Haverá um só rebanho e um só Pastor.


Um assunto muito controvertido nos dias de hoje, se bem que, quando a Igreja começou, tinha como objetivo se tornar universal abrangendo todas as pessoas deste planeta, mas o que se assiste hoje nesta terra são ovelhas espalhadas por todos os lados, afastadas, desgarradas, machucadas, feridas, famintas, desunidas, concorrentes e algumas nem se parecem mais com ovelhas se assemelhando mais a lobos vorazes.


ovelha-3064[1]


Mediante esta situação

O que nós poderíamos fazer ?

Jesus, é o Bom Pastor.


Que vos parece? Um homem possui cem ovelhas: uma delas se desgarra. Não deixa ele as noventa e nove na montanha, para ir buscar aquela que se desgarrou? (São Mateus 18,12)

Tenho ainda outras ovelhas que não são deste aprisco. Preciso conduzi-las também, e ouvirão a minha voz e haverá um só rebanho e um só pastor. (São João 10,16)

Todas as nações se reunirão diante dele e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. (São Mateus 25,32)

Ao desembarcar, Jesus viu uma grande multidão e compadeceu-se dela, porque era como ovelhas que não têm pastor. (São Marcos 6,34)


Siguindo_O_Pastor_Quadro


12 – Haverá um só rebanho e um só pastor.



“Tenho ainda outras ovelhas que não são deste rebanho; também a elas eu devo conduzir: e elas escutarão a minha voz e haverá um só rebanho e um só pastor” (Jo 10,16).



A ovelha, um animal macio no corpo e na lã, é chamada em latim “óvis”, de oblação, oferta, porque no início não se ofereciam em sacrifício touros e sim ovelhas.

Ovelhas são os fiéis da Igreja de Cristo que todos os dias sobre o altar da paixão do Senhor e no “sacrifício” do coração arrependido oferecem-se a si mesmos qual hóstia pura, santa e agradável a Deus. “Tenho outras ovelhas”, isto é, os gentios, os pagãos, “que não são deste rebanho”, não são do povo de Israel; “também a estas eu devo conduzir” por meio dos apóstolos e “haverá um só rebanho e um só pastor”. E esta é a Igreja reunida e formada por ambos os povos. Esta é a mulher de que fala o Apocalipse; “Apareceu no céu um sinal grandioso: uma mulher vestida de sol, com a lua sob seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas. Estava grávida e gritava pelas dores e trabalho de parto” (Ap 12,1-12). Sentido alegórico. Esta mulher representa a Igreja que de bom alvitre é chamada “mulher”, porque fecunda de muitos filhos que gerou pela água e pelo Espírito Santo. Esta é a mulher vestida de sol . O sol é assim chamado por que ele aparece sozinho, depois de ter obscurecido com o seu fulgor todas as demais estrelas. O sol é Jesus Cristo! Ele habita numa luz inacessível cujo esplendor vela e obscurece os frágeis raios de todos os santos, se forem comparados a Ele, porque “não há santo como o Senhor” (1R 2,2). Diz Jó: “Mesmo que eu me lavasse com as águas da neve e minhas mãos brilhassem como nunca, assim mesmo tu me jogarias no lodo e minhas próprias roupas teriam horror de mim (Jó 9,30-31).

Nas águas da neve é representada o arrependimento das lágrimas e nas mãos que brilham a perfeição do agir. Diz, pois: mesmo se eu me lavasse com as águas da neve, isto é, do arrependimento, e minhas mãos brilhassem com o esplendor de uma conduta perfeita, mesmo assim me jogarias no lodo, isto é, me farias ver que sou ainda sujo e teriam horror de mim, isto é, me tornariam abominável, as minhas vestes, quer dizer, as minhas qualidades ou os membros do meu corpo, se quisesses tratar-me com rigor: mas, ajuda-me, tu, ó Senhor! Diz Isaías: “Todos nós nos tornamos sujos”, isto é, como um leproso; “todas as nossas justiças são como o pano de mulher menstruada; todos nós caímos como folhas e as nossas maldades nos levaram como vento” (64,6). Por isso o único bom, o único justo e santo é aquele sol de cuja fé e de cuja graça a Igreja é vestida. “E com a lua sob seus pés”. A lua, por causa das variações de seu aspecto. Está indicando a instabilidade da nossa mísera condição. Daqui o dito: “O jogo de sorte muda que nem a lua: cresce e diminui, nunca fica a mesma”. Por isso o Eclesiástico diz: “O estulto muda como a lua” (27,12). O estulto, isto é, o seguidor deste mundo, passa dos “chifres” (forma da lua no primeiro e último quarto) da soberba à “forma arredondada” da concupiscência carnal e vice-versa. Esta inconstante prosperidade das coisas caducas deve ser posta sob os pés da Igreja. Os pés da Igreja são todos os prelados que devem conduzí-la como os pés conduzem e sustentam o corpo. E sob estes pés devem ser pisados como esterco todas as coisas temporais. Por isso lemos em Atos: “Todos os que possuíam campos ou casas os vendiam, traziam a importância daquilo que tinha sido vendido e a depositavam aos pés dos Apóstolos” (4,34) porque consideravam como esterco todas aquelas coisas. “Tinha sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas”. As doze estrelas são os doze Apóstolos que iluminam a noite deste mundo. “Vós sois – diz o Senhor – a luz do mundo” (Mt 5,14). A coroa, assim chamada porque é como uma roda em volta da cabeça, de doze estrelas é a fé dos doze apóstolos; e é coroa porque não tolera acréscimo ou diminuição, como todo círculo: e isso porque é completa e perfeita.

          A Igreja tem filhos, concebidos como a semente da palavra de Deus, grita pelas dores nos penitentes e sofre no parto pelos esforços de converter os pecadores. Por isso ela, com as palavras de Baruc, diz:

“Fui deixada sozinha; me despojei da estola da paz e me vesti com o saco da súplica e gritarei ao Altíssimo por todos os meus dias. Animai-vos, filhos, gritai ao Senhor e ele vos livrará das mãos e do poder dos inimigos. Ele vos fez partir no luto e no choro, mas vos reconduzirá a mim, o Senhor, na alegria e exultação” (4,19-23).

E isto acontece no dia das Cinzas quando os penitentes são convidados a ficarem fora da igreja e no dia da Ceia do Senhor quando são ali acolhidos. Sentido moral. “Uma mulher vestida de sol”. É a alma fiel de quem diz Salomão: “Quem encontrará uma mulher forte? Seu valor é como aquele das coisas trazidas de longe e da extremidade da terra” (Pv 31,10). Feliz a alma que, revestida pela força do alto, resiste impávida na adversidade e na prosperidade e derrota com coragem os poderes do ar. O valor, o preço desta mulher foi Jesus Cristo que por sua redenção veio de longe; do seio do Pai, em sua divindade e da extremidade da terra, quer dizer, de parentes paupérrimos, em sua humanidade. Ou ainda: por “preço” entendam-se as virtudes. Com este preço se é resgatado, redimido. Diz Salomão: o resgate do homem são suas riquezas (Pv 13,8), isto é, as virtudes (riquezas espirituais) . As virtudes vêm de longe, isto é, do alto; os vícios, ao invés, são nossos familiares, porque provêm de nós mesmos. Esta mulher é vestida de sol. Observe-se que no sol existem três qualidades: candura, esplendor e calor. Na candura é significada a castidade, no esplendor a humildade e no calor a caridade. Com estas três virtudes se confecciona o manto da alma fiel, da esposa do celeste esposo. Sobre este manto diz Booz a Rute: “Alarga o manto com que te cobres e segura-o com todas as duas mãos. Ela o estendeu e o segurou estendido e ele colocou seis medidas de cevada e pôs-lhe nos ombros” (Rt 3,15). Booz quer dizer “forte”, Rute “que se vê e tem pressa”. Vejamos o significado da extensão do manto, as duas mãos e as seis medidas de cevada. Rute é a alma que, vendo a miséria deste mundo, a falsidade do diabo, a concupiscência da carne, apressa-se na direção da glória da vida eterna. Alarga este manto quando atribui não a si mas a Deus a sua castidade, a humildade e a caridade e mostra estas virtudes unicamente para a edificação do próximo. E, para não perdê-las, segura-as com as duas mãos, isto é, com o temor e com o amor de Deus. Nós Vos pedimos, Senhor Jesus, Vós que sois o bom pastor: Guardai-nos como vossas ovelhas, Defendei-nos dos mercenários e do lobo E coroai-nos no vosso Reino Com a coroa da vida eterna. Dignai-vos conceder-nos Vós que sois bendito, glorioso, E digno de louvor por todos os séculos do séculos. E toda ovelha, E toda alma fiel diga: Amém. Aleluia!

(Sermões, vol. I, p. 272 e ss, Ed. Mess. Padova, 1979 –
II Domingo de Páscoa)
Tradução: Frei Geraldo Monteiro, OFM Conv


Como_ovelhas_no_meio_de_lobos
Chamados_Comunicar Sou_tua_ovelha_Senhor Ouvir_o_bom_pastor


2 Respostas

  1. Oque postar sobre Isaías 45 vers 20

    Resposta:

    20. Vinde, reuni-vos todos, aproximai-vos, vós que fostes salvos dentre as nações! Nada disso compreendem aqueles que trazem seu ídolo de madeira, aqueles que oram a um deus impotente para salvar.

    Em São João, 10

    1. Em verdade, em verdade vos digo: quem não entra pela porta no aprisco das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador.
    2. Mas quem entra pela porta é o pastor das ovelhas.
    3. A este o porteiro abre, e as ovelhas ouvem a sua voz. Ele chama as ovelhas pelo nome e as conduz à pastagem.
    4.Depois de conduzir todas as suas ovelhas para fora, vai adiante delas; e as ovelhas seguem-no, pois lhe conhecem a voz.
    5.Mas não seguem o estranho; antes fogem dele, porque não conhecem a voz dos estranhos.
    6.Jesus disse-lhes essa parábola, mas não entendiam do que ele queria falar.

    Jesus veio ao mundo para realizar as Promessas do Pai, sendo que a mais importante delas seria a Salvação de cada um de nós e conforme os testemunhos Bíblicos Jesus executou tudo conforme estava previsto nas escrituras, isto significa que tudo o que Ele poderia fazer já foi feito e agora resta uma unica coisa que Ele não pode fazer, pois depende da liberdade de cada um de nós, pois não seria liberdade e nem livre arbítrio que todas as ovelhas fossem obrigadas a entrar no aprisco, mas Deus deixou que cada uma escolha livremente esta opção e a unica coisa que Ele agora faz é nos chamar com sua voz doce e suave. A Palavra diz que as suas ovelhas o reconhecem e por isso o seguem, mas não seguem os falsos pastores, pois são falsos e as ovelhas não reconhecem a sua voz, pode ser por este motivo que ninguém ainda conseguiu reunir este rebanho em um só aprisco, pois a condição para que todos se reúnam é mesmo ouvir a voz do verdadeiro Pastor e o verdadeiro, grande e eterno Pastor ainda não retornou para resgatar as suas ovelhas de forma definitiva. O que cabe a nós Igreja hoje é preparar as ovelhas para que elas estejam prontas para reconhecer a voz de Jesus quando Ele chamar e assim cumprirá esta profecia.

