Waris Dirie a Flor do Deserto.

 



“Numa manhã acordei com um leão na minha frente, com sua enorme juba e lhe disse: Coma-me. Estou preparada…e ele se foi.””… 

Waris Dirie aos 13 anos


grandes-raps-chapolin-vs-superman-chaves-do-oito-imagem-reproduc3a7c3a3o[1]



gr_266055_3278575_470451[1] Flor do deserto

DEPOIMENTO


A heroína desta história real foi a primeira modelo africana a ter um contrato com exclusividade com a Revlon.

  • Em 1997, escreveu seu primeiro livro, sua autobiografia, “Flor do deserto”, publicado em Nova York

  • Em 2002, no segundo livro, “Amanhecer no deserto”, descreve sua viagem.

  • Em 2005,no terceiro livro, “Meninas do deserto”, conta o dia que rompeu o silêncio, seus fracassos e suas vitórias.

  • Em 2007, em seu quarto livro,  “Cartas para minha mãe”.

Waris Dirie disse que: “Este é meu livro mais intimista. Tem feridas que demoram  a  cicatrizar. O desejo de ver minha mãe de novo,.. esquecê-la,… foi  muito forte. Tive que compreender que o amor e o sofrimento estão muitas vezes conectados. Trabalhar neste livro foi doloroso, mas uma experiência realmente necessária para mim…

Nasci no deserto da Somália, não sei a idade que tenho. Só sei que cada dia é uma novidade. 33 anos? 36 anos?

Que diferença faz!, no deserto não tem papéis e não fazem falta. O deserto foi meu lugar durante toda minha infância, eu pastoreava o rebanho de camelos  e cabras de meu pai.

O pior era andar descalça, o chão cheio de pedras, não podíamos comprar sapatos. Como me sangravam os pés!

Não tínhamos nada, nem casa, nem água, Éramos nômades… mas tínhamos o rebanho e a nós mesmos.

Estávamos bem!  Unidos: minha mãe, Meus  irmãos, meu pai me batia,  mas… ele mandava. Era um homem forte, alto, decidido, guerreiro.

Mas devo dizer que anos depois, quando estava sozinha em Nova York, preferiria mil vezes um bofetão de meu pai a essa solidão.

Cheguei a Nova York por um milagre. Quanto tinha 13 anos fugi. Meu pai queria casar-me com um velho de 60 anos, pois ele lhe daria 5 camelos. Eu era diferente, rebelde. As meninas são educadas para trabalhar e serem oferecidas em casamento. Isso que os pais querem para suas filhas.

A mãe se preocupa para que sua filha seja limpa, virgem,  por isso  minha mãe, aos 5 anos, me levou para fazer ablação, por me amar. E eu, claro queria ser “pura e limpa”!

Na Somália se pratica a ablação mais severa: retiram o clitóris e os pequenos lábios da vagina.

A ferida é fechada deixando apenas uma abertura do tamanho da cabeça de um fósforo, para urinar e menstruar….

Minha irmã morreu com hemorragia e eu desde aquele dia… soube que nada mais poderia machucar-me. Somente temo a Deus!

Alá é o único que pode derrotar-me…

Quando comecei a falar sobre ablação nos Estados Unidos, me senti muito culpada, porque estava criticando a cultura de minha família amada.

Hoje dedico-me a conseguir meios para formar professores na Somália, educar as meninas, as mães… Tive êxito com minha mãe, vinte anos depois que fugi de minha casa  e voltei à Somália.

Encontrei-me com minha mãe… e agora pensa como eu: Há esperança! Para fugir, cruzei o deserto.

Numa manhã acordei com um leão na minha frente, com sua enorme juba e lhe disse: Coma-me. Estou preparada…e ele se foi.

Leão e MeninaEsse dia soube que ALÁ reservara algo para mim… E fui encontrar-me com uma tia minha que  estava casada com um diplomata da Somália enviado a Londres e pedi que me levassem como sua criada.

Nunca tinha visto brancos antes!

Me perguntava se queria mudar algo em meu Corpo? Se minhas pernas estavam tortas, mas não: e agradeço por elas, mesmo sendo  herança de minha má nutrição infantil, mas me lembram quem sou.

A única formosura que valorizo é da alma. Devemos dar Graças por estar vivos…

Hoje não me falta nada…mas quando vejo água sendo desperdiçada me dá desespero. O que não fazem no deserto por uma gota de água!… Com o tempo, voltei a ver meu Pai.   Roubaram seu rebanho e furaram-lhe os olhos com uma faca no deserto: Ficou cego…

Aquele homem tão poderoso e forte. Agora frágil e desamparado…Mas ainda de cabeça erguida!. Quando nos despedimos, confessou: “Você é como eu”.

Meu pai estava orgulhoso de mim . Chorei!

Waris Dirie se reencontrou com sua família, depois de 22 anos. A viagem de volta foi chocante. Atravessando o deserto, quis parar para socorrer a uma senhora que caminhava com os pés ensanguentados.

O chofer respondeu: “Não se preocupe, é apenas uma mulher”.

Como em um conto de fadas, Warie Dirie, se converteu em uma das modelos mais solicitadas da época. Um dia, enquanto esfregava pisos em uma loja, um fotografo a descobriu. Logo, sua imagem era vista entre Paris, Londres, Itália e Nova York.

Waris Dirie deixou as passarelas, o cinema e a moda. Embaixadora das Nações Unidas, percorreu a  África e conseguiu que 15 países fossem penalizados pela mutilação feminina.

Criou a Fundação Desert Dawn para lutar contra a violência.

No meu regresso a África, contei tudo aos jornalistas, em conferências, em programas de televisão, como defensora das seis mil meninas que são mutiladas por dia. Nada pode ser pior que urinar e menstruar por uma abertura do tamanho de uma ervilha.

“Não somos vítimas. Ajudamos a mulheres que querem melhorar de vida e que lutam por isso”.

“Não sei se existe algo chamado valor e não sei se tenho”, disse. Sou como a “Ave Fênix de Ébano’, renascida várias vezes de suas cinzas.

“Quem se colocar no meu lugar, perguntará se terei forças para chegar ao outro lado.

É algo que milhões de seres humanos fazem a cada dia, e é a esses que queremos ajudar”, propõe Dirie.

“Meu modo de ajudar é ser como sou; fazer o que faço cada dia. Convencendo as pessoas de que é possível mudar”

Dirie escreveu vários livros sobre sua vida e percorreu o mundo numa batalha sem descanso contra a ablação, mas assegura que, dia a dia, sua meta é levar a paz, o amor e o respeito que sempre tem buscado, um valor que “exijo do mundo, para mim e para todos”

Sherry Hormann, disse: “Fiz o filme (baseado na história original) porque sou mulher, mãe e um ser humano. Todos fomos crianças e as crianças deveriam estar a salvo de qualquer sofrimento” , comentou Hormann, que desde a primeira leitura do livro de Dirie colocou a “coragem da autora acima da tristeza”.

Hoje se dedica a seu filho ALEEKE de 13 anos e a sua gente.

Difícil encarar um olhar: O olhar onipotente de um leão.



(O FILME FLOR DO DESERTO) 2009



(LUTEM PELO FIM DA OBLAÇÃO FEMININA NA ÁFRICA)



      Atualizado em 20/09/2014





Estoria em 3D

Trocando as Pilhas


Parábolas

& Reflexões


Anúncios

Cristãos Queimados Vivos por Muçulmanos Sunitas.


Imagem_fake


Esta é uma manchete que circula pela internet com o objetivo único de insuflar a discórdia entre a religião Cristã contra os muçulmanos, porém a prova aqui apresentada é totalmente falsa.   Não deixa de ser verdade a perseguição dos muçulmanos radicais no Continente Africano contra as religiões Cristãs que aproveitam dos conflitos internos políticos para eliminarem o Cristianismo, isto com muitas fotos e testemunhos verídicos incluindo o fato dos terroristas que invadiram o Shopping center na Somália e fuzilaram as pessoas que ali estavam, mas não antes de liberarem todos os muçulmanos, evidentemente isto comprova que a perseguição é contra o Cristo crucificado e não meramente um terrorismo político que reivindica coisas meramente materiais desta vida.


Observação Importante:


Vítimas de explosão de caminhão-tanque

são enterradas no Congo

Muitas crianças estão entre as vítimas da explosão

Atualizado em domingo, 4 de julho de 2010 – 11h14

http://noticias.band.uol.com.br/mundo/noticia/?id=100000319831

As 235 vítimas da explosão de um caminhão-tanque na sexta-feira em Sange, leste da República Democrática do Congo, foram enterradas em três valas comuns, enquanto dezenas de feridos continuavam hospitalizados, informou Marcellin Cishambo, governador da província onde ocorreu a tragédia, Kivu Sur.

Entre os mortos haveria cerca de 60 crianças. O drama aconteceu em Sange, não muito longe da fronteira com Burundi, quando um caminhão-cisterna procedente da Tanzânia explodiu em pleno centro do povoado, segundo o porta-voz do governo provincial, Vincent Kabanga. “Houve um movimento de pânico. O combustível derramou e gerou a explosão, que se propagou pelo povoado”, explicou Kabanga, acrescentando que muitas pessoas tentaram ainda roubar o combustível. Segundo a polícia de Bukavu, o fogo da explosão se propagou em dezenas de casas em Sange, todas basicamente feitas de terra e palha.

Já o acidente do caminhão teria acontecido por um excesso de velocidade. Uma fonte da Missão da ONU para a Estabilização do Congo (Monusco) declarou à AFP, sob anonimato, que cinco capacetes azuis paquistaneses estariam entre as vítimas. No entanto, o porta-voz da missão, Madnodje Mounoubai, assegurou que entre os mortos não havia ninguém das Nações Unidas.

Redação: Bárbara Forte


FOTOS DO ACIDENTE DIVULGADAS EM 2010



AINDA NÃO FOI DESTA VEZ MAS

É PRECISO FICAR DE OLHO ABERTO




A G O R A    É    R E A L


ESTAS IMAGENS FORAM DIVULGADAS PELO ESTADO ISLÂMICO

ASSASSINATO DE CRISTÃOS PELO SIMPLES FATO DE SEREM CRISTÃOS.


Cristãos_assassinados





O Tempo da Perseguição aos Cristãos já chegou.




Então sereis entregues aos tormentos, matar-vos-ão e sereis por minha causa objeto de ódio para todas as nações.

(São Mateus 24,9)


Respondi-lhe: Meu Senhor, tu o sabes. E ele me disse: Esses são os sobreviventes da grande tribulação; lavaram as suas vestes e as alvejaram no sangue do Cordeiro.

(Apocalipse 7,14)



ISTO ACONTECIA NO PASSADO…



Nos ultimos dias tenho recebido diversos e_mail’s com imagens e fotografias de Cristãos sento mortos e assassinados pelo mundo inteiro e não são casos isolados, é um verdadeiro massacre e violação dos direitos humanos em varios países na África principalmente.

Já existem muitos vídeos divulgados no Youtube que comprovam que estes seres humanos foram violentamente massacrados e queimados com vida à luz do sol sob o olhar de centenas de testemunhas.    Cristãos ou não, isto nem vem ao caso agora, por se tratar de uma violação dos direitos da pessoa humana.

Onde estão os defensores dos direitos humanos da onu que ultimamente só se preocupam com o controle da natalidade no mundo?

Principalmente agora que ultrapassamos a marca dos sete bilhões de habitantes no planeta, afinal quem aprova e impõe a adoção do ABORTO em países com Maioria Católica como o Brasil, realmente não se preocupariam nem um pouquinho com  morte de alguns Cristãos mortos de fome em um país subdesenvolvido do continente Africano.

Isto é que é DISCRIMINAÇÃO, com letras maiúsculas em negrito sublinhado e em vermelho bem destacado para não passar desapercebido, enquanto aqui no Brasil querem mandar para a cadeia os Cristãos que se preocupam com a qualidade de vida das Famílias, principalmente em se tratando de evitar a promiscuidade de certos grupos minoritários que se encaixam totalmente no grupo de risco de varias doenças sexualmente transmissíveis, porque eventualmente a pratica de algo contra a natureza humana só poderia mesmo provocar uma epidemia de “SIDA” e a morte de milhares de pessoas, sem dizer que o govêrno gasta milhões na distribuição de camisinhas e remédios para que as pessoas morram aos poucos, sendo que tudo isto poderia ser evitado apenas com a conscientização da verdade.


ISTO ESTÁ ACONTECENDO HOJE…



ISTO NÃO É UMA MONTAGEM …



SÃO CENAS GRAVADAS AO VIVO …






Dou-vos um novo mandamento: Amai-vos uns aos outros. Como eu vos tenho amado, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros. (São João 13,34)



Pelo contrário, amai os vossos inimigos, fazei bem e emprestai, sem daí esperar nada. E grande será a vossa recompensa e sereis filhos do Altíssimo, porque ele é bom para com os ingratos e maus. (São Lucas 6,35)


Estas são as palavras daquele

que morreu na cruz


Jesus mesmo sabendo que teria que enfrentar a traição e a morte de Cruz não fugiu, não desanimou e nem eliminou os seus inimigos, muito pelo contrário, se entregou à morte, pois seria esta a unica Salvação para as nossas vidas.   Desta mesma forma Ele nos ensina a não pagar o mal com o mal e sim amar a todos até mesmo aqueles que nos perseguem, virão tempos difíceis, não resta dúvida, mas a palavra de Deus nos garante que a Igreja TRIUNFARÁ frente ao seu maior inimigo e sairemos vitoriosos porque onde existe luz as trevas jamais prevalecerão.





UBUNTU.


Umuntu ngumuntu nagabantu

 “Uma pessoa é uma pessoa por causa das outras pessoas”

(Ditado sul africano da tribo Ubuntu)


UNIDADE E IGUALDADE.


A jornalista e filósofa Lia Diskin, no Festival Mundial da Paz em Florianópolis SC (2006), nos presenteou com um caso de uma tribo na África chamada Ubuntu. Ela contou que um antropólogo estava estudando os usos e costumes da tribo e, quando terminou seu trabalho, teve que esperar pelo transporte que o levaria até o aeroporto de volta pra casa. Sobrava muito tempo, mas ele não queria catequizar os membros da tribo; então, propôs uma brincadeira pras crianças, que achou ser inofensiva.

Comprou uma porção de doces e guloseimas na cidade, botou tudo num cesto bem bonito com laço de fita e tudo e colocou debaixo de uma árvore. Aí ele chamou as crianças e combinou que quando ele dissesse “já!”, elas deveriam sair correndo até o cesto, e a que chegasse primeiro ganharia todos os doces que estavam lá dentro.

As crianças se posicionaram na linha demarcatória que ele desenhou no chão e esperaram pelo sinal combinado. Quando ele disse “Já!”, instantaneamente todas as crianças se deram as mãos e saíram correndo em direção à árvore com o cesto. Chegando lá, começaram a distribuir os doces entre si e a comerem felizes.

O antropólogo foi ao encontro delas e perguntou porque elas tinham ido todas juntas se uma só poderia ficar com tudo que havia no cesto e, assim, ganhar muito mais doces. Elas simplesmente responderam: “Ubuntu, tio. Como uma de nós poderia ficar feliz se todas as outras estivessem tristes?”

Ele ficou de cara! Meses e meses trabalhando nisso, estudando a tribo, e ainda não havia compreendido, de verdade, a essência daquele povo. Ou jamais teria proposto uma competição, certo?



GAROTA AFRICANA.


Ubuntu significa:

“Sou quem sou, por quem somos todos nós”.

Ubuntu é uma antiga palavra Africana, cujo significado é:
“Humanidade para todos”.

Ubuntu também quer dizer

“Eu sou o que sou devido ao que todos nós somos”.

Atente para o detalhe: porque SOMOS, não pelo que temos…



UBUNTU PRA VOCÊ TAMBÉM !


Uma corrida semelhante a esta feita em uma olimpíada para criaças exepcionais deu um resultado semelhante, o que deixa as pessoas normais bastante intrigadas sem saber porque nós abandonamos a felicidade que deveria ser normal e preferimos a infelicidade gerada pelo egoísmo social.

Seria esta sindrome apenas falta de conhecimento, treinamento ou apenas deveríamos deixar as coisas ser como deveriam ser sem a interferência de treinamentos opostos ?

Veja o Post Abaixo:

Não existe estranhos, apenas amigos!





A Águia que Dormia no Poleiro!


Nós somos Águias ou Galinhas.



Contaremos a história narrada por

James Aggrey.

https://i1.wp.com/resist.netliberte.org/wp-content/uploads/2007/10/jamesaggrey.jpgO contexto é o seguinte:

Em meados de 1925, James Aggrey havia participado de uma reunião de lideranças populares na qual se discutiam os caminhos da libertação do domínio colonial inglês em Gana “África”. As opiniões eram diversas e até contraditórias.

Alguns queriam o caminho armado. Outros, o caminho da organização política do povo, caminho que efetivamente triunfou sob a liderança de Kwame N´Krumah. Outros se conformavam com a colonização à qual toda a áfrica estava submetida. E havia também aqueles que se deixavam seduzir pela retórica dos ingleses. Eram favoráveis à presença inglesa como forma de modernização e de inserção no grande mundo tido como civilizado e moderno.

James Aggrey, como fino educador, acompanhava atentamente cada intervenção. Num dado momento, porém, viu que líderes importantes apoiavam a causa inglesa. Faziam letra morta de toda a história passada e renunciavam aos sonhos de libertação. Ergueu então a mão e pediu a palavra. Com grande calma, própria de um sábio, e com certa solenidade, contou a seguinte história:


ÁGUIA OU GALINHA


“Um camponês foi à floresta vizinha apanhar um pássaro para mantê-lo cativo em sua casa. Conseguiu pegar um filhote de águia. Colocou-o no galinheiro junto com as galinhas. Comia milho e ração própria para galinhas. Embora a águia fosse o rei/rainha de todos os pássaros.

Depois de cinco anos, esse homem recebeu em sua casa a visita de um naturalista. Enquanto passeavam pelo jardim o naturalista avistou a bela ave junto com as galinhas e disse:

– Esse pássaro aí não é uma galinha. É uma águia!

– De fato – disse o camponês. É águia sim. Mas eu a criei como galinha desde filhotinho. Ela não é mais uma águia. Transformou-se em galinha como as outras, apesar das asas de quase três metros de extensão.

– Não – retrucou o naturalista. Ela é e será sempre uma águia. Pois tem um coração de águia. Este coração a fará um dia voar às alturas.

– Não, não – insistiu o camponês. Ela virou galinha e jamais voará como águia.

Então decidiram fazer uma prova. O naturalista tomou a águia, ergueu-a bem alto e desafiando-a disse:

– Já que de fato você é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, então abra suas asas e voe!

A águia pousou sobre o braço estendido do naturalista. Olhava distraidamente ao redor. Viu as galinhas lá embaixo, ciscando grãos. E pulou para junto delas.
O camponês comentou:
– Eu lhe disse, ela virou uma simples galinha!
– Não – tornou a insistir o naturalista. Ela é uma águia. E uma águia será sempre uma águia. Vamos experimentar novamente amanhã.
No dia seguinte, o naturalista subiu com a águia no teto da casa. Sussurrou-lhe:

– Águia, já que você é uma águia, abra suas asas e voe!
Mas quando a águia viu lá embaixo as galinhas, ciscando o chão, pulou e foi para junto delas.
O camponês sorriu e voltou à carga:
– Eu lhe havia dito, ela virou galinha!
– Não – respondeu firmemente o naturalista. Ela é águia, possuirá sempre um coração de águia. Vamos experimentar ainda uma última vez. Amanhã a farei voar.
No dia seguinte, o naturalista e o camponês levantaram bem cedo. Pegaram a águia, levaram-na para fora da cidade, longe das casas dos homens, no alto de uma montanha. O sol nascente dourava os picos das montanhas.
O naturalista ergueu a águia para o alto e ordenou-lhe:
– Águia, já que você é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, abra as suas asas e voe!
A águia olhou ao redor. Tremia como se experimentasse nova vida. Mas não voou. Então o naturalista segurou-a firmemente, bem na direção do sol, para que seus olhos pudessem encher-se da claridade solar e da vastidão do horizonte.



Nesse momento, ela abriu suas potentes asas, grasnou com o típico kau-kau das águias e ergueu-se soberana, sobre si mesma. E começou a voar, a voar para o alto, a voar cada vez para mais alto. Voou… voou… até confundir-se com o azul do firmamento…”

E Aggrey terminou conclamando:

– Irmãos e irmãs, meus compatriotas! Nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus! Mas houve pessoas que nos fizeram pensar como galinhas. E muitos de nós ainda acham que somos efetivamente galinhas. Mas nós somos águias. Jamais nos contentemos com os grãos que nos jogarem aos pés para ciscar.


o_papagaio_na_gaiola_de_luxo Padre_Bambu Papagaio_marrom_pe_Leo
burro_caiu_no_posso renovacao_da_aguia



A Verdade Nua e Crua !

Esta é a realidade que se vive em

Grande Parte da África,

Mas que as lentes não mostram

e os olhos preferem não ver.

Esta é a Foto Polêmica

De Kevin Carter em 1993.

Pode até ser uma foto de fatos

ocorridos a 15 anos atrás,

Mas esta realidade

mudou muito Pouco

Ou quase nada!

Carter, o fotográfo suicidou-se após ganhar o premio.

Carter, o fotógrafo suicidou-se após ganhar o premio.

Ganhadora do Prêmio Pulitzer em 1994 e publicada pelo The New York Times, a foto foi tirada em 1993 no Sudão, pelo fotógrafo sul-africano Kevin Carter (1960-1994). Esta descreve uma criança faminta sem forças para continuar rastejando para um campo de alimento da ONU, a um quilômetro dali. O urubu espera a morte desta para então poder devorá-la.

Carter disse que esperou em torno de vinte minutos para que o urubu fosse embora, mas isto não aconteceu. Então rapidamente tirou a foto e fez o urubu fugir dali, açoitando-o.

Em seguida, saiu dali o mais rápido possível.

Outro fotógrafo criticou duramente sua postura por apenas fotografar, mas não ajudar, a pequena garota: “Um homem ajustando suas lentes para tirar o melhor enquadramento de sofrimento dela talvez também seja um predador, outro urubu na cena.”, teria dito.

Um ano depois o fotógrafo, em profunda depressão, suicidou-se.


O paradeiro da criança é desconhecido.

Eu estou depressivo… sem telefone… dinheiro para o aluguel… dinheiro para o sustento de criança… dinheiro para dívidas… dinheiro!!!… Eu estou sendo perseguido pela viva memória de matanças, cadáveres, cólera e dor… pela criança faminta ou ferida… pelos homens loucos com o dedo no gatilho, muitas vezes policial, assassinos…
Trecho de sua carta de suicídio

Referências:

http://www.hbo.com/docs/programs/kevincarter/index.html

http://www.time.com/time/magazine/article/0,9171,981431,00.html

.

Esta história foi filmada e ganhou diversos prêmios apesar de seu final deprimente.

.

dvd11

.

Várias versões são contadas, alguns dizem que a criança estava com uma doença contagiosa, outras que ele foi impedido por soldados de dar socorro à criança e que não podia interferir com os habitantes locais, mas mesmo assim ele teria pedido socorro ao posto da ONU a 1000m do local.   Ao procurar pela criança mais tarde, nada foi encontrado e ninguém deu nenhuma notícia da criança nem se sabe o que lhe teria acontecido.

Carter pode ter se sucumbido à dor de sua consciência e tirado a própria vida, afinal somente ele poderia realmente saber o que pensou no momento em que estava a espreita para tirar a melhor foto do ano.

O fato é que sua fotografia mostra ao mundo que não apenas ele agiu como um abutre, mas  principalmente aqueles que poderiam ser considerados as maiores aves de rapina que são os verdadeiros responsáveis pela fome e pela miséria do mundo.   Estas não são assim tão visíveis a ponto de serem fotografadas, mas são bem conhecidas por todos aqueles que são espertos o bastante para ficar de olhos bem fechados.

A pobreza no mundo não é culpa da seca ou da aridez dos desertos, mas sim dos corações frios e dos olhos que se fecham para tal realidade, preferindo acusar o outro e não assumir a própria culpa.

Nosso amigo Carter teria se redimido do seu pecado, apenas lutando para que o mundo conhecesse a verdade que ele viu e fotografou, mas como não fez nada disso mudando esta realidade e nem pretendia fazer nada, preferiu então tirar sua própria vida. Justamente esta é a atitude que jamais devemos tomar, porque se assim for não haverá quem afugente os abutres e nem sequer quem mostre esta triste verdade ao mundo, na pior das hipóteses o máximo que lhe aconteceria era perder a vida por uma causa justa e não inútilmente como fez.

O Filme sobre sua vida, tenta argumentar exatamente o que um fotografo estrangeiro presencia e sente ao entrar dentro de um campo de batalha como “Peça Neutra” e ao mesmo tempo carregar sobre si o peso de se neutralizar no meio em que vive não podendo levantar um dedo sequer para evitar o que acontece ao seu redor.

O fotografo foi condenado pelo colega de profissão por ter agido como um mau Samaritano, mas de certa forma é a atitude que a maioria das pessoas tomam ao ver e presenciar fatos e situações semelhantes, mesmo não estando impossibilitados de agir no meio em que vive, mas quando se trata de culpar o outro pela atitude que eu não tomei, todos concordam que deveriam ter feito alguma coisa, menos ter deixado o mundo continuar sendo o que sempre foi.

A verdade é que todos nós e cada um em particular, um dia terá a sua chance de acolher o próximo agindo como um bom Samaritano, se você ainda não teve esta oportunidade, prepare-se para a ter a qualquer momento, porque certamente ela virá.   A sua  resposta e a sua atitude tem o poder de mudar a vida de alguém para sempre, sendo o maior beneficiado você mesmo.

Termino este post indicando o depoimento de uma pessoa “anônima” que descobriu ter mudado sua própria história  quando salvou a vida de seu melhor amigo.  Este depoimento vale a pena ser conhecido, principalmente após a meditação sobre a foto acima, porque a nossa atitude, por mais simples possa parecer poderá salvar a vida de alguém, mesmo que  seja ele totalmente desconhecido.

.

AMIGO ESTOU AQUI !

.

o alpinista

//mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/pentecostes-ico.jpg” contém erros e não pode ser exibida.
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/dons-do-espirito.jpg?w=130&h=120
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/frutos-do-espirito.jpg?w=130&h=120

O Papa na Africa.

apoio_papa

A Camisinha resolve mesmo

O problema do HiV+ na África?

A África é um continente que vive atualmente mergulhada em diversos problemas estruturais e econômicos, vários países enfrentam problemas semelhantes entre si e provenientes de um passado sem educação e sem um crescimento na consciência da verdadeira formação da sociedade humana.

Formação esta, iniciada e desenvolvida na Europa no passado, em grande parte pela própria Igreja católica que deu início às grandes universidades de formação e ensino humano, porém todo esse aparato chegou muitos anos mais tarde no Continente Africano e até hoje não atingiu um grau de evolução que poderíamos aceitar como satisfatório.

Todo este problema também reflete no poder público que ainda está em fase de estruturação em diversos países que viveram anos mergulhados na guerra civil e que, portanto não levaram em consideração a formação da população para a vida em sociedade, muito pelo contrário, ficaram praticamente abandonados e a margem da situação.

O Papa na África.

O Papa na África.

Tudo isso gera um problema de saúde sem precedentes e a epidemia da Aid’s ceifa grande parte da população e tem sido um problema totalmente sem controle e sem esperanças para os governantes locais, já que não conseguem informar, ensinar e atender a população como gostariam e deveriam.

Primeira Visita do Papa Bento XVI na África.

Primeira Visita do Papa Bento XVI na África.

Porém para o mundo civilizado e estruturado, dão como única opção de solução a utilização e distribuição de preservativos para a população e que todos sabem que o problema vai muito além do que apenas isso.

Poderíamos até fazer uma pequena crítica construtiva, sem menosprezar o conhecimento de ninguém, mas suponhamos que se distribua tal artefato de “Latex” e que a pessoa não tenha a mínima ideia de como funcione o artefato, já que os meios de comunicação e divulgação lá não atingem grande parte da população, ele se apegará apenas ao conhecimento de que estará seguro com a camisinha no bolso, no dedo, na cabeça, na garganta ou até mesmo em cima da mesa.  Correndo um risco muito maior assim por não saber usar o dispositivo como convém do que se preservando do pecado, por isso o que o Papa disse em sua entrevista está totalmente correto e se os países desenvolvidos ou até mesmo os Africanos não se interessarem em amar e ajudar seus próprios irmãos, de nada adiantará distribuir camisinhas, já que o pecado do homem não se limita a um simples ato sexual normal dentro das regras clássicas que conhecemos e ele ficará totalmente exposto ao virus da mesma forma que sempre esteve.

Uma campanha publicitária mostra ao mundo somente as coisas bonitas e jamais mostrará as coisas feias e horrendas que acontecem à nossa volta, mostrará somente os pontos positivos e jamais mostrará os pontos negativos.

Veja estas fotos da campanha publicitária da Olympus:

.

A África é linda e Maravilhosa.

.

Foto somente para Propaganda da África.

Foto somente para Propaganda da África.

O que os olhos não veem,

o coração não sente!

Mostre o que é lindo

e positvo, mas mostre

principalmente

A Verdade Que lá existe !

.

Recentemente estava em exposição em Paris a famosa fotografia < 2 Link’s> de Kevin Carter no Sudão em 1993 premiada com o Pulitzer de 1994, mas parece que os Franceses que estavam a foto e boa parte do mundo já se esqueceram da cena que  ela nos revelou.

A solução dos problemas da África vão muito mais além do que uma simples campanha publicitária ou da distribuição de preservativos para quem não tem nem com o que matar a fome e a sede.

O Papa disse:

“Penso que a mais efetiva presença na frente de batalha contra HIV/AIDS é de fato a Igreja Católica e suas instituições… O problema do HIV/Aids não pode ser superado com meros slogans. Se não há alma, se os Africanos não se ajudam uns aos outros, o flagelo não pode ser resolvido distribuindo preservativos; ao contrário, nós arriscamos piorar o problema. A solução pode apenas vir através de um duplo empenho: primeiramente, a humanização da sexualidade, noutras palavras uma renovação espiritual e humana trazendo uma nova forma de se comportar um com relação ao outro; e segundo, a verdadeira amizade, acima de tudo com os que sofrem, a disponibilidade, mesmo com sacrifício pessoal — de estar com aqueles que sofrem”.

Fonte da entrevista do Papa: Frates in Unum (original da entrevista aqui)

“Porque Eu Disse Não”

camisinha_papa

Camisinha ofensiva nas mãos de uma mulher em Paris.

Insistindo na contradição contra a Igreja, já que os governos podem fazer o que querem sem autorização prévia da Igreja, e é o que costumam a fazer em todo o mundo, agora lançaram na mesma Paris citada acima um preservativo para serem distribuídos ao povo com a fotografia do Papa e uma frase estampada “I Said No !” que quer dizer “Eu disse Não !”.

Claramente uma afronta à mensagem do Papa na África, já que a Igreja não aprova a contracepção artificial, mas o mundo nunca deixou de fazer o que bem queria e distribuíram suas camisinhas em toda parte sem nunca atingirem 100% de resultado satisfatório, tanto é que o mal continua se espalhando e matando milhares de pessoas em todo o mundo, mesmo onde a população é instruída e tem a seu dispor preservativos à vontade e a custo do dinheiro público.

Podem até discordarem do Papa, mas ofenderem a sua imagem já é um pouco demais, esta ofensa não se dirige apenas ao Papa, mas a todos nós Católicos que continuaremos a dizer não à imposição das propagandas enganadoras do mundo.

O Marketing do Mal, primeiro induz o homem a praticar o pecado, depois tenta enganá-lo dizendo que o “Látex” do preservativo o protegerá 100% de todo mal e ele não morrerá em consequencia do seu pecado.

.

O PODER DAS IMAGENS

As fotos polêmicas de Paris

.

.