Estamos comungando Jesus ou comendo hóstias ?



Uma pergunta interessante feita pelo meu professor de Antigo Testamento GABRIEL VILA VERDE © Antoine Mekary / ALETEIA Certo dia, em sala de aula, meu professor de Antigo Testamento perguntou:

“ESTAMOS COMUNGANDO JESUS OU COMENDO HÓSTIAS ? ”

Parece uma brincadeira, mas o questionamento é sério. Eu fiquei pensando… meu Deus! Já comunguei tantas vezes, já participei de MILHARES de Missas, mas… o que mudou? Em que mudei?

Comungar é estar unido, intimamente ligado ao Cristo. É viver como Ele viveu, pensar como Ele pensa, agir como Ele age! Da sua primeira comunhão pra cá, em que você melhorou? Quais foram os passos significativos no processo de conversão? Em suma: quais os frutos de santidade que a Eucaristia realizou em nós?

Santa Teresa de Ávila dizia que bastava uma comunhão em estado de graça para se santificar. A Beata Imelda morreu no dia da sua Primeira Comunhão. Morreu de amor. Tantos santos que entravam em êxtase na hora da Missa, como Luís de Monfort, Inácio de Loyola e José de Cupertino…

Irmã Dulce e Madre Teresa que saíam da Missa para dar socorro aos necessitados, Santa Gema Galgani que tinha o seio queimado por causa de um fogo misterioso que lhe incendiava, Santo Antônio de Lisboa que fez um jumento se ajoelhar diante da Hóstia para converter um ateu, Maria Milza que nunca aceitou ser ministra da comunhão por se sentir indigna de tocar o Corpo de Deus, a Beata Alexandrina que viveu 13 anos apenas com uma Eucaristia diária, etc… etc… etc…

Santo Agostinho dizia que nós metabolizamos os alimentos que comemos, mas quanto a Eucaristia, é ela que nos metaboliza.

E eu? E você? E nós? Estamos comungando Jesus ou comendo hóstias? Aquela partícula branca transforma o nosso interior ou é como uma vela acesa mergulhada na água? Pense… repense… medite…

(Seminarista Gabriel Vila Verde)


Fonte: Estamos comungando Jesus ou comendo hóstias ?


Alimento_Espiritual_Autêntico

Tema Apresentado no Grupo de Oração

Emanuel em 02/03/2015


http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/dons-do-espirito.jpg?w=130&h=120 Vazio_interior

Cinco_paes http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/eucaristia.jpg?w=130&h=120

O Alimento Espiritual.



O Que é Alimento?


Alimentos_basicos


Alimento é tudo aquilo que usamos para fortalecer o nosso corpo, na verdade o nosso corpo processa os alimentos que comemos e os transforma em combustível que move o nossos músculos, tudo aquilo que ingerimos irá passar pelo processo de digestão e será transformado para ser utilizado como energia e outra parte dele  será incorporado em células que farão parte do nosso corpo para o resto da vida. 

Nós não podemos sobreviver sem nos alimentar, faz parte do processo biológico natural do animal que é o ser humano, se você ficar 4 dias sem comer nada pode até morrer, há quem sobreviva mais tempo (limites 51 dias) e quem não resista muito tempo, mas uma coisa é certa, quem não se alimentar certamente morrerá mais cedo ou mais tarde.



“Durante a refeição, Jesus tomou em Suas Mãos O Pão, abençoou-O, partiu-O e O deu aos Seus discípulos, dizendo:

‘Tomai e comei, isto é o Meu Corpo’.

Tomou depois o cálice, rendeu graças e O deu, dizendo: ‘Bebei d’Ele todos, porque isto é o Meu Sangue, o Sangue da Nova Aliança, derramado por todos, em remissão dos pecados…” (Mt 26, 50b-52.)



CERTAMENTE MORREREMOS.


A história da criação diz que Deus criou todas as coisas e entregou aos homens para que lhes servisse como alimento.

  1. Deus disse: “Eis que eu vos dou toda a erva que dá semente sobre a terra, e todas as árvores frutíferas que contêm em si mesmas a sua semente, para que vos sirvam de alimento.
  2. E a todos os animais da terra, a todas as aves dos céus, a tudo o que se arrasta sobre a terra, e em que haja sopro de vida, eu dou toda erva verde por alimento.” E assim se fez.

Isso não seria nenhuma novidade, mas é só para constatarmos o fato de que ninguém, ninguém mesmo pode sobreviver sem o alimento material e natural que Deus reservou para nós.

O Alimento Espiritual.

No texto de (Mt 26, 50b-52.) em destaque acima diz que Jesus pegou o PÃO, sim, o Pão que comemos todos os dias, feito pelo padeiro da padaria com água, sal, fermento e farinha de trigo, mas depois de abençoá-lo Jesus se refere a Ele como: “ISTO É O MEU CORPO” ?

O Que teria acontecido com o pão comum e normal depois de ter sido “ABENÇOADO” por Jesus?

Tornou-se agora não apenas um alimento para o corpo material e sim um alimento para a “VIDA ESPIRITUAL“.

O Lado invisível que não podemos ver com os olhos da carne e sim com os olhos da Fé.

Vamos falar agora deste outro TIPO DE ALIMENTO, o alimento espiritual.

Quando Deus entrega tudo por alimento ao homem no paraíso Ele faz uma pequena ressalva:  

  1. Deu-lhe este preceito: “Podes comer do fruto de todas as árvores do jardim; 17 . mas não comas do fruto da árvore da ciência do bem e do mal; porque no dia em que dele comeres, certamente morrerás.”

Podemos dizer que nem tudo que se pode comer é bom para o corpo e pode tirar-lhe a vida, assim também nem tudo que fazemos ou falamos é bom para o espírito e a alma humana e também podem causar-lhe até mesmo a morte espiritual que é o caso do pecado.

Porém a história nos diz que após comer o fruto proibido ninguém “MORREU”, Adão e Eva não morreram materialmente, permaneceram vivos como se não tivessem comido um veneno mortal assim percebemos que a morte a que Deus se referiu não seria uma morte física e sim a morte espiritual, por isso apesar de vivos a história de suas vidas foi totalmente alterada, entrou na jogada um outro tipo de morte, a morte espiritual que é a conseqüência do pecado original que cometeram e de todo e qualquer pecado que cometemos ainda hoje.

Precisamos entender esta comparação e a diferença entre esses dois alimentos bem distintos, assim como o corpo não sobreviverá sem o alimento material, a nossa alma também precisa e necessita do verdadeiro alimento espiritual que nos livrará da morte eterna conseqüência do pecado.

Levamos em consideração também que esse alimento espiritual que Deus nos oferece é muito mais do que apenas um alimento e serve também como remédio e antidoto contra o mal causado pelo pecado que cometemos.


Deus_Oração


O Pão da Oração:


Diz Santo Agostinho:

A oração é ainda o alimento da alma, porque assim como o corpo não se pode sustentar sem alimento, assim, sem a oração, não se pode conservar a vida da alma. Como o corpo e fortalecido pela comida, assim a alma do homem é conservada pela oração.

O diálogo entre Deus e o homem no paraíso (Gn 3,8) vem demonstrar que todos os homens precisam manter este contato diário com o Pai e sem ele nos sentiremos incompletos e vazios, com ele nos sentiremos amados e valorizados e sem Ela nos sentiremos longe e abandonados.

Quando eu comecei na Renovação Carismática Católica, existia uma coisa muito diferente dos outros grupos e da própria Santa Missa.    Na Santa Missa participamos de algo público e comunitário e mesmo que existam momentos individuais, as pessoas nem sempre experimentam um diálogo pessoal e particular com Deus, já os outros grupos na época raramente faziam orações e quando faziam sempre eram aquelas escritas em livretos e decoradas, rezava-se o terço, mas em nenhuma dessas orações poderíamos identificar como pessoal e particular, pois aquelas palavras foram proferias por uma outra pessoa e por melhores ou mais bonitas que fossem não proferidas por você. 

Por outro lado a Oração espontânea praticada pela RCC era algo novo, pois não era comum, na verdade não foi fácil abrir a minha boca no grupo de oração, pois eu era muito tímido, não falava em publico e muito menos tinha costume de fazer orações em particular, no entanto no dia em que fiz a minha primeira oração foi como o céu se abrisse e daí em diante sempre foi mais fácil esta comunicação com o Pai.   Hoje em nossos grupos de oração quase não se faz mais oração pessoal e vejo isso como um grande prejuízo irreparável em nossa intimidade com Deus, já que Jesus está nos chamando para estar sempre com Ele todos os dias e esse estar com Jesus não é para ficar em silêncio e sim para falar e expor aquilo que somos em sua presença.

PRECISAMOS RECUPERAR ESSES MOMENTOS DE ORAÇÃO, PORQUE FAZEM MUITA FALTA PARA NOSSO ESPÍRITO ESTAR NA PRESENÇA DE DEUS E OUVI-LO E SER OUVIDO POR ELE.

Leia mais sobre oração neste Blog, Click aqui:


Nem_so_de_pao_vivera_o_homem


O Pão da Palavra


O C.I.C nos diz:

10.2 Alimento da Palavra de Deus

  • 2835 Este pedido e a responsabilidade que ele implica valem também para outra fome da qual os homens padecem: “O homem não vive apenas de pão, mas de tudo aquilo que procede da boca de Deus” (Mt 4,4), isto é, sua Palavra e seu Sopro. Os cristãos devem envidar todos os seus esforços para “anunciar o Evangelho aos pobres”.

  1. Virão dias – oráculo do Senhor Javé – em que enviarei fome sobre a terra, não uma fome de pão, nem uma sede de água, mas (fome e sede) de ouvir a palavra do Senhor. 12. Andarão errantes de um mar a outro, vaguearão do norte ao oriente; correrão por toda parte buscando a palavra do Senhor, e não a encontrarão. (Profeta Amós 8, 11 e 12)

  • 104 Na Sagrada Escritura, a Igreja encontra incessantemente seu alimento e sua força, pois nela não acolhe somente uma palavra humana, mas o que ela é realmente: a Palavra de Deus “Com efeito, nos Livros Sagrados o Pai que está nos céus vem carinhosamente ao encontro de seus filhos e com eles fala”.

P.10.12 Obras da Palavra de Deus

  • 131 “É tão grande o poder e a eficácia encerrados na Palavra de Deus, que ela constitui sustentáculo e vigor para a Igreja, e, para seus filhos, firmeza da fé, alimento da alma, pura e perene fonte da vida espiritual.” “É preciso que o acesso à Sagrada Escritura seja amplamente aberto aos fiéis.”

Este é um outro ponto bastante importante, porque a própria Bíblia se define como um importante alimento espiritual, São Paulo até diz aos Romanos que a Fé vem de ouvir a palavra de Deus e claramente se inclui também a leitura da palavra, já que os Coríntios e os Romanos não ouviram a voz de São Paulo quando receberam suas cartas e sim as suas cartas foram lidas na comunidade e hoje também podemos ler esta palavra e nos alimentar dela.

A RCC nasceu de uma busca por entender a palavra de Deus e daí se originou a busca pelo Espírito Santo que reavivou o Pentecostes na Igreja Católica, mas este fato não ficou no passado, porque é a vontade de Deus que todos cheguem ao pleno conhecimento de suas palavras.

(São Mateus 24,14). Este Evangelho do Reino será pregado pelo mundo inteiro para servir de testemunho a todas as nações, e então chegará o fim.

(Timóteo 2,4) O qual deseja que todos os homens se salvem e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.

Ler e conhecer a palavra de Deus é muito importante para nós, por isso ela se compara ao alimento já que sem o conhecimento da verdade não tem como acreditarmos em Deus e o buscarmos de todo coração.

Fast Food Espiritual

Você é do tipo que gosta de “fast food” espiritual?

Deixe-me explicar… Em outro post siga o link … (Aguarde)

Leia mais sobre A Palavra de Deus neste Blog, Click aqui:


Alimento_Espiritual_Autêntico


Jesus é o Pão da Vida:

“Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome.” (São João 6, 35). Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo.     (São João 6,51)

Jesus disse certa vez que:

  1. Nossos pais comeram o maná no deserto, segundo o que está escrito: Deu-lhes de comer o pão vindo do céu (Sl 77,24). 32. Jesus respondeu-lhes: Em verdade, em verdade vos digo: Moisés não vos deu o pão do céu, mas o meu Pai é quem vos dá o verdadeiro pão do céu; 33. porque o pão de Deus é o pão que desce do céu e dá vida ao mundo. 34. Disseram-lhe: Senhor, dá-nos sempre deste pão! 35. Jesus replicou: Eu sou o pão da vida: aquele que vem a mim não terá fome, e aquele que crê em mim jamais terá sede. (São João 6, 31) 48.Eu sou o pão da vida. 49. Vossos pais, no deserto, comeram o maná e morreram. 50. Este é o pão que desceu do céu, para que não morra todo aquele que dele comer.  51. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo. 52. A essas palavras, os judeus começaram a discutir, dizendo: Como pode este homem dar-nos de comer a sua carne?  53. Então Jesus lhes disse: Em verdade, em verdade vos digo: se não comerdes a carne do Filho do Homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós mesmos.  54. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.  55. Pois a minha carne é verdadeiramente uma comida e o meu sangue, verdadeiramente uma bebida.  56. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele.

Com essas palavras muitos discípulos se afastaram de Jesus pois pensavam que Ele estava falando literalmente sobre comer seu corpo, o que resultou no convite para quem se escandalizasse podia ir embora e que São Pedro lhe dá a melhor resposta de todas, “Senhor, a quem iremos, pois só Tu tens as palavras de vida eterna…”

Jesus não falava literalmente para que seu corpo fosse dilacerado e repartido entre todos para que comessem sua carne, tanto porque, sua carne humana não seria suficiente para todos nós, mas falava de um milagre ainda maior, da multiplicação de sua carne para alimentar a todos os homens da terra e não somente naquela época, mas durantes todos os séculos.   Hoje podemos declarar que Jesus falava da eucaristia, o verdadeiro alimento que se multiplica sobre o altar para alimentar todos os filhos de Deus.

Não basta hoje acreditar nesta verdade, é necessário participar da Eucaristia, é necessário se alimentar deste corpo de Cristo para que possamos ser fortes espiritualmente.

