Situação das religiões na França, 2001.

Prof. Orlando Fedeli Os franceses ainda seriam católicos?

Uma interrogação que nos leva a pensar por qual motivo algo tão grave aconteceu na França.

Análises e reflexões

Situação das religiões na França
por
Danièle Hervieu-Léger* agosto de 2001

http://www.france.org.br/abr/imagesdelafrance/religiao.htm

A principal característica do cenário religioso francês é indiscutivelmente a presença dominante do catolicismo na história e na cultura nacionais. Mas esta primeira observação é imediatamente seguida de uma outra: a França é também um dos países menos religiosos numa Europa por sua vez mais secularizada que qualquer outra região do mundo. Mais recentemente, essa descrição veio a ser enriquecida por um novo elemento: a França abriga a maior população muçulmana da Europa, cerca de 5 milhões de pessoas que hoje reivindicam sua plena integração no espaço nacional. À parte essas “tendências gerais” delineia-se uma paisagem religiosa em plena recomposição: uma recomposição que transforma profundamente os termos do compromisso laico que há um século enquadra a gestão da religião nos limites da República.

Os franceses ainda seriam católicos? A pergunta se justifica, ante a contínua erosão das práticas, o definhamento demográfico do clero e a desestabilização de uma civilização paroquial que modelou nossas paisagens, nosso patrimônio arquitetônico e nossa cultura. Após as fissuras reveladas pela Primeira Guerra Mundial, o nítido declínio esboçado no período de 1945-1950 acelerou-se bruscamente a partir da década de 70. Em 1981, 71% dos franceses declaravam-se católicos. Em 1999, são 53% os que o fazem. A prática mensal do culto era de 18% em 1981; hoje, ela é de 12%, caindo para menos de 8% no caso da prática semanal, o que equivale a uma queda de 35%. Esta queda chega a 53% entre os franceses de 18 a 29 anos, apenas 2% dos quais vão à igreja toda semana. Em 1965 havia 41.000 padres; em 1975, 35.000. Em 2000 eles eram 20.000, um terço dos quais com menos de 66 anos. Acredita-se que em 2020 a França terá, no máximo, 6.000 a 7.000 padres. Em 1983, contavam-se 37.500 paróquias, das quais 14.200 tinham um padre residente. Já em 1996 elas eram 30.700, das quais apenas 8.800 com um padre residente. Desde o início dos anos 80 o número de batismos e casamentos na igreja, que por muito tempo manteve-se estável, sofre uma nítida retração: no fim da década de 60, 4 crianças em 5 eram batizadas durante seu primeiro ano de vida; já em 2000 é o caso de uma criança em duas, proporção que em 2020 será apenas de uma em três.

Diante desses números, o catolicismo francês parece sem forças. Mas há indícios de que não perdeu sua vitalidade, parecendo inclusive capaz, nesse contexto de extrema secularização, de suscitar formas originais de mobilização. Amplas operações de reestruturação do tecido comunitário estão em andamento em todas as dioceses. O envolvimento ativo dos leigos, que se tornou indispensável ante o déficit do clero, é notável. 600.000 leigos, dos quais a esmagadora maioria é de mulheres, incumbem-se da catequese, animam a vida litúrgica e preparam os fiéis para receber os sacramentos. Uma parte deles está oficialmente encarregada das esmolarias (hospitais, estabelecimentos escolares, prisões) e mesmo de paróquias (845 em 2001, contra 28 em 1983). O número de diáconos aumenta rapidamente: de 1.500 atualmente, passará a 3.500 em 2020, mantendo-se o ritmo atual das ordenações. Finalmente, o sucesso de fórmulas pastorais novas ou renovadas, como os grandes encontros de jovens e as peregrinações, parece demonstrar que a Igreja continua dispondo, independentemente do definhamento das observâncias, de uma capacidade ainda respeitável de mobilização.

Mas esse dinamismo é frágil. Considerando-se a atual pirâmide etária e o escasso envolvimento das gerações mais jovens, o número de leigos que mantêm viva a instituição deverá inevitavelmente estagnar. A diminuição do número de clérigos acentua seu confinamento a tarefas rituais de que só eles podem desincumbir-se: à frustração que experimentam faz eco o mal-estar dos leigos freqüentemente em situação precária no exercício das responsabilidades pastorais que lhes são confiadas. E a capacidade de mobilização da Igreja em relação à juventude mantém-se limitada basicamente às camadas sociais que constituem seu viveiro tradicional: à parte a minoria de jovens que ainda desfrutam de uma socialização católica em família, “o efeito JMJ” (a mobilização associada às Jornadas Mundiais da Juventude lideradas pelo papa, que sempre têm ampla repercussão nos meios de comunicação) é extremamente precário e volátil, ou pelo menos pouco capaz de renovar, a curto ou médio prazo, formas estáveis de envolvimento católico.




http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/frutos-do-espirito.jpg?w=130





6 Respostas

  1. … [Trackback]

    […] There you will find 40581 more Infos: presentepravoce.wordpress.com/2008/06/06/situacao-das-religioes-na-franca-2001/ […]

    Curtir

  2. Do not quite understand what is at stake.

    Curtir

  3. Hi I do not agree with all of you!

    Tradução do inglês para português
    Oi eu não concordo com todos vocês!

    Spam – venda de remédios

    Curtir

  4. Somebody essentially assist to make critically articles I might state. That is the first time I frequented your web page and thus far? I amazed with the analysis you made to make this actual submit amazing. Great job!
    Great website. Plenty of helpful information here. I am sending it to some buddies ans additionally sharing in delicious. And naturally, thank you for your sweat!
    hi!,I love your writing very much! share we communicate more about your article on AOL? I require an expert in this area to unravel my problem. May be that is you! Taking a look forward to look you.

    Spam
    Tradução do inglês para português

    Alguém essencialmente ajudar a tornar criticamente artigos eu poderia Estado. Essa é a primeira vez que eu frequentava sua página web e até agora? Eu espantado com a análise que você fez para fazer essa apresentação real surpreendentes. Ótimo trabalho!
    Ótimo site. Muita informação útil aqui. Estou enviando para alguns amigos ans, adicionalmente, compartilhando delicioso. E, naturalmente, muito obrigado por seu suor!
    oi!, eu amo a sua escrita muito! partes nos comunicamos mais sobre o seu artigo sobre AOL? Preciso de um especialista nesta área para solucionar meu problema. Pode ser que é você! Dando uma olhada para a frente para olhar você.

    Curtir

  5. Franceses,
    Por doutrina, aceitação da fé católica romana, por tradição e história, jamais deixem de professar o cristianismo romano. Incentivem os seus entes familiares a não deixar esfriar a fé católica, que é a verdadeira religião de Jesus.
    Grato.

    De uma luso-brasileira.

    Respota:

    A Europa inteira padece deste mesmo mal, hoje salvam Portugal, Itália e Polônia mas os outros vão cada vez de mal a pior.

    Paz de Cristo

    Curtir

  6. Gostei muito desse site!!
    Aprendi muito e foi enteressante ler!!!
    parabéns!!
    continue assim!!
    bjs
    by:hellen souza da silva

    Resposta:

    Obrigado Suellen

    Jesus te ama.

    Curtir

Deixar um Comentério aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: