Um desafio de Fé!


Desafio_fé
Quem aceitará este desafio ?

Era um grande desafio participar da ultima aula do Professor de filosofia.

Este fato aconteceu na Universidade da Carolina do Sul, nos Estados Unidos da América a apenas alguns anos atrás.

Havia um professor de filosofia que era um ateu convicto.

Sua meta principal sempre foi tomar um semestre inteiro para provar que DEUS não existia.

Os estudantes sempre tinham medo de argüi-lo por causa da sua lógica implacável.

Por 20 anos ensinou e mostrou que jamais haveria alguém que ousasse contrariá-lo, embora, às vezes surgisse alguém que o tentasse, nunca o venciam.

No final de todo semestre, no último dia, fazia a mesma pergunta à sua classe de 300 alunos:

– Se há alguém aqui que ainda acredita em Jesus, que fique de pé!

Em 20 anos ninguém ousou levantar-se.

Sabiam o que o professor faria em seguida. Diria:

– Porque qualquer um que acredita em Deus é um tolo! Se Deus existe impediria que este giz caísse ao chão e se quebrasse.

Esta simples questão provaria que Ele existe, mas, não pode fazer isso!

E todos os anos soltava o giz, que caia ao chão partindo-se em pedaços.

E todos os estudantes apenas ficavam quietos, vendo a DEMONSTRAÇÃO.

A maioria dos alunos pensavam que Deus poderia não existir. Certamente, havia alguns cristãos mas, todos tiveram muito medo de ficar de pé.

Bem… há alguns anos chegou a vez de um jovem cristão que tinha ouvido sobre a fama daquele professor.

O jovem estava com medo, mas, por 3 meses daquele semestre orou todas as manhãs, pedindo que tivesse coragem de se levantar, não importando o que o professor dissesse ou o que a classe pensasse.

Nada do que dissessem abalaria sua fé… ao menos era seu desejo.

Finalmente o dia chegou.



Giz_na_mão


O professor disse a famosa frase:

– Se há alguém aqui que ainda acredita em Jesus, que fique de pé!

O professor e os 300 alunos viram, atônitos, o rapaz levantar-se no fundo da sala.

O professor gritou:

– Você é um TOLO!!! Se Deus existe impedirá que este giz caia ao chão e se quebre!

E começou a erguer o braço, quando o giz escorregou entre seus dedos, deslizou pela camisa, por uma das pernas da calça, correu sobre o sapato e ao tocar no chão simplesmente rolou, sem se quebrar.

O queixo do professor caiu enquanto seu olhar, assustado, seguia o giz rolando ao chão.

Quando o giz parou de rolar levantou a cabeça… encarou o jovem e… saiu apressadamente da sala. O rapaz caminhou firmemente para a frente de seus colegas e, por meia hora, compartilhou sua fé em Jesus.

Os 300 estudantes ouviram, silenciosamente, sobre o amor de Deus por todos e sobre seu poder através de Jesus.


O_Alpinista

Um teste de Fé

Veja o texto em Power Point



Quem ficaria de pé ?


Quem aceitará este desafio ?


Era um grande desafio participar da ultima aula do Professor de filosofia.

Este fato aconteceu na Universidade da Carolina do Sul, nos Estados Unidos da América a apenas alguns anos atrás.

Havia um professor de filosofia que era um ateu convicto.

Sua meta principal sempre foi tomar um semestre inteiro para provar que DEUS não existia.

Os estudantes sempre tinham medo de argüi-lo por causa da sua lógica implacável.

Por 20 anos ensinou e mostrou que jamais haveria alguém que ousasse contrariá-lo, embora, às vezes surgisse alguém que o tentasse, nunca o venciam.

No final de todo semestre, no último dia, fazia a mesma pergunta à sua classe de 300 alunos:

– Se há alguém aqui que ainda acredita em Jesus, que fique de pé!

Em 20 anos ninguém ousou levantar-se.

Sabiam o que o professor faria em seguida. Diria:

– Porque qualquer um que acredita em Deus é um tolo! Se Deus existe impediria que este giz caísse ao chão e se quebrasse.

Esta simples questão provaria que Ele existe, mas, não pode fazer isso!

E todos os anos soltava o giz, que caia ao chão partindo-se em pedaços.

E todos os estudantes apenas ficavam quietos, vendo a DEMONSTRAÇÃO.

A maioria dos alunos pensavam que Deus poderia não existir. Certamente, havia alguns cristãos mas, todos tiveram muito medo de ficar de pé.

Bem… há alguns anos chegou a vez de um jovem cristão que tinha ouvido sobre a fama daquele professor.

O jovem estava com medo, mas, por 3 meses daquele semestre orou todas as manhãs, pedindo que tivesse coragem de se levantar, não importando o que o professor dissesse ou o que a classe pensasse.

Nada do que dissessem abalaria sua fé… ao menos era seu desejo.

Finalmente o dia chegou.



Giz_na_mão


O professor disse a famosa frase:

– Se há alguém aqui que ainda acredita em Jesus, que fique de pé!

O professor e os 300 alunos viram, atônitos, o rapaz levantar-se no fundo da sala.

O professor gritou:

– Você é um TOLO!!! Se Deus existe impedirá que este giz caia ao chão e se quebre!

E começou a erguer o braço, quando o giz escorregou entre seus dedos, deslizou pela camisa, por uma das pernas da calça, correu sobre o sapato e ao tocar no chão simplesmente rolou, sem se quebrar.

O queixo do professor caiu enquanto seu olhar, assustado, seguia o giz rolando ao chão.

Quando o giz parou de rolar levantou a cabeça… encarou o jovem e… saiu apressadamente da sala. O rapaz caminhou firmemente para a frente de seus colegas e, por meia hora, compartilhou sua fé em Jesus.

Os 300 estudantes ouviram, silenciosamente, sobre o amor de Deus por todos e sobre seu poder através de Jesus.


O_Alpinista

Um teste de Fé

Veja o texto em Power Point



As aparências enganam!

Este é o depoimento de uma monitora de adolescentes carentes que sofreram qualquer tipo de violência e ou privação doméstica, portanto cheios de problemas e frustrações pessoais, potencialmente causadores de problemas futuros de maior vulto.

Tudo começou quando ela viu o video de Susan Boyle sendo avacalhada em público devido a sua aparência humilde e descuidada, no final o mesmo publico a aplaudiu vigorosamente em sinal de reconhecimento de seu talento nato e praticamente lhe pedindo perdão por terem lhe julgado tão mal.

Poderíamos dizer que foi o sucesso mais alucinante que se conhece até hoje, em um segundo era totalmente desconhecida e no segundo seguinte seu nome se espalhou por todo o planeta e instantâneamente se tornou uma grande celebridade.

Ela não imaginava e nem estava preparada para isso, creio que nenhum de nós esteja e nem queira de verdade ser um tipo de celebridade que nem possa aparecer numa janela.

*obs. Não foram citados nomes, para preservação dos mesmos.

menina rosa

Você também tem julgado o livro pela capa?

Sabe, eu tenho vivido momentos tão ímpares com O Senhor… que nem mesmo a melhor faculdade do mundo poderia me ensinar… e a cada dia que passa, creio que a obra será – e já está sendo – tremeeeenda em minha vida!!!

Trabalho com crianças e adolescentes que sofreram algum tipo e violência… (qualquer tipo de violência… moral, doméstica… etc…); crianças que, com tão poucos anos de vida e já passaram – e ainda passam – por coisas tão terríveis…

Eu sempre fui muito observadora… procuro conversar com as pessoas e analizando-as o tempo todo… mania mesmo… e lá onde trabalho muitos olham e tratam aqueles jovens de maneira tão fria… olham para elas mas, não conseguem ver… olham o exterior… olham para o hoje delas… olham para a realidade delas… olham para a maneira como elas agem, afim de tão somente se defenderem… e permanecerem em segurança…

Um dia, ministrando uma de minhas aulas de teatro, uma adolecente se recusou a fazer minha aula… resistia a tudo que eu pedia para que fazesse… emburrada… tentando dispersar os demais alunos com seu jeito debochado de falar… a minha natureza humana queria mesmo era colocar aquela menina petulante para fora da sala… não conseguia dar aula devido aos seus “caprichos”.

Imediatamente, O Espírito Santo de Deus falou ao meu coração para que eu olhasse para ela como Ele a olhava… Ele não somente olhava, mas via tudo… então, mesmo ela agindo a aula toda daquele jeito, resolví deixá-la na liberdade e não cobrei mais nada dela… e ao mesmo tempo que eu ministrava a aula às demais colegas, eu a observava… e orava em espírito, para que Deus desse a mim sabedoria, já que Ele havia me advertido, para conversar com ela, no final da aula, com mais amor.

Faltando 10 minutos para o término da aula, dispensei a classe, ficando somente nós três: Eu, minha aluna e O Senhor.
.

Uma vida totalmente destroçada.

Uma vida totalmente destroçada.

.

Sentei com ela e comecei a falar o que Deus queria que eu falasse…

Perguntei, na linguagem dela, depois de algumas paavras:

“-…, o que está acontecendo com você?   Você é tão inteligente… tão esforçada… por que você não quer fazer as minhas aulas hoje… estou triste com você… o problema é comigo?”

“-Não, professora”

“-O problema é com a direção da escola?”

“-…Nâo, profesora”

“-É comigo mesma !”   e… (…silêncio…)

De repente, ela começou a chorar e tentando falar, em meio aos soluços, ela disse que sua mãe estava presa… e que o policial não havia liberado sua mãe para ficar com ela e seus irmãos, já que no próximo domingo seria o dia das mães… (conversavamos numa quarta-feira).

Então, Deus começou a colocar as palavras em meu coração… e com muito cuidado, comecei a falar-lhe… ela chorava muito e eu, como boa chorona que sou, me segurei – só Deus para me ajudar, viu – para não chorar junto com ela…

Foi difícil, porque não temos tanta liberdade para falar de Jesus alí;´”regras da empresa”… mas, com toda a sabedoria vinda do Senhor Jesus, pude falar a ela o quanto Deus a amava… que Ele estava cuidando dela, mesmo nos momentos de tristeza que ela passara. Que Jesus a amava muito e que tinha um plano lindo na sua vida… enfim… O Senhor falou alí… e eu me calei… glória a Deus!

Depois, fizemos uma oração… pedindo a Deus que cuidasse sempre dela… e cuidasse e trabalhasse na vida de sua mãe, que estava presa.

No término da oração, “…” ela se acalmou, como se nada tivesse acontecido… voltou a ser aquela menina meiga e esperta de antes…

3621028784_e648cbe896_o[1]


Disse que ela era muito especial para Deus… para mim também… e que eu a amava muito! Ela me deu um grande abraço (daqueles de quebrar costelas, sabe?)

Eu sabia que a realidade lá seria beeem diferente daquele momento de oração… eu sabia que ela voltaria para a sua realidade… mas, desta vez, diferente… ela voltaria com O Senhor Jesus no coração…

Você pode estar no deserto… no meio da tempestade… no vale escuro… não importa… mas, se O Senhor estiver junto com você, estará tudo bem… mesmo que a realidade seja terrível… O Controle está lá… com vc… e eu orei assim… que O Controle… que Jesus!!! Estivesse com ela em todos os seus momentos… Principalmente os mais difíceis…

Que mesmo ela sendo tão novinha de idade, possa lembrar das palavras que O Senhor Jesus falou a ela… que, ao trazer à memória, possa injetar em si mesma, esperança…

Voltamos para o refeitório… com todas aquelas crianças… e adolescentes… eu observava cada uma delas… e observava também cada professor… monitor… como eram tratadas… como eles as olhavam…

Quem sabe em seus pensamentos: “Essas crianças não tem nenhum futuro promissor… não tem jeito para elas… serão sempre isso que são”.

