este texto do ar, pelo menos aqui eu percebo que realmente é verdade o que eu estou dizendo, porque um fato historico poderia incomodar aqueles que se dizem ser seguidores de Cristo ? Por que deveíamos omitir um fato histórico e esconder a verdade só para satisfazer uma pregação de uma certa denominação religiosa?
      Isto porque, este fato em si reforça a verdade Católica, que Deus manifesta a sua vontade através de seus escolhidos, de seus icones, mesmo que estes já não estejam presentes entre nós, mesmo que seja apenas uma lembrança manifestada em forma de uma simples estatua.

      Gostaria de lhe lembrar que este testemunho não é unico, existem outros testemunhos semelhantes a este em todo mundo, em que Deus usa de uma imagem ou icone para atrair pessoas à um certo lugar, região e etc.

      No México, Deus pediu à um índio que pedisse ao Bispo que construisse uma Igreja em um certo lugar e a sua recusa em ouvir a voz de um simples índio levou Deus a realizar o milagre de Guadalupe, que é um milagre ainda “ATIVO” até os dias de hoje e pode ser comprovado por qualquer pessoa que se aproxima dele.

      Mas eu sei que os testemunhos que reforçam a fé Catolica sempre serão desprezados pelos evangélicos, mas ser considerados ofensas, isto eu não esperava.

      Eu só espero, que com estas palavras, os evangélicos de Anápolis aceitem a sua história como ela é e não tentem fazer com que o povo se esqueça da verdade, por isso eu aqui estou, para lhes relembrar, que fato é fato e não boato e mesmo que este fato não esteja de acordo com os seus ensinamentos, foi graças a ele que a nossa cidade existe, ou então Deus deveria ter usado de outros meios para conseguir fazer a sua vontade como Ele fez.

      Paz de Cristo.

      Curtir

  8. […] Milagre de Sant’Ana em Anápolis – Goiás. « Vem Espírito Santo, Vem …, on 18/07/2010 at 00:43 said: […]

    Curtir

  9. […] d…carlos on MENSAGENS EM PPS.nagib rocha on Apresentação.QUEM COMO DEUS ? … on Milagre de Sant’Ana em A…Em Verdade, Em Verda… on A R.C.C. não É […]

    Curtir

  10. […] Milagre de Sant’Ana em Anápolis – Goiás. « Vem Espírito Santo, Vem …, on 18/07/2010 at 00:44 said: […]

    Curtir

  11. Olá Divina

    Não existe nenhuma rejeição de nossa parte a quem quer que seja, pois Jesus nos enviou ao mundo a pregar o evangelho a quem quer que seja, pois a salvação é oferecida gratuitamente a todos os homens.

    Tenho recebido diversos comentários maldososo neste blog, procuro responder sem ofender ninguém, mas aqueles que nos ofendem diretamente, estes nem sequer são publicados para não geram polêmica, pois este Blog não é um blog aberto a debates inúteis e infundáveis como muitos outros que existem por aí, isto porque a minha concepção de religião é que todos nós somos ovelhas de um só Pastor, que é Jesus e mesmo hoje estando separados, um dia todos os verdadeiros escolhidos estarão em um mesmo rebanho e sei muito bem que neste rebanho nem todos estarão participando da minha “denominação religiosa”, sendo assim desejo lhe a paz de Cristo.

    Curtir

  12. Amados, não há motivos para vocês rejeitarem tanto os Evangélicos. Não n/ao nos escondemos atrás da Bíblia como foi postado acima. Procuramos vivê-la. Desejo que Deus derrame amor no coração de todos e que haja mais paz e união do que rejeiçã. “Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará.” Abraços.

    Curtir

  13. […] Milagre de Sant’Ana em Anápolis – Goiás. […]

    Curtir

  14. Oi, achei procurando alguma coisa sobre santa ana,pois sempre tive curiosidade pra saber tudo sobre ela,dizem que era muito boa. e a maneira como zelava pela educaçao. de sua filha. e ensinava as coisas de DEUS. era tudo tâo lindo! Senti até saudades de minha infancia quando vi esta foto de santa ana, parecia com os carinhos de minha mâe comigo. e como eu a amo. senti uma emoçâo muito grande ,porque. eu estava mei diferente de antes menos doce e nâo quero deixar de ser doce jamais, E quer saber d emais ,? eu acredito naquele milagre sim,
    Que a paz reine em nossas familhas sempre, ah, e eu gostei muito do blog também tá,tá? .
    beijinhos ,beijinhos,
    tchau.
    ana maria c. leandro.

    Curtir

  15. Oi, achei procurando alguma coisa sobre santa ana,pois sempre tive curiosidade pra saber tudo sobre ela,dizem que era muito boa. e a maneira como zelava pela educaçao. de sua filha. e ensinava as coisas de DEUS. era tudo tâo lindo! Senti até saudades de minha infancia quando vi esta foto de santa ana, parecia com os carinhos de minha mâe comigo. e como eu a amo. senti uma emoçâo muito grande ,porque. eu estava mei diferente de antes menos doce e nâo quero deixar de ser doce jamais, E quer saber d emais ,? eu acredito naquele milagre sim,
    Que a paz reine em nossas familhas sempre, ah, e eu gostei muito do blog também tá,tá? .
    beijinhos ,beijinhos,
    tchau.
    ana mariac. leandro.

    Curtir

  16. Oi Sizenando, a paz de Jesus!
    Fiquei surpresa ao encontrar por acaso seu blog, por sinal cheio de verdadese. Conheço vc e sua família e sei da sua fidelidade e dos seus, aos planos que Deus lhe proporciona. Quero dizer que essa moça “bonita” (pois é minha filha rsrsrsr) que faz a propaganda da Camisas Ágape, é da família de Gomes de Souza Ramos(fundador de Anápolis, filho de Ana da Dores), pois minha mãe é prima da Dª Eucarice (a senhora que está na foto segurando a imagem da senhora Sant’Ana-trineta de Gomes de Souza).
    Desde a minha infância ouvi meus familiares, tios e tias contarem essa verdade, a história de Anápolis. Reside em Goiânia um parente nosso, o escritor e historiador Humberto Crispim Borges, que conta esse fato em seu livro “A história de Anápolis”, pois ele pesquisou e conhecia os mais antigos da família. O Tio Leônidas Souza Ramos-falecido (tio Londe conecido por nós sobrinhos), casado com Dª Nenzinha (falecida) irmã de minha mãe, era NETO DIRETO de Gomes de Souza Ramos e sempre nos contava esses fatos. Foi entrevistado por Humberto Crispim, o historiador, que tbém entrevistou outro NETO DIRETO de Gomes de Souza, sendo seu amigo e contemporâneo, Sr. Celso. – primo de minha mãe.
    TODOS NÓS FAMILIARES SABEMOS DESSE MILAGRE ,”DO BURRO QUE EMPACOU POIS CARREGAVA A IMAGEM DE SANT”ANA, QUE QUERIA FICAR NETE SOLO ANAPOLINO.” Assim quis Deus, assim foi feito. A nossa fé, como dizia minha falecida e querida mãe, Dª Benoate: “- ou se tem fé ou não se tem”, pois o homem na sua santa ignorância, quer respostas para tudo e chega um momento em certas situações que só a fé nos revela e nos proporciona paz. Sentimos aí a presença de Deus que quer nos falar.
    Realmente sentimos a falta desses fatos nas comemorações do centenário de Anápolis.
    Vergonhoso é aquele que renega a sua história.
    Agradeço a Deus pela minha família, que sempre nos ensinou amar a Deus sobre todas as coisas e pertencer a Igreja Católica Apostólica Romana.Foi um presente de Deus ter minha filha Isadora vestindo as camisas Ágape e evangelizando através desse veículo.
    Dê um abraço amigo à Lenir, sua esposa.
    A paz de Jesus!

    Curtir

    • Olá Cida Lino

      É um Prazer receber seu comentário aqui em meu Blog, obrigado pelas informações acrescentadas aqui, eu sabia que a Benoite era descendente dos fundadores da cidade e realmente esta nossa história é incomum, se bem que ouvi uma reportagem na globo que diz que uma capela no alto de uma Montanha no peru recebeu uma imagem por engano, mas quando quizeram removê-la do local para levar para o verdadeiro local de destino ninguém foi capaz de removê-la e lá ela teve que permanecer e hoje muitos milagres acontecem lá naquela Igreja.

      Muitas vezes nós fazemos a nossa vontade, mas Deus é quem sabe o que é melhor para nós, se ele toma iniciativas como estas, só nos resta agradece-lo e louva-lo e acolher os frutos que virão de sua vontade.

      Paz e bem.

      Que Deus lhe abençõe.

      Sizenando

      Curtir

    • Hola Gostaria falar com voces da familia de Gomes de Souza ramos Seria muito bom obrigado wercitonramos@hotmail.com

      Curtir

  17. Queridos, fui direcionado a esse site por acaso quando tentava olhar uma foto da cidade de Anápolis. Me entristeci muito com o que aqui foi publicado e principalmente em saber que a própria diocese incita seus fiéis ao ódio, intolerância religiosa (que eles também acusam os irmãos evangélicos) e a fatos que, embora considerados históricos, não têm fundamentos bíblicos, afinal de contas nem mesmo no texto se pode ver um único texto das sagradas escrituras ratificando tais acontecimentos. Meus irmãos, a santa palavra de Deus nos ensina que não devemos fazer e muito menos nos prostrar diante de nenhum outro senão o Criador, que dirá diante de imagens feitas por mãos humanas. Por favor leêm o que diz a Bíblia nos versículos a seguir: “Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.” (Êxodo 20 : 4); “Para que não vos corrompais, e vos façais alguma imagem esculpida na forma de qualquer figura, semelhança de homem ou mulher;” (Deuteronômio 4 : 16); “Nem levantarás imagem, a qual o SENHOR teu Deus odeia.” (Deuteronômio 16 : 22); “E o SENHOR me disse: Levanta-te, desce depressa daqui, porque o teu povo, que tiraste do Egito, já se tem corrompido; cedo se desviaram do caminho que eu lhes tinha ordenado; fizeram para si uma imagem de fundição.” (Deuteronômio 9 : 12). Olha o que nos exorta os profetas: “Por isso te anunciei desde então, e te fiz ouvir antes que acontecesse, para que não dissesses: O meu ídolo fez estas coisas, e a minha imagem de escultura, e a minha imagem de fundição as mandou.” (Isaías 48 : 5); “Embrutecido é todo o homem, no seu conhecimento; envergonha-se todo o artífice da imagem de escultura; porque a sua imagem de fundição é mentira, e nelas não há espírito.” (Jeremias 51 : 17); “Que aproveita a imagem de escultura, depois que a esculpiu o seu artífice? Ela é máscara e ensina mentira, para que quem a formou confie na sua obra, fazendo ídolos mudos?” (Habacuque 2 : 18). Já o sábio apóstolo Paulo disse: “E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.” (Romanos 1 : 23). Não quero de maneira alguma colocar mais lenha nessa fogueira que sempre gera discussóes polêmicas, porém não posso me omitir, como cristão, de levar a palavra santa do Senhor como também a recebi no passado quando achava que tinha que acreditar no que me passavam sem a preocupação de questionar se as informações eram mesmo oriundas da fé apregoada pelo antigo e pelo Senhor Jesus aos primeiros cristãos (É só observar que nas sinagogas não há imagem alguma, já que os judeus, que são os ancestrais de Cristo, obedecem as escrituras, embora não aceitem a Jesus como sendo o Messias). IInfelizmente, o que aconteceu é que o cristianismo como foi pregado pelo nosso Senhor se misturou à idéias e cultos pagãos que eram praticados na Roma antiga e essa foi a forma que o o imperador Constantino encontrou para aceitar a nova religião que surgia. Amados, não questiono (nem ousaria!) a santidade de Ana ou de muitos outros reverenciados pela igreja católica e aqui incluo também Maria, a santa prgenitora do filho de Deus. No entanto, eles são santos porque fizeram a vontade de Deus, o obedeceram e se purificaram no sangue de Jesus e dessa forma, devem servir de exemplos para nós, de modelos e NUNCA de motivo para adoração, que conforme nos ensina o primeiro mandamento, deve ser dirigida somente a Deus. Lembrados, sim, mas louvados não! Afinal de contas, eles foram, como nós, criados por Deus, sendo assim só o Criador merece toda a glória e honra. Maria, serva do Senhor, também necessitava de salvação e não deve ser vista como “mãe de Deus”, simplesmente porque Deus não tem mãe. Ele é Deus! Ela foi usada como instrumento para que o próprio Deus se encarnasse e através de sua morte nos salvasse. Maria não pode ser louvada, chamada de senhora e nem pode interceder porque “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.” (I Timóteo 2 : 5) e “Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.” (Isaías 42 : 8). Como criatura, ela não pode (nem nehum outro) nos ouvir pois não é onisciente ou onipresente, nem pode fazer milagres pois só Deus é onipotente. Há um argumento católico que diz que as imagens são como fotografias de pessoas amadas, mas nunca vi ninguém se prostrar diante de uma fotografia ou a ela pedir qualquer coisa pois se trata de um pedaço de papel assim como se tratam de gesso as esculturas de pessoas que já morreram e estão aguradando o fim dos tempos e o julgamento final. Se Deus proibiu é porque Ele sabe que, querendo ou não, as pessoas, na sua ignorância, acabariam por idolatrar os santos. Meus amados irmãos católicos, não me julguem por ter compilado essas passagens bíblicas e nem por ter tentado fazer o que eu acredito que qualquer um de vocês faria quando amamos nosso próximo. Evangélicos não podem e nem devem ter a pretensão de se acharem melhores que ninguém, porque NÂO somos! Isso NÂO é o que Jesus nos ensinou!! Mesmo porque, os nomes “evangélico ou crente” não garantirá o céu a ninguém, mas sim uma vida de santidade. Também não devem querer pregar o evangelho a força! “Não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o SENHOR dos Exércitos.” (Zacarias 4 : 6). Vamos nos amar mais e pregar o Amor! Amemos e adoremos somente a Deus (em espirito e em verdade) e amemos o nosso próximo como Ele nos amou! “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor;” (Hebreus 12 : 14). Jesus nos ama! Glória a Ele por isso!