Emanuel_nsap3

Tema Apresentado no Grupo de Oração Emanuel em 02/03/2015


http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/dons-do-espirito.jpg?w=130&h=120 bRAÇOS DO pAI

Seminário de Vida no Espirito http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/eucaristia.jpg?w=130&h=120


Uma Experiência com deus e com DEUS!


manzana[1]

Experimente você Mesmo!


Teologia versus Ateísmo.


Uma Resposta Sábia da Teologia para a astúcia do ateísmo.


BENTO XVI e a sua grande sabedoria e impressionante lucidez em carta que escreveu como resposta ao matemático e ateu italiano Piergiorgio Odifreddi, que lhe dirigiu o livro “Caro Papa, escrevo-te”, no qual fala sobre a Igreja, Cristo, Bento XVI, ciência e o mal. 

É magistral como o Papa emérito o responde! Com palavras acertadas, mas sem nunca abandonar o bom trato. Bento XVI é daqueles que sabem revidar graves argumentos sem, contudo, perder a boa classe. Confiram:


tn_620_600_Papacapa[1]

REUTERS/Osservatore Romano


Ilustríssimo Senhor Professor Odifreddi, (…) gostaria de lhe agradecer por ter tentado até o último detalhe se confrontar com o meu livro e, assim, com a minha fé; é exatamente isso, em grande parte, que eu havia intencionado com o meu discurso à Cúria Romana por ocasião do Natal de 2009. Devo agradecer também pelo modo leal como tratou o meu texto, buscando sinceramente prestar-lhe justiça.

O meu julgamento acerca do seu livro, no seu conjunto, porém, é em si mesmo bastante contrastante. Eu li algumas partes dele com prazer e proveito. Em outras partes, ao invés, me admirei com uma certa agressividade e com a imprudência da argumentação. (…)

Várias vezes, o senhor me aponta que a teologia seria ficção científica. A esse respeito, eu me admiro que o senhor, no entanto, considere o meu livro digno de uma discussão tão detalhada. Permita-me propor quatro pontos a respeito de tal questão:

1. É correto afirmar que “ciência”, no sentido mais estrito da palavra, só a matemática o é, enquanto eu aprendi com o senhor que, mesmo aqui, seria preciso distinguir ainda entre a aritmética e a geometria. Em todas as matérias específicas, a cientificidade, a cada vez, tem a sua própria forma, segundo a particularidade do seu objeto. O essencial é que ela aplique um método verificável, exclua a arbitrariedade e garanta a racionalidade nas respectivas modalidades diferentes.

2. O senhor deveria ao menos reconhecer que, no âmbito histórico e no do pensamento filosófico, a teologia produziu resultados duradouros.

3. Uma função importante da teologia é a de manter a religião ligada à razão, e a razão, à religião. Ambas as funções são de essencial importância para a humanidade. No meu diálogo com Habermas, mostrei que existem patologias da religião e – não menos perigosas – patologias da razão. Ambas precisam uma da outra, e mantê-las continuamente conectadas é uma importante tarefa da teologia.

4. A ficção científica existe, por outro lado, no âmbito de muitas ciências. Eu designaria o que o senhor expõe sobre as teorias acerca do início e do fim do mundo em Heisenberg, Schrödinger, etc., como ficção científica no bom sentido: são visões e antecipações para chegar a um verdadeiro conhecimento, mas são, justamente, apenas imaginações com as quais tentamos nos aproximar da realidade. Além disso, existe a ficção científica em grande estilo, exatamente dentro da teoria da evolução também. O gene egoísta de Richard Dawkins é um exemplo clássico de ficção científica. O grande Jacques Monod escreveu frases que ele mesmo deve ter inserido na sua obra seguramente apenas como ficção científica. Cito: “O surgimento dos vertebrados tetrápodes (…) justamente tem sua origem do fato de que um peixe primitivo ‘escolheu’ ir a explorar a terra, sobre a qual, porém, ele era incapaz de se deslocar, exceto saltitando desajeitadamente e criando, assim, como consequência de uma modificação do comportamento, a pressão seletiva graças à qual se desenvolveriam os membros robustos dos tetrápodes. Entre os descendentes desse audaz explorador, desse Magellan da evolução, alguns podem correr a uma velocidade de 70 quilômetros por hora…” (citado segundo a edição italiana de Il caso e la necessità, Milão, 2001, p. 117ss.).

Em todas as temáticas discutidas até agora, trata-se de um diálogo sério, para o qual eu – como já disse repetidamente – sou grato. As coisas são diferentes no capítulo sobre o sacerdote e a moral católica, e ainda diferentes nos capítulos sobre Jesus. Quanto ao que o senhor diz sobre o abuso moral de menores por parte de sacerdotes, eu só posso reconhecer – como o senhor sabe – com profunda consternação. Eu nunca tentei mascarar essas coisas. O fato de que o poder do mal penetra a tal ponto no mundo interior da fé é para nós um sofrimento que, por um lado, devemos suportar, enquanto, por outro, devemos, ao mesmo tempo, fazer todo o possível para que casos desse tipo não se repitam. Também não é motivo de conforto saber que, segundo as pesquisas dos sociólogos, a porcentagem dos sacerdotes réus desses crimes não é mais alta do que a presente em outras categorias profissionais semelhantes. Em todo caso, não se deveria apresentar ostensivamente esse desvio como se se tratasse de uma imundície específica do catolicismo.

Se não é lícito calar sobre o mal na Igreja, também não se deve silenciar, porém, sobre o grande rastro luminoso de bondade e de pureza, que a fé cristã traçou ao longo dos séculos. É preciso lembrar as figuras grandes e puras que a fé produziu – de Bento de Núrsia e a sua irmã Escolástica, Francisco e Clara de Assis, Teresa de Ávila e João da Cruz, aos grandes santos da caridade como Vicente de Paulo e Camilo de Lellis, até a Madre Teresa de Calcutá e as grandes e nobres figuras da Turim do século XIX. Também é verdade hoje que a fé leva muitas pessoas ao amor desinteressado, ao serviço pelos outros, à sinceridade e à justiça. (…)

O que o senhor diz sobre a figura de Jesus não é digno do seu nível científico. Se o senhor põe a questão como se, no fundo, não soubesse nada de Jesus e como se d’Ele, como figura histórica, nada fosse verificável, então eu só posso convidá-lo de modo decidido a tornar-se um pouco mais competente do ponto de vista histórico. Recomendo-lhe, para isso, sobretudo os quatro volumes que Martin Hengel (exegeta da Faculdade de Teologia Protestante de Tübingen) publicou juntamente com Maria Schwemer: é um exemplo excelente de precisão histórica e de amplíssima informação histórica. Diante disso, o que o senhor diz sobre Jesus é um falar imprudente que não deveria repetir. O fato de que na exegese também foram escritas muitas coisas de escassa seriedade é, infelizmente, um fato indiscutível. O seminário norte-americano sobre Jesus que o senhor cita nas páginas 105ss. só confirma mais uma vez o que Albert Schweitzer havia notado a respeito da Leben-Jesu-Forschung (Pesquisa sobre a vida de Jesus), isto é, que o chamado “Jesus histórico” é, em grande parte, o espelho das ideias dos autores. Tais formas mal sucedidas de trabalho histórico, porém, não comprometem, de fato, a importância da pesquisa histórica séria, que nos levou a conhecimentos verdadeiros e seguros sobre o anúncio e a figura de Jesus.

(…) Além disso, devo rejeitar com força a sua afirmação (p. 126) segundo a qual eu teria apresentado a exegese histórico-crítica como um instrumento do anticristo. Tratando o relato das tentações de Jesus, apenas retomei a tese de Soloviev, segundo a qual a exegese histórico-crítica também pode ser usada pelo anticristo – o que é um fato incontestável. Ao mesmo tempo, porém, sempre – e em particular no prefácio ao primeiro volume do meu livro sobre Jesus de Nazaré – eu esclareci de modo evidente que a exegese histórico-crítica é necessária para uma fé que não propõe mitos com imagens históricas, mas reivindica uma historicidade verdadeira e, por isso, deve apresentar a realidade histórica das suas afirmações de modo científico também. Por isso, também não é correto que o senhor diga que eu estaria interessado somente na meta-história: muito pelo contrário, todos os meus esforços têm o objetivo de mostrar que o Jesus descrito nos Evangelhos também é o Jesus histórico real; que se trata de história realmente ocorrida. (…)

Com o 19º capítulo do seu livro, voltamos aos aspectos positivos do seu diálogo com o meu pensamento. (…) Mesmo que a sua interpretação de João 1, 1 seja muito distante da que o evangelista pretendia dizer, existe, no entanto, uma convergência que é importante. Se o senhor, porém, quer substituir Deus por “A Natureza”, resta a questão: quem ou o que é essa natureza. Em nenhum lugar, o senhor a define e, assim, ela parece ser uma divindade irracional que não explica nada. Mas eu gostaria, acima de tudo, de fazer notar ainda que, na sua religião da matemática, três temas fundamentais da existência humana continuam não considerados: a liberdade, o amor e o mal. Admiro-me que o senhor, com uma única referência, liquide a liberdade que, contudo, foi e é o valor fundamental da época moderna. O amor, no seu livro, não aparece, e também não há nenhuma informação sobre o mal. Independentemente do que a neurobiologia diga ou não diga sobre a liberdade, no drama real da nossa história ela está presente como realidade determinante e deve ser levada em consideração. Mas a sua religião matemática não conhece nenhuma informação sobre o mal. Uma religião que ignore essas questões fundamentais permanece vazia.

Ilustríssimo Senhor Professor, a minha crítica ao seu livro, em parte, é dura. Mas a franqueza faz parte do diálogo; só assim o conhecimento pode crescer. O senhor foi muito franco e, assim, aceitará que eu também o seja. Em todo caso, porém, avalio muito positivamente o fato de que o senhor, através do seu contínuo confronto com a minha Introdução ao cristianismo, tenha buscado um diálogo tão aberto com a fé da Igreja Católica e que, apesar de todos os contrastes, no âmbito central, não faltem totalmente as convergências.

Com cordiais saudações e com todos os melhores votos para o seu trabalho.


Texto publicado em italiano na edição de 24 setembro 2013 do jornal la Repubblica, com tradução portuguesa de Moisés Sbardelotto.

Na imagem, Bento XVI, ainda Papa de fato, lendo o L’Osservatore Romano durante suas férias em julho de 2010, em Castel Gandolfo.

Créditos da imagem: Reuters/L’Osservatore Romano.


MILAGRE DE LANCIANO

.


Medjugorje a um passo do reconhecimento total!

Novo avanço no reconhecimento

da veracidade das aparições

EmMedjugorje:

Fontes da Midia da Croácia estão relatando que o Vaticano já chegou a conclusão que reconhece a importância de Medjugorje para a Igreja Católica e que a árvore que está produzindo bons frutos em abudância deve ser protegida.

Nestes dias o bispo da diocese de Mostar-Duvno (Diocese onde se situa Medjugorje) está em Roma e tudo indica que virá um novo bispo para a diocese.

Aparentemente uma decisão já foi tomada a algum tempo e o anúncio poderá ocorrer antes do aniversário das aparições em 25 de junho/2010.

Traduzido pelo doutor Dario Mattos:

www.queridosfilhos.org,br

Fonte:

http://crownofstars.blogspot.com/2010/03/major-move-expected-on-medjugorje-front.html

Fonte Brasil : http://www.medjugorjebrasil.com/?cat=artigos&id=599

Esclarecimentos de frei Damiano – Oásis da Paz

Frei Damiano pertence à comunidade mariana Oásis da Paz e em suas visitas a Medjugorje e quando da ida dos videntes à Itália, conversou com alguns deles sobre os segredos:

“O que falo sobre os segredos não se baseia no que li, mas no que conversei pessoalmente com Marija, Ivanka, Vicka e Mirjana

Mirjana me disse que fará dez dias de jejum e 3 dias antes padre Petar o dirá ao mundo. Entre um segredo e outro terá pouco tempo. (Será como os degraus de uma escada, ou seja, não se deve esperar mais 10 anos para que o décimo segredo se cumpra – compara frei Damiano).

O terceiro segredo é um sinal permanente e indestrutível que será deixado na colina das aparições. Ver-se-á que só Deus poderia fazê-lo e que permanecerá para sempre. Quem for a Medjugorje poderá vê-lo. Diz-se que os sinais de fogo vistos na colina no inicio das aparições são um prenuncio do grande sinal prometido. O sinal poderá ser fotografado e filmado.

Sobre a história que Ivan teria falado do santuário em honra da Rainha da Paz quando questionado pelo bispo é verdade, porém isto é apenas parte do que irá acontecer. Isto não faz parte dos segredos. Nossa Senhora já tinha falado sobre isto.

Mirjana me disse que o sétimo segredo é um castigo que foi diminuído com orações e jejum, mas que não se pode mais mexer nele. Nossa Senhora está muito preocupada com aqueles que dizem não acreditar em Deus. Aqueles que não acreditam, quando chegar o tempo dos segredos irão se arrepender disto.

Depois dos 10 segredos Nossa Senhora realizará seu plano. Seu plano é um mundo novo de paz. Nossa Senhora disse que não devemos ter medo dos segredos. Quem deve ter medo são os que não estão com Deus. Mirjana nos disse que durante os tempos difíceis, o tempo dos segredos, Nossa Senhora estará conosco ainda. Os 10 segredos serão uma preparação para o mundo novo. Um tempo de esperança, de purificação.

Os segredos dizem respeito ao mundo, a igreja e a Medjugorje. Normalmente se diz  que o primeiro e o segundo segredos são uma preparação e confirmação para o terceiro segredo, para o sinal. Mas só o primeiro segredo já será suficiente para reconhecer Medjugorje.

Mirjana me disse que Nossa Senhora falou a ela que “os segredos são a certeza de que Eu estive aqui”.

A paróquia de Medjugorje não é um santuário. O santuário de Medjugorje se realizará na colina das aparições depois dos 10 segredos, lá será construído o santuário da Rainha da Paz.

Nossa Senhora disse que escolheu a paróquia de Medjugorje para que seja um espelho para as outras paróquias do mundo.

Perguntei a Mirjana sobre o pergaminho e ela me disse que quando soube o décimo segredo, recebeu o pergaminho, pois achava que podia esquecer algum dos segredos. O pergaminho tem o tamanho de um papel ofício feito de um material que não existe na terra. Perguntei a Mirjana que, se suas filhas ou marido procurassem o pergaminho se eles o encontrariam. Minha filha já procurou – disse Mirjana – e não encontrou. Eu o escondi bem direitinho…

Perguntei se ela sabia onde estava e ela disse que sim, que podia vê-lo e pegá-lo. Penso que por ser de material desconhecido seja invisível para às outras pessoas e visível somente para Mirjana.

Pedi para vê-lo e Mirjana me disse que não tinha ainda permissão de Nossa Senhora para mostrá-lo.

Conversei com Ivanka em outubro do ano passado e ela me disse que também recebeu um pergaminho. Suponho que Jakov também tenha, mas não o sei.

Acho que Ivanka tem um nível de explicação maior dos segredos do que Mirjana já que Nossa Senhora anualmente aparece e conversa especificamente sobre algum dos segredos.

Ivanka nunca tinha saído para dar testemunho fora de Medjugorje. No ano passado ela recebeu a explicação do décimo segredo. A cada ano ela recebia a explicação um segredo. Ao final da explicação do décimo, ela começou a dar seu testemunho.

Participei de seu ultimo testemunho, no dia 7 de março último na Itália. Ivanka falou dos seus primeiros dias, da importância da vida eterna, de ter visto sua mãe depois de morta e a tinha abraçado, que existe o Paraíso e que nós não devemos ter medo, pois Nossa Senhora está sempre conosco. Este é um tempo particular.

Falei com três dos videntes sobre os segredos. Marija e Vicka têm um segredo pessoal. Por isto se diz que os segredos não são iguais para todos. Mirjana não tem segredo pessoal. Ela tem os segredos principais pois serão revelados ao mundo inteiro. O que sei é que o terceiro segredo foi mostrado para todos em uma visão.

Mirjana disse que o sétimo segredo é uma região da terra que será completamente destruída. Mirjana chorou muito e perguntou a Nossa Senhora porque Deus era tão duro conosco. Nossa Senhora disse que não é Deus que é duro conosco mas nós que somos duros com Deus. Este castigo foi criado pelo pecado. Mirjana pediu oração e jejum para este castigo e ele foi diminuído mas não se pode mais tocá-lo pois é um dos segredos, algo que Deus terá de nos mandar.

Mirjana sempre diz que nós não devemos ter medo, pois estamos com Nossa Senhora e Jesus.

Nas conversas que tive com eles nunca foi dito que o nono e décimo segredos são os mais graves.

O que Marija me disse é que lidar com os segredos foi uma tarefa dada a Mirjana assim como ela (Marija) foi escolhida para dar a mensagem a cada dia 25 do mês. Cada vidente tem a sua missão.

Padre Petar é um franciscano que até hoje é muito discreto, nunca fez nenhum tipo de publicidade sobre os segredos. Vive em uma paróquia próxima a Medjugorje e aguarda que Mirjana lhe diga quando revelar os segredos. Penso que Nossa Senhora escolheu a pessoa certa. Uma pessoa que permanece escondida. Ele está se preparando para este momento.

A Igreja aguarda o término das aparições ou a realização dos segredos.”

Frei Damiano – Comunidade Oásis da Paz – Italia

Transcrito por Gabriel Paulin

Fonte : http://www.medjugorjebrasil.com/?cat=artigos&id=601



A Volta de Cristo para a Itália.



Plenário da Corte Européia de Direitos Humanos Volta atrás em decisão anterior sobre a presença de Crucifixos nas escolas Italianas.



Il Crocifisso, capolavoro del giovane Cimabue.


1. Como foi noticiado pelo blog Sem Fronteiras de Terra Magazine, a Corte de Estrasburgo na câmara da Corte Européia de Direitos Humanos, conhecida assim  por estar sediada nessa cidade francesa, decidiu, em novembro de 2009, pela retirada de crucifixos nas escolas públicas italianas. O argumento é que a Itália é um estado laico.

Esta decisão provocou revolta no país de maioria católica e foi qualificada de “vergonhosa” por um político italiano, ela foi contestada pelo próprio governo Italiano que viu a grande maioria de seu povo, somando mais de 84 % contra apenas 16%  favoráveis a esta decisão, que na sua grande maioria eram na verdade não Italianos de origem muçulmana ou ateus.

Tudo começou quando uma das câmaras da Corte de Estrasburgo, composta por 7 juízes, julgou uma reclamação formulada por uma finlandesa residente na Itália. Ela é casada com um italiano que se proclama ateu. Esse casal tem dois filhos.Os dois filhos do casal eram alunos de escola pública italiana.

Segundo a mãe finlandesa, os dois filhos se sentiam o tempo todo vigiados, “olhados”, por três crucifixos pregados nas paredes da sala de aula.

O pai, que não assinou a reclamação protocolada na Corte de Estrasburgo, esclareceu, em entrevista à imprensa europeia, acreditar na evolução do homem e não na sua origem divina, à imagem e semelhança do criador. Seus filhos, frisou, são educados nessa linha e o crucifixo, “a mostrar um lado divino irreal”, incomoda.



A câmara da Corte de Estrasburgo decidiu dar pela procedência da reclamação. Em resumo, decidiram que o crucifixo, em estabelecimento público de ensino, contraria as regras de um estado laico e deve ser retirado.

2. O estado italiano, pelo presidente Giorgio Napolitano, recorreu da decisão que, hoje, foi reexaminada pelo Plenário (Grand Chambre) da Corte.

A “Grand Chambre” da Corte Européia de Direitos Humanos decidiu dar provimento ao recurso da Itália e cassou a decisão proibitóri. Os argumentos da Itália vingaram e foram centrados na tese de que as imagens eram representativas da tradição e da história do país, onde celebradas concordatas e se constituiu, dentro de Roma, o estado do Vaticano.

Na decisão, ficou frisado que a laicidade, no caso, não se mede apenas pela ausência de símbolos religiosos, mas à luz da constituição do estado, da sua história, da tradição cultural e da existência de poderes que administram, legislam e julgam, independentemente, ou seja, sem obrigatoriedade de imposição de regras eclesiásticas, canônico-eclesiásticas.


Corte Européia de D.Humanos (Estrasburgo-França)


3. A ministra da instrução italiana, Maristella Gelmine, em entrevista ao site do jornal Corriere della Sera, disse que a decisão do Plenário “representou o reconhecimento e o respeito às tradições cristãs e a identidade cultural da Itália”. Destacou a ministra, que integra o Conselho de Ministros sob a presidência do polêmico premier Silvio Berlusconi, que a decisão da Corte “representa uma contribuição à integração (referência aos imigrantes) que não pode ser entendida como uma renúncia à história e às tradições italianas”.

Com essa decisão, a Corte encerrou a questão e o decido valerá poderá valer, em casos iguais, como precedente jurisprudencial.

4. PANO RÁPIDO. A Corte de Direitos Humanos da União Europeia é a guardiã do estabelecido na Convenção Europeia para a Salvaguarda dos Direitos do Homem.

Confira links.

Fonte – Crucifixos Boicotados Na Itália blog.terra.com.br

Fonte – Decisão Da Corte Europeia Sob-Judice Blog.terra.com.br

Fonte – Cartacapital.com.br


Experiência_macacos Fé_ciência cartaz_familia_1-610x380[1] ITALY-COURT/CRUCIFIX

Delírio de SDalkins Charles+Darwin[1] Cultura_Morte

O Delírio de Richard Dawkins.

O ateísmo agora quer se tornar também uma religião e competir em pé de igualdade com a Divindade suprema.

Para isso começam a investir pesado contra o Cristianismo em todas as partes do mundo, já estão ofertando livros gratuitos para disseminar teorias que nada mais são que uma oposição sistemática ao Cristianismo.

Tudo o que ensinam clamam são baseados em apenas suposições da mesma forma que acusam a religião de ser histórias inventadas e fruto de alucinações coletivas.

Tudo que o Cristianismo ensina é fruto de fatos presenciados e testemunhados por muitas pessoas de classes, credos e raças diferentes, muitas das quais nem sequer acreditavam em Deus.

Richard Dawkins prega apenas uma antítese do Cristianismo, porque tudo que ele faz  é desdizer e justificar milagres que aconteceram no passado, simplesmente dizendo que nada daquilo aconteceu na verdade, se por acaso eu me decidir em dar crédito às suas afirmações que não estava lá na época dos fatos, por que eu não poderia dar crédito às palavras daqueles que lá estavam ?

Este Senhor não seria capaz de identificar um átomo no microscópio, ele também não analisou cientificamente as fotos dos olhos de Nossa Senhora de Guadalupe, não presenciou o estudo que analisou o Corpo e Sangue de Jesus no Milagre de Lânciano e nem sequer leu as análises do resultado das pesquisas no Santo Sudário, mas também por que ele faria isto já que Ateísmo é uma ausência completa de Deus na vida de alguém? Se bem que: o que eles pregam não é o ateísmo “AUSÊNCIA DE DEUS” e sim um anti-Cristianismo, porque falam e combatem a Deus de todas as formas possíveis.

O pior de tudo é que ele distorce e tenta diminuir o brilho de cientistas com muito maior renome do que ele próprio, só porque estes declararam que Deus Existe verdadeiramente.

A Autor Francis S. CollinsLINGUAGEM DE DEUS –

O grande cientista Francis Collins que coordenou o estudo do Genoma Humano e desvendou seu código, antes mesmo do final de sua pesquisa, analisando todos os seus dados concluiu por si mesmo, “ESTE CÓDIGO GENÉTICO HUMANO NÃO PODE SER UMA OBRA SIMPLESMENTE DO ACASO”, Sabem por que ?

Porque o Gén humano nada mais é do que um programa semelhantemente a um programa de computador, preparado para realizar funções e ações com tempo predeterminado.

Pegue seu computador novo com o disco rígido vazio e ligue-o…

O que acontecerá ?

Nada !!!

Por que ?

Porque não existe nenhum programa operacional !!!

Responda então…

Por quantos bilhões de anos seu computador permanecerá ligado neste ambiente propício para aparecer um programa ali que ative seu computador espontaneamente por acaso ?

Eu respondo… assim como qualquer um dos programadores da Microsoft sem medo de errar, jamais aparecerá nenhum programa ali se não houver uma iniciativa externa, é exatamente o que o homem faz, pega um disco rígido vazio e coloca nele seus programas para que ele execute a sua vontade e alcance o seu objetivo.

Eu diria, é exatamente isto que Deus fez, e nós somos o seu programa em atividade, vivemos em um ambiente programado e totalmente dependente de uma iniciativa externa invisível a nós.

Alguns cientistas fizeram uma experiência com Macacos (… leia mais) para provar que nossas tradições atuais nada mais eram que fruto de um aprendizado anterior que se conformou com situações da época passada e mesmo que a situação anterior fosse alterada o nosso aprendizado hoje continuaria se defendendo de perigos que não mais existiriam de fato.

O grande equivoco dos tais cientistas é que: o perigo apresentado como inexistente na experiência não era inexistente, estava apenas desligado momentaneamente por vontade do cientista observador.

Quando os Macacos evitavam comer a banana por medo da água fria eles estavam agindo corretamente, porque o ser externo chamado cientista poderia a qualquer momento religar o dispositivo e encharcar as pobres criaturas.

Declararam então que os animais agiam em defesa dos jatos de água fria sem motivo já que não estavam mais sendo molhados no momento e declararam também que o homem não precisa mais se refugiar em um ser protetor imaginário chamado Deus porque agora temos nosso próprio conhecimento que nos revela o que não conhecíamos no passado e temos resposta para todas as perguntas inclusive a de que Deus nunca existiu.

Em todos os momentos da experiência sempre estavam presentes os cientistas externos ao ambiente dos animais aprisionados, que ficavam escondidos interferindo no meio ambiente dos animais quando eles instintivamente tentavam se alimentar com o alimento que lhes é mais peculiar.

Estes mesmos cientistas esqueceram de analisar a sua própria presença dentro da experiência em questão deduzindo que o que aconteceu com os animais era fruto de um possível acaso, quando na verdade foi fruto de uma ação externa, que era a mão do cientista na torneira que espirrava água fria nos bichinhos indefesos.

Está aí, o que aconteceu na experiência na verdade foi o resultado do êxito do cumprimento da vontade dos cientistas que observavam a cena.

Conclusão:

O cientista fazia um papel de deus ou diabo na experiência.

Provaram o contrário do que queriam provar, porque a experiência não aconteceu ao acaso e sim foi programada e executada por um ser externo ao ambiente selecionado.

Esta experiência é comumente mencionada em escolas e faculdades para provar que nossos Pais estão enganados quando nos mandam ir para a Igreja buscar a Deus para nos tornarmos boas pessoas na vida, ou seja, existe um complô contra o ensinamento da Religião nas escolas e faculdades, mas isto é entendido da seguinte forma, querem que nos tornemos totalmente escravos do dinheiro, do ser, do poder, da concorrência com os outros alunos, das trapaças e assim os cursinhos e as faculdades ficarão cada vez mais ricas sugando o dinheiro dos concorrentes em busca das poucas vagas disponíveis nos cursos que nos tornarão ricos e milionários e certamente todo esse dinheiro não nos trará a felicidade muito menos nos tornará boas pessoas neste mundo.

Rezando na cartilha do Sr. Richard Dawkis, aprendemos que devemos aproveitar a vida despreocupadamente porque Deus não existe e certamente não nos punirá por nada de errado que fizermos aqui na terra, o que ele não diz é que o egoísmo do homem sem Deus está destruindo o mundo em que ele vive e certamente isto é algo não só preocupante como desesperador, porque os homens materialistas são incapazes de apresentar uma solução plausível para este problema Real e imediato, porque estes homens só pensam em não levar prejuízo no bolso.


MILAGRE DE LANCIANO


A Experiência dos Macacos.



“Somente duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. E não estou seguro quanto ao primeiro.”

(Albert Einstein)




Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa jaula. No meio, uma escada e sobre ela um cacho de bananas. Quando um macaco subia na escada para pegar as bananas, os cientistas jogavam um jato de água fria nos que estavam no chão.

Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros o pegavam davam-lhe uma surra. Dentro de algum tempo, nenhum macaco subia mais a escada, apesar da tentação das bananas.

Então, os cientistas substituíram um dos macacos por um novo. A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo retirado pelos outros, que o surraram. Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não subia mais a escada. Um segundo foi substituído e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto participado na surra ao novato.

Um terceiro foi trocado e o mesmo ocorreu. Um quarto, e afinal, o último dos veteranos foi substituído. Os cientistas então ficaram com um grupo de cinco macacos que mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam batendo naquele que tentasse pegar as bananas.

Se fosse possível perguntar a algum deles porque eles batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria: “Não sei, mas as coisas sempre foram assim por aqui”.

(Albert Einstein)

Texto introdutório ao estudo do comportamento social “Sociologia”.





Resposta correta dos Macacos:


“Depois dizem que somos nós os macacos é que temos o menor grau de QI nesta família de primatas …”

A Minha resposta seria:

Caro amiguinho novato, não suba nesta escada porque aqui nesta gaiola toda vez que alguém sobe na escada recebemos um jato de água fria até descermos da escada e mesmo que você não tenha visto este perigo em nenhum lugar, podes acreditar porque aqui acontece isto, nossos antecessores aprenderam esta lição a duras penas até que desistiram de comer as bananas que estão aí em cima.

Mas como Macaco não entende esta linguagem, então a solução é descer a pancada mesmo, porque jamais conseguirão convencê-lo do contrário com esta ladainha tola, afinal quem tem filho adolescente sabe muito bem qual é o resultado deste papo careta.

Na minha opinião particular eu diria que se continuassem trocando os macacos por mais três gerações sem jogar nenhum jato de água fria, da primeira vez que se distraíssem e um macaquinho pegasse a banana, nunca mais ninguém apanharia sem motivo.

É assim que as coisas mudam com o passar dos anos, naturalmente e não artificialmente com jatos de água fria programados.




PRESERVE O SEU PLANETA



ELE É A SUA CASA


Um Charles Darwin arrependido.


O ultimo desejo de Charles Darwin.


Relato sobre os últimos dias de vida de Charles Darwin, principal autor da Teoria da Evolução, transcrito do livro Evidências de Um Criador, de Abraão de Almeida, CPAD, 1986, págs. 71-74.

Certamente, sentindo o peso das conseqüências de suas opiniões, tanto no mundo científico como religioso, o professor Darwin, nos últimos anos de sua tumultuada existência (ele faleceu em 1882, com a idade de 73 anos), revelou-se pesaroso pelo que fizeram de seus escritos. Uma conhecida cristã de Northfield, de nome Lady Hope, que visitou Darwin nessa ocasião, relatou o seguinte:


Green Park - Outono em Londres - Inglaterra

Green Park – Outono em Londres – Inglaterra


“Num belo dia de outono, dos que raramente se experimentaram na Inglaterra, fui convidada a visitar o doutor Darwin, que durante os seus últimos anos passava os dias na cama. Quando entrei no seu quarto, um sorriso acolhedor iluminou o seu rosto, ao mesmo tempo que com uma das mãos indicava a paisagem que, através da janela aberta, se podia contemplar. Na outra mão segurava uma Bíblia aberta.

– ‘O que está lendo, senhor professor?’ – perguntei-lhe, enquanto assentava ao pé da cama.

– ‘A Epístola aos Hebreus’, respondeu o sábio. ‘Mais uma vez a Epístola aos Hebreus. Chamo-lhe um livro divino. Não é maravilhoso?’

“Em seguida indicou-me o que acabara de ler, e explicou-me. Aproveitei para fazer referência a respeito da criação e dos primeiros capítulos de Gênesis. Notei que ficou mal impressionado e várias vezes passou a mão sobre a cabeça, dizendo por fim:

– ‘Eu era ainda muito novo naquele tempo e tinha algumas idéias mal formadas, que participei a outros. Para minha grande surpresa, essas idéias pegaram e os homens fizeram delas uma espécie de religião‘.

“Darwin parou um pouco para pensar e depois continuou suavemente, proferindo palavras acerca da glória de Deus e das grandezas do livro que segurava entre as mãos. De repente, disse-me:

– ‘Tenho uma pequena casa no parque onde se podem alojar umas trinta pessoas. Gostaria que fizesse um culto ali. Sei que tem o costume de ler a Bíblia para o povo nas aldeias que visita ao redor. Amanhã à tardinha vou convocar os criados para um culto naquela casa, juntamente com alguns vizinhos, para que lhes fale!’

– ‘De que lhes falarei?’ – perguntei.

– ‘De Jesus Cristo’ – respondeu Darwin com voz firme – ‘e da sua salvação’ – continuou, baixando a voz. – ‘Não é o melhor assunto que se pode escolher?’ E ao mesmo tempo tem que cantar alguns hinos com eles’.

“Jamais poderei esquecer o brilho do seu rosto enquanto proferia estas palavras. E continuou:

– ‘Se quiser, poderemos ter o culto às 15 horas, e eu vou Ter a janela aberta para poder cantar convosco’.

“Como eu desejava Ter um retrato do velho sábio e da linda paisagem nesse dia memorável!”

Vários outros autores têm feito referência a essa significativa ocorrência na vida do ilustre professor Darwin. O escritor H. P. de Castro Lobo menciona o livro “Evolution or Creation”, do professor H. Enoch, que circula na Inglaterra desde 1968, onde são confirmados os fatos por mim já referidos.


Charles Darwin- 200 anos


Fonte : http://www.ebdweb.com.br/licoes/licao6_2001.htm


MILAGRE DE LANCIANO

Charles Darwin, Duzentos anos.



O criador da teoria sobre a evolução jamais será esquecido, mesmo que sua teoria seja totalmente baseada em hipóteses e suposições.



Charles Darwin- 200 anos


Ele completa 200 anos de nascimento e podemos dizer que suas teorias evoluíram muito mais rápido do que ele poderia ter imaginado, muitas de suas hipóteses foram comprovadas mas muitas delas permanecem somente uma teoria não comprovada, outras até regrediram e foram descartadas.

Dizia ele; todas as espécies existentes no planeta evoluíram a partir de uma única espécie inicial que com o tempo foram ocorrendo adaptações, mutações e a famosa seleção natural que acabou nos entregando hoje a enorme biodiversidade que encontramos neste planeta.


Teoria da evolução do Humana.


Assim como Deus não explica na Bíblia como Ele teria criado o mundo, Charles Darwin também não conseguiu explicar como as complexas e diferentes espécies conseguiram evoluir a partir de uma única espécie bem mais simplificada.

Com o estudo do código genético, sabemos hoje que cada espécie é distinta uma da outra,  principalmente pelo seu código genético que difere em tamanho e complexidade, sendo que toda aparência física e funcionamento do corpo é proveniente da função predeterminada de cada gene em seu determinado local.

A complexidade do funcionamento deste sistema vital é tão grande que; perderíamos muito tempo explicando e mal conseguiríamos entender o básico, mas vamos fazer um resumo como Moisés fez na Bíblia.

Cada código genético é como se fosse um programa básico do ser que será formado a partir dele, em cada célula do corpo encontra-se presente o mesmo código que seria único como uma impressão digital.

Já seria difícil entender como um ser se forma a partir de apenas um programa básico, mais difícil ainda, seria saber porque ele se juntaria a outro código trocando partes entre si e formando um terceiro código totalmente diferente e também único.

O segredo da vida e da perpetuação da espécie está aí, nenhum cientista sabe como ou porque isto acontece de maneira tão misteriosa.

Podemos criar hipóteses e teorias a respeito da vida e até como ela se desenvolveu, nada disso entra em choque com o que Deus revelou em sua palavra, porque a palavra não explica como Deus fez e nem quanto tempo “em dias terrestres” Ele gastou para executar a sua obra.

Isto não era essencial para a nossa compreensão de uma verdade imutável, Deus criou todas as coisas e sem Ele nada se fez, nem se fará, porque sem Ele nada É, nada existe.

Charles Darwin manipulou suas provas para lançar sua teoria,  na época não foi aceita nem mesmo com as provas forjadas, mas hoje a tendência não é apenas aceitar uma hipótese como se fosse verdade, mas obrigar todos a acreditar nela e se submeter a seus efeitos nocivos dentro da sociedade.

Partindo do princípio que as espécies se iniciaram por um mero acaso neste planeta e depois evoluíram casualmente sem auxílio de ninguém, apenas por uma mera seleção natural durante milhares de anos chegaram a incrível dedução de que Deus nunca existiu e que portanto devemos afastar as pessoas da religião porque ela estaria limitando o desenvolvimento humano.

Sabemos que o acaso ou a casualidade mesmo com mutações freqüentes jamais formaria um código genético como um programa perfeito.

Explicando melhor, um disco rígido de computador desprovido de sistema inicial jamais criaria o seu próprio sistema de funcionamento sem o auxílio de um programador externo.

Após ter sido programado por alguém, ele até poderia por si mesmo criar algo que já fora preestabelecido.

É impossível observar a natureza e achar que ela foi apenas uma obra que apareceu ao acaso, é impossível contemplar o mundo que Deus nos deu e achar que Ele nunca existiu sendo que até podemos senti-lo em sua obra porque sem Ele tudo se dissiparia como fumaça.

Somos muito mais que um simples descendente de primata, fomos criados a imagem e semelhança de Deus e esta imagem e semelhança não seria apenas a matéria exterior ou visível que pode ser apalpada, mensurada ou pesada na balança.     Esta semelhança está em nosso espírito que não pode ser visto ou ouvido, mas que sem ele não existiria a vida que impulsiona e movimenta esta máquina feita meramente apenas de água e pó.



Comerás o teu pão com o suor do teu rosto, até que voltes à terra de que foste tirado; porque és pó, e pó te hás de tornar.” (Gênesis 3,19)

COM A TEORIA DE DARWIN MUITAS PESSOAS REGREDIRAM SUA SABEDORIA E MENOSPREZARAM SUAS CAPACIDADES POR SE ACHAREM SEMELHANTES AOS ANCESTRAIS PRIMATAS

É A FAMOSA INVOLUÇÃO.

https://i0.wp.com/www.cocadaboa.com/imagens/de_evolucao.jpg


A SETA VERMELHA REPRESENTA O ELO PERDIDO

O SER INTERMEDIÁRIO ENTRE O PASSADO E O HOMEM ATUAL

MAIS RECENTE E JAMAIS ENCONTRADO.

O Homem de Neandertal e o Homo Sapiens conviveram mais de 10.000 anos paralelamente e ao mesmo tempo em todo território Europeu a 30.000 anos atras.



https://i0.wp.com/www.ebdweb.com.br/imagens/evol.jpg


http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/aguia.jpg


.

Vinde e Vêde !



Eu só acredito naquilo que vejo, não adianta explicar e nem insistir, quero ver para crer !

“No dia seguinte, estava lá João outra vez com dois dos seus discípulos. E, avistando Jesus que ia passando, disse: Eis o Cordeiro de Deus. Os dois discípulos ouviram-no falar e seguiram Jesus. Voltando-se Jesus e vendo que o seguiam, perguntou-lhes: Que procurais? Disseram-lhe: Rabi (que quer dizer Mestre), onde moras? Vinde e vede, respondeu-lhes Ele.”

Evangelho de Jesus narrado por São João – 1, 35-39.


jesus_pedro_andre



Tem que ver pra crer.


Neste mundo materialista em que vivemos hoje poderíamos dizer que esta seria a atitude mais sensata a se tomar.   Uma vez que João Batista havia afirmado que aquele homem era o Filho de Deus, seria preciso comprovar  se realmente isto seria verdade ou não.

Jesus sentiu que curiosos o seguiam, não com o interesse de buscarem alguma coisa mais séria, mas queriam apenas aplacar sua curiosidade, será que seria Ele mesmo este Cordeiro de Deus? Afinal já era uma promessa tão antiga que poucos ainda se lembravam dela e de repente aparece o Cristo  “Messias” assim em nossa frente.

Mas se Ele era realmente o Filho de Deus, Como parecia um homem tão comum?  Com uma aparência tão humilde, por acaso este Filho de Deus não deveria ter nascido em um grande e majestoso Palácio?

Sendo assim, Jesus aceita o desafio e Ele mesmo os convida para experimentarem a verdade, não de longe, mas bem perto, o mais perto possível, em sua própria casa, em seu próprio coração.

Afinal de contas já era hora de se revelar ao mundo anunciando a boa nova do Reino de Deus.    Já era hora de formar o seu grupo de discípulos e prepará-los para formarem a Igreja que levaria este Reino a todos os homens.

Este mesmo convite Jesus fez a outras pessoas, muitos o seguiram, mas também teve alguns que não se interessaram em conhecê-lo de perto, nem por isso Jesus os obrigou ou ameaçou de condenação eterna caso não o seguissem, isto porque a nossa opção deve ser livre, caso contrário não seria a nossa vontade e como se diz, só se entra no céu com seu próprio esforço pessoal.

“Eis que estou a porta e bato, quem abrir a porta entrarei em sua casa e cearei com ele e ele comigo…”

Eu faria uma simples pergunta, se o Papa estivesse em minha cidade e de repente aparecesse batendo em minha porta pedindo para entrar:

O que faria eu ?

Fosse Católico, Evangélico, Cético, Ateu, Muçulmano ou de uma outra religião qualquer:

Sera que eu não o convidaria para entrar ?

Mesmo não sendo de sua Religião, seria uma pessoa conhecida e uma boa visita para se contar aos amigos, ou apenas para se trocar algumas palavras sobre coisas que gostaríamos de saber sobre ele.

E Jesus, não seria uma pessoa muito mais interessante e conhecida hoje?  Eu lhe digo, talvez não, talvez seria da mesma forma de quando Ele andava pelas ruas deste mundo, talvez seja tal como quando Maria e José procuraram um refúgio para passar a noite no dia que Ele nasceu, isto porque, posso dizer com certeza, não o conhecemos como achamos que deveríamos conhecê-lo e por isso este seu convite é sempre atual e aguarda a nossa atitude de resposta.


Vinde e vede !


Vinde e vede



VINDE E VEDE!


           Este post nasceu do exercício prático desta sugestão ou convite de Jesus, nesta ultima quinta feira visitei um grupo de oração para compartilhar com eles a palavra de Deus, mas antes da reunião havia uma celebração da palavra que sempre é efetuada por um dos ministros da Capela, porém lá chegando estava um Frei Franciscano da Paróquia executando a celebração, durante a homilia o Frei se referiu a esta frase “Vinde e Vede” e citou que hoje se fizermos uma busca na internet sobre este tema, não encontraríamos Católicos falando sobre isso, mas encontraríamos vários sites evangélicos pregando em nome de Jesus, enquanto que os Católicos não têm muito costume de pregar a palavra e nem de buscá-la como deveriam.

No fundo eu aceitei o que ele disse, porque eu mesmo já procurei temas para aprofundar ou buscar outras experiências e não encontrei, este foi um dos motivos pelos quais aqui estou, porque encontrei tanta coisa errada e opiniões divergentes à nossa verdade que justificaria realmente uma dedicação maior ao estudo da Palavra e compartilhar as experiências vividas com as pessoas que como eu, estão à procura do conhecimento da palavra de Deus, principalmente no meio Católico que a cada dia cresce mais o interesse por este tipo de busca, tanto é que alguns evangélicos mais exaltados aproveitam da situação e fazem verdadeiras armadilhas com temas como:

“Por amor aos Católicos Romanos”

“O Batismo da Igreja Católica”

“Por amor a Maria Mãe de Jesus”

E outros temas sugestivamente Católicos, usam destes temas de nosso interesse, mas falam diretamente contra a nossa doutrina e muitas vezes até de forma provocativa.

Por outro lado, sei também que existem hoje muitos sites e Blog’s Católicos que buscam compartilhar, debater e aprender as verdades da nossa Igreja, muitos dos quais já conheço e compartilho as experiências vividas a cada dia.   Estes blogs também podem ser encontrados lado a lado com os evangélicos e muitas vezes até mesmo antes dos evangélicos que são muito mais numerosos.

Fiz a pesquisa citada pelo Frei e realmente constatei que ele citou a frase, mas não havia feito uma pesquisa real, que para minha alegria, na primeira página da pesquisa havia somente um site que não era Católico e sei que este texto será o primeiro assim que for publicado, isto porque nós Católicos  começamos a ocupar nosso próprio espaço que já deveríamos ter ocupado a muito tempo, já que somos o maior País Católico do mundo.   Realmente deveríamos estar bem na frente daqueles que dividem o segundo lugar.

Temos mesmo que tomar esta iniciativa dos primeiros discípulos de Jesus, se Jesus passar por nós, temos que segui-lo imediatamente, não tem essa de ficar espreguiçando, enrolando e deixando pra depois.

Temos que ir ao encontro do Mestre e comprovar que Ele é realmente o Filho de Deus, este “vinde e vede” é uma experiência pessoal com Jesus, não basta aceitarmos o que João Batista nos diz, precisamos ver realmente de perto e comprovar que Jesus é o Filho de Deus que foi enviado para nos salvar.

É POR ESTE MOTIVO QUE EU REPITO O MESMO CONVITE FEITO POR JESUS, PARA QUE VOCÊ MESMO POSSA VER COM SEUS OLHOS E COMPROVAR A VERDADE.


VINDE E VEDE !!!


PRESENTEPRAVOCE

A Inglaterra pirou de vez !

http://beranger.org/blogo21/atheist_bus_campaign.jpg

Campanha publicitária na Inglaterra tenta diceminar duvida entre os Cristãos, convidando todos a duvidarem de algo que a maioria acredita e aceitando em troca nada mais nada menos de que um “PROVAVELMENTE”.  Uma certeza em troca de uma duvida não seria um bom negócio para ninguém.

Veja a notícia que saiu no ZENIT:

E os comentários dos Blog’s abaixo.

Provavelmente, não existe motorista.

Campanha de ateus gera reação de cristãos

“Provavelmente, não existe motorista”

” Deus Lo Vult”

‘No God’ slogans for city’s buses

Fonte: Zenit

Uma organização britânica cristã protestou nesta quinta-feira perante a autoridade que regulamenta a publicidade após o lançamento nos meios de transporte públicos do Reino Unido de uma campanha atéia que proclama «provavelmente Deus não existe» e pediu provas que confirmem tal afirmação. A campanha atéia, exposta em 800 ônibus do país, assim como no Metrô de Londres, foi lançada ao início de janeiro com o apoio da Associação Humanista Britânica (BHA) e foi financiada por mais de 140 mil libras (cerca de 150 mil euros). O slogan completo da campanha, que também deverá ser promovido em menor escala na Espanha, é «Provavelmente Deus não existe. Deixa de te preocupar e desfruta a vida».

Stephen Green, diretor nacional da associaçãoChristian voice, apresentou uma denúncia à Advertising Standards Authority (ASA), argumentando que a campanha viola o código da publicidade por ser enganosa, dado que carece de fundamento. Segundo seu regulamento, a ASA estabelece que «a publicidade não pode desorientar os consumidores. Isto significa que os anunciantes devem ter provas que demonstrem o que anunciam sobre seus produtos ou serviços antes de que apareça o anúncio». Segundo Green, esta publicidade viola o código publicitário, «a não ser que os anunciantes demonstrem que provavelmente Deus não existe».

Segundo o denunciante, os promotores da campanha não podem desculpar-se dizendo que se trata de uma «questão de opinião», «pois nenhuma pessoa ou entidade firma a declaração. Apresenta-se como uma declaração de fato e isto significa que deve ser capaz de ser provada, do contrário se rompem as normas». Um porta-voz da ASA declarou que a autoridade aceitou a denúncia. «Nós a avaliaremos nos próximos dias e, a partir desta avaliação, decidiremos se é necessário contatar o anunciante», afirmou.

Meu Comentário

Sobre a campanha da

(BHA) e Prof. Richard Dawkins.

“Provavelmente”

É uma palavra que exprime duvida.

Estes homens não tem certeza do que estão afirmando e é claro que não podem provar o contrário, enquanto que a Igreja tem muitas provas da existência Divina, caso contrário não existiria Igreja.

Eu por exemplo tenho certeza de que Deus existe !

Será que foi porque vi milagres acontecendo, ou porque Deus apareceu para mim ?

Não, não foi por nenhum destes motivos.

O que eu não entendo é porque alguém iria fazer uma campanha contra Deus e convocar o povo a cair no pecado, o que estes homens estariam querendo vender na verdade ?

Não Matar, Não Roubar e não prostituir são alguns dos mandamentos da Lei de Deus.

O que seria de um mundo onde roubar, matar e cobiçar a mulher e o homem alheio fosse permitido ?

Egoísmo, ódio, orgulho, desonestidade, mentira e outras coisas semelhantes seriam o galardão de um mundo sem Deus.

Se os homens já se matam com as leis de Deus como princípios elementares, imaginem o inferno que seria o resultado do que pretendem criar neste mundo maravilhoso criado por Deus.

A poucos dias debati com um ateu em seu blog, porque ele criticou a frase “Graças a Deus”, uma frase que dizemos quase que automaticamente quando nos livramos de uma tragêdia, por exemplo.

Ele disse que “deus”, seria o mesmo que permitiu que outros morressem e porque então eu teria que dar graças a ele já que o outro morreu por causa do mesmo “deus”?

Só que ele usou “deus” escrito com letras minúsculas e eu lhe disse que esse deus em minúsculo não seria o nosso “DEUS” verdadeiro que deveria ser sempre escrito com letras “MAIÙSCULAS”, logo este deus a quem ele se referia não era o nosso “DEUS” e sim um outro qualquer.

Não é que ele reclamou, justificou, brigou, rebolou, reclamou porque eu lhe estava chamando a atenção, mas não escreveu o nome de Deus na maneira correta.

Sabe porque ?

É porque ele “TEME A DEUS” e sabe que nosso Deus não é um “deusinho de pedra” qualquer, mesmo que ele afirme não acreditar n’Ele, o fato de respeitar o seu nome, revela que ele acredita mesmo em Deus e não arrisca afirmar categoricamente que DEUS não exista de fato.

É o mesmo caso dos malucos ingleses acima, não tiveram coragem de dizer o que queriam dizer e ficaram com meias palavras duvidosas, com um pé atrás porque na verdade eles creem que Deus existe de fato e querem apenas lucrar com os idiotas que vão se meter a besta acreditando nas suas meias palavras de Marketing pagão.

A verdade que nós conhecemos de fato é que o diabo é aquele que mais afirma que Deus não existe, mas também é aquele que se ajoelha perante seu Poder e sua Majestade, porque a Palavra de Deus nos diz que até mesmo nos infernos todo joelho se dobra perante o nome de Jesus. (Fil.2)

A regra básica da propaganda é realmente acreditar naquilo que se vende, mesmo que o produto não seja bom, o Marketing tem que vender uma imagem que convença o comprador que o produto é realmente bom.

Neste anuncio do ónibus, eles fazem o contrário, demonstram que eles mesmos não acreditam em si mesmos e talvés ainda Deus realmente possa existir.

Quem acaba levando vantagem ainda é o próprio Deus, porque alerta os fracos na fé, que devem reanimar o que está morrendo e não deixar que os pagãos façam chacota da sua Igreja.

Um mundo sem Deus seria muito pior que um onibus sem motorista !

Slogan da campanha enganosa e duvidosa.

«Provavelmente Deus não existe. Deixa de te preocupar e desfruta a vida».

Eu diria:

«Certamente Deus existe. Se Preocupe em descubrir a verdadeira vida».

E tem muito mais nestes Post’s abaixo.


Gloria Pollo
https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/05/terco.jpg
MILAGRE DE LANCIANO


Temas da Canção nova
FOI DEUS
O ALPINISTA EXTRAORDINÁRIO.

.


Com Deus não se Brinca.



“Não vos deixeis desencaminhar:
de Deus não se zomba; porque tudo o que

o homem semear, isso também ceifará “

(Gálatas 6,7)



O texto abaixo foi retirado de uma mensagem em Power Point – Que circula por e_mail’s na internet desde 2005.


Veja outro texto:

Pesando na balança do Entendimento





 COM DEUS NÃO SE BRINCA!


FOI DEUS



video_gay_jesus_atropelado_eh_humor gay_crucificado_sacrilegio_pecado_homofobia_x_cristofobia



 JOHN LENNON


John-Lennon


John Lennon disse numa entrevista a uma revista americana:

“O cristianismo vai se acabar, vai se encolher, desaparecer. Eu não preciso discutir sobre isso. Eu estou certo. Jesus era legal, mas suas disciplinas são muito simples.

Hoje, nós somos mais populares que Jesus Cristo. (1966)


jonh-lenon Beetles_ao_vivo

Lennon, depois de ter dito que os Beatles estavam mais famosos que Jesus Cristo, recebeu cinco tiros de seu próprio fã que o idolatrava como um deus e se decepcionou.




TANCREDO NEVES:


tancredo-neves-presidente[1]


Na ocasião da campanha presidencial, disse que se tivesse 500 votos do seu partido (PDS),

“Nem Deus o tiraria da presidência da república”.

Os votos ele conseguiu com folga, mas o trono lhe escapou por um triz no dia anterior a Posse.


Beetles_ao_vivo Foto Montada

.




BRIZOLA:


brizola_310304rs1


No ano de 1990, quando houve uma outra campanha presidencial, disse

“Que aceitava até o apoio do demônio para se tornar presidente”.

A campanha, quando acabou, apontou Collor como presidente e não mostrou Brizola nem em segundo lugar.

leonel-brizola-foi-governador-do-estado-do-rio-por-duas-gestoes[1]


CAZUZA:


cazuza1


Em um show no Canecão ( Rio de Janeiro ), deu um trago em um cigarro de Maconha, soltou a fumaça para cima e disse:

“Deus, essa é para você!”

Nem precisa falar em qual situação morreu esse homem.



Psicologia x Cazuza!

Um parentese sobre o filme do Cazuza, veja o post.




MARILYN MONROE:


marilyn_monroe1


Foi visitada por Billy Graham durante a apresentação de um show. Ele, um pregador do evangelho, na época havia sido mandado pelo Espírito Santo àquele lugar, para pregar a Marilyn. Porém ela, depois de ouvir a mensagem do Evangelho, disse:

“Não preciso do Seu Jesus.”

Uma semana depois foi encontrada morta em seu apartamento.

La tortuosa relación de Marilyn y J.F. Kennedy
.




BON SCOTT:


scott1


Ex-vocalista do conjunto AC/DC. Cantava no ano de 1979 uma música com a seguinte frase:

“Don´t stop me, I´m going down all the way, wow the highway to hell”. (Não me impeça… Vou seguir o caminho até o fim, na auto-estrada para o inferno).

No dia 19 de fevereiro de 1980, Bom Scott foi encontrado morto, asfixiado pelo próprio vômito.

Capital da Austrália cria rua com nome de Bon Scott
.




O NAVIO TITANIC:


titanic


Na ocasião em que foi construído, apontaram-no como o maior navio de passageiros da época. No dia de entrar em alto- mar, uma repórter fez a seguinte pergunta para o construtor: “O que o senhor tem a dizer para a imprensa concernente a segurança do seu navio?” O homem, com um tom irônico, disse:

“Nem Deus poderá afundar meu Navio”.

O resultado foi o maior naufrágio de um navio de passageiros do mundo!


.




CAMPINAS/SP EM 2005:


acidente-campinas


Em Campinas, uma turma de amigos já embriagados, foram buscar a última pessoa para ir a balada, parou em frente da casa do jovem e chamou, junto com a moça veio a mãe. A mãe com medo, vendo todos embriagados e sua filha entrando naquele carro lotado, pegou na mão da filha que já estava dentro do carro e disse:

“FILHA VAI COM DEUS QUE ELE LHE PROTEJA”,

A filha pra tirar uma onda com a mãe disse:

“SÓ SE ELE FOR NO PORTA-MALAS, POIS AQUI JÁ ESTÁ LOTADO”.

Algumas horas depois veio a noticia aos familiares dos jovens, sofreram um acidente, morreram todos, o carro ficou irreconhecível, mas o porta-malas ficou intacto.

A policia técnica disse que pela violência do acidente seria impossível o porta-malas ficar intacto, quando o policial abriu o porta-malas, lá estava uma bandeja com 18 ovos sem nenhum arranhão, e todos nos lugares corretos da bandeja.


O_Senhor_escudo_protetor_Salmo_90
Provação e proteção
.



Provação e proteção

Veja o Post:

Proteção Divina



Este texto foi retirado de uma mensagem em Power Point, que gira nos e_mail’s a mais de três anos, eu mesmo já a recebi diversas vezes.

Podem parecer palavras duras quando se coloca frases no imperativo e bem objetivas para ocupar menos espaço numa mensagem, mas a verdade é que todos nós um dia morreremos e não mais estaremos neste mundo.

Para quem não acredita em Deus tudo estará terminado e será o fim de uma vida, mas para quem acredita em Deus, será apenas o começo de uma vida eterna que jamais terá fim.

Justamente esta é a diferença, teremos uma eternidade pela frente que se comparada com estes poucos anos de vida que temos na terra não representaria quase nada, mas muitas pessoas preferem desperdiçar toda sua vida em alguns anos apenas, do que esperar por algo que a sabedoria humana não conseguiria explicar, porque na verdade dependeria unica e exclusivamente de nossa fé.


“Sem Fé é Impossível agradar a Deus…”


Mas o pior é !…  diz no mesmo versículo …

“Sem fé seria impossível se aproximar de Deus…”


Porque na verdade o homem sem fé se afasta de Deus.

Como encontrar alguma coisa na escuridão, principalmente algo que você nem sabe como é, mesmo que saia tateando por todo lado, jamais encontrará algo que você não conhece, mesmo que esteja em suas mãos, você dirá, não encontrei o que procurava.

Isto é o que acontece com aqueles que não tem fé.

Jamais encontrarão a Deus e continuará:


“BRINCANDO COM SUA PRÓPRIA VIDA”,

desvalorizando-a e desperdiçando-a

COMO NOS EXEMPLOS ACIMA.


Circula pela internet e Facebook que o Ex. Presidente Lula no afã de fazer sua campanha a presidência da República em 2018 teria dito em um de seus discursos que:

“Nem a volta de Jesus lhe impediria de chegar à presidência da Republica em 2018” (*)

Frase que foi negada posteriormente.

Jesus ainda não voltou, porém o presidiário Lula da Silva não concorreu à presidência da República porque foi condenado por corrupção e foi preso, mesmo depois de muitos recursos na justiça não conseguiu emplacar a sua candidatura e até mesmo seu substituto acabou derrotado nas urnas e apesar de uma campanha milionária perdeu para um candidato que nem mesmo saiu de sua casa pois foi vítima de um atentado no início da campanha.

complemento:30/10/2018



Lembramos porém que mesmo que seu partido PT ou outro que ele venha a se filiar o aprove como candidato e mesmo que o povo brasileiro cometa o mesmo erro novamente, jamais ele se tornará presidente de nenhum país nesta terra depois da volta de Jesus.



Por que?


Porque passou a primeira condição…   (Apocalipse 21)

Não existirá mais este sistema de governo, pois como está escrito, haverá sim um novo céu e uma nova terra e certamente neste novo céu e nesta nova terra não haverá espaço para aqueles que não acreditam em Deus.

(*) – Obs. Fato não confirmado por vídeo gravado.

Fonte: http://culturas-diversas.blogspot.com.br/2015/10/lula-seria-mais-poderoso-que-jesus.html


EM ENTREVISTA COLETIVA LULA SOLTA MAIS UMA DE SUAS COMPARAÇÕES INOPORTUNAS, INFELIZES E ABSURDAS


lula_so_jesus_eh_mais_popular_do_que_eu_no_brasil



Neste momento Lula enfrenta trés processos na Justiça e mesmo que o PT resista à LAVAJATO não terá caixa dois para subornar novamente os pobres Brasileiros com o seu mensalão, quero dizer, “Bolsa Família” em troca de sua permanência no poder.


Resultado final




FOI DEUS FOI DEUS

FOI DEUS.   PPT – 296 K

Com Deus Não se Brinca.

Power Point – PPT – 1.6 K

 


Jesus é Misericordioso cd10aeff54de4826bfd7fb54bbec40919[1]


Basfêmia Presépio criança
O_pai_das_misericordias_CN

Adorai, Adorai, Adorai …




“Deus é Espírito, e os seus adoradores devem adorá-lo em espírito e verdade.”

(São João 4,24).



Capela Sagrada Familia por fotosquefalam.



Mas vem a hora, e já chegou, em que os verdadeiros adoradores hão de adorar o Pai em espírito e verdade, e são esses adoradores que o Pai deseja.

(São João 4,23)



Jesus Eucaristico por Natalino Ueda.



“Senhor, disse-lhe a mulher, vejo que és profeta!… – Nossos pais adoraram neste monte, mas vós dizeis que é em Jerusalém que se deve adorar. – Jesus respondeu: Mulher, acredita-me, vem a hora em que não adorareis o Pai, nem neste monte nem em Jerusalém.” (São João 4)



Adoração por fotosquefalam.

Flickr – Galeria de fotosquefalam


Nas palavras da mulher Samaritana, percebe-se um desconhecimento a respeito do verdadeiro ato de adoração, tanto é que, Jesus demonstra que numa verdadeira adoração a hora “Um Tempo” ou o local “Neste Monte” são o que menos importam, se bem que existia uma Lei para os Judeus que pelo menos uma vez ao ano deveriam se dirigir a Jerusalém para prestar culto e Adorar o Senhor no “Templo de Salomão” lugar onde Ele Habitava, sendo que naquela época, Deus resumiu a sua presença à uma arca e um lugar Santíssimo, local este onde somente o Sumo sacerdote poderia entrar, entregando ao Senhor um sacrifício perfeito pelo perdão dos pecados cometidos por todo aquele povo.

Os Judeus visitavam o templo em Jerusalém várias vezes por ano, mas na época da Páscoa segundo relatos históricos a cidade e entorno dela abrigavam um público aproximadamente de um milhão de pessoas, que cumpriam os preceitos da lei Judaica adorando a Deus em sua casa.

A Samaritana estava correta em sua afirmação, porém este acumulo de pessoas em Jerusalém naquele mesmo dia, não significava que realmente estavam prestando um culto de adoração agradável a Deus, o maior exemplo desta verdade foi aquele momento em que Jesus expulsou os vendilhões do Templo porque se preocupavam unicamente com o comércio e não com a adoração ao Senhor, fatos semelhantes a este acontecem em todos os locais de grande peregrinação, como Aparecida e Fátima, 80 % do comércio em Aparecida gira em torno dos visitantes e turistas que passam pela cidade e compram lembranças para levar para casa.

Por outro lado, Jesus já declarava que seria aberto um novo caminho, uma nova maneira de encontrar a Deus, não apenas para os Judeus, como também para todos os povos da Terra.

Mudança que ocorreu ao finalizar o seu sacrifício na Cruz, naquele instante em que Jesus entregou seu Espírito ao Pai, o véu que separava o lugar santíssimo no templo do lugar onde o povo permanecia, se rasgou de alto a baixo, sendo que Deus ficou exposto para quem quisesse ver, assim como Ele sempre desejou estar. Isto equivaleria ao encontro com Moisés no Monte Horebe ou na Tenda do testemunho quando vagavam pelo deserto ou ainda quando Deus falou com Adão no paraíso logo após o primeiro pecado, quando o homem se escondeu do Pai entre as árvores do jardim, agora porém, por iniciativa do próprio Deus este caminho foi reaberto e o Pai mais uma vez se apresenta ao homem onde quer que ele esteja.

Jesus afirma com estas palavras que o Pai não estará mais se limitando em um certo lugar ou em um certo momento e que podemos encontrá-lo e adorá-lo sempre que nosso coração estiver disposto a isto, é assim que São Paulo nos ensina dizendo que somos o templo onde Deus habita se referindo às palavras de Jesus que dizem: O Espírito Santo virá para estar eternamente conosco e que estaria em nossos corações.   Encontrar Deus, Estar com Ele e adorá-lo não significa se afastar da comunidade, abandonar a Igreja e os Sacramentos porque é justamente através dos Sacramentos recebidos na Igreja que alimentamos nossa fé e podemos também conviver com a comunidade que é o corpo de Cristo.


Adoração por fotosquefalam.

Flickr – Galeria de fotosquefalam


Mas afinal de contas o que vem a ser esta Adoração ?

Adorar é prestar culto ao ser superior, neste caso “Amarás, somente ao Senhor seu Deus de todo o seu coração, com todas as tuas Forças e com todo o seu entendimento…” (São Lucas 10,27)

O Primeiro mandamento da lei de Deus é o melhor exemplo, mostrando que todo nosso culto de louvor e adoração deverá ser direcionado ao nosso único Deus e Criador, de uma forma exclusiva e incondicional.

A Samaritana não sabia quem era Jesus, não o conhecia, nem sabia nada a seu respeito, muito menos conhecia seu Pai que é o Deus que criou todas as coisas, como poderia saber a forma correta de adorá-lo?   Na verdade ela fazia parte de um povo não Judeu que foi introduzido naquela terra e lá entraram em contato com a prática de adoração de nosso Deus que era naqueles dias Deus apenas do povo Judeu, porém não o conheciam e nem mesmo o amavam, por isso ela questionava o motivo pelo qual deveria se dirigir a Jerusalém para adorá-lo.

O primeiro passo para se adorar a Deus, seria conhecê-lo, porque “não se ama aquele que não se conhece”, se não existir amor não existirá uma perfeita adoração.

São Paulo passando por Atenas, se deparou com um altar dedicado ao “DEUS DESCONHECIDO”, muito se admirou que aqueles homens adorassem até mesmo um deus sem face e inexistente, que na verdade não passava de um pedaço de pedra.     Pois bem, aproveitando que adoravam até mesmo um deus desconhecido, Paulo apresentou-lhes o Deus que seria Deus de todos os outros, “O Deus dos Deuses e Senhor dos Senhores”, aquele que criou o céu e a Terra e que reina soberanamente sobre todas as coisas.

Este seria o nosso Deus, digno de todo louvor e toda adoração, mas que por falta de conhecimento, acabamos o desprezando e muitas vezes dedicando o nosso amor a um outro deus ou a um ídolo que não é Deus e não passa de um objeto criado pelo próprio homem.  Hoje em nosso mundo são as coisas e o dinheiro que acabam recebendo o amor integral do coração dos homens que não conhecem a Deus, isto é claro seria uma idolatria e abominável aos olhos de Deus.

Por isso, falar da verdadeira adoração hoje é tão importante, porque os homens se afastaram de Deus e não mais reconhecem a sua voz, despertar o coração dos homens para sentirem a presença de Jesus na Eucaristia a ponto de verem ali aquilo que realmente É, “JESUS VIVO E PRESENTE NO MEIO DE NÓS”, este Jesus é aquele mesmo que caminhava no meio do seu povo curando e transformando os corações, aquele Jesus que bastaria tocar em suas vestes para  que um fluxo permanente de sangue se estancasse imediatamente, trazendo uma cura almejada por anos a fio e não alcançada.

Diz os evangelhos que uma multidão seguia Jesus por onde quer que Ele fosse, buscavam muitas coisas, mas principalmente buscavam aquele amor que jorrava continuamente de seu Coração, este é o mesmo Jesus que ressuscitou e que está no sacrário e no Ostensório de braços abertos para nos acolher, pronto para curar e transformar os corações como sempre fez, mas a maioria das pessoas olham e nada vêem além de um objeto de ouro em cima do altar, enquanto que outros testemunham experimentar visões maravilhosas, como o testemunho de um Pastor evangélico que ao visitar uma Igreja Católica se deparou com uma bola de fogo em cima de um Cálice, na verdade um Cálice na aparência, mas onde estava o sangue de Jesus que foi doado a cada um de nós.

Quando o conhecemos e reconhecemos que realmente Ele está vivo e presente no meio de nós através da Eucaristia, então começamos a experimentar este poder em nossas vidas que enche o nosso coração com aquele AMOR intenso para que possamos Adorar a Deus em Espírito e Verdade, como Ele é digno de ser Adorado.

Um Deus Desconhecido para muita gente mas um Deus poderoso que realiza milagres na vida de todos aqueles que acreditam em seu nome.


https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/10/990195.jpg

Ruinas Templo de baal na Siria.


O episódio no templo pagão…

(I Samuel, 5 e 6)


Os filisteus apoderaram-se, pois, da arca de Deus e levaram-na de Eben-Ezer para Azot.  Tomaram a arca de Deus e meteram-na no templo de Dagon, colocando-a junto do ídolo. No dia seguinte, levantando-se pela manhã, os habitantes de Azot viram Dagon estendido com o rosto por terra diante da arca do Senhor. Levantaram o ídolo e repuseram-no no seu lugar. Na manhã seguinte, ao se levantarem, encontraram (de novo) Dagon estendido com o rosto por terra diante da arca do Senhor; a cabeça do deus e suas duas mãos estavam desprendidas e jaziam perto do limiar. Dele só restou o tronco. A mão do Senhor pesava sobre os habitantes de Azot; ele os devastou e os feriu de hemorroidas na cidade e no seu território. […]

[…] 6,1 – Esteve a arca do Senhor na terra dos filisteus sete meses.

Estes convocaram os seus sacerdotes e adivinhos e perguntaram-lhes:

Que faremos da arca do Senhor ?

Dizei-nos como havemos de a devolver ao seu lugar ?


14+Dagon+no+templo[1]


Deus demonstrou seu poder no meio de seus inimigos e bastou sua presença para causar um transtorno terrível aos habitantes daquela cidade, o interessante foi como Ele mostrou que nenhum deus feito de pedra poderia realizar qualquer coisa em favor dos homens que o adoravam, de forma que em várias oportunidades a bíblia relata fatos semelhantes a este onde os deuses jamais realizaram nenhum milagre ou ação que demonstrasse vida e eram totalmente incapazes de fazer alguma coisa porque não passavam de uma imagem esculpida na pedra.    Os inimigos do povo de Israel passaram a temer o Senhor porque reconheceram seu poder através de suas ações e manifestações, não ousavam nem tocar na Arca onde Deus estava, apesar de não adorá-lo demonstravam lhe o maior respeito.

Acompanhando os eventos de hoje, percebemos que o respeito aos objetos sagrados e ao culto de adoração a Deus tem diminuído bastante, são muitos aqueles que menosprezam e outros até que blasfemam contra Deus tentando provar que Deus é uma invenção da mente humana e acabam difundindo suas ideias pelo mundo através do ateísmo e do ceticismo, mas muitos destes ateus e céticos na verdade demonstram atitudes anti-cristãs porque quem é ateu na essência da palavra seria aquele que não acredita em Deus, logo porque se preocupar com algo que você crê que não existe ?    Atitude anti-cristã são aquelas que tem como objetivo destruir a fé com mentiras e deboches e ultimamente estão atacando os objetos de culto e difamando a Igreja, muitas vezes atacam diretamente a Eucaristia que é o Corpo de Deus entre nós.

Estes pseudo-ateus não são ateus e nem mesmo céticos e sim anti-cristos a serviço do inimigo, agem claramente e intencionalmente para denegrir a imagem de Deus neste mundo. A principal ação destes inimigos são confundir e colocar dúvidas nos corações dos filhos de Deus referentes à presença real de Deus na Eucaristia, por isso blasfemam contra ela, roubando sacrários e divulgando imagens abomináveis na internet levando os fracos na fé a fazer aquela velha afirmação do ladrão que morreu ao lado de Jesus:

Se Tu és o Filho de Deus, porque não desces da cruz e salva-te a Ti mesmo ?

A Resposta para esta pergunta Jesus já havia sido dito a Nicodemos anos antes:

Porque é necessário que o Filho do Homem seja levantado no madeiro, para que o mundo seja salvo por Ele. (João 3,13)

Vê se logo que a nossa salvação não estaria no fato de ser capaz de descer da Cruz e sim no amor demonstrado em subir na Cruz quando se teria poder e capacidade para não fazê-lo.  O próprio inimigo já havia tentado Jesus antes com esta mesma ideia e hoje continua insistindo sempre neste mesmo ponto.

A nossa resposta de verdadeiros Cristãos e filhos de Deus deve ser:

Crer cada vez mais e buscar esta “ADORAÇÃO PERFEITA” cada vez mais em nossas vidas.

Porque provas da presença de Deus neste mundo e principalmente na sua Igreja já foram demonstradas milhares de vezes através dos séculos, relatos de milagres que aconteceram no passado e milagres permanentes que continuam até hoje como “LANCIANO” e “A VIRGEM DE GUADALUPE” que a inteligência humana e todas as leis da natureza não conseguem explicar ou justificar como aconteceram e principalmente como e porque estão lá até hoje depois de 480 anos ou depois de 1300 anos, tudo isso para que os São Tomés de hoje também pudessem se certificar que Jesus está realmente vivo entre nós.

Que diremos depois disso? Se Deus é por nós, quem será contra nós ? (Romanos, 8,31)

Aliás, sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são os eleitos, segundo os seus desígnios. (Romanos, 8,28).

Nem aqui e nem em Jerusalém…

aguarde …









Eucaristia, O Corpo Vivo de Cristo.

Estes são 10 dos mais conhecidos

Milagres Eucarísticos ocorridos no mundo.

A divulgação destes fatos milagrosos é tão importante quanto o motivo pelo qual Deus os tenha realizado em cada lugar em particular e sempre pelo mesmo motivo, para reavivar a nossa fé e nos relembrarmos que seu corpo é o nosso verdadeiro alimento espiritual e seu sangue é a verdadeira bebida que sacia nossa sede eternamente.

Reportagem publicada Por:

Prof. Felipe Aquino – www.cleofas.com.br

A revista “Jesus” das Edições Paulinas de Roma, publicou uma matéria do escritor Antonio Gentili, em abril de 1983, pp. 64-67, onde apresenta uma resenha de milagres eucarísticos.

Há tempos, foi traçado um “Mapa Eucarístico”, que registra o local e a data de mais de 130 milagres, metade dos quais ocorridos na Itália.

São muitíssimos os milagres eucarísticos no mundo todo. Por exemplo, Marthe Robin, uma francesa, milagre eucarístico vivo, alimentou-se durante mais de quarenta anos só de Eucaristia. Teresa Newmann, na Alemanha, durante mais de 36 anos alimentou-se só de Eucaristia.

dc27de60[2]1 – Lanciano – Itália – no ano 700

Em Lanciano – séc. VIII. Um monge da ordem de São Basílio estava celebrando na Igreja dos santos Degonciano e Domiciano. Terminada a Consagração, que ele realizara, a hóstia transformou-se em carne e o vinho em sangue depositado dentro do cálice. O exame das relíquias, segundo critérios rigorosamente científicos,, foi efetuado em 1970-71 e outra vez em 1981 pelo Professor Odoardo Linoli, catedrático de Anatomia e Histologia Patológica e Química e Microscopia Clínica, Coadjuvado pelo Professor Ruggero Bertelli, da Universidade de Siena. Resultados:

1) A hóstia é realmente constituída por fibras musculares estriadas, pertencentes ao miocárdio.

2) Quanto ao sangue, trata-se de genuíno sangue humano. Mais: o grupo sangüíneo ‘A’ que pertencem os vestígios de sangue, o sangue contido na carne e o sangue do cálice revelam tratar-se sempre do mesmo sangue grupo ‘AB’ (sangue comum aos Judeus). Este é também o grupo que o professor Pierluigi Baima Bollone, da universidade de Turim, identificou no Santo Sudário.

3) Apesar da sua antigüidade, a carne e o sangue se apresentam com uma estrutura de base intacta e sem sinais de alterações substanciais; este fenômeno se dá sem que tenham sido utilizadas substâncias ou outros fatores aptos a conservar a matéria humana, mas, ao contrário, apesar da ação dos mais variados agentes físicos, atmosféricos, ambientais e biológicos.  

e6982d20[1]2 – Ferrara – 28/03/1171

Aconteceu este milagre na Basílica de Santa Maria in Vado, no século XII. Propagava-se com perigo a heresia de Berengário de Tours (†1088), que negava a Presença real de Cristo na Eucaristia. Aos 28 de março de 1171, o Pe. Pedro de Verona, com três sacerdotes celebravam a Missa de Páscoa; no momento de partir o pão consagrado, a Hóstia se transformou em carne, da qual saiu um fluxo de sangue que atingiu a parte superior do altar, cujas marcas são visíveis ainda hoje. Há documentos que narram o fato: um “Breve’ do Cardeal Migliatori (1404). – Bula de Eugênio IV (1442), cujo original foi encontrado em Roma em 1975. Mas, a descoberta mais importante deu-se em Londres, em 1981, foi encontrado um documento de 1197 narrando o fato.

ef096d60[1]3 – Milagre Eucarístico de

Santarém – Portugal

 (1247)

Aconteceu no dia 16 de fevereiro de 1247, em Santarém, 65 km ao norte de Lisboa. O milagre se deu com uma dona de casa, Euvira, casada com Pero Moniz, a qual sofrendo com a infidelidade do marido, decidiu consultar uma bruxa judia que morava perto da igreja da Graça. Esta bruxa prometeu-lhe resolver o problema se como pagamento recebesse uma Hóstia Consagrada. Para obter a Hóstia, a mulher fingiu-se de doente e enganou o padre da igreja de S. Estevão, que lhe deu a sagrada Comunhão num dia de semana. Assim que ela recebeu a Hóstia, sem o padre notar, colocou-a nas dobras do seu véu. De imediato a Hóstia começou a sangrar. Assustada, a mulher correu para casa na Rua das Esteiras, perto da Igreja e escondeu o véu e a Hóstia numa arca de cedro onde guardava os linhos lavados. À noite o casal foi acordado com uma visão espetacular de Anjos em adoração à sagrada Hóstia sangrando. Varias investigações eclesiásticas foram feitas durante 750 anos. As realizadas em 1340 e 1612 provaram a sua autenticidade. Em 5 de abril de 1997, por decreto de D. Antonio Francisco Marques, Bispo de Santarém, a Igreja de S. Estevão, onde está a relíquia, foi elevada a Santuário Eucarístico do Santíssimo Sangue.

4 – Orvieto – Bolsena – Itália – 1263


Jesus tinha pedido à Beata Juliana de Cornillon (†1258) a introdução da festa de “Corpus Domini” no calendário litúrgico da Igreja. O Pe. Pedro de Praga, da Boêmia, celebra uma Missa na cripta de Santa Cristina, em Bolsena, e então, ocorre o milagre: da hóstia consagrada caem gotas de sangue sobre o corporal… O Papa Urbano IV (1262´1264), residia em Orvieto e ordena ao Bispo Giacomo levar as relíquias de Bolsena a Orvieto. O Papa emitiu a Bula Transiturus de mundo, em 11/08/1264, onde prescreveu que na 5ª feira após a oitava de Pentecostes, seja celebrada a festa em honra do Corpo do Senhor Corpus Cristi. São Tomás de Aquino foi encarregado pelo Papa para compor o Ofício da celebração. Em 1290 foi construída a Catedral de Orvieto, chamada de “Lírio das Catedrais”.

5 – Offida – Itália – 1273

Ricciarella Stasio – devota imprudente, realizava práticas supersticiosas com a Eucaristia; em uma dessas profanações, a Hóstia se transformou em carne e sangue. Foram entregues ao pe. Giacomo Diattollevi, e são conservadas até hoje. Há muitos testemunhos históricos sobre este fato.

fa1aada0[2]6 – Sena – Cáscia – Itália – 1330

Hoje este milagre é celebrado em Cássia, terra de Santa Rita de Cássia. Em 1330, um sacerdote foi levar o viático a um enfermo e colocou indevidamente, de maneira apressada e irreverente, uma Hóstia dentro do seu Breviário para levá-la ao doente grave. No momento da Comunhão, abriu o livro e viu que a Hóstia se liquefez e, quase reduzida a sangue, molhou as páginas do Livro. Então o sacerdote negligente apressou-se a entregar o livro e a Hóstia a um frade agostiniano de Sena, o qual levou para Perúgia a pagina manchada de sangue e para Cáscia a outra página onde a Hóstia ficou presa. A primeira página perdeu-se em 1866 mas a relíquia chamada de “Corpus Domini” é atualmente venerada na basílica de Santa Rita.

7 – Turim – Itália – 1453

https://i0.wp.com/www.almasenlinea.org/images/eucari1.jpgNa Alta Itália ocorria uma uma guerra furiosa pelo ducado de Milão. Os Piemonteses saquearam a cidade; ao chegarem a Igreja, forçaram o Tabernáculo. Tiraram o ostensório de prata, no qual se guardava o corpo de Cristo ocultando-no dentro de uma carruagem juntamente com os outros objetos roubados, e dirigiram-se para Turim. Crônicas antigas relatam que, na altura da Igreja de São Silvestre, o cavalo parou bruscamente a carruagem – o que ocasionou a queda, por terra, do ostensório – o ostensório se levantou nos ares “com grande esplendor e com raios que pareciam os do sol”. Os espectadores chamaram o Bispo da cidade, Ludovico Romagnano, que foi prontamente ao local do prodígio. Quando chegou, “O ostensório caiu por terra, ficando o corpo de Cristo nos ares a emitir raios refulgentes”. O Bispo, diante dos fatos, pediu que lhe levassem um cálice. Dentro do cálice, desceu a hóstia, que foi levada para a catedral com grande solenidade. Era o dia 9 de junho de 1453. Existem testemunhos contemporâneos do acontecimento (Atti Capitolari de 1454 a 1456). A Igreja de “Corpus Domini” (1609), que até hoje atesta o prodígio.

8 – Faverney, na França, em 1600

O Milagre Eucarístico que aconteceu em Faverney, na França consistiu numa notável demonstração sobrenatural de superação da lei da gravidade. Faverney está localizado a 20 quilômetros de Vesoul, distante 68,7 quilômetros de Besançon.Um dos noviços chamado Hudelot, notou que o Ostensório que se encontrava junto Santíssimo Sacramento sobre o Altar, elevou-se e ficou suspenso no ar e que as chamas se inclinavam e não tocavam nele. Os Frades Capuchinhos de Vesoul também apressaram-se para observar e testemunhar o fenômeno. Embora os monges com a ajuda do povo, conseguiram apagar o incêndio que queria consumir toda a Igreja, o Milagre não cessou, o Ostensório com JESUS Sacramentado continuou flutuando no espaço.

176196e10[1]9 – Sena – Itália – 1730

Na Basília de São Francisco, em Sena, pátria de Santa Catarina de Sena, durante a noite de 14 para 15 de março de 1730, foram jogadas no chão 223 hóstias consagradas, por ladrões que roubaram o cibório de prata onde elas estavam. Dois dias depois, as Hóstias foram achadas em caixa de esmolas misturas com dinheiro. Elas foram limpadas e guardadas na Basílica de São Francisco; ninguém as consumiu; e logo o milagre aconteceu visto que com o passar do tempo as Hóstias não se estragaram, o que é um grande milagre. A partir de 1914 foram feitos exames químicos que comprovaram pão em perfeito estado de conservação.

10 – Em Stich, Alemanha, 1970

Na região Bávara da Alemanha, junto à fronteira suíça, em 9 de junho de 1970, enquanto um padre visitante da Suíça estava celebrando uma Missa numa capela, uma série incomum de eventos aconteceu. Depois da Consagração, o celebrante notou que uma pequena mancha avermelhada começou a aparecer no corporal, no lugar onde o cálice tinha estado descansando. Desejando saber se o cálice tinha começado a vazar, o padre correu a mão dele debaixo do cálice, mas achou-o completamente seco. A esta altura, a mancha crescera, atingindo o tamanho de uma moeda de dez centavos. Depois de completar a Missa, o padre inspecionou todo o altar, mas não conseguiu encontrar qualquer coisa que pudesse ser remotamente a fonte da mancha avermelhada. Ele trancou o corporal que apresentava a mancha num local seguro, até que pudesse discutir o assunto com o pároco.

por Prof. Felipe Aquino

http://blog.cancaonova.com/felipeaquino/2008/05/22/10-milagres-eucaristicos/

Os Discipulos de Emaus.

Após o Sepultamento de Jesus, alguns de seus discípulos retornaram para seus lares e comentavam pelo caminho que aquilo que eles esperavam de Jesus acabou não acontecendo, já que Ele havia morrido sem consumar as promessas do Pai, mas a quem eles disseram estas palavras de desânimo ?  Disseram isso ao próprio Jesus que caminhava ao lado deles, já ressucitado e mais uma vez mostrando que cumpriu sua promessa de ressurgir e levaria à consumação todas as promessas do Pai.

O detalhe que salta aos olhos no relato acima, é o momento do Partir do Pão, neste  instante seus olhos se abriram e revelaram a pessoa de Jesus já ressuscitado, o mesmo Pão que lhes havia sido doado na quinta-feira durante a Ultima Ceia em preparação para a Páscoa com a seguinte recomendação:

Este é meu corpo …

Tomai e comei …

Este é meu sangue …

Tomai e bebei …

“Fazei isto em Memória de Mim…”

Mas aparentemente nós também nos comportamos como estes discípulos de Emaus, nos esquecendo das palavras de Jesus, tão pouco tempo depois de terem sido anunciadas, por isso é tão necessário que o Pai reavive a nossa memória com estes milagres que aconteceram no passado, mas que continuam até os dias de hoje para serem comprovados fisicamente por quem quiser estudá-los, uma vez que todos estes milagres ainda estão lá para serem vistos e comprovados ainda hoje.

Temos também um testemunho “leia aqui” como estes acima que não foram preservados ou comprovados como estes, porque ocorreu junto daqueles que preferem dizer que tudo isso não é verdade, mesmo quando seus proprios olhos veem e suas mãos consigam apalpar, mas como em tantos outros casos Deus continuará revelando a sua verdade para que muitos possam crer e serem salvos.

COMPROVAÇÕES COMO ESTAS ACIMA

SERÃO TOTALMENTE DESNECESSÁRIAS

QUANDO:

Disse-lhe Jesus:

Creste, porque me viste.

Felizes aqueles que crêem

sem ter visto!

(São João 20,29)

A IGREJA NÃO ESCONDE A VERDADE

COMPROVA E PRESERVA

PARA QUE O MUNDO CREIA

SOMENTE NA VERDADE DIVINA.

LANCIANO HOJE

COMO A 1300 ANOS ATRÁS.

lanciano_401.jpg

http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/eucaristia.jpg?w=130&h=120&h=120
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/dons-do-espirito.jpg
https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/03/eucaristia.jpg?w=130&h=120&h=120

.

Tu és pó e ao pó tornarás.



Frase: O homem não é mais que um amontoado de átomos que se dissolverá, ao final, em outro amontoado de átomos.

Se dependesse de mim, tiraria imediatamente esta fórmula da liturgia.

Comentário do padre Raniero Cantalamessa à liturgia do próximo domingo


Pregador do Papa:

O homem é muito mais que pó?



ROMA, sexta-feira, 18 de abril de 2008 (ZENIT.org).- Publicamos o comentário do padre Raniero Cantalamessa, OFM Cap. –predicador da Casa Pontifícia– à Liturgia da Palavra do próximo domingo, V de Páscoa.


V Domingo de Páscoa

At 6, 1-7, Pd 2 ,4-9; Jo 14, 1-12

No livro do Gênesis, lê-se que depois do pecado, Deus disse ao homem: «Comerás o teu pão com o suor do teu rosto, até que voltes à terra de que foste tirado; porque és pó, e pó te hás de tornar» (Gn. 3, 19). Todos os anos, na Quarta-feira de Cinzas, a liturgia repete esta severa advertência: «Recorda-te que és pó e ao pó voltarás». Se dependesse de mim, tiraria imediatamente esta fórmula da liturgia. Justamente agora, a Igreja permite substituí-la por outra: «Convertei e crede no Evangelho». Tomada ao pé da letra, sem as devidas explicações, aquelas palavras são a expressão perfeita do ateísmo científico moderno: O homem não é mais que um amontoado de átomos que se dissolverá, ao final, em outro amontoado de átomos.



O Qohélet (Eclesiastes, N do T.), um livro da Bíblia escrito em uma época de crise das certezas religiosas em Israel, parece confirmar esta interpretação atéia quando escreve: «Todos caminham para um mesmo lugar, todos saem do pó e para o pó voltam. Quem sabe se o sopro de vida dos filhos dos homens se eleva para o alto, e o sopro de vida dos brutos desce para a terra?» (Qo 3, 20-21). No final do livro, esta última terrível dúvida (quem sabe se há diferença entre a sorte final do homem e a do animal) parece resolvida de modo positivo, porque o autor diz: «antes que a poeira retorne à terra para se tornar o que era; e antes que o sopro de vida retorne a Deus que o deu» (Qo 12, 7). Nos últimos escritos do Antigo Testamento, começa, é verdade, a abrir caminho a idéia de uma recompensa dos justos depois da morte, e até a de uma ressurreição dos corpos, mas é uma crença ainda bastante vaga no conteúdo e não compartilhada por todos, por exemplo, pelos saduceus.

Neste contexto, podemos avaliar a novidade das palavras com que começa o Evangelho do domingo: «Não se perturbe o vosso coração. Credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Não fora assim, e eu vos teria dito; pois vou preparar-vos um lugar. Depois de ir e vos preparar um lugar, voltarei e tomar-vos-ei comigo, para que, onde eu estou, também vós estejais». Contêm a resposta cristã à mais inquietante das perguntas humanas. Morrer não é – como estava nos inícios da Bíblia e no mundo pagão – baixar ao Xeol ou ao Hades para levar ali uma vida de larvas ou de sombras; não é – como para certos biólogos ateus – restituir à natureza o próprio material orgânico para um posterior uso por parte de outros seres vivos; tampouco é – como em certas formas de religiosidade atuais que se inspiram em doutrinas orientais (com freqüência mal entendidas) – dissolver-se como pessoa no grande mar da consciência universal, no Todo ou, segundo os casos, no Nada… É, em contrapartida, ir estar com Cristo no seio do Pai, ser onde Ele é.

O véu do mistério não se ergueu porque não pode suprimir-se. Assim como não pode descrever o que é a cor um cego de nascimento, ou o som um surdo, tampouco se pode explicar o que é a vida fora do tempo e do espaço quem ainda está no tempo e no espaço. Não é Deus quem quis manter-nos na obscuridade… Nos disse, no entanto, o essencial: a vida eterna será uma comunhão plena, alma e corpo, com Cristo ressuscitado, compartilhar sua glória e sua alegria.

O Papa Bento XVI, em sua recente encíclica sobre a esperança (Spe salvi), reflete sobre a natureza da vida eterna desde um ponto de vista também existencial. Começa observando que há pessoas que não desejam em absoluto uma vida eterna, que inclusive têm medo. Para que serve – perguntam-se – prolongar uma existência que se revela cheia de problemas e de sofrimentos?

A razão deste temor, explica o Papa, é que não se consegue pensar na vida mais que nos modos que conhecemos aqui embaixo; enquanto que se trata, sim, de vida, mas sem todas as limitações que experimentamos no presente. A vida eterna – diz na encíclica – será submergir-se no oceano do amor infinito, no qual o tempo – o antes e o depois – já não existe. Não será um contínuo suceder-se de dias do calendário, mas como o momento pleno de satisfação, no qual a totalidade nos abraça e nós abraçamos a totalidade.

Com estas palavras, o Papa alude talvez, tacitamente, à obra de um famoso compatriota seu. O ideal do Fausto, de Goethe, é de fato precisamente alcançar a plenitude de vida e tal satisfação que o faça exclamar: «Detêm-te, instante, és tão belo!». Creio que esta é a idéia menos inadequada que podemos ter da vida eterna: um instante que desejaríamos que não acabasse nunca e que – diferentemente de todos os instantes de felicidade daqui de baixo – não terminasse jamais! Vêm-me à memória as palavras de um dos cantos mais amados pelos cristãos de língua inglesa: «Amazing grace». Diz: «E quando ali tenhamos estado há dez mil anos, / brilhando como o sol, / o tempo que nos fica para louvar a Deus / não será inferior que quando tudo começou» (When we’ve been there ten thousand years, / Bright shining as the sun, / We’ve no less days to sing God’s praise / Than when we’ve first begun.)


ZP08041805 – 18-04-2008
Permalink: http://www.zenit.org/article-18174?l=portuguese

Presépio criança



Ultimos Milagres de Santos da Igreja Católica.

Um verdadeiro Milagre, só é considerado como Tal, depois de foram estudados os Testemunhos pessoais envolvidos, provas materiais, Fotos e cada fato relacionado ao possível Milágre.

A Igreja só se manifesta oficialmente quando todas as possibilidades de fraudes forem investigadas e descartadas. Tudo isto para não transmitir inverdades ou boatos inventados sem comprovar a sua veracidade.

Mesmo depois de aceito e anunciado Pela Igreja como um Milagre Oficial e Verídico, muitos são aqueles que contunuam contestando e afirmando que Milagres não existem de Fato e sim cituações inesplicáveis que precisam ser desvendadas.

Vários são os milagres que foram contestados e nunca desvendados pela ciência e a sabedoria humana, consequentemente nunca foram desmentidos.

O Santo Sudário de Turim, Itália:

O Milágre Eucarístico de Lanciano, Itália:

A Imagem de Nossa Senhora de Guadalupe no México:

O Milágre Eucarístico da Autria:

E Outros.


eucaristia_img66.jpg

16 de maio de 2000

30 de dezembro 2003


Um Milagre Eucarístico Recente ocorrido novamente na Itália em 2003 está em fase de comprovação até as provas documentais e testemunhos visuais do momento do Milágre não foram divulgados até o momento para não comprometer a veracidade dos estudos realizados em torno do caso especícico, evitando também a contaminação e interferência externa ao caso por fiéis guiados apenas pelas emoçoes humanas.

Aparições de Jesus na França a partir de 1970 até 1978 com diversas mensagens também estão em fases de Estudos e comprovação atraves dos testemunhos das pessoas envolvidas e dos frutos provenientes dos acontecimentos, quem viu imagens do Papa João Paulo II quando veio ao Brasil em 1980 e também em outros Países, Ele executa um ato que foi considerado um pouco extranho e fora do comum, foi até muito comentado, e conheço até testemunhos de conversão atribuídos a este ato em particular, porém não sei se o Papa seguiu o que foi dito por Jesus nestas aparições mas Ele tinha conhecimento dos textos que continham tais mensagens e este detalhe consta como um pedido de Jesus nestas mensagens.

Estes fatos estão divulgados de forma extra-oficial e romarias até já ocorrem ao local das aparições porém não são incentivadas pela Igreja que ainda estuda as mensagens assim como estuda as mensagens de outras apariçoes em todo o Mundo, afinal de contas Deus tem Pressa que seu povo se volte para Ele cada dia mais, pois os tempos do fim estão próximos. Muitas Mensagens atuais não são comprovadamente consideradas como realmente Divinas, muitas são apenas manifestações Humanas ou fatos simplórios explicados por um simples reflexo solar numa fotografia ou mancha de sabão em pó numa janela refletindo a luz do sol em forma de um manto de Maria Santíssima, pode até atrair a imprensa Mancheteira e muitos curiosos, mas certamente não seria jamais considerado um Milágre Divino Verídico.

Por isso a Igreja só revela os Milágres Reais, que a ciencia humana não consegue Explicar.

Eu cito aqui em meu Blog tres milágres não comprovados, alguns nem serão, pois não existem provas materiais e nem precisam, porque Deus realiza Um Grande Milágre toda vez que voce abre seus olhos, basta ver que é verdade, precisamos reconhecer a presença deste Deus maravilhoso constantemente em nossas vidas diariamente.

Os Milágres acima relacionados foram exaustivamente estudados pela ciência humana moderna e a unica coisa que conseguem provar é que:

SÃO REALMENTE MILÁGRES DE DEUS!

No Caso da Imagem da Virgem de Guadalupe que aparece, não apareceu, continua aparecendo, pois não é uma imagem impresa com tinta ou qualquer tipo de corante no manto do Indio Mexicano, o Milagre não ocorreu a 480 anos atrás ele continua ocorrendo pra você, a cada vez que se olha para o manto, foi comprovado pela Nasa, não há pigmentos impresos no Manto, há sim uma imagem visível aos nossos olhos e que incrivelmente se renova através dos anos, pinturas adicionadas manualmente como complementos, anjos, coroas, raios de luz, estrelas extras todos se apagaram enquanto a imagem original ne renova a cada dia.

Um cientista com maquinas fotograficas espaciais moderníssimas com a capacidade de fotografar o espaço a milhões de anos luz da terra, e revelá-las como uma fotografia tirada a menos de tres metros de distância, foram utilizadas para fotografar a imagem aparente na tela, em todos os angulos possíveis. As surpresas foram incríveis, os milágres continuam aparecendo apesar de terem ocorrido ha mais de 480 anos, sómente hoje foram descobertos, as fotografias revelaram que nas pupilas dos olhos da imagem ficaram gravados como uma fotografia de microfilm, invissível aos olhos humanos e portanto desconhecidos até agora, o momento exato da revelação da imagem àqueles que presenciaram o milágre, os quais ficaram fotografados com suas reações de espanto ao ver algo tão lindo e inexplicável.

Nenhuma fotografia moderna tem a capacidade de quardar tal detalhe em micropontos mesmo as digitais de hoje, quanto mais uma imagem pintada ou fotografada em um pano de pessima qualidade com pontos mil vezes maiores que os detalhes descobertos, por isso descobriu-se que o milágre é atual, não ocorreu, está ocorrendo agora neste exato momento para todas as pessoas que a visualizarem.

Portanto pode ser sempre considerado como o ultimo Milágre Católico acontecido na face da terra, só deixará de sê-lo quando deixar de aparecer, uma vez que não existe pigmento e nem tinta no pano. Uma imagem que se forma inexplicávelmente nova e com detálhes microscópicos, pode deixar de aparecer a qualquer momento uma vez que os olhos humanos não a veem a menos de 10 Cm, à esta distiância não existe imagem nenhuma, somente o pano, logo ela não está fisicamente ou materialmente lá, está sim na visão e no coração daqueles que acreditam em Deus.

Tem que ver prá crer, São Tomé e Pe. Quevedo comprovaram esta experiência.

Neste caso porém, mesmo não existindo uma imagem matérial ela pode ser vista e fotografada pelos homens mais incredulos, até mesmo por aqueles que tentam destruí-la com bombas e ácido sulfúrico, o milágre continua lá para qualquer Tomé que queira ver  ou comprovar com fotografias, mas com os dedos cegos  ou com os instrumentos que retiram pedaços do pano já não é mais permitido, já basta os estudos que foram feitos e acabaram se tornando as provas materiais deste milagre Divino.

Veja também:

Os Dons do Espírito Santo.

Aqueles que Confiam no Senhor…

Satanas tem Chifre e rabo de Ponta?

Gloria e Martírio de Santa Joana d’Arc.

Pascoa não é Ovo de Cholate do Coelhinho.

Mulher Atingida Por Um Raio conta seu Testemunho.

.


http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/eucaristia.jpg?w=130&h=120 CORPO DE DEUS
MILAGRE DE LANCIANO

 NOSSA SENHORA DE FÁTIMA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA