Certificado mais um Milagre Eucarístico na Polônia.


Milagre_eucaristico_polonia_2016


Legnica – Polônia (Quarta-feira, 20-04-2016, Gaudium Press) O Bispo de Legnica, Polônia, Dom Zbigniew Kiernikowski, certificou no dia 17 de abril que um fato registrado no Santuário de San Jacek em Legnica “tem as características distintivas de um milagre eucarístico”. Depois de uma rigorosa investigação, o prelado afirma o caráter sobrenatural do fato que comunica novamente a doutrina da Presença Real de Jesus Cristo na Hóstia consagrada no Sacramento da Eucaristia.

Tecido de coração humano

O sucesso ocorreu no Natal de 2013, quando uma das Hóstias que se distribuía na comunhão caiu no chão e foi depositada em um recipiente com água para que se desfizesse naturalmente (um dos procedimentos habituais recomendados para esses casos). A Hóstia, ao invés de diluir-se, exibiu uma mancha vermelha com uma textura estranha, o que motivou a investigação do Bispo, que estabeleceu uma comissão para determinar a natureza do fato.


Bispo da Polônia certifica milagre eucarístico Hóstia contêm tecido humano.jpg

Em fevereiro de 2014 se permitiu levar um fragmentado da Hóstia a várias avaliações forenses, chegando-se à conclusão de que “na imagem histopatológica se encontrou que os fragmentos contêm partes fragmentadas do músculo estriado transversal, similar ao músculo do coração”, segundo informou Religión en Libertad. Os especialistas determinaram que o tecido analisado era humano e correspondia a uma pessoa submetida a um alto grau de tensão e sofrimento.

O caso ainda foi submetido a uma consulta realizada pelo Bispo à Congregação para a Doutrina da Fé na Santa Sé, instituição que estabeleceu a idoneidade da veneração pública do milagre com a exposição dos fatos ligados ao acontecimento. Após receber este parecer, o pároco do Santuário foi autorizado a expôr a Hóstia em uma Capela, junto à descrição do fato sobrenatural.

O Bispo pediu que se ofereça aos assistentes ao lugar “informação pertinente” e uma “catequese sistemática que forme adequadamente a consciência dos fiéis no culto eucarístico”. O Santo Padroeiro do Santuário, São Jacek, justamente foi um notável pregador da Eucaristia, pelo qual se representa com o Sacramento em suas mãos. “Espero que tudo isto sirva para aprofundar no culto da Eucaristia e tenha um inconfundível impacto na vida das pessoas que se aproximam da relíquia. O vemos como uma maravilhosa mostra, uma expressão particular da bondade e do amor de Deus”, afirmou o prelado. (GPE/EPC)



Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/78413-Bispo-da-Polonia-certifica-milagre-eucaristico–Hostia-contem-tecido-humano#ixzz4AFtPBXXs
Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.




Alimento_Espiritual_Autêntico http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/paixao-de-jesus.jpg Corpus_Christi_Lk
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/eucaristia.jpg wall_corpuschristi1024 lanciano-1


Confirmação do Milagre Eucarístico de Lancino.



Milagre de Lanciano


Estes dois milagres foram minuciosamente estudados pela ciência e chegaram à uma única conclusão:

É algo sobrenatural que a ciência humana não consegue explicar e nem justificar:


VEJA AS CONCLUSÕES:



GUADALUPE O MILAGRE DE LANCIANO

Nossa Senhora De Guadalupe.

O Milagre de Lanciano


I parte

Mediante um milagre tão extraordinário, quiseram em nossos dias, verificar a sua autenticidade, em 18 de novembro de 1970, os Frades Menores Conventuais que têm a seu cuidado a igreja do Milagre decidiram, com a autorização de Roma, confiar a um grupo de perítos a análise científica daquelas relíquias, datadas de doze séculos atrás.   As pesquisas foram feitas em laboratório, com estrito rigor, pelos professores Linoli e Bertelli, este último da Universidade de Siena. A 4 de março de 1971, estes cientistas relataram suas conclusões, que foram publicadas, logo em seguida, em inúmeras revistas de ciência, do mundo inteiro.


milagre-de-lanciano.jpg


Ei-las:

A Carne é verdadeiramente carne.

O Sangue é verdadeiro sangue.

Um e outro são carne e sangue humanos.

A carne e o sangue são do mesmo grupo sangüíneo (AB).

A carne e o sangue são de uma pessoa VIVA.

O diagrama deste sangue corresponde a de um sangue humano que tenha sido retirado de um corpo humano NAQUELE MESMO DIA.

A Carne é constituída de tecido muscular do CORAÇÃO (miocárdio).

A conservação destas relíquias, deixadas em estado natural durante séculos e expostas à ação de agentes físicos, atmosféricos e biológicos, permanece um fenômeno extraordinário.

Fica-se estupefato diante de tais conclusões, que manifestam de maneira evidente e precisa a autenticidade deste milagre eucarístico. Antes mesmo de as darem a conhecer de modo oficial, os peritos, no fim de sua analises, enviaram aos Padres Franciscanos de Lanciano o seguinte telegrama: “Et Verbum caro factum est” (E “O Verbo se fez carne.”) Telegrama este, que é uma declaração de fé.

Outro detalhe inexplicável: pesando-se as pedrinhas de sangue coagulado (e todos são de tamanhos diferentes) cada uma delas tem exatamente o mesmo peso das cinco pedrinhas juntas! Deus parece brincar com o peso normal dos objetos.

Matemáticamente falando, temo:

1 = 5 que é igual a 1+2 = 5 ou ainda 5 = 1, nem a lógica consegue explicar como uma perfeita unidade possa existir.

Inútil dizer-vos que nesta igreja, celebrei a Missa votiva do Santíssimo Sacramento com uma fé renovada: o senhor, por meio de tal milagre vem, verdadeiramente, em socorro de nossas incredulidades.

E depois que foram conhecidas as conclusões dessa pesquisa científica, os peregrinos têm vindo de toda a parte venerar a Hóstia que se tornou carne e o vinho consagrado, que se tornou sangue, uma transubstânciação perfeita, visível e comprovada pela ciência humana.

Quanto a mim dois fatores me espantam. O primeiro é que se trata de carne e sangue de uma pessoa VIVA, vivendo atualmente, pois que esse sangue é o mesmo que tivesse sido retirado, naquele dia mesmo, de um ser vivo!

É bem uma prova direta de que Jesus Cristo ressuscitou verdadeiramente, que a Eucaristia é o Corpo e o Sangue de Cristo glorioso, assentado a direita do Pai e que, tendo saído do túmulo na manhã da Páscoa, não pode mais morrer. Tantas tolices tem sido ditas, nesses últimos anos, contra a ressurreição do Cristo! Alguns, desejariam, com empenho que essa ressurreição não fosse senão um símbolo, elaborado como que um mito pela piedade muito ardente dos primeiros cristãos!…Ora, eis veio a ciência de certo modo, em nosso socorro, provando a tradição e reafirmando a nossa fé em um Cristo Vivo. Foi verdadeiramente na carne que o Cristo morreu e foi verdadeiramente também na carne, que Jesus ressuscitou no terceiro dia. E a mesma Carne -verdadeira carne nos é dada viva na Eucaristia, para que possamos viver da vida de Cristo! Não é a carne de um distante cadáver, mas uma carne animada e gloriosa. Portanto, vendo a Hóstia consagrada, posso dizer como o Apóstolo Tomé, oito dias depois da Páscoa quando colocou os dedos nas chagas de Cristo ” Meu Senhor e meus Deus” é bem a carne viva do Deus vivo!”



 Veja => Um Milagre Eucarístico que ficou oculto 12 anos!


Um segundo fato impressiona-me ainda mais: a Carne que lá esta é a carne do Coração. Não a carne de qualquer parte do Corpo adorável de Jesus, mas a do músculo que propulsiona o Sangue – e por tanto a vida – ao corpo inteiro, do músculo que é também o símbolo mais manifesto e o mais eloqüente do amor do Salvador por nós. Quando Jesus se entrega a nós na Eucaristia, é verdadeiramente seu próprio Coração que ele nos da a comer, é ao seu amor que nós comungamos, um amor manso e humilde como esse Coração mesmo, um amor poderoso e forte mais que a morte, e que é o antídoto dos fermentos de morte física e espiritual que carregamos em nossa “carne de pecado”.

https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/03/eucaristia.jpg?w=130&h=120A Eucaristia é, na verdade, o dom por excelência do Coração de Jesus. S. João nos diz no começo do capítulo XIII de seu Evangelho, antes de nos falar do preparativos da ultima Ceia de Jesus:

Tendo amado os seus que estavam no mundo. Ele os amou ate o fim“. Não tanto querendo significar: ate o fim de sua vida terrestre, mas ate os últimos excessos de onde poderia chegar a ternura de um Deus feito homem, do Amor infinito, tornando carne: Meu Coração é tão apaixonado de amor pelos homens” dira um dia o Cristo em Parayle-Monial, revelando seu Coração a Santa Margarida Maria. Uma paixão que o conduzi a cruz, que torna hoje presente sobre nossos altares em nossos sacrários e ate em nossos corações. Esta declarado em nosso Credo que Jesus, depois de sua morte, desceu aos infernos”. Ressuscitado vivo, ele ai desce ainda hoje:

Ele vem à lama de nossos corações para arranca-los dessa lama. Ele vem a esses lugares de morte eterna. Ele vem em nossos corações, nos quais entrou o pecado – arrancar-nos da morte eterna e fazer-nos viver de sua vida divina. Seu Coração imaginou tudo isso, para testemunhar-nos – e de maneira singularmente eficaz – seu afeto se limites. Guardemos isto, em todo o caso: na Eucaristia eu recebo o Cristo todo inteiro, mas é verdadeiramente que se da e que eu como.

Não tínhamos também nós, necessidade de revigorar a nossa fé na Eucaristia? E não foi sem razão que Deus permitiu que o milagre de Lanciano, antigo de 12 séculos e sempre atual, nos fosse apresentado hoje pela própria ciência, por esta ciência que alguns queriam colocar em oposição com a fé ou que a pudesse substituir.

Fiz questão de comunicar-vos as reflexões que me inspirou o conhecimento deste milagre, e a emoção profunda que ele produziu em minha alma. Agora que me aproximo do SS. Sacramento com renovado respeito à ação de graças, adoração, amor renovados. E não duvido que vos tendo comunicado o que eu mesmo descobri em Lanciano, não tenhas também vós, diante da divina Eucaristia um sentimento mais vivo da presença do Verbo feito Carne que vem habitar em nós, o Cristo ressuscitado, que nos ama com uma ternura infinita entretanto humana.

Jesus o prometeu: “Eis que estou convosco até a consumação dos séculos. Sim, até o fim do mundo. Ele, o Verbo tornado Carne, desce em nossa carne e nos fez viver de sua vida eterna e gloriosa…

Padre Jean Ladame ( Chenoves 71940 SAINT BOIL, França)

Traduzido da revista “La Revue du Rosaire”, dos PP. Dominicanos de Saint-Maximin-nºde junho de 1976.


O MILAGRE EUCARÍSTICO DE SANTARÉM,

PORTUGAL (1247 ou 1266) < click e leia


lanciano_401.jpg


Vinde e vede

RCC Brasil RCC Brasil

https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/03/eucaristia.jpg?w=130&h=120Continuação …