    O motivo pelo qual a ovelha não atenda a voz do Pastor pode ser vários, entre eles está a “IDOLATRIA”, que no passado era simbolizado pelas figuras dos deuses pagãos, mas que porém no século XXI adquiriram milhares de outras formas, sendo que a Idolatria verdadeira seria tudo aquilo que desvia o olhar dos homens da direção de Deus, sendo assim. quando o primeiro mandamento da antiga aliança diz: “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração e só a Ele prestarás culto” significa que o principal e grande motivo de desvio na época eram os deuses pagãos que tomavam o lugar de DEUS no coração humano, mas hoje existem as drogas que escravizam o ser humano a ponto de jogá-lo no mais profundo poço, tiram a dignidade da pessoa a ponto dela se comportar como um animal feroz sem raciocínio que come qualquer porcaria até mesmo inferior ao alimento oferecido aos suínos e se isto não bastasse lhe tira a capacidade de viver por si mesmo e o torna dependente e disforme, não sendo reconhecido como uma imagem divina.

    Há também o dinheiro e o poder, que mesmo não tirando a dignidade humana a supervaloriza acima da dignidade alheia e o orgulho subjuga o ser humano querendo transformá-lo em um deus todo poderoso, isto o deixa cego e incapaz de encontrar o caminho certo ou de ouvir a voz de Jesus seu único Pastor verdadeiro, este é aquele que adora a si mesmo e menospreza o Deus verdadeiro.

    Uma grande maioria dos homens deixam se levar pelas ondas da moda, do consumismo, do capitalismo, do materialismo e preferem levar uma vida fácil passando pelo caminho largo e cheio de prazeres carnais, estes são os famosos “Marias vão com as outras”, que nem imaginam o que estão a perder, mas estão praticamente entorpecidos pelo prurido das musicas mundanas, pelos grandes Shows regados à bebida alcoólica favorecendo o sexo e o prazer carnal e assim estes são aqueles que dormem e não escutam a voz do Pastor, pois não estão preparados para isso e perder a oportunidade de se salvarem.

    Igrejas evangélicas

    O Pior de tudo é uma grande parcela dos escolhidos que são enganados e ludibriados por falsas doutrinas, falsas verdades, meias verdades e falta de conhecimento do Espírito Santo os levando a se apegarem mais em suas tradições terrenas visíveis e palpáveis e desprezar as moções suaves do sopro espiritual que fala suavemente em seus corações, enganado as suas atitudes e principalmente lhes atrapalhando de reconhecer o exato momento em que Jesus toca em seus corações, sendo assim é correta aquela palavra que diz: “Aquele que está de pé, cuide-se para que não caia…”

    Portanto, identificar a idolatria apenas como um pedaço de madeira nas mãos seria o “Item” necessário para o inimigo enganar a muitos, pois observando apenas este objeto e se esquecendo de observar os outros, não seria o suficiente para reconhecer a verdadeira idolatria e assim cair na armadilha, pois você poderá ser o maior idolatra sem ter conhecimento disso e ainda julgar que está “SALVO” e de repente ver que a porta se fechou e você que sempre proclamou e gritou SENHOR!!! SENHOR!!! Ficou de fora do Reino prometido, mas agora será tarde demais para reconhecer o seu erro e recomeçar o seu caminho, pois a porta já se fechou.

    Sendo assim, cabe a nós hoje, ver o que Jesus quer nos falar através desta parábola das ovelhas que ouvem a sua voz e se esquecer de um objeto facilmente reconhecido como o exemplo do velho testamento, pois de nada adiantaria lutar contra deuses inexistentes a vida toda e depois, eu mesmo não saber reconhecer a voz do Deus verdadeiro que fala ao meu coração!

    Que Deus nos Abençoe.

    Curtir

  2. Olá, gostei muito de seus artigos, gostaria de te convidar para partipar de uma rede de troca de conteúdo, para mais detalhes me adiciona no msn co_herdeiro@hotmail.com ou me manda um email ok, ou ainda veja mais detalhes em http://www.ocasional.com.br/howto.aspx Abraços. Samuel

    Curtir

Deixar um Comentério aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: