Implante de Microchip em recém nascidos será obrigatório na Europa.




Implante Obrigatório e não opcional.


O chip é um micro-circuito integrado de memória implantado no tecido subcutâneo.  Os microchips são aproximadamente do tamanho de um grão de arroz e baseiam-se numa tecnologia NWO passiva.  Os microchips são particularmente úteis no caso de sequestros ou desaparecimento de crianças. Muitos países já utilizam desta forma e exigem que o microchip seja implantado em conjunto para a vacinação.

Em toda a Europa será obrigatório apresentar as crianças para instalação do microchip sob a pele a partir de maio deste ano, que deve ser aplicado em hospitais públicos no momento a princípio logo após o parto. O microchip em questão é bem capacitado possuindo uma folha de dados com informações básicas relativas ao indivíduo, (nome, tipo sanguíneo, data de nascimento, etc.) é também um detector de GPS poderoso que vai funcionar com uma micro bateria substituível a cada 2 anos nos hospitais do estado. O chip de GPS está dentro da nova geração e, por conseguinte, permite uma margem de erro de detecção igual ou inferior a 5 metros. Vai ser conectado diretamente a um satélite, que irá gerenciar todas as conexões. Quem quiser, poderá ser implantado gratuitamente (ou implantar em seus filhos, embora tiver nascido mesmo antes de primeiro de maio de 2014, bastará para isso preencher um formulário pedindo adesão da ASL . O CCCP (Comitê Consultivo para o Controle da População ) levou em conta a instalação obrigatória para os cidadãos nascidos antes dessa data, mas que não se concretizará antes de 2017. A instalação será totalmente indolor e graças ao fato do chip ser implantado sob a pele do cotovelo esquerdo que não tem terminações nervosas .

Finalmente uma boa notícia do mundo da tecnologia. Com este chip, finalmente, vai se evitar muitos casos de desaparecimento ou sequestros que têm perturbado o mundo até agora. Também será possível, graças a essa tecnologia, no futuro, controlar facilmente todos os criminosos em geral.

AGORA SIM A PROFECIA TEM DATA MARCADA PARA SE CUMPRIR.

16. Conseguiu que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, tivessem um sinal na mão direita e na fronte, 17. e que ninguém pudesse comprar ou vender, se não fosse marcado com o nome da Fera, ou o número do seu nome. (Apocalipse 13,16-17)


AINDA NÃO FOI DESTA VEZ




Quem poderia acreditar nisso que ouvimos? A quem foi revelado o braço do Senhor? (Isaías 53,1)


São muitas as profecias Bíblicas que as pessoas duvidavam que um dia viessem tornar-se realidade, mas estas ultimas leis aprovadas na Europa comprovam que a verdade que já foi anunciada por Deus a dois mil anos atrás quando os homens não tinham a menor ideia do que se estava falando.   Hoje, porém com a evolução das novas tecnologias tudo se tornou possível, depois se ficou viável, logo depois tornou-se uma opção útil, agora já se faz necessário e em breve se tornará realidade para alguns e no futuro virá a ser obrigatório para todos.

É neste ponto que se cumpre o que foi escrito por São João no (Apocalipse 13,16-17), porque tudo que é obrigatório infringe a lei do “LIVRE ARBÍTRIO” que nos foi dado por Deus no Paraíso.  Em breve o ser humano que jamais se sujeitou espontaneamente à vontade de Deus se tornará escravo da tecnologia, com esse micro dispositivo um programa de computador vai controlar e decidir tudo em sua vida.


A G O R A    É    R E A L



Pode até parecer exagero, mas a partir do momento que alguém obtém controle total de uma situação os outros se tornam completamente dependentes do mesmo sistema, todas as expectativas e proteções mudam a favor daquele que detém o controle do sistema.   Logo, algo que teria sido criado com o objetivo de ajudar e proteger as pessoas, começará a ser controlador de tudo se tornando um sistema opressor e o pior de tudo é que não existirá um ser humano que tenha um coração de carne capaz de amar no controle deste sistema e assim as pessoas passam a copiar as atitudes do sistema, a falta de liberdade gera depressão, a revolta e até mesmo a morte.

Muitas pessoas resistem em acreditar no Deus que criou todas as coisas, outros duvidam que algo semelhante pudesse acontecer neste mundo, outros ainda combatem a existência de um DEUS que estaria ao nosso lado nos alertando para os perigos causados pelos frutos do nosso próprio pecado e revelando a ação de um inimigo que age disfarçado e oculto articulando o fim da liberdade humana

E agora o que poderíamos dizer depois que um acontecimento se revela exatamente igual ao que foi previsto e anunciado por um Profeta de Deus que viveu a mais de 2000 anos atrás?

 14. Seduziu os habitantes da terra com os prodígios que lhe era dado fazer sob a vigilância da Fera, persuadindo-os a fazer uma imagem da Fera que sobrevivera ao golpe da espada. 15. Foi-lhe dado, também, comunicar espírito à imagem da Fera, de modo que essa imagem se pusesse a falar e fizesse com que fosse morto todo aquele que não se prostrasse diante dela. 16. Conseguiu que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, tivessem um sinal na mão direita e na fronte, 17. e que ninguém pudesse comprar ou vender, se não fosse marcado com o nome da Fera, ou o número do seu nome.    (Ap. 13, 14 a 17)

Quem poderia acreditar nisto que ouvimos?

Quem poderia não acreditar nisso que se anuncia

no rádio, tv, jornal, internet, etc?

Quando falamos em nome de Deus as pessoas colocam dúvidas, não acreditam e preferem realmente a não existência de Deus e assim ficaríamos livres dos efeitos das tais previsões, mas agora, mesmo sem fé ou sem acreditar em um Deus que tudo sabe, podemos ver que esta será a realidade e que não se poderá mais fugir dela, antes, sim se todos acreditassem em Deus e seguissem os caminhos de Jesus poderíamos construir um mundo novo, mas mesmo assim, ainda temos a certeza que venceremos mais esta batalha, pois sabemos que passaremos por momentos difíceis e muitos não suportarão, mas como toda noite passa quando chega o raiar de um novo dia assim também se sucederá e ao passar esta noite de trevas poderemos vislumbrar o raiar de um novo dia e de uma nova Terra como também está previsto nas profecias do mesmo livro de Apocalipse.

Vi, então, um novo céu e uma nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra desapareceram e o mar já não existia.  (Ap. 21, 1)

Sereis odiados de todos por causa de meu nome, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.   (São Mateus 10, 22)

Que Deus nos livre de todo Mal… Amem…


O Livro da capa Preta . PPT

Confissões de Fé de grandes Cientistas.PPT



Leia a Bíblia
Miguél Arcanjo

Que a Saúde se difunda Sobre a Terra.


Campanha da Fraternidade: 49 anos de amor ao próximo e referência democrática

Tema: Fraternidade e Saúde Pública

Lema: Que a saúde se difunda sobre a terra. (Eclo 38,8)



Hoje (22), Quarta-feira de Cinzas, começa a Quaresma, tempo em que a liturgia da Igreja convida os fiéis a se prepararem para a Páscoa, mediante a conversão, com práticas de oração, jejum e esmola. E é justamente na Quarta-Feira de Cinzas, que acontece um dos principais eventos da Igreja Católica no Brasil, o lançamento da Campanha da Fraternidade. A CF, como é conhecida, está na sua 49ª edição, é realizada todos os anos e seu principal objetivo é despertar a solidariedade das pessoas em relação a um problema concreto que envolve a sociedade brasileira, buscando caminhos e apontando soluções. Neste ano de 2012 a Campanha da Fraternidade destaca a saúde pública e suas variantes. Com o tema “Fraternidade e Saúde Pública”, e o lema “Que a saúde se difunda sobre a terra” (cf. Eclo 38,8); a CF de 2012 tentará refletir o cenário da saúde no Brasil, conscientizando o Governo da precarização de condições dos hospitais e mobilizando a sociedade civil para reivindicar melhorias.

A CF é uma campanha conhecida em todo o país e reconhecida internacionalmente. Mas você sabe quando ela começou? Quem foram os seus criadores? A primeira Campanha da Fraternidade foi idealizada no dia 26 de dezembro de 1963, sob influencia do espírito do Concílio Vaticano II.

Antes disso, o primeiro movimento regional, que foi uma espécie de embrião para a criação do atual modelo da “Campanha da Fraternidade”, foi realizado em Natal (RN), no dia 8 de abril de 1962, por iniciativa do então Administrador Apostólico da Natal, dom Eugênio de Araújo Sales, de seu irmão, à época padre, Heitor de Araújo Sales e de Otto Santana, também padre. Esta campanha tinha como objetivo fazer “uma coleta em favor das obras sociais e apostólicas da arquidiocese, aos moldes de campanhas promovidas pela instituição alemã Misereor”, explicou dom Eugênio Sales, em entrevista a arquidiocese de Natal, em 2009. A comunidade de Timbó, no Município de Nísia Floresta (RN), foi o lugar onde a campanha ocorreu pela primeira vez.

“Quando no começo de 1960, eu estava concluindo meu trabalho de doutorado em Direito Canônico na Universidade Lateranense, em Roma, fui para a Alemanha onde tinha mais tranquilidade para o que desejava. Ali pude acompanhar a Campanha Quaresmal daquele ano para recolher o fruto dos sacrifícios em benefício dos povos que sofriam fome, como eles mesmos tinham sofrido 15 anos antes, logo depois da Segunda Guerra Mundial. O material para informação (homilias, boletins paroquiais, etc.) continha reflexões muito profundas. Trouxe para o Brasil todo o material para que pudéssemos adaptar aqui.

Dom Eugenio Sales numa reunião do clero lançou a ideia. Foi feita uma lista e nomes, no fim venceu o nome “Campanha da Fraternidade”. Ficamos satisfeitos com o nome, mas nunca imaginávamos que aquela pequena semente se transformasse no que é hoje”, disse o arcebispo emérito de Natal, dom Heitor de Araújo Sales.

“Não vai lhe ser pedida uma esmola, mas uma coisa que lhe custe. Não se aceitará uma contribuição como favor, mas se espera uma característica do cumprimento do dever, um dever elementar do cristão. Aqui está lançada a Campanha em favor da grande coleta do dia 8 de abril, primeiro domingo da Paixão”, disse dom Eugênio Sales, no ato de lançamento da campanha, em Timbó (RN).

Segundo dom Heitor, o papa João XXIII tinha lançado a ideia de que católicos de países ricos pudessem dar um pouco de suas vidas para ajudar na evangelização de outras terras. Chamavam-se “Voluntários do Papa”. Assim vieram para cá missionários leigos dos Estados Unidos (EUA) e de outros lugares. Eles também ajudaram no começo da Campanha.



A experiência foi adotada, logo em 1963, por 19 dioceses do Regional Nordeste 2 da CNBB (Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte). Naquela época envolvidos pelo Concílio Vaticano II, os demais bispos brasileiros fizeram o lançamento do Projeto da Campanha da Fraternidade para todo o Brasil. Dessa forma, na Quaresma de 1964 foi realizada a primeira Campanha em âmbito nacional. Desde então, até os dias atuais, a CF é realizada em todos os recantos do Brasil.

Em 20 de dezembro de 1964, os bispos brasileiros que participavam do Concílio Ecumênico Vaticano II, em Roma, aprovaram o fundamento inicial da mesma, intitulado “Campanha da Fraternidade – Pontos Fundamentais apreciados pelo Episcopado em Roma”. Em 1965, tanto a Cáritas quanto Campanha da Fraternidade foram vinculadas diretamente ao Secretariado Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A partir de então que a Conferência dos Bispos Brasileiros passou a assumir a Campanha da Fraternidade. Nesta transição, foi estabelecida a estruturação básica da CF.

“Naquela época, a Igreja se voltava a si, preocupada com a implantação do Concílio Vaticano II e em renovar as suas estruturas conforme as indicações conciliares. Daí surgiu a Campanha da Fraternidade. Ela, inicialmente se prestou a este objetivo. No entanto, a CF contribuiu na superação da dicotomia ‘Fé e Vida’, que, imbuída do espírito Quaresmal quer modificar a situação do fiel, em prol da vida e da justiça”, explicou o atual secretário executivo da Campanha da Fraternidade da CNBB, padre Luiz Carlos Dias.

Em 1967, começou a ser redigido um subsídio para a CF auxiliando assim as dioceses e paróquias de todo o país. Nesse mesmo ano iniciaram também os encontros nacionais das Coordenações Nacional e Regionais da Campanha da Fraternidade.

Em 1970, a Campanha ganhou um especial e significativo apoio, uma mensagem do papa Paulo VI para o dia do lançamento da Campanha, o que virou uma tradição entre os papas.

A partir de uma análise dos temas abordados a cada ano, a história da Campanha da Fraternidade pode ser dividida em três fases distintas: de 1964 a 1972, os temas refletem um olhar voltado para a renovação interna da Igreja, provavelmente sob o influxo das reformas propostas pelo Concílio Vaticano II; de 1973 a 1984, aparece na Campanha a preocupação da Igreja com a realidade social do povo brasileiro, refletindo influências do Vaticano II e das Conferências Episcopais de Medelín e Puebla, sem deixar de lado a questão política nacional, que vivia uma de suas mais terríveis fases: a ditadura militar. A terceira fase, a partir de 1985, reflete situações existenciais dos brasileiros.

Ao longo da história, as Campanhas abordaram questões do compromisso cristão na sociedade. Em alguns casos, as essas questões discutidas geraram o surgimento de Pastorais ou serviços no seio da Igreja. Foram levantados e debatidos temas como, em 1985, a questão da fome; em 1986, o problema fundiário; em 1987, o tratamento do poder público para com o menor. Em 1988, a campanha apelou por uma adesão a Jesus Cristo; em 1989, conclamou o povo a assumir uma postura crítica frente aos meios de comunicação social; em 1990, abordou a questão do gênero, chamando a atenção para a igualdade do homem e da mulher, diante de Deus; em 1999, chamou a sociedade e o poder público para discutir o problema do desemprego; em 2000, convidou as igrejas cristãs e a sociedade a lutarem pela promoção de vida digna para todos. Em 2001, levantou o problema das drogas e as consequências na vida das pessoas; em 2008, propôs o debate sobre a defesa da vida; em 2011, falou sobre a vida no planeta.

Neste ano de 2012, a saúde pública será o foco das discussões. De acordo com o arcebispo de Ribeirão Preto, dom Joviano de Lima Junior, a saúde é “dom de Deus” e, enquanto tal é um direito que além de ser preservado, precisa ser conquistado. “Além disso, pensemos na importância da alimentação e da preservação do ambiente. Porém, não podemos nos esquecer das estruturas insuficientes dos hospitais e dos postos de saúde”, disse.

Em 2013, o tema da CF será Fraternidade e Juventude e o lema, “Eis-me aqui, envia-me” (Is 6,8).

Leia também o artigo “$aúde Pública+”

Acesse o material da CF 2012

Da CNBB


Clip com a musica tema da CF 2012



PRESENTEPRAVOCE Família - Caná -  Vinho muito vinho

Trailer 2012 Legendado Portugués.

2012 – Official Trailer [HD]


2012 – Official Trailer [HD]



2012 – Official Trailer [HD]



2012 legendado português



Pode não ser agora !






Vivo ou Morto ?


Como saber quando alguém

morreu de verdade ou ainda

terá chance de sobreviver ?


Dengue

Minha Vida está nas

mãos de Deus !

A poucos dias postei o testemunho de um Médico que se converteu quando uma paciente em estado crítico de Dengue hemorrágica veio a falecer em suas mãos, por 40 minutos ele tentou recuperar-lhe a vida e não conseguiu mesmo usando todos os recursos e conhecimentos médicos disponíveis, fato que, em 35 anos de medicina nunca lhe havia ocorrido. Quarenta minutos após o fato, quando já tinha repassado a notícia para seus familiares, ela milagrosamente voltou a viver.


Dengue

Testemunho de

Glória Polo

Parte I

A Doutora Glória Polo, uma dentista Colombiana foi fulminada por um Raio, mas os médicos conseguiram recuperar-lhe a vida. Percebeu-se porém, que as conseguencias do Raio haviam sido gravíssimas para seu corpo e se ela não morresse novamente, ficaria com graves ceguelas para sempre. Ela ficou em coma por varios dias, estando no limiar entre a vida e a morte, até que após ter presenciado seu possível futuro longe de Deus, Jesus poupou-lhe a vida e a enviou de volta para testemunhar tudo que havia presenciado, para levar a muitas outras pessoas a abandonarem suas vidas de pecado e se voltarem completamente para Deus. Milagrosamente recuperou a saúde plena e hoje viaja pelo mundo testemunhando aquilo que presenciou enquanto esteve entre a vida e a morte e proclamando a mensagem que Deus lhe pediu.


Dengue

Catalépsia

Existem muitos relatos de pessoas que morreram e foram enterradas, depois se descobriu que elas na verdade foram enterradas vivas, sofriam de Catalepsia patológica – e pareciam estar mortas, mas na verdade não haviam morrido. (Cine) Romeu e Julieta é uma história que se baseia nesta possibilidade, até a novela (Global)  Caminho das Índias utilizou deste fantasioso recurso de cena para falsificar a morte de Raul Cadori.


Dengue

Apartamento

Alugado

Contei a historia de um aposentado Francês que Alugou um Apartamento em Santa Etiene, procurando um lugar tranquilo para morar, mas o homem desapareceu sem deixar notícia, a imobiliária lhe mandou cobrança varias vezes, mas só depois de muito tempo resolveram invadir o apartamento para despejar o inquilino inadimplente, descobriram então que o homem já estava morto a mais de um ano.


Com estes quatro exemplos diferentes em que deixaram dúvidas sobre quem estava vivo ou quem estaria realmente morto eu gostaria de falar sobre a mensagem que foi mostrada ao profeta Ezequiel no cap 37.

Este Profeta foi levado por Deus em visões a uma enorme planície que estava repleta de ossos espalhados pelo chão.

Hoje poderíamos visitar uma capela em Évora – Portugal que teríamos uma visão semelhante..


Évora - Portugal Ossos  Évora - Portugal
Évora - Portugal Ossos

Fonte das fotos em:

Évora

Portugal


Deus ordenou que o Profeta circulasse entre os ossos e observasse aquela situação, depois de ter andado e observado o que lhes tinha acontecido, Deus o interrogou a respeito do seu diagnóstico da situação.

Ele então lhe respondeu:

– Se trata de ossos ressequidos, pessoas que morreram em uma batalha a muitos e muitos anos atrás.

Deus então lhe perguntou:

Pode esses ossos ressequidos retornar a vida ?

Este era um teste de fé

Para o Profeta !

Mas era uma resposta lógica !

Quem de nós diria que um monte de ossos e esqueletos espalhados pelo chão de um cemitério, pudessem reviver, ou sair andando e falando pelo mundo.   Em primeiro lugar as pessoas já fogem apenas de um cadáver, gritam ao ver fantasmas, imaginem de um esqueleto se mexesse e saisse andando!

Mas o Profeta tirou nota dez na resposta, ele havia observado que realmente não existia nenhuma possibilidade de vida naqueles ossos, mas mediante a Palavra de Deus tudo seria possível e portanto respondeu, somente Tu podes dizer isto Senhor !

Situação semelhante acontece com Jesus na Cruz quando o soldado romano abre o seu lado jorrando sangue e água, demonstrando para todos que não havia mais nenhuma gota de sangue naquele corpo pendurado no madeiro e segundo acreditavam na época, sem sangue não existia mais vida.

O Profeta porém declarou que acreditaria naquilo que Deus lhe dissesse, mesmo que declarasse que os ossos tornariam a viver.

Para sua surpresa, Deus não apenas declarou que isto seria possível, como lhe  ordenou que ele mesmo deveria profetizar aos ossos mortos que tornariam a viver.

Imaginem só, naquela época, nem os vivos queriam saber das coisas de Deus e não ouviam a mensagem dos Profetas, agora também iríamos ter que pregar para os mortos, mas em obediência à palavra de Deus e confiando no seu poder o profeta executou a ordem Divina.

Não seria nenhuma surpresa se algo extraordinário acontecesse, já que ele havia declarado sua fé incondicional a Deus, o Profeta observou que os ossos começaram a se mover e se arrastar pelo chão, foram se ajuntando um ao outro num imenso barulho de ossos se batendo até que formaram uma multidão de esqueletos  deitados no chão.

As palavras do senhor continuam nos ouvidos do Profeta, Deus mandou que ele continuasse a profetizar aos esqueletos que se formaram,  virá então carne em volta desses ossos, Ezequiel obedece mais uma vez esta palavra e proclama em alta voz o que Deus lhe falou ao ouvido interior.

Mover ossos pelo chão e realinhá-los em um esqueleto não é algo muito difícil, mas crescer carne e se formar um novo corpo, seria muito mais do que um milagre.   Mas assim se fez, e músculos cresceram naqueles ossos, uma nova pele os revestiu e se puseram de pé, um grande e um imenso exército, porém, observava-se que apesar de tudo isso, ainda continuavam mortos.  Pouca diferença entre ossos secos, mortos e inertes e um exército de homens, imóveis, parados e mortos, totalmente inúteis, retornarem à mesma condição anterior, seria apenas uma questão de tempo com a ajuda de alguns vermes, abútres e chacais.

A Parte final da visão é o momento  em que Deus coloca seu Espírito nestes homens inúteis e mortos para que revivam e formem um grande exército que lute ao seu lado na grande batalha.

Esta visão era uma análise da situação do povo de Israel na época, apesar de se moverem e respirarem o oxigênio do nosso planeta, estavam praticamente mortos e sem nenhuma esperança de vida no presente ou no futuro.

Quando Deus mostrou os ossos ressequidos totalmente sem vida, na verdade estava mostrando a situação dos homens que apesar de estarem vivos na verdade estavam mortos e precisavam de uma intervenção Divina para mudar esta situação, sendo que, Ezequiel foi o convidado para transmitir isto aos filhos de Deus.

Imenso Exercito

Deus usou esta imagem da ressurreição  de um exercito morto a muitos anos para exemplificar a diferença entre a velha aliança que estava morta e a nova aliança que, renasceria das cinzas “das estruturas” da primeira para se tornar eterna e cheia de vida Divina.

Não podemos deixar de atualizar esta mensagem para nossos dias, o que no mundo se vê hoje, principalmente na Europa onde muitos Santos deram suas vidas por Jesus no passado, é justamente a visualização do Profeta Ezequiel.

Onde está o exercito de Deus ?

Onde estão os soldados de Cristo ?

Onde estão os Santos do Senhor ?

Onde estão os Verdadeiros Profetas ?

Será que estão todos dormindo ?

Será que estão todos mortos ?

Chegou o tempo da apostasia, chegou o tempo da Profecia !!!

Chegou o tempo em que as palavras do Profeta retomam o seu valor e o seu Poder !!!

O mundo precisa deste exercito !

O Mundo precisa destes soldados, Santos, Profetas, todos vivos, acordados, espertos, preparados, para enfim ganharmos a grande batalha em nome do Senhor!

Na verdade JESUS precisa apenas de uma pessoa, apenas um Profeta …

Que tenha a coragem de profetizar aos quatro cantos do mundo, que o grande dia do Senhor já chegou, Ele já está vindo entre as nuvens para julgar e Reinar nesta terra…

Jesus Precisa de Você.

Muito bem Vivo

Por isso lhe deu

A sua própria Vida !

Proclame esta verdade !


HISTÓRIAS DO PADRE LEO
PRESENTEPRAVOCE
http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/dons-do-espirito.jpg?w=130&h=120
https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/12/sag-fam-lk.jpg?w=130&h=120&h=120


Pode não ser agora !

Os documentários da

History Channel

sobre as previsões Mayas

e o fim do Mundo !

Direto do Youtube

em Português.

Pode ainda

Não ser desta Vêz.

Mas uma reação

Contra a destruição

Do Planeta

É Urgente !

A Terra

Pede Socorro !

.

S.O.S

.

.

Primeira Parte.

.

Segunda Parte.

.

Terceira Parte.

.

Quarta Parte.

.

Quinta Parte.

.

Nossa Senhora de Guadalupe e a

Conversão em massa dos Astecas e Mayas

O Manto de Maria

Nossa Senhora de Guadalupe

É um retrato do céu

Naquele dia

Um recado direto aos Mayas e Astecas.

.

 

 

Documentário sobre os Maias causam Apreensão em todo mundo!

Os Maias, Pano de fundo do filme Apocalypto de Mel Gibsom, aparece hoje como protagonista na revelação de previções sobre o fim do mundo em 2012, sendo que outros fatores se somam a estas previsões que causam apreensão nas pessoas que não tem como comprovar a veracidade de tais previsões Apocalipticas.

Mas, afinal de contas os Maias Conheciam mesmo o Futuro ?

Como os Maias puderam prever tantos acontecimentos no mundo que eles nem conheceram ?

Até que ponto devemos nos preocupar com estas  revelações ?

São muitas as perguntas que permanecem sem resposta mesmo depois que foi revelado ao mundo, o conteúdo do código de Dresdem livros da Cultura Maia que foram tarduzidos, alguns exemplares que foram salvos da fogueira que queimou todo o conhecimento Maia e Asteca no México, foram levados para a Europa e ficaram esquecidos por mais de duzentos anos, até que em 1880 foi desvendado seus hieróglifos por um estudioso alemão.

O segredo estaria contido no famoso Calendário Maya e Asteca utilizado por aqueles povos como medida de tempo, que na verdade são tres calendários distintos e que quando combinados revelam acontecimentos do passado e do futuro.   Os estudos revelam que sua história é até mais antiga do que a que estudamos hoje e até contém relatos sobre como se iniciou a humanidade.

A nossa história atual diz que este povo apareceu por volta do ano 900 A.C., e teve seu auge em torno de 900 D.C., mas certamente a história escrita por eles mesmos leva em consideração os povos que os precederam como uma única história e parte de um só povo e um mesmo futuro.

Basicamente existe uma maneira de se compreender o tempo e o espaço bem diferente da nossa, enquanto nós analizamos o tempo de forma linear, tendo um princípio e uma continuidade até o infinito, nossos amigos Maias o consideravam como um círculo ou um ciclo como a propria forma de seu calendário, algo que chegando ao fim se inicia novamente no mesmo ponto de início como um ponto marcado numa circunferência, certamente é o fim de um ciclo más continuará no próximo ciclo que se inicia ali mesmo.

Então o conceito de fim seria o mesmo que um novo começo que jamais terá um fim, na realidade é o mesmo que nosso infinito em linha reta, sem fim em qualquer uma de suas extremidades, não sabemos quando começou e jamais saberemos quando findará e muito menos em que parte da linha estamos neste exato momento.

Por outro lado, o calendário revela previsões resumidas de 20 em 20 anos, como acontecimentos que virão ou que se foram, uma vez que se repetirão no proximo ciclo, de certa forma as previsões futuras também poderiam ser consideradas como acontecimentos passados uma vez que em seu calendário o futuro é o passado que se foi e voltará na seguencia de sua circunferência.  Na nossa compreenção de tempo isto não ocorre, porque a nossa linha não se curva para voltar ao início e recomeçarmos no passado como um novo presente.

Este assunto já está bastante difundido na net e praticamente ninguém acredita em acontecimentos catastrôficos, hoje a resposta geral é a mesma, quem viver, verá e quem sobreviver, comemorará.    Na verdade talvés este dia passe mesmo totalmente desapercebido. A revista Galileu da Editora Globo, lançou uma matéria para desmistificar tais previsões e explicando-as num nível imparcial para garantir o minimo de verdade sem idealismos incrustrados.

Os Maias comemoravam o final de cada ciclo e o início de um novo ciclo, da mesma forma que fizemos uma grande festa no final do século XX na passagem para o século XXI, na verdade o que está descrito em forma de previsões é mesmo o final de um ciclo e o inícicio de outro, sendo que tudo isso foi previsto devido às observações nos movimentos astrológicos que sempre são cíclicos, coisas que nossos observadores interplanetários descobriram agora já estava escrito nos livros Maias a vários séculos atrás.

Observatório astronômico de Chichén Itzá. Os Maias possuíam grande interesse nos astros.

Certamente todo ano que se inicia começa no mesmo ponto do espaço, mas não no mesmo ponto do tempo, mostrando que este novo ano não será uma simples repetição do anterior e por mais que o movimento dos astros sejam idênticos, ciclo após ciclo, isto não significa que uma catástrofe que aconteceu no passado acontecerá novamente.

Porém, nada disso interfere no fato de que, ultimamente muitas catástrofes que ocorrem no meio ambiente, que é uma soma de vários fatores, tanto astrofísicos como principalmente causados pela industrialização e degradação da natureza, que são provocados pela ação direta do homem e não por uma ação Divina ou natural, isto sim provoca uma contra-reação natural que reequilibra o meio hambiente e o ecosistema.

As Catástrofes de hoje e de amanhã devem ser temidas sim, e muito mais que o final do ciclo Maia, porque os nossos governantes preferem não tomar providências com relação as previsões científicas, essas sim poderiam ser evitadas e contornadas, mas com um grande retrocesso na nossa indústria do descartável que transforma tudo em lixo que poluirão o planeta em que vivemos por mais de 500 anos.

Mas a pergunta é a seguinte:

Quem hoje quer pagar este preço para garantir um futuro melhor para nossos netos ?

Uma coisa é certeza, eles viverão em um planeta decaído e em crise constante, porque não haverão recussos naturais para preservar a vida e um ecosistema que funcione perfeitamente em equilíbrio.

Mas a boa notícia é que tudo isso ainda pode ser evitado hoje mesmo !

. O Que outros Dizem sobre isso ?

Conheça a Cultura Maia, Asteca e Inca !

O que era o calendário Maia ou Asteca ?

Outros detalhes sobre os Maias e Astecas !

http://mayacalendar.com/mayacalendar.html em inglés ou espanhol

Conheça o código de Dredem e suas previsões !

Veja os documentários no Youtube !

Veja em Português

Veja no Discory Channel

CienciaHoje contesta a versão dos fatos do documentário !

Revista Galileu Justifica os dados imparcialmente !

.

Fim do Mundo em 2012 citado em

‘O Livro Perdido de Nostradamus’

.

[YOUTUBE=http://www.youtube.com/watch?v=cEH_sqUOV6Y]

Um Oceano de plástico.

.A poluição já chegou a índeces alarmantes.

Prestem atenção nestes dados,

são de arrepiar…!!!

Um Oceano de plástico

Durabilidade, estabilidade e resistência à desintegração. As propriedades que fazem do plástico um dos produtos com maiores aplicações e utilidades ao consumidor final, também o tornam um dos maiores vilões ambientais. São produzidos anualmente cerca de 100 milhões de toneladas de plástico e cerca de 10% deste total acabam nos oceanos, sendo que 80% desta fração vem de terra firme.

Foto do vórtex

No oceano Pácífico há uma enorme camada flutuante de plástico, que já é considerada a maior concentração de lixo do mundo, com cerca de
1000 km de extensão, vai da costa da Califórnia, atravessa o Havaí e chega a meio caminho do Japão e atinge uma profundidade de mais ou menos 10 metros . Acredita-se que haja neste vórtex de lixo cerca de 100 milhões de toneladas de plásticos de todos os tipos.
Pedaços de redes, garrafas, tampas, bolas , bonecas, patos de borracha, tênis, isqueiros, sacolas plásticas, caiaques, malas e todo exemplar possível de ser feito com plástico.
Segundo seus descobridores, a mancha de lixo, ou sopa plástica tem quase duas vezes o tamanho dos Estados Unidos.

Ocean Plastic

O oceanógrafo Curtis Ebbesmeyer, que pesquisa esta mancha há 15 anos compara este vórtex a uma entidade viva, um grande animal se movimentando livremente pelo pacifico. E quando passa perto do continente, você tem praias cobertas de lixo plástico de ponta a ponta.



Tartaruga deformada por aro plástico

A bolha plástica atualmente está em duas grandes áreas ligadas por uma parte estreita. Referem-se a elas como bolha oriental e bolha ocidental. Um marinheiro que navegou pela área no final dos anos 90 disse que ficou atordoado com a visão do oceano de lixo plástico a sua frente. ‘Como foi possível fazermos isso?’ –
‘Naveguei por mais de uma semana sobre todo esse lixo’.
Pesquisadores alertam para o fato de que toda peça plástica que foi manufaturada desde que descobrimos este material, e que não foram recicladas, ainda estão em algum lugar. E ainda há o problema das partículas decompostas deste plástico. Segundo dados de

Curtis Ebbesmeyer, em
algumas áreas do oceano pacifico podem se encontrar uma concentração de polímeros de até seis vezes mais do que o fitoplâncton, base da cadeia
alimentar marinha.

Todas a peças plásticas à direita foram tiradas do estômago desta ave

Segundo PNUMA, o programa das Nações Unidas para o meio ambiente, este plástico é responsável pela morte de mais de um milhão de aves marinhas
todos os anos. Sem contar toda a outra fauna que vive nesta área, como tartarugas marinhas, tubarões, e centenas de espécies de peixes.

Ave morta com o estômago cheio de pedaços de plástico

E para piorar essa sopa plástica pode funcionar como uma esponja, que concentraria todo tipo de poluentes persistentes, ou seja, qualquer animal que se alimentar nestas regiões estará ingerindo altos índices de venenos, que podem ser introduzidos, através da pesca, na cadeia alimentar humana, fechando-se o ciclo, na mais pura verdade de que o que fazemos à terra retorna à nós, seres humanos.
Fontes:

Ver essas coisas sempre servem para que nós repensemos nossos valores e pricipalmente nosso papel frente ao meio ambiente, ou o ambiente em que vivemos.

Antes de Reciclar, reduza!
.

Reboliço sobre previsões do Fim dos dias.

PRESENVE O SEU PLANETA



ELE É A SUA CASA