Padre Fábio de Melo se defende sobre críticas a respeito de Maria e crendices populares.



Padre Fabio de Melo é considerado ex Padre por criticar Maria.

Manchete ainda bombando como viral na net até hoje…

PENSEI QUE ESSE ASSUNTO FOSSE PAGINA VIRADA, TANTO QUE HAVIA JÁ PREPARADO ESTE POST MAS NÃO CHEGUEI A DIVULGA-LO, PORÉM, EIS QUE ENCONTREI HOJE UM POST COM ALTA AUDIÊNCIA QUE ABORDAVA ESTE ASSUNTO COMO SE TIVESSE OCORRIDO ONTEM, O QUE ACHEI MAIS GRAVE NO TEXTO DA MANCHETE FOI A DECLARAÇÃO DE QUE FÁBIO DE MELO AGORA É EX PADRE E QUE CHOROU AMARGAMENTE QUANDO LEU AS CRÍTICAS A SEU RESPEITO ADICIONANDO UMA FOTO DE PADRE FÁBIO ÀS LÁGRIMAS, MAS NA VERDADE UMA FOTO JÁ BEM MAIS ANTIGA QUE FOI TIRADA POR OCASIÃO DO FALECIMENTO DE UM AMIGO.

Este assunto já havia sido esclarecido por uma declaração pública de Padre Fábio a qual esta copiada abaixo:

Deixei um comentário na pagina em questão sobre este assunto onde já havia uma grande polêmica, porém aqueles que acusam Padre Fábio de Melo de erro doutrinário e desprezo à Virgem Maria são os mesmos que o perseguem dia e noite o criticando até mesmo por um espirro fora de hora, mas a resposta para esses perseguidores foi escrita por São João já a 2000 anos atrás:


“Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. 17 – Pois Deus não enviou o Filho ao mundo para condená-lo, mas para que o mundo seja salvo por ele.” (João 3, 16)




http://www.genizahvirtual.com/2014/01/padre-fabio-melo-criticou-idolatria.html


Outros titulos com Fabio de Melo

Queridos amigos,

Em virtude da polêmica que envolveu minha fidelidade à Ortodoxia Católica, venho esclarecer alguns pontos.

Em nenhum momento da minha vida atentei contra a sacralidade da Igreja Católica Apostólica Romana. Sou Mestre em Teologia Dogmática e zelo muito para que minha pregação esteja de acordo com os ensinamentos da Igreja. Este é o credo que professo: “Creio na Santa Igreja Católica Una, Santa, Católica e Apostólica.” Nunca inventei uma crença particular, ou um modo diferente de compreender esta profissão de fé.

A expressão que usei no programa de “De frente com Gabi”, “Jesus queria o Reino de Deus, mas nós demos a Ele a Igreja” é uma expressão muito usada nos bastidores acadêmicos que frequentei em minha vida, e está distante da proposta herética que ela já representou em outros tempos. O significado evoluiu.

Nossa Fundação é Santa, pois fomos instituídos pelo Cristo. “A Igreja é um corpo, em que nós somos os membros e Jesus Cristo é a cabeça (Col 1,18; I Cor 12,27). Na cabeça o Reino já está estabelecido. Em Cristo, o Reino já está plenamente manifestado. Mas os membros do corpo ainda estão no contexto da busca, pois continuamos arrastando as consequências adâmicas do nosso pecado. E por isto, mesmo que em Cristo o Reino já esteja plenamente manifestado, em nós, Igreja, povo de Deus, ele continua sendo a meta que nunca deixamos de buscar.

O Concílio Vaticano II, através de sua Constituição Dogmática Lumen Gentium, enfatizou que a Igreja é povo de Deus. O povo é errante, pois apesar de estar mergulhado nas graças do batismo, ainda sofre as consequências da fragilidade que o pecado lhe deixou. O mesmo Concílio declarou “O Reino de Cristo já presente em mistério, cresce visivelmente no mundo pelo poder de Deus…” (LG 3).

Presente em mistério. Isto é, cabe a nós, membros deste corpo, apressar a sua chegada. A Igreja é triunfante, mas também é peregrina, penitente, pois que carrega em sua carne a fragilidade de seus membros.

Sim, a Igreja é santa, mas comporta em seu seio os pecadores que somos nós. E por isso dizemos, também com o perigo da imprecisão teológica: “A Igreja é Santa e pecadora”. Bento XVI sugeriu modificar a expressão. “A Igreja é Santa, mas há pecado na Igreja”. Notem que ele salvaguarda a santidade na essência.

Mas o pecado existe na Igreja. Por isto rezamos nas liturgias diárias pelo Santo Padre, pelos bispos, pelo clero, pelo povo de Deus. Clamamos por purificação, luzes em nossas decisões, pois sabemos que é missão do Espírito encaminhar na terra a Igreja que ainda não é Reino de Deus (porque maculada pelos nossos pecados), e que ao Cristo damos diariamente. Mas nós caminhamos na esperança. Sabemos que um dia todas as partes do corpo estarão agindo em perfeita harmonia com a cabeça. Seremos a “Jerusalém Celeste”.

Eu assumo que errei ao usar a expressão. Eu não estava numa sala de aula, lugar onde a Ortodoxia convive bem com a dialética. Não considerei que muitos telespectadores poderiam não entender o contexto da comparação. E por isso peço desculpas. E junto às desculpas, faço minha retratação. Nunca tive problema em assumir meus equívocos. Usei uma expressão que carece ser contextualizada com outras explicações, para que não pareça irresponsável, nem tampouco herética.

Repito. Eu não nego nem neguei a definição dogmática expressa na Lumem Gentium, Número 5.

“O mistério da santa Igreja manifesta-se na sua fundação. O Senhor Jesus deu início à Sua Igreja pregando a boa nova do advento do Reino de Deus prometido desde há séculos nas Escrituras: «cumpriu-se o tempo, o Reino de Deus está próximo» (Mc. 1,15; cfr. Mt. 4,17). Este Reino manifesta-se na palavra, nas obras e na presença de Cristo. A palavra do Senhor compara-se à semente lançada ao campo (Mc. 4,14): aqueles que a ouvem com fé e entram a fazer parte do pequeno rebanho de Cristo (Luc. 12,32), já receberam o Reino; depois, por força própria, a semente germina e cresce até ao tempo da messe (cfr. Mc. 4, 26-29). Também os milagres de Jesus comprovam que já chegou à terra o Reino: «Se lanço fora os demônios com o poder de Deus, é que chegou a vós o Reino de Deus» (Luc. 11,20; cfr. Mt. 12,28). Mas este Reino manifesta-se sobretudo na própria pessoa de Cristo, Filho de Deus e Filho do homem, que veio «para servir e dar a sua vida em redenção por muitos» (Mt. 10,45).”

E quando Jesus, tendo sofrido pelos homens a morte da cruz, ressuscitou, apareceu como Senhor e Cristo e sacerdote eterno (cfr. Act. 2,36; Hebr. 5,6; 7, 17-21) e derramou sobre os discípulos o Espírito prometido pelo Pai (cfr. Act. 2,33). Pelo que a Igreja, enriquecida com os dons do seu fundador e guardando fielmente os seus preceitos de caridade, de humildade e de abnegação, recebe a missão de anunciar e instaurar o Reino de Cristo e de Deus em todos os povos, e constitui o germe e o princípio deste mesmo Reino na terra. Enquanto vai crescendo, suspira pela consumação do Reino e espera e deseja juntar-se ao seu Rei na glória.”

Agradeço pela prece dos que me acompanharam neste momento tão sofrido.

Com minha benção,

Padre Fábio de Melo.





Posições para violão

https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/11/cifra-club-lk.jpg?w=313&h=117


HISTÓRIAS DO PADRE LEO
Outros titulos com Fabio de Melo
https://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/12/sag-fam-lk.jpg?w=130&h=120&h=120

15 Respostas

  1. Se Maria pudesse salvar o mundo, qual seria a necessidade de JESUS ter morrido na cruz!? Seu sacrifício teria sido em vão! pois só existe um Salvador que é JESUS CRISTO, como ele mesmo disse “ninguém vai ao pai senão por mim”. Respeito, amo e admiro a grande e graciosa mulher que Maria foi. Nós devemos fazer como ela e não pedir pra ela. Afinal ela não pode nos ajudar mas, JESUS CRISTO esse sim pode tudo e todas as coisas. Estou totalmente de acordo com o Padre Fábio de Mello quando ele afirma que Jesus é o único SALVADOR. Até que enfim um padre acordou para a verdade. Na bíblia diz “conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Amém

    Curtir

    • A questão em relação à este assunto não é a negação de que a Virgem Maria pode interceder por nós, já que este fato é comprovado biblicamente Em nas bodas de Caná, mas sim o fato de que em algumas localidades onde a assistência da Igreja é minimizada pela distância e a falta de Padres que ensinem, a população acaba por exagerar suas crendices e substituem os verdeiros ensinamentos da Igreja por tradições populares alteradas e quando alguém tenta abrir os olhos do povo em relação a isso cria-se uma polêmica ainda maior, pois se acusa um Sacerdote de ser protestante quando na verdade ele ensina apenas o que a Igreja ensina, já que muito do exagero que os protestantes acusam os Católicos de fazer, não são ensinamentos da Igreja e sim apenas tradições populares e de localidades, mas podemos dizer que ultimamente a Igreja tem conseguido diminuir em muito o exagero da expressão religiosa errônea de seus Fieis.

      Curtir

  2. Não devemos julgar o nosso irmão, mas podemos admoestá-lo, como dizem as Escrituras.Acho que o Padre Fábio de Melo poderia fazer menos shows em substituição a idas a comunidades extremamente carentes, levando seu amor, seu carinho, ajudando não só materialmente, mas também com sua presença física.Entendo que esses atos se identificam muito mais com o ofìcio sacerdotal.Também está nas escrituras:” quando não destes de comer, de beber, quando não destes agasalhos, quando não destes todas essas coisas a um desses que vos pediram, foi a mim que negastes.Não vos conhecerei em Meu Reino!”. É preciso termos muito cuidado com o nosso comportamento para nos identificarmos como verdadeiros Cristãos.É preciso que a Fé e a Caridade caminhem juntas, pois também está escrito nos textos bíblicos” A Fé sem as “obras” é morta.Entendo que o sacerdote deva ser, por essência, um Missionário e Evangelizador.

    Curtir

    • Creio que Pe. Fábio faz um trabalho de evangelização de acordo com o Dom que Deus lhe deu. Eu não poderia fazer o que ele faz, pois não tenho o mesmo Dom, mas a verdade é que todos estramos cooperando com a obra de evangelização do povo de Deus, pois ele acaba levando o evangelho de uma maneira diferenciada aos corações que não se encontram abertos ou não se encontram dentro de uma Igreja católica assistindo missa, mas mesmo assim Deus acaba tocando o seu coração através da música.

      Curtir

  3. Todos idolatram um padre como se ele fosse mais importante do que Deus

    Curtir

  4. Bom dia a todos, fico triste em saber que o Padre Fábio de Melo fez essa critica a Maria, que nao devemos adorar a nada somente a Deus e Jesus Cristo, em um ponto o padre esta com a razão, em outro ponto esta pecando ao criticar a crença de alguem. Como filhos de Deus devemos respeitar a crenças, raças …etc
    Deus nos ensina amar ao proximo e respeitar suas escolhas, podemos ter opiniões contrarias mas que nao ofenda a ninguém, Pensar antes de falar nao faz mal, faz bem. Ficamos todos com Deus pois e o rei da terra e do Céu. Amem

    Curtir

    • Cara Ana

      Padre Fábio não disse nada de errado de acordo com os ensinamentos da Igreja, o erro está no entendimento das pessoas em relação ao que a Igreja ensina.

      Em certas localidades existe uma deturpação muito grande em relação ao significado de ADORAÇÂO e de acordo com a Bíblia e os ensinamentos da Igreja que jamais são diferentes das sagradas escrituras, a Igreja não adora, nunca adorou e não ensina jamais a adorar MARIA, isto porque ela não é DEUS ou deusa.

      O Que a Igreja faz e por isso é bom esclarecer é que nós amamos Maria como nossa Mãe e prestamos culto não de adoração e sim apenas de veneração, para se entender a diferença, simplesmente, veneração não é adoração, pois devemos adorar somente a DEUS e a mais ninguém.

      Portanto nenhum CATÓLICO adora Maria ou qualquer Santo, seja sua imagem ou sua pessoa. A Igreja não ensina esta adoração e quando Padre Fábio fez a correção ele agiu totalmente de acordo com os ensinamentos da Igreja, o que acontece é que no ensinamento popular que não é o que a Igreja ensina, muitas vezes se cometem erros e abusos que precisam ser corrigidos.

      A Paz de Cristo.

      Sizenando

      Curtir

  5. O Padre n falo nd alem da vdd …. agnt tem que orar com a virgem maria sim …mais para que Cristo permaneça entre nos …. mais n tem muita gente que fica adorando as imagens da virgem maria adorando a ela … n gente ta errado .. temos que adorar somente a Jesus Cristo a Deus … n e porque Maria e mae de Jesus que temos que adorar ela ….

    Curtir

  6. EM QUAL PARTE DA BÍBLIA DIZ QUE DEVEMOS REZAR O TERÇO TODOS OS DIAS?

    Curtir

    • e_mail fornecido para resposta é inválido – Fake.

      A Bíblia diz:

      1 Tessalonicenses 5 – Bíblia Online – acf
      http://www.bibliaonline.com.br/acf/1ts/5
      17 Orai sem cessar. 18 Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. 19 Não extingais o Espírito.


      Natal



      Orai sem Cessar – Núcleo de Apoio Cristão
      http://www.montesiao.pro.br/estudos/celulas/celula412.html
      Orai sem cessar: no ônibus, na escola, no trânsito, em casa, no trabalho, em todo lugar é lugar de orar – “com toda oração e súplica, orando em todo tempo no …


      Natal


      Natal


      Com o passar dos anos este convite à uma oração permanente foi se concretizando em orações contadas e como nossas palavras são finitas e a repetição de uma oração não entra em choque com o que Jesus nos ensinou no Pai nosso, pois o mesmo pode ser entendido das duas formas possíveis, tanto quanto um ensinamento pormenorizado ou como um convite a repetição são válidos. Sendo assim os Monges que viviam em clausura com o objetivo de orar pela humanidade acabaram por aperfeiçoar um modelo de orações continuas e variadas o que resultou no rosário e o terço é uma adaptação deste mesmo rosário dividido em três partes que ficou conhecido como o “terço” que é a terça parte do rosário que é usado para nos ajudar a se manter em oração continua obedecendo a palavra de São Paulo sem se esquecer também que a oração livre e espontânea também entra nesta questão, mas ninguém consegue permanecer em oração espontânea por muito tempo sem repetir palavras e frases, sendo assim o terço também é composto por sua parte espontânea, que são os oferecimentos, afinal todo terço deve ser dedicado à uma necessidade, uma intenção ou pedido.

      O terço nada mais é do que um conjunto de orações, que poderiam ser as conhecidas ou outras quaisquer, o que vale é a perseverança na oração, que se traduz em “ORAR SEM CESSAR”.


      Presentepravoce

      Curtido por 1 pessoa

      • Que eu saiba a biblia proibe as palavras repetidas na oração e o terço é o que? vai estudar escrituras..

        Curtir

      • Que eu saiba, a Bíblia diz:

        “Orai sem césar” e não diz se esta oração pode ser repetida, em línguas, copiada ou simplesmente repedida varias vezes um texto de outra pessoa. Jesus se referiu sobre isso com a história da viúva que deveria insistir com o juiz para defender a sua causa, e pelo que eu saiba o seu pedido e a sua insistência deveria ter o mesmo teor todos os dias e em todos os momentos, logo, Deus não se incomoda com o modo e a forma, se é repetida ou não e sim apenas com a falta de oração.

        Se você faz as suas orações espontâneas, não se incomode com aquele que reza o terço, pois se esta é a maneira que ele entra em contato com Deus, é o que importa, pois ele também está com o espírito voltado para Deus, já que todas as orações são direcionadas ao Pai.

        Sizenando.

        Curtir

  7. Sou catolica não praticante!mais pela primeira vez ao meus 50 anos tive opraser de ouvir um padre disser á verdade é dar ácara atapa é fasser critica á uma religião .que acada dia perde Adepito porque em preno 2.014comtinua emcistido pessoas emdolatrar imagem é esquecendo de jesus é emcinado á idolatria é as medalinhas que para igreja ébom .Acasa de Deus que deveria ser ácasa onde Opai rescebem seus filhos Hoge virou comercio só quem tem dimheiro é pode pagar entra !hoje eu posso disser que meu Idolo é O padré Fabio de Melo quem fala dele são pessoas que gosta de ser enganado não gosta de ouvir a verdade .pricipalmente quem ler apalavra Deus é não sabe intrepretar o k jeus disse.

    Curtir

  8. Sempre adimirei seu sarcedocio suas palavras no programa Direcao Espiritual sempre vem nos reanimar em momentos de sofrimento. Nao so no programa D.E. mas suas mensagens nada podera mudar a minha adimiracao e credilidade por um sarcedodote escolhido por Deus.

    Curtir

    • Principalmente, porque neste episódio, ele não disse nada de mais, além de estar certo já que em certas regiões deste imenso país tem exageros e erros gravíssimos de fé e como corrigi-los se não se pode falar nada que fira a consciência daqueles que preferem o erro que suas crendices populares ensinam do que a verdade da Fé Católica?

      Presentepravoce

      Curtir

Deixar um Comentério aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: