Rio de Janeiro, Cidade Maravilhosa, Agora entre as sete maravilhas do mundo moderno.

A estátua do Cristo Redentor de braços abertos sobre a Baía de Guanabara na cidade do Rio de Janeiro, no Morro do Corcovado, a 709 metros acima do nível do mar. A estátua tem 38 metros de altura, sendo oito deles no pedestal. Inaugurada no dia 12 de outubro de 1931, e demorou cerca de cinco anos para ser construída.

Ah.. não se esqueça que a Esta obra do Cristo Redentor ficou entre os 21 monumentos escolhidos para concorrer para ser umas das sete novas maravias do mundo. e acabou ficando na final em terceiro lugar, isto foi divulgado em Lisboa, Portugal no dia 08/07/2007. a fonte: Folha de São Paulo

Realmente, é uma obra muito bonita.

Algumas curiosidade e medidas:

Altura total do monumento – 38m

Altura da estátua – 30m

Altura do pedestal – 8m

Altura da cabeça – 3,75m

Comprimento da mão – 3,20m

Distância entre os extremos dos dedos – 28m

Peso da estátua – 1,145 toneladas

Peso da cabeça – 30 toneladas

Peso de cada mão – 8 toneladas

Peso de cada braço – 57 toneladas

Distância entre os extremos dos dedos – 30 m

Fundação Victor Civita

Faça o download da matéria em PDF

Veja uma Pequena sessão

de HUMOR.

Dengue, Faz mais uma vítima no Rio de janeiro.

Veja as 7 maravilhas pelo angulo de vista Brasileiro.

.

WALLPAPERS

Cristo Redentor


.


.


.


.



.


.

Cristo Redentor

//

//



© Todos os direitos reservados.

Depois de todo aquele nhen-nhen-nhén…, finalmente, o Cristo Redentor é uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo. É possível que a inclusão do Cristo carioca entre as Maravilhas do “maravilhamento” contemporâneo sirva, no fim das contas, para incrementar, quem sabe, talvez, o turismo no Rio de Janeiro. O anúncio foi feito no sábado, 7 de julho (2007), em cerimônia realizada em Lisboa, Portugal, apresentada pelo ator britânico Ben Kingsley e a atriz americana Hillary Swank. O concurso foi promovido por uma fundação suíça e a escolha foi feita por votação via internet e mensagens telefônicas. Foram 100 milhões de votos que elegeram:

1. Grande Muralha da China 2. Monumento de Petra, Jordânia 3. Machu Picchu, cidade inca, Peru 4. Pirâmide de Chichén Itzá, México 5. Coliseu, Roma – Itália 6. Taj Mahal, na Índia 7. e o Cristo Redentor, Rio de Janeiro.

A seleção não é totalmente desprovida de sentido posto que, das Sete Marailhas do Mundo Antigo, somente uma existe de fato. As outras são monumentos desaparecidos. São elas: o templo de Ártemis, os jardins suspensos da Babilônia, o mausoléu de Halicarnassus, o colosso de Rodes, o farol de Alexandria, a estátua de Zeus e a grande pirâmide do Egito [única sobrevivente da erosão da história e do Tempo].

No Brasil, políticos fizeram os comentários previsíveis. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou uma nota: “O Cristo Redentor sempre foi uma maravilha do Rio de Janeiro e do Brasil. A partir de agora ele é também uma das sete maravilhas do mundo”. O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral fez aquele tipo de declaração entusiasmada: “É uma vitória que eleva ainda mais o Rio de Janeiro como um dos destinos mais desejados e admirados do mundo. Obrigado, Brasil!” – o “obrigado Brasil” refere-se as votos dos brasileiros que, certamente, se empenharam em mais essa “causa cívica”. Como reforçou o comentário da ministra do Turismo, Marta Suplicy: “É o resultado da união de esforços de todos os setores sociais do país”.

O Cristo

A estátua do Cristo Redentor possui cerca de 38 metros de altura e fica no topo do morro do Corcovado, no Rio de Janeiro, que está a 740 metros acima do nível do mar. O projeto, feito de pedra-sabão e considerado patrimônio histórico desde 1937, é do engenheiro Heitor Silva Costa, com colaboração do escultor francês de origem polonesa Paul Landowski. O desenho final é do artista plástico Carlos Oswald.