Mel Gibsom Responde! Eu não Criei a Paixão de Cristo, é uma história Real.


Quem Assistir Poderá sentir-se como verdadeiro responsável pela Crucifixão de Jesus, enquanto que os Sumos sacerdotes Judeus e Fariseus Príncipes do povo, simplesmente representariam o nosso cego orgulho próprio incapaz de se reconhecer pecador, a pessoa que disser que este filme foi inspirado pelo maligno é no minimo suspeita, porque o maligno iria mostrar com tanto realismo o ato que representa o seu fracasso perante Deus Pai e perante toda a humanidade, quando percebemos que a morte não é o fim da vida e sim o início de uma vida nova e plena da graça de Deus.


Pequeno Comentário: Sizenando

paixao-2.jpg


TRECHOS DA ENTREVISTA DE MEL GIBSON

À REVISTA SELEÇÕES de abril/2004

As críticas afetaram o diretor,que primeiro tentou se defender e depois praticamente calou-se sobre o assunto. Seleções: Por que você quis fazer esse filme e quando teve a ideia?

Gibson: Ela está na incubadora há 12 anos. Acho que a semente surgiu num momento da minha vida em que eu me encontrava num processo de busca.Então comecei a explorar livros,sermões e teologias. Comecei a conversar com especialistas. O interessante é que muitas das críticas que recebi são de pessoas que pensam que apareci com tudo isso do nada. Eu conversei literalmente com milhares de estudiosos da Bíblia nos últimos 12 anos. EU NÃO INVENTEI ESSA HISTÓRIA SIMPLESMENTE.

Seleções: Fale da polêmica gerada pelo filme. Você ficou surpreso com a oposição desde o início?

Gibson: Para falar a verdade, sim. Eu esperava um certo nível de agitação, porque sempre que alguém fala de religião ou política – as crenças mais profundas das pessoas – acaba causando alguma comoção. Mas foi uma surpresa ser atacado precipitadamente, enquanto eu ainda estava filmando, e depois ver várias pessoas na imprensa – gente que não havia visto o filme – fazendo críticas tão ferozes. SE ELES NÃO GOSTAM DO FILME, O PROBLEMA DELES NA VERDADE NÃO É COMIGO; É SIM COM O EVANGELHO, PORQUE ELE É BEM FIEL AO EVANGELHO.

Seleções: O que a referência à “paixão” significa, em termos da vida de Cristo e da via-crucis?

Gibson: Paixão. Tem a ver com amor obsessivo. É disso que se trata a encarnação de Cristo-DEUS SE TORNANDO HOMEM. O propósito do sacrifício foi expiar as transgressões de toda a humanidade. Eu acredito nisso e bilhões de outras pessoas também. Essa é a mensagem do evangelho, que fala de amor, de resgate, da completa renúncia a si mesmo pelo bem dos outros, o que é o máximo do heroísmo. Ele se tornou o bode expiatório para que nós tenhamos uma chance – porque sozinhos não vamos conseguir.

Seleções: Você quis passar uma mensagem com a natureza gráfica do filme?

Gibson : Eu queria que os espectadores sentissem a enormidade – e o horror – do sacrifício De Jesus. Queria que as pessoas ficassem chocadas com essa impressão.

O filme trata da maior das expressões do amor. Um homem não pode sentir amor maior do quando Ele entrega sua vida pela de seus amigos.

Seleções: Qual é a solução?

Gibson: Fé, esperança, amor e perdão. Acho que qualquer pessoa que assistir esse filme reagirá fortemente a ele, de forma positiva ou negativa. Espero que ele seja recebido no espírito certo. Meus detratores diriam que irá promover o ódio. Eu discordo. Isso não faz o menor sentido.


Fonte: Revista Seleções de abril/2004


http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/apocalipto.jpg http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/jesus-te-ama.jpg

6 Respostas

  1. Foi o melhor filme q ja assisti na vida sobre a historia terrivel de Jesus Cristo q foi crucificado para salvar a todos nos pecadores indignos de seu amor!!! Eu fiquei muito pensativa depois q vi o filme e fiquei pensando q ainda tem gente q inventa desculpas para a paixao de Cristo e todo o seu sofrimento simplesmente por nos amar demais…tem momentos q tenho vergonha de ser humano!!!te amo Jesus…parabens Mel Gibson…

    Curtir

  2. VALEU GIBSOM!

    Curtir

  3. mel gibsom é o cara.. a historia é assim mesmo. tudo muyito cruel e horripilante

    Curtir

  4. O Mel Gibson é um NAZISTA de marca maior, o pai dele é um Historiador que afirma que o Holocausto, onde morreram 6 milhões de Judeus, não existiu. Simplesmente o sr Mel Gibson é um odiador de Judeus, só que esse infeliz não se da conta que, odiando o povo Judeu, está odiando a Jesus, pois Jesus era JUDEU E ISSO MUITOS Catolicos não querem admitir, sim essa é a realidade!
    ==============================
    Poucas pessoas no Brasil divulgaram nota falando contra Mel Gibson, um Chama-se Fedeli, suas opiniões são muito suspeitas, pois afinal de contas ele apoia as opniões do pai do Gibsom e não as do Gibsom, ele espalha um sedevacantismo velado, assim como o pai do Gibsom até admite, aprova para a Igreja católica um Rito que já fora condenado no passado por ser anti-semita e o defende como Perfeito e sem erros, há historiadores na Europa, que acusam a Igreja tradicionalista de ter apoiado Hitler em sua cruzada contra os Judeus, no minimo de não lhe ter feito oposição, atitudes anti-semitas são comuns na Europa dentro destas ramificações ultra-tradicionalistas que Contestam a autoridade do Papa e do Concilio vaticano II, portanto quem fala mal de um filho que não apoia seu pai em suas crensas absurdas mesmo sendo Tradicionalista? Esta pessoa é muito suspeita em suas verdadeiras intensões! O que eu ganharia atacando um filme que mostra meu Jesus sofrendo pelos meus pecados na cruz? Mel Gibson é um tradicionalista equilibrado e que aceita o Papa, tanto é que levou o filme para que o Papa fizesse sua crítica a tempo de corrigír a montagem final, como um anti-semita contrataria uma Judia para fazer papel de Maria a Mãe do Mestre no Filme de sua autoria? O prof. Orlando Fedeli Articulou uma “TEORIA DE COSPIRAÇÃO” baseando-se no próprio Mel Gibson e disse que ele pretende enganar os cristãos, enganar em que? um de nós dois é totalmente cego ou enxerga o capeta doando seu sangue por nossos pecados naquela cruz! eu acho que é pura inveja mesmo e muito ressentimento por parte desse Sr. que se compara com o Nicodemos Principe dos Judeus “aquele que se esconde nas trevas da noite” que nem esperou o corpo de Jesus esfriar e o retirou da cruz para enterrá-lo, sendo que Jesus lhe havia dito em particular, “é necessário que eu seja levantado na cruz para que o mundo fique curado, como a vara de moises, ora, a vara de Moises ficou exposta muitos dias, para curar o povo das mordidas das serpentes no deserto e todos que olhavam para ela ficavam curados, mas o sr Nicodemos privou muitos homens de apreciarem a dor do sacrificio de Jesus na cruz, não o viram e não foram curados, e não se converteram, e não foram salvos. É mais importante para nós homens materiais que não cremos nas celestiais, preservar as nossa festa da Pascoa, os nossos preceitos, a nossa lei maravilhosa, Enquanto enterramos aquele que É o Senhor dos Sabados, “Entendeu” antes que o sol se ponha e o Sabado chegue, Não digo Eu! Jesus queria Ficar na Cruz Reinando sem vida sobre aquele Sabado humano e morto, para dar uma nova vida no dia seguinte a todos nós, quando Jesus saiu do túmulo houve poucas testemunhas, imagine se Ele tivesse decido da cruz depois de um dia inteiro morto aos olhos do mundo, não existiria nenhum São Tomé na face da terra no dia de hoje. Mas tudo aconteceu de acordo com o que Deus permitiu que acontecese, não podemos esconder a verdade do mundo, o sofrimento de Jesus foi real e quem assiste este filme sente isso, o que Eu tenho a ver se Mel Gibson odeia Judeu ou não? Os Judeus Mataram Jesus Sim! Ele era Judeu Sim! se fosse brasileiro quem o teria matado seria os brasileiros, se fosse americano os americanos o teriam matado como continuamos o matando toda vez que fechamos nossos olhos para o que Ele nos ensina. Quem Matou Jesus não foi um povo em particular foram os próprios Filhos escolhidos de Deus para serem herdeiros ao lado daquele que morreu, o Senhor de Tudo.

    Curtir

    • É uma enorme besteira dizer que tem culpados pela morte de CRISTO JESUS. É não ter entendido nada no Espirito, é adulterar com o Jesus morto, é não deixar o rudimentos de Cristo e não estar unido ao CRISTO RESSUSCITADO, é crer que se pode matar DEUS, quando o próprio JESUS DEUS disse: ninguém tira a minha vida mas SOU EU QUEM A DÁ. Ê claro que teria mãos humanas mas o plano de SALVAÇÃO É PERFEITO e ELE morreu dizendo-PAI, PERDOA, NÃO SABEM O QUE FAZEM!, Absolveu á todos que quis e ao ressuscitar disse-NÃO SABIAM QUE TINHA QUE SE CUMPRIR O QUE DO MESSIAS HAVIAM DITO OS PROFETAS? Portanto, sem essa caça às bruxas inexistentes! abr.

      Curtir

    • M

      Curtir

Deixar um Comentério aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: