Nove Meses, Musica a Oração do Bebê.



Nove_meses_musica_Barbara_dias


Não tem como uma mãe não se emocionar ao ouvir essa musica…
(OBS: Essa musica não é minha é da Barbara Dias, se chama 9 meses…)
Video no Facebook com – 7.853.780 visualizações até 09/05/2015 22:20 hs



9 meses é uma declaração de amor de um bebê ainda não nascido à sua futura mamãe, mas que porém compartilha todos os momentos tristes e felizes com ela e assim manifesta a sua presença viva através de uma simples oração.

A vida de um novo ser começa muito antes de seu nascimento, esta musica dedicada às mães que experimentam pela primeira vez esta linda experiência nos mostra claramente que o amor de mãe já é muito forte desde o primeiro dia de concepção de seu filho e que aumenta cada vez mais à medida que se aproxima o grande dia.

Dizem que: O que é bom e louvável deve ser divulgado e compartilhado e por isso me junto com aqueles que gostaram desta simples canção e creio que ela será ainda capaz de tocar muitos corações, principalmente das futuras mamães.

Parabéns Barbara Dias



Barbara_dias_Iluminados_Faustão_globo

Foto: Globo – Barbara_dias_Iluminados_Faustão_globo



Nove Meses

Barbara Dias

Um mês e o tempo voa, eu já sou
E você nem descobriu
São dois e chega perto, mas eu ainda sou
Pequeno demais, viu?
Três meses e o tormento
Esse teu sofrimento eu também já posso sentir
Vê se aquieta o coração
Pra quando eu sair daqui

Talvez eu dê trabalho, uma vida de despesas
Mas por favor me deixa ficar
E se por um acaso, eu não tiver seus olhos
Você ainda vai me amar
Eu sei que ansiedade, é quase uma inimiga
Mas eu não quero ser confusão
Então por favor, me deixa na sua vida
Mas vê se aquieta o seu coração

Se é tempestade, todo medo
Se for arrependimento, por favor tira daí
Você ainda não me tem inteiro
Nem me conhece direito, mas já posso te ouvir
E quando a barriga for crescendo
Você ainda vai ser linda e eu nem preciso te ver
Seca o choro e fica aqui comigo
Que até assim tristinha, eu já sei que eu amo você

Quatro meses, tempo eu te imploro paciência
Eu vim do céu por causa do amor
No quinto faltam quatro e eu aposto que os presentes
Já tão vindo em rosa ou azul
E quando chega o sexto todo mundo já viu
Que você não anda sozinha
O sétimo eu já tenho lencinhos com meu nome
Desculpa pai, mas ela é só minha

Se é tempestade, todo medo
Se for arrependimento, por favor tira daí
Você ainda não me tem inteiro
Nem me conhece direito, mas já posso te ouvir
E quando a barriga for crescendo
Você ainda vai ser linda e eu nem preciso te ver
Seca o choro e fica aqui comigo
Que até assim tristinha, eu já sei que eu amo você

Oitavo mês aguenta, que eu já tô chegando
Só quero um jeito de te encontrar
No nono vem a pressa, a dor, o choro a gente
Desculpa você ter que sangrar
E por mais uns anos você vai fazer planos
Pensando se eles servem pra mim

E eu vou te acordar, bem de madrugada
Você vai me amar mesmo assim
O meu primeiro passo, vai ser no seu abraço
Me segura quando eu cair
E no final do dia é só a tua voz
Que vai poder me fazer dormir

Se é tempestade, todo medo
Se for arrependimento, por favor tira daí
Você ainda não me tem inteiro
Nem me conhece direito, mas já posso te ouvir
E quando a barriga for crescendo
Você ainda vai ser linda e eu nem preciso te ver

Hum… seca o choro e fica aqui comigo
Que até assim tristinha, eu já sei que eu amo você





Entrevista com Bárbara Dias (*)

Dizem que grávida chora por tudo. Isso pode até não ser verdade, mas é difícil segurar a emoção ao ouvir a música 9 meses (Oração do Bebê), de Bárbara Dias. A cantora que ficou conhecida no país todo ao participar do quadro “Iluminados”, do Domingão do Faustão – ela disputou a final, mas não saiu vencedora – está fazendo sucesso na internet entre as mães e, principalmente, entre as mulheres que ainda estão esperando o nascimento do bebê.

A carioca tem apenas 19 anos e ainda não é mãe, mas conta que a inspiração para escrever a música veio de uma amiga nos tempos de colégio. “A gente estava no terceiro ano do ensino médio e ela engravidou. Tinha só 17 anos e ficava muito deprimida, por isso compus a música”, diz Bárbara, que explica ainda porque resolveu gravar a canção: “Eu tinha feito uma gravação no celular que acabou vazando na internet. Aí gravei mais para registrar que ela era minha e acabou coincidindo de divulgar na época do programa, mas o foco era mesmo o Dia das Mães”.

Seja pelo empurrãozinho do programa, seja pela proximidade do segundo domingo de maio, o vídeo “Youtube” está com mais de 750 mil visualizações e não para de ser compartilhado nas redes sociais. Se você ainda não assistiu, aproveite para se emocionar:

(*) Escrito por  – Carla Leonardi (colaboradora)

Fonte:http://mdemulher.abril.com.br/cultura/bebecombr/cantora-do-programa-iluminados-fala-sobre-a-musica-nove-meses



Feliz dia das mães Fabio Melo_Saudade_de_Mãe

Oracao-Dia-das-Maes_2 Moldura_dia_das_Maes_lk Eu_amo_minha_mae_2
o alpinista Dia_das_Mães_Lk1

Presente_para_a_mamae

O Melhor Presente!



Nos braços do Pai.


Missionário por essência, Padre Robson é membro da Congregação dos Missionários Redentoristas (o mesmo grupo que atua no Santuário de Aparecida, SP) e reitor do Santuário-Basílica do Divino Pai Eterno. Além disso, o sacerdote possui um programa de TV na Rede Vida, Novena dos Filhos do Pai Eterno, que vem conquistando o carinho de milhares de brasileiros.

Atendendo aos pedidos de seus seguidores, Padre Robson lança o primeiro CD de sua carreira: “Nos Braços do Pai”. Através da música, Padre Robson pretende ampliar seu poder de evangelização e fazer uso desse instrumento para passar uma mensagem de amor, fé e devoção. O lançamento traz canções já conhecidas dos fiéis e algumas músicas inéditas. Composições harmoniosas, capazes de proporcionar a quem ouve uma extrema paz de espírito. Entre as músicas de maior destaque estão “O Cálice”, “Meu Porto, Meu Cais”, “Maria de Minha Infância” e “Somos Povo de Deus”.


CD - NOS BRAÇOS DO PAI


Nos braços do Pai

Pe. Robson de Oliveira

1 – O Cálice

2 – Mãe Maria

3 – Misericórdia

4 – Meu Porto Meu Cais

5 – Sagrada Família

6 – Liberta-me Senhor

7 – Sou Teu Anjo

Participação especial Rodolfo e Rodrigo

8 – Nos Braços do Pai

9 – Maria de Minha Infância

10- Bendito Serás

11- Tua Graça Me Basta

12 – Cantando Glória

13 – Olha Pra Mim

14 – Somos Povo De Deus



O Cálice



Sou teu anjo – Rofolfo e Rodrigo



Oração …

Pe. Robson de Oliveira






Padre Robson Oliveira.



Reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno de Trindade estará em Anápolis – Goiás neste dia 03/02/11 celebrando uma Missa no Feirão do IAPC a partir das 18:30 Hs em comemoração ao 20º aniversário da Comunidade Católica Nova Aliança.

Toda a população anapolina sinta-se convidada a participar desta Missa, estará presente também a Imagem pelegrina do Divino Pai Eterno de Trindade-Go.

Padre Robson sente-se honrado em apresentar o seu mais novo trabalho, um CD de músicas Católicas chamado:

“NOS BRAÇOS DO PAI”


PADRE ROBSON OLIVEIRA - TRINDADE - GOIÁS


Reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno de Trindade, Padre Robson lança pela Som Livre o álbum Nos braços do Pai, seu primeiro disco. São 14 faixas repletas de emoção, com algumas canções já conhecidas dos fiéis e outras inéditas

Nos braços do Pai é o nome do primeiro álbum lançado pelo Padre Robson de Oliveira e gravado pela Som Livre. O religioso leva, por meio de suas músicas, mensagens de amor, fé e devoção. São 14 faixas repletas de emoção, com algumas canções já conhecidas dos fiéis e outras inéditas. Segundo a assessoria de imprensa do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno de Trindade, o CD, voltado para a adoração ao Pai Eterno e a Maria Santíssima, promete aos ouvintes paz de espírito por meio de composições harmoniosas e de sonoridade agradável.

O estilo musical escolhido pelo Padre Robson é o característico das canções religiosas, mesclado com inovações e novas tendências do mercado fonográfico mundial. O Padre apresenta este novo projeto como uma porta de entrada para outros trabalhos. No que diz respeito à promoção do seu primeiro CD, além da divulgação por meio da assessoria de imprensa da Basílica de Trindade e de propagandas convencionais em diversos meios, Padre Robson pretende fazer apresentações musicais a partir do ano que vem. Certamente seu programa Novena dos filhos do Pai Eterno, exibido pela Rede Vida, será um grande canal de divulgação do primeiro disco do padre.

O álbum foi gravado em uma capela com o acompanhamento de um coro. Apesar de ter sido produzido fora de um estúdio, as músicas não foram gravadas ao vivo com todos tocando e cantando ao mesmo tempo. O som de cada instrumento foi captado separadamente, assim como as vozes e o som do coro, para depois ser mixado em estúdio. A autoria das músicas são de diversos autores, entre eles, Padre Robson, Silvio Rodrigues, Padre Zezinho, Luiz Arcanjo e José Augusto. Algumas canções foram escolhidas por terem caído no gosto pessoal do Padre Robson, enquanto outras músicas entraram no CD devido à relevância dos temas abordados.

Ouça algumas músicas deste - CD - Clik na foto

 

Em Maria da minha infância, composição de Padre Zezinho, a letra fala da importância de se rezar com fé e amor, mesmo quando, pela imaturidade infantil ou pelo cansaço adulto, erra-se as palavras da oração. Uma música de autoria do Padre Robson, Somos povo de Deus, fala de coisas conhecidas pelos fiéis goianos: a Santíssima Trindade e os romeiros que lotam a cidade natal do Padre cantor no mês de julho. Também oriundos da cidade de Trindade, a dupla sertaneja Rodolfo e Rodrigo faz uma participação especial no CD Nos braços do Pai. A faixa escolhida foi a sétima: Sou teu anjo que traz uma mensagem que propaga o amor ao próximo.

Filho de Trindade

Robson de Oliveira Pereira nasceu em Trindade, no estado de Goiás no dia 26 de abril de 1974. Aos 14 anos, entrou para seminário e, dez anos depois, aos 24 anos, tornou-se sacerdote. Após trabalhar por dois anos na Pastoral de Vocações e na formação de jovens para a vida religiosa, o então Padre Robson rumou para a Irlanda e depois para Roma. Na Itália, fez seu mestrado em Teologia Moral pela Universidade do Vaticano. Hoje, ele tem quase uma centena de artigos publicados que versam sobre temas diversos e orientam para uma vida ética e cristã. Além disso, ele é membro da Congregação dos Missionários Redentoristas, o mesmo grupo que atua no Santuário de Aparecida, em São Paulo.

Ao retornar de Roma, o padre conquistou espaço na retransmissora regional da TV Brasil Central a fim de difundir a devoção ao Divino Pai Eterno. Mais tarde, com o programa Novena dos filhos do Pai Eterno, alcançou uma audiência nacional pela da Rede Vida – a maior rede de televisão Católica do mundo. No início do ano passado, Padre Robson iniciou uma outro programa de orações em rede nacional: a Novena do Perpétuo Socorro” que leva aos lares pregações e preces com temas que atingem o cerne da vida humana. O Padre se diz amado por muitos católicos e bem quisto por inúmeros evangélicos que lhe escrevem elogiando seu trabalho missionário na TV. Ele ainda afirma receber milhares de testemunhos de conversões e graças alcançadas por novos fiéis de todo o Brasil e até mesmo do exterior.

História de devoção

IMAGEM DO DIVINO PAI ETERNO

Neste ano, a devoção ao Divino Pai Eterno completa 170 anos em Trindade. Segundo o site oficial do Santuário do Divino Pai Eterno (www.paieterno.com.br), a história da devoção teve início por volta de 1840, com o casal de agricultores Constantino Xavier Maria e Ana Rosa de Oliveira. Eles se estabeleceram a, aproximadamente, 22 quilômetros do município Campininha das Flores, que, atualmente é o bairro de Campinas, em Goiânia.

 

Tanto Constantino quanto sua esposa Ana eram muito religiosos. Certo dia, enquanto preparavam a terra para a plantação, o casal encontrou um belo medalhão de barro que tinha, mais ou menos, meio palmo de circunferência. Nele estavam representado a Santíssima Trindade coroando a Virgem Maria. A família dos agricultores levou o medalhão para casa e começou, então, a rezar o terço, principalmente aos fins de semana. Logo, numerosos prodígios, graças e milagres foram relatados e relacionados ao medalhão sagrado. Aos poucos, as notícias foram se espalhando e outros moradores passaram a rezar juntos ao Divino Pai Eterno.

O número de devotos cresceu rapidamente e a casa de Constantino e Ana Rosa já não comportavam tanta gente. Por volta de 1843, Foi construída uma capela de folhas de buritis que logo também ficou pequena. O casal então doou um terreno às margens do córrego Barro Preto e ali foi construída uma nova capela. Mais tarde, Constantino encomendou ao artista Veiga Valle, que morava em Pirenópolis, uma réplica do medalhão em tamanho maior e esculpida em madeira. Hoje, esta imagem ainda pode ser vista no Santuário Velho que também é conhecido como Igreja Matriz de Trindade.

Pe. Robson celebra Missa em comemoração os 170 anos de devoção ao Divino Pai Eterno dia 15 de agosto no Marco Zero.

O Santuário Novo teve sua pedra fundamental lançada em 1943 pelo então arcebispo de Goiânia Dom Emanuel Gomes de Oliveira. Porém a obra só foi concluída em 1974. Com a ajuda de devotos e romeiros, o Santuário Novo passou por uma reforma em 1994. Elevado ao patamar de Basílica em 2006, a construção é ornada por 76 vitrais, possui piso de granito, secretaria, sacristia, copa, sala para os ministros da eucaristia e para atendimento vocacional. Em seu subsolo, existem três capelas, 20 confessionários, sala dos milagres e banheiros. A praça em torno do Santuário também foi totalmente revitalizada e uma grande rampa foi construída para facilitar o acesso dos devotos à porta principal do templo. Tudo construído como uma forte expressão de devoção que começou com um pequeno medalhão de barro.

FONTE:

http://suindaraalexandre.blogspot.com/2010/12/musica-de-fe.html

Contato com Padre Robson no site oficial do santuário do Divino Pai Eterno em Trindade – Goiás Clik no Banner abaixo.




Trindade - Santuário Maior do Divino Pai Eterno


Trindade - Vitral Divino Pai Eterno


VII Carnaval com Maria.

Neste Carnaval

A Vila Jaiara vai Tremer…

Vai Tremer…

Mais uma vez…

É o VII Carnaval com Maria que irá contagiar toda a Juventude de Anápolis, não perca esta oportunidade de passar o Carnaval com a Santa Alegria de Jesus e Maria.    Uma alegria contagiante que não faz nenhum mal, era a opção que faltava para aqueles que querem caminhar com Jesus.

Com O tema “Santo sem deixar de ser jovem” inspirado na canção de Antonio Alves nossa atração principal, você irá compreender porque o discipulo que Jesus mais amava era também o mais jovem entre todos, São Paulo nos fala que ninguém deve desprezar a nossa juventude, mas que devemos nos tornar verdadeiros modelos em nosso comportamento no meio em que vivemos.

Serão Várias Bandas Anapolinas a se apresentarem além de António Alves, um grande animador Goianiense que faz shows em todo Brasil.

O evento se realizará no mesmo local dos anos anteriores, no rincão da Igreja Nossa Senhora de Fátima da Vila Jaiara em Anápolis – Goiás.

Promoção: Comprando o seu Abadá, por R$ 10,00 você receberá de brinde um ingresso de R$ 3,00 e no ultimo dia o ingresso será de R$ 5,00.

Todas as noites o Show terá início a partir das 20:00 Hs.

.

.

Dia 12/02/10

Ministério Filhos do Rei

Dia 13/02/10

Ministério Santa Clara

Dia 14/02/10

Ministério Jups

Dia 15/02/10

Banda Fé e Luz

E Dia 16/02/10

António Alves.

Cantor católico Antonio Alves, goiano, comandará o show.

O cantor católico Antonio Alves, goiano, ministro da eucaristia e membro da Paróquia Jesus Bom Pastor, em Goiânia (GO), será o maestro da festa. Com 4 CDs gravados e há mais de 16 anos no cenário musical religioso, Antonio percorre o Brasil inteiro levando sua música. Entre os ritmos estão o forró, a catira, romântico e axé. O músico se destaca com composições que levam vida, esperança, anunciando o nome de Jesus Cristo, Salvador.

Entre as suas composições estão as músicas “Proteja Sua família, Reze por ela”, “Catira pra louvar”, “Deixe-me Nascer”, composta em defesa das crianças que ainda não nasceram, “Tudo por Jesus, nada sem Maria”, gravada pelo diácono Nelsinho Correa, da Comunidade Canção Nova, e “Santo sem deixar de ser Jovem”.

“Teremos em Anápolis música católica de alta qualidade. O show de Antonio Alves é de nível nacional e será inesquecível”, afirma Gleidson um dos coordenadores do evento. “A parceria da Igreja Católica visa promover a vida, os valores familiares e cristãos neste mundo que se afasta de Deus”.

Casado, pai de Clara Mariana, Antonio realiza sua missão de evangelizar: “procuro fazer da minha música um canal para levar as pessoas ao encontro pessoal com Jesus. Faço isso com responsabilidade, coragem e fé na expectativa de que muitas pessoas possam ser salvas conhecendo o quanto Deus as ama atraves deste evento.  É esse o meu objetivo”, afirma.

Dias 14, 15  e 16 de Fevereiro de 2010

Durante o dia das 7:30 Hs às 18:00 Hs

XXIII FESTIVAL DE JESUS

NO GINÁSIO CARLOS DE PINA

RENOVAÇÃO CARISMÁTICA

CATÓLICA DE ANÁPOLIS

xxii_festival_de_jesus_cart-15

Grande Festival de Jesus

O cantor católico Antonio Alves, goiano, ministro da eucaristia e membro da Paróquia Jesus Bom Pastor, em Goiânia (GO), será o maestro da festa. Com 4 CDs gravados e há mais de 16 anos no cenário musical religioso, Antonio percorre o Brasil inteiro levando sua música. Entre os ritmos estão o forró, a catira, romântico e axé. O músico se destaca com composições que levam vida, esperança, anunciando o nome de Jesus Cristo, Salvador.

Entre as suas composições estão as músicas “Proteja Sua família, Reze por ela”, “Catira pra louvar”, “Deixe-me Nascer”, composta em defesa das crianças que ainda não nasceram, “Tudo por Jesus, nada sem Maria”, gravada pelo diácono Nelsinho Correa, da Comunidade Canção Nova, e “Santo sem deixar de ser Jovem”.

“Teremos em Anápolis música católica de alta qualidade. O show de Antonio Alves é de nível nacional e será inesquecível”, afirma Gleidson um dos coordenadores do evento. “A parceria da Igreja Católica visa promover a vida, os valores familiares e cristãos neste mundo que se afasta de Deus”.

Casado, pai de Clara Mariana, Antonio realiza sua missão de evangelizar: “procuro fazer da minha música um canal para levar as pessoas ao encontro pessoal com Jesus. Faço isso com responsabilidade, coragem e fé na expectativa de que muitas pessoas possam ser salvas conhecendo o quanto Deus as ama atraves deste evento.  É esse o meu objetivo”, afirma.

Homenagem para Mamãe !


Vida – Padre Fábio de Melo.


Uma excelente montagem com a música de Padre Fábio de Melo em homenagem ao dia das mães.



Padre Fábio de Melo se emociona ao falar com sua mãe



Vida



Vida


Pelas ruas da cidade, pessoas andam no vai e vem

Não vêem o cair da tarde, dando os seus passos como um refém
De uma vida sem saída, vida sem vida, mal ou bem
Pelos bancos desses parques ninguém se toca sem perceber
Que onde o sol se esconde o horizonte tenta dizer
Que há sempre um novo dia, a cada dia um novo em cada ser

Não é preciso uma verdade nova, uma aventura,
Para encontrar nas luzes que se acendem um brilho eterno
E dar as mãos e dar de se além do próprio gesto
E descobrir feliz que o amor esconde outro universo

Pelos becos pelos bares pelos lugares que ninguém vê
Há sempre alguém querendo
Uma esperança sobreviver
Cada rosto é um espelho
De um desejo de ser de ter

Não é preciso uma verdade nova, uma aventura,
Para encontrar nas luzes que se acendem um brilho eterno
E dar as mãos e dar de se além do próprio gesto
E descobrir feliz que o amor esconde outro universo

Cada rosto é um espelho
De um desejo de ser de ter

Talvez quem sabe por essa cidade passe um anjo
E por encanto abra suas asas sobre os homens
E ter vontade de se dar aos outros sem medida
A qualidade de poder viver vida viva

Vida Vida.


Cifra


Vida

Composição: Pe. Fábio de Melo

Intro

F#m D Bm Bm/A C#

F#m                                          E

Pelas ruas da cidade, pessoas andam no vai e vem

                                                         D

Não vêem o cair da tarde, dando os seus passos como um reféns

                  Bm            Bm/A            C#

De uma vida sem saída, vida sem vida, mal ou bem

F#m                                                  E

Pelos bancos desses parques, ninguém se toca sem perceber

                                               D

Que onde o sol se esconde o horizonte tenta dizer

                       Bm         Bm/A        C#

Que há sempre um novo dia, a cada dia em cada ser

         Bm                C#          F#m

Não é preciso uma verdade nova, uma aventura,

           Bm                     C#                F#m   F#

Para encontrar nas luzes que se acendem um brilho eterno

          Bm                C#            F#m

E dar as mãos e dar de se além do próprio gesto

       Bm                      C#           F#m

E descobrir feliz que o amor esconde outro universo

F#m                                               E

Pelos becos pelos bares pelos lugares que ninguém vê

                                               D

Há sempre alguém querendo uma esperança sobreviver

                   Bm          Bm/A           C#

Cada rosto é um espelho e um desejo de ser de ter

         Bm               C#           F#m

Não é preciso uma verdade nova, uma aventura,

          Bm                       C#              F#m  F#

Para encontrar nas luzes que se acendem um brilho eterno

         Bm                C#              F#m

E dar as mãos e dar de se além do próprio gesto

       Bm                       C#           F#m

E descobrir feliz que o amor esconde outro universo

D                  Bm          Bm/A            C#

Cada rosto é um espelho de um desejo de ser de ter

            Bm               C#           F#m

Talvez quem sabe por essa cidade passe um anjo

         Bm               C#           F#m   F#

E por encanto abra suas asas sobre os homens

      Bm                   C#            F#m

E ter vontade de se dar aos outros sem medida

      Bm                C#        F#m

A qualidade de poder viver vida,vida

Bm     F#m

Vida Vida


Posições para violão


800px-Casa_Rosada_2005-01-06[1]


Nove_meses_musica_Barbara_dias Moldura_dia_das_Maes_lk Retrato de Mãe2

Abraço de Pai.


Letra e Musica de Walmir de Alencar

Cifras e videos com palestra e comentario de Padre Fábio de Melo



ABRAÇO DE PAI


Letra, Clip, Música e Cifras.

Walmir de Alencar


Quanto eu esperei!!

Ansioso queria te ver,

e te falar,o que há em mim,

já não podia me conter.

te mostrar meu coração

tudo o que tenho e sou.

que o Senhor tem por mim

é muito mais que o meu,

sou gota derramada no mar….

nas tardes encontrou saudade

em meu lugar mas ao me ver

na estrada ao longe voltar,

num salto se alegrou

e foi correndo me encontrar.

E não me perguntou

nem por onde eu andei,

os bens que eu gastei,

mais nada me restou

mas olhando em meus olhos

somente me amou e

ao me beijar… me acolheu…

num  ABRAÇO DE PAI.

Walmir de Alencar




Introd. E E7+ C#m G#m Aadd9

E E7+
Quanto eu esperei !
C#m G#m
Ansioso queria te ver
F#m E/G# Aadd9
E te falar o que há em mim
F#m Bsus4/7 B7
Já não podia me conter

E E7+
Me decidi, Senhor

C#m G#m
Hoje quero rasgar meu viver
F#m E/G# Aadd9
E te mostrar meu coração,
F#m D Bsus4/7 B7
Tudo o que tenho e sou

E C#m
E por mais que me falem, não vou desistir !
F#m Bsus4/7 B7

Eu sei que nada sou ! Por isso estou aqui

E C#m

Mas eu sei que o amor que o Senhor tem por mim

F#m Bsus4/7 B7 E Bsus
É muito mais que o meu, sou gota derramada no mar

E C#m
Quanto tempo também o Senhor me esperou
F#m Bsus4/7 B7
Nas tardes encontrou saudade em meu lugar
E C#m
Mas ao me ver na estrada ao longe voltar
F#m Bsus4/7 B7 E Bsus
Num salto se alegrou e foi correndo me encontrar

E C#m
E não me perguntou nem por onde eu andei
F#m Bsus4/7 B7
Dos bens que eu gastei, mais nada me restou
E C#m
Mas olhando em meus olhos somente me amou
E/G# Aadd9 E/G# F#m
E ao me beijar,
Bsus4/7 B7 E Bsus Csus
Me acolheu num abraço de pai

Solo F Dm7 Gm7 Csus4/7 C7 x Bsus4/7 B7

Refrão

Contribuição: Eduardo Bortotti Fagundes (eduardo.fagundes@eletropaulo.com.br)


Veja com detalhes em cifras.com





Imagem relacionada


Walmir Alencar

O cantor e compositor Walmir Alencar possui duas paixões em sua vida: a música e a religião. Nascido em 1967 na baixada santista, iniciou seus estudos de técnica vocal em São José dos Campos, onde reside até hoje. Integrou como vocalista a banda Vida Reluz, com a qual gravou dois CDs. Deixou o grupo para seguir carreira solo, gravando em português e espanhol, direcionando seu trabalho para a América Latina.






DIREÇÃO ESPIRITUAL 07/11/2018 – Um abraço de pai