Caricatura de Noé é Apresentada em Novo Filme Bilionário em 3D.


“…O Personagem de Russell Crowe representando Noé não é Fiel ao que narra as Sagradas Escrituras Bíblicas e sim é mais uma ficção que apresentada com diversos truques cinematográficos distorce gravemente o personagem verdadeiro e a Fé Cristã.”

Padre Roger Araújo
Missionário da Comunidade Canção Nova 


Falso_Noe


O Noé do filme não é o Noé da Bíblia”


Estreou, há poucos dias, nas telas do cinema do Brasil, o filme ‘Noé’. A película gerou muita expectativa pela divulgação e pelos atores que atuaram na produção. Eu não sou crítico de cinema nem especialista no assunto, mas, como se trata de um filme com temática bíblica, sinto-me na obrigação de manifestar minha opinião sobre o que observei quando assisti a ele.

Do ponto de vista teológico, bíblico e doutrinário, o filme é uma frustração do começo ao fim. Ele não se preocupa, em nenhum momento, em ser fiel à narração bíblica ou se aproximar dela. Pelo contrário, procura distorcer e apontar uma visão de fé totalmente contrária à visão judaico-cristã. Uma mistura de concepções filosóficas anticristãs, tentando levar as pessoas a uma concepção de Deus e da revelação divina totalmente deturpada. Por isso, é importante afirmar que o Noé do filme não é o Noé da Bíblia nem o Criador, apresentado pelo filme, corresponde ao Deus da revelação bíblica.

O texto sagrado nos apresenta Deus como aquele que sempre toma a iniciativa de salvar ou purificar a criação como obra de Suas mãos. A missão de construir uma arca não é fruto de um delírio, de sonhos ou de alucinações de Noé. Deus foi ao seu encontro e lhe confiou esta missão. Noé personifica os homens tementes ao Senhor desde a criação do mundo. Ele não é um alucinado, muito menos um fanático religioso sem consciência e sem maturidade, como deseja apresentar o filme. A arca, diferente da Torre de Babel, não nasce de nenhuma pretensão humana, mas é uma iniciativa divina para renovar a humanidade.

Um dos ingredientes de mau gosto do filme é querer apresentar a figura de anjos decaídos como grandes bonecos de pedra, feitos com alta tecnologia digital, como os defensores de Noé, guardiões da arca e combatentes contra os pretensos invasores dela. Essas criaturas, na concepção do filme, ajudam Noé na construção da arca. Os elementos são sem fundamentos e distorcem o sentido da revelação bíblica. Nenhum anjo decaído ajudou Noé nem pode ajudar nenhum de nós. Ele não teve o auxílio desses fantasiosos guardiões. A luz, a força e o auxílio que conduzem Noé é a mão de Deus, Criador de todas as coisas.

A visão hedonista do filme apresenta um dos filhos de Noé como um jovem impelido a possuir a mulher de qualquer um a qualquer custo. Noé, como um obcecado religioso, opõe-se ao fato de seu filho ter uma esposa. Ainda pior: quando sua nora engravida, dentro da arca, Noé, em nome de Deus, fica irado com a gravidez dela e se propõe matar a criança se ela for uma menina. O texto bíblico é muito claro ao dizer que Noé entrou na arca com sua mulher, seus três filhos e a esposa de cada um deles. E eles, depois, iriam povoar a terra.

O filme tem muitas outras coisas de mau gosto e interpretações sem nenhum fundamento religioso ou bíblico. Penso que o autor da obra poderia ter respeitado, pelo menos, o essencial da narração do texto bíblico e criado muitas coisas belas a partir daquilo que foi inspiração bíblica para criar o filme.

A verdade é que o longa-metragem é uma afronta e uma distorção da beleza da revelação divina. Ele não merece ser visto nem apreciado por quem tem a Bíblia como um Livro Sagrado, fonte da revelação divina e inspiração primeira de fé. Existem filmes mais sérios e de roteiros mais qualificados.


Padre Roger Araújo
Missionário da Comunidade Canção Nova

07/04/2014 – 08h00



VEJA AS DIFERENÇAS BÁSICAS.


1) Noé (Russell Crowe) não recebe um chamado de Deus, como na Bíblia, para construir a arca. Ele tem, sim, sonhos e alucinações que o levam a construir a arca.

2) O nome de Deus jamais é pronunciado. É sempre “o Criador”.

3) Na visão de Aronofsky, os guardiões, anjos caídos que Deus deixou na Terra, são criaturas de pedra, frutos de efeito digital. São eles que ajudam Noé a construir a imensa arca.

4) Não houve uma tentativa de invasão à arca, comandada por Tubalcaim (Ray Winstone), descendente de Caim, como aponta uma eletrizante sequência de ação.

5) Tubalcaim não entrou na arca nem fez conchavo com o filho do meio, Cam, como sugere o filme.

6) Além de Noé e sua mulher, embarcaram os três filhos do casal e suas respectivas esposas. No longa-metragem, apenas o primogênito, Sem, leva a mulher, um órfã adotada pela família, interpretada por Emma Watson.

7) No filme, Cam (Logan Lerman) é um rapazinho e foge dos pais para arranjar uma namorada para entrar com ele na arca. Cam já se considerava na idade de ter uma companheira. Noé, que era contrário à ideia, acabou criando uma rebeldia no filho.

8) Para não explicar como todas as espécies de animais conviveram juntas por tantos dias dentro da arca, o roteiro simplificou: os bichos dormem o tempo inteiro.

9) Na Bíblia, não há indicação de quantos anos Noé demorou para construir a Arca. Calcula-se em cem anos. No filme, ele leva uma década.

Leia você também

A Bíblia é uma Mensagem

de Deus pra você.


Semeando a cultura de Pentecostes



Anúncios

A Santa Ceia.

A Santa Ceia e o Código da Vinci.

Leonardo Da Vinci pintou mesmo um retrato da Ultima Ceia de Cristo ?

Não !

ultima-ceia

A SANTA CÉIA DE LEONARDO DA VINCI - CLIC E AMPLIE

Ele apenas criou uma obra de arte mais de mil anos depois de acordo com sua própria imaginação.

Segundo muitas lendas que giram em torno desta criação tão ilustre, ele até mesmo usou pessoas como modelo para a sua retratação da cena, logo não é um retrato do momento especialmente vivido por Jesus e seus doze Discípulos na Ultima Ceia, mas apenas uma imagem criada por um excelente pintor que nem esteve presente na cena original.

Segundo uma lenda, diz-se que o mesmo homem que serviu de modelo para retratar Jesus, dois anos mais tarde foi também selecionado para ser o modelo do seu traidor “Judas Iscariotes”, a estória contada a este respeito é muito comovente, mostrando que “UM MESMO HOMEM” pode ser tão bom que será comparado com o próprio Jesus ou pode ser tão mal que se tornará idêntico ao seu traidor, mas ela é tida apenas como uma lenda e não uma verdade.

Fato é que, muito se criou em  torno  da execução desta obra, o fato mais recente é o famoso livro “Código Da Vinci“, que na verdade nada tem a ver com o  pintor “Leonardo Da Vinci” propriamente dito e sim apenas com o autor “Dan Brow”, que escreveu e publicou o livro que virou filme.

Muita polêmica girou em torno do assunto, por se tratar de apenas uma ficção, todos sabem que nada é VERDADE, mas a estória é usada como uma acusação indireta à Igreja Católica, insinuando que ela esconde verdades de seus Fiéis, verdades estas que significariam o fim da fé como a conhecemos.

A Igreja nunca foi fechada em si mesma, muito pelo contrário, ela existe em decorrência de uma ordem direta de Cristo que nos mandou ir ao mundo e espalhar tudo o que vimos e ouvimos, jamais escondendo nem mesmo uma vírgula de ninguém.  Assim o evangelho se espalhou pelo mundo inteiro e chegou até nós, não como segredos escondidos, mas como uma revelação que não foi e nem pode ser guardada só para mim, mas sim, deve ser espalhada aos quatro ventos.

Não foi apenas um homem que agiu desta forma, foram muitos aqueles que assim fizeram, começando pelo dia de Pentecostes, neste mesmo dia cinco mil homens aderiram a fé que se multiplicou tão rapidamente que começaram a perseguí-los até a morte, porque o mundo não aceitou a Verdade de Jesus desde o princípio.

A poucos dias, uma coleguinha de minha filha de doze anos veio em minha casa e ao ver um quadro da Santa Ceia comentou:

Que absurdo ! e comentou a cena como foi ensinada no filme “Da Vinci”, e logo na seqüência começou a falar contra a Igreja Católica, que diga-se de passagem, ela não conhecia nada de nada, mas acabou acreditando em uma ficção “inventada ainda ontem pela má intenção de simples escritor”,  colocou a ficção acima de uma verdade que foi testemunhada, escrita, registrada e contada durante mais de dois mil anos, sendo que muitos homens e mulheres doaram suas vidas por reconhecer que estas verdades eram dignas de serem preservadas para sempre em prol de um mundo melhor no futuro.

Tanto Sangue derramado por AMOR A JESUS no passado, hoje se torna apenas sangue  sem valor que se escorre pelo ralo nas clinicas de aborto sem que ninguém derrame uma só lágrima sequer pela criança inocente que perde sua vida antes mesmo de ver a luz.

Olhando por este simples exemplo em particular, fora outros que não foram analisados, podemos dizer que, esta obra ao usar de acusações mesmo que apenas fictícias contra a Igreja, provoca uma rejeição mesmo que inconsciente às verdades anunciadas pela Igreja e podem provocar muitos malefícios na sociedade, porque ao abandonar a fé “que é um barco seguro“, acabam se jogando ao mar revolto com ventos e tempestades sem ter quem lhes estenda a mão, já que Jesus, apenas um homem comum, seria uma mentira ou apenas aquele “FANTASMA” incapaz de nos salvar.

Eu diria ao mundo que sofre esta crise sem precedentes, para agradecerem aos homens que combatem o evangelho e preferem uma História sem o Cristo que a divide ao meio, estendendo-lhes as mãos e pedindo socorro, quem sabe eles possam acalmar a tempestade e nos resgatar do mar bravio. É, quem sabe eles possam nos conceder uma vida que seja eterna sem dores e nem tristezas.

Enquanto fazemos estas considerações aqui, bombas estão caindo em Gaza, bolsas estão desabando no Oriente e no Ocidente,  Empresas maiores que o Titanic estão afundando e deixando “pessoas” a deriva em alto mar sem um misero salva vidas que lhes garanta o emprego, que nada mais é que o pão de cada dia de famílias inteiras que esperavam viver um futuro melhor.

Que futuro ?

Poderíamos perguntar, já que o homem está se mostrando incapaz de corrigir seus próprios erros.

Se existe uma Crise é porque existem erros no sistema, são erros bem conhecidos, mas pelo que nos parece até agora, ainda não reconheceram  o erro básico que engatilhou e detonou o efeito dominó que se esparrama como rastilho de pólvora pelo mundo todo.

Onde estaria agora o Super Homem, o Spider-Man ou a Mulher Maravilha, sim, onde estão os Super heróis deste Mundo para fazer uma Mágica como as do Harry Potter e livrar nos do prejuízo da falta de uma rocha sólida como pedra fundamental de todo este sistema econômico e espiritual que balança ao sabor do vento e aderna com as ondas revoltas do mar tempestuoso.


ultima_ceia1

Ao buscar uma foto da obra de Leonardo Da Vinci, "A Santa Ceia", encontrei esta brincadeira acima que cai como uma luva neste texto que aí está, nada é por acaso, tudo é providência Divina. Obra por encomenda a Wanderline Freitas.

.

É muito fácil substituir o Cristo Real e verdadeiro por um fantasma de ficção que desaparece quando o vento sopra um pouquinho mais forte, difícil mesmo é jamais abandonar a Fé em Jesus, mesmo que o mar já lhe esteja afogando, só existe uma diferença entre estas duas opções, quando você estender a mão para cima e gritar, “SALVE-ME”, somente um deles irá segurar sua mão para retirá-lo do mar


Acho que nem será

Preciso dizer quem !

Porque sei que você

O conhece muito bem.


jesus_salvou_pedro


Outras indicações


Temas da Canção nova
https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/05/terco.jpg?w=130&h=120
PRESENTEPRAVOCE

.

O grande injustiçado de Anjos e Demônios.

Um Grande Artista Borroco do século XVII

Um Grande Artista Barroco do século XVII

.

Gian Lorenzo Bernini ?

Você conhece este homem ?

Alguma vez já tinha ouvido

falar o seu nome ?

O Que ele fez ?

Quem ele era ?

.

Certamente a partir de hoje seu nome se tornará bem mais conhecido para nós do que tenha sido até agora, porque costumamos ver as coisas e até mesmo admirá-las, mas nem sempre sabemos quem foi aquele que  as criou ou construiu, se bem que são obras lindas e bem conhecidas.

.

Gian Lorenzo Bernini, The Ecstasy of Saint Therese 1647-52 Marble, height 350 cm Cappella Cornaro, Santa Maria della Vittoria, Rome
Gian Lorenzo Bernini, O Êxtase de Santa Teresa
1647-52
Mármore, altura 350 centímetros
Cappella Cornaro, Santa Maria della Vittoria, Roma

.

Seu nome foi ligado à ordem secreta Illuminati, que de acordo com a trama do filme “Anjos e Demônios”, pretendia destruir o Vaticano juntamente com a Igreja sua maior inimiga, “Bernini” é citado como um inimigo da Igreja e uma pessoa que não acreditava em Deus.

Na verdade Bernini morreu em 1680 e a tal ordem secreta Illuminati foi fundada na Baviera em 1776, 94 anos depois, quase um século de diferença. Logo o Bernini citado no Filme jamais foi o Bernini verdadeiro que criou tantas obras maravilhosas, principalmente para os olhos dos Católicos que visitam o Vaticano.

Você talvez nunca se lembre do nome de Bernini novamente, mas creio que seus olhos e sua memória saberia reconhecer como verdadeiramente Cristã e Católicas as suas obras mais conhecidas e até mesmo aquelas que não fazem parte do acervo da Igreja.

Veja uma de suas obras mais conhecidas:

.
Vitral em homenagem ao Espírito Santo.

Vitral em homenagem ao Espírito Santo.

.

Click abaixo e veja outras obras de sua autoria.

..
Praça de São Pedro - Vaticano

Praça de São Pedro - Vaticano

.

A história nos diz que Bernini era extremamente Católico e jamais faltava uma missa, mesmo que tivesse que deslocar vários quilômetros para isso, conheça um pouco de sua biografia e sua obra, conclua por si mesmo se um dos principais colaboradores do Papa Urbano VIII na conclusão das obras da Basílica de São Pedro, poderia ter sido um farsante e ou um conspirador na verdade?

Gian Lorenzo Bernini – Wikipédia, a enciclopédia livre.

Oleo sobre tela - Retrato Papa Urbano VIII - Bernini - http://www.humanitiesweb.org/human.php?s=g&p=c&a=p&ID=1927

Oleo sobre tela - Retrato Papa Urbano VIII - Bernini - http://www.humanitiesweb.org/human.php?s=g&p=c&a=p&ID=1927

.

Anjo com a coroa de espinhos - Ponte Castelo santo Angelo - Bernini

Anjo com a coroa de espinhos - Ponte Castelo santo Angelo - Bernini

.

primeira face do Anjo - Versão no filme

primeira face do Anjo - Versão no filme

.

Segunda Face - Demon - Versão do Filme

Segunda Face - Demon - Versão do Filme

.

Anjos e Demônios !

Vem aí mais uma “BOMBA” da Empresa Cinematográfica Americana, Como sempre usando como pano de fundo a Igreja Católica, cria estórias e ficções de modo a gerar dúvidas nas pessoas referentes à verdadeira história da Igreja.

Foram vários os casos de pessoas que ouvi se referindo à Igreja usando como base as teorias “Fictícias” mostradas no filme anterior “Código Da Vinci”, podemos então imaginar que não será diferente em relação a este que estará sendo lançado amanhã.

Na verdade os produtores do filme já contabilizam as críticas das entidades Católicas para promoverem o seu filme assustador, misturando verdades com mentiras sem se preocupar com a integridade “física, psicológica ou espiritual” das pessoas que poderíam ser prejudicadas pelo filme, eles avançam com a consciência tranqüila de que estão apenas fazendo arte e diversão, jamais tencionaram agredir ou provocar a Igreja, tão pouco tencionam acabar com a fé daqueles que crêem em Deus.

Que fique bem claro isto, Arte & Diversão não é Religião, porque a Religião forma o Homem interior para a vida e a arte apenas o distrai em seus momentos de laser aliviando o seu Stress.

O filme, como qualquer um outro pode ser visto, desde que, todos aqueles que o assistam, saibam de que se trata apenas de uma ficção, fatos irreais inventados apenas para ilustrar uma trama de explosões e bandidos se matando uns aos outros.   Devemos assisti-lo como assistimos o Exterminador do Futuro “outro lançamento do momento”, todos sabemos que tudo é ficção e que não existe um robô assassino que veio do futuro, comandado por máquinas que dominaram o mundo, se bem que neste caso, é a mais pura verdade atual, mas os homens preferem não ver isto e continuam confiando mais poder a suas máquinas inteligentes.

Aí !! pessoal !!  Não estou proibindo ninguém de ver o filme, eu mesmo quero assisti-lo, afinal gosto de filmes de “ação & Mistério” e sei discernir muito bem o que é verdade e o que é apenas ficção.

Algumas vozes do Vaticano já falaram sobre o assunto, porque se sentiram ofendidas pelo livro de “Dan Brown” que de acordo com a opinião popular é muito bom, só que atinge a Igreja com supostas mentiras, já que são apenas ficções e não chegam a ser julgadas como ofensas diretas, mas creio que são nestes momentos que podemos aproveitar para divulgar a verdade sobre Jesus e seu sacrifício na cruz, já que nós homens somos realmente fracos e pecadores podendo cometer algum erro, mas como afirmou Jesus a São Pedro:

“E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.”

(São Mateus 16,18)

“Então o que está assentado no trono disse: Eis que eu renovo todas as coisas. Disse ainda: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras.”

(Apocalipse 21,5)

.

angels_and_demons_anjos_e_demonios[1]

Sinopse do filme:

Uma ameaça que pode destruir toda a Cidade do Vaticano. Às vésperas do conclave que vai eleger o novo Papa, Robert Langdon (Hanks) é chamado às pressas por Maximilian Kohler para analisar um misterioso símbolo marcado a fogo no peito de um físico assassinado no CERN, um grande centro de pesquisas na Suiça. Ele descobre indícios de algo inimaginável: a assinatura marcada no corpo da vítima – um ambigrama, palavra que pode ser lida tanto de cabeça para cima quanto de cabeça para baixo – é dos Illuminati, uma poderosa fraternidade considerada extinta há 400 anos. De posse de uma nova arma devastadora, roubada do centro de pesquisas, ela ameaça explodir a Cidade do Vaticano e matar os quatro cardeais mais cotados para a sucessão papal. Correndo contra o tempo, Langdon vai para Roma junto com Vittoria Vetra (Zurer), filha do físico assassinado, para avisar o carmelengo Carlo Ventresca (Ewan McGregor). Nessa caçada frenética por criptas, igrejas e catedrais, os dois desvendam enigmas e seguem uma trilha que pode levar ao covil dos Illuminati – um refúgio secreto onde está a única esperança de salvação da Igreja nesta guerra entre ciência e religião.

anjosedemonios_17[1]

.

Alguns Trailes do Filme

.

.

Antes de começar o filme.

.

.

.

.