Preces ao Espírito Santo.



Preces ao Divino Espírito Santo.


DOM DO ESPÍRITO

Pai que dás o Espírito,
jamais recusas o Espírito Santo aos que te pedem;
porque és o primeiro a desejar que o recebamos.

Concede-nos este dom que resume e contém todos os outros,
este dom em que encerras todos os segredos
de teu amor, toda a generosidade de teus benefícios.

Este dom que é o próprio dom
de teu coração paternal, no qual te entregas a nós.

Este dom que nos traz tua vida mais íntima
para nos fazer viver dela,
este dom destinado a ampliar nosso coração
nas dimensões universais do teu,
este dom capaz de nos transformar de ponta a ponta,
de nos curar de nossas fraquezas e de nos divinizar.

Este dom de tua energia onipotente, indispensável
ao cumprimento da missão que nos confias,
este dom de tua felicidade, no fervor de amar,
pois que no Espírito nos vem ao mesmo tempo
o dom da alegria e a alegria da doação.

Senhor, que difundes o Espírito,
de teu seio correm fontes de água viva,
efusão do Espírito.

A glória da tua Ressurreição
é a irradiação do Espírito Santo
que se apoderou de toda a tua natureza humana,
e a glória da tua Ascensão é o poder que tens
de difundir o Espírito Santo no universo
para dele fazer teu Reino.

Todo o fruto de teu sacrifício redentor
consiste no dom do Espírito, que nos traz
o perdão dos pecados e a graça da filiação divina.

Cumula-nos deste Espírito para nos comunicar
toda a força de tua santidade e de teu amor.

Faze-o penetrar no íntimo de nós mesmos,
para que ele possa purificar-nos, espiritualizar-nos
e inflamar-nos.

Por teu Espírito, imprime em nossa alma
tua semelhança e forma-nos em tua mentalidade.

Por teu Espírito, comunica-nos tua doutrina
e faze-nos viver a totalidade do Evangelho.

Difunde teu Espírito com abundância
para que ele possa envolver-nos,
tomar-nos totalmente na sua caridade.

ESPÍRITO SANTO

Contemplar-te, é mergulhar o olhar no invisível,
em pleno mistério de Deus.

Não tens um semblante de Evangelho como o
Cristo, nem uma face de Pai; mesmo renunciando
a te imaginar um rosto, queremos aderir a ti
com todas as nossas forças.

Não tens um semblante porque és o fogo do amor
que reúne os semblantes do Pai e do Filho,
para não formar senão um só numa sublime fusão.
Vives nos semblantes de outrem,
como sua vida mais secreta,
e és tu que nos revelas o autêntico semblante do
Salvador, bem como o do Pai Celeste.
És abismo de profundidade, recôndito inexpugnável
e inexprimível, impossível de se representar
em traços delimitados.

Tu és o sopro que emana do Pai e do Filho
e que vem animar nosso espírito,
formar-nos uma feição espiritual.
Tu és a respiração de nossa alma,
o pensamento de nosso pensamento,
o impulso de nossa vontade, a força de nosso amor.

Tu és a vida divina que vem nos fazer viver o Cristo,
que invade nosso ser para transfigurá-lo.
Tu nos ultrapassas infinitamente e no entanto,
és tão íntimo a nós;
não resides num longínquo abstrato,
mas no concreto palpitante de nossa existência.
Contemplar-te, é deixar-nos tomar pela torrente
de um amor que transborda e se apossa de toda
a nossa pessoa humana.

VIRGEM MARIA, TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO

Tu acolheste o Espírito Santo
com a alma plenamente aberta;

tu o acolheste pela fé,
crendo na sua maravilhosa ação em teu seio;

tu o acolheste pelo abandono de teu ser,
entregando-te ao seu poder de amor;

tu o acolheste por uma colaboração ativa com ele
no amor da Encarnação redentora:

tu jamais deixaste de acolhê-lo durante tua vida,
escutando sua voz misteriosa
e seguindo suas sugestões.

Ensina-nos a recebê-lo com a mesma disposição
com que tu o acolheste.

Ajuda-nos a escutá-lo no segredo de nosso coração,
a acolher suas indicações e seus conselhos.

Mostra-nos o caminho da docilidade
a seu ensinamento, da cooperação na sua obra.

Como tu, quereríamos receber a plenitude do
Espírito Santo, nada perder de sua vinda a nós.

Estimula nosso desejo de aceitar tudo o que ele
nos quer dar, e comunica-nos tua alegria
em tudo deixar tomar pelo Espírito Santo,
de tudo deixar invadir pelo seu amor.

ESPÍRITO SANTO, NOSSO GUIA

Guia íntimo, tu não nos indicas somente
o exterior da vontade divina;
tu a traduzes para nós em um esclarecimento interior;
Ajuda-nos a acolher plenamente tuas diretivas.

Guia vigilante, tu nos inspiras a cada instante
o que devemos pensar e fazer: ensina-nos a responder
dócil e alegremente a todas as tuas sugestões.

Guia clarividente, tu nos conduzes segundo
o grandioso desígnio de Deus,
e organizas os detalhes de nossa existência
em função de largos horizontes: faze-nos aceitar
ser ultrapassados por tua sabedoria
e seguir simplesmente o caminho que nos traças.

Guia seguro e infalível, tu não podes errar
e nos engajas sempre numa rota ideal:
estimula nossa confiança em abandonar-nos
serenamente às tuas orientações.

Guia benévolo, consideras nossas fraquezas e
procuras fazer-nos reparar os nossos passos em
falso: faze-nos retomar coragem nos fracassos
apoiando-nos sobre tua solicitude amorosa.

Guia respeitador da nossa pessoa,
queres promover todas as nossas qualidades
pessoais e desabrochá-las:
incessantemente apelas para nossa liberdade
e responsabilidade: torna-nos mais dignos
da confiança que nos testemunhas.

Guia audacioso, desejas para nós uma vida maior
feita à medida de Deus: faze-nos entrar na tua
audácia para um desabrochamento do divino em nós.

ESPÍRITO DE UNIDADE

Tu em quem o Pai e o Filho são um,
faze que sejamos um como eles e neles.
Tu que exprimes a unidade da família divina,
vem assegurar a unidade da comunidade humana.

Desenvolve em todos os homens,
e mais especialmente entre os cristãos,
o desejo da unidade, e torna este desejo mais eficaz.

Reúne cada vez mais a humanidade na unidade
da verdade por uma melhor acolhida da Revelação
e pelo desenvolvimento de uma mesma fé.

Une os homens numa caridade mais sincera,
num respeito mútuo e numa colaboração mais generosa.
Afirma em nós a vontade de superar as desavenças,
e evitar a violência, os conflitos,
a opressão ou a exploração dos fracos.

Multiplica os contatos entre aqueles que
são separados pelo muro do ódio e da
desconfiança, e favorece uma estima recíproca
onde dominam o desacato e o desprezo.

Dispõe-nos a grandes esforços pessoais
em vista da unidade;
arranca-nos a nossos preconceitos malévolos
e abre-nos mais largamente à compreensão do outro.

Faze-nos descobrir mais claramente
as possibilidades e meios de união;
incita-nos a estimular as aproximações e as amizades.

Ajuda-nos a consentir em todos os sacrifícios
para uma unidade mais profunda de pensamentos
e de corações em torno de nós.
Do Livro “Preces ao Espírito Santo”, de J. Galot, S.J., Edições Paulinas/1981

ORAÇÃO À TRINDADE

“Eterno Deus onipotente,
justo e misericordioso,
concedei-nos a nós míseros
praticar por vossa causa
o que reconhecermos ser a vossa vontade
e querer sempre o que vos agrade,
a fim de que,
interiormente purificados, iluminados e abrasados
pelo fogo do Espírito Santo,
possamos seguir as pegadas de vosso Filho,
Nosso Senhor Jesus Cristo,
e por vossa graça unicamente
chegar até vós,
ó Altíssimo,
que em Trindade perfeita e Unidade simples
viveis e reinais na glória
como Deus onipotente
por toda a eternidade”
São Francisco de Assis – Carta a toda Ordem, 50-52

O Espírito, plenitude de todos os seres

Para o Espírito Santo se voltam
Aqueles que têm necessidade de santificação.
Para Ele se eleva o desejo
Dos que vivem procurando o bem
E estão como que refrescados pelo Seu sopro.
Ele é capaz de levar os homens à plenitude,

Pois ele próprio é plenitude.
Ele está em toda a parte,
Ele nos ilumina para descobrirmos a verdade.
Inacessível por natureza,
Ele se deixa compreender pela bondade.
Ele tudo enche,
está totalmente presente em cada ser.
Para Ele se elevam os corações,
os fracos são levados pela mão,
os que caminham ficam repletos.
É Ele que ilumina.
Basílio de Cesaréia, Século V

Fonte:

http://www.franciscanos.org.br/?p=18064


 

RCC ANÁPOLIS

 


 

 

E Assim foi Concebida a Renovação Carismática Catolica!

Beata Elena Guerra

(1835-1914)

“Apóstola  do Espírito Santo”

Veni Sancte Spiritus!

http://www.elenaguerra.com/img_eg/elena_guerra.gif

Elena Guerra nasceu em Lucca (Itália), no dia 23 de Junho de 1835. Viveu e cresceu em um clima familiar profundamente religioso. Durante uma longa enfermidade, se dedica à meditação da Palavra de Deus e ao estudo dos Padres da Igreja, o que determina seu orientamento da vida interior e de seu apostolado; primeiro na Associação das Amigas Espirituais, idealizada por ela mesma para promover entre as jovens a amizade em seu sentido cristão, e depois nas Filhas de Maria.

Em Abril de 1870, Elena participa de uma peregrinação pascal em Roma juntamente com seu pai, Antônio. Entre outros momentos marcantes, a visita às Catacumbas dos Mártires confirmam nela o desejo pela vida consagrada. Em 24 de Abril, assiste na Basílica de São Pedro a terceira sessão conciliar do Vaticano I, na qual vinha aprovada a Constituição “Dei Filius” sobre a Fé. A visita ao Papa Pio IX a comove de tal maneira que depois de algumas semanas, já em Lucca, no dia 23 de Junho, faz a oferta de toda a sua vida pelo Papa.

No ano de 1871, depois de uma grande noite escura, seguida de graças místicas particulares, Elena com um grupo de Amigas Espirituais e Filhas de Maria, dá início a uma nova experiência de vida religiosa comunitária, que em 1882 culminará na fundação da Congregação das Irmãs de Santa Zita, dedicada a educação cultural e religiosa da juventude. É neste período que Santa Gemma Galgani se tornará “sua aluna predileta”.

Elena Guerra

Elena Guerra - A Apóstola do Espírito Santo.

Em 1886, Elena sente o primeiro apelo interior a trabalhar de alguma forma para divulgar a Devoção ao Espírito Santo na Igreja. Para isto, escreve secretamente muitas vezes ao Papa Leão XIII, exortando-o a convidar “os cristãos modernos” a redescobrirem a vida segundo o Espírito; e o Papa, amavelmente solicitado pela mística Luquese, dirige à toda Igreja alguns documentos, que são como uma introdução a vida segundo o Espírito e que podem ser considerados também como o início do “retorno ao Espírito Santo” dos tempos atuais: A breve “Provida Matris Charitate” de 1895; a Encíclica “Divinum Illud Munus” em 1897 e a carta aos bispos “Ad fovendum in christiano populo”, de 1902.

Em Outubro de 1897, Elena é recebida em audiência por Leão XIII, que a encoraja a prosseguir o apostolado pela causa do Espírito Santo e autoriza também a sua Congregação a mudar de nome, para melhor qualificar o carisma próprio na Igreja: Oblatas do Espírito Santo.

Para Elena, a exortação do Papa é uma ordem, e se dedica ainda com maior empenho à causa do Espírito Santo, aprofundando assim, para si e para os outros, o verdadeiro sentido do “retorno ao Espírito Santo”: Será este o mandato da sua Congregação ao mundo.

Elena, em suas meditações com a Palavra de Deus, é profundamente impressionada e comovida por tudo o que acontece no Cenáculo histórico da Igreja Nascente: Ali, Jesus se oferece como vítima a Deus para a salvação dos homens; ali institui o Sacramento de Amor, a Eucaristia; ali, aparece aos seus discípulos depois da ressurreição e ali, enfim, manda de junto do Pai o Espírito Santo sobre a Igreja Nascente.

A Igreja é chamada a realizar os Mistérios do Cenáculo, Mistérios permanentes, e, portanto, o Mistério Pascal: A Igreja é, por isto, prolongamento do Cenáculo, e, analogamente, é ela mesma como um Cenáculo Espiritual Permanente.

É neste Cenáculo do Mistério Pascal, no qual o Senhor Ressuscitado reúne a comunidade sacerdotal real e profética, que também nós, e cada fiél em particular, fomos inseridos pelo Espírito mediante o Batismo e a Crisma, e capacitados a participar da Eucaristia, que é uma assembléia de confirmados, e, portanto, semelhante a primeira comunidade do Cenáculo depois da descida do Espírito Santo. É nesta prospectiva que Elena Guerra concebe e inicia o “Cenáculo Universal” como movimento de oração ao Espírito Santo.

Elena morreu no dia 11 de Abril de 1914, sábado santo, com o grande desejo no coração de ver “os cristãos modernos” tomando consciência da presença e da ação do Espírito Santo em suas vidas, condição indispensável para um verdadeiro “renovamento da face da terra”.

Elevada à honra dos altares em 26 de Abril de 1959, justamente o Papa a definiu “Apóstola do Espírito Santo dos tempos modernos”, assim como Santa Maria Madalena foi a apóstola da Ressurreição e Santa Maria Margarida Alacoque a apóstola do Sagrado Coração.

O carisma profético de Elena é ainda atual, visto que a única necessidade da Igreja e do Mundo é a renovação contínua de um perene e “Novo Pentecostes” que por fim “renove a face da terra”.

“A vinda do Espírito Santo

no Cenáculo, foi como o beijo da

reconciliação dadopor Deus à

humanidade redimida no

Sangue de Jesus”

(Elena Guerra)

Leão XIII

Divinum illud munus

sobre o Espírito Santo
1897.05.09

Semeando a cultura de Pentecostes


.

Orações ao Espírito Santo.




Oração ao Divino Espírito Santo.


(Cardeal Verdier).

Ó Espírito Santo,

Amor do Pai e do Filho!

Inspirai-me sempre aquilo que devo pensar, aquilo que devo dizer, como eu devo dizê-lo, aquilo que devo calar, aquilo que devo escrever, como eu devo agir, aquilo que devo fazer, para procurar a Vossa glória, o bem das almas e minha própria santificação.

Ó Jesus, toda a minha confiança está em Vós.

Ó Maria, Templo do Espírito Santo, ensinai-nos a sermos fiéis àquele que habita em nosso coração.

Amém!



Domingo_santíssima_Trindade_2015


Vinde, Espírito Santo, terníssimo Consolador. Minha alma suspira por Vós, meu coração tem sede de Vós. Só Vós podeis saciar os meus anseios, só Vós podeis fazer-me feliz. Divino Esposo, não rejeiteis a morada de meu pobre coração. Sim,

V. Meu coração é impuro,

R. Mas podeis purificá-lo.

V. Meu coração é tenebroso,

R. Mas podeis iluminá-lo.

V. Meu coração é mau,

R. Mas podeis saciá-lo de amor.

V. Meu coração é triste,

R. Mas podeis consolá-lo.

V. Meu coração é fraco,

R. Mas podeis fortalecê-lo.

V. Meu coração é frio,

R. Mas podeis abrasá-lo.

V. Meu coração é terreno,

R. Mas podeis enchê-lo de desejos celestiais.

V. Meu coração é pecador,

R. Mas podeis orná-lo de todas as virtudes.

V. Meu coração é inconstante,

R. Mas podeis torná-lo perseverante.

Vinde, pois, ó Espírito Santo, Pai dos pobres,

Vinde, inundai-me de Vosso amor!


Jesus Jesus


Oração ao Espírito Santo


Vinde Espírito Santo e mandai lá do céu um raio de vossa luz!

Vinde Pai dos pobres, distribuidor dos bens !

Vinde oh luz dos corações, doce hóspede e suave alegria das almas!

Vinde consolador ótimo, consolar os aflitos !

Vinde aliviar os trabalhos, temperar os ardores, enxugar as lágrimas !

Oh luz beatíssima, inflamai o íntimo dos corações de vossos fiéis!

Sem a vossa graça, nada há no homem, que possa ser inocente !

Lavai pois o que é sórdido, regai o que é seco, sarai o que está enfermo !

Abrandai o que é duro, abrasai o que é frio, reconduzi o desviado !

Concedei aos vossos servos, que em vós confiam o setenário de vossos dons !

Dai-lhes o mérito das virtudes, o dom da graça final e o glorioso prêmio dos prazeres eternos .

Amém!



Quero ser Batizado

no Espírito Santo?


Ele Vos Batizará com Fogo

E no Espírito Santo!



INVOCAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO


Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.

Oremos : Ó DEUS, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre de sua consolação. Por CRISTO, Senhor nosso. Amém!


Oração_de_invocação_ao_Espírito_Santo Oração_de_invocação_ao_Espírito_Santo_3 Oração_de_invocação_ao_Espírito_Santo_2 Oração_de_invocação_ao_Espírito_Santo_4


Pentecostes_Banner



Jesus Jesus


Oração para pedir

Os Dons do Espírito Santo

Senhor, enviai Vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a Face da Terra!


Senhor, que perscrutais todos os corações e conheceis todos os problemas, Espírito de Luz e de Amor, derramai sobre mim, eu vos suplico, a plenitude de vossos Dons.

Dai-me o Espírito de Sabedoria, que me faz ver as coisas, não de acordo com o julgamento deste mundo, mas de acordo com o Vosso.

Ó Senhor, que eu possa repetir, como Salomão: “Desde a minha infância eu amei a Sabedoria e a escolhi para minha companheira na vida.

Eu a preferi acima de tudo o que é mais esplêndido no mundo, e pensei que as riquezas nada eram comparadas com o preço de tamanha joia.

As coisas boas vieram por intermédio dela, e em todas as minhas dores e sofrimentos, ela sempre foi o meu consolo e a minha alegria”. (Prov. 8).

Dai-me também o Espírito de Inteligência, que me ilumina no conhecimento das Escrituras e das grandes Verdades Eternas.

A Fé e a Humildade são as virtudes que atraem o Espírito de Inteligência para a alma.

A Fé que nos submete para melhor compreendermos; a Humildade prontamente nos faz reconhecer nossa ignorância.

Dai-me o Espírito de Conselho, que ilumina o caminho para os Céus e evita que me perca como um viajante tolo que pega um caminho desconhecido sem um guia.

Dai-me o Espírito de Ciência, que me ensina que a ciência da Salvação é a única necessária, a única sem a qual nenhuma ciência humana se pode realizar.

Dai-me o Espírito de Força, que não me deixa tão fraco após o mínimo esforço, tão débil quando tenho que obedecer ao invés de fazer o que desejo, ou trabalhar quando não tenho o menor desejo de fazê-lo, que me dá força para conquistar a mim mesmo quando a Lei de Deus assim me ordena!

Dai-me o Espírito de Piedade, que dá ao meu coração uma atração filial para com o Pai e que me faz servi-lo com alegria e tranquilidade!

Dai-me o Espírito de Temor, temor filial que, combinado com o respeito e o amor, me faz evitar cuidadosamente tudo aquilo que possa desagradar a Deus, nosso Pai!

Ó Dons Preciosos, cuja excelência aprendi a conhecer, vede como minha alma clama por Vós com confiança e se Vos abre com Amor.

Santos Apóstolos, que no Dia de Pentecostes recebestes os Dons do Espírito Santo, concedei-nos, com algumas das mesmas graças, uma fidelidade similar à que era vossa, de modo que, acreditando naquilo que recebestes e transmitistes, praticando os vossos trabalhos, vivendo e morrendo com a Igreja que vós fundastes, possamos compartilhar convosco,   Ó Santos Apóstolos, a regozijadora recompensa dos Céus!

Que assim seja!                                      


Oração para pedir

Os Dons do Espírito Santo

Senhor, enviai Vosso Espírito

e tudo será criado 

e renovareis a Face da Terra!

Senhor, que perscrutais todos os corações e conheceis todos os problemas, Espírito de Luz e de Amor, derramai sobre mim, eu vos suplico, a plenitude de vossos Dons.

Dai-me o Espírito de Sabedoria, que me faz ver as coisas, não de acordo com o julgamento deste mundo, mas de acordo com o Vosso.

Ó Senhor, que eu possa repetir, como Salomão: “Desde a minha infância eu amei a Sabedoria e a escolhi para minha companheira na vida.

Eu a preferi acima de tudo o que é mais esplêndido no mundo, e pensei que as riquezas nada eram comparadas com o preço de tamanha joia.

Todas as coisas boas vieram por intermédio dela, e em todas as minhas dores e sofrimentos, ela sempre foi o meu consolo e a minha alegria”. (Prov. 8).

Dai-me também o Espírito de Inteligência, que me ilumina no conhecimento das Escrituras e das grandes Verdades Eternas.

A Fé e a Humildade são as virtudes que atraem o Espírito de Inteligência para a alma.

A Fé que nos submete para melhor compreendermos; a Humildade prontamente nos faz reconhecer nossa ignorância.

Dai-me o Espírito de Conselho, que ilumina o caminho para os Céus e evita que me perca como um viajante tolo que pega um caminho desconhecido sem um guia.

Dai-me o Espírito de Ciência, que me ensina que a ciência da Salvação é a única necessária, a única sem a qual nenhuma ciência humana se pode realizar.

Dai-me o Espírito de Força, que não me deixa tão fraco após o mínimo esforço, tão débil quando tenho que obedecer ao invés de fazer o que desejo, ou trabalhar quando não tenho o menor desejo de fazê-lo, que me dá força para conquistar a mim mesmo quando a Lei de Deus assim me ordena!

Dai-me o Espírito de Piedade, que dá ao meu coração uma atração filial para com o Pai e que me faz servi-lo com alegria e tranquilidade!

Dai-me o Espírito de Temor, temor filial que, combinado com o respeito e o amor, me faz evitar cuidadosamente tudo aquilo que possa desagradar a Deus, nosso Pai!

Ó Dons Preciosos, cuja excelência aprendi a conhecer, vede como minha alma clama por Vós com confiança e se Vos abre com Amor.

Santos Apóstolos, que no Dia de Pentecostes recebestes os Dons do Espírito Santo, concedei-nos, com algumas das mesmas graças, uma fidelidade similar à que era vossa, de modo que, acreditando naquilo que recebestes e transmitistes, praticando os vossos trabalhos, vivendo e morrendo com a Igreja que vós fundastes, possamos compartilhar convosco,   Ó Santos Apóstolos, a regozijadora recompensa dos Céus!

Que assim seja!



Jesus

ORAÇÃO PARA PEDIR OS FRUTOS DO ESPÍRITO

Senhor, recebemos de vossas mãos as sementes da liberdade, da justiça, do amor e da paz.

Fazei de nós semeadores da boa semente.

Que o vosso Espírito nos conduza nesta missão de semear fraternidade e promover a vida.

Livrai-nos das ervas daninhas do egoísmo, da injustiça e de todo mal.

Quando ela cresce entre nós dá frutos amargos de “fornicação, impureza libertinagem, idolatria, superstição, inimizades, brigas, ciúmes, ódio, ambição, discórdias, partidos, invejas, vícios, orgias e outras coisas semelhantes”.

Livrai-nos destes frutos de morte!

Que a vossa boa semente, regada pela Água Viva do vosso Espírito, dê abundantes frutos de vida.

Dai-nos, Senhor, os doces frutos do Espírito Santo:

“caridade, alegria, paz, paciência, afabilidade, bondade, fidelidade, brandura e temperança”.

Que o Dom do Amor, derramado em nossos corações, possa frutificar cada vez mais a fim de saciar quem tem fome e sede de justiça.

Mas que nossos frutos de solidariedade e de promoção humana possam saciar também tantos irmãos e irmãs famintos de pão, de saúde, de emprego e de escola.

Senhor, presente no supremo fruto da Eucaristia, fazei de nós hóstias vivas para alimentar vosso povo faminto de pão e de esperança.

Enviai o vosso Espírito, doador de todos os dons, e dai-nos os vossos frutos de Amor. Amém.

Pe. Joãozinho, scj  – Oração inspirada em Gálatas 5,13-26


ORAÇÃO PARA PEDIR

OS DONS DO ESPÍRITO SANTO

Oração Transferida – Click no Link acima

Pe. Joãozinho – Oração inspirada na Carta de João Paulo II aos sacerdotes do mundo inteiro por ocasião da quinta-feira santa de 1998.


RCC ANÁPOLIS
https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/05/terco.jpg?w=130&h=120
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/eucaristia.jpg?w=130&h=120



Oração ao Espírito Santo


Ó Espírito Santo, Espírito divino de luz e de amor, eu Vos consagro a minha inteligência, o meu coração, a minha vontade, todo o meu ser, no tempo e na eternidade.

Seja a minha inteligência sempre dócil às celestes inspirações e à doutrina da Santa Igreja Católica, da qual sois infalível guia; seja o meu coração sempre inflamado de amor por Deus e pelo próximo; seja a minha vontade sempre conforme com a vontade divina, e toda a minha vida uma fiel imitação da vida e das virtudes de Jesus Cristo Nosso Senhor e Salvador, ao qual com o Pai e convosco seja dada honra e glória para sempre.

Assim seja.

Ó Espírito Santo, eu Vos adoro.

Esclarecei‑me, guiai‑me, fortificai‑me, consolai‑me, dizei‑me o que devo pensar, dizer, fazer e dai‑me as Vossas ordens; prometo submeter‑me a tudo que desejardes de mim e aceitar tudo que permitirdes que me aconteça, fazei‑me unicamente conhecer a Vossa vontade santíssima e concedei‑me a graça de a cumprir fielmente.

Espírito Santo, sede o princípio de todas as operações da minha alma, para que sejam sempre conformes ao Vosso Divino Beneplácito!


Eliana Ribeiro – Vem Espírito Santo



Na Língua dos Anjos



ORAÇÃO PARA O ESPÍRITO SANTO.

OH! Espírito Santo, Amado de minha alma, eu TE adoro, me Ilumine, me Guie, me Fortaleça, me console. Me conte o que eu devo fazer e me dê Suas ordens. Eu prometo me submeter a tudo aquilo que Você deseja de mim e aceitar tudo aquilo que Você permite acontecer a mim. Só me deixe conhecer o Seu Poder!

Espírito Santo, Verdade Divina, desça nesta minha alma;

Palavra de Deus, na Luz me guarde, desperte meu espírito, Clareie minha visão!

Espírito Santo, Amor Divino, Arda dentro deste meu coração;

Inflame todo ego do desejo, subjugue-o em teu puro Fogo!

Espírito santo, Poder Divino, Ilumine agora este meu mundo, .

E justamente, possa eu sempre vivo, alegremente todo mal perdoar!

Espírito santo, Divina Luz, Rei dentro de mim, meu brilho de consciência, .

Faz todas as coisas corretas por Amor e Prova a Lei de Deus do alto!

“Mostra a Face do ESPÍRITO DE DEUS, realçando o imenso amor que guia, ilumina, infunde carismas, protege, dá a vida e santifica a humanidade. Conheça-O para sua alegria e benefício.”


oracao-espirito-santo[1]

Oração ao Espírito Santo

Espírito Santo, tu és a alma de minha alma! Adoro-te humildemente.

Ilumina-me, fortalece-me, guia-me, consola-me.

Revela-me quanto corresponde aos planos de eterno Pai.

Revela-me teus desejos.

Faze-me conhecer o que o amor eterno deseja de mim.

Faze-me conhecer o que devo fazer.

Faze-me conhecer o que devo sofrer.

Faze-me conhecer o que devo, em silêncio, modéstia e reflexão,

aceitar, suportar e aturar.

Sim, Espírito Santo, faze-me conhecer tua vontade e a vontade do Pai, pois quero que toda a minha vida não seja senão um contínuo e perpétuo Sim aos desejos, à vontade do Pai eterno.

Amém.



Oração ao Espírito Santo

Oh! Deus Espírito Santo, eu te aceito como o distribuidor da minha vida.
Você pode governar a minha vida completamente …

Eu te adoro, louvo-vos, eu te amo.

Oh! Deus Espírito Santo, sempre pronto para estar comigo e em mim …

Eu te adoro, eu Te louvo, eu te amo.

Oh! Deus Espírito Santo, meu socorro perpétuo que vive comigo nunca me deixar …

Eu te adoro, eu Te louvo, eu te amo.

Oh! Deus Espírito Santo, que sempre enche meu coração com o amor de Deus …

Eu te adoro, eu Te louvo, eu te amo.

Oh! Deus Santo Espírito, que me faz consciente dos meus pecados e sempre me ajuda a voltar para Deus …

Eu te adoro, eu Te louvo, eu te amo.

Oh! Deus Espírito Santo, que me ensina tudo e me leva à perfeição da verdade …

Eu te adoro, eu Te louvo, eu te amo.

Oh! Deus Espírito Santo, que me ajuda a dar testemunho de Jesus e de ser fervorosos no trabalho missionário …

Eu te adoro, eu Te louvo, eu te amo.

Oh! Deus Espírito Santo, que sempre pensa em mim e vive para mim embora muitas vezes eu esqueço e te ignorar …

Eu te adoro, eu Te louvo, eu te amo.

AMEM




Oração_de_invocação_ao_Espírito_Santo_1

Oração ao Espírito Santo

Vinde ó Espírito Criador,

visitai os corações dos teus seguidores,
preenchei-os com a Graça do Alto:
estes corações que Vós criastes.
Sois o Espírito Consolador,

a Dádiva de Deus Todo Poderoso,
a Fonte da Água Viva,
o Fogo Divino,
a Caridade,
a Unção Invisível das Almas.

Vinde, então,

com vossos Sete Dons Preciosos,
Vós que sois o Dedo de Deus.
Vós que sois o conteúdo
da Promessa do Pai,
Vós que colocais o Verbo do Pai
em nossos lábios.

Iluminai os nossos espíritos

com vossa Luz,
abrasai os nossos corações
com vosso Amor
e santificai, em todos os tempos,
nossa frágil carne!

Bani de nós o espírito de tentação,

preenchei-nos com vossa Paz Infalível,
sede Vós mesmo o nosso guia,
de modo que possamos evitar
tudo o que possa ser prejudicial
à nossa Salvação.

Ensinai-nos a compreender o Pai,

ensinai-nos a compreender o Filho
e a Vós mesmo,
que sois o Espírito do Pai e do Filho,
sede sempre o objeto de nossa Fé!

Por isso seja a Glória,

em todos os tempos, para Deus Pai,
para o Filho, ressuscitado de entre os mortos,
e para o Espírito Santo.
Que assim seja!

AMEM

Veja_mais_no_facebook_presentepravoce

Outras fotos com Orações e temas voltados ao 

Espírito Santo no Facebook



espirito-santo2[1]