Mas, Jesus não… Ele não só olha… Ele vê! E sonda… e sabe ir na raíz do problema… e tem o consolo… a resposta… a alegria… a paz…

Aleluia!

Confesso que entrei no banheiro pra chorar… para pedir perdão a Deus por muitas vezes ser tão insensível a voz de d’Ele… por ser como todo mundo, muitas das vezes, quando Deus me escolheu para fazer a diferença… e fazer a diferença não é só louvando… no meio de muita gente não… ou pregando para multidões… é nestas horas alí… nos bastidores… quando ninguém vê… sendo sensível a Deus e estar no centro de Sua vontade… e por ser mais grata a Deus pelo seu cuidado… por ter visto a minha condição, escravisada neste mundão… e ter dado a mim o direito de ser filha!!! Sua filha…

E pra cada uma daquelas crianças e adolescentes dalí, Deus tem um plano lindo… tenho orado assim… profetizado em suas vidas…

Estava vendo este vídeo acima… o mundo… até mesmo aqueles que acreditam em Deus olham, mas não vêm…

Quem poderia adivinhar o tamanho talento daquela mulher? Que voz… que dom… uma pérola, num vaso beeem rústico de barro… Mas que continha o oléo precioso…

Desde o começo do vídeo, a platéia zombava indiscretamente… e até mesmo os jurados não davam nada por ela… uma pessoa que mal sabia dizer de onde vinha… com 47 anos… sem uma aparência de se admirar…

(Não sei se Susan Boyle ganhou o primeiro lugar… não pude acompanhar …)… pena que só ficou  em segundo depois de terem criado a falsa expectativa de vitória certa…

Eu, em determinado site, fui abordada de maneira semelhante… algumas pessoas haviam falado que, olhando minhas fotos, eu parecia isso e mais isso… e mesmo eu falando que as aparências enganam, as pessoas insistiram nos julgamentos… isso me aborreceu muito… e fiquei até um pouco triste… (Pensei:”Como pode uma pessoa te julgar e já condenar, pela sua aparência… pelo seu cabelo… como pode? Como?”) mas, depois me refiz… afinal, Deus nos conhece… (Fico feliz por ter sido canal de benção nas vidas de alguns deles… O próprio Deus nos justifica…)

Deus te conhece… Eu e você somos o que a Bíblia diz quem somos… até o inimigo sabe quem somos… só nós, muitas das vezes, nos esquecemos quem somos… que bom que O Espírito Santo sempre nos lembra o que e quem somos… vencedores em Cristo Jesus… meninas dos olhos de Deus… eleitos!! Escolhidos!!! E mesmo que o mundo… sua família… seus amigos… te olhem apenas, Jesus sempre vai ver… o quanto somos especiais… e preciosos … porque eu e você, custamos um preço muito alto!!!

Preço de sangue!

Que Deus te abençoe… que Ele possa ser cada vez maior na tuda vida… que você seja mas e mais sensível a Sua voz… à Sua vontade Santa… que você não apenas olhe, mas veja com os olhos do Senhor…

Para meditação João 9 – 1 ao 9

*obs. Não foram citados os nomes, para preservação dos mesmos..

3621028784_e648cbe896_o[1].

Estou editando um outro Post, que se trata exatamente deste assunto, por isso estou publicando este depoimento que encontrei em Menina Rosa http://www.flickr.com/photos/meninarosabyrosaalberti/3619537657/

que é um testemunho real da situação descrita e exemplifica a atitude correta de alguém que se propõe a ser aquilo para o qual Deus lhe chamou.

Mascaras

.


http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/dons-do-espirito.jpg FOI DEUS O ALPINISTA EXTRAORDINÁRIO.

http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/aguia.jpg O Buda de Ouro