Valores Cristãos.

Tentativa de sedução de José no Egito pela mulher de Potifár seu Senhor

.

Quais são seus Valores ?

Quais são os referenciais que norteiam sua vida?

.

Em Gênesis 39, encontramos uma das ilustrações clássicas de como o sistema de valores pessoais pode pesar na balança de uma sociedade.

José, filho de Jacó, mordomo na casa de Potifar, lutava contra as investidas sexuais de sua patroa, esposa de seu senhor.

Encontramos neste jovem um caráter impecável. Ele estava disposto a abrir mão das delícias sedutoras oferecidas por uma mulher sensual para não comprometer suas convicções.

Em três declarações neste capítulo, ele indica seus valores, que se destacam como um farol em meio à tempestade: “Ele, porém, recusou e disse à mulher do seu senhor: Tem-me por mordomo o meu senhor, e não sabe do que há em casa, pois tudo o que tem me passou ele às minhas mãos. Ele não é maior do que eu nesta casa, e nenhuma coisa me vedou, senão a ti, porque és sua mulher: como, pois, cometeria eu tamanha maldade, e pecaria contra Deus?” (Gn 39.8-9).

Na primeira declaração, José afirmou que seria infiel ao seu mestre se tivesse relações sexuais com a esposa dele.

Em sua segunda declaração, ele ressalta que seria infiel também consigo.

Na terceira, ele declara que não cometeria tal pecado, pois seria infiel ao seu Deus.

O valor de caráter citado por José, a fidelidade, abrangeu três pessoas: Potifar (mestre), José (ele mesmo) e Deus.

Muitos falam sobre determinados valores que deveriam adotar, mas que, na realidade, não praticam, não inserem no cotidiano de suas vidas.

Potifar não tinha a menor dúvida da fidelidade de José, pois sabia que sua integridade era real, concreta, e não apenas simples palavras levianas.

Há muitos jovens cristãos que sabem exatamente o que é certo e o que é errado sobre, por exemplo, sexo antes do casamento, roubo, drogas, cola nas provas. Mas suas vidas não refletem seu conhecimento.

Valores cristãos e familiares contêm dois elementos essenciais: o quê e por quê. Nossa tendência é enfocar demasiadamente o “quê”, esquecendo-nos do “por quê”.

Falhamos quando não explicamos por que os valores cristãos são tão importantes para nossas vidas.

Sabemos como firmamos nossa convicção em determinado valor, mas desconhecemos como chegamos à conclusão de que ele é imprescindível.

Quando os pais comunicam valores a seus filhos, precisam ajudá-los a raciocinar sobre a razão de estes valores serem tão importantes e desafiá-los a não aceitá-los apenas porque seus pais o aceitam, mas porque eles concluíram e aceitaram sua importância para si.


Como Vivenciar os

Valores Cristãos.

Click aqui.


O ensino eficaz

Quero fazer algumas sugestões sobre como os pais podem dinamizar o ensino dos valores cristãos a seus filhos.

l) Desenvolvendo um relacionamento de qualidade com os filhos: a melhor maneira de comunicar tais valores aos filhos é através dos relacionamentos interpessoais porque, sendo assim, há o máximo de interação e o mínimo de distorção.

É possível impressionar uma pessoa, mesmo não sendo íntimo. Contudo, o nível de impacto é consideravelmente mais profundo quando partilhamos de sua intimidade, quando estamos próximos dela.

Comunicamos nossos valores demonstrando que o praticamos em nossas vidas, e não falando sobre eles.

2) Deixe seu filho expressar-se, mesmo que suas idéias e opiniões sejam divergentes das suas: quando seu filho discorda de você, agarre a oportunidade de descobrir, pelo diálogo, a razão de tal discordância.

Ele precisa sentir que pode ter opiniões contrárias à de seus pais e que não será recriminado por isto.

Ele necessita ter liberdade para desenvolver suas próprias convicções. Valores forçados pelos pais desfazem-se rapidamente. Convicções adquiridas por determinação própria podem durar uma vida.

3) Deixe seu filho experimentar e aprender através das conseqüências do seu comportamento: quando os pais trabalham com seus filhos em nível de confiança mútua, o vínculo e a aceitação são mais sólidos.

Entretanto, quando o relacionamento e o ensino são pautados por uma série de restrições, os filhos sentem que seus pais não confiam neles.

O resultado deste último posicionamento é a falta de confiança em si mesmos e indefinição quanto a seus próprios valores, já que não tiveram liberdade e chance de testá-los.

4) Encoraje seu filho a se envolver em servir outras pessoas: o jovem adolescente que se envolve em trabalhos de auxílio a outras pessoas, que aprende a ser servo, desenvolve um senso de valor e, também, os valores cristãos.

É positivo que eles sejam voluntários e não recebam remuneração financeira. As crianças da casa devem ser incentivadas a ajudar nas tarefas domésticas sem que, para isto, recebam mesada. Isto fará com que os filhos reconheçam que as pessoas são infinitamente mais importantes do que as coisas.

5) Seja exemplo do que ensina: provavelmente, o elemento essencial na comunicação de valores na família são os pais que se tornam exemplos do que ensinam.

Se não há compromisso entre o valor ensinado e a realidade, certamente os filhos não assimilarão o conceito.

Há uma séria crise de integridade e credibilidade nas lideranças familiares atuais. Filhos aguardam uma demonstração que dará validade aos valores.

Se eles, a longo prazo, testificam a fé dos pais em ação, gradativamente adotarão o padrão e os valores que observaram e que, certamente, trarão bênçãos às suas vidas.

Que nós, pais cristãos, possamos vivenciar mais nossa fé!

Por Jaime Kemp

Fonte: Revista Lar Cristão ano 15 – volume 55



5 Respostas

  1. […] na família que desde a infância se assimilam os valores morais, a forma de conduta e a hierarquia de […]

    Curtir

  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

    Resposta:

    Este é só um exemplo de que xistem pessoas que nada querem com a vida, levam tudo na brincadeira. Depois quando o calo aperta …. Vem chorando e pedindo socorro…

    Curtir

Deixar um Comentério aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: