O Dia de quem cuida de Mim!



Querem acabar com a família: Escolas de São Paulo acabam com “O Dia das Mães” e instituem o “Dia dos Cuidadores” segue matéria abaixo:


Usando como pano de fundo a defesa dos Direitos humanos em favor das Minorias iremos desconstruir o correto e tradicional institucionalizando o paliativo, incompleto, genérico, substitutivo diminuindo a dignidade de uma criança que sente orgulho de fazer parte de uma Família bem construída e feliz.   Não que todos sejam assim tão felizes, mas que todos tenham o direito de sonhar e desejar aquilo que realmente é bom e faz bem para si mesmo.

A solução de problemas na sociedade não consiste em se acomodar com o problema e acochambrar novos valores e sim de recuperar os verdadeiros valores que deveriam ser preservados a qualquer custo, mas bem se vê que o desejo dos inimigos da FAMÍLIA não é a sua preservação e sim a sua destruição total até que a pessoa humana perca totalmente a sua dignidade e se torne apenas um robô programável e descartável segundo a vontade de seu dono, que neste caso seria o governo e não os Pais que já foram descartados da vida de seus filhos.



Família_feliz



Lamentavelmente querem mesmo o fim da família:


Vamos_acabar_com_a_família_tradicional

Família Tradicional


Segundo a revista Veja, de 16.5.2014, este ano algumas escolas municipais da cidade de São Paulo deixaram de comemorar o tradicional “Dia das Mães”. No seu lugar celebraram o que denominaram de “Dia de quem cuida de mim”.

Em nota, afirma a Secretaria de Educação:A razão apresentada por uma coordenadora pedagógica foi que “a família tradicional não existe mais”. Isto quer dizer que, para ela, família com pai, mãe e filhos acabou. É coisa do passado.

Hoje em dia, a família é composta por diferentes núcleos de convívio e, por isso, algumas escolas da Rede Municipal de Ensino decidiram transformar o tradicional Dia dos Pais e das Mães no Dia de quem cuida de mim.”

A alegação é de que o fato de se criar “o dia de quem cuida de mim” permite que as crianças criadas por parentes ou por “casais” homossexuais não se sintam excluídas em datas como o “Dia das Mães” ou o “Dia dos Pais”.

É uma falsa alegação pois é evidente que não se deve transformar excessão em regra geral. O normal é as crianças terem e conviverem com os pais e com as mães. Para as situações de exceção criam-se soluções e não extinguindo os costumes habituais.

Na realidade trata-se de mais uma etapa nas ações que visam destruir a instituição da família.

Nesse caso servindo-se do falacioso argumento do “direito” das minorias. Ora, o critério do direito não é se se trata de “maioria” ou de “minoria”, mas sim se aquilo é correto (“direito”) ou não.

O erro não tem direito, seja ele de “minoria” ou de “maioria”. Sendo um erro, aquilo deve sofrer a devida “exclusão”. Do contrário, passa-se a praticar a mais abominável das situações de amoralidade, como aquela descrita pelo Profeta Sofonias, que anuncia terríveis castigos de Deus para aqueles que dizem consigo mesmos: “O senhor não faz bem nem o mal”.

A destruição da família terá, como uma de suas consequências, o terrível prognóstico do Profeta Sofonias, da parte de Deus Nosso Senhor: “Mergulharei os homens na aflição, e eles andarão como cegos, porque pecaram contra o Senhor”.

É o que já se começa a observar em todo o mundo: as pessoas estão aflitas e não vêem solução no horizonte tanto religioso quanto político.

Entretanto, para os que verdadeiramente têm Fé há a esperança nas promessas de Nossa Senhora de Fátima:

“Por fim Meu Imaculado Coração Triunfará”.


Eu amo a minha família





Familia_plc_122

PARA ACOMPANHAR A EVOLUÇÃO DA CAMPANHA CONTRA A PL 122 CLICK NO BANNER ACIMA.



Estatuto_destruição_da_Familia Familia_projeto_de_Deus

Anúncios

7 Respostas

  1. Parabéns pra escola uma linda atitude! Afinal muitas Mas, muitas crianças não tem “Mãe” nem “pai” passo apenas genitores! Chega de hipocrisia!

    Curtir

  2. Só que não conseguirão, porque é a melhor data do comércio fora o Natal, é uma data que está arraigada na mídia e em todo ser, porque todo mundo tem uma mãe, mesmo que adotiva, por consagração, ou de natureza biológica! E mesmo quando alguém perde a mãe precocemente sempre substitui por uma avó, madrinha, tia, ou seja demonstrando o quanto é importante a presença de Mãe nas nossas vidas independente da classe social ou de sua legitimidade!!!

    Curtir

    • Isto é uma VERDADE, mas o absurdo e a incongruência na tentativa de derrubar esta data é que fica martelando os miolos de quem não vê nenhuma lógica nesta proposta absurda!!!!!!
      Presentepravoce

      Curtir

    • Sizenando

      Curtir

    • Concordo com a parte que fala da mídia e do comércio uma data pra gastar! Muitas Mas, muitas crianças são abandonadas a própria sorte por suas genitores e se possui uma avó ou tia ou pai que cuida então deve sim comemorar o dia de quem cuida de mim! Chega de hipocrisia por um Brasil mais justo

      Curtir

      • aS DATAS DE COMEMORAÇÃO EM HOMENAGEM A DIA DAS MÃES E DIA DOS pAIS JÁ EXISTEM, Não sei porque criar um outro dia, já que quem cuida de alguém seja progenitor ou não será uma mulher ou um homem e neste caso basta lhe fazer a homenagem no dia correspondente. No dia das mães para as mulheres ou para aqueles que se identificam como tais e dia dos Pais para os do sexo masculino ou que se comportam como tais e neste caso não seria necessário outra data que descaracterizaria a função de Pai ou Mãe, já que cuidadores do mesmo sexo nem sempre se encaixam em nenhuma destas características.

        Curtir

Deixar um Comentério aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: