O Delírio de Richard Dawkins.

O ateísmo agora quer se tornar também uma religião e competir em pé de igualdade com a Divindade suprema.

Para isso começam a investir pesado contra o Cristianismo em todas as partes do mundo, já estão ofertando livros gratuitos para disseminar teorias que nada mais são que uma oposição sistemática ao Cristianismo.

Tudo o que ensinam clamam são baseados em apenas suposições da mesma forma que acusam a religião de ser histórias inventadas e fruto de alucinações coletivas.

Tudo que o Cristianismo ensina é fruto de fatos presenciados e testemunhados por muitas pessoas de classes, credos e raças diferentes, muitas das quais nem sequer acreditavam em Deus.

Richard Dawkins prega apenas uma antítese do Cristianismo, porque tudo que ele faz  é desdizer e justificar milagres que aconteceram no passado, simplesmente dizendo que nada daquilo aconteceu na verdade, se por acaso eu me decidir em dar crédito às suas afirmações que não estava lá na época dos fatos, por que eu não poderia dar crédito às palavras daqueles que lá estavam ?

Este Senhor não seria capaz de identificar um átomo no microscópio, ele também não analisou cientificamente as fotos dos olhos de Nossa Senhora de Guadalupe, não presenciou o estudo que analisou o Corpo e Sangue de Jesus no Milagre de Lânciano e nem sequer leu as análises do resultado das pesquisas no Santo Sudário, mas também por que ele faria isto já que Ateísmo é uma ausência completa de Deus na vida de alguém? Se bem que: o que eles pregam não é o ateísmo “AUSÊNCIA DE DEUS” e sim um anti-Cristianismo, porque falam e combatem a Deus de todas as formas possíveis.

O pior de tudo é que ele distorce e tenta diminuir o brilho de cientistas com muito maior renome do que ele próprio, só porque estes declararam que Deus Existe verdadeiramente.

A Autor Francis S. CollinsLINGUAGEM DE DEUS –

O grande cientista Francis Collins que coordenou o estudo do Genoma Humano e desvendou seu código, antes mesmo do final de sua pesquisa, analisando todos os seus dados concluiu por si mesmo, “ESTE CÓDIGO GENÉTICO HUMANO NÃO PODE SER UMA OBRA SIMPLESMENTE DO ACASO”, Sabem por que ?

Porque o Gén humano nada mais é do que um programa semelhantemente a um programa de computador, preparado para realizar funções e ações com tempo predeterminado.

Pegue seu computador novo com o disco rígido vazio e ligue-o…

O que acontecerá ?

Nada !!!

Por que ?

Porque não existe nenhum programa operacional !!!

Responda então…

Por quantos bilhões de anos seu computador permanecerá ligado neste ambiente propício para aparecer um programa ali que ative seu computador espontaneamente por acaso ?

Eu respondo… assim como qualquer um dos programadores da Microsoft sem medo de errar, jamais aparecerá nenhum programa ali se não houver uma iniciativa externa, é exatamente o que o homem faz, pega um disco rígido vazio e coloca nele seus programas para que ele execute a sua vontade e alcance o seu objetivo.

Eu diria, é exatamente isto que Deus fez, e nós somos o seu programa em atividade, vivemos em um ambiente programado e totalmente dependente de uma iniciativa externa invisível a nós.

Alguns cientistas fizeram uma experiência com Macacos (… leia mais) para provar que nossas tradições atuais nada mais eram que fruto de um aprendizado anterior que se conformou com situações da época passada e mesmo que a situação anterior fosse alterada o nosso aprendizado hoje continuaria se defendendo de perigos que não mais existiriam de fato.

O grande equivoco dos tais cientistas é que: o perigo apresentado como inexistente na experiência não era inexistente, estava apenas desligado momentaneamente por vontade do cientista observador.

Quando os Macacos evitavam comer a banana por medo da água fria eles estavam agindo corretamente, porque o ser externo chamado cientista poderia a qualquer momento religar o dispositivo e encharcar as pobres criaturas.

Declararam então que os animais agiam em defesa dos jatos de água fria sem motivo já que não estavam mais sendo molhados no momento e declararam também que o homem não precisa mais se refugiar em um ser protetor imaginário chamado Deus porque agora temos nosso próprio conhecimento que nos revela o que não conhecíamos no passado e temos resposta para todas as perguntas inclusive a de que Deus nunca existiu.

Em todos os momentos da experiência sempre estavam presentes os cientistas externos ao ambiente dos animais aprisionados, que ficavam escondidos interferindo no meio ambiente dos animais quando eles instintivamente tentavam se alimentar com o alimento que lhes é mais peculiar.

Estes mesmos cientistas esqueceram de analisar a sua própria presença dentro da experiência em questão deduzindo que o que aconteceu com os animais era fruto de um possível acaso, quando na verdade foi fruto de uma ação externa, que era a mão do cientista na torneira que espirrava água fria nos bichinhos indefesos.

Está aí, o que aconteceu na experiência na verdade foi o resultado do êxito do cumprimento da vontade dos cientistas que observavam a cena.

Conclusão:

O cientista fazia um papel de deus ou diabo na experiência.

Provaram o contrário do que queriam provar, porque a experiência não aconteceu ao acaso e sim foi programada e executada por um ser externo ao ambiente selecionado.

Esta experiência é comumente mencionada em escolas e faculdades para provar que nossos Pais estão enganados quando nos mandam ir para a Igreja buscar a Deus para nos tornarmos boas pessoas na vida, ou seja, existe um complô contra o ensinamento da Religião nas escolas e faculdades, mas isto é entendido da seguinte forma, querem que nos tornemos totalmente escravos do dinheiro, do ser, do poder, da concorrência com os outros alunos, das trapaças e assim os cursinhos e as faculdades ficarão cada vez mais ricas sugando o dinheiro dos concorrentes em busca das poucas vagas disponíveis nos cursos que nos tornarão ricos e milionários e certamente todo esse dinheiro não nos trará a felicidade muito menos nos tornará boas pessoas neste mundo.

Rezando na cartilha do Sr. Richard Dawkis, aprendemos que devemos aproveitar a vida despreocupadamente porque Deus não existe e certamente não nos punirá por nada de errado que fizermos aqui na terra, o que ele não diz é que o egoísmo do homem sem Deus está destruindo o mundo em que ele vive e certamente isto é algo não só preocupante como desesperador, porque os homens materialistas são incapazes de apresentar uma solução plausível para este problema Real e imediato, porque estes homens só pensam em não levar prejuízo no bolso.


MILAGRE DE LANCIANO


14 Respostas

  1. Podes nos trazer, então, o trecho que direcionou a esta sensação? Com certeza poderei ajudar a ti e ao leitor compreender o livro.

    Pelo que me parece, você não passou do prefácio. Ou nem isso, pois nenhuma das tuas críticas procede. Que partes do livro você leu, Sizenando, para conseguir fazer uma crítica assim tão forte?

    Curtir

    • Não preciso ler este livro para entender a ideia central que ele transmite, o título para mim já é o suficiente.

      Curtir

      • Esta foi a maior confissão de desonestidade intelectual e preconceito que eu ja vi na vida!

        Você está LITERALMENTE julgando um livro pela capa, sem lê lo, usando um punhado de preconceitos e estereótipos.

        Posso dizer claramente: você é muito desonesto. Me sinto envergonhado por ti. Sinto muito que precises lançar tal empulhação intelectual pra se sentir certo. Bah, sério… extremamente ridícula tal atitude.

        O título pra mim é suficiente – isso é o que um crente sempre faz: lê apenas o que importa pra sustentar suas bobagens bacaninhas. E, quando em desespero, simplesmente não lê e a isso associa seus preconceitos e estereótipos. Vergonhoso.

        Curtir

      • caro Giuliano

        Eu nem deveria responder seu comentário, pois a atitude que reclamas de minha parte é a mesma que eu lhe atribuo com referência ao livro que você mias critica, que é a Bíblia, para quem fala de preconceito até parece que você não teria nenhum preconceito contra o deus todo poderoso.

        Curtir

      • Acho que não entendeste nada. De novo. Pra variar a certeza de estar certo te faz tomar atalhos de lógica.

        Eu já li a bíblia, inteirinha. Já fui em muita missa. Fiz catequese e crisma. Sei muito bem o que critico e tenho muita base argumentativa para fazê-lo. Você deseja de mim um inimigo burro, mas sou um adversário instruído e você tem apenas MEDO de mim; medo que eu esteja certo e que você esteja errado sobre tudo em que acredita. No fundinho, você SABE que está errado… mas se sentir no “lado do bem”, no “lado do rei”, como alguém especial te faz não querer analisar nada disso.

        Como eu vou ter preconceito contra algo que não existe? Me responda isso! A falta de lógica respinga pra todo lado em suas palavras! Você tem preconceito contra Papai Noel, quando diz que este não existe? Ora, convenhamos, né? Estás querendo justificar teus preconceitos, é isso?

        Você NÃO lê algo (o livro), INVENTA o conteúdo que deseja ver lá dentro, critica o conteúdo que inventaste, estipula seus preconceitos úteis à manutenção da querida crença, fala mal usando estereótipos imbecis e acéfalos… e eu sou o preconceituoso?

        Sinceramente não espero nova resposta. Você não tem coragem. Não tem CORAGEM sequer de ler o livro, quem dirá de seguir um debate comigo.

        Curtir

      • Ola Giuliano

        Caro amigo, não lhe tenho como inimigo e nem pretendo entrar em debate com você, pois esse não é o meu objetivo, também não pretendo ler aquele livro, pois tenho direito de escolher o que vou ler ou não, já li sim algumas partes e ouvi algumas partes de palestras de seu mestre e o achei cheio de mais de razão em detrimento ao pensamento de outros cientistas, mas ao mesmo tempo o titulo de seu livro não é uma certeza absoluta nem para ele mesmo, pois escreve “Provavelmente Deus não existe”, se ele não pode provar que Deus não existe, então a sua teoria é uma furada igual a tal da teoria da probabilidade para se explicar a ocorrência de uma milagre Divino.

        Você deve conhecer a história da experiência dos macaquinhos na jaula que eram banhados com jatos de água fria toda vez que comiam uma banana! até que passaram a brigar para que ninguém comesse mais as bananas, provando assim que aprendemos a nos defender do meio em que vivemos e passamos este aprendizado adiante. o fato é que o experimentador usa o texto para dizer que o nosso meio mudou e que não é como antes e que portanto muitos de nossos aprendizados e tradições já perderam seu sentido a muito tempo, entre eles a religião porque o homem agora é inteligente e tem conhecimento e já pode explicar as coisas que o cercam cientificamente e que portanto, hoje tudo pode ser explicado sem a existência de um Deus que servia apenas para esconder a ignorância humana quando não tinha explicação para as coisas que aconteciam.

        O que é omitido no diagnóstico final da experiência é que os macaquinhos foram manipulados o tempo todo por um agente externo, invisível e sem nome “DEUS” e por falta de inteligência cognitiva os bichinhos apenas se acostumaram com o novo meio, porém após algumas gerações sem o jato de aguá fria eu garanto que eles voltariam a comer as bananas mesmo que apanhassem uns dos outros, pois é isso que o ser humano faz sempre se lançando a novas experiência e tentativas.

        O que eu acho interessante nesta experiência é que o homem age como um deus induzindo mudanças de comportamentos, criando coisas e fazendo experiências genéticas, mas ao mesmo tempo duvida que alguém possa ter tido a mesma atitude conosco, mesmo que não fosse DEUS criador do universo, pois logicamente diagnosticar e diferenciar esta opção seria impossível para a criatura.

        Eu creio sim que a minha inteligência e a minha sabedoria são muito limitadas para deduzir com certeza qualquer coisa que esteja fora de nossas quatro dimensões conhecidas, muito menos se elas coexistirem em outras dimensões desconhecidas e isto não retira a possibilidade de estarmos sendo vigiados, acompanhados, esquadrinhados, manipulados, por pessoas ou seres que coexistam em outras dimensões cuja nossa percepção limitada possa atingir e ou compreender.

        O fato é que quanto mais a pessoa for inteligente e conhecer sobre a ciência ela estaria mais perto de perceber a sua débil inteligência e não afrontar a existência do desconhecido e imperceptível, mas este pseudo-cientista se arvora como ser superior a todos os outros e pretende estabelecer um novo padrão, não mais baseado no aprendizado de milhões de anos, mas baseado em sua vaga percepção de poucos anos de estudo duvidoso sendo que nem ele mesmo tem a certeza daquilo que propõe.

        Uma outra coisa idiota que ele faz em crítica à religião é dizer que o Cristão acredita em uma serpente falante que foi usada para desencaminhar Adão e Eva, mas bem sabe ele que ninguém acredita nesta imagem ao pé da letra e sim naquilo que ela significa e neste caso ele mesmo se torna um animal falante que diz exatamente o mesmo que a serpente dizia, pois contesta a palavra daquele que criou todas as coisas ou seja, ele se coloca no personagem do animal falante e critica a si mesmo e não aquele que acredita na VERDADE e não em uma figuração linguística.

        Como eu vou ter preconceito contra algo que não existe?

        Se alguma coisa, seja ela o que for, não existe, ninguém poderia ter preconceito, pois nem se falaria no assunto, mas se alguém fala sobre um certo assunto e existem muitos livros com ensinamentos e opiniões diversas sobre o mesmo assunto isto significa que aquele assunto existe sim, se este assunto é chama do de Deus, não há como contestar a sua existência já que a existência de algo consiste em seu conhecimento de algo e não na suposição de pega-lo em sua mão, pois o que mais exemplifica isso é que ninguém contesta o fato de que o homem foi e pisou na lua, se bem que ninguém pode experimentar esta verdade de fato e hoje eu poderia dizer que seria possível acreditar em coisas até bem mais difíceis de serem realizadas, mas mesmo assim se contesta a existência de Deus que sempre esteve presente no pensamento humano, mesmo aquele que jamais ouviu sequer uma palavra sobre Deus e eu coimo um pregador acho muito mais fácil apresentar Deus àquele que nunca ouviu falar d’Ele do apresenta-lo aos fariseus que o esquadrinharam da cabeça aos pés e aos cientistas que se inocularam a si mesmos com uma vacina insana, pois “vacina” existe, mas ela pode nos oferecer proteção contra o mal e também contra o bem, depende daquele que coloca o seu objetivo.

        Que Deus lhe abençoe

        Sizenando

        Curtir

  2. Decididamnte, você não leu o livro.

    Aconselho a ler o livro e então rever este post, pois a quantidade de besteiras aqui é gigantesca!

    Curtir

    • Realmente, Eu Não li o livro inteiro, mas as partes que eu li já são o suficiente para saber que o restante não tem o mínimo fundamento em alguma verdade absoluta e sim apenas em suposições e isto ele mesmo faz questão de dizer no próprio título do livro, já que ele fala de algo que supostamente ou provavelmente não exista, mas é como eu digo, para ele até pode ser isto verdade, mas para mim, com as minhas experiências de vida eu digo o contrário com absoluta certeza de que existe alguém sim não visível ou palpável por trás de tudo que existe e acontece, se o chamamos de Deus, é só um nome para identificarmos alguém, pois nem Ele mesmo se chama por este nome, mas isto não vem ao caso.

      Se queres ler alguma coisa, leia a Bíblia, mas antes, faça como Jesus disse a Nicodemus, leia como uma criança, como um homem novo, com o coração aberto e totalmente sem preconceitos, faça um upgrade em seu CPU, apague tudo e formate seu HD e depois coloque somente os melhores programas sem vírus e sem cavalo de troia para lhe induzirem ao erro e roubar a sua fé.

      Sizenando

      Curtir

  3. Escreve-se DAWKINS, e não Dalkins.
    Queres criticar a alguém, no mínimo escreve seu nome corretamente.

    Curtir

    • Caro Giuliano

      Paz de Cristo

      Obrigado pela correção, me deu a oportunidade de fazer uma correção e revisão neste post, mas achei interessante que haviam diversos erros bem mais graves aqui e fostes me observar apenas este errinho na troca de uma letra e que na verdade foram apenas em duas citações já que os pontos principais estavam corretos, caracterizaria apenas como um erro de digitação.

      Mas em tudo ainda agradeço a sua correção.

      Sizenando / Presentepravoce

      Curtir

      • Caro Sizenando.

        Não precisa agradecer. É uma honra poder mostrar o quanto os criacionistas estão errados.

        É sábio não levar como premissa que uma primeira correção será a única.

        Paz de Darwin, hehehe.

        Curtir

      • Caro Giuliano.

        Não sei que relação exista entre um erro ortográfico e o CRIACIONISMO, sendo que na verdade ee nem me considero um “criacionista” na totalidade da força da palavra, eu apenas concordo em muitos pontos mas discordo de quase todos os pontos dos evolucionistas, se bem que nada tenho contra a teoria de Darwin, afinal é apenas uma teoria que ainda nem foi comprovada e mesmo que a comprovem sem manipulações e falcatruas como já fizeram no passado, mesmo assim isto não diminuirá a minha Fé em Deus, pois Ele é o Deus tanto da Criação como da evolução.

        Deixa Darwin descansar em paz em seu túmulo, afinal ele nada mais pode acrescentar ou retirar daquilo que escreveu, gostaria até que ninguém mais acrescentasse coisas naquilo que Darwin jamais escreveu.

        Até logo.

        Sizenando

        Curtir

  4. Na boa… você não leu “Deus: um delírio”. Admita.

    Curtir

    • Olá Jesus

      É um prazer falar com o Senhor

      O Sr. tem toda Razão, não li mesmo, mas só pelas entrevistas com aquele louco dá para perceber que ele apenas quer fazer propaganda, na verdade percebi que nem ódio ele tem do Cristianismo.

      A diferença entre ele e eu é que ele acredita que Deus existe e faz propaganda contra e eu não acredito que existe nenhum deus, mas sei que mesmo não existindo nenhum Deus, mesmo assim ELE seria a unica solução para o mundo.

      Ou seja, dificilmente um homem comum morreria numa cruz por amor às suas palavras e principalmente por amor à um mundo que ele nem conhecia, mas o mais difícil mesmo seria este morto, que não tinha nenhuma gota de sangue em seu corpo sair deste túmulo sozinho rolando uma pedra que mais de dez homens colocaram na porta, talvez o sr. Dawkins que nunca esteve lá possa ter um testemunho mais verdadeiro do que aqueles que lá estavam, eu sei que alguém estava delirando e é mais fácil apenas um homem delirar do que milhares de testemunhas, inclusive eu mesmo, sendo assim eu prefiro dar crédito à minha própria fé e experiência com Deus do que a mentira e não experiência do sr. Dawkins.

      Creio que você também deveria fazer o mesmo, já que você leu o livro do Sr. Dawkins e acha que ele tem razão, eu lhe convido a um DESAFIO MUITO SIMPLES E SEM NENHUMA CONSEQUENCIA, procure em uma Igreja Católica mais próxima, VÁ a um grupo de oração da RCC e pergunte ao coordenador quando terá um SVE I, e faça este encontro, mas se você não quer se expor, faça como o Mestre Nicodemos, vá a uma Igreja Católica, procure o sacrário, sente em frente a ele e mesmo não acreditando faça a seguinte oração.

      Oração é dizer em pensamento a seguinte frase:

      “Senhor Jesus, eu não creio em ti, nunca te segui, mas se tu quiseres, eu gostaria de ter uma chance de ti conhecer pessoalmente.”

      Não precisa dizer mais nada e nem mesmo acreditar ou esperar por uma atitude de Jesus, Já que ele não existe mesmo, então faça a oração já que não significará nada.

      Depois vá seguir a sua vida como você sempre seguiu e esqueça este fato.

      Eu lhe prometo que assim que tiver um tempinho eu lerei o Livro do Sr. Dalkins.

      Foi um prazer.

      Sizenando / presentepravoce

      Curtir

Deixar um Comentério aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: