Já fez seu presépio?


.



O que é Presépio?

Sua origem e Significado.




“E deu à luz seu filho primogênito, e, envolvendo-o em faixas, reclinou-o num presépio; porque não havia lugar para eles na hospedaria.*

8. Havia nos arredores uns pastores, que vigiavam e guardavam seu rebanho nos campos durante as vigílias da noite. 9. Um anjo do Senhor apareceu-lhes e a glória do Senhor refulgiu ao redor deles, e tiveram grande temor. 10. O anjo disse-lhes: “Não temais, eis que vos anuncio uma Boa-Nova que será alegria para todo o povo: 11. hoje vos nasceu na Cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor. 12. Isto vos servirá de sinal: achareis um recém-nascido envolto em faixas e posto numa manjedoura”. 13. E subitamente ao anjo se juntou uma multidão do exército celeste, que louvava a Deus e dizia: 14. “Glória a Deus no mais alto dos céus e na terra paz aos homens, objetos da benevolência (divina).”* 15. Depois que os anjos os deixaram e voltaram para o céu, falaram os pastores uns com os outros: “Vamos até Belém e vejamos o que se realizou e o que o Senhor nos manifestou”. 16. Foram com grande pressa e acharam Maria e José, e o menino deitado na manjedoura. 17. Vendo-o, contaram o que se lhes havia dito a respeito deste menino. 18.Todos os que os ouviam admiravam-se das coisas que lhes contavam os pastores. 19. Maria conservava todas essas palavras, meditando-as no seu coração. 20. Voltaram os pastores, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, e que estava de acordo com o que lhes fora dito.” 
São Lucas, 2 – Bíblia Católica Online







É Bastante tradicional, no período natalino em todo lugar há sempre um presépio representando o nascimento do Menino Jesus na manjedoura. Pode ser Vivo ou representado por pinturas estatuas grandes, pequenas ou até mesmo, minúsculas.

Mas, afinal, o que é um presépio e qual sua origem?

Originalmente a palavra presépio significa manjedoura em hebreu, é também o lugar onde se recolhe o gado, o estábulo ou curral. E, foi em um lugar assim, que José e Maria se abrigaram para dar a luz ao menino.

De lá para cá é muito comum as pessoas fazerem representações em torno do nascimento de Jesus através das imagens feitas em barro. Dizem que quem teve esta ideia e fez o primeiro presépio foi São Francisco de Assis. Por assim dizer os animais não seriam incluídos na cena tradicional, mas São Francisco achou por bem representar todos os personagens que são citados na anunciação do Anjo aos Pastores do campo e aos Reis Magos que chegaram logo a seguir.  Depois disso as igrejas e conventos passaram a fazer a representação desta maneira. Muitas são verdadeiras obras de arte.

O presépio inclui outras figuras além de Maria, José e o Menino Jesus. São elas o burro, boi, ovelhas, anjos, pastores, os três reis Magos e, claro, a estrela de Belém.

Já pensou em fazer o seu?



Você pode desenhar no papel, recortar, colar e montar como quiser. Use a criatividade!



Feliz Natal a todos os nossos amiguinhos, que Jesus possa nascer em nossos corações.



Link’s sobre o Advento




Link’s para outras mensagens



VEJA ALGUNS DESENHOS ORIGINAIS DOS AMIGUINHOSDEDEUS.

https://www.amiguinhosdedeus.com/2014/12/jesus-o-nosso-maior-presente-de-natal.html

 



MENSAGENS EM POWER POINT NO SLAIDSHARE


Para melhor aproveitar os efeitos, baixe o slaid.



NOVO


Advento em Quadrinhos no Slideshare.



Jesus Jesus



Bênção da Árvore de Natal em família.





Em muitas famílias, costuma-se colocar a árvore de Natal em um lugar visível da casa e enfeitá-la com luzes, estrelas e presentes. Mas, o que significa para um cristão preparar sua árvore?

Conheça a mensagem que traz este símbolo e como abençoá-lo em família.

ÁRVORE nos traz à memória a árvore do Paraíso (cf. Gn 2,9-17) de cujo fruto comeram Adão e Eva, desobedecendo a Deus. A árvore, então, nos lembra a origem de nossa desgraça: o pecado. Também nos recorda que o menino que vai nascer de Santa Maria é o Messias prometido que vem nos trazer o dom da reconciliação.

AS LUZES nos recordam que o Senhor Jesus é a luz do mundo que ilumina nossas vidas, nos tirando das trevas do pecado e nos guiando em nosso peregrinar para a Casa do Pai.

ESTRELA. Em Belém, há mais de dois mil anos, uma estrela se deteve sobre o lugar onde estava o Menino Jesus, com Maria e José. Este acontecimento gerou uma grande alegria nos Reis Magos (Cf. Mt 2, 9-10), quando viram este sinal. Também hoje, uma estrela coroa nossa árvore nos recordando que o acontecimento do nascimento de Jesus trouxe a verdadeira alegria a nossas vidas.

OS PRESENTES colocados aos pés da árvore simbolizam aqueles dons com os quais os Reis Magos adoraram o Menino Deus. Além disso, recordam-nos que Deus Pai tanto amou o mundo que entregou (como um presente) seu único Filho para que todo o que Nele crer tenha vida eterna.

Bênção da Árvore de Natal

Todos (fazendo o sinal da Cruz):Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

O pai da família: Bendito seja Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que do alto do céu nos abençoou com toda a bênção espiritual em Cristo.

Todos: Bendito seja o Senhor pelos séculos. Amém.

LEITURA

(Um dos presentes, lê o seguinte texto da Sagrada Escritura)

Escutemos com atenção a leitura do profeta Isaías (Is 60,13):

“A glória do Líbano virá sobre ti, com o cipreste, o abeto e o pinheiro, para adornar o lugar do meu santuário, e mostrar a glória do trono em que me sento”.

ORAÇÃO DE BÊNÇÃO

(Em seguida o pai da família, com as mãos postas, diz a oração de bênção)

Oremos: Bendito seja, Senhor e nosso Pai, que nos concede recordar com fé, nestes dias de Natal, os mistérios do nascimento do Senhor Jesus. Conceda-nos a todos que adornamos esta árvore e a enfeitamos com luzes, com a alegria celebrar o Natal. Que possamos viver também à luz dos exemplos da vida plena de seu Filho e sermos enriquecidos com as virtudes que resplandecem em tua santa infância. A Ele a glória pelos séculos dos séculos.

Todos: Amém.

Todos (fazendo o sinal da Cruz): Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.


(ACI Digital). REDAÇÃO CENTRAL, 20 Dez. 15 / 06:00 am (ACI).Etiquetas: AdventoNatalpreparação para o natalÁrvore de Natal




Link’s para outras mensagens




A estrela de Belém.


Já está em cartaz o filme “A Estrela de Belém”

Aproveite o final de ano para assistir em família o filme sobre a história do Natal!



menino jesus 2


Com a chegada do Natal e as férias escolares, o novo filme cinema apresenta uma ótima opção de lazer e formação para toda família. Muitos filmes já foram produzidos com o intuito de contarem a história do Natal, contudo “a Estrela de Belém” é a primeira animação produzida com esse fim. O longa da Sony relata o nascimento do menino Jesus desde uma outra perspectiva: dos animais que compõe o presépio.

A história é conduzida por um burrinho chamado Bo, que sente-se sozinho e entediado com sua vida e resolve se aventurar em algo grande e tentar participar do desfile real. Com seu melhor amigo, Dave, uma pomba, Bo consegue fugir e ir atrás do que é grandioso.

Enquanto isso, o filme mostra Nossa Senhora em Nazaré, quando recebe a mensagem do anjo Gabriel de que daria à luz ao filho de Deus. Em seguida, aparece José, que recebe uma revelação do anjo em sonho sobre os grandes planos que Deus tem para eles. Maria então encontra Bo perdido e decide cuidar dele, apesar de ele preferir seguir seu objetivo inicial de participar da parada real.

José e Maria partem para Belém, para cumprir o censo determinado pelo Rei Herodes, deixando Bo em Nazaré. Enquanto isso, o burrinho presencia os soldados romanos invadirem a casa de José e Maria, decide ir atrás deles para avisar sobre o perigo que estão correndo. Nessa aventura até Belém, Dove e Bo fazem novos amigos, os camelos Felix, Cyrus e Deborah, cujos donos são os três reis magos.

Além de contar a “história mais bonita do mundo” de um modo divertido e acessível para as crianças, as cenas revelam a importância da oração, da reverência e da Graça para enfrentarmos as dificuldades que possam aparecer em nossa vida. Há cenas, por exemplo, que até os animais aprendem a rezar.

Apesar de não ser completamente fiel à história Bíblica, o filme é desenvolvido com muitas lições de vida, destaca virtudes de Nossa Senhora e São José e dá o devido destaque ao acontecimento que mudou o rumo da História, a chegada do Menino Deus.


star




Por Equipe Reginas



Link’s para outras mensagens




.

“NOITE FELIZ” não é apenas um simples desejo de Natal!


.


Foi a noite mais Feliz que o mundo já viu.


E é por isso que o nosso desejo é que esta noite seja eterna!


O DIA NO QUAL O “NOITE FELIZ” TROUXE PAZ À GUERRA

(assistam o vídeo).


Na noite de Natal de 1914, nas trincheiras da 1ª Guerra Mundial, os soldados alemães entoaram em sua língua o cântico “Noite Feliz”. Os ingleses, reconhecendo a melodia, responderam com a versão na sua língua: “Silent Night“. Depois da cantoria, um soldado alemão arriscou sair da trincheira para cumprimentar o inimigo. Um inglês fez a mesma coisa. Estabelecidas as tréguas, houve paz na terra entre os homens que poucas horas antes tentavam se matar uns aos outros.

Os inimigos comeram e beberam juntos. Trocaram lembranças. Um sacerdote inglês celebrou a Missa de Natal. Fizeram um jogo de futebol – os alemães venceram por 3 a 2.

Aqueles soldados perceberam que do outro lado estavam homens iguais a eles, criados por Deus, trazendo no coração mais vontade de amar do que de matar.

Infelizmente a Guerra não acabou ali. Mas aquelas tréguas no dia de Natal mostraram que o nascimento do Menino Jesus continua a despertar em nós o que há de mais verdadeiro e puro.







Feliz Natal a todos e que Jesus possa nascer em nossos corações.



Link’s para outras mensagens




MENSAGENS EM POWER POINT NO SLAIDSHARE


Para melhor aproveitar os efeitos, baixe o slaid.



NOVO


Jesus Jesus


Advento é Missão.


O Tempo do Advento

Com o tempo do Advento começa, na Igreja, um novo Ano Litúrgico, que tem início quatro semanas antes do Natal. Durante o novo ciclo litúrgico, que se inicia no dia 2 de dezembro – ano C, as reflexões terão por base o Evangelho segundo São Lucas. A liturgia do tempo do Advento apresenta-nos uma espiritualidade centrada na vinda do Senhor e sua espera: * recorda-nos a vinda do Senhor na carne (encarnação), dimensão histórica da salvação; * desperta-nos para a dimensão escatológica do mistério cristão; * nos insere na dimensão missionária da vinda de Cristo.

Vem Senhor Jesus!

Neste tempo de espera e esperança, a Igreja convida-nos a aprofundar na liturgia a mística da vigilância cristã, preparando-nos para a vinda do Senhor, na alegre expectativa, como uma noiva que se enfeita e se prepara para a chegada de seu Amado. “Maranata”! Vem, Senhor Jesus (1 Cor 16,22)!

A Palavra de Deus…

Nas Sagradas Escrituras, do Gênesis ao Apocalipse, Deus revela-nos “seu sonho” de restaurar, redimir e salvar todos os homens e mulheres, feitos à sua imagem e semelhança. Maria, com o seu SIM, concretizou o “sonho” de Deus de chegar a todos os homens e mulheres, de todos os tempos e raças, por meio de Seu Filho Jesus Cristo, o Missionário do Pai.

A Virgem do Advento:

O SIM d e Maria é compromisso com o “sonho” de Deus de salvar a todos e, por isso, ela está sempre a caminho, através dos séculos, em busca de seus filhos e filhas gerados na dor, aos pés da cruz (Jo 19,26). Maria, a Virgem do Advento, é o melhor exemplo para nós numa Igreja que quer viver a presença de Cristo no mundo de hoje (cf. Paulo VI – Carta apostólica sobre o culto à Virgem Maria – nº 4).

OUTROS TEMAS RELACIONADOS


JESUS, O NOSSO MAIOR PRESENTE DE NATAL.


.


DESENHOS

AMIGUINHO DE DEUS


HISTÓRIAS PREPARADAS E ILUSTRADAS PARA USO EM CATEQUESE AUXILIANDO E FACILITANDO A EVANGELIZAÇÃO DE CRIANÇAS.

Conheça o site: amiguinhodedeus.com



“14. Por isso, o próprio Senhor vos dará um sinal: uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamará EMANUEL ‘Deus Conos­co’.*”
(Isaías, 7,14) – Bíblia Católica Online




O Natal é a festa do nascimento do Filho de Deus, mais para muitos infelizmente a data não passa de um simples momento, e o importante é a troca de presentes. Mais nenhum presente será maior e nem melhor do que o AMOR de Deus por todos nós, que nos Deus seu único filho, por meio de nossa Mãezinha Maria.


“Pois Deus amou de tal forma o mundo, que entregou seu Filho único, para que todo o que nele acredita não morra, mas tenha a vida eterna. De fato Deus enviou seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, e sim para que o mundo seja salvo por meio dele.” (Jo 3,16-18)


Feliz Natal a todos os nossos amiguinhos, que Jesus possa nascer em nossos corações.





Link’s sobre o Advento




Link’s para outras mensagens



VEJA ALGUNS DESENHOS ORIGINAIS DOS AMIGUINHOSDEDEUS.

https://www.amiguinhosdedeus.com/2014/12/jesus-o-nosso-maior-presente-de-natal.html



MENSAGENS EM POWER POINT NO SLAIDSHARE


Para melhor aproveitar os efeitos, baixe o slaid.



NOVO


Advento em Quadrinhos no Slideshare.



Jesus Jesus



O Perfil Mariano na Igreja.


Tema do primeiro encontro da Semana da Família em 2017.




A Igreja

Quais são as dimensões fundamentais da Igreja? Ou, ainda, qual é o seu perfil e a sua natureza? Para responder a essas perguntas, o filósofo e teólogo suíço Hans Urs von Balthazar (1905-1988) estudou a vida das primeiras comunidades cristãs e nelas identificou quatro princípios que constituem a estrutura fundamental da Igreja: petrino, paulino, joanino e jacobita. Von Balthazar concluiu que a Igreja tem ainda um outro princípio, que abraça esses quatro: o princípio mariano. Segundo ele, este diz respeito à dimensão da Igreja que continua e faz ressoar o “Sim” de Maria, por ocasião da Anunciação: Eis a serva do Senhor!



Foto de: Arquivo Pessoal

Dom Murilo Krieger, sjc, é Arcebispo de São Salvador da Bahia e Primaz do Brasil e Vice-Presidente da CNBB


O princípio petrino é o mais conhecido; lembra a figura de Pedro. Referir-se a Pedro é direcionar o pensamento para a proclamação do “querigma” – isto é, o anúncio das verdades fundamentais da fé, como ele fez em Pentecostes (cf. At 2,14-36). Pedro nos lembra também o papel da autoridade e da hierarquia na vida da Igreja, e sua necessidade para o bem de todos.

paulino faz referência ao ardor missionário do apóstolo Paulo. Chamado por Cristo para pregar a Boa Nova aos pagãos, ele foi um evangelizador incansável. Sentindo-se profundamente amado pelo Senhor, Paulo proclamou: Ele me amou e se entregou a Deus por mim! (Gl 2,20). Como resposta a esse amor, o apóstolo percorreu países e fundou comunidades, enfrentou adversidades e foi preso. Esse apóstolo chama nossa atenção para a riqueza dos carismas na Igreja.

O princípio joanino refere-se a João, o discípulo predileto de Jesus, o evangelista que nos transmitiu o mandamento novo do Senhor: Amai-vos como eu vos amei! (Jo 15,12). Presente no Calvário e testemunha da crucifixão, João entendeu o que significa amar “como” Jesus ama. Tendo concluído que Deus é amor (1Jo 4,16), esse apóstolo tornou-se modelo dos que valorizam a vida consagrada.

jacobita refere-se ao apóstolo Tiago, que buscou a reconciliação entre os cristãos, os judeus e os pagãos (cf. At 15,13-21). Esse princípio representa a continuidade entre a Antiga e a Nova Aliança.

Cada um desses princípios permanece na Igreja.

O princípio mariano

O princípio mariano, por sua vez, direciona o nosso olhar para a Igreja da qual Maria é Mãe. Foi ela quem gerou aquele que é a Cabeça da Igreja; é ela quem une e articula os outros princípios; nela, os quatro princípios anteriores encontram a unidade.

Se cada um dos quatro primeiros princípios fosse absoluto ou abafasse os outros, seria uma perda para a Igreja. Dominando o elemento jacobita, baseado na importância da lei, acabaríamos nos tornando fundamentalistas, apegando-nos a determinada época da Igreja. Se o mesmo acontecesse com a dimensão petrina, a Igreja passaria a ser vista como uma mera organização. Caso prevalecesse o princípio paulino, seria considerado importante aquele que tivesse recebido carismas especiais. O domínio do princípio joanino faria com que valorizássemos a busca do amor como experiência mais importante.

Existe uma tensão permanente na vida da Igreja, pois esses quatro princípios precisam coexistir sem que um prevaleça sobre o outro. A missão de Maria é justamente ser o elo entre eles, garantindo-lhes permanente coexistência. É em torno de Maria que se articulam e se unem os diversos princípios da vida da Igreja, pois ela destaca a importância de cada um deles, na sua estrutura fundamental.

Aprender de Maria

Se o princípio mariano é aquele que une os demais, o que podemos aprender com Maria? Cada momento de sua vida nos dá uma lição: (1º momento) A Anunciação nos mostra o quanto a sua vida estava centrada no SENHOR: Eis aqui a serva do Senhor (Lc 1,38); (2º) Sua gravidez nos testemunha o quanto ela era disponível à vontade de Deus: Faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc 1,38); (3º) A visita a Isabel e o canto do Magnificat destacam sua prontidão diante dos sinais de Deus: ela foi às pressas às montanhas; (4º) O nascimento de Jesus revela sua capacidade de repartir o dom recebido: deu seu Filho aos pastores e aos magos; (5º) A apresentação de Jesus no Templo faz sobressair a fidelidade de Maria às determinações da Palavra do Senhor; (6º) Na fuga para o Egito ela nos ensina o papel do sofrimento na obra da Salvação; (7º) O reencontro de Jesus no Templo prova o senso de responsabilidade de Maria: Teu pai e eu te procurávamos, ansiosos! (Lc 3,48); (8º) As bodas de Caná destacam sua atenção ao outro; (9º) A participação de Maria na vida de Jesus nos ensina seu amor pelo Reino; (10º) A bênção que Maria recebeu por estar entre aqueles que “ouvem a palavra de Deus e a põem em prática” (Lc 11,28) nos recorda as bênçãos que o Senhor quer nos dar; (11º) A presença de Maria aos pés da cruz, onde esteve de pé, é um lembrete sobre a necessidade de completarmos em nossa carne o que falta à paixão de Cristo; (12º) A oração de Maria no Cenáculo, na novena de Pentecostes, faz sobressair sua abertura ao novo.

A espiritualidade das espiritualidades

Entende-se por espiritualidade uma vida conduzida pelo Espírito Santo. Para Von Balthasar, a espiritualidade das espiritualidades é a mariana. Cada cristão é chamado a “viver Maria”– isto é, a deixar Cristo transparecer em sua vida, a ponto de poder afirmar: Eu vivo, mas já não sou eu que vivo: é Cristo que vive em mim (Gl 2,20). Como a espiritualidade mariana consiste em deixar que Cristo se forme em nós, por obra do Espírito Santo, fica a pergunta: Poderia haver, na vida da Igreja, uma espiritualidade mais bela e importante?

Dom Murilo S.R. Krieger, scj, é Arcebispo de São Salvador da Bahia e Primaz do Brasil e Vice-Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)



Perfil Mariano na Igreja

Jesus funda a Igreja sobre três pilares:
1. A Palavra nos faz homens novos, porque a Palavra nos converte;

2. Os Sacramentos, realizam em nós a unidade com Cristo Jesus;

3. O Ministério: Jesus nos guia com seus carismas.

Esses pilares constituem a rocha, o PRINCIPIO PETRINO.

A Igreja se realiza plenamente somente se encontra em nós uma acolhida e uma resposta: este é o PRINCIPIO MARIANO.  Sem o “sim” de Maria não haveria Igreja.

Em que consiste a acolhida e a resposta de Maria?

1) O seu “FIAT” na Anunciação:
Maria deixa que o Verbo se encarne nela.
Também nós somos chamados a dizer o nosso “sim” pessoal a Maria. Isto, é para todos os batizados; todos são chamados à santidade. Como? Vivendo a Palavra; a palavra nos é dada como dom, mas cabe a mim viver a Palavra na vida; este é o principio mariano. Cabe a mim ser Maria.
Também os sacramentos (principio petrino) são dados como dons; mas, por exemplo, eu devo ser Eucaristia para os outros. Maria é o primeiro sacrário, mas Jesus não quer ficar fechado, deve ser doado.
Maria deu seu “sim” inteligente: aderiu à vontade de Deus.
A resposta de Maria se prolonga na história no nosso “sim” !

2) O seu “Fiat” aos pés da cruz: Não basta abrir-se ao agir de Deus, precisa abrir-se também aos outros.
O primeiro “sim” é o sim da ; o segundo “sim” é o sim da caridade na sua dilatação eclesial, que abraça a todos. Aos pés da cruz  Jesus é substituído por João. Maria se abre sem reservas aos outros, à nós, à inteira humanidade. Isto, é para ser vivido pela Igreja toda; é abertura radical aos outros. Entrar na lógica de dar a vida; Maria é o exemplo como discípula: fazer a experiência de gerar Jesus nos outros, através do amor mútuo: “amai-vos uns aos outros…”Amando, geramos Jesus! Jesus em nosso meio! Maria morre a Jesus na cruz e gera Jesus nos outros (João).

Tendo Maria como modelo, fazer nascer  a Igreja no amor recíproco, isto é dar a vida para os outros, suscitar a experiência de Deus nos outros.

A Igreja é Cristo existente como comunidade: Maria teve que perder Jesus para reencontrá-lo como comunidade.
A vida consagrada é ser Maria na caridade; dar a vida na comunidade; a Igreja é amor recíproco.

Maria e João, debaixo da cruz, formam a primeira célula da Igreja.
Vale mais quem ama mais!

ETAPAS DO PERFIL MARIANO:

O CAMINHO DE MARIA

Cada um de nós tem seu caminho pessoal com Deus, mas tem a “Via Mariae”!
Este é a atualização do evangelho:

1) A Anunciação: cada um de nós teve em sua vida uma anunciação; é importante percorrer novamente estes momentos de vocação. Tem também uma anunciação para uma chamada a viver a comunhão, viver a via do amor, da unidade; viver o amor recíproco 24 horas. Na vida temos muitosmomentos de anunciação. (Lc 1,26-38)

2) A  Visitação: Maria no Magnificat, canta a sua experiência de Deus. O magnificat é a obra de Deus em sua vida; entende o sentido, o fio de ouro com o qual Deus conduz a sua vida. Reler a vida e ver como nós somos construtores de comunhão. Aprendemos de Maria a agradecer  e a contar as maravilhas que Deus opera em nossa vida. (Lc 1,39-56)

3) O Nascimento de Jesus: vivendo o amor percebemos a graça de estabelecer a presença de Jesus em nosso meio. Amando tornamos presente Jesus em nosso meio! (Lc 2,1-7)

4) A fuga no Egito: precisa proteger o Menino Jesus. Sempre haverá obstáculos, pessoas que não nos compreendem, que gozam de nós… reforçar a presença de Jesus em nós e preservar a liberdade dentro de nós. (Mt 2,13-18)

5) Maria apresenta Jesus ao velho Simeão: este é também um anúncio para Maria: uma espada transpassará a tua alma! Depois do encontro com Cristo, quase sempre chega a cruz: Jesus crucificado, abandonado e ressuscitado é o caminho da comunhão. Com Maria, nos consagremos a Jesus como pessoa viva a ser seguida. Em cada divisão, dificuldade… está Ele! Ele é o esposo da alma!  (Lc 2,22-35)

6) Maria perde Jesus que permanece no templo entre os doutores: no começo sentimos ardor, entusiasmo… mas depois de um tempo Deus retira suas graças, parece ter perdido a DeusPorque fizeste isso? Tudo o que Deus nos dá som dons; agora é dada a você a possibilidade que sempre pode amar, sem ajudas, sem apoios… é para cavar em ti o amor genuíno, sincero, para não confundir os dons de Deus com o próprio Deus. Ele depois volta novamente! Todos podemos nos ajudar a reencontrar a Jesus! (Lc 2,41-50)

7) A Vida escondida em Nazareth: depois da Trindade, a unidade entre Maria e Jesus é a mais perfeita: é o espelho para a nossa unidade, para a nossa intimidade com Jesus. (Lc 2,51-52)

8) Maria segue Jesus na vida pública: Jesus cura, anuncia, opera. Estar com Jesus na construção da Igreja. Jesus está presente e forma em nós pequenas igrejas, curando os doentes. Construir células trinitárias: a comunhão me ajuda e perceber melhor o que Jesus me diz.

9) Maria aos pés da cruz: Maria perde Jesus sendo substituído por nós. Perde Jesus para cumprir a vontade de Deus e construir nós como filhos; perde Jesus que é substituído por cada um de nós; cumpre uma nova vontade de Deus: tomar João como filho. Juntamente com João Maria tornou-se a primeira célula da Igreja onde Jesus é presente. Jesus vive o abandono do Pai; Maria vive o abandono do Filho. Caminhemos tendo uma mão em Jesus crucificado e outra em Maria. (Jo 19, 25-27)

10) Maria no Cenáculo: Maria é a Rainha dos Apóstolos: é a nova maternidade universal! (At 2,1-12)

Fonte: www.santoeusebio.org.br/







10 Dicas para viver um melhor Advento e um Bom Natal.


Tempo de espera, oração e preparação para receber o Menino Deus no Natal.

ILLUSTRATION - Ein Mädchen hält ein entzündetes Streichholz vor vier brennenden Kerzen auf einem Adventskranz, aufgenommen am 25.11.2010 in Straubing (Niederbayern). Seit Mitte des 19. Jahrhunderts gibt es in Deutschland Adventskränze. Sie gelten als Symbol für die vorweihnachtliche Zeit. Foto: Armin Weigel dpa/lby
Natal_do_Senhor

Link’s para Assuntos Natalinos.

Pagina reservada para expor todos os temas com assuntos referentes ao Natal.


1. “Advento” é uma palavra de etimologia latina, que significa “vinda”.

2. O Advento é um tempo litúrgico composto pelas quatro semanas que precedem o Natal, como tempo de preparação para o nascimento do Senhor.

3. O Advento tem como cor litúrgica o roxo, que significa penitência e conversão – neste caso, unidas à esperança diante da iminente vinda do Senhor.

4. O Advento é um período privilegiado para os cristãos, já que somos convidados a recordar o passado, viver o presente e preparar o futuro.

5. O Advento é memória do mistério de graça do nascimento de Jesus Cristo. É memória na encarnação. É memória das maravilhas que Deus faz em favor dos homens. É memória da primeira vinda do Senhor. O Advento é história viva.

6. O Advento é um convite a viver o presente da nossa vida cristã e a experimentar e testemunhar a presença de Jesus Cristo entre nós, conosco, por nós. O Advento nos interpela a viver sempre vigiantes, caminhando pelos caminhos do Senhor em justiça e amor. É uma época de presença encarnada do cristão, quem, cada vez que faz o bem, reatualiza a encarnação e o nascimento de Jesus.

7. O Advento prepara e antecipa o futuro. É um convite a preparar a segunda e definitiva vinda de Jesus Cristo, já na majestade da sua glória. Ele virá como Senhor e como juiz. O Advento nos faz proclamar a fé em sua vinda gloriosa e nos ajuda a preparar-nos para ela. Este tempo já é vida futura, é Reino, é escatologia.

8. O Advento e tempo para a revisão da própria vida à luz da vida de Jesus Cristo, à luz das promessas bíblicas e messiânicas. É tempo para o exame de consciência continuado, arrependido e agradecido.

9. O Advento é projeção de vida nova, de conversão permanente, do céu novo e da terra nova, que só são alcançados com o nosso esforço, de cada dia e de cada ato.

10. O Advento é o tempo de Maria de Nazaré, que esperou, que confiou na palavra de Deus, que se deixou invadir por Ele e em quem floresceu e resplandeceu o Salvador do mundo.

(Artigo publicado originalmente pela Revista Ecclesia)

Fonte: Aleteia.org/pt/

VII concerto de natal2



FELIZ NATAL A TODOS !


cropped-presentepravoce_9000000_natal_82.jpg


Link’s para outras MensagensLink’s

Nascimento_Jesus_Infantil_wallcoo Qual o Melhor presente de Natal
Advento_2013 Onde_nasceu_Jesus


Magnificat – O Cântico de Maria!



Cântico de entrada para o tempo do advento:

Veja a Letra, Cifra e Musica:

Um Cântico que utiliza a letra Bíblica do Cântico entoado por Nossa Senhora ao receber o Anúncio da vinda do Messias o Filho de Deus nosso Salvador e Senhor.



magni[1]



Cântico De Maria (Magnificat)

Padre Marcelo Rossi

Manifestou o poder do seu braço.
Desconcertou os corações assoberbados.
Derrubou do trono os poderosos.
Exaltou os humildes.

Minha alma glorifica o Senhor.
Meu espírito exulta de alegria.
Em Deus, meu Salvador. (4X)
Meu espírito exulta.

Saciou os indigentes de bens.
Despediu os ricos de mãos vazias.
Acolheu a Israel, lembrado de sua misericórdia.
Conforme prometera a nossos pais.
Em favor da posteridade de Abraão.

Manifestou o poder do seu braço.
Desconcertou os corações assoberbados.
Derrubou do trono os poderosos.
Exaltou os humildes.

Minha alma glorifica o Senhor.
Meu espírito exulta de alegria.
Em Deus, meu Salvador. (4X)
Meu espírito exulta.

Saciou os indigentes de bens.
Despediu os ricos de mãos vazias.
Acolheu a Israel, lembrado de sua misericórdia.
Conforme prometera a nossos pais.
Em favor da posteridade de Abraão.


Nome da Musica

Cifra

Vídeo

Cântico de Maria!!! – (Magnificat)

Cifra_Violao Cifra_Violao


Cantico de Maria

Magnificat

http://www.cifraclub.com.br/padre-marcelo-rossi/cantico-de-maria/


Posições para violão no Cifra Club

https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/11/cifra-club-lk.jpg?w=313&h=117



 

II Versão – Magnificat Lc 1,46 – 55 – CD Salmos para celebrar Shalom


 

Como ser um “servo”

e Ministro da Música ?



Natal

Então se verá o Filho do Homem.



Cântico de entrada para o tempo do advento:

Veja a Letra, Cifra e Musica:



Jesus_nuvens



Então Se Verá

Vencedores Por Cristo

Compositor: Vencedores Por Cristo

Então se verá, o Filho do Homem

Vindo sobre as nuvens com poder e glória

Porque assim como um relâmpago

Que sai do oriente e se mostra no ocidente

Assim há de ser a vinda do Filho do Homem.

Então se verá, o Filho do Homem

Vindo sobre as nuvens com poder e glória

Porque assim como um relâmpago

Que sai do oriente e se mostra no ocidente

Assim há de ser a vinda do Filho do Homem.


Jesus_nuvens-1800x2880 ANGELI_Jesus_nas_nuvens

Então se verá cifra

Cifra para Violão – copiar e imprimir


Posições para violão no Cifra Club

https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/11/cifra-club-lk.jpg?w=313&h=117



 

 

Como ser um “servo”

e Ministro da Música ?



Natal

Sobe à Jerusalém.



Cântico de ofertório para o tempo do advento:

Veja a Letra, Cifra e Musica:



77530a42de69add3f84a15f6c61cfabdnova-jerusalem[1]



Sobe a Jerusalém, Virgem oferente sem igual

Vai apresenta ao Pai teu menino: luz

Que chegou o natal

E junto à sua cruz, quando Deus morreu fica de pé

Sim, Ele te salvou

Mas O ofereceste por nós com toda fé

Nós vamos renovar este sacrifício de Jesus:

Morte e ressurreição

Vida que brotou de sua oferta na cruz

Mãe, vem nos ensinar a fazer da vida uma oblação

Culto agradável a Deus

É fazer a oferta do próprio coração


4-oferendas-sobe-a-jerusalc3a9m[1]

CLICK E AMPLIE:

2020 HR
61802[1]

PARTITURA – CLICK E AMPLIE – COPIE PARA PARA IMPRIMIR



 

 

Como ser um “servo”

e Ministro da Música ?



Natal

Maria Descobre que está Grávida.


MAIS UMA POLÊMICA

ENVOLVENDO O NOME DE MARIA

A MÃE DE JESUS…


Uma Igreja Anglicana Progressista da Nova Zelândia “Auckland’s St. Matthew-in-the-City church” na campanha de preparação para o Natal deste ano resolveu divulgar um cartaz para demonstrar as dificuldades que a Mãe de Jesus teve que aceitar e superar quando decidiu se submeter como uma verdadeira serva à vontade de Deus.

Para atingir este objetivo resolveram retratar a situação de uma forma chocante e moderna colocando a Jovem Maria antes do casamento fazendo um teste de gravidez sozinha em secreto e descobrindo o que mais temia, estava realmente grávida.


Assim esta escrito no título da

pagina na Internet:

“Mary is in the Pink”

“MARIA ESTÁ NO ROSA”



ou seja:

“O TESTE DEU POSITIVO”


Mas a polêmica não está na realização de um teste de gravidez e sim na expressão de susto que a jovem da imagem demonstra ao descobrir que esta gravida, pode até ser que no mundo de hoje uma jovem adolescente na idade de Maria leve um grande susto depois de ter praticado sexo antes do casamento e descobesto de repente que seu futuro foi para o ralo.

Hoje a jovem é amparada pela lei dos homens com direito a pré natal e parto como qualquer mãe, não corre mais o risco de ser apedrejada além de muitas delas com o apoio dos próprios Pais recorrerem a métodos criminosos e anticristãos para resolverem o problema, mas o fato é que Maria mesmo sabendo da possibilidade de perder seu futuro, sua dignidade, ser abandonada pelo noivo, pelos Pais e até mesmo de ser apedrejada em praça pública ela assumiu tudo isso por submissão à vontade de Deus e à revelação de seu plano de Amor para a Humanidade, sendo assim, a gravidez de Maria foi assumida conscientemente por antecedência e não descoberta por acaso como resultado de um deslize e conseqüência de um pecado grave cometido.

De qualquer forma o Outdoor com a imagem polêmica trás à luz um assunto para se debater neste tempo de Advento, tanto no cuidado que os jovens de hoje precisam ter em suas manifestações de sexualidade praticando um namoro sério e dentro das normas Cristãs como também na meditação sobre a verdadeira vocação e aceitação da missão de Mãe do Salvador que a Virgem Maria assumiu na mais tenra flor de sua juventude.

Era o que pretendia o Cartaz que foi exposto em frente à Igreja, mas que provocou indignação e a revolta dos Católicos da cidade com toda razão, pois consideramos o cartaz uma afronta à dignidade da Mãe de Jesus e nossa Mãe.


Veja O Texto da Matéria Original.

Que não é assim tão polêmico e até bom por sinal.


Glynn Cardy & Clay Nelson
14 de dezembro de 2011 00:00:00

É real. O Natal é real. É sobre uma gravidez real, uma verdadeira mãe e uma criança real. Trata-se de verdadeira ansiedade, coragem e esperança.

Este cartaz retrata Maria, mãe de Jesus, olhando para um kit de teste de gravidez em casa, revelando que ela está grávida. Independentemente de qualquer premonição, que teria sido uma descoberta chocante. Maria era solteira, jovem e pobre. Esta gravidez iria moldar o seu futuro. Ela certamente não foi a primeira mulher nesta situação e nem será a última.

Tal como no passado é a nossa intenção de evitar o sentimental, banal e esperada para provocar o pensamento e conversação na comunidade. Este ano, esperamos fazê-lo com uma imagem e não palavras. Nós convidamos você a saber o que a legenda poderia ser.

Embora o faz de conta do Natal é agradável – com enfeites, Papai Noel, renas, e canções – também existem algumas realidades. Muitos em nossa sociedade estão sofrendo: alguns pela falta de dinheiro, alguns através de problemas de saúde, alguns por meio da violência, e alguns por outras dificuldades. A alegria do Natal é silenciada pela ansiedade.

Nesta temporada, vamos encorajar uns aos outros para serem generosos com aqueles que sofrem, para doar a estranhos, e para cuidar de todos – especialmente aqueles que menos têm. Como o primeiro “Papai Noel” “Santa Claus”, São Nicolau fez.

Convidamos todos os que celebram a temporada para manter estas diferentes vertentes de um verdadeiro Natal juntos: a ansiedade e alegria, sofrimento e da compaixão, Santa e Jesus.

www.stmatthews.org.nz


A intenção na verdade era acordar os jovens para a REALIDADE  e a gravidade da situação que Maria teve que assumir ao aceitar a sua missão, mas a expressão de susto posterior à descoberta da gravidez anularia completamente a opção de aceitação voluntária e consciente desta gravidez, gerando assim esta polêmica com toda a razão porque a imagem demonstra uma atitude totalmente inversa à verdadeira reação de Maria ao receber o anúncio do anjo Gabriel.

Católicos fazem manifestação na porta da Igreja contra o Outdoor

Reverendo acusa Católicos de vandalismo e destruição de seu cartaz.


A Silenciosa Mãe do Redentor

Anunciação



Na sua humildade, Maria nunca revelou o segredo de seu Filho e da maternidade divina. Mesmo suportando a humilhação sua e de seu Filho, nunca anunciou o mistério que dela brotou e nela se formou. Não tomou como afirmação pessoal proclamar que Deus a fizera Mãe do Altíssimo, do Filho de Deus.

Mãe silenciosa: ela guardava tudo em seu coração. Tanto por não querer revelar seu segredo, quanto por querer compreender melhor o segredo que de Deus recebera. Era humildade e também sabedoria, sabia de sua pequenez e de sua grandeza. Ninguém mais precisaria saber, pois o único importante era fazer tudo o que o Filho dissesse (cf. Jo 2,5).

A maternidade divina é por ela tão ocultada que os Evangelhos têm pudor em citá-la. Paulo apenas fala de “mulher” (Gl 4,4) que completou em si a plenitude dos tempos trazendo-nos o Filho eterno que ingressou no tempo pelo ventre de Maria, a todos dando-nos a dignidade de filhos de Deus.

No encontro com a prima Isabel, que lhe fala que João pulara no ventre ao sentir a presença do Filho nela, e por revelação agradece a visita da “Mãe do meu Senhor”, Maria esconde seu mistério proclamando a bondade de Deus que olhou para sua humilhação. E serve sua prima aquela que carrega o Senhor de todos.

Maria recebera um segredo de Deus Pai. Deus Pai reservou um segredo a Maria: sua carne não conheceria a corrupção de pecado que não cometera. O Filho reservara para sua Mãe o segredo da vida eterna, da qual participaria como primeira entre os mortais.

A carne que formara a Carne do Redentor foi transfigurada e assunta aos céus.

Fonte:  ASSUNÇÃO DA SILENCIOSA MÃE DO REDENTOR

Pe. José Artulino Besen 

Leia Também a sequencia do texto:

Nós não guardamos esse segredo

“Todas as gerações me proclamarão Bem aventurada”



https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/05/terco.jpg?w=130&h=120
MILAGRE DE LANCIANO

A história do Natal em quadrinhos Infantis.


A HISTÓRIA DO NATAL EM QUADRINHOS.


330947_20141111_1905352229

Imagens de Presépios.


feliz_natal_2016

Advento em quadrinhos


1. Advento. Advento é tempo de espera e de preparo .

2. Maria esperou tanto o nascimento do seu filho, o filho de Deus, o Salvador.

3. Deus esperou tanto pelo encontro pleno com a humanidade, sua criação, através de Jesus, seu filho enviado.

4. Advento é o tempo de quatro semanas que antecede o natal.

5. Quando nos preparamos espiritualmente para rememorar e celebrar a vinda do menino Jesus, a vinda de Deus criança, Deus humilde, Deus humano.

6. É o tempo reservado em nossa vida para parar e refletir, meditar, cantar e recontar a história do nascimento do menino Jesus.

7. É o tempo para pensar sobre o sentido da nossa vida, fé e esperança.

8. Esperamos renovação na vida pessoal, familiar, social, econômica… porque acreditamos no poder e na promessa de Deus, quando enviou seu filho ao mundo.

9. Deus se humanizou, tornou-se criança pequena e humilde, para encontrar acolhida em meio ao seu povo, e aproximar-se de maneira mais sublime de suas criaturas

10. É um tempo em que muitas luzes são acesas nas casas e ruas, revelando o grande desejo humano de luz ,

11. acendendo a sensibilidade e o desejo de que essa luz se transforme em vida abundante.

12. É um tempo em que as pessoas se sensibilizam, alegram-se, abrem-se à comunhão, ao amor e ao perdão.

13. Tempo em que Deus nos convida a buscar um lugar, a lutar por acolhida, como Maria e José que bateram de porta em porta.

14. Tempo de oferecer hospitalidade e acolhida ao semelhante. Hospitalidade e acolhida também de novos valores, pensamentos e referenciais; Acolher Deus, acolher paz, anular a violência, o medo e o rancor.

15. Que o tempo de advento nos prepare para voltarmos ao que é mais pleno e puro na vida desejada por Deus. Música : Ray Coniff- What child Fotos: http://www.wallcoo.com

16. Distribuído por: Presentepravoce 8:06:54 Link’s para outras Mensagens domingo, 30 de novembro de 2014











Advento(JG)

Outras Mensagem Natal – PPS


wallcoo.net

Free Wallpaper’s de alta

qualidade nos mais variados temas.


NOVO


Advento em Quadrinhos no Slideshare.



Jesus Jesus

Link’s para outras mensagens



Link’s sobre o Advento



 

Cantos para o Advento.


Que tipo de músicas deve-se cantar no Advento?


Canticos para o advento


Diácono Nelsinho Corrêa explica a importância desse tempo.

Advento é um tempo muito especial, aliás um tempo querido pelo Monsenhor Jonas, porque fala da vinda de Jesus.


Omite-se o Glória (hino de louvor). Ele é guardado para ser cantado na noite de Natal. Usa-se paramentos na cor roxa (estola, casula, toalhas do altar), criando uma expectativa da vinda do Senhor.

A própria palavra “advento”, quer dizer “preparação”. Todas as músicas devem ser, portanto, nessa linha de preparação do Deus que vem a nós através dos Sacramentos, mas vem também a nós na pessoa do irmão. Na pessoa necessitada de um auxílio, de um abraço, de uma atenção, de um prato de comida, um emprego, uma ajuda financeira… Essa é a atitude de vigilância.

Um exemplo de música clássica do Tempo do Advento é Vigia Esperando a Aurora. É uma música que pode ser cantada em todas as missas dessa ocasião.

Músicas nessa linha vão “cair muito bem” nesse tempo de vigilância, tempo de estar preparado para o Senhor que vem, e vem muitas vezes, de maneira inesperada, a qual devemos estar atentos, senão Ele passa e a gente não percebe. Pois nem sempre é fácil conhecer Jesus em uma pessoa deformada pelo pecado, pelo temperamento e pelo erro.


Diácono Nelsinho Corrêa
Comunidade Canção Nova



Sugestões de músicas para o Advento:


Depto de música da Canção Nova

Dá dicas para você, “Podemos tomar como ponto de partida a palavra “Advento”; este termo não significa ‘espera’, como poderia se supor, mas é a tradução da palavra grega parusia, que significa ‘presença’, ou melhor, ‘chegada’, quer dizer, presença começada.”                                                      Papa Bento XVI.



Karina Maria

(Ministério de Música CN e responsável do Coral CN)   traz dicas de cantos para o tempo do Advento. Confira:

Nas duas primeiras semanas do Advento, a liturgia nos leva a aprofundar a vinda do Senhor. Já na 3ª e 4ª semanas, aprofundaremos o mistério da encarnação. Outra observação importante é que não há hino de louvor neste tempo, salvo as festividades próprias da Igreja. Essas são algumas dicas que vão lhe ajudar na escolha das músicas. Mas vale a pena pesquisar, ler, aprofundar-se nesta riqueza da nossa Liturgia para exercer, ainda melhor, a sua missão.


Sugestão de cantos para o tempo do advento:


CÂNTICOS DE ENTRADA

Nome da Musica

Cifra

Vídeo

Então se verá o Filho do Homem

Cifra_Violao Cifra_Violao

Princípio e Fim

Cifra_Violao Cifra_Violao

Mas os que esperam no Senhor

Cifra_Violao Cifra_Violao

Vigia esperando a Aurora

Cifra_Violao Cifra_Violao

Ouve-se na terra um grito

Cifra_Violao Cifra_Violao

Por entre aclamações

Cifra_Violao Cifra_Violao

Preparai o Caminho

Cifra_Violao Cifra_Violao

Que santidade de vida 

Cifra_Violao Cifra_Violao

Luz do Advento

Cifra_Violao Cifra_Violao

A Luz vai Brilhar

Cifra_Violao Cifra_Violao

Luz do Advento

Cifra_Violao Cifra_Violao

Deus conosco Emanuel

Cifra_Violao Cifra_Violao

A 3ª e a 4ª semana do Advento vão nos falar sobre o mistério da Encarnação. Sugerimos:

O Senhor está pra chegar

Cifra_Violao Cifra_Violao

Cântico de Maria!!! – (Magnificat)

Cifra_Violao Cifra_Violao

CÂNTICOS DE OFERTÓRIO

Vou te oferecer a vida

Cifra_Violao Cifra_Violao

Sabes Senhor

Cifra_Violao Cifra_Violao

Minha vida tem sentido

Cifra_Violao Cifra_Violao

É Dom de Amor.

Cifra_Violao Cifra_Violao

Só em ti viver

Cifra_Violao Cifra_Violao

Ofertas singelas

Cifra_Violao Cifra_Violao

Venho Senhor oferecer

Cifra_Violao Cifra_Violao

E quando este Pão for levantado

Cifra_Violao Cifra_Violao

A mesa Santa que Preparamos  – Vídeo 2

Cifra_Violao Cifra_Violao

CÂNTICOS DE COMUNHÃO

Evite, neste momento, cantar músicas que falam da cruz, pois elas não estariam muito de acordo com este tempo litúrgico.

Vem, e eu mostrarei

Cifra_Violao Cifra_Violao

Venho Senhor, te Receber Agora

Cifra_Violao Cifra_Violao

Estás entre nós

Cifra_Violao Cifra_Violao

(Pão da Vida)

Cifra_Violao Cifra_Violao

Tudo passa

Cifra_Violao Cifra_Violao
Cifra_Violao Cifra_Violao
Cifra_Violao Cifra_Violao

És precioso para mim Senhor

Cifra_Violao Cifra_Violao

Vale a pena lembrar que dentro deste tempo teremos algumas comemorações da Igreja:

12/12 – Nossa Senhora de Guadalupe (Festa) – Escolha cantos de Nossa Senhora; neste dia pode-se cantar o Hino de Louvor (combine com o presidente da celebração)
13/12 – Santa Luzia (Memória)
14/12 – São João da Cruz (Memória)

“Que a santidade da minha vida apresse o Senhor e Ele logo virá!”

Visite o blog do Ministério de Música

Fonte:Canção Nova


Outras Sugestões por:

Grupo de Canto nossa Senhora Aparecida

Cantos para o Advento:


Para ver mais click em cima do texto e siga o Link :

Nome da Musica

Cifra

Vídeo

Senhor vem salvar teu povo

Cifra_Violao Cifra_Violao

Pão e vinho apresentamos com Louvor (Ofertório)

Cifra_Violao Cifra_Violao

Pão e Vinho – Cd Celebração (Ofertório)

Cifra_Violao Cifra_Violao

Perdoa o nosso desamor

(Ato Penitencial)

Cifra_Violao Cifra_Violao

PERDÃO SENHOR (Ato Penitencial)

Cifra_Violao Cifra_Violao

Vem ó Senhor com o teu povo caminhar

Cifra_Violao Cifra_Violao

As colinas vão ser abaixadas

Cifra_Violao Cifra_Violao

Coroa do Advento

Cifra_Violao Cifra_Violao

O Senhor está pra chegar

Cifra_Violao Cifra_Violao

Da cepa brotou a rama

Cifra_Violao Cifra_Violao

Oh, vem Senhor, não tardes mais

Cifra_Violao Cifra_Violao

Cristãos, vinde todos

Cifra_Violao Cifra_Violao

É Natal de Jesus

Cifra_Violao Cifra_Violao

Luz do Advento – Banda de Fátima

Cifra_Violao Cifra_Violao

Natal é vida que nasce

Cifra_Violao Cifra_Violao

Quero ver você não chorar

Cifra_Violao Cifra_Violao

Tempo de Esperança e de Viver – Pe. Zezinho

Cifra_Violao Cifra_Violao

CÂNTICOS PARA O NATAL

Noite Feliz

Cifra_Violao Cifra_Violao

Vinde Cristãos, vinde a porfia

Cifra_Violao Cifra_Violao

No Presépio pequenino

Cifra_Violao Cifra_Violao

Chegou a hora de sonhar de novo

Cifra_Violao Cifra_Violao

O Bem – Banda Canal da Graça

Cifra_Violao Cifra_Violao

Natal todo dia

Cifra_Violao Cifra_Violao

Sobe a Jerusalém

Cifra_Violao Cifra_Violao

Outras indicações por:

Mérito Cat: Com partituras

Cifra_Violao Cifra_Violao

OUTROS TEMAS RELACIONADOS


Natal