    Curtir

    • Prezado leitor protestante:

      Era muito conceituado, em certa cidade, um professor que ensinava, havia 50 anos. As noções que ele ministrava sobre a matemática, a história, a geografia, a língua vernácula etc, as tinha recebido de outros mestres, ainda mais antigos e tão conceituados como ele, os quais por sua vez também já haviam aprendido de outros preceptores. Mas um dia apareceu um jovem aluno que se rebelou contra o ensino de seu mestre. Não lhe agradava o método usado naquelas aulas, nem concordava com o que nelas se aprendia. A seu ver, estava tudo errado. E resolveu abrir uma nova escola, em oposição à do velho e ministrando uma instrução completamente diversa. Mas todo o mundo notou logo que o ensino do jovem revolucionário era completamente desordenado: o moço titubeava, confundia-se, caía em evidentes contradições. Isto serviu para aumentar o prestígio do velho professor, que podia agora dizer com desdém de seu antagonista: vá estudar, menino, porque você ainda não está em condições para abrir uma escola!

      O grande navio, pertencente a uma antiga empresa de navegação, singrava os mares em demanda do seu destino, quando o velho comandante foi surpreendido pela revolta de muitos passageiros, que o procuravam para PROTESTAR. O navio, segundo eles diziam, estava seguindo uma direção completamente errada. Pois eles entendiam também de navegação… Embora lhes faltasse a longa experiência, tinham, no entanto em mãos o mesmo livro, os mesmos mapas que serviam de guia ao comandante e a seus auxiliares e tinham chegado à mesma conclusão de que estes estavam redondamente enganados. E diante da recusa do comandante a modificar sua rota, resolveram em nome da LIBERDADE, abandonar o navio, construir, eles próprios, suas embarcações e seguir o caminho que lhes parecia mais acertado. Boa sorte! – respondeu-lhes o comandante. Mas os passageiros que ficaram a bordo, que tinham confiança na velha empresa, no navio, naqueles que o dirigiam, nem tiveram tempo para ver surgir no seu espírito qualquer sombra de dúvida, porque logo observaram que aqueles que PROTESTARAM coalhavam o mar de barcos e barquinhos e barcaças de toda qualidade, mas cada um seguia um rumo diferente…

      Esta é precisamente a história do choque entre o Protestantismo e a Igreja Católica. Alguém que esteja de parte observando a luta doutrinária, sem ser nem de um lado nem de outro, ao ver a grita dos protestantes e o entusiasmo com que vivem a citar a Bíblia, pode ainda ficar com uma certa nuvem de dúvida no seu espírito sobre se a Igreja está mesmo em perfeito acordo com as Escrituras. Mas, se tiver o cuidado de ver os protestantes, como são, como divergem, como discutem, como titubeiam e se contradizem, verá aumentar aos seus olhos o prestígio da Igreja. Ela é o antigo mestre a rir-se dos ardores do jovem revolucionário ou como o velho comandante a achar graça na cegueira dos barqueiros improvisados. Sim, porque uma coisa está clara à vista de todos: dizer que alguém está errado é muito fácil, porque falar é fôlego e cada um tem o seu modo de pensar. Mas há também o reverso da medalha:QUEM ACUSA A OUTRO DE ESTAR EM ERRO, TEM A OBRIGAÇÃO DE MOSTRAR COMO É O CERTO. E é aí que se mostra com evidência todo o fracasso do Protestantismo.

      Prólogo do livro “Legítima Interpretação da Bíblia”. Lucio Navarro

      Curtir

  18. estou visitando esse portal e estou achando muito maravilhoso

    Curtir

  19. Sou carioca e Anapolis é a cidade natal de meu pai (que por sinal esta por ai até hoje e é bastante conhecido na cidade), qdo eu tinha meus 12 anos meu pai resolveu voltar para a terra dele e nos levou junto. Morei em Anapolis até 1962, fiz meu ginasial no Ginasio Santana que ficava atras da Matriz Sant’Ana, e tocava na fanfarra do colégio. Amava o ginásio as freira franciscana e também de fazer orações ao pés de Menino Jesus de Praga, uma imagem linda que ficava na igreja, do lado esquerdo de quem entra, perto do altar. Posso me lembrar do nome das Irmãs: Madre Conrado, Irmã Maria Ines, Irmã Aparecida(ensinava francês), Sister Jonh Berard(é uma irmã americana), porém não me lembro nunca de ter ouvido a historia da “criação da cidade” e nem de tão belo e comovente milagre.
    Sou apaixonada pela minha Igreja e minha fé, amo meu Jesus e por nada me afasto dele, podem tirar nossos simbolos das repartições mais não podem tirar o proprio Jesus dali porque Ele é presente em todos os lugares e isso é uma certeza de fé. Nossa religião tem UM PESO INSUPORTAVEL para os afastados dela, por ser forte e resistente a ataques de todas as especies. E é FORTE E RESISTENTE porque é VERDADEIRA e UNICA.
    Por fim gostaria de saber se o Ginásio ainda existe, o convento das irmãs e dos padres. Tomavamos conta de um quarteirão inteiro, ainda é assim? PAZ E BEM

    Curtir

    • Olá Irlândia

      Sou bem mais novo que você, nasci um ano antes de você ir embora da cidade, mas me batizei e crismei na Igreja Santana, por coicincidência também entrei para a RCC por acaso visitando o grupo da Igreja Santana, por fim me casei lá também, frequentei muitos anos aquela Paróquia, mas hoje estou participando de uma bem perto de minha casa.

      Estudei um ano no Colégio antesina Santana, mas não me lembro de ver irmãs por lá, acho que o colégio já não era mais dirigido por Freiras naquela época. O Colégio ficou alguns anos fechado, porque sua conservação estava péssima, mas depois fizeram uma reforma e ele voltou a funcionar e está lá ainda hoje firme e forte.

      A Igreja Santana só tem tres Padres, o convento principal ficou no São Francisco e a quantidade de Freis diminuiu bastante e foi alugado o Salão que era uma escola antigamente, hoje continua sendo escola, mas alugada, o pátio atrás da Igreja que era um gramado foi dividido e alugado para estacionamento e uma floricultura, a escola da frente da Av. Goiás foi toda dividida e alugada. Na verdade esta decisão foi tomada exatamente na seamana que me casei, fiquei afastado do grupo de jovens que ocupava o Salão que foi alugado por apenas duas semanas e quando voltei o grupo tinha sido despejado, o Frei Luiz na época me deu varias justificativas que não colaram nenhuma e um mes depois estava tudo alugado, afinal a despesa da Igreja era altíssima e eles não tinham de onde tirar dinheiro para pagar suas despesas.

      Nosso Grupo foi com mais de trezentos jovens na época direto para A Catedral do Bom Jesus, afinal eram apenas tres quarteirões acima e a grande maioria dos Jovens nem participavam da Paróquia de Santana assim como eu, mas no Bom Jesus, acabamos assumindo a missa das oito horas, que era na época a missa menos participada da cidade. me lembro muito bem que na nossa primeira missa na Catedral do Bom jesus não haviam mais que trinta pessoas sem contar é claro o nosso grupo que era bastante grande, mas que no princípio também não havia aderido ao compromisso por completo.

      Hoje, 28 anos depois esta missa é a mais participada da cidade, a mais animada e foi duplicada o tamanho da Igreja e mesmo assim não cabem a quantidade de pessoas que querem assistir missa aos domingos às oito horas, ou seja, nossa saída da Igreja Santana teve um propósito de Deus, hoje não estou mais lá, mas os jovens que nasceram depois desta época ainda assumem a missa em nome do Grupo.

      A Igreja Santana também foi reformada, mas ainda é a mesma de sempre, só o piso e o teto não são mais os mesmos, aqueles Santos das paredes também já haviam sido roubados desde quando eu entrei lá no grupo de jovens.

      Meu contato com a história da cidade se deu quando fui fazer um tarbalho sobre esta história, isto foi na minha oitava série ginasial, praticamente quatro anos após eu ter estudado lá na Santana. Antes disso, eu também nunca tinha ouvido falar sobre este assunto, mas esta história, não sei porque, me marcou muito.

      Hoje quando ligo os acontecimentos em minha vida no passado, a Igreja Santana tem um papel insubstituível, afinal tudo que eu tenho que se relaciona com Deus em minha vida veio por intermédio da Matriz de Santana.

      Neste dia de encontro de Casais no Ginásio, a trineta do fundador da cidade, estava com a estátua de Sant’Ana, “A famosa” que impacou a burrinha, eu nunca duvidei desta história, vi a imagem na não da mulher mas nem me liguei que poderia ser a original, que na verdade hoje fica guardada e escondida para não ser roubada outra véz. Ela olhou para mim e colocou a estátua em minhas mãos e perguntou, quanto pesa? eu não entendi de imediato e perguntei “O Que ?” e ela peguntou novamente, quanto pesa esta estatua? e eu disse… não mais que 500 gramas, e ela então disse que era a estátua original que havia pesado mais de 500 kilos e que ninguém conseguiu movê-la naquele dia e isto ocasionou a formação de nossa cidade.

      Este não é um fato isolado, aconteceu também no Perú um fato semelhante, entregaram uma imagem de Jesus por engano em uma capela pouco conhecida e no alto de um morro e quando descobriram o erro, não conseguiram mover a estátua do lugar e ela teve que ficar lá mesmo onde estava.

      Os evangélicos que hoje moram na cidade de Anápolis querem esquecer esta história, querem até mudar o nome da cidade, chegaram até apagá-la de seus livros de história dizendo não ter sido um fato relevante na formação da cidade, mas a verdade é que quando a burrinha empacou por aqui, não existia nenhum evangélico na caravana e só chegaram aqui muitos anos depois com o colégio Couto Magalhães e o Hospital Evangélico e hoje eles acham que são os fundadores da cidade e se esquecem que quando aqui chegaram já existiam por aqui um monte de Católicos fiés a Deus.

      Vou encerrar minhas históias por aqui, porque elas são um pouco longas.

      Venha nos visitar, afinal você também faz parte desta história.

      Foi um prazer compartilhar com você.

      Sizenando.

      Curtir

  20. GOSTEI MUITO DO ARTIGO QUE RELATA A HISTÓRIA DE ANÁPOLIS.
    PARABÉNS. É HONROSO CONHECERMOS A HISTÓRIO DE NOSSA CIDADE.

    Curtir

  21. Não podemos entender as coisa do alto, usado
    as Unidades Padrâo de Pesos e Medidas materiais, porque se
    assim fosse possivel, a física juntamente com a Quimica e a Matematica , Explicariam a existencia de – DEUS.
    Muito alem da nossa imaginaçao, está o entendimento de Deus. E muito mais perto de nós está – Deus. Nosso Senhor Jesus Cristo está presente na mais Infima Particula da Materia que o homem possa
    fragmentar. Afinal Ele É o CRIADOR de todas as coisas. Nossa FÉ Consiste em CRER .

    Resposta:

    Há quem diga que Deus não está presente nas coisas ou pártículas materiais, a não ser na hóstia consagrada, onde Ele está vivo em carne e sangue comprovadamente.

    Mas,a Bíblia diz que todas as coisas foram feitas por Ele e sem Ele nada foi feito, diz que é Nele que nos movemos e “SOMOS”, diz também que tudo veio a existir do “nada absoluto” e se estudarmos o que os cientistas descobriram, iremos ver que apesar de tantas fórmulas e leis energéticas, o universo não passa de um nada, principalmente porque não se sabe como o nada forma alguma coisa material, vemos então que só existimos graças a alguma força Divina que mantém a matéria existindo como existe hoje e existirá amanhã, mas creio eu, que os tais matemáticos, físicos, cientistas, por mais que estudem jamais conseguirão desvendar o segredo de nossa existência, principalmente se isolarem a fé e “DEUS” de suas formulas teóricas.

    DEUS SIMPLESMENTE É, E NÃO É MATÉRIA PARA QUE SEJA VISTO OU OUVIDO, EXISTE ANTES DE TODAS AS COISAS E NADA EXISTIRIA SEM ELE, JÁ QUE SEM DEUS NÃO EXISTIRIA E NÃO EXISTIRÁ UNIVERSO.

    ELE É ONISCIENTE E ONIPRESENTE, SABE TUDO E ESTÁ EM TODOS OS LUGARES AO MESMO TEMPO, NÃO É LIMITADO POR NENHUMA LEI NATURAL, TEMPO OU ESPAÇO. AFINAL ELE É O SENHOR DE TODAS AS COISAS, VISÍVEIS E INVISÍVEIS.

    JESUS TE AMA.

    Curtir

  22. Meus amigos, irmãos católicos.
    Eu sou devoto de Nossa Senhora Santana, natural de Augusto Severo/RN, mas resido em Cruz/CE, há muito tempo. Eu acho que os protestantes, mesmo sendo sabido que se trata de uma religião inventada pelo homem e não fundada por Jesus, como é o caso da Igreja Católica, deveriam praticar sua religião sem se preocuparem com os católicos e suas imagens. Ora, cada religião tem seus dogmas, suas regras e exigências e cabe a cada cidadão praticar a sua religião e deixar que os seguidores de outras religiões vivam em paz. Tem que acabar com esta história de protestante querer mandar na religião dos outros. Hoje, em dia, não se pode mais ensinar o catolicismo nas escolas porque uma minoria de protestantes não aceita, não se pode colocar uma imagem em uma repartição pública porque os protestantes não querem, não se pode abrir uma reunião com uma oração porque pode ter um protestante presente. Eu pergunto: onde está a liberdade de culto citada na nossa Constituição Federal? Existem tantas religiões no Brasil e no mundo sendo praticadas sem a interferência de outras religiões. Por que esta dos protestantes quererem manar nas outras. Diz um velho ditado que quem arruma a acasa dos outros deixa a sua desarrumada. Isto não é bom. Com o aumento do número de praticantes do protestantismo é possível que, no futuro, venha ocorrer um conflito mais sério entre católicos e protestantes. Que os protestantes pratiquem as suas religiões mas deixem os Católicos em Paz. Pelo menos esta é a minha opinião. Salve Santana Gloriosa!

    Curtir

    • CARO AMIGO ANTONIO

      Você tem razão, muita coisa que certos protestantes dizem não passam de provocação inútil e barata e a maioria delas é dirigida por pessoas recem convertidas que não conhecem nada de Igreja, nem mesmo da sua própria, muito menos da história de 2009 anos da Igreja fundada por Cristo.

      Tem protestante que nem sabe que Martinho Lutero é que fundou sua Igreja no Século XV, e sabe muito menos que ele jamais falou uma palavra contra Maria, nem mesmo sobre Imagens tão drásticamente como se fala hoje.

      Tanto é que na Europa existem Igrejas Luteranas que exibem imagens, inclusive imagens de Maria.

      Por que então certos brasileiros “protestante” agridem nossa Igreja sem motivo, já que começaram com isso a pouco tempo.

      Tenho aqui em meu blog registrado fotografias tiradas diretamente de Genebra Suiça, onde estão expostas diversas imagens confeccionadas por protestantes, muitas delas estão expostas nas ruas e outras em museus, para quem duvida dê uma olhadinha, estas estátuas foram feitas em homenagem aos reformadores quando completaram 400 anos, e agora quando completam 500 anos nem querem tocar mais no assunto, ou seja em 100 anos de história mudaram completamente a forma de pensar e ensinar aquilo que a Igreja Católica vive a 2009 anos de Doutrina, desde o início da Igreja em Pentecostes.

      veja as fotos = Genebra – Suiça – parede dos Reformadores.
      https://presentepravoce.wordpress.com/2009/05/06/ginebra-pared-de-los-reformadores/

      Quanto a guerras e violência já aconteceram muito na Europa e muitos morreram por causa destas diferenças, mas hoje a Igreja Católica luta pela reunificação para evitas tantas heresias que surgem em nome de Deus de igrejolas sem denominação e ou submissão a uma hierarquia que tenha “VERDADEIRO ZÊLO” pela verdade.

      Paz de Jesus

      Curtir

  23. Mas, tipo como eu posso ter certesa disso?

    Resposta:

    Cara Madalena

    Isto que está escrito, é história e não lenda.
    Aconteceu com muitas testemunhas presentes, foram muitos os homens que tentaram levantar a estátua que não passa de 200 grs e não conseguiram, só depois que a Estátua ficou no local é que a tropa seguiu viagem, um outro acontecimento semelhante no Peru também está escrito aqui, porque queira ou não, muitas cidades começaram em torno de Igrejas aqui neste país e todas eram Católicas já que os protestantes começaram sua expansão e missões muitos anos depois, e só chegaram aqui em nossa Cidade bem mais tarde, e hoje escrevem verso~es oficiais em livros onde omitem esta verdade, apenas com o intuito de se fazer crer que uma verdade é uma lenda.

    Todos podem crer, porque não ?
    É um testemunho verdadeiro !

    Jesus te ama.

    Curtir

  24. Esses evangélicos não passam de uns hipócritas que vivem a se esconder atrás da Bíblia se dizendo entendedores da Palavra de Deus. Mandem esses oportunistas fundarem uma cidade só para eles e veremos qual o progresso vai existir lá.

    Curtir

  25. […] de souza … em Oração de São Miguel A…presentepravoce em Milagre de Sant’Ana em A…ivone de figueiredo em Milagre de Sant’Ana em A…presentepravoce em A Inglaterra pirou […]

    Curtir

  26. SÓ GOSTARIA DE SABER PORQUE OS EVANGELICOS SE SENTEM TÃO INCOMODADOS POR UMA “LENDA”? SE É APENAS UMA LENDA , NÃO HÁ MOTIVOS PARA PREOCUPAÇÃO. AINDA QUE ELES (EVANGÉLICOS)SEJAM MAIORIA AÍ EM ANÁPOLIS CERTAMENTE NÃO SÃO DONOS DA CIDADE E DA VONTADE DA POPULAÇÃO.

    Curtir

    • Cara Ivone

      Em primeiro lugar os evangélicos aqui em Anápolis não são maioria e nem somos a cidade mais evangélica deste país como gostam de anunciar.

      A História de Sant’Ana não é uma Lenda, Afinal não faz tanto tempo assim que tais fatos aconteceram, a poucos dias se contou na Tv Globo um fato semelhante que aconteceu lá no Peru, levaram uma Estátua de “Jesus da boa Morte” para uma capela no alto de uma Montanha, só que a tal imagem era para ter sido levada para outra Igreja Maior.

      Ao verem o erro cometido, resolveram transportar a imagem de volta para o lugar certo, mas a imagem pesava tanto que não a conseguiram mover do lugar, idêntico ao Fato acontecido aqui. e lá naquele lugar onde ela ficou passou a ser um local de peregrinação, e era uma capela isolada, formou-se também uma cidade em torno dela.

      Não se sabe porque Deus toma estas iniciativas, e porque ele usa de uma simples Imagem, mas o fato é real, mas os evangélicos não aceitam a possibilidade de Deus ter patrocinado tal coisa e ficam enfurecidos, porque são eles que decidem o que Deus faz ou não Faz.

      Fizeram o favor de editar uma nova história de nossa cidade e a divulgaram em vários jornais, omitindo propositalmente este fato verídico, depois se referem a ele como apenas uma lenda, mas na verdade naquela época não existia nenhum evangélico aqui, muitos anos depois foi que vieram os Prebiterianos, os mesmos que mudaram a história como se estivessem aqui desde o primeiro dia.

      Eu diria apenas que, se este fato lhes encomodava tanto, porque vieram morar aqui.

      Em Trindade Goiás, uma cidade que vive praticamente do turismo religioso Católico, existem várias estátuas de Santos nas praças da cidade, afinal de contas os Turistas que lá visitam são todos Católicos. mas os evangélicos da cidade resolveram protestar contra as imagens, pedindo para retirá-las das praças, isto já que eles moram na cidade e vivem do comércio da cidade que depende 70% dos Turistas Católicos, não seria muito mais fácil mudar logo de vez da cidade já que querem acabar com o motivo pelo qual os turistas lá visitam.
      O que sobraria da cidade sem os Católicos?
      Que comercio existiria ali sem os turistas ?

      É pura implicância mesmo, não aceitam que a Igreja Católica tenha 1500 anos a mais de existência neste mundo e que estamos bem mais fortes e estruturados do que eles.

      Jesus te ama.

      Curtir

Deixar um Comentério